• Presente e futuro dos direitos do homem (resenha)
    O texto de Bobbio apresenta alguns problema dos direitos do homem não é mais o de fundamentação, mas sim o de garanti-los e protegê-los. Anteriormente, os direitos do homem eram tidos somente como direitos naturais, sendo assim, sua única defesa contra o Estado era o direito natural de resis
    401 Palavras 2 Páginas
  • Sobre os Fundamentos dos Direitos do Homem
    Sobre os Fundamentos dos Direitos do Homem Norberto Bobbio inicia uma discussão, sobre os seguintes temas, qual é o sentido do problema que nos pusemos acerca do fundamento absoluto dos direito do homem; se um fundamento absoluto é possível; se, caso seja possível, é também...
    2277 Palavras 10 Páginas
  • OS DIREITOS DO HOMEM NA SOCIEDADE ATUAL
     SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO serviço social Os direitos do homem na sociedade atual a luta do homem pela igualdade de direitos Teófilo Otoni 2013 Os direitos do homem na sociedade atual a luta do homem pela...
    4576 Palavras 19 Páginas
  • Confrontamento: Declaração Universal dos Direitos do Homem e a Constituição vigente(1988)
    INTRODUÇÃO O presente trabalho enfoca os Direitos Humanos partindo da idéia de que do momento em que os homens passaram a viver em sociedade, este vínculo de direito estabeleceu-se entre eles e que o seu grande marco, na história da humanidade, ocorreu no século XVIII com a Declaração de...
    5736 Palavras 23 Páginas
  • Direitos humanos
    De acordo com Louis Henkin1, a história dos direitos humanos pode ser dividida na história anterior e na história posterior à Segunda Grande Guerra Mundial. Quanto ao período anterior à Segunda Guerra, destacam-se três marcos dos direitos humanos na esfera internacional: o Direito Internac
    19821 Palavras 80 Páginas
  • Resenha a era dos direitos completa
    1. PRIMEIRA PARTE. 1.1. Sobre os fundamentos dos direitos do homem. No primeiro capítulo deste livro, Norberto Bobbio fala sobre os problemas do fundamento absoluto dos direitos do homem, ele investiga se há uma norma válida que reconheça esse fundamento absoluto e qual é
    4856 Palavras 20 Páginas
  • A era do direitos
    SUMÁRIO Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1 Primeira parte Sobre os fundamentos dos direitos do homem . . . Presente e futuro dos direitos do homem ...... A era dos direitos .... Direitos do homem e sociedade Segunda parte • A Revolução Francesa e os
    65177 Palavras 261 Páginas
  • Resumo a era dos direitos
    0 Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – Araçatuba SP Resumo do Livro “A Era dos Direitos” Norberto Bobbio Fabrício César da Silva Farinaci R.A:196814 2º TERMO DE DIREITO Araçatuba - SP 2010 1 Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – Araçatu
    16693 Palavras 67 Páginas
  • Era dos direitos
    INTRODUÇÃO Para tratar do tema solicitado abordei o livro “A Era dos Direitos”, que fala de direitos humanos e na luta por igualdade e justiça, Norberto Bobbio, apresentado por Celso Lafer, deixa lições importantes, apontando a formação da verdadeira era dos direitos e as conquistas ne
    23773 Palavras 96 Páginas
  • Direitos humanos no cotidiano jurídico
    DIREITOS HUMANOS NO COTIDIANO JURÍDICO Governo do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin Governador do Estado Elival da Silva Ramos Procurador Geral do Estado José do Carmo Mendes Júnior Procurador Geral do Estado Adjunto Sylvia Monlevade Calmon de Britto Procuradora do Estado Ch
    133700 Palavras 535 Páginas
  • Resenha do livro a era dos direitos
    RESENHA DE “A ERA DOS DIREITOS” DE NORBERTO BOBBIO Bobbio cita três premissas da sua análise, que irão sustentar as demais conclusões, quais sejam, de que os direitos naturais são históricos, que estes nascem no início da era moderna e de que se tornam indicadores do progresso históric
    3229 Palavras 13 Páginas
  • Resenha critica era dos direitos
    RESENHA CRITICA A ERA DOS DIREITOS – NORBETO BOBBIO Conforme Bobbio, as Constituições modernas se baseiam na proteção dos direitos do homem, cuja proteção depende da paz e da democracia. Dessa forma, a paz, os direitos do homem e a democracia formam, conjuntamente, momentos interdep
    1912 Palavras 8 Páginas
  • Resenha - a era dos direitos
    Introdução Para contextualizar a evolução dos direitos fundamentais, Bobbio inicia comentando que as Constituições modernas se baseiam na proteção dos direitos do homem, intimamente ligada à manutenção da paz e da democracia, tendo em vista sua complementaridade e a percepção de que
    1861 Palavras 8 Páginas
  • Era dos direitos
    Sumário Sumário Introdução 1. Histórico 2. Primeira Parte – Sobre Os Fundamentos Dos Direitos Do Homem 2.1 – Presente e futuro dos direitos do homem7 2.2 – A era dos direitos0 2.3 – Direitos do homem e sociedade 3. Segunda Parte – A Revolução Francesa e os direitos do hom
    8119 Palavras 33 Páginas
  • Direitos humanos
    Ano XVIII boletim 02 – Março e Abril de 2008 Direitos Humanos e Educação SUMÁRIO DIREITOS HUMANOS E EDUCAÇÃO PROPOSTA PEDAGÓGICA........................................................................................................ 03 Sabrina Moehlecke PGM 1 - POR UMA CULTURA
    13784 Palavras 56 Páginas
  • A era dos direitos
    MODELO RESUMO INTRODUÇÃO Norberto Bobbio apresenta em sua obra “A era dos direitos” alguns dos seus principais artigos sobre o tema: direitos do homem. A obra divide-se em três partes. A primeira parte aborda os fundamentos do direito do homem, o presente e o
    5483 Palavras 22 Páginas
  • Os Direitos
    2121098765432109876543210987654321210987654321098765432109876543212109876543210987654321098765432121098765432109876543210987654321210987654321098765432109876...
    80093 Palavras 321 Páginas
  • Era dos Direitos
    INTRODUÇÃO 1. A ERA DOS DIREITOS Bobbio começa por afirmar que as Constituições modernas se baseiam na proteção dos direitos do homem, cuja proteção depende da paz e da democracia. Dessa forma, a paz, os direitos do homem e a democracia formam, conjuntamente, momentos interdependentes,...
    462 Palavras 2 Páginas
  • A Era dos Direitos
    FICHAMENTO A ERA DOS DIREITOS 1. Introdução Teoria Pura do Direito é a obra mais famosa de Hans Kelsen, filósofo e jurista austríaco, naturalizado estadunidense. Escrito em 1934, o livro se insere nos cânones da escola juspositivista. Nessa obra, Kelsen busca desenvolver uma...
    1535 Palavras 7 Páginas
  • A ERA DOS DIREITOS
     FICHA DE LEITURA A ERA DOS DIREITOS NORBERTO BOBBIO Trabalho apresentado à Universidade de Caxias do Sul, Curso Direito, como requisito da disciplina de Direito Ambiental, ministrada pelo professo Gilson César Borges de Almeida. CAXIAS DO SUL 2011...
    10016 Palavras 41 Páginas