• Filosofia
    semelhantes. RELATÓRIO O mito é uma forma de representar o mundo, as pessoas e as coisas e pode influenciar na vida real. Apesar de existir desde os tempos mais antigos, algumas pessoas atualmente ainda seguem mitos e tabus. Os mitos subjacentes nas produções culturais representam de...
    752 Palavras 4 Páginas
  • filosofando pag 35
    ATIVIDADE PÁGINA 35 1- É comum associarmos os mitos às lendas, destacando o aspecto inverossímil desse relatos. Como se pode criticar esse modo de compreender o mito? R-O Mito nada mais é do que a tentativa do homem de compreender os fatos que desconheçe utilzando-se...
    870 Palavras 4 Páginas
  • O surgimento da filosofia na Grécia
    Mito e Razão 1. Alegorias de carnaval: As alegorias são uma forma bem clássica de representar os mitos, elas nos levam a aprender muitas vezes daquilo que nos é contado quando estamos em rodas de amigos...
    3290 Palavras 14 Páginas
  • seis sigma
    ..... 4 2.1 MITOS DO SEIS SIGMA ................................................................................................ 4 2.1.1 Mito 1 - É uma iniciativa de Qualidade............................................................................ 4 2.1.2 Mito 2. - Substituirá iniciativas...
    5618 Palavras 23 Páginas
  • trabalho
    Os 12 mitos do capitalismo 48 Capitalismo São muitos e variados os tipos e meios de manipulação em que a ideologia burguesa se foi alicerçando ao longo do tempo. Um dos tipos mais importantes são os mitos. Trata-se de um conjunto de falsas verdades, mera propaganda que, repetidas à exaustão...
    2537 Palavras 11 Páginas
  • comunicação
    tarefa de todos É estratégica Percorre todas as atividades Não é monólogo nem diálogo Humaniza as relações Possibilita o SUCESSO! A construção do mito do poder determinante das comunicações de massa sobre os indivíduos Teoria da agulha hipodérmica: O fator isolamento é utilizado para explicar o ...
    1494 Palavras 6 Páginas
  • Questões
    comum associarmos os mitos às lendas, destacando o aspecto inverossímil desses relatos. Como se pode criticar esse modo de compreender o mito? Resposta: A lenda é a história que se conta sobre determinado mito, o mito é a personagem da qual a lenda trata. 2- O mistério do mito é abordado por teóricos...
    2595 Palavras 11 Páginas
  • Os anos 30,40 e 50 do cinema português
    empenho em fazer crescer a cinematografia portuguesa acabou por ser fortemente marcada, sobretudo a partir de 1935, pelo então criado Secretariado da Propaganda Nacional/SPN, do qual o cinema português passou a depender. Ou seja, através deste organismo, apenas as co-produções que promoviam ideológica e políticamente...
    1017 Palavras 5 Páginas
  • Professora
    privilegiado, pois do ponto de vista linguístico tudo nos une e nada nos separa, parece, contudo, ser apenas mais um dos grandes mitos arraigados em nossa cultura. Um mito, por sinal, de consequências danosas, pois na medida em que não se reconhecem os problemas de comunicação entre falantes de diferentes...
    1849 Palavras 8 Páginas
  • Comunicação verbal e nao verbal
    linguagem em contextos informais, íntimos e familiares, que permitem maior liberdade de expressão. Esse padrão mais informal também  é encontrado em propagandas, programas de televisão ou de rádio, etc. TIPOS DE COMUNICAÇÃO Unilateral: não há reciprocidade Bilateral: há reciprocidade Interpessoal: entre...
    2640 Palavras 11 Páginas
  • Duplicidade de Sentido em Criações Publicitárias
    campanhas publicitárias do chocolate “Nhá Benta” da empresa Kopenhagen Chocolates Ltda. Palavras-chave:publicidade; propaganda; persuasão; ambiguidade; polissemia; Introdução A propaganda utiliza, com frequência, da ambiguidade para compor os textos publicitários, como forma de chamar a atenção do público-alvo...
    2766 Palavras 12 Páginas
  • Sustentabilidade
    Projeto de Sustentabilidade da Empresa Unilever. Objetiva apresentar também a falta de conscientização e de projetos funcionais que são justificados por mitos e inverdades. Em seguida, explicar o termo “greenwash” que dissocia mensagem e realidade. E, finalmente, apresentar dicas de economia que praticadas...
    2294 Palavras 10 Páginas
  • administração
    Internet) Bibliografia Prof. Dr. Marcos J. G. Rambalducci Email: goroski@sercomtel.com.br Homepage: www.rambalducci.ecn.br SHIMP, T. A. Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002. McCARTHY, J. E.; PERREAULT, W. D...
    17157 Palavras 69 Páginas
  • Pseudociência
    momento, ou seja, a ciência nunca foi tão popular. Mas, apesar do sucesso da ciência, crenças não científicas também são muito populares. Religiões, mitos, superstições, misticismo, cultos, noções da Nova Era e todo tipo de coisas estranhas tem penetrado na cultura popular como da alta cultura. Existem...
    2051 Palavras 9 Páginas
  • Manufatura de Brinquedos Estrela
    têm visão periférica mais aguçada do que os homens, o que constituiria uma vantagem para elas enquanto coletoras.   Para Passi, o comportamento subjacente que dá forma à experiência de compra de homens e mulheres — em que as mulheres se fixam mais na experiência e os homens na missão — não cai no esquema...
    4394 Palavras 18 Páginas
  • Psicologia na Internet e Redes Sociais
    profissional. Pessoas criativas têm maior facilidade em resolver situações problemas e potencial para suprir necessidades instantâneas. Um dos maiores mitos da sociedade é que a criatividade não é para todos. Mas a ciência, ao contrário, afirma que todos nascem com ela, que o ser humano é dotado de um...
    2399 Palavras 10 Páginas
  • Como parar uma guerra nuclear
    Mísseis, acólitos de Kennedy como Arthur Schlesinger alimentaram o mito de um presidente resoluto usando um poder militar "calibrado" e uma diplomacia hábil para fazer frente ao seu homólogo no Kremlin. Acreditando na sua própria propaganda, de "melhores e mais brilhantes", eles acharam que poderiam usar...
    1347 Palavras 6 Páginas
  • Metodologia
    Trabalho de leitura para disciplina de METODOLOGIA CIÊNTIFICA do curso de Publicidade e propaganda da Unidade de ensino superior de Feira de Santana-UNEF Professor (a) ANA PAULA ...
    1222 Palavras 5 Páginas
  • Linguagem e persuasão
    marcado pela expressão dos discursos institucionais, não cabe qualquer tipo de questionamento a respeito da natureza dessas competências. Dessa forma, o mito da competência transita no campo léxico e no campo discursivo burocrático-institucional aparentemente neutro e legitimado pela cientificidade. Então...
    2403 Palavras 10 Páginas
  • Linguagem publicitária e criatividade
    da norma; é, assim, criatividade governada por regra, é criatividade que muda as regras. Conforme esse aspecto pode-se conceber todo mecanismo subjacente ao processo de neologia como: a) Existem, no sistema lingüístico, as unidades lexicais efetivas, disponíveis para atualização pelo falante-ouvinte; ...
    2932 Palavras 12 Páginas