Principais Correntes Da Filosofia Africana artigos e trabalhos de pesquisa

  • filosofia

    ----------------------------------------------------------------------- Pág. 2 Desenvolvimento Filosofia africana e suas correntes --------------------------------------- Pág.3 Origem da filosofia africana ------------------------------------------------ Pág.4-5 Filosofia africana pré-moderna ------------------------------------------- Pág.5-6 Filosofia africana moderna ------------------------------------------------- Pág.6 Corrente da filosofia africana ---------------------------------------------- Pág.6 Conclusão...

    2098  Palavras | 9  Páginas

  • filosofia

    ----------------------------------------------------------------------- Pág. 2 Desenvolvimento Filosofia africana e suas correntes --------------------------------------- Pág.3 Origem da filosofia africana ------------------------------------------------ Pág.4-5 Filosofia africana pré-moderna ------------------------------------------- Pág.5-6 Filosofia africana moderna ------------------------------------------------- Pág.6 Corrente da filosofia africana ---------------------------------------------- Pág.6 Conclusão...

    2098  Palavras | 9  Páginas

  • filosofia africana

     Colegio Estadual João Turin FILOSOFIA AFRICANA Nome: Helena Iglesias Rogerio. Número:8. Turma: 3˚A. Curitiba 2015 INTRODUÇÃO: O fato de reflexionar sobro nos mesmos o sobre o que nos rodeia a partir da própria experiência humana é o que deu lugar ao nascimento da filosofia, plasmando-se as conclusões de estas reflexões em conjuntos de concepções sobre os princípios e causas do ser humano, das coisas ou do universo, concepções diferentes em função do lugar e do momento...

    1377  Palavras | 6  Páginas

  • filosofia africana

    A Filosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos. Embora diversos filósofos africanos contribuíram para diversas áreas, com a metafísica, epistemologia, filosofia moral e filosofia política, uma grande parte da literatura entra em debate para discutir se a filosofia africana de fato existe. Índice 1 Introdução 2 Filosofia africana pré-moderna 3 Filosofia africana moderna 3.1 Etnofilosofia e sagacidade filosófica 3.2 Filosofia profissional 3.3 Filosofia ideológica...

    21497  Palavras | 86  Páginas

  • Correntes da filosofia africana

     Filosofia africanaFilosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos. Embora diversos filósofos africanos contribuíram para diversas áreas, com a metafísica, epistemologia, filosofia moral e filosofia política, uma grande parte da literatura entra em debate para discutir se a filosofia africana de fato existe. Um dos mais básicos motivos de discussão giram em torno da aplicação do termo "africano": o conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira...

    1126  Palavras | 5  Páginas

  • filosofia africana

    exaustivamente a sociologia africana, Uma sociologia de difícil abordagem no ponto de vista lusófono, Apaixonante e a descoberta progressiva da História do pensamento Filosófico constituiu um grande desafio. Essa epopeia deixou marcas profundas na Historia africana. O Autor fala das Independências às Liberdades, Elas estão no plural porque trata se da Independência de todos os países de África FILOSOFIA AFRICANA A palavra "filosofia" (do grego φιλοσοφία) resulta...

    4864  Palavras | 20  Páginas

  • Filosofia africana

    trataremos da filosofia política, iremos apresentar alguns conhecimentos por nós adquiridos de forma a trazer para as pessoas uma certa noção organizada da importância da filosofia politica; A filosofia política é um ramo da filosofia que estuda questões fundamentais sobre governo, política, liberdade, justiça, direitos de propriedade e da aplicação de um código legal pela autoridade. Com o trabalho nos pretendemos Apresentar definições, objectivos certas características da filosofia politica. Agradecemos...

    5239  Palavras | 21  Páginas

  • correntes da filosofia africana

    Introdução Neste trabalho será desenvolvido as correntes da filosofia africana que na qual são: O pan-africanismo, a negritude, a filosofia da libertação e a etnofilosofia e será desenvolvido os nomes dos actores de cada corrente e os seus estudos objectivo, finalidade, origem e historia das correntes filosóficas. As correntes da filosofia Africana são: o pan-africanismo, negritude, filosofia da libertação e aetnofilosofia. Pan-africanismo ...

    1071  Palavras | 5  Páginas

  • Introducao filosofia africana

    filosófos africanos de hoje parece haver duas escolas básicas de pensamento acerca deste tema a primeira sustenta que a filosofia africana é um pensamento especulativo que subfaz nos provérbios,nas maximas,nos costumes que os africanos de hoje herdaram dos seus antepassados através da tradição oral. Portanto,a funcao do filosófo africano,pelo menos no que se refere a filosofia africana,e collecionar,interpretar e difundir os provérbios,contos folclóricos,mitos assim como outro material deste tipo. Um...

    665  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia africana

    INTRODUÇÃO O estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem.  Ao abordar esses problemas, a filosofia se distingue da mitologia e da religião por sua ênfase em argumentos racionais; por outro lado, diferencia-se das pesquisas científicas por geralmente não recorrer a procedimentos empíricos em suas investigações. Entre seus métodos, estão a argumentação lógica, a análise conceptual, as experiências de...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • correntes da filosofia africana

    Introdução As principais correntes da filosofia africana A investigação filosófica em África tem quatro orientações: a) Etnofilosofia; b) Filosofia cultural africana c) Filosofia política africana d) Um caso especial: a filosofia Etiópia. Em nenhuma parte do mundo, muito menos em África, as divisões regidas dão justa conta da riqueza, da variedade e da unidade das realidades. É possível distinguir com clareza, por exemplo, o que é puramente...

    1297  Palavras | 6  Páginas

  • Filosofia politica em africa

    Introducao Neste presente trabalho iremos falar sobre a filosofia politica em África, tema este que contribuiu muito na luta contra o preconceito, preconceito este que culminava no racismo, antigamente não se acreditava que o africano era capaz de raciocinar ou seja o africano so era útil no trabalho, temos dentro deste tema vários autores que se destacaram muito principalmente Kwane Kruma, Hegel, Levy Bruhl, entre outros, a filosofia africana vem muito para emancipar os africanos e fazer destes bons...

    5181  Palavras | 21  Páginas

  • filosofia africana em mbiti

    Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação – RESAFE FILOSOFIA AFRICANA E CURRÍCULO: APROXIMAÇÕES Adilbênia Freire Machado * ...existem coisas que não se explicam, mas que se experimentam e se vivem. A. Hampaté Bâ. RESUMO: O artigo objetiva apresentar um panorama da filosofia africana contemporânea, para isso pensa a filosofia, o contexto, a cultura fazendo uma interface com a educação e o currículo. Apresenta a Filosofia Africana surgida pela motivação, inquietude e necessidade...

    9263  Palavras | 38  Páginas

  • Filosofia africana

    ----------------------------------------------------------------------------- 03 Correntes da filosofia africana Filosofia da libertação Etnofilosofia Pan-africanismo Negritude Conclusão -------------------------------------------------------------------------------------- 09 Bibliografia ------------------------------------------------------------------------------------ 10 Intodução A Filosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos. Embora diversos filósofos africanos...

    3267  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia

    6.1 O debate sobre a Filosofia Africana 6.1.1 0 estatuto da oralidade e a Filosofia em África ur--c„ _p L,33 Ck CY-c∎ Ltc)Ck ) CO (").S ir C) e“ C)C.) (-0.5 Uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos é a questão do estatuto da oralidade tradicional africana. A questão é;_ podem considerar-se filosóficos os provérbios,_ contos tradicionais,_dizeres_ dos sábios africanos, entre outros? Ou melhor, será que os mesmos expressam conteúdos que se podem considerar filosóficos? Uma...

    3607  Palavras | 15  Páginas

  • Correntes da Historia Africana

    Índice Introdução 3 1. Historiografia Africana 4 2. Correntes da Historiografia Africana 5 2.1. Corrente eurocentrista 6 2.1.1. Características 6 2.2. Corrente Afrocentrista 7 2.2.1. Características 7 2.3. Corrente Progressista 7 2.3.1. Características 9 3. Factores de emergência da corrente progressista africanista 9 4. Evolução da historiografia africana 9 5. Problemas da historiografia africana 11 6. As fontes escritas 12 7. Métodos da Historiografia Africana 12 8. Historiadores que contribuíram...

    4265  Palavras | 18  Páginas

  • Filosofia Africana

    Contextualização do debate sobre a filosofia Africana Questões históricas O povo africano foi vitima da colonização europeia, com as viagens apelidadas de descobrimento, os europeus conheceram ourões povos que foram julgados em comparação com os usos e costumes da cultora ocidental por isso ouve uma ceire de filosofias concebidas por ocidentais que se esforçavam por denguer a personalidade dos negros no mundo. Os estudos da época quer antropológicos, quer sosologicos, preocupavam-se em provar...

    3434  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia áfrica

    futuro mais próspero para as regiões brasileiras. Na próxima quarta-feira, o governador Paulo Hartung vai se reunir com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e outros governadores, para discutir um conjunto de reformas para o país. O principal ponto será um pedido de mudança na legislação do pré-sal, capaz de flexibilizar a participação da Petrobras no leilão. Atualmente, é obrigatório que a estatal participe em 30% na operação da exploração. Porém, a descapitalização da petroleira impede...

    4409  Palavras | 18  Páginas

  • filosofia africana

    Existência da filosofia africana ou não filosofia africana! 1. Título Existência filosofia africana ou filosofia africana. 2. Objectivos 2.1. Objectivo Geral · Demostrar a existência da filosofia africana. 2.2. Objectivos específicos · Fazer uma análise da filosofia bantu. · Fundamentar a o pensamento africano ou filosofia africana · Analisar a realidade e demonstrar o legado roubado, isto é, filosofia egípcia. . 1. Introdução É óbvio...

    1757  Palavras | 8  Páginas

  • Filosofia Africana C Pia

    Introdução Neste trabalho irei debruçar sobre a filosofia Africana, irei também conhecer os filósofos africanos e uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos que é a questão do estatuto da oralidade tradicional Africana. Entre os filósofos africanos de hoje parece haver duas escolas básicas de pensamento acerca deste tema. A primeira sustenta que a filosofia africana é um pensamento especulativo que subjaz nos provérbios, nas máximas, nos costumes e que os africanos de hoje...

    4207  Palavras | 17  Páginas

  • A Flosofia Africana

    sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta como filosofia africana aquela que envolve temas africanos (tais como percepções distintamente africanas, personalidade etc.) ou utiliza métodos que são distintamente africanos. No último ponto de vista, a filosofia africana é qualquer filosofia praticada por africanos ou pessoas de origem africana, ou outros envolvidos no campo de filosofia africano. Filosofia africana A Filosofia africana...

    2991  Palavras | 12  Páginas

  • Historia da filosofia africana e mais

    TRABALHO DE INVESTIGAÇÃO FILOSOFIA SOBRE: -Historia da filosofia Africana; - Nepad; - Negritude: -A historia do pan Africanismo; -Black Renascense; -A estética e o significado do belo em Platão Trabalho de: Taqdir Amuzá Duarte 12 ͣclasse Nome do facebook :Takidir Amuza duarte ÍNDICE Introdução …………………………………………………………………………………………1 Desenvolvimento História da filosofia Africana ………………………………………………………………………………2 História da filosofia Africana ………………………………………………………………………………3 ...

    7782  Palavras | 32  Páginas

  • Movimentos da Filosofia Africana: Pan-africanismo, Negretude e OUA

    Introdução Este presente trabalho faz parte da disciplina de Filosofia com os temas: • Pan-africanismo • Negritude • OUA Após a introdução do trabalho vamos começar a falar a cerca do pan-africanismo, a origem do pan-africanismo, fases de desenvolvimento do pan-africanismo, os principais percursores, a base filosófica do pan-africanismo, objectivos de pan-africanismo, o pan-africanismo cultural, pan-africanismo politica, congressos do pan-africanismo. E depois vamos abordar sobre a negritude...

    4014  Palavras | 17  Páginas

  • Filosofia da libertação

    nossos dias sobre o seu conceito e efetividade. Através da Filosofia da Libertação é possível, não responder definitivamente a questão, mas divisar um horizonte para a sua concretização. A Filosofia da Libertação é um movimento filosófico surgido na América Latina, entre os anos 1960 e 1970 (há controvérsias sobre a data), como correlato filosófico da Teologia da Libertação ou da Pedagogia do Oprimido. O autor mais destacado desta corrente filosófica é indubitavelmente Enrique Dussel, filósofo argentino...

    1959  Palavras | 8  Páginas

  • Filosofia africana e filosofia da libertação

    Filosofia Africana e Filosofia da Libertação Adilbênia Machado adilmachado@yahoo.com.br Resumo Essa comunicação tem o objetivo de fazer uma breve introdução à Filosofia Africana e a Filosofia da Libertação, tendo em vista que elas promovem o diálogo com a possibilidade de uma cultura universalmente válida, partindo de um filosofar criticamente autêntico que busca a emancipação do sujeito, promovendo a libertação dos oprimidos, pobres e marginalizados, propondo a concretização real...

    4119  Palavras | 17  Páginas

  • filosofia africana

    1 Filosofia Africana e desenvolvimento (Reflexões preliminares) Adelino Torres1 Homenagem a Elikia M´Bokolo e a Ilídio do Amaral e em memória de Alfredo Margarido Introdução Os problemas aqui tratados referem-se tanto a alguma filosofia que se faz em África, como a aspectos do “desenvolvimento” económico, aqui entendido no sentido mais lato. Como bem observou Fabien Eboussi Boulaga, dos Camarões, “o subdesenvolvimento tecnológico resulta evidentemente de um subdesenvolvimento...

    14777  Palavras | 60  Páginas

  • Filosofia africana

    Filosofia africana Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa | Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes, inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, nos locais indicados. Encontre fontes: Google — notícias, livros, acadêmico — Scirus — Bing. Veja como referenciar e citar as fontes. | | A Filosofia africana é usada de múltiplas...

    38633  Palavras | 155  Páginas

  • Filosofia e Educação

    Filosofia da educação Por Samson O. GUNGA African Virtual university Université Virtuelle Africaine Universidade Virtual Africana Universidade Virtual Africana Nota Este documento foi publicado sob licença Criativa Commons. http://en.wikipedia.org/wiki/Creative_Commons Atribuição http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ © Direitos reservados. Universidade Virtual Africana Índice I Filosofia da educacão...

    13028  Palavras | 53  Páginas

  • filosofia

    Filosofia da educação Por Samson O. GUNGA African Virtual university Université Virtuelle Africaine Universidade Virtual Africana Universidade Virtual Africana Nota Este documento foi publicado sob licença Criativa Commons. http://en.wikipedia.org/wiki/Creative_Commons Atribuição http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ © Direitos reservados. Universidade Virtual Africana Índice I Filosofia da educacão ………………………………………………………………………………………………………………………4 II. Pre‐requisitos…………………………………………………………………………………………………………………………………4 ...

    12991  Palavras | 52  Páginas

  • Filosofia aplicada ao serviço social

    FILOSOFIA APLICADA AO SERVIÇO SOCIAL QUESTÕES AVALIATIVAS. 1- Reflita sobre exemplos da cultura brasileira que possam demonstrar como ele é distinta e abarca muitas particularidades. A cultura brasileira é um grande conjunto de culturas, que sintetizam as diversas etnias que formam o povo brasileiro. Por essa razão não existe uma cultura brasileira igual e sim várias culturas diferentes como a indígena, africana e a portuguesa, as diferenças entre elas consiste na renda, no estilo de vida...

    528  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia Politica

    Introdução A filosofia política pode ser definida como o campo da investigação filosófica que se ocupa da política e das relações humanas consideradas em seu sentido colectivo. O presente trabalho fala desta filosofia no continente africano. Tendo como pontos de referência o Pan-africanismo, a Negritude e a Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD). Filosofia Politica em África Génese dos nacionalismos A filosofia política está directamente ligada ao pan-africanismo. O pan-africanismo...

    3934  Palavras | 16  Páginas

  • Atividades avaliativa filosofia importância e características da filosofia

    para a tarefa é de 1,0 (hum) ponto, ou seja, a | |atividade valerá de 0,0 (zero) a 1,0 (hum) ponto, e a data final para entrega delas será informado no ambiente virtual. | |Atividade Avaliativa Questionário – Disciplina: Filosofia aplicada ao Serviço Social | |Questões Dissertativas | |Questão 1 -...

    1485  Palavras | 6  Páginas

  • Filosofia aplicada

    Disciplina: Filosofia aplicada ao Serviço SocialQuestões Dissertativas | Questão 1 - (Questão 2 - Tema 1,página 131 Caderno de Atividades)Reflita sobre exemplos da cultura brasileira que possam demonstrar como ela é distinta e abarca muitas particularidades.Resposta: A cultura brasileira é um grande conjunto de culturas, que sintetizam as diversas etnias que formam o povo brasileiro.Por essa razão não existe uma cultura brasileira igual, e sim várias culturas diferentes como a indígena, africana e a...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia e ética

    FILOSOFIA E ÉTICA SEÇÃO 1 Atitude filosófica é indagar-se sobre as crenças e sentimentos. 1ª característica da atitude filosófica - negativa: dizer não ao preconceitos, e aos prejuízos. 2ª característica da atitude filosófica - positiva: interrogar-se sobre o que são as coisas, as idéias, os fatos. FACE NEGATIVA + FACE POSITIVA = ATITUDE CRÍTICA Filosofia tem a ver com uma concepção, um saber. (Fulano tem uma excelente filosofia de vida; o técnico imprimiu uma nova filosofia ao time) ...

    2863  Palavras | 12  Páginas

  • Filosofos de libertacao Africana

    Sarah Maldoror, depois da morte do seu amigo angolano. Carlos Moore recorda também “o conhecimento profundo” que Mário de Andrade tinha “sobre as origens e diferentes tendências do pan-africanismo”, que relacionava com “as diásporas africanas, o que não era corrente naquela época entre dirigentes políticos africanos, à excepção de Kwame Nkrumah.” “Ele achava necessário recuperar a auto-estima dos africanos negros, mas ao mesmo tempo identificava algumas contradições que teriam que ser resolvidas”...

    2853  Palavras | 12  Páginas

  • Cultura Africana

     Cultura Africana A cultura da África reflete a sua antiga história e é tão diversificada como foi o seu ambiente natural ao longo dos milénios. África é o território terrestre habitado há mais tempo, e supõe-se que foi neste continente que a espécie humana surgiu; os mais antigos fósseis de hominídeos encontrados na África (Tanzânia e Quênia) têm cerca de cinco milhões de anos. O Egito foi provavelmente o primeiro estado a constituir-se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros...

    2711  Palavras | 11  Páginas

  • Filosofia chinesa

    1. INTRODUÇÃO A filosofia chinesa tem uma história de milhares de anos. Como um dos exemplos, O "Livro das Mutações", ou I Ching, introduziu os princípios fundamentais da filosofia chinesa. A filosofia chinesa tem seus primórdios em priscas eras, com tratados e prolegômenos sobre ética e política. Já na obra Às Margens do Rio de Shi Nai'an há inúmeras referências a o que seria Verdade, o que seria correto ou não. A filosofia chinesa se expande a partir dos estudos dos doutos confucianos, e seu...

    2227  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofia aplicada ao servico social

    ATIVIDADE AVALIATIVA QUESTIONÁRIO |Curso |Serviço Social |Período Letivo |2011/2 | |Semestre |2º Sem |Disciplina |Filosofia aplicada ao Serviço Social | |Nome Tutor Presencial | | |Nome Professor EAD ...

    862  Palavras | 4  Páginas

  • A Cultura Africana

    Giceli Schlickmann SALTO DO LONTRA,setembro de 2013. ÍNDICE INTRODUÇÃO 04 I - A CULTURA AFRICANA 05 II – HISTÓRIA DA ARTE AFRICANA 06 2.1 - Arte africana na atualidade 08 2.2- Picasso e a África 08 III – RELIGIÃO 09 3.1 - Religiões afro-brasileiras 11 3.2 - Principais religiões 11 IV- DANÇA AFRICANA 12 V- A PRESENÇA AFRICANA NA MPB 13 5.1 - Das congadas ao samba: a matriz congo 13 5.2 - As escolas de samba e os sambas-enredo 14 VI – MODA...

    7404  Palavras | 30  Páginas

  • Filosofia Africana Florencia C Pia

    Introdução Este trabalho irei debruçar sobre a filosofia Africana, irei também conhecer os filósofos africanos e uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos que é a questão do estatuto da oralidade tradicional Africana. Podem considerar-se filosóficos os provérbios, contos tradicionais, dizeres dos sábios africanos entre outros. Será que os mesmos expressam conteúdos que podem considerar-se filósofos? E qual é a função dos filósofos educados profissionalmente perante os dizeres...

    3346  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia Politica Africana

     Escola Secundária Josina Machel Disciplina: Filosofia Tema: “Filosofia Africana” Turma: 4 Classe: 12ª. Número: 4 Docente: Dra. Adelaide Discente: Anísio do Carmo Inácio Bucuane Maputo, Junho de 2013 Índice 1. Introdução Neste trabalho irei falar sobre a filosofia política africana foi uma corrente constituída principalmente por Kwame Nkrumah, Julius Nyerere, Kenneth e Albert Luthuli que dedicava se...

    797  Palavras | 4  Páginas

  • A filosofia e a religião

    INSTITUTO TEOLÓGICO GAMALIEL A Filosofia da Religião (Filosofia da Religião sob o Ponto de Vista Teológico) NOME DO ALUNO: JULIO CESAR MARTINS NÚMERO: 6935 Orientador: Profº. Pastor FLÁVIO NUNES DE SOUZA BRASÍLIA-DF 2011 JULIO CESAR MARTINS NÚMERO: 6935 A Filosofia da Religião (Filosofia da Religião sob o Ponto de Vista Teológico) Monografia apresentada ao Instituto Teológico...

    12119  Palavras | 49  Páginas

  • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana

    Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana Brasília | DF | Outubro | 2004 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana 1 2 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana SUMÁRIO Apresentação do MEC ..............................................

    13540  Palavras | 55  Páginas

  • A influência africana na formação religiosa do brasil

    A INFLUÊNCIA AFRICANA NA FORMAÇÃO RELIGIOSA DO BRASIL Evaldo Campos É muito difícil encontrar-se um estudo religioso e exemplo sobre a influência das religiões africanas no Brasil. Em verdade, coube a sociólogos e antropólogos o estudo da raça negra e da escravidão e, nesse estudo, o exame da contribuição afro para a formação do homem brasileiro e também das nossas manifestações religiosas. Vê-se, entretanto, entre aqueles que analisaram o tema, a pretensão de localizar um africanismo puro,...

    10916  Palavras | 44  Páginas

  • RELIGÃO TRANDICIONAL AFRICANA

    A RELIGIÃO TRADICIONAL AFRICANA BANTU E A SUA REPERCUSSÃO NA EVANGELIZAÇÃO EM MOÇAMBIQUE Caminhos para a inculturação do Evangelho em Moçambique “Não penseis que Eu vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim abolir, mas dar-lhes pleno cumprimento” (Mt 5, 17). “É necessário que em cada grande espaço sociocultural, se estimule uma reflexão teológica tal que, à luz da tradição da Igreja universal, as acções e as palavras reveladas por Deus, consignadas na Sagrada Escritura, e explicadas pelos Padres...

    32331  Palavras | 130  Páginas

  • correntes historiográficas na África

    que podemos perceber três momentos, ou tendências, no estudo da África. Primeiramente a Corrente da Inferioridade Africana (com maior influência entre 1880 até 1950) que se assemelha ao que LEITE (2008) define como “periférica”, “visão ocidental”. A segunda seria a Corrente da Superioridade Africana (1950-1970), que Leite (2008) define como “visão interna”. A terceira, por Lopes (1995), seria a Corrente das “Emoções controladas”, que de certa forma também considera a África-sujeito. Esta separação...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • A Filosofia Africana

    Introdução Neste trabalho iremos debruçar sobre a filosofia Africana, iremos também conhecer os filósofos africanos e uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos. Que é a questão do estatuto da oralidade tradicional Africana. Podem considerar-se filosóficos os provérbios, contos tradicionais, dizeres dos sábios africanos entre outros. Será que os mesmos expressam conteúdos que podem considerar-se filósofos? E qual é a função dos filósofos educados profissionalmente perante...

    2164  Palavras | 9  Páginas

  • filosofia africana

    Introdução A Filosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos. Embora diversos filósofos africanos contribuíram para diversas áreas, com a metafísica, epistemologia, filosofia moral e filosofia política, uma grande parte da literatura entra em debate para discutir se a filosofia africana de fato existe. Um dos mais básicos motivos de discussão giram em torno da aplicação do termo "africano": o conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta...

    2624  Palavras | 11  Páginas

  • Filosofia Africana

    Introdução A Filosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos. Embora diversos filósofos africanos contribuíram para diversas áreas, com a metafísica, epistemologia, filosofia moral e filosofia política, uma grande parte da literatura entra em debate para discutir se a filosofia africana de fato existe. Um dos mais básicos motivos de discussão giram em torno da aplicação do termo "africano": o conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta...

    2624  Palavras | 11  Páginas

  • CULTURA AFRICANA

    1 APPIAH, Kwame Anthony. Na casa de meu pai: a África na filosofia da cultura. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997. Ingrid Silva de Oliveira * Publicado pela primeira vez em 1993, Na casa de meu pai recebeu três prêmios: o James Russel (da Modern Language Association), o Herskovits (melhor obra publicada em língua inglesa sobre África) e o Annisfield-Wolf Book. O livro é de autoria do filósofo Kwame Anthony Appiah. Nascido na Inglaterra em 1954, e criado em Gana, Appiah já publicou...

    1699  Palavras | 7  Páginas

  • Arte Africana no Ensino Fundamental (4º ano)

    Silva Arte Africana no Ensino Fundamental (4º ano) SÃO cARLOS/ITAPEVI 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS Maria Terezinha Delfino Ribeiro da Silva Arte Africana no Ensino Fundamental (4º ano) 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS Maria Terezinha Delfino Ribeiro da Silva Arte Africana no Ensino Fundamental...

    12263  Palavras | 50  Páginas

  • Filosofia africana e o movimento da Negritude

    Neste trabalho iremos debruçar sobre a filosofia Africana e do movimento da negritude, iremos também conhecer os filósofos africanos e uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos que é a questão do estatuto da oralidade tradicional Africana. Um dos mais básicos motivos de discussão gira em torno da aplicação do termo "africano": o conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta como filosofia africana aquela que envolve temas africanos (tais...

    3795  Palavras | 16  Páginas

  • A filosofia africana

    INTRODUÇÃO Neste trabalho iremos debruçar sobre a filosofia Africana, iremos também conhecer os filósofos africanos e uma das questões mais discutidas entre os pensadores africanos que é a questão do estatuto da oralidade tradicional Africana. Podem considerar-se filosóficos os provérbios, contos tradicionais, dizeres dos sábios africanos entre outros. Será que os mesmos expressam conteúdos que podem considerar-se filósofos? E qual é a função dos filósofos educados profissionalmente perante os...

    2007  Palavras | 9  Páginas

  • Historia da filosofia africana

    sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta como filosofia africana aquela que envolve temas africanos (tais como percepções distintamente africanas, personalidade etc.) ou utiliza métodos que são distintamente africanos. No último ponto de vista, a filosofia africana é qualquer filosofia praticada por africanos ou pessoas de origem africana, ou outros envolvidos no campo de filosofia africano. ------------------------------------------------- ]Filosofia africana pré-moderna ...

    1696  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia Africana

    Desenvolvimento----------------------------------------------------------------------------- 03 Correntes da filosofia africana Filosofia da libertação Etnofilosofia Pan-africanismo Negritude Conclusão-------------------------------------------------------------------------------------- 09 Bibliografia ------------------------------------------------------------------------------------ 10 Intodução A Filosofia africana é usada de múltiplas formas por diferentes filósofos.Embora diversos filósofos africanos...

    6030  Palavras | 25  Páginas

  • A FILOSOFIA aFRICANA

     INTRODUÇÃO No último ponto de vista, a filosofia africana é qualquer filosofia praticada por africanos ou pessoas de origem africana, ou outros envolvidos no campo de filosofia africano. O conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta como filosofia africana aquela que envolve temas africanos (tais como percepções distintamente africanas, personalidade etc.) ou utiliza métodos que são distintamente africanos. ...

    3330  Palavras | 14  Páginas

  • filosofia

    maioria vem trabalhando constantemente ao ano afim de alcançar metas e permanecendo no grupo especial ao longo dos anos. Filosofia (do grego Φιλοσοφία, literalmente «amor à sabedoria») é o estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem.1 Ao abordar esses problemas, a filosofia se distingue da mitologia e da religião por sua ênfase em argumentos racionais; por outro lado, diferencia-se das pesquisas científicas...

    8983  Palavras | 36  Páginas

  • Filosofia africana

    sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, filosofia Africana é aquela que envolve temas africanos tais como percepções distintamente africanas ou personalidade ou ainda aquela que visa utilizar métodos que são distintamente africanos. De outro ponto de vista, a filosofia africana é qualquer filosofia praticada por africanos ou pessoas de origem africana, ou outros envolvidos no campo de filosofia africana. Tentativas da Filosofia Africana ...

    2015  Palavras | 9  Páginas

  • o que e FILOSOFIA

    ta: Para outros significados, veja Filosofia (desambiguação). Filosofia O pensador, de Auguste Rodin, representação clássica de um homem imerso em pensamentos. Origem do nome Φιλοσοφία, grego Origem  Grécia, séc. VII a.C., Tales de Mileto Influências mitologia Influenciados arte, ciência, política, direito, ética,teologia, religião Principais nomes Demócrito · Sócrates · Platão ·Aristóteles · Confúcio · Epicuro ·Maquiavel · Bacon · Descartes ·Espinoza · Hobbes · Locke ·Montesquieu · Hume · Ro...

    10232  Palavras | 41  Páginas

  • Trabalho da Kella filosofia

    trabalho abordarei acerca da Filosofia africana, visto que um dos mais básicos motivos de discussão giram em torno da aplicação do termo "africano": o conteúdo de sua filosofia ou a identidade dos filósofos. Na primeira visão, conta que filosofia africana é aquela que envolve temas africanos (tais como percepções distintamente africanas, personalidade etc.) ou utiliza métodos que são distintamente africanos. No último ponto de vista, a filosofia africana é qualquer filosofia praticada por africanos ou...

    1991  Palavras | 8  Páginas

tracking img