Presente E Futuro Dos Direitos Do Homem Norberto Bobbio artigos e trabalhos de pesquisa

  • O socialismo liberal de norberto bobbio

    O socialismo liberal de Norberto Bobbio Marco Mondaini - 2000 1. Desde os primeiros passos da modernidade (entendida aqui como a fase da história mundial caracterizada pela predominância do modo de produção capitalista e por um sistema de valores centrado na idéia de racionalidade), dois projetos de hegemonia, duas propostas de direção ético-política sempre se confrontaram de uma forma marcada pela intransigência, pela exclusão mútua, a saber, o liberalismo e o socialismo [1]. O primeiro...

    6824  Palavras | 28  Páginas

  • Norberto Bobbio

    Seminário “Os clássicos da politica” Norberto Bobbio A era dos direitos Acadêmicos: João Carlos Berti Maria Eduarda Velho Leandro Pereira Willian Dandolini. Índice:  Biografia;  A obra: • Introdução; • Primeira Parte; • Segunda Parte; • Terceira Parte;  Conclusão do pensamento. Biografia:  Norberto Bobbio (1909-2004);  Nasceu em Turim, Itália;  Confronto entre as três principais ideologias do século XX;  Obras principais: O Futuro da Democracia, A Era dos Direitos, Elogio da Serenidade, O Tempo...

    1222  Palavras | 5  Páginas

  • Bobbio

    civil da cidadania), por entenderem que estas, na verdade, apenas camuflavam os interesses concretos da dominação de classe burguesa e a respectiva preservação da propriedade privada. Por outro lado, os liberais nunca admitiram a ampliação dos direitos sociais rumo a uma maior igualdade (a faceta social da cidadania), no temor de que as minorias fossem destruídas nos processos de construção da vontade geral e de coletivização das riquezas materiais. Foi preciso um aprendizado trágico com a experiência...

    7239  Palavras | 29  Páginas

  • Norberto Bobbio

     Cap. I – Sobre os fundamentos dos direitos do homem. In: A ERA DOS DIREITOSNorberto Bobbio Segundo Bobbio, os juristas colocam o problema do direito a partir do ponto de vista do direito positivo enquanto os filósofos colocam a questão a partir da racionalidade e do aspecto crítico. Partindo do ponto de vista positivista, entende-se que; o fundamento absoluto das idéias e o fundamento do poder não devem ser questionados. Bobbio lembra que: quem desobedece a razão se põe fora da comunidade...

    1507  Palavras | 7  Páginas

  • RESENHA CRÍTICA ACERCA DO TEXTO “A ERA DOS DIREITOS” DE NORBERTO BOBBIO.

    CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS BACHARELADO EM DIREITO Luciana Cardoso Aguiar RESENHA CRÍTICA ACERCA DO TEXTO “A ERA DOS DIREITOS” DE NORBERTO BOBBIO. Fevereiro - 2014 BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Editora Campus. 14º tiragem, 1992. Norberto Bobbio, italiano de Turim, formou-se em Direito em 9131 e em Filosofia em 1933, na Universidade de Turim, tornando-se livre docente em Filosofia do Direito no ano de 1935. Foi professor emérito nas universidades...

    3180  Palavras | 13  Páginas

  • Análise Livro A Era dos Direitos

    Thiago Monteiro NORBERTO BOBBIO - A ERA DOS DIREITOS PALMAS 2011 Thiago Monteiro NORBERTO BOBBIO Trabalho apresentado no 2º Período do Curso de Direito da Universidade Estadual do Tocantins, UNITINS, como requisito parcial para obtenção da nota final da disciplina Hermenêutica, sob a orientação do professor João Nunes. PALMAS 2011RESUMO O trabalho em questão faz uma abordagem a...

    5762  Palavras | 24  Páginas

  • Os direitos humanos, a declaração universal dos direitos hhumanos de 1948

    Os direitos humanos, a Declaração Universal dos Direitos Hhumanos de 1948 e o pensamento filosófico de Norberto Bobbio sobre os direitos do homem Resumo: O presente artigo aborda o que são os Direitos Humanos, faz uma breve retrospectiva histórica, discute a Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 e o pensamento filosófico do contemporâneo filósofo e jurista italiano Norbert Bobbio sobre os direitos do homem. Palavras-chave: Direitos Humanos – História – Declaração Universal - Pensamentos-filosóficos...

    4545  Palavras | 19  Páginas

  • A PROBLEMÁTICA DA DEMOCRACIA EM ROUSSEAU EM CONTRAPARTIDA ÀS REGRAS DO JOGO DE NORBERTO BOBBIO

    A PROBLEMÁTICA DA DEMOCRACIA EM ROUSSEAU EM CONTRAPARTIDA ÀS REGRAS DO JOGO DE NORBERTO BOBBIO José Felipe Nazário Júnior1 Prof° Aluísio Carvalho2 Prof° Dr. Benjamim Gomes3 Luiz Henrique Queiroz4 RESUMO: O presente trabalho se objetiva em uma análise filosófica distinta, tendo como referencial dois filósofos, Jean-Jacques Rousseau e Norberto Bobbio, que contribuíram substancialmente para a construção de uma sociedade democrática. A finalidade é explanar de forma conceitual as democracias...

    5020  Palavras | 21  Páginas

  • DEMOCRACIA E ESTADO LIBERAL: Bobbio leitor de Kant

    LIBERAL: Bobbio leitor de Kant Paulo Andrade Gomes Salvador – Bahia 2005 - - Paulo Andrade Gomes DEMOCRACIA E ESTADO LIBERAL: Bobbio leitor de Kant Dissertação de mestrado apresentada ao Departamento de Filosofia da Universidade Federal da Bahia, sob orientação do Professor Doutor Edmilson Menezes Santos, como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Filosofia. Salvador – Bahia 2005 2 G633 Gomes, Paulo Andrade Democracia e estado liberal: Bobbio leitor...

    49366  Palavras | 198  Páginas

  • A era dos direitos

    DOS DIREITOS A era dos Direitos, do pensador italiano Norberto Bobbio, é o resultado de uma série de artigos resultantes de várias conferências pronunciadas pelo autor, todas tratando dos Direito do Homem. Bobbio é categórico ao afirmar que os Direito do Homem estão diretamente ligados com a questão da paz, que é, portanto, um fator necessário e um pressuposto para o reconhecimento e o respeito aos Direitos do Homem, seja no sistema interno de cada país, seja no plano internacional. Bobbio afirma...

    3599  Palavras | 15  Páginas

  • Resumo Bobbio

    Bobbio e a teoria política na lição dos clássicos Para Bobbio, clássico é um autor intérprete de seu tempo. O que interessa é identificar temas para reflexão Um dos ensinamentos mais preciosos de Norberto Bobbio (1909-2004) no campo da teoria política é saber ouvir as lições dos clássicos(1). Essas lições permitem estudar os temas recorrentes que se colocam em relação aos grandes problemas, igualmente recorrentes, da reflexão política. O estudo desses temas, que atravessam toda a história do pensamento...

    7651  Palavras | 31  Páginas

  • A era dos direitos

    INTRODUÇÃO Norberto Bobbio apresenta em sua obra “A era dos direitos” alguns dos seus principais artigos sobre o tema: direitos do homem. A obra divide-se em três partes. A primeira parte aborda os fundamentos do direito do homem, o presente e o futuro dos direitos do homem, o artigo que entitula a obra: a era dos direitos e, por fim, os direitos do homem e sociedade. Na Segunda parte, o autor recolhe três discursos sobre os direitos do homem e a Revolução Francesa...

    5483  Palavras | 22  Páginas

  • Direitos Humanos

    são os Direitos Humanos? Os Direitos Humanos são direitos fundamentais do ser humano. Sem eles, o ser humano não consegue participar plenamente da vida em sociedade. Os Direitos Humanos são um conjunto de leis, vantagens e prerrogativas de devem ser reconhecidos como essência pura pelo ser humano para que este possa ter uma vida digna, ou seja, não ser inferior ou superior aos outros seres humanos porque é de diferente raça, de diferente sexo ou etnia, de diferente religião, etc. Os Direitos Humanos...

    3968  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha a era dos direitos completa

    1. PRIMEIRA PARTE. 1.1. Sobre os fundamentos dos direitos do homem. No primeiro capítulo deste livro, Norberto Bobbio fala sobre os problemas do fundamento absoluto dos direitos do homem, ele investiga se há uma norma válida que reconheça esse fundamento absoluto e qual é essa norma. Norberto explica que o fundamento absoluto nada mais é do que a ilusão de que de tanto acumular e elaborar razões e argumentos, terminaremos por encontrar a razão e o argumento irresistível, ao ...

    4856  Palavras | 20  Páginas

  • A Revolução Francesa e os Direitos do Homem

    A Revolução Francesa e os direitos do homem Norberto Bobbio em sua obra, afirma que são três elementos fundamentais de um movimento histórico: direitos do homem, democracia e paz. A declaração dos direitos do homem e do cidadão, foi aprovada em 26 de agosto de 1789 e demarcou um momento decisivo. Em 1789 na França, a “revolução aristocrática” que desequilibra os poderes, a “revolução burguesa” que funda a nova ordem jurídica, a “revolução popular”, que consolida o processo, a “revolução camponesa”...

    1000  Palavras | 4  Páginas

  • BOBBIO fichamento a era dos direitos

    LIVRO: A ERA DOS DIREITOS NORBERTO BOBBIO São Caetano do Sul 2015 BOBBIO, Norberto. 1909-2004. A era dos direitos. Tradução de Carlos Nelson Coutinho; apresentação de Celso Lafer. – Nova Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. Raquel Aparecida Pereira de Oliveira – 7017304 – 01DN Introdução Este fichamento tem como objetivo realizar um estudo da obra A Era dos Direitos de Norberto Bobbio para expansão de conhecimento jurídico, interligado à matéria de Introdução ao Estudo do Direito. O objetivo...

    3430  Palavras | 14  Páginas

  • DIREITO DO HOMEM

    SOBRE OS FUNDAMENTOS DO DIREITO DO HOMEM Norberto Bobbio (1992) argumenta que o problema do direito do homem está apresentado diferentemente, dependendo da forma de buscar seu fundamento, “de um direito que se tem ou de um direito que se gostaria de ter” (BOBBIO, 1992, p.15). Da busca do fundamento, nasce a ilusão do fundamento absoluto, ou seja, a ilusão de que após vários debates e discussões será encontrada a razão e o argumento absoluto que rege determinado direito. No entanto isto não é possível...

    1148  Palavras | 5  Páginas

  • direito

    POSITIVISMO JURÍDICO DE BOBBIO BOBBIO'S LEGAL POSITIVISM Orlando Luiz Zanon Junior1 RESUMO O referente do presente texto consiste em apresentar apresentar as características da versão do Positivismo Jurídico desenvolvida por Norberto Bobbio, a qual representa um aprimoramento perante as versões juspositivstas clássicas de Hans Kelsen e de Herbert Lionel Adolphus Hart, com vistas à verificar suas contribuições para Ciência do Direito no tocante às suas quatro plataformas elementares...

    8342  Palavras | 34  Páginas

  • Segunda geração dos direitos fundamentais a partir da análise de bobbio

    SEGUNDA GERAÇÃO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS A PARTIR DA ANÁLISE DE BOBBIO Maiara Minuzzo Adriana do Val Alves Taveira RESUMO Este artigo aborda conceitos relacionados aos direitos do homem e sociedade em sua segunda geração, desde a sua fundamentação e evolução até a sua aplicação prática e teórica nos dias atuais. A elaboração do tema se deu a partir de informações encontradas especificamente na obra “A Era dos Direitos”, de Norberto Bobbio. O trabalho objetiva tornar-se um documento de...

    3187  Palavras | 13  Páginas

  • Direito Objetivo, Instituições e Ordem Jurídica

     Curso de Direito Disciplina de Introdução ao Estudo do Direito 1˚ Serie – Turma 1 – Bloco G – 2° andar – sala 13 Direito Objetivo. Instituições e ordem jurídica. Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO, do curso de DIREITO, Período Noturno, Faculdade Anhanguera de Anápolis Ministrado por Prof. Valeriano. ANÁPOLIS / 2013 Curso de Direito Disciplina de Introdução ao Estudo do Direito 1˚ Serie – Turma 1 – Bloco...

    1800  Palavras | 8  Páginas

  • Um estudo sobre o livro “O futuro da democracia” de Norberto Bobbio

    Um estudo sobre o livro “O futuro da democracia” de Norberto Bobbio Aluna: Yasmin Diniz Este trabalho tem como ideal fornecer a visão que Norberto Bobbio tem em seu livro “O futuro da democracia: uma defesa das regras do jogo”. No livro o autor tem que seu “propósito é pura e simplesmente de fazer algumas observações sobre o estado atual dos regimes democráticos”. Bobbio, citando Hegel, afirma que “o filósofo não se afina com profecias(...)A filosofia ocupa-se daquilo que é eternamente,...

    2655  Palavras | 11  Páginas

  • pressupostos do direito

    - UNIAN/SP DIREITO: SUA DEFINIÇÃO E PRESSUPOSTOS TEÓRICOS À LUZ DO BRASIL NO NOVO MILÊNIO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO São Paulo 2014 / 1º Semestre ALISSON MERCEIS DOS SANTOS – 9902003462 AMANDA CARVALHO DUARTE – 1299256315 FELIPE CAETANO FERNANDO DE OLIVEIRA – 8201932646 GILSON EMILIANO GOMES DA SILVA – 8411122071 IAGO FAGNER SANTOS BISPO – 8073841940 RODRIGO DOS SANTOS STOKO – 1299251584 DIREITO: SUA DEFINIÇÃO E PRESSUPOSTOS TEÓRICOS...

    3368  Palavras | 14  Páginas

  • Nova perspectiva de humanização das penas tutelada pelos direitos fundamentais: o modelo apac

    1. TEMA A necessidade de efetivação dos direitos fundamentais e a humanização das penas sob a ótica da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Constituição da República Federativa do Brasil. A nova perspectiva de humanização das penas tutelada pelos direitos fundamentais: o modelo APAC 2. PROBLEMATIZAÇÃO O grande problema atual dos direitos fundamentais, no entendimento de Norberto Bobbio, em seu livro a Era dos Direitos, não é mais o de fundamentá-los, mas, sim,...

    2529  Palavras | 11  Páginas

  • A Era dos Direitos

    FICHAMENTO A ERA DOS DIREITOS 1. Introdução Teoria Pura do Direito é a obra mais famosa de Hans Kelsen, filósofo e jurista austríaco, naturalizado estadunidense. Escrito em 1934, o livro se insere nos cânones da escola juspositivista. Nessa obra, Kelsen busca desenvolver uma teoria científica do direito, definindo a ciência jurídica como campo de estudo cujo objeto são as normas jurídicas positivas. O autor sustenta a necessidade de renunciar ao até então enraizado costume de defender...

    1535  Palavras | 7  Páginas

  • Direitos Humanos

    DE BACHARELADO EM DIREITODIREITOS HUMANOS A questão da fundamentação dos direitos humanos Henrique Lopes Dornelas1 Os Direitos Humanos são direitos fundamentais que o homem possui pela sua própria natureza, pela dignidade que a ela é inerente. Não resultam de uma concessão da sociedade política, mas são direitos que a sociedade política tem o dever de consagrar e garantir, como um “minimum” de direitos para a existência digna do ser humano. Há uma crise dos Direitos Humanos, e o problema...

    8469  Palavras | 34  Páginas

  • Sobre os Fundamentos dos Direitos do Homem

    os Fundamentos dos Direitos do Homem Norberto Bobbio inicia uma discussão, sobre os seguintes temas, qual é o sentido do problema que nos pusemos acerca do fundamento absoluto dos direito do homem; se um fundamento absoluto é possível; se, caso seja possível, é também desejável; A principio ele vai procurar investigar se existem normas que reconheça o fundamento absoluto, dentro da visão dos filósofos é não de juristas, expondo os problemas de direito racional ou critico...

    2277  Palavras | 10  Páginas

  • A ERA DOS DIREITOS

     FICHA DE LEITURA A ERA DOS DIREITOS NORBERTO BOBBIO Trabalho apresentado à Universidade de Caxias do Sul, Curso Direito, como requisito da disciplina de Direito Ambiental, ministrada pelo professo Gilson César Borges de Almeida. CAXIAS DO SUL 2011 INTRODUÇÃO OBRA/ARTIGO/ENSAIO EM FICHAMENTO: BOBBIONorberto; A ERA DOS DIREITOS Tradução de Carlos Nelson Coutinho. – Rio de Janeiro: Campus, 1992. Norberto Bobbio finaliza em outubro de 1990, um dos seus mais...

    10016  Palavras | 41  Páginas

  • A era dos direitos

    proteção dos direitos do homem, proteção esta que depende da paz e da democracia. Menciona as premissas que sustentarão as suas conclusões: direitos naturais são históricos; que estes nascem com o início da era moderna e se tornam indicadores do progresso histórico. Dentre outras coisas o Estado Moderno trouxe uma mudança na maneira de encarar a relação política, que tinha o soberano como figura central, passando a considerar o cidadão e seus direitos. Para Bobbio os direitos do homem são provenientes...

    3051  Palavras | 13  Páginas

  • Direitos Fundamentais

    UNIVESIDADE PAULISTA - UNIP INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS – ICJ DIREITOS FUNDAMENTAIS E DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS Tutoria de: Profª. Cibele Mara Dugaich Trabalho de Atividades Práticas Supervisionadas – APS UNIP – CAMPUS PARAÍSO/SP 2013 SUMÁRIO I – INTRODUÇÃO 1.1. Problema 04 1.2. Objetivo 07 1.3. Metodologia 07 1.4. Justificativa 07 II – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 08 2.1. Conceito 08 ...

    5198  Palavras | 21  Páginas

  • Direitos Humanos

    Direito Humanos O que são direitos humanos? Direito humano é algo que você tem por direito por ser humano baseado no principio de respeito em relação ao individuo. Um Direito Universal. Mas nem sempre foi assim. Houve um longo tempo para chegarmos aos direitos que hoje são garantidos e assegurados pelas Nações Unidas. Depois de muitas guerras e declarações e mais guerras, finalmente no final da Segunda Guerra Mundial surgi o documento chamado de Declaração Universal dos Direitos Humanos e os...

    1277  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus, 1992

    Resenha: BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus, 1992 2010 A obra aborda questões sobre o reconhecimento e a proteção dos direitos do homem, que estão na base das Constituições democráticas modernas. Parte do pressuposto de que a paz é o ponto de partida para o reconhecimento e a efetiva proteção dos direitos do homem em cada Estado e no sistema internacional. Norberto Bobbio. Formado em filosofia e em direito, foi professor universitário e jornalista...

    2567  Palavras | 11  Páginas

  • direito juridicos

    a) O direito natural é aquele que tem em toda parte (pantachoû) a mesma eficácia (o filósofo grego emprega o exemplo do fogo que queima em qualquer parte), enquanto que o direito positivo tem eficácia apenas nas comunidades políticas singulares em que é posto. b) O direito natural prescreve ações cujo valor não depende do juízo que sobre elas tenha o sujeito, mas existe independentemente do fato de parecerem boas a alguns e má a outros. Prescreve, pois, ações, cuja bondade é objetiva (ações que...

    2430  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo - A Era dos Direitos

    INTRODUÇÃO Norberto Bobbio apresenta em sua obra “A era dos direitos” alguns dos seus principais artigos sobre o tema: direitos do homem. A obra compõe-se em três partes. A primeira parte aborda os fundamentos do direito do homem, o presente e o futuro dos direitos do homem, os direitos do homem e sociedade. Na Segunda parte, o autor faz referencia ao direito do homem e a Revolução Francesa. Por fim, na terceira parte apresenta assuntos particulares, mas que, de certa forma, relacionam-se...

    8704  Palavras | 35  Páginas

  • Texto 3 Norberto Bobbio

    2. Bobbio, o teórico da filosofia do direito No tempo em que lecciona em Camerino, Sienne e Pádua e depois em Turim, Bobbio dedica-se, primacialmente, ao estudo e ao ensino da teoria geral do direito e do sistema jurídico, bem como ao jusnaturalismo e positivismo jurídicos que eram influentes nas faculdades de direito, patente, em obras como Teoria dell’ordinamento giurídico, Turim, Giappichelli (1955), Teoria della norma giurídica, Turim, Giappichelli (1958), Giusnaturalismo e positivismo giurídico...

    10652  Palavras | 43  Páginas

  • Fichamento "A era dos direitos", Bobbio

    Temas: Direitos Naturais; Jusnaturalismo; Direitos do Homem; Direitos Subjetivos Referência: BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Tradução de Carlos Nelson Coutinho; apresentação de Celso Lafer. Nova ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 212 p. 2) FICHÁRIO DE LEITURA Introdução p. 1 – “... recolho neste volume os artigos principais, ou que considero principais, que escrevi ao longo de muitos anos sobre o tema dos direitos do homem.”. p. 1 – Destaque à importância da paz; os direitos do homem devem...

    8421  Palavras | 34  Páginas

  • DIREITO NATURAL E DIREITO POSITIVO

    UNIVERSIDADE DE CUIABÁ UNIC DIREITO CIVIL I DIREITO NATURAL E DIREITO POSITIVO CUIABÁ 2013 O presente trabalho tem a finalidade de analisar o direito natural e o positivo, de forma a transparecer os seus conceitos. Fazer considerações sobre a sua concepção, o que se entende a seu respeito, movimentos que antecederam, seguidores e defensores exponenciais, os pontos fundamentais que foram divulgados e por fim se fazer considerações, para...

    2765  Palavras | 12  Páginas

  • Definições fundamentais de poder em norberto bobbio e michel foucault

    DEFINIÇÕES FUNDAMENTAIS DE PODER EM NORBERTO BOBBIO E MICHEL FOUCAULT Trabalho final do Curso de Introdução à Política. Mayara Gregoracci dos Santos Araraquara Junho/2012 1. Introdução O presente trabalho visa analisar conceitos e definições do Poder e suas dimensões em Norberto Bobbio, bem como seu significado nos estudos de Michel Foucault, em algumas...

    4066  Palavras | 17  Páginas

  • direito fundamental

    3.Direitos Fundamentais ou Direitos Humanos? Os Direitos do ser humano, por mais fundamentais que sejam, são Direitos Históricos, segundo o cientista político e jurista italiano Norberto Bobbio. [06] Devido à ampliação dos Direitos Fundamentais, no decorrer da história, não é tarefa simples desenvolver um conceito. De acordo com José Afonso da Silva, há várias expressões que, muitas vezes são utilizadas como sinônimos de Direitos Fundamentais, como: "direitos naturais, direitos humanos, direitos...

    1313  Palavras | 6  Páginas

  • Sujeito De Direito

    CONCEITO DE “SUJEITO DE DIREITO” COMO ATOMIZAÇÃO LIBERAL DA IDÉIA DE POVO: TRAÇOS HISTÓRICOS DE UMA EXITOSA EMPREITADA JURÍDICO-BURGUESA* THE CONCEPT OF “RIGHT´S PERSON” AS LIBERAL ATOMIZATON OF THE PEOPLE´S IDEA: HISTORICAL NOTES ABOUT A SUCCESSFUL LIBERAL-BOURGEOIS PROJECT José Américo Silva Montagnoli RESUMO O presente artigo tem como propósito analisar o desenvolvimento histórico, ao longo do século XIX, da concepção de sujeito de direito para além de uma mera expressão do direito civil, demonstrando...

    7647  Palavras | 31  Páginas

  • metodologia direitos fundamentais e direitos humanos

    pouco dos Direitos Humanos em relação aos Direitos Fundamentais, levando em consideração e respeitando as ideias do autor e suas análises. Iremos através das perguntas que nos foi passado identificar o detalhamento dos diferentes tipos de Direitos Fundamentais em relação aos Direitos Humanos. Sumário 1 Introdução .................................................................................................pag 05 2 Direitos Humanos e Direitos Fundamentais...

    1424  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha do livro: a era do direito

    composta pelos principais artigos de Norberto Bobbio acerca dos direitos do homem. Ela se subdivide em quatro partes, que tratam respectivamente da historicidade dos direitos humanos, da sua relação com a Revolução Francesa, da resistência à opressão nos dias atuais e, por último, da questão dos direitos humanos na atualidade. A primeira parte contém um ensaio que foi uma das comunicações de abertura do Simpósio sobre os Fundamentos dos Direitos do Homem, que ocorreu em L’Aquila, 1964, em que...

    6324  Palavras | 26  Páginas

  • Resenha do livro a era dos direitos

    RESENHA DE “A ERA DOS DIREITOS” DE NORBERTO BOBBIO Bobbio cita três premissas da sua análise, que irão sustentar as demais conclusões, quais sejam, de que os direitos naturais são históricos, que estes nascem no início da era moderna e de que se tornam indicadores do progresso histórico. SOBRE OS FUNDAMENTOS DOS DIREITOS DO HOMEM Bobbio expõe três temas: sentido do fundamento absoluto dos direitos do homem, a possibilidade de um fundamento absoluto e, caso seja este possível, se seria também...

    3229  Palavras | 13  Páginas

  • Direitos e Garantias Fundamentais

    ................................................2 - 3 1 - DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS: DIFERENÇAS E SEMELHANÇAS ................................................................................................................................3 - 4 2 - IDENTIFICAÇÃO NA CONSTITUIÇÃO DE EXEMPLOS LIGADOS ÀS GERAÇÕES DE DIREITOS FUNDAMENTAIS ......................................................4 - 5 3 - HIERARQUIA ENTRE OS DIREITOS FUNDAMENTAIS .................................5 - 7 REFERERÊNCIAS...

    1190  Palavras | 5  Páginas

  • Direitos humanos da segunda geração

    DIREITOS DE SEGUNDA GERAÇÃO – O PROBLEMA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS, ECONÔMICOS E CULTURAIS RESUMO: O presente trabalho, além de trazer todo o histórico dos direitos de segunda dimensão, versa sobre a importância da consolidação desses direitos, quais sejam, os direitos sociais, econômicos e culturais para a garantia da igualdade após o século XVIII. Porém, apesar da importância dessa consolidação, este trabalho trará, também, a dificuldade de trazer esses direitos para o plano jurídico...

    6188  Palavras | 25  Páginas

  • A era dos direitos

    1.1 FUNDAMENTOS DOS DIREITOS DO HOMEM E SUA INVIABILIDADE Os Direitos Humanos no decorrer da história da humanidade foram sempre exigidos e desejados pelos seres humanos que visavam que estes fossem reconhecidos e respeitados não somente pelos seus entes, mas pelas autoridades organizadoras e sustentadoras dos Estados. Partindo deste ponto, o homem por sua própria natureza passou a procurar um fundamento aos Direitos Humanos trabalhando, assim, em defini-los para reconhecê-los e defendê-los com...

    4674  Palavras | 19  Páginas

  • ATPS Direito Positivo Natural / tese de Bobbio e Kelsen

    ANHANGUERA Curso Superior de Direito 1º Semestre 2015 Atividades Práticas Supervisionadas- ATPS Disciplina INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO ALUNO RA SÉRIE Thaís Siqueira de Souza 1564242213 1° Direito A Talita Aline Pereira Siqueira 1566219152 1° Direito A Mauricio keske 1560284002 1° Direito A Paulo Rodrigo Afonso 1566249935 1° Direito A Pedro Henrique Claudino 1379267731 1° Direito A Luana Rafaella Andrade Porto 1587944224 1° Direito A Vanda Calado de Melo 1557303284 1º Direito A Sani Moreira da Silva...

    1500  Palavras | 6  Páginas

  • Biografia e Cronologia de Norberto Bobbio

    equilíbrio intelectual, reflexão crítica, senso de discernimento, aborrecimento perante a qualquer simplificação, qualquer maniqueísmo, qualquer parcialidade“ Norberto Bobbio Norberto Bobbio nasceu em Turim, em 18 de outubro de 1909, filho de uma família burguesa tradicional. Seu pai, Luigi Bobbio, era médico-cirurgião e o avô, Antonio Bobbio, professor e diretor de escola, um católico liberal que se interessava por filosofia e colaborava periodicamente com os jornais. Iniciou-se na leitura de textos...

    996  Palavras | 4  Páginas

  • escola histórica do direito

    segurança ao ordenamento jurídico francês. Nascia, assim, o Código Napoleônico. Sobre ele, Norberto Bobbio (1961) afirma: Este projeto nasce da convicção de que possa existir um legislador universal [grifo do autor] (isto é, um legislador que dita leis válidas para todos os tempos e para todos os lugares) e da exigência de realizar um direito simples e unitário [grifo do autor]. A simplicidade e a unidade do direito é o Leitmotiv [grifo do autor], a ideia de fundo, que guia os juristas, que nesse período...

    3569  Palavras | 15  Páginas

  • A democracia moderna na concepção de Norberto Bobbio

     AM3RI A democracia moderna na concepção de Norberto Bobbio Esta dissertação tem como objetivo mostrar os meus entendimentos como uma reflexão crítica a partir da leitura do livro O futuro da democracia, de Norberto Bobbio, que nasceu em Turim, na Itália, no ano de 1909, e faleceu também em Turim, em 2004. Filósofo, escritor e senador italiano, Bobbio ocupou-se de teoria política, filosofia do direito e história do pensamento político. A Democracia é uma forma de governo em que a tomada...

    1522  Palavras | 7  Páginas

  • Introdução ao Estudo do Direito

    ANHANGUERA DE SÃO PAULO SANTO ANDRÉ – UNIDADE 3 DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO SANTO ANDRÉ 2014 INTRODUÇÃO A presente atividade tem como objetivo, pesquisar conceitos e características do Direito Positivo e o Direito Natural e apresentar as principais diferenças entre eles. Debater sobre a coerência de ordenamento jurídico apresentado por Norberto Bobbio nos dias atuais, baseado nas explicações dadas em...

    757  Palavras | 4  Páginas

  • A era do direito

    ~ k r w rà i p r r a e ag term~ismh. Este $ 9 tánic~ salto qualitativo na ~istákja k q ' __I m - L I, R B E R T O B0BB.T" do seu pacifismo socid, quanto o da liberdad a I . . , -__ 1 7 - A EM dos DIREITOS Norberto Bobbio Tradução Carlos Nelson Coutinho 7" Tiragem r Preencha a ficha de cadastro no final deste livro e receba gratuitamente informações sobre os lançamentos e as promoções da Editora Campus/Elsevier. Consulte também nosso catálogo completo...

    83529  Palavras | 335  Páginas

  • UEMS - Liberdade e Igualdade: Aristoteles, Rousseau, Bobbio.

    -318135-40386000UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL GRADUAÇÃO EM DIREITO UNIDADEUNIVERSITÁRIA DE PARANAÍBA Liberdade e Igualdade Paranaíba/MS 2014 Liberdade e Igualdade Trabalho referente ao conteúdo de Ciência Política na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba como exigência parcial para obtenção de aprovação na disciplina. Professor: Isael José Santana Paranaíba/MS 2014 Introdução O presente trabalho tem como objetivo expor os temas liberdade e igualdade...

    2910  Palavras | 12  Páginas

  • Teoria Tridimensional Do Direito

    concreto - Como surgiu a Teoria Tridimensional do Direito. O nascimento da Teoria Tridimensional do Direito é dado através de Miguel Reale. No entanto, antes de existir essa teoria formulada, existia outras concepções sobre o Direito, com base na Filosofia e Ciência. A visão Filosófica do Direito, consistia em relacionar os fatos históricos e sociológicos da Sociedade, os quais transmitiam o que era ''justo''. Enquanto a Ciência do Direito, visava mais um conceito técnico, ou seja, um aspecto...

    3096  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha do livro de noberto bobbio

    governo sociedade de Norberto Bobbio "Resumo estudo Segundo Bobbio a história é um labirinto. Devemos procurar por nos mesmos a saída, aprendendo como com o que já passou. A democracia passou por vários desafios e apenas seu estudo fez com que ela ainda existisse. Bobbio foi um grande estudioso da política, que teve muitas obras traduzidas para o português. A dicotomia entre esquerda e direita sempre sobreviveu, diz Bobbio, mesmo muitos dizendo o contrario. Por isso Bobbio diz que escreveu e...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • DA INTOLER NCIA RELIGIOSA AOS DIREITOS HUMANOS

    89 DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA AOS DIREITOS HUMANOS FROM THE RELIGIOUS INTOLERANCE TO HUMAN RIGHTS Antonio Baptista Gonçalves Mestre e Doutor em Filosofia do Direito, Pós-doutorando em Ciências da Religião (PUC/SP) Resumo A Religião é a responsável direta por temas como proselitismo, laicismo e laicidade. Portanto, compreender como eram as relações religiosas nos tempos antigos trará o arcabouço de conhecimento necessário para apresentar a intolerância religiosa professada e praticada em larga escala...

    17165  Palavras | 69  Páginas

  • Direitos de segunda dimensão e a reserva do possível.

    DIREÇÃO ACADÊMICA GRADUAÇÃO DE DIREITO POR: ANDRÉA MARCIA DANTAS SIQUEIRA DIREITOS DE SEGUNDA DIMENSÃO E A RESERVA DO POSSÍVEL.   Natal/ RN 2013 ANDRÉA MARCIA DANTAS SIQUEIRA [pic] DIREITOS DE SEGUNDA DIMENSÃO E A RESERVA DO POSSÍVEL. Trabalho apresentado como pré-requisito para obtenção de nota complementar na disciplina de Direito Constitucional III. ...

    1940  Palavras | 8  Páginas

  • Direitos Fundamentais

    DIMENSÕES DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS RESUMO O presente artigo discorre sobre a origem dos direitos fundamentais e as suas diferentes dimensões, a fim de fornecer à comunidade científica um aparato conciso acerca desta categoria de direitos, indo desde a sua origem até as dificuldades que decorrem da aplicação dos mesmos. Palavras-chave: Direito. Direitos fundamentais. Constitucionalismo. Dimensão. Direitos políticos. Direitos sociais. Sociedade. 1. INTRODUÇÃO Direitos fundamentais...

    4853  Palavras | 20  Páginas

  • evolução dos direitos humanos

    social dos direitos humanos Dr. Orlando Luiz Zanon Junior Publicado em 01/2011. RESUMO O texto tem como foco a análise evolutiva dos direitos humanos no âmbito social, analisando sua construção ao longo do processo civilizatório, com foco nas lutas e reclamações que ensejaram a sua enunciação teórica e posterior inserção em documentos internacionais e em diversos ordenamentos jurídicos. A abordagem é balizada por uma perspectiva de cunho sociológico, quanto à formação dos direitos humanos ao...

    7893  Palavras | 32  Páginas

  • Fichamento Livro Norberto Bobbio

    ENSINO SUPERIOR DE VALENÇA FACULDADE DE DIREITO VALENÇA RJ POSITIVISMO JURÍDICO Pelo Acadêmico: JOÃO RICARDO EUSTÁQUIO CARDOSO DE PAIVA, Bacharelando da Faculdade de Direito de Valença RJ, Monitor de Introdução ao Estudo do Direito I e II. 12 mai 2011. site: www. Joaoricardopaiva.xpg.com.br – Email: joaoricardinho@msn.com. ======================================== FICHAMENTO Sobre o livro: O positivismo Jurídico: Lições de Filosofia do Direito / Norberto Bobbio; compiladas por Nello Morra; tradução...

    6847  Palavras | 28  Páginas

  • DIREITO A PAZ MUNDIAL

    1 INTRODUÇÃO O Direito a paz mundial é um direito de toda a humanidade, neste trabalho iremos apresentar algumas teorias que foram construídas a partir da prática do livre pensamento, prática do “Epoke”, sobre o tema em questão. A pensar tal realidade, percebemos de tratar-se de um pensamento novo e moderno que, quer atingir uma real mudança no mundo todo. Parece realmente um pensamento novo aos demais, reunindo elementos que mudam as bases estruturais do Estado como conhecemos, provocando na...

    2567  Palavras | 11  Páginas

tracking img