Processo De Socialização Formal E Informal artigos e trabalhos de pesquisa

  • Educação informal e não -formal

    SAMIA MIRELLE TINOCO PEREIRA EDUCAÇÃO INFORMAL E NÃO -FORMAL BALSAS-MA Setembro/2010 O presente trabalho tem como objetivo fazer um breve sobre os processos ensino -aprendizagem nas modalidades educação informal e não- formal. A educação informal pode ser resumida como aquela na qual qualquer pessoa adquire e acumula conhecimentos, através de experiência diária em casa, no trabalho e no lazer. A educação não-formal, porém, define-se como qualquer tentativa educacional...

    1088  Palavras | 5  Páginas

  • Educa O N O Formal 2

    Educação não- formal na pedagogia social A pesquisa direciona as necessidades para a ampliação de seu entendimento e campo de estudo. O objetivo é aprofundar na categoria “educação não-formal” objetivando sua operacionalização, como também em pesquisas que venham ser realizadas no campo de uma pedagogia social. Quando se trata de uma educação não-formal, a comparação com a educação formal é quase automática. O termo não-formal também é usado por alguns investigadores como informal. Por isso é importante...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • 1 AULA EDUCACAO FORMAL X EDUCACAO NAO FORMAL

    EDUCAÇÃO FORMAL X EDUCAÇÃO NÃO FORMAL; SOCIEDADE CIVIL E ESTRUTURAS. QUANDO TRATAMOS DA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL, A COMPARAÇÃO COM A EDUCAÇÃO FORMAL É QUASE QUE AUTOMÁTICA. O TERMO NÃO FORMAL TAMBÉM É USADO POR ALGUNS INVESTIGADORES COMO SINÔNIMO DE INFORMAL. CONSIDERAÇÕES NECESSÁRIAS: DISTINÇÃO E DIFERENÇAS ENTRE ESTES CONCEITOS. A PRINCÍPIO PODEMOS DEMARCAR SEUS CAMPOS DE DESENVOLVIMENTO: A EDUCAÇÃO FORMAL; É AQUELA DESENVOLVIDA NAS ESCOLAS, COM CONTEÚDOS...

    923  Palavras | 4  Páginas

  • Socialização corporativa

    Socialização Corporativa • Cultura Organizacional: – Sistema de crenças e valores, tradições e hábitos,que se traduzem em uma forma aceita e relativamente estável de interações e de relacionamentos sociais típicos de cada organização. (FREITAS, 1991) – Conjunto de hábitos e crenças estabelecidas através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas por todos os membros da organização (CHIAVENATO,1999) Socialização Corporativa • Socialização: – Processo contínuo no qual...

    559  Palavras | 3  Páginas

  • Processo de Socialização Organizacional

    é o suficiente para garantir o sucesso da organização. O administrador deve compreender o processo de socialização da organização. Mas afinal, o que é processo de socialização? O processo de socialização analisa o indivíduo enquanto parte, e enquanto todo. Em outras palavras, considera fatores isolados, como personalidade, escolarização, e condição social dentro da organização como um todo. È o processo através do qual o indivíduo tem condições de aprender, ao longo de toda a sua carreira, valores...

    868  Palavras | 4  Páginas

  • Educaçao Formal e Informal

    SIGNIFICADO DA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL...................................................03 2. O ASSOCIATIVISMO NO BRASIL E SUA RELAÇÃO COM PROJETOS SOCIAIS.............................................................................................................................05 3. SITUAÇÃO DIDÁTICA ENVOLVENDO EDUCAÇÃO NÃO FORMAL NO BRASIL................................................................................................................................07 4. EDUCAÇÃO NÃO FORMAL E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL...

    2230  Palavras | 9  Páginas

  • Educação Formal e Não formal

    Educação formal e não formal Educação Informal A educação informal é o primeiro espaço de transmissão de cultura realizada na família, se estendendo no convívio com os amigos, nas atividades de trabalho e de lazer. Parte desse processo informal de aprendizagem não se percebe claramente o que estamos “aprendendo”. Os modos de transmissão dos comportamentos são impostos por familiares, pela legislação exercida pela religião, pela moral ou até pela moda. A educação informal caracteriza-se...

    508  Palavras | 3  Páginas

  • Socialização e psicologia organizacional

    organizações e trabalho II Maio de 2015 Titulo Autores: Ginna Moreira ,Itamar Fernandes, William Braga Resumo A pesquisa objetivou analisar a relação do processo de socialização dentro da organizacional junto com o ser humano recém ingresso na mesma. As pesquisas em socialização organizacional apontam que há uma dificuldade das empresas nesse processo tendo em vista que a adaptação do indivíduo a uma nova organização se torna um evento estressor que acaba por descrever os tipos de obstáculos e superação...

    3449  Palavras | 14  Páginas

  • Socialização e controle social

    Socialização e Controle Social "Nove décimos de tudo o que você faz, diz, pensa, sente, desde que se levanta de manhã cedo até que vai para a cama dormir, você diz, faz, pensa, sente não como expressão própria, independente, mas em conformidade inconsciente e sem crítica com regras, regulamentos, hábitos grupais, padrões, códigos, estilos e sensações que existem muito antes que você nascesse.". A sociabilidade- tendência natural da espécie humana para viver em sociedade - é desenvolvida por...

    2248  Palavras | 9  Páginas

  • Socializaçao

    O processo de socialização O processo de socialização é hoje promovido essencialmente pelo Estado. Tem ainda a colaboração de outras instituições que lhe são mais ou menos independentes. Mas também tem a participação de grupos formais e informais e da família. Há uma ideia generalizada que o Estado tem um papel imprescindível neste processo. A família carece de tempo disponível, os grupos de credibilidade e abrangência e as outras instituições tiveram resultados desastrosos. A entrega deste processo...

    685  Palavras | 3  Páginas

  • O ENSINO NÃO-FORMAL/INFORMAL DE MÚSICA NO CORAL CANTOMUSARTE DE NOVA FRIBURGO

     UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES – NOVA FRIBURGO RODRIGO SOARES MORENO 10967011-1 O ENSINO NÃO-FORMAL/INFORMAL DE MÚSICA NO CORAL CANTOMUSARTE DE NOVA FRIBURGO MONOGRAFIA LICENCIATURA PLENA EM MÚSICA NOVA FRIBURGO DEZEMBRO 2012 RODRIGO SOARES MORENO 10967011-1 O ENSINO NÃO-FORMAL/INFORMAL DE MÚSICA NO CORAL CANTOMUSARTE DE NOVA FRIBURGO Monografia apresentada à banca examinadora da Universidade...

    8754  Palavras | 36  Páginas

  • O PRECESSO DE SOCIALIZACAO

    O processo de socialização O processo de socialização é hoje promovido essencialmente pelo Estado. Tem ainda a colaboração de outras instituições que lhe são mais ou menos independentes. Mas também tem a participação de grupos formais e informais e da família. Há uma ideia generalizada que o Estado tem um papel imprescindível neste processo. A família carece de tempo disponível, os grupos de credibilidade e abrangência e as outras instituições tiveram resultados desastrosos. A entrega deste processo...

    772  Palavras | 4  Páginas

  • Socialização pessoal

    Recursos Humanos 1 Estratégia da Socialização Pessoal Conceito A maneira como a organização recebe seus novos funcionários e os integra à sua cultura, ao seu contexto e ao seu sistema para que elas possam comporta-se de maneira adequada às expectativas da organização. A maneira como a organização procura marcar no novo participante o modo como ele deve pensar e agir de acordo com os ditames da organização. É uma aprendizagem recíproca, em que ambas as partes procuram reduzir a incerteza...

    966  Palavras | 4  Páginas

  • RELATÓRIO SOBRE: EDUCAÇÃO INFORMAL E NÃO-FORMAL

    RESENHA CRÍTICA SOBRE: EDUCAÇÃO INFORMAL E NÃO-FORMAL CHAUI, Marilena. CONVITE A FILOSOFIA. 6ª edição São Paulo. Ático. 2009 Marilena de Sousa Chaui nascida em Pindorama, 4 de setembro de 1941 é professora e historiadora de filosofia. É filha do jornalista Nicolau Alberto Chaui e da professora Laura de Sousa Chaui. Foi casada com o jornalista José Augusto de Mattos Berlinck, com quem teve dois filhos – José Guilherme e Luciana. Atualmente é casada com Michael Hall, historiador e professor da Unicamp...

    950  Palavras | 4  Páginas

  • O homem um ser social: socialização, grupos e tipos de grupos e seus apsctos

    DESENVOLVIMENTO HUMANO 6. HOMEM SOCIAL 7. SOCIALIZAÇÃO 8. PROCESSOS DE SOCIALIZAÇÃO 9. TIPOS DE PROCESSOS SOCIAIS 10. SOCIALIZAÇÃO PRIMÁRIA 11. SOCIALIZAÇÃO SECUNDÁRIA 12. O PAPEL DA SOCIALIZAÇÃO 13. CONTATOS SOCIAIS 14. AS PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES 15. TIPOS DE GRUPOS 16. A NATUREZA DOS GRUPOS DE TRABALHO 17. CINCOETAPAS PARA FAZER PARTE DE UM GRUPO 18. GRUPOS FORMAIS 19. GRUPOS INFORMAIS 20. MOTIVAÇÃO HUMANA 21. FATORES QUE ALTERAM...

    1356  Palavras | 6  Páginas

  • Estratégia de Comunicação para a Socialização

    Unidade Curricular – Comunicação Interna (Pós-laboral) Estratégia de Comunicação para a Socialização Discentes: Catarina Pereira – 2011560 Georgina Oliveira – 2005368 Inês Marto – 2011081 Paula Matos – 6061 Sara Dinis – 2011596 Docente: Profº Daniel Gomes Novembro de 2013 Situação – Problema Foram contactados para desenvolver uma estratégia de comunicação para a socialização de uma organização do sector hoteleiro, mais concretamente nos Hotéis Marriott. A organização em...

    1747  Palavras | 7  Páginas

  • AS DIFERENÇAS NO PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO

    DIFERENÇAS NO PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO   Entender a sociedade da qual fazemos parte significa saber que existem diferenças e que precisamos olhar para elas. É muito diferente nascer e viver numa favela, num bairro rico, num condomínio fechado ou numa área do sertão nordestino exposta a longos períodos de seca. Essas desigualdades promovem formas diferentes de socialização. Ao tratarmos de diferenças temos também de vê-las no contexto histórico.   Socialização nos anos 50: A socialização dos dias...

    576  Palavras | 3  Páginas

  • Processo seci

    Série: 1ª Processo SECI De acordo com Nonaka & Takeuchi, a organização deve ser capaz de captar, armazenar e transmitir o novo conhecimento organizacional criado a partir da transformação do conhecimento tácito (pessoal e informal) em conhecimento explicito (formal e sistemático).Uma organização cria conhecimento por meio das interações entre o conhecimento explicito e o tácito, estas interações são denominadas “conversão do conhecimento”. Este processo de criação do conhecimento...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • APRENDIZAGEM INFORMAL NAS ORGANIZALÇOES

    Organizacional. A Teoria sobre Aprendizagem Informal e suas implicações nas organizações. Texto de Leonardo Flach e Claudia Simone Antonello. A Teoria sobre Aprendizagem Informal e suas implicações nas organizações, traz ao leitor diversos questionamentos sobre a importância do aprendizado informal nas organizações, e as diferenças entre o formal e o informal. Pretende-se neste artigo explorar as contribuições da literatura sobre a Aprendizagem Informal para o aprimoramento técnico, cognitivo e...

    1161  Palavras | 5  Páginas

  • educacao formal e nao formal

    EDUCAÇÃO INFORMAL E NÃO FORMAL Educação informal A educação informal é realizada primeiramente pela família se estendendo no convívio com os amigos, nas atividades de trabalho e de lazer, nos veículos de informação e entretenimento. Neste processo de aprendizagem, não percebemos claramente o que estamos “aprendendo”. O modo de transmissão de comportamento também é variado, podendo ser por imitação, por meio de sanções familiares ou pela legislação, podem resultar...

    1744  Palavras | 7  Páginas

  • socialização e controle social

    A socialização é um processo interativo e contínuo. Nós interagimos através da transmissão do conhecimento, dos mecanismos de controle social, e das estruturas sócias. Nós somos socializados pela aprendizagem, pela imitação, e pela identificação. Os agentes da socialização são a família, os grupos sociais e a escola. A socialização pode ser: Primária, quando ocorre dentro de uma relação de dependência, por exemplo, a educação familiar. Secundária, quando ocorre numa relação de independência, por...

    685  Palavras | 3  Páginas

  • educação nao-formal

    como educação informal e educação não-formal. Gohn (2008) afirma que até os anos 1980, a educação não-formal foi um campo de pouca importância no Brasil, no que tange às políticas públicas e também entre os educadores. A educação formal desenvolvida nas escolas (aparelhos escolares institucionalizados) esteve no centro das atenções. A partir dos anos 1990, a educação não-formal ganha um grande destaque, graças às mudanças na economia, sociedade e mundo do trabalho. Os processos de aprendizagem...

    2088  Palavras | 9  Páginas

  • Educação não formal

    Rita A educação não formal A educação não formal foi sendo construída em textos sobre influência de vivencias praticas. A disciplina educação não formal compõe a grade curricular da maioria dos cursos de educação ou pedagogia também nas faculdades e universidades particulares. A lei de diretrizes e bases da educação nacional abriu caminho institucional aos processos educativos que ocorrem em espaço não formal ao definir a educação como aquela que abrange “processos” formativos que se desenvolvem...

    2738  Palavras | 11  Páginas

  • Socialização

    Socialização Socialização é o processo de aprender a torna-se membro de uma sociedade, por meio do qual nos tornamos seres sociais . Tornar-se social é uma experiência que demanda uma vida inteira ,e ocorre mediante a interação com os outros ,somada a “rotina” diária da vida em que vivemos. Essa “rotina” gera alguns padrões sociais , como: comer 3 vezes ao dia , determinada data de sono entre outros fatores , que são concebidos mediante a cultura e a sociedade vigente no país. Esses são construídos...

    693  Palavras | 3  Páginas

  • educação nao formal

    entregue como requisito para conclusão da disciplina “Educação Profissional e Educação em Ambiente não Escolares¨ SOROCABA Abril / 2014 O que é Educação Não-Formal? No Brasil entende-se educação não formal, como movimento social de ação coletiva de um grupo organizado, onde essa educação não formal é organizada e estruturada, porém, de maneira flexível e tem por objetivo conseguir mudanças sociais efetivas. Os movimentos sociais auxiliam e contribuem na formação de um cidadão...

    2724  Palavras | 11  Páginas

  • As diferenças no processo de socialização

    As Diferenças no Processo de Socialização É muito diferente nascer e viver numa favela, num bairro rico, num condomínio fechado ou numa área do sertão nordestino exposta a longos períodos de seca. Essas desigualdades promovem formas diferentes de socialização. Ao tratar de diferenças, temos também de vê-las no contexto histórico. A socialização dos dias atuais é completamente diferente da dos anos 1950. Naquela época, a maioria da população vivia na zona rural ou em pequenas cidades. As escolas...

    762  Palavras | 4  Páginas

  • educação informal

    educação informal é feita na rua, na igreja, no clube, no convívio com as pessoas esse processo não é percebido como aprendizagem um bom exemplo disso é quando os pais ensinam aos seus filhos a respeitar as pessoas. A educação informal ela não é proposital ela vem da convivência, do modo de socialização, a criança vai apreendendo por meio da repetição, quando ela acostuma com a repetição acaba virando um comportamento da criança, um outro exemplo bem claro é um “obrigado”. A educação não formal é diferente...

    722  Palavras | 3  Páginas

  • Educacao Formal

    4. Educacao Formal e Praticas Culturais em Mocambique 5. Conceitos 5.1. Educacao Segundo Read (2001), educacao e um processo que visa proporcionar o crescimento do que e individual em cada ser humano harmonizando com unidade organica ao qual o individuo pertence. Para Libaneo, é (1994, p.17) “[...] prover os indivíduos dos conhecimentos e experiências culturais que os tornam aptos a atuar no meio social e a transformá-lo em função de necessidades econômicas, sociais e políticas da coletividade...

    1589  Palavras | 7  Páginas

  • Educação não formal

    Uniderp-Interativa Pólo de Ensino à distância Lavras-MG Título da atividade: Educação não formal e Educação Profissional: Uma metodologia diferenciada Disciplina: Educação Profissional e Educação em ambientes não escolares Tutora à distância: Ana Cristina Garcia Anache Acadêmicas: ...

    2268  Palavras | 10  Páginas

  • Educação não formal

    Educação Formal Desenvolvida nas escolas, com conteúdos previamente demarcados; Espaços delimitados, instituições regulamentadas por leis, certificadoras, organizadas segundo diretrizes nacionais. A educação formal pressupõe ambientes normatizados, com regras, legislações e padrões comportamentais definidos previamente. Perfil do corpo docente e metodologias de trabalho são previamente normatizados. Na educação formal, entre outros objetivos destacam-se os relativos ao ensino e aprendizagem...

    1573  Palavras | 7  Páginas

  • Educa O N O Formal

    Educação não-formal na pedagogia social     Maria da Glória Gohn1     RESUMO O trabalho objetiva refletir sobre a educação não-formal e seu papel educativo nos marcos da Pedagogia Social. Considera-se a educação não-formal como um campo de conhecimento em construção. Analisa-se como ocorre a mediação deste processo educativo com a escola por meio da participação da sociedade civil organizada em estruturas colegiadas de interação entre as escolas e o território que a circunda. Busca-se as aprendizagens...

    5774  Palavras | 24  Páginas

  • modelos formais, informais e não formais

    CLEMENTE OS OLHARES SOBRE OS DIFERENTES PROCESSOS EDUCACIONAIS FORMAIS OU NÃO FORMAIS NO ENSINO SUPERIOR DIFERENTES PROCESSOS EDUCACIONAIS FORMAIS, NÃO-FORMAIS E INFORMAIS NA EDUCAÇÃO DUQUE DE CAXIAS 2014 EZEQUIEL CLEMENTE OS OLHARES SOBRE OS DIFERENTES PROCESSOS EDUCACIONAIS FORMAIS OU NÃO FORMAIS NO ENSINO SUPERIOR DIFERENTES PROCESSOS EDUCACIONAIS FORMAIS, NÃO FORMAIS E INFORMAIS NA EDUCAÇÃO Artigo acadêmico apresentado...

    6733  Palavras | 27  Páginas

  • EDUCAÇÃO FORMAL, INFORMAL E NÃO FORMAL EM CIENCIAS

    EDUCAÇÃO FORMAL, INFORMAL E NÃO FORMAL EM CIÊNCIAS Renata Gomes da Cunha1 Rosália Marques dos Santos2 Augusto Fachin Terán3 RESUMO: A educação é parte integrante e nata do ser humano, pois prepara o mesmo para a vida. Esta que por sua vez, vem sofrendo grandes mudanças e adaptações, sejam econômicas, sociais, cientificas ou mesmo tecnológicas. Este artigo apresenta uma breve pesquisa à luz da reflexão sobre os três tipos de educação, a formal, a informal e a não formal, ressaltando a...

    2786  Palavras | 12  Páginas

  • O processo de socialização

    É um julgamento dos elentos de outras culturas com base nos princípios da própria cultura de quem o faz. 6 – Como se transmite a cultura, ela pode ser transmitida por herança biológica ? R. A cultura é transmitida pela herança social, pela socialização,não pode ser transmitida por herança biológica. 7 – Considerando as diversas criações humanas- na arte ;no conhecimento,na tecnologia na religião, nos hábitos e costumes etc- cultura compreende o quê ? R. A cultura compreende a totalidade das...

    1012  Palavras | 5  Páginas

  • Educação Formal e Informal

    DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO FORMAL E NÃO FORMAL NOME DO ALUNO NOME DO ALUNO NOME DO ALUNO: NOME DO ALUNO: FERNANDA Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão dadisciplinaEDUCAÇÃO PROFISIONAL E EDUCAÇÃOO EM AMBIENNTES NÃO ESCOLARES ”, sob orientação do professor-tutor a distância MARIA CLOTILDE BASTOS Ms.. POLO SÃO JOSE DOS CAMPOS 2013 EDUCAÇÃO FORMAL E NÃO FORMAL A educação formal é baseada na transferência de conhecimento...

    2441  Palavras | 10  Páginas

  • Educação nao formal

    CURSO DE PEDAGOGIA – OFERTA ESPECIAL BERENICE FARIA GEFFER A EDUCAÇÃO NÃO FORMAL NO PROJETO VIRAVIDA CURITIBA 2012 NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA – OFERTA ESPECIAL BERENICE FARIA GEFFER CURITIBA 1800 IFPR A EDUCAÇÃO NÃO FORMAL NO PROJETO VIRAVIDA Trabalho apresentado como instrumento de avaliação da(s) disciplina(s) de Coordenação do Trabalho Pedagógico em Espaços de Educação Não-Formal do curso de Pedagogia – oferta especial. Docentes: Márcia Xavier. SUMÁRIO ...

    4348  Palavras | 18  Páginas

  • o caráter plural e complexo do processo de socialização na escola

    INTRODUÇÃO O trabalho apresentado a seguir tem por objetivo tentar entender como se dá o processo de socialização da criança no ambiente escolar, sabe-se que a escola é um lugar de fundamental importância para o desenvolvimento e a formação do ser enquanto indivíduo. A minha linha de raciocínio é pautada nas teorias de Lev Vygotsky, que estudou a fundo o processo das interações sociais na sala de aula e na construção e sistematização do conhecimento. Esse espaço é rico na troca epistemológica...

    3505  Palavras | 15  Páginas

  • Diversidade e socialização nas organizações: a inclusão e permanência de pessoas com deficiência

    Diversidade e Socialização nas Organizações: a inclusão e permanência de pessoas com deficiência Autoria: Victor de la Paz Richarte Martinez, Ana Cristina Limongi França Resumo O objetivo deste trabalho é analisar as estratégias de socialização na inclusão e permanência de pessoas com deficiência empregadas como cotistas sob a lei 8213/91. Desta forma, estudam-se as contribuições de Van Maanen (1989) sobre socialização e no que tange à diversidade, faz-se um retrospecto de impactos da diversidade...

    8827  Palavras | 36  Páginas

  • Processando pessoas: estratégias de socialização organizacional

    Processando Pessoas: Estratégias de Socialização Organizacional 1 INTRODUÇÃO Socialização Organizacional: Conceito: A socialização é um processo de adaptação que ocorre quando uma pessoa passa de fora para dentro da empresa. Ou seja, o novo funcionário é submetido a treinamentos, cursos, palestras, etc, para que conheça melhor a cultura organizacional da empresa e desempenhe com maior sucesso sua nova função.  O estágio da pré-chegada: reconhece explicitamente que cada pessoa chega a...

    3275  Palavras | 14  Páginas

  • Análise crítica do livro educação não formal

    Campus XVI – Irecê Disciplina: Pesquisa e Estágio em espaços não-formais Docente: Flávia Lorena Discente: Ana Paula Alecrim Machado Análise crítica do livro Educação não-formal e cultura política O presente livro inicia discutindo sobre os vários conceitos de cultura abordados por vários pensadores ao longo da nossa história. Isso se faz necessário para melhor entender o mundo atual e a educação não-formal com seus vários agentes participativos. De maneira mais simples a cultura...

    1278  Palavras | 6  Páginas

  • educação formal e não formal

    conceitos sobre a educação não formal que deve ser entendida como a educação que se aprende no compartilhamento de conhecimentos ao longo da vida do aluno, em espaços e ações coletivas, assim, estabelecidos no dia-a-dia. Iniciamos em conceituar o que essa educação difere da Educação formal, àquela que aprendemos institucionalmente na escola, e da Educação informal, em que o aluno aprende com as outras instâncias: família, bairro, amigos, nas chamadas relações informais. Trazemos abordagens sobre a...

    2756  Palavras | 12  Páginas

  • EDUCAÇÃO NÃO FORMAL, PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E ESTRUTURAS COLEGIADAS NAS ESCOLAS

    EDUCAÇÃO NÃO FORMAL, PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E ESTRUTURAS COLEGIADAS NAS ESCOLAS. Maria da Glória Gohn O texto aborda a educação não formal e seu papel no processo educativo como uma área de conhecimento em construção, representa um processo de aprendizagem política dos direitos dos indivíduos como cidadão, nasce a partir da problematização da vida cotidiana. Cita a diferença entre conceitos: Educação Formal, Educação Informal e Educação não formal. Educação formal – é desenvolvida...

    1338  Palavras | 6  Páginas

  • Processo de socialização nas organizações

    O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES Socialização Socialização é a capacidade dos seres humanos de conviver em sociedade e se adequar aos hábitos desta mesma sociedade da qual faz parte. A socialização é, portanto, um processo fundamental não apenas para interação do indivíduo na sua sociedade, mas também, para a continuidade dos sistemas sociais é nela que se apropriam os comportamentos e atitudes, modelando-os por valores, crenças, normas dessa mesma cultura em que o indivíduo se...

    2577  Palavras | 11  Páginas

  • Sociabilidade e Socializaçao

    Sociabilidade e Socialização A sociedade estando em um processo de evolução tendo como um dos objetivos de deixar o orgulho de lado e perceber que precisamos nos socializar com outras pessoas, precisamos delas para diferentes necessárias formas de relação. E é a sociabilidade que capacita naturalmente o ser humano para a convivência em sociedade, desenvolvendo-se pelo meio da socialização.É por meio da socialização que os humanos se integram entre si ao grupo em que nasceu, copiando os hábitos...

    674  Palavras | 3  Páginas

  • Educação informal

    A educação informal em prol da redução da exclusão da população. É através do acesso aos direitos da cidadania que a educação informal contribui com a redução da exclusão da população. Pois essa educação deve ser promotora de mecanismos de inclusão social, que resgatem a civilização, tolerância e respeito ao outro, alem do acesso à formação e desenvolvimento de senso comum em cada indivíduo, senso este que orienta suas formas de pensar e a agir espontaneamente, junto a seus valores e culturas herdadas...

    1272  Palavras | 6  Páginas

  • socialização nas crianças

    importância da socialização na aprendizagem das crian Introdução A socialização é um processo interactivo, necessário para o desenvolvimento, através do qual a criança satisfaz as suas necessidades e assimila a cultura ao mesmo tempo que, reciprocamente, a sociedade se perpetua e desenvolve. Este processo inicia-se com o nascimento e, embora sujeito a mudanças permanece ao longo de todo o ciclo vital. Na nossa opinião a escola exerce um papel importante na consolidação no processo de socialização, processo...

    2799  Palavras | 12  Páginas

  • Educação não formal e o educador social

    Fernandes - RGM 05369 4º semestre - Noturno – 11/09/2012 GOHN, Maria da Glória. Educação não formal e o educador social. Atuação no desenvolvimento de projetos sociais. São Paulo: Cortez, 2010. 104 p. RESUMO 1. Trajetória do termo educação não formal na literatura (pg: 9 até 13 Gui) " Em 1999 publiquei meu primeiro livro sobre Educação não formal pela editora Cortez. Ele foi uma versão ampla de um artigo publicado em 1998 na revista Ensaio, onde o assunto é sobre Políticas...

    2023  Palavras | 9  Páginas

  • A escola agente de socialização

    A Escola como Agente de Socialização A par da família e dos meios de comunicação a escola é um agente de socialização fundamental que concorre para a integração social dos indivíduos através da educação e do ensino de matérias que a sociedade entende como necessárias para uma intervenção responsável na vida social. A escola exerce dois tipos de socialização. Uma socialização formal, através do ensino-aprendizagem de conhecimentos, capacidades e competências relacionadas com conteúdos científicos...

    709  Palavras | 3  Páginas

  • Os papéis sociais de género: socialização parental e delinquência

    FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DO PORTO OS PAPÉIS SOCIAIS DE GÉNERO: SOCIALIZAÇÃO PARENTAL E DELINQUÊNCIA Lúcia Miranda 2011/2012 Seminário de Orientação I – Mestrado em Criminologia 2011/2012 Os Papéis Sociais de Género: Socialização Parental e Delinquência Lúcia Miranda Índice 1. 2. INTRODUÇÃO ........................................................................................................ 3 O PAPEL SOCIAL DE GÉNERO ...............................................

    6882  Palavras | 28  Páginas

  • Socialização organizacional

    enquanto ser social e parte integrante de uma determinada organização, a socialização organizacional revela-se como uma das práticas de gestão de recursos humanos amplamente usada para garantir uma integração adequada de colaboradores, que pela primeira vez ingressam para uma nova organização. Não obstante esse facto, é possível notar o quanto a literatura aborda questões ligadas a estágios, estratégias e métodos de socialização organizacional, porém descrevendo muito pouco o seu papel na integração...

    4880  Palavras | 20  Páginas

  • O processo de inteligência competitiva organizacional deve seguir sete passos para seu funcionamento contínuo

    os fluxos informacionais (formal e informal) de uma organização? Fluxos formais de conhecimento e informação são os que estão registrados nos documentos e por serem concretos podem ser facilmente armazenados e recuperados pelas organizações. É de maior incidência interna e já é apresentado de forma estruturada. Exemplos: Livros, cursos, documentos, memorandos, atas, relatórios, planilhas e etc. Fluxos informais de informação ou conhecimento informal são informações geradas/comunicadas...

    933  Palavras | 4  Páginas

  • Educação formal, não formal e informal

    encruzilhada entre a linha cultural de desenvolvimento, sendo a união dessas duas linhas a responsável pelo surgimento dos processos psicológicos superiores características dos seres humanos. Os membros da espécie humana possuem as características das pessoas: uso da linguagem, pensamento, conduta, competência social entre outros. Para que haja aprendizagem os processos de socialização e de aculturação e interações sociais são fundamentais. Cada indivíduo procura um determinado grupo com a finalidade...

    3742  Palavras | 15  Páginas

  • Educaçao nao formal

    especialistas brasileiros e estrangeiros Para saber a diferença entre a educação não-formal e a educação informal Ilustração: Dálcio Machado MANUEL ALVES FILHO manuel@reitoria.unicamp.br ocê sabe qual é a diferença entre educação não-formal e educação informal? Tem idéia do que é marketing social? Uma boa maneira de descobrir o que significam essas expressões é consultar o livro Palavras-chave em Educação Não-Formal, organizado por três pesquisadores do Centro de Memória da Unicamp (CMU). A...

    1485  Palavras | 6  Páginas

  • Desenvolvimento e Socialização

    significados. Pode ser entendido como o processo de evolução, crescimento e mudança de um objecto, pessoa ou situação específica em determinadas condições. A socialização pode ser definida como o processo contínuo de aprendizagem e de interiorização de normas e valores, característicos de um determinado meio social, ao qual um indivíduo faz parte. DESENVOLVIMENTO E SOCIALIZAÇÃO Desenvolvimento é um processo complexo que envolve múltiplas variáveis...

    1376  Palavras | 6  Páginas

  • O PROCESSO DE SOCIALIZA O

    O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO   Podemos iniciar nossa reflexão com o questionamento: O que vem primeiro, o indivíduo ou a sociedade? Os indivíduos moldam a sociedade ou a sociedade molda os indivíduos? Socialização: É o processo pelo qual os indivíduos formam a sociedade e são por ela formados.   A imagem que melhor descreve esse processo é a de uma rede que vai sendo tecida por relações sociais que vão se entrelaçando e compondo diversas outras relações até formar toda a sociedade. Cada indivíduo...

    1242  Palavras | 5  Páginas

  • Educação Não Formal em Contexto de Sala de Estudo

    SUPERIOR DE EDUCAÇÃO JOÃO DE DEUS MESTRADO EM ENSINO DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (LICENCIATURA PRÉ-BOLONHA) Educação Não Formal A importância das Salas de Estudo Telma Patrícia Marques Matias Lisboa, julho de 2013 ESCOLA importância das Salas de Estudo Telma Patrícia Marques Matias Relatório apresentado para obtenção do Grau de Mestre em...

    37396  Palavras | 150  Páginas

  • socialização

    na medida em que se insere no projeto da modernidade, sobretudo a partir do seu segundo período – a idade contemporânea - passa a ter um papel de destaque no processo de socialização das crianças, jovens e adultos. Dessa forma, as culturas modernas foram se impregnando, cada vez mais, de representações de que a educação deve ser um processo permanente. A mais de uma década um grupo de especialista, por encomenda da UNESCO, publica o Relatório sobre a Educação para o Século XXI, apontando a necessidade...

    776  Palavras | 4  Páginas

  • EDUCACAO NAO FORMAL

    conceitos sobre a educação não formal que deve ser entendida como a educação que se aprende no compartilhamento de conhecimentos ao longo da vida do aluno, em espaços e ações coletivas, assim, estabelecidos no dia-a-dia. Iniciamos em conceituar o que essa educação difere da Educação formal, àquela que aprendemos institucionalmente na escola, e da Educação informal, em que o aluno aprende com as outras instâncias: família, bairro, amigos, nas chamadas relações informais. Trazemos abordagens sobre a...

    1720  Palavras | 7  Páginas

  • Socialização

    Socialização e interações sociais Dias, cap. 6, p. 107 Giddens, cap.4, p. 82 Perguntas norteadoras do tema Como se constrói a personalidade, tanto individual quanto social? Quais são os principais agentes de socialização? Qual a relação entre socialização e construção da identidade pessoal? Qual o papel dos modelos de comportamento no processo de socialização? Indivíduo e interações sociais Pessoas são seres sociais produzidos por processos interativos nos quais há ação recíproca...

    678  Palavras | 3  Páginas

  • Educação não formal

    Como se educa na educação não formal. Considera-se a educação não formal como uma área ainda em construção não sendo possível educar na educação não formal sem conceituá-la no campo da Pedagogia social, pois é aquela que trabalha com coletivos e se preocupa com os processos de construção de aprendizagens e saberes coletivos para articular a educação não formal com o processo de formação dos indivíduos como cidadão. A educação não formal ocorre em ambientes e situações interativas...

    712  Palavras | 3  Páginas

tracking img