Procure Descrever A Distinção Entre O Conceito Socrático E O Platônico De Filosofia E Indique Quais São As Consequências Práticas De Cada Um Dos Conceitos Na Vida De Um Administrador Público artigos e trabalhos de pesquisa

  • Características Gerais da História da Filosofia

    Atividade aula 4 Leia o texto da apostila do curso (Cederj) entre as págs. 60 a 80 e responda as questões da pág. 81. 1 – Procure descrever a distinção entre conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as conseqüências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. 2 – O que podemos pensar a respeito da tese de Platão de que o melhor governante é quem sabe mais? Qual é afinal a relação entre verdade e bem, entre saber a verdade e fazer o bem...

    633  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia

    página 79 1. Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. R= No conceito socrático a filosofia é a busca da sabedoria, um modo de viver, não só de saber, é uma verdade encontrada e conhecida. Para Sócrates um filósofo não é quem sabe ou possui a verdade, mas quem a procura, não desiste de procurá-la. No conceito platônico a filosofia é a verdade. Para...

    918  Palavras | 4  Páginas

  • Conceito socrático e platônico

    1. Procure descrever a distinção entre conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Sócrates acreditava que a filosofia era consequência da busca da sabedoria, praticamente um modo de viver, uma rotina, já Platão exclamava que a filosofia encontra a sabedoria através de uma verdade já sólida onde ela existe e só depende de cada um a encontrá-la, e como resultado ela se transformaria em...

    643  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia e Ética

    afirmado e discutido no texto, masque procure também pensar por sua própria conta e risco. 1. Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticasde cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Para Sócrates, a filosofia é a busca da verdade e da sabedoria, da compreensão do seu próprio eu e do seu lugar no mundo. Suas idéias podem ser postas em prática pelo administrador a partir da busca constante das causas...

    611  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia

    ATIVIDADES DE FILÓSOFIA Unidade I Pagina 79 1. Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. R- Sócrates acreditava que a filosofia era consequência da busca da sabedoria, praticamente um modo de viver, uma rotina, já Platão exclamava que a filosofia encontra a sabedoria através de uma verdade já sólida onde ela existe e só depende de cada um a encontrá-la...

    664  Palavras | 3  Páginas

  • o que é filosofia

    SUPERIOR A DISTÂNCIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DISCIPLINA: FILOSOFIA E ÉTICA ALUNA: RUBIVÂNIA ALVES DA SILVA SANTOS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM ATIVIDADE I 1. Com base no texto apresentado, qual o motivo prático que levou os gregos a inventarem a filosofia, uma forma de saber que pretende ser neutra, objetiva, universal,única , distinta da religião e do senso comum? Resp: Os gregos inventaram a filosofia com a pretensão de tentar resolver os seus problemas e os de todos os seres...

    1415  Palavras | 6  Páginas

  • Conceito Socrático e Platônico

    Atividade Avaliativa 1. Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Conceito Socrático da Filosofia: Entendemos que o conceito de filosofia para Sócrates estava ligado diretamente critica do relativismo , defendida e disseminada pelos sofistas. Sócrates defendia a eterna busca pelo Conceito Universal da sabedoria. Para Sócrates, o conhecimento...

    904  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia

    01) Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Para Sócrates filosofia é a busca da sabedoria, é um modo de viver, não só de saber. Para ele filósofo é quem busca eroticamente, amorosamente, entender as coisas, não quem já sabe ou possui a verdade, mas quem a procura; filosofia é ser amante da sabedoria, não existe filosofia sem o amor (Eros); é...

    826  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia e ética

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI Graduação em Administração Pública Aline Gogoni Pedroso Filosofia e Ética MAIO, 2011 1 - Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de Filosofia e indique quais são as consequências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. 2. O que podemos pensar a respeito da tese de Platão, de que o melhor governante é quem sabe mais? Qual é, afinal, a relação entre verdade e bem, entre saber a...

    904  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia e ética

    Pública Disciplina: FILOSOFIA E ÉTICA atividade – página 35 1. Com base no texto apresentado, qual o motivo prático que levou os gregos a inventarem a filosofia, uma forma de saber que pretende ser neutra, objetiva, universal, única, distinta da religião e do senso comum? Observa que a Filosofia nasceu da necessidade de pensar e explicar a realidade, a natureza e as ações humanas de forma distinta do que se fazia na época. Reconhecendo que os acontecimentos naturais e humanos são necessários por...

    1386  Palavras | 6  Páginas

  • Filosofia e ética

    Selvino José Asmann, das págs. 61 a 80 e responda às três atividades propostas na pág. 81. 1. Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as conseqüências práticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público? R.: Conceito Socrático: Seu pensamento marca uma reviravolta na história humana. Até então, a filosofia procurava explicar o mundo baseada na observação das forças da natureza. Com Sócrates, o ser humano...

    2469  Palavras | 10  Páginas

  • FILOSOFIA E ETICA

    Disciplina: FILOSOFIA E ÉTICA Seminário: Administração Pública Brasileira e Ética Floriano (PI), 12 de janeiro de 2013. LISTA DE EXERCÍCIO 1 . Falamos cada vez mais em “crise da modernidade”, ou em “pós-modernidade”. O que se pode entender com essas expressões? De que forma elas mostram algo que se percebe como presente na vida prática das pessoas? 2. De acordo com o texto, procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais...

    2218  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofia e Ética

    Filosofia e Ética Atividade aula 2 A partir dessa atividade, você precisará ter acesso ao livro "Convite à Filosofia" de Marilena Chauí. Como indica a apostila do curso na pág. 25, você poderá encontrar uma cópia do livro em http://docente.ifrn.edu.br/avelinolima/disciplinas/filosofia-da-mente/livro-convite-a-filosofia-marilena-chaui/view. Salve sua cópia para as aulas e atividades seguintes! A paginação que vou indicar se refere à edição de 2000, disponível no site da ufsc. Se você usar outra...

    3179  Palavras | 13  Páginas

  • Filosofia

    Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES Diretoria de Educação a Distância – DED Universidade Aberta do Brasil – UAB Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP Bacharelado em Administração Pública FILOSOFIA E ÉTICA Selvino José Assmann 2012 2ª edição © 2012. Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Todos os direitos reservados. A responsabilidade pelo conteúdo e imagens desta obra é do(s) respectivos autor(es). O conteúdo desta obra...

    53284  Palavras | 214  Páginas

  • Atividade 4

     ATIVIDADE AULA 4 1 – Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as conseqüências praticas de cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Ao estudarmos o conceito socrático e o platônico podemos dizer que: no conceito socrático a filosofia é a busca da verdade e da sabedoria, e é também, mais claramente, um modo de viver, e não só de saber. Em sua afirmação o sábio Sócrates diz que o ato de filosofar em última instância...

    567  Palavras | 3  Páginas

  • Atividade Aula 2

    Página 81 1- Procure descrever a distinção entre o conceito socrático e o platônico de filosofia, e indique quais são as conseqüências práticas da cada um dos conceitos na vida de um administrador público. Resposta: No conceito socrático a filosofia é a busca da sabedoria, um modo de viver, não só de saber, é uma verdade encontrada e conhecida. Para Sócrates um filósofo não é quem sabe ou possui a verdade, mas quem a procura, não desiste de procurá-la. No conceito platônico a filosofia é a verdade...

    540  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia e ética

    Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES Diretoria de Educação a Distância – DED Universidade Aberta do Brasil – UAB Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP Bacharelado em Administração Pública FILOSOFIA E ÉTICA Selvino José Assmann 2009 Filosofia_grafica.pmd 1 30/8/2009, 22:47 © 2009. Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Todos os direitos reservados. A responsabilidade pelo conteúdo e imagens desta obra é do(s) respectivos...

    54425  Palavras | 218  Páginas

  • Filosofia pre-socratica

    Índice • Introdução • Filosofia pré-socratica • Os Sofistas • Sócrates • Platão • Aristoteles • Conclusão INTRODUÇÃO Irei redigir neste trabalho a Filosofia pré-socratica,os sofistas e três grandes filósofos como Sócrates, Platão e Aristóteles. FILOSOFIA PRÉ-SOCRATICA Pré-socráticos são os filósofos anteriores a Sócrates que viveram na Grécia por volta do século VI a.C., considerados os criadores da filosofia ocidental. Essa fase, que corresponde...

    6823  Palavras | 28  Páginas

  • Ad1 de Filosofia e Educação 2014.2/1º período

    LIPEAD/Unirio/Cederj AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA 01 (AD 01) – 2014.2 Disciplina: Filosofia e educação Coordenação: Prof. Dr Miguel Angel de Barrenechea Nome: Matrícula: E-mail: Telefone: Pólo: Cidade que reside: Caro (a) aluno (a): Caro (a) aluno (a): Essa é a sua primeira avaliação a distância. Leia os enunciados com atenção e procure ser claro e objetivo na elaboração de suas respostas. O objetivo das ADS de Filosofia e Educação é que você possa aprofundar aspectos essenciais dos conteúdos...

    2112  Palavras | 9  Páginas

  • Manual de filosofia

    MANUAL DE FILOSOFIA GERAL E JURÍDICA Das Origens a Kant 2ª edição Revista e ampliada FLAMARION TAVARES LEITE Mestre em Filosofia. Doutor em Direito pela PUC-SP. Especialista em Integração Econômica e Direito Internacional Fiscal pela Universidade Técnica de Lisboa/UnB/ESAF, com estágio na União Europeia (Bruxelas) e Ministério das Finanças de Portugal (Lisboa). Professor de Filosofia do Direito, de Lógica Jurídica e de Teoria Geral do Direito, nos cursos de graduação e pós-graduação das Faculdades...

    47319  Palavras | 190  Páginas

  • FILOSOFIA DO DIREITO

    30/07/2014 OPTATIVA I – FILOSOFIA DO DIREITO RAFAEL TALARICO 1. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1.1. BIBLIOGRAFIA BÁSICA a) EDUARDO CARLOS BIANCA BITTAR; GUILHERME DE ASSIS ALMEIDA. CURSO DE FILOSOFIA DO DIREITO. 9ª EDIÇÃO. EDITORA ATLAS, SÃO PAULO, 2011. b) GERSON DE BRITTO MELO BOZON. FILOSOFIA DO DIREITO (INTERPRETAÇÃO ANTROPOLÓGICA). 2ª EDIÇÃO. EDITORA DELREY. BELO HORIZONTE, 1996. c) LUCAS ALBARETA MONTIJO. FILOSOFIA DO DIREITO (METODOLOGIA JURÍCA, TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO E GUINADA LINGUÍTICO-PRAGMÁTICA)...

    5817  Palavras | 24  Páginas

  • História da filosofia antiga

    90 LICENCIATURA EM FILOSOFIA Aluno: Maria José de Santana - Mód. 1 - Disciplina: HISTÓRIA DA FILOSOFIA ANTIGA SAD-2011 INTRODUÇÃO O presente trabalho foi elaborado para explanar de forma rápida alguns conceitos de filosofia, sabendo-se que, vários foram os que tentaram defini-la. Permeia pelas características do pensamento científico, explicando cada ponto. Apresenta amplo conteúdo sobre a vida e pensamento filosófico dos três pilares da filosofia grega: Sócrates, Platão...

    6342  Palavras | 26  Páginas

  • Platão x Sócrates

    1) Descrever a distinção entre o conceito Socrático e Platônico de Filosofia, e indique quais são as consequências práticas de cada um na vida administrador público. R. Para Sócrates a filosofia é a constante busca da sabedoria, sendo um modo de viver não só de saber, conceito encontrado no livro A República de Platão, livro onde o pensamento de Platão ainda era influenciado por Sócrates. Já no livro O Banquete, Platão já mais amadurecido, cita um conceito seu mais independente de Filosofia, sendo...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia

    Filosofia da educação Por Samson O. GUNGA African Virtual university Université Virtuelle Africaine Universidade Virtual Africana Universidade Virtual Africana Nota Este documento foi publicado sob licença Criativa Commons. http://en.wikipedia.org/wiki/Creative_Commons Atribuição http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ © Direitos reservados. Universidade Virtual Africana Índice I Filosofia da educacão ………………………………………………………………………………………………………………………4 II. Pre‐requisitos…………………………………………………………………………………………………………………………………4 ...

    12991  Palavras | 52  Páginas

  • Filosofia e Educação

    Filosofia da educação Por Samson O. GUNGA African Virtual university Université Virtuelle Africaine Universidade Virtual Africana Universidade Virtual Africana Nota Este documento foi publicado sob licença Criativa Commons. http://en.wikipedia.org/wiki/Creative_Commons Atribuição http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ © Direitos reservados. Universidade Virtual Africana Índice I Filosofia da educacão...

    13028  Palavras | 53  Páginas

  • Filosofia e Ética

    sobre as características básicas de cada período histórico da Filosofia destacando a idéia central de cada período. R: A Filosofia tem uma longa história. Ela costuma ser dividida em quatro grandes eras: Filosofia antiga - Estuda-se, em Filosofia Antiga, o surgimento da Filosofia e seu desenvolvimento pelos gregos, especialmente, e pelos romanos. Em geral, ela é repartida, tomando-se Sócrates como referência. Assim, há o período pré-socrático e o pós-socrático. Corresponde ao período compreendido...

    1744  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia da metematica

    curandeiros, que guardavam de memória os relatos contados por seus antepassados sobre a origem do universo, a criação do ser humano, seu objetivo e destino final. As narrativas escritas mais antigas hoje disponíveis, os textos de Homero e Hesíodo(7) são, em grande medida, uma coletânea destes relatos. Segundo Hesíodo no início dos tempos, antes que qualquer outra coisa existisse, havia o Caos, palavra geralmente traduzida como abismo ou hiato. (7) A Homero (850 a.C.) atribui-se as obras Ilíada e Odisséia...

    9107  Palavras | 37  Páginas

  • a filosofia politica na grecia antiga

    Ensaios de Política Material Teórico O desenvolvimento da filosofia política na Grécia antiga Responsável pelo Conteúdo: Prof. Dr. Américo Soares da Silva Revisão Textual: Profa. Ms. Rosemary Toffoli O desenvolvimento da filosofia política na Grécia antiga • O desenvolvimento da filosofia política na Grécia antiga ·· Iremos abordar, nesta unidade, o desenvolvimento da filosofia política na Grécia antiga. Começamos mencionando a antiga Atenas e sua versão para a democracia. Lá estava presente...

    5697  Palavras | 23  Páginas

  • Filosofia

    momento em que a natureza ou cada uma de suas manifestações passaram a ser consideradas entidades e temperamentais, que podiam de uma hora para outra irromper em fúria, surgem - primeiro em forma de boatos, depois como expressão da verdade – histórias sobre personalidade e os feitos, as alianças e as inimizades dessas entidades. Estas podiam se chamar, por exemplo, Tor (trovão, na língua das antigas tribos germânicas). As histórias que envolvem esses fenômenos são transcritas oralmente, de geração...

    10608  Palavras | 43  Páginas

  • Curso de filosofia do direito

    Curso de Filosofia do Direito Alexandre Araújo Costa INTRODUÇÃO ..................................................................................................................................2 1 - POR QUE ESTUDAR FILOSOFIA DO DIREITO HOJE?.................................................................................... 2 I - O PROBLEMA MODERNO: LEGITIMIDADE COMO FUNDAMENTAÇÃO ..................6 1 - O PARADOXO DA VALIDADE ...................................................................

    40497  Palavras | 162  Páginas

  • Questões Objetivas de Filosofia

    Professor Jorge Lima. IFRN / ZN. Questões objetivas e discursivas de Filosofia. IMPRESSO=124 Professor de Filosofia - Barueri - SP - SOLER - 2013 Conhecimentos Específicos  17. Assinale a alternativa correspondente.  Um dos principais instrumentos na formação do mundo cultural que permite ao homem transcender sua experiência. Damos nome aos objetos e estes passam a existir em nossa consciência. Logo passamos a construir um sistema de signos para expressar ideias e representações. Isto...

    468202  Palavras | 1873  Páginas

  • Vida de Aristóteles

    VIDA DE ARISTÓTELES Um dos mais importantes filósofos gregos, Aristóteles (384 - 322 a.C.), nasceu em Estágira, colônia de origem jônica encravada no reino da Macedônia. Filho de Nicômaco, médico do rei Amintas, aproveitou as circunstâncias favoráveis para seus estudos. Em 367 a.C., aos seus 17 anos, foi enviado para a Academia de Platão em Atenas, na qual permaneceu por 20 anos, inicialmente como discípulo, depois como professor, até a morte do mestre em 347 a.C. O fato mesmo de ser filho...

    6623  Palavras | 27  Páginas

  • Influência da filosofia na psicologia

    FACULDADE ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ PSICOLOGIA – FILOSOFIA ATPS – A INFLUÊNCIA DA FILOSOFIA NA PSICOLOGIA PROFESSORA: MARIANA RIBEIRO Santo André 2012 FACULDADE ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ PSICOLOGIA – FILOSOFIA ATPS – A INFLUÊNCIA DA FILOSOFIA NA PSICOLOGIA PROFESSORA: MARIANA RIBEIRO Atividade prática supervisionada entrega á disciplina de Filosofia, do curso de psicologia do centro universitário anhanguera, avaliação final. Santo André 2012 APRESENTAÇÃO ...

    8600  Palavras | 35  Páginas

  • Filósofos pós socráticos

    Filósofos Pós-Socraticos Para contextualizarmos os filósofos do período pós-socráticos, devemos incluir a figura de Sócrates pois ele representa o início de uma nova faze na filosofia antiga e é o precursor de novas idéias que influenciaram todos os filósofos que vieram depois dele. Todas as idéias que surgiram depois do século V a.C. até nossos dias foram influenciadas pelo modo de pensar de Sócrates. Período socrático Sócrates Inicia no fim do século V a.C., com Sócrates e cobre todo século...

    11491  Palavras | 46  Páginas

  • Filosofia

    ________________________________________________ PARTE I: FILOSOFIA ANTIGA AS ORIGENS 1. O SURGIMENTO DA FILOSOFIA NA GRÉCIA ANTIGA A. A PASSAGEM DO PENSAMENTO MÍTICO PARA O FILOSÓFICOCIENTÍFICO Um dos modos mais simples e menos polêmicos de se caracterizar a filosofia é através de sua história: forma de pensamento que nasce na Grécia antiga, por volta do séc. VI a.C. De fato, podemos considerar tal caracterização praticamente como uma unanimidade, o que costuma ser raro entre os historiadores da filosofia e os especialistas...

    56463  Palavras | 226  Páginas

  • Trabalho de filosofia recuperaçao

    Trabalho de Filosofia Aluno: Vinicius Professora: Renata Alves Instituição: Unifran (Núcleo de Educação a Distancia) Perguntas 1. Com base na apostila, qual o motivo prático que levou os gregos a pensarem e inventarem a filosofia? 2. Vamos colocar em prática nossos estudos, procure descrever o que se entende por filosofia no senso comum. Pergunte a algumas pessoas conhecidas, e verifique qual a diferença com o conceito que os gregos deram à filosofia. 3....

    1216  Palavras | 5  Páginas

  • FILOSOFIA - SOFISTAS SOCRATES PLATAO E ARISTOTELES

     2º. ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS – FILOSOFIA - A FILOSOFIA GREGA – SOFISTAS – SÓCRATES – PLATÃO – ARISTÓTELES. - PROFA. SONIA MARIA PIRES.No século V a.C., Atenas vivia o auge de um regime de governo no qual os homens livres decidiam os interesses comuns a todos os cidadãos. Em outras palavras, eles determinavam, em discussões públicas, como a cidade deveria ser administrada. Era considerado cidadão o homem que possuísse alguma propriedade (uma casa, pelo menos), que tivesse escravos e que...

    3048  Palavras | 13  Páginas

  • Caderno Filosofia Do Direito

    26/02/2015 FILOSOFIA DO DIREITO  ORIENTAÇÕES INICIAIS: *Bibliografia: -Miguel Reale – Filosofia do Direito (Editora Saraiva). -Eduardo Bittar – Curso de Filosofia do Direito (Editora Atlas). -Roberto Mangabeira Unger – Direito e o futuro da democracia (Editora Unicamp Boitempo). -Richard Posner – Problemas da filosofia do Direito (Editora Martins Fontes). -Rizzatto Nunes – Manual de filosofia do Direito (Editora Saraiva). -Arthur Kaufmann – Filosofia do Direito (Editora Calouste...

    21895  Palavras | 88  Páginas

  • filosofia aristotélica

    FILOSOFIA O PENSAMENTO: A GNOSIOLOGIA Segundo Aristóteles , a filosofia é essencialmente teorética: deve decifrar o enigma do universo, em face do qual a atitude inicial do espírito é o assombro do mistério. O seu problema fundamental é o problema do ser, não o problema da vida. O objeto próprio da filosofia, em que está a solução do seu problema, são as essências imutáveis e a razão última das coisas, isto é, o universal e o necessário, as formas e suas relações. Entretanto, as formas são imanentes...

    29393  Palavras | 118  Páginas

  • FILOSOFIA DE ARISTOTELES ENTREGA SEGUNDA

     FILOSOFIA DE ARISTOTELES Índice 1 INTRODUÇÃO O pensamento filosófico é uma parte da existência do homem. A maioria das pessoas tem algum tipo de filosofia, que permite que elas possam esclarecer o que pensam, ou seja, a filosofia tem grande influência em nossas vidas. Uma pessoa pode estudar filósofos para descobrir seus pensamentos e os valores que podem ter na educação da sociedade, onde os valores ensinados refletem na sociedade através de idéias filosóficas...

    4092  Palavras | 17  Páginas

  • A jusfilosofia na antiguidade greco- romana: dos pré- socráticos aos helenos

    A JUSFILOSOFIA NA ANTIGUIDADE GRECO- ROMANA: DOS PRÉ- SOCRÁTICOS AOS HELENOS RESUMO O trabalho em tela traz à baila as diferentes concepções de justiça na Antiguidade, expondo seu conceito sob o viés filosófico de pensadores que se sucederam: os pré- socráticos, os sofistas, Platão, Aristóteles e os helenos. Num primeiro momento, proceder-se- á pela evolução histórica do referido conceito, com enfoque nas mudanças da mentalidade de cada época que deram ensejo à reformulação do justo. Num segundo...

    3452  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia Apostila

    PROJETO FILOSOFIA UFRJ 2008-2009 Textos e Questões Prof. Gustavo Bertoche E-mail do professor: gusbertoche @ gmail.com Blog do professor: www.filosofia.notlong.com 1 PLANEJAMENTO Unidade 1 O que é filosofia? 1.1 Unidade 2 Pensamento mítico e pensamento filosófico; filosofia antiga 1.2, 1.3, 1.4, 4.1 Unidade 3 Lógica da argumentação 2.1, 2.2 Unidade 4 Racionalismo, empirismo e ceticismo Unidade 5 Filosofia Política 3.1, 3.2, 3.3 5.5 Unidade 6 Liberdade e determinismo 5.1, 5.3 Unidade...

    31157  Palavras | 125  Páginas

  • Fichamento iniciação à historia da filosofia

    ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA– IDP/EDBMARIA APARECIDA RIBEIRO ALVESCURSO: DIREITO 2º SEMESTRE 2011 - MATUTINOMATÉRIA: FILOSOFIA GERALPROFESSOR: PAULO PAIVADATA: 01/09/2011 | BIBLIOGRAFIA | | MARCONDES, Danilo – INICIAÇÃO À HISTÓRIA DA FILOSOFIA-DOS PRÉ-SOCRÁTICOS A WITTGENSTEIN – RIO DE JANEIRO – ZAHAR – 2007 – 303 PÁGINAS. | SÍNTESE DOS CAPÍTULOS | | PARTE I – FILOSOFIA ANTIGACapítulo 1 > Os povos antigos buscavam através do pensamento mítico explicar os fenômenos e os processos naturais...

    7191  Palavras | 29  Páginas

  • Trabalhos

     FILOSOFIA E ÉTICA ANÁLISE SOBRE   O TEXTO:   O MITO DA CAVERNA       Este   texto é uma   visão de como podemos nos libertar da escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade, uma metáfora perante a condição humana para com o mundo, no que diz respeito à importância do conhecimento e à educação como forma de superação da ignorância. Um processo de consolidação de consciência, de um conhecimento que abrange duas essências: a das coisas imaginárias   e a das idéias. A realidade está no...

    1841  Palavras | 8  Páginas

  • A inspiração poética no Íon platônico

    faculdades intelectivas do homem, Platão rompe parcialmente com as tradicionais concepções de poesia da época, ao mesmo tempo em que aponta para o surgimento do verdadeiro sábio, o filósofo. Palavras-chave: Poesia. Inspiração Poética. Entusiasmo. Filosofia. Resumé: L’article suivant recherche analyser les discours centraux de Socrate dans le Ion de Platon, à partir de la notion d´enthousiasme poéthique. Soutenant la possibilité d´une liaison directe avec les Muses capable d´annuler temporairement...

    9881  Palavras | 40  Páginas

  • Assuntos diversos sobre Filosofia

    Universidade de Fortaleza Unifor Trabalho de Filosofia Deivid Professor: Francisco José Rodrigues Março – 2014 Fortaleza/Ce 1) O homem é um ser natural, isto é, ele é um ser que faz parte integrante da natureza: não se poderia conceber o conjunto da natureza sem nela inserir a espécie humana. Ao mesmo tempo em que se constitui em ser natural, o homem diferencia-se da natureza; que é como diz Marx (1984), “o corpo inorgânico do homem”(p. 111); para sobreviver ele...

    7203  Palavras | 29  Páginas

  • Estudo do livro "Convite à Filosofia" Marilena Chauí

    João Bosco Santos Modulo II Fundamentos Epistemológicos da Psicologia e da Educação Estudo do Livro “Convite à Filosofia” Marilena Chauí Aracaju - Sergipe Agosto/2010 UNIDADE I – RESPOSTAS CAPÍTULO 1 – A ORIGEM DA FILOSOFIA 1. Filosofia significa Amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. A invenção da palavra filosofia é atribuída ao filosofo grego Pitágoras de Samos. 2. Queria dizer que o filósofo não é movido por interesses comerciais...

    10111  Palavras | 41  Páginas

  • Filosofia e Maçonaria

    Filosofia e Maçonaria Prof. Me. Cídio Lopes de Almeida1 cidiolopes@yahoo.com.br 11 970941895 O presente artigo tem como proposta estabelecer a relação entre maçonaria e filosofia para o público em geral. Para cumprir esse objetivo penso que se faz necessário três movimentos no trabalho. Em primeiro momento é fundamental interrogarmos acerca de quem é o indivíduo que pergunta pelo “o que é a maçonaria hoje”. Segue a essa pergunta, e não a outras, em que medida a maçonaria é filosófica...

    3309  Palavras | 14  Páginas

  • CONTEUDO PROGRAMATICO FILOSOFIA

    PROPOSTA CURRICULAR: um novo formato FILOSOFIA RIO DE JANEIRO, FEVEREIRO DE 2010. Governo do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro Tereza Porto Subsecretaria de Gestão de Rede e de Ensino Teresa Cozetti Pontual EEqquuiippee TTééccnniiccaa:: Elisa Maçãs Superintendente de Formação Beatriz Pelosi Martins Diretora de Pesquisa e Organização Curricular Patrícia Carvalho Tinoco Diretora de Formação A Auuttoorreess ddaa V Veerrssããoo O Orriiggiinnaall...

    2243  Palavras | 9  Páginas

  • FILOSOFIA

    ocorre a relação entre o Ser e a Realidade?” » Um Resumo sobre Friedrich Nietzsche 19 de Agosto de 2009 por wpmatheusvenancio O filósofo alemão Nietzsche viveu de 1844 a 1900, e mesmo assim, foi capaz de antecipar algumas questões que marcaram a vida e o pensamento dos séculos XX e XXI. Hoje, Nietzsche ainda desperta um grande interesse, tanto no meio acadêmico, como fora dele. O número de teses no mundo sobre Nietzsche é impressionante, imenso. Nietzsche vende ainda hoje, mesmo que as pessoas...

    10038  Palavras | 41  Páginas

  • filosofia do direito

    Filosofia do Direito Professor José Fernando 1º sem / 2008 – Noite Manuela Martins de Sousa BANCO DE QUESTÕES: 1. Qual a diferença entre a abordagem da Filosofia do Direito e da Ciência do Direito? 2. Qual a diferença entre a abordagem da Filosofia do Direito e da Dogmática Jurídica? 3. Aponte e explique as partes especiais da Filosofia do Direito. 4. Em que consiste a parte geral da Filosofia do Direito. 5. Discorra sobre os limites das teorias essencialistas e convencionalistas...

    3174  Palavras | 13  Páginas

  • FILOSOFIA RESUMO

    RESUMO DE FILOSOFIA QUAL A DIFERENÇA ENTRE MITO E A FILOSOFIA? MITO FILOSOFIA A lógica do mito repousa em ambivalência Ruptura com a lógica da ambivalência Crenças e lendas que, de modo simbólico fornecem explicações para a realidade Pensamento positivo que inclui o sobrenatural (não há inferência de agentes divinos na explicação dos fenômenos) Relatos maravilhosos (explicações fantásticas narradas) Racionalidade (explicações baseadas na razão) Natureza e sociedade estão confundidas Os...

    10899  Palavras | 44  Páginas

  • Filosofia

    levou os gregos a inventarem a filosofia, uma forma de saber que pretende ser neutra, objetiva, universal, única, distinta da religião e do senso comum? Só os povos historicamente importantes apresentam grandes pensadores. A filosofia nascida na Grécia antiga Ali se consolidou tornando-se uma das principais marcas da civilização ocidental. Atenas criou a democracia direta, surgem às artes tragédias e comedias. Em Atenas consolida-se a filosofia mostrando que a vida da cidade, a politica é um chão...

    2136  Palavras | 9  Páginas

  • Introdução à Filosofia

    1 2 FILOSOFANDO, INTRODUÇÃO À FILOSOFIA MARIA LUCIA DE ARRUDA ARANHA FILOSOFANDO INTRODUÇÃO À FILOSOFIA EDITORA MODERNA MARIA LUCIA DE ARRUDA ARANHA Professora da Escola Nossa Senhora das Graças (São Paulo) MARIA HELENA PIRES MARTINS Professora da Escola de ComunicaçÃo e Artes da USP 2ª edição revista e atualizada EDITORA DIRETOR GERAL DIRETOR EDITORIAL DIRETOR DE PRODUÇÃO DIRETOR DE MARKETING DIRETOR ADM. FINANCEIRO DIRETOR DE PLANEJAMENTO COORDENAÇÃO EDITORIAL COORDENAÇÃO...

    181239  Palavras | 725  Páginas

  • filosofia

    FILOSOFANDO, INTRODUÇÃO À FILOSOFIA MARIA LUCIA DE ARRUDA ARANHA FILOSOFANDO INTRODUÇÃO À FILOSOFIA EDITORA MODERNA MARIA LUCIA DE ARRUDA ARANHA Professora da Escola Nossa Senhora das Graças (São Paulo) MARIA HELENA PIR ES MARTINS Professora da Escola de ComunicaçÃo e Artes da USP 2ª edição revista e atualizada EDITORA MODERNA DIRETOR GERAL Ricardo Feltre DIRETOR EDITORIAL Sérgio Couto DIRETOR DE PRODUÇÃO Eduardo Arissa Feltre DIRETOR DE MARKETING Edaury Cruz DIRETOR ADM...

    183755  Palavras | 736  Páginas

  • Filosofia e ética

    SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES Direito Noturno 2° Semestre 1 Alunos: O presente trabalho visa atender a disciplina de Ética e Filosofia ministrada pelo Professor Samir Brada. O mesmo foi elaborado após consultas e pesquisas a diferentes autores, porém, tendo sempre em vista o roteiro estabelecido, Contém assim, o essencial para o conhecimento sobre a vida destes grandes filósofos e pensadores Sócrates, Platão e Aristóteles. Os três autores buscarão então constituir uma Teoria Ética que parte...

    7969  Palavras | 32  Páginas

  • Filosofia do Direito

    FILOSOFIA DO DIREITO 1ª Aula (22/05/13) 2ª Aula (24/05/13) Razão e decisão no direito: o lugar da subjetividade – Tópicos de Estudo: - O surgimento da valorização da razão na tradição ocidental - Os gregos e seu legado - Razão e fé no período medieval - Modernidade e racionalidade: as origens do individualismo - Modernidade e direito: pensamento dogmático e organização de padrões decisórios - Pensamento jurídico moderno e teorização do direito como compromisso arbitral - A contemporaneidade:...

    12902  Palavras | 52  Páginas

  • A filosofia e seu inverso, por Olavo de Carvalho

    Por Olavo de Carvalho “A história da filosofia é uma coleção de notas-de-rodapé a Platão e Aristóteles.” (Arthur O. Lovejoy)                 Se há um dado histórico do qual não se pode duvidar, é que a filosofia nasceu na Grécia e adquiriu sua forma clássica, de uma vez por todas, com Platão e Aristóteles (ambos sob a inspiração original de Sócrates). Você pode chegar a ser filósofo ignorando Sartre, Husserl, Nietzsche, até mesmo Hegel, Leibniz ou Sto. Tomás de Aquino. Mas quem não tomou...

    6165  Palavras | 25  Páginas

  • Platão e os Pré-Socráticos

    PLATÃO E OS PRÉ-SOCRÁTICOS Um estudo do "Fédon" e dos pré-socráticos mediante a leitura de Hegel. Por Álvaro César Pestana Monografia apresentada em cumprimento às exigências da disciplina História da Filosofia: Hegel: O mundo grego como obstáculo e separação (FLF 768) FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO São Paulo 1995 PLATÃO E OS PRÉ-SOCRÁTICOS Platão filósofos é uma das pré-socráticos. fontes Ele do cita ...

    6216  Palavras | 25  Páginas

  • Filosofia Medieval

    aprovado Um marco histórico: A filosofia medieval Priscilla Harumi Yoshy Pacheco* RESUMO: Este artigo pretende fomentar por meio de pesquisas, o estudo da Filosofia Medieval, que caracterizou um marco na história da humanidade e continua sendo objeto de estudos na atualidade. Estudar a Filosofia Medieval é permitir esse contato com a história da combinação entre o antropocentrismo e o teocentrismo, ou seja, o norteamento para a compreensão entre fé e a razão. A Filosofia Medieval amplia suas raízes...

    7418  Palavras | 30  Páginas

tracking img