Preencham O Quadro Abaixo Informando Quais Tipos De Empresas São Criadas Sob A Forma Jurídica De Cooperativa artigos e trabalhos de pesquisa

  • Cooperativas de credito

    COOPERATIVAS E COOPERATIVAS DE CREDITO O QUE É ? Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contando com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins lucrativos. A sociedade cooperativa apresenta os seguintes traços característicos: 1) É uma sociedade de pessoas. 2) O objetivo...

    4184  Palavras | 17  Páginas

  • cooperativas habitacional

    COOPERATIVAS HABITACIONAIS ( e algumas considerações sobre Associações) 3ª Versão1 DORA BUSSAB CASTELO Promotora de Justiça / Coordenadora das Promotorias de Justiça do Consumidor do Ministério Público do Estado de São Paulo-15.01.1999 ÍNDICE I- Introdução 3 II- Conceito de Cooperativa Habitacional 4 III- CONTEXTO SOCIAL ONDE SE INSEREM AS COOPERATIVAS HABITACIONAIS 8 IV- FUNDAMENTO E REGIME CONSTITUCIONAL DAS COOPERATIVAS HABITACIONAIS 9 V- REGIME INFRACONSTITUCIONAL...

    25937  Palavras | 104  Páginas

  • Cooperativas Intermediador Gato

    FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON ALINE ARAUJO DOS SANTOS ELISANDRA BYK JULIO FABIO SERVINO KAROLYNE BOLGENHAGENHOERLLE MARCOS VINICIUS GIRO FERREIRA MARTA PAZ SOLANGE ALINE RIBEIRO SCHKALEI TAUANA CRISTINA MARON COOPERATIVAS DE TRABALHO RURAL E INTERMEDIAÇÃO DE MÃO DE OBRA (GATOS OU TURMEIROS) MARECHAL CÂNDIDO RONDON 2015 INTRODUÇÃO É sabido que compreende trabalho rural, aquele desenvolvido na área rural, por trabalhadores que se submetem as ordens dos empregadores...

    3456  Palavras | 14  Páginas

  • O papel da cooperativa de crédito no sistema financeiro nacional - exemplo: sicredi pioneira

    UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS TIAGO MALDANER O PAPEL DA COOPERATIVA DE CRÉDITO NO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL: EXEMPLO SICREDI PIONEIRA. São Leopoldo 2011 TIAGO MALDANER O PAPEL DA COOPERATIVA DE CRÉDITO NO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL: EXEMPLO SICREDI PIONEIRA. Trabalho de Conclusão...

    20538  Palavras | 83  Páginas

  • Cooperativa de Trabalho

    CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA / CEFET-BA Maurício Santos da Silva Práticas cooperativistas em cooperativas de trabalho: um estudo de caso em Salvador Salvador / BA 2005 1 MAURÍCIO SANTOS DA SILVA Práticas cooperativistas em cooperativas de trabalho: um estudo de caso em Salvador Monografia apresentada ao Curso de Administração com habilitação em Administração Hoteleira, do Cefet-Ba como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Administração...

    18600  Palavras | 75  Páginas

  • Trabalho S.A. e cooperativas

    ............................................................................................... 01 2 SOCIEDADES COOPERATIVAS...................................................................... 02 2.1 Natureza Jurídica........................................................................................... 02 2.2 Características da Sociedade Cooperativa................................................. 03 2.3 Constituição.................................................

    5867  Palavras | 24  Páginas

  • A importancia da cooperativa de crédito para o desenvolvimento regional

    INSTITUTO LUTERANO DE ENSINO SUPERIOR DE JI-PARANÁ ILES CENTRO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS, JURÍDICAS E SOCIAIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS A IMPORTÂNCIA DA COOPERATIVA DE CRÉDITO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL (ASPECTOS SÓCIO-ECONÔMICOS) DARIO ALVES MOREIRA Ji-Paraná - 2002 DÁRIO ALVES MOREIRA A IMPORTÂNCIA DA COOPERATIVA DE CRÉDITO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL (ASPECTOS SÓCIO-ECONÔMICOS) ...

    10258  Palavras | 42  Páginas

  • QUALIDADE NO ATENDIMENTO: FATOR DE EXCELÊNCIA PARA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO EM CARUARU - PE

    CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHA DE FORMAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIO QUALIDADE NO ATENDIMENTO: FATOR DE EXCELÊNCIA PARA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO EM CARUARU - PE Fernanda Simone de Albuquerque Orientador: Prof.ª Ma. Solange Evangelista de Souza Caruaru – PE 2011 Fernanda Simone de Albuquerque QUALIDADE NO ATENDIMENTO: FATOR DE EXCELÊNCIA PARA UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO EM CARUARU - PE Trabalho de Conclusão de curso apresentado ao Curso de Administração da Faculdade Vale do Ipojuca...

    14372  Palavras | 58  Páginas

  • Contabilidade

    demonstrativos contábeis preparados pelas empresas. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Aluno) Enriqueça seus conhecimentos lendo as p. 23 a 45 do Manual Demonstrações Contábeis, arquivado em Acesso em: 28 abr. 2013, e prepare-se a contento para realizar o Passo 2 adiante. Passo 2 (Equipe) Acessem o site www.cvm.gov.br e procurem, escolhendo a opção “Consulta ao Cadastro Geral” de “Participantes do Mercado”, empresas de grande porte que você e seu grupo tenham...

    510  Palavras | 3  Páginas

  • Custeio agrícola em cooperativa de crédito

    tecnologias e tipos de produtos e serviços. Com isso, cada vez mais, as empresas estão atentas às necessidades do consumidor, buscando alternativas para que possam atendê-los de uma forma satisfatória e que também gere a fidelização do cliente. Com as Cooperativas de crédito não é diferente. Muito pelo contrário, o valor cliente pesa ainda mais por serem associados, sendo assim, donos da Cooperativa. Em busca de um posicionamento no mercado, atualmente as empresas se empenham em...

    8621  Palavras | 35  Páginas

  • cooperativas

    SUMÁRIO  APRESENTAÇÃO     PARTE I ­ ASPECTOS SOCIETÁRIOS  1. SOCIEDADES COOPERATIVAS  1.1. Considerações Iniciais  1.2. Conceito e Finalidade  2. ELEMENTOS DIFERENCIADORES DE OUTRAS SOCIEDADES  2.1. Formação do Quadro Social  2.2. Capital Social  2.3. Representatividade  2.4. Sobras Líquidas Resultantes das Operações  2.5. Objeto Social  3. OBJETO E DENOMINAÇÃO  3.1. Objeto  3.2. Denominação  4. SÓCIOS  5. FORMA CONSTITUTIVA  5.1. Autorização de Funcionamento  6. ESTATUTO SOCIAL E LIVROS  6.1. Estatuto Social ...

    12083  Palavras | 49  Páginas

  • MEI E COOPERATIVAS

    MEI E SOCIEDADES COOPERATIVAS MEI DEFINIÇÃO Micro Empreendedor Individual (MEI) é o empresário individual, que não tem participação em outra empresa como sócio ou titular, e tem faturamento anual de até R$ 60 mil, optante pelo Simples Nacional (Sistema Simplificado de Tributação) e ficara isento dos tributos federais Imposto de Renda, PIS (Programa de Integração Social), COFINS (Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e CSLL...

    4896  Palavras | 20  Páginas

  • Cooperativas

    MÓDULO 1: ASPECTOS SOCIETÁRIOS DAS COOPERATIVAS INTRODUÇÃO As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971[->0], que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regi-me jurídico das Cooperativas. Cooperativa é uma associação de, no mínimo, 20 (vinte) pessoas com interesses comuns, economica-mente organizada de forma democrática, isto é, contan-do com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados...

    5634  Palavras | 23  Páginas

  • CONTABILIDADE

    demonstrativos contábeis preparados pelas empresas. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Aluno) Enriqueça seus conhecimentos lendo as p. 23 a 45 do Manual Demonstrações Contábeis, arquivado em Acesso em: 28 abr. 2013, e prepare-se a contento para realizar o Passo 2 adiante. Passo 2 (Equipe) Acessem o site www.cvm.gov.br e procurem, escolhendo a opção “Consulta ao Cadastro Geral” de “Participantes do Mercado”, empresas de grande porte que você e seu grupo tenham...

    731  Palavras | 3  Páginas

  • CAUL - COOPERATIVA AGRÍCOLA DE URUGUAIANA LTDA

    CAUL - COOPERATIVA AGRÍCOLA DE URUGUAIANA LTDA RESUMO O presente estudo tem como tema principal o cooperativismo, mais especificamente o ramo agrícola, através de uma pesquisa bibliográfica com base na Cooperativa Agrícola de Uruguaiana – CAUL, onde o objetivo principal é aprofundar o conhecimento neste segmento de empresas, identificando as principais características de uma sociedade baseada no cooperativismo. O tema é relevante diante da atual realidade de mercado, onde as cooperativas têm...

    5147  Palavras | 21  Páginas

  • Estudo de viabilidade de uma cooperativa de cacau

    ELIZABETE SANTOS QUEIROZ INDICADORES DE EFICIÊNCIA DA COOPERATIVA CREDICOOGRAP NO MUNICÍPIO DE ITABUNA, BAHIA: uma análise sócio-econômica do período de 1995 a 2003 ILHÉUS-BA 2005 ELIZABETE SANTOS QUEIROZ INDICADORES DE EFICIÊNCIA DA COOPERATIVA CREDICOOGRAP NO MUNICÍPIO DE ITABUNA, BAHIA: uma análise sócio-econômica do período de 1995 a 2003 Monografia...

    12689  Palavras | 51  Páginas

  • As Cooperativas Médicas e o Acesso à Saúde

    AS COOPERATIVAS MÉDICAS E O ACESSO À SAÚDE: POR UMA VINCULAÇÃO DOS PARTICULARES AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOCIAIS Cibele Gralha Mateus1 e Bruno Prange Stiborski2 RESUMO: Este trabalho visa a analisar as cooperativas médicas à luz da legislação constitucional e infraconstitucional vigente, com vistas a demonstrar que as relações entre particulares também estão sujeitas aos efeitos irradiadores das normas de direitos fundamentais sociais. Apontar-se-á que o impedimento de inclusão de novos ...

    4359  Palavras | 18  Páginas

  • Da não aplicabilidade do cdc às cooperativas de crédito

    COOPERATRIVAS DE CRÉDITO 1.1 Aspectos históricos 1.2 Origem das cooperativas de crédito no Brasil 1.3 A organização do sistema cooperativo de crédito CAPÍTULO II SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 1.1 As cooperativas de crédito e o sistema financeiro nacional CAPÍTULO III BANCOS COOPERATIVOS 1.1Diferenças entre bancos comuns e cooperativas de crédito 1.2 Espécies de serviços prestados pelas cooperativas de crédito 1.3Bancos cooperativos e sua funcionalidade (sobre...

    10036  Palavras | 41  Páginas

  • Trabalho

    _ Aula-tema: Objetivos da Contabilidade e Utilização da Informação Contábil. Introdução aos Relatórios Contábeis. Esta atividade é importante para que você perceba a importância da Contabilidade na gestão das empresas e o que pensa os profissionais ligados a Contabilidade. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Aluno) Acessar o texto Objetivo da Contabilidade, disponível em Acesso em: 28 set. 2012, e em no máximo uma lauda elabore resumo sobre as principais...

    1008  Palavras | 5  Páginas

  • FORMA PREGOEIRO

    exigiram um trabalho minucioso dos Programadores Visuais. Segue, abaixo, uma breve explanação acerca destes dois tópicos. PROGRAMAÇÃO VISUAL – LEIAUTE O leiaute se pautou pela limpeza para que funcione como elemento integrador de texto, imagem e interações, sem ruídos visuais. As cores utilizadas são as mesmas do website-sistema, às vezes com pequenas variações. Há um equilíbrio entre o geometrismo previsível, mas elegante e o uso de formas onduladas e circulares em composições menos convencionais....

    26181  Palavras | 105  Páginas

  • A sustentabilidade financeira das cooperativas de crédito rural

    brasileira, de concentração das atividades do setor em poucas instituições, quase todas com abrangência nacional, aplicam suas disponibilidades onde o custo de oportunidades for mais favorável, enquanto as cooperativas buscam o que for mais vantajoso para seus associados. Por lei, os bancos comerciais são obrigados a recolher ao banco Central do Brasil 45% da média diária de seus depósitos á vista chamado depósito compulsório. Por outro lado, devem aplicar em crédito rural 25% desta mesma média. O valor...

    11486  Palavras | 46  Páginas

  • Auditoria externa nas cooperativas de credito

    NASCIMENTO DOS SANTOS JOSÉ SOBRAL BARRETO FILHO A AUDITORIA EXTERNA NAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO: UM ESTUDO DA COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DO GRUPO WAL MART - COOPERBOM Salvador 2009 CHARLENE SANTOS LORENZO CONSTÂNCIA NASCIMENTO DOS SANTOS JOSÉ SOBRAL BARRETO FILHO A AUDITORIA EXTERNA NAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO: UM ESTUDO DA COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DO GRUPO WAL MART - COOPERBOM ...

    23229  Palavras | 93  Páginas

  • CONTROLES INTERNOS NAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO

    PROJETO DE CONCLUSÃO DE CURSO CONTROLES INTERNOS NAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO Walter Franco da Rocha ORIENTAÇÃO Prof. Carlos Alberto dos Santos Silva Mandaguari, abril de 2011. Dedico este trabalho à minha esposa Marta e aos meus filhos Beatriz e Vítor que sempre suportaram minha ausência durante o período do curso e que me proporcionam inspiração para combater o bom combate. 2 CONTROLES INTERNOS NAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO RESUMO Este trabalho de conclusão de curso...

    12109  Palavras | 49  Páginas

  • Como Organizar uma Cooperativa de Ensino

    Direito Comercial Título: MANUAL PRÁTICO PARA ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO Autor: ALEXANDRE JOSÉ GRANZOTTO MANUAL PRÁTICO PARA A ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO I. INTRODUÇÃO II. O QUE É O COOPERATIVISMO III. O QUE É UMA COOPERATIVA DE ENSINO 1. DEFINIÇÃO 2. A COOPEC 3. CONSTITUIÇÃO DA COOPERATIVA a) CONSCIENTIZAÇÃO DOS INTERESSADOS b) ELABORAÇÃO DOS ESTATUTOS c) APROVAÇÃO E...

    12626  Palavras | 51  Páginas

  • Como Organizar uma Cooperativa de Ensino

    Direito Comercial Título: MANUAL PRÁTICO PARA ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO Autor: ALEXANDRE JOSÉ GRANZOTTO MANUAL PRÁTICO PARA A ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO I. INTRODUÇÃO II. O QUE É O COOPERATIVISMO III. O QUE É UMA COOPERATIVA DE ENSINO 1. DEFINIÇÃO 2. A COOPEC 3. CONSTITUIÇÃO DA COOPERATIVA a) CONSCIENTIZAÇÃO DOS INTERESSADOS b) ELABORAÇÃO DOS ESTATUTOS c) APROVAÇÃO E...

    12626  Palavras | 51  Páginas

  • Manual prático para organização de cooperativas de ensino

    Direito Comercial Título: MANUAL PRÁTICO PARA ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO [pic] Autor: ALEXANDRE JOSÉ GRANZOTTO MANUAL PRÁTICO PARA A ORGANIZAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENSINO I. INTRODUÇÃO II. O QUE É O COOPERATIVISMO III. O QUE É UMA COOPERATIVA DE ENSINO 1. DEFINIÇÃO 2. A COOPEC 3. CONSTITUIÇÃO DA COOPERATIVA a) CONSCIENTIZAÇÃO DOS INTERESSADOS b) ELABORAÇÃO DOS ESTATUTOS ...

    11458  Palavras | 46  Páginas

  • Gestão do Conhecimento: uma análise do Projeto “Conhecer Para Crescer” implementado em uma Cooperativa de Crédito do RS

    implementado em uma Cooperativa de Crédito do RS Por KARINN CRYSTINA DOS SANTOS GHISLENI Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso MBA em Gestão de Pessoas Pós-Graduação lato sensu, Nível de Especialização Programa FGV Management Abril/2012 FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS PROGRAMA FGV MANAGEMENT MBA em Gestão de Pessoas O Trabalho de Conclusão de Curso Gestão do Conhecimento: uma análise do projeto “Conhecer Para Crescer” implementado em uma Cooperativa de Crédito do RS ...

    11054  Palavras | 45  Páginas

  • REDES DE EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO SETOR SUPERMERCADISTA DO RIO GRANDE DO SUL

    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL DOUTORADO Dalva Maria Righi Dotto REDES DE EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO SETOR SUPERMERCADISTA DO RIO GRANDE DO SUL – A COOPERAÇÃO EMPRESARIAL E REFLEXOS NO MERCADO CONSUMIDOR Santa Cruz do Sul, junho de 2006 2 Dalva Maria Righi Dotto REDES DE EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO SETOR SUPERMERCADISTA DO RIO GRANDE DO SUL – A COOPERAÇÃO EMPRESARIAL E REFLEXOS NO MERCADO CONSUMIDOR Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação...

    65181  Palavras | 261  Páginas

  • Cooperativa

    ELISETE FRITZEN A EVOLUÇÃO DAAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO Palhoça 2012 ELISETE FRITZEN A EVOLUÇÃO DAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Cooperativismo de Crédito, da Universidade do Sul de Santa Catarina, como requisito à obtenção do título de Especialista em Gestão de Cooperativas de Crédito. Orientação: Prof. Alex Fabiano Wehrle...

    9737  Palavras | 39  Páginas

  • Sociedades cooperativas

    No tocante aos associados cabe observar que: SOCIEDADES COOPERATIVAS – ASPECTOS SOCIETÁRIOS, CONTÁBEIS E FISCAIS  Autor: Júlio César Zanluca Distribuição: Portal Tributário Editora e Maph Editora  Atenção: esta obra é atualizável. Recomendamos baixá-la periodicamente em seu computador, utilizando a mesma senha, no endereço www.portaltributario.com.br/downloads Dica: para localizar rapidamente uma palavra, tecle CTRL + L SUMÁRIO: (Clique no link para acessar o conteúdo) Introdução ...

    10816  Palavras | 44  Páginas

  • Empresa Agrária

    CONTEUDOJURIDICO.COM.BR Frederico Garcia Pinheiro EMPRESA AGRÁRIA Análise jurídica do principal instituto do Direito Agrário contemporâneo no Brasil Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Direito Agrário, junto ao Programa de Mestrado em Direito, área de concentração em Direito Agrário, da PróReitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PRPPG da Universidade Federal de Goiás – UFG, sob a orientação da Professora Doutora Maria Cristina Vidotte ...

    97333  Palavras | 390  Páginas

  • atps

    é uma modalidade de sociedade empresária, que difere dos demais tipos (societários de Bens, de Pessoas ou mista como a Ltda.), por ser uma sociedade de capitais. Sendo assim, a Sociedade Anônima é criada e exercida única e exclusivamente com o escopo de lucrar. A Sociedade Anônima é pessoa jurídica de direito privado, de natureza eminentemente mercantil, em que o capital social é dividido em ações de igual valor nominal, que são de livre negociabilidade, limitando-se a responsabilidade do sócio...

    1202  Palavras | 5  Páginas

  • Cooperativas

    O QUE É? COMO FUNCIONAM AS COOPERATIVAS? As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971, que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regi¬me jurídico das Cooperativas. Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contan¬do com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins lucrativos...

    1376  Palavras | 6  Páginas

  • Diagnóstico organizacional de uma empresa de saúde

    .....22 4 1 DIAGNÓSTICO DO SISTEMA ORGANIZACIONAL 1.1 Análise organizacional A Unimed é uma cooperativa de trabalho médico, criada e dirigida por profissionais de medicina há mais de 35 anos no Brasil. Fundada para criar oportunidades de trabalho a seus associados, obedecendo aos princípios da ética médica, proporcionando um alto padrão de assistência médica à população. Na cooperativa poderão ser sócios todos os médicos que estejam devidamente inscritos e regularizados no Conselho Regional...

    5360  Palavras | 22  Páginas

  • OS DESAFIOS NA GESTÃO DAS COOPERATIVAS NO MUNICÍPIO DE ALVORADA ESTADO DE RONDÔNIA

    CAMPUS CACOAL DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ONILDO FERNANDES DOS SANTOS OS DESAFIOS NA GESTÃO DAS COOPERATIVAS NO MUNICÍPIO DE ALVORADA ESTADO DE RONDÔNIA Trabalho de Conclusão de Curso Artigo Cacoal 2008 Onildo Fernandes dos Santos OS DESAFIOS NA GESTÃO DAS COOPERATIVAS NO MUNICÍPIO DE ALVORADA ESTADO DE RONDÔNIA Artigo apresentado à Universidade Federal de Rondônia...

    10016  Palavras | 41  Páginas

  • Cooperativas de serviço

    DE CONCENTRAÇÃO: Cooperativismo. 1.4 TÍTULO DA PESQUISA: Atuação contábil nas cooperativas de serviços e trabalho com enfoque na cooperativa Cooperlife de Vitória da Conquista. 1.5 ORIENTADOR: Clédson Miranda. 1.6 PESQUISADORES: Ana Maria de Oliveira, Ingridd R. R. dos Reis, Mayane Teixeira, Rafael Braz, Sirlene Amaral. 1.7 DURAÇÃO DA PESQUISA: 5 meses 2 OBJETO: 2.1 PROBLEMATIZAÇÃO As cooperativas surgiram em um contexto histórico de mudanças das organizações sociais. Estas...

    5489  Palavras | 22  Páginas

  • Cooperativas – constituição, tributação e contabilidade

    APLICADA CIÊNCIAS CONTÁBEIS COOPERATIVAS – CONSTITUIÇÃO, TRIBUTAÇÃO E CONTABILIDADE Francisco da Silva Alves RESUMO As cooperativas são organizações que se caracterizam por serem empresas de propriedade coletiva e democraticamente geridas, denominadas sociedades de pessoas, ao passo que as empresas mercantis são denominadas de sociedades de capital. As cooperativas surgiram como uma reação popular as condições...

    4105  Palavras | 17  Páginas

  • Gestao De Cooperativas De Credito

    SUMÁRIO MÓDULO 2 – ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO UNIDADE 1: O PAPEL DOS GESTORES ..................................................................... 3 UNIDADE 2: O PAPEL DO GERENTE E OS LIMITES DE SUA ATUAÇÃO ................. 9 UNIDADE 3: O ATENDIMENTO AO ASSOCIADO ..................................................... 24 UNIDADE 4: AS BOAS PRÁTICAS BANCÁRIAS ....................................................... 34 UNIDADE 5: AS OPERAÇÕES PASSIVAS ....................

    10371  Palavras | 42  Páginas

  • Criação de cooperativas

    ORIENTAÇÃO PARA CONSTITUIÇÃO DE COOPERATIVAS I. INTRODUÇÃO Este manual é a atualização e complementação da "Orientação para Constituição de Cooperativas", publicada pela OCB em edições anteriores. O manual tem o endereço das Juntas Comerciais na capital de cada Unidade da Federação, bem como o endereço das Organizações Estaduais de Cooperativas, com sugestão de estatuto para cada Ramo do Cooperativismo, a Declaração de Identidade Cooperativa, as Diretrizes Gerais do Programa...

    22944  Palavras | 92  Páginas

  • A inaplicabilidade do cdc na relação associado x cooperativa

    A todas as pessoas que colaboraram para a realização deste trabalho, sem as quais seria impossível concretizá-lo; Aos professores da Faculdade de Direito da Universidade de Passo Fundo, pelos ensinamentos na área jurídica e empenho nas aulas ministradas; Aos colegas, pela convivência amiga e colaboração mútua durante todo o curso; Aos meus familiares – pais, filho e irmão –, pelo esforço dispensado e...

    15807  Palavras | 64  Páginas

  • Cooperativas de trabalho e fraudes ao direito do trabalho

     FRAUDE AOS DIREITOS TRABALHISTAS NAS COOPERATIVAS DE TRABALHO RESUMO Por cooperativa entende-se que seja uma sociedade de pessoas fundada sob o contrato segundo o qual se obrigam reciprocamente a contribuir com bens ou serviços para o exercício de uma atividade econômica, de proveito comum, sem finalidade lucrativa de forma a repartir os ganhos de forma igualitária entre todos os integrantes. Então a cooperativa é um meio de integralizar o indivíduo ao mercado de trabalho sem, contudo...

    13025  Palavras | 53  Páginas

  • COOPERATIVAS

    COOPERATIVA Conceito de cooperativa Entidades Cooperativas são aquelas que exercem as atividades na forma de lei específica, por meio de atos cooperativos, que se traduzem na prestação de serviços diretos aos seus associados, sem objetivo de lucro, para obterem em comum melhores resultados para cada um deles em particular. Identificam-se de acordo com o objeto ou pela natureza das atividades desenvolvidas por elas, ou por seus associados. As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei...

    1463  Palavras | 6  Páginas

  • cooperativas

    7/9/2014 COOPERATIVAS - O QUE SÃO E COMO FUNCIONAM? COMO FUNCIONAM AS COOPERATIVAS? Júlio César Zanluca As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971, que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regi​ jurídico das Cooperativas. me Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contan​ com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada ...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • Cooperativa

    áLVaRES PENTEADO Pós-Graduação em: Avaliações Periciais Tatiana de Cássia Máximo Padovani Cooperativa de Crédito São Paulo – SP 2010 FUNDAÇAO ESCOLA DE COMÉRCIO áLVaRES PENTEADO Pós-Graduação em: Avaliações Periciais Tatiana de Cássia Máximo Padovani Cooperativa de Crédito Trabalho de conclusão do curso de Pós Graduação apresentada para a Fundação Escola do Comercio Álvares Penteado...

    12926  Palavras | 52  Páginas

  • Sociedade cooperativa

    sobre Cooperativa e tem o objetivo de informa sobre as abertura de Associações Cooperativa. 2. C O O P E R A T I V A O Q U E É ? O termo Cooperativa possui várias definições na literatura especializada que variam conforme a época e o viés doutrinário em que foram elaboradas. fica difícil encontrar um conceito que expresse em uma única frase essa multiplicidade. O que se busca é uma aproximação que relaciona os principais elementos encontrados na maioria das definições: “Cooperativa é uma...

    3046  Palavras | 13  Páginas

  • como funcionam as cooperativas

    COMO FUNCIONAM AS COOPERATIVAS? Júlio César Zanluca As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971, que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regime jurídico das Cooperativas. Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contando com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins...

    1370  Palavras | 6  Páginas

  • Como funcionam as cooperativas

    COMO FUNCIONAM AS COOPERATIVAS? Júlio César Zanluca As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971, que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regime jurídico das Cooperativas. Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contando com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins...

    1270  Palavras | 6  Páginas

  • https://docs.google.com/open?id=0B9r14r4nyLDpTl9jeG5Bci1FR1E

    final do Desafio vocês terão notado como as empresas utilizam a Contabilidade na prática. Objetivo do desafio Relatório sobre o Estudo Dirigido da disciplina Teoria da Contabilidade. ETAPA 1 (tempo para realização: 05 horas)  Aula-tema: Objetivos da Contabilidade e Utilização da Informação Contábil; Introdução aos Relatórios Contábeis. Esta atividade é importante para que você perceba a importância da Contabilidade na gestão das empresas e o que pensa os profissionais ligados a Contabilidade...

    1448  Palavras | 6  Páginas

  • Como funcionam as cooperativas

    COMO FUNCIONAM AS COOPERATIVAS? As Sociedades Cooperativas estão reguladas pela Lei 5.764, de 16 de dezembro de 1971, que definiu a Política Nacional de Cooperativismo e instituiu o regi­me jurídico das Cooperativas. Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contan­do com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins lucrativos. CARACTERÍSTICAS...

    1316  Palavras | 6  Páginas

  • AUDITORIA OPERACIONAL DE CONTAS A PAGAR DE UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO

    DO SUL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS, CONTÁBEIS, ECONÔMICAS E DA COMUNICAÇÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS KEILA GONZATTO AUDITORIA OPERACIONAL DE CONTAS A PAGAR DE UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO IJUI (RS) 2012 1 KEILA GONZATTO AUDITORIA OPERACIONAL DE CONTAS A PAGAR DE UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO Trabalho de Conclusão de Curso para obtenção do título de bacharel em Ciências Contábeis, junto a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ...

    27284  Palavras | 110  Páginas

  • Livro Governanca Cooperativa Internet

    Este livro tem o objetivo de apresentar os resultados do projeto Governança Cooperativa – Diretrizes e mecanismos para fortalecimentodagovernançaemcooperativasdecrédito, que visou dimensionar as boas práticas em cooperativas de crédito, com o pressuposto de que esse tipo de organização não poderia prescindir de princípios e valores essenciais à sua condução, tais como transparência, equidade, ética, responsabilidade corporativa e prestação de contas, basilares ao éthos cooperativista. Em essência...

    56791  Palavras | 228  Páginas

  • Tcc incorporação de cooperativa

    sucedidas, nada mais são do que gente que desenvolveu o poder de acreditar em si mesmas e naquilo que realizam.” David Schwartz Resumo Neste cenário de economia globalizada que nos apresenta uma concorrência cada vez mais acirrada entre as insituições, a reorganização societária surge como uma forma da cooperativa poder abarcar uma fatia mais significativa do mercado ou de não ser engolida pela concorrência A incorporação de cooperativas é uma operação pela qual a cooperativa incorporadora absorve...

    8824  Palavras | 36  Páginas

  • Nível de satisfação dos cooperados da cooperativa coopsater em dueré - to

    1 INTRODUÇÃO A intenção desse estudo foi identificar o nível de satisfação dos associados da COOPSANTER (Cooperativa de Produtos de Açúcar Mascavo, Milho, Rapadura e derivados em Dueré – TO). O cooperativismo vem desde o começo da humanidade, onde o homem percebeu-se a necessidade de uma relação mútua entre os membros da comunidade existente, oferecendo mecanismo para melhoria da qualidade de vida e inserção dos indivíduos no meio socioeconômico. Com isso, o cooperativismo foi ganhando espaço...

    9627  Palavras | 39  Páginas

  • As Vantagens Das Cooperativas para o Agronegócio

    CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO MIGUEL VICTOR MARATA AS VANTAGENS DAS COOPERATIVAS PARA O AGRONEGÓCIO Botucatu-SP Junho – 2013 CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BOTUCATU Orientador: Prof. Ms. José Benedito Leandro Trabalho de Conclusão...

    8638  Palavras | 35  Páginas

  • Cooperativa

    Como Abrir uma Cooperativa No Brasil, para constituir uma cooperativa são necessárias vinte pessoas físicas, conforme Lei 5.764, de 16.12.1971. Essas pessoas precisam ter algum interesse econômico em comum e estar dispostas a constituir um empreendimento próprio, onde cada pessoa tenha apenas um voto e o resultado seja distribuído proporcionalmente à participação de cada cooperante. Para constituir uma cooperativa sugere-se os seguintes procedimentos: 1. Reunir um grupo de pessoas interessadas...

    17555  Palavras | 71  Páginas

  • Economia e Gestão de Organizações Cooperativas

    Economia e Gestão de Organizações Cooperativas Economia e gestão de organizações cooperativas é uma obra de Sigismundo Bialoskorski Neto, publicada pela Editora Atlas (2 ed., 2012). Nesta obra o autor trata do tema cooperativismo, no mundo e no Brasil, sob a ótica econômica, especificamente no contexto da teoria econômica neoclássica, da nova economia institucional, da economia dos custos de transação e dos problemas de agência. A primeira parte o autor discute a origem do movimento...

    1471  Palavras | 6  Páginas

  • Noçoes de organização de empresas

    ORGANIZAÇÃO DE EMPRESAS (ABRIL - 2010) UNIDADE II Sumário 1 Noções de organização de empresas. 2 Definição de micro e pequena empresa 3 Legalização de empresas 4 Noções básicas de organização empresarial (organograma) 5 Definições de tipos de sociedades: limitada, anônima, cooperativas, capital e industria, terceirização e parcerias 6 Noções básicas sobre legislação trabalhista. 1. Noções de Organização de empresas. Uma empresa é um conjunto...

    14304  Palavras | 58  Páginas

  • Abertura de cooperativa

    SÍNTESE DE ROTEIRO PARA CONSTITUIÇÃO DE COOPERATIVAS DE CRÉDITO INTRODUÇÃO 1 A constituição de uma cooperativa não difere muito da constituição de uma empresa, ou seja, parte de idéias e princípios que devem ser ordenados de forma lógica e racional. 2 O processo deve se cercar de cuidados ao longo de toda a sua evolução, com vistas a minimizar quaisquer imprevistos ou incertezas. 3 O conceito filosófico e doutrinário de uma cooperativa de crédito não difere do universalmente conhecido e aplicado...

    2784  Palavras | 12  Páginas

  • Registro civil das pessoas juridicas

    O REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS O estudo das pessoas jurídicas começa pelo Direito Romano. Foi na Roma antiga que, pela primeira vez, conceituou-se o termo pessoa jurídica. Os romanos perceberam que a reunião de dois ou mais indivíduos forma um terceiro ser abstrato e com personalidade jurídica distinta de seus membros. Era o termo “persona” usado na antiguidade para designar as máscaras que os atores usavam nos teatros para representarem a “personagem” que lhes incumbiam. O termo pessoa...

    3401  Palavras | 14  Páginas

  • JORNADA DE TRABALHO EM COOPERATIVAS DE CRÉDITO

    UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES - UCAM DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO EDUARDO ALENCAR DA SILVA A JORNADA DE TRABALHO DOS EMPREGADOS EM COOPERATIVAS DE CRÉDITO Cuiabá/MT Novembro / 2010 EDUARDO ALENCAR DA SILVA A JORNADA DE TRABALHO DOS EMPREGADOS EM COOPERATIVAS DE CRÉDITO Monografia apresentada ao Especialização em Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Previdenciário com habilitação da Universidade Cândido Mendes...

    14369  Palavras | 58  Páginas

tracking img