Por Que Podemos Chamar A Filosofia Moderna De Racionalismo artigos e trabalhos de pesquisa

  • Filosofia

    Disciplina: Filosofia 1- Quais os principais períodos da filosofia grega? 2- Quais os principais traços da cosmologia pré-socrática? Escolha um deles e o explique. 3- Defina filosofia Patrística, seus conceitos e o porque do nome. 4- Quais idéias a filosofia Patrística introduziu na Filosofia grega? Por que as ideias nesta filosofia são considerada dogmas? 5- Qual a posição dos filósofos cristãos sobre as relações entre fé e razão? 6- Quais os grandes temas da filosofia Medieval...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • A filosofia da educação como questionamento das bases educacionais

    Flávia Rodrigues Filgueira A FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO COMO QUESTIONAMENTO DAS BASES EDUCACIONAIS Bragança Paulista/ 2012 Flávia Rodrigues Filgueira A FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO COMO QUESTIONAMENTO DAS BASES EDUCACIONAIS Trabalho da disciplina Filosofia da Educação, do curso Pedagogia do Centro Universitário UniSEB, sob a orientação do professor Luis Fernando Crespo BRAGANÇA PAULISTA/ 2012 * Principais definições de filosofia da educação; A filosofia da educação é um ramo do pensamento...

    1517  Palavras | 7  Páginas

  • filosofia

    1-de acordo com o que foi visto no capítulo, que significa dizer que a filosofia está na história e tem uma história? Ao longo da história, a filosofia procura se adaptar e compreender o que há de novo e não compreendido. Enfrenta essa novidade oferecendo caminho, respostas. 2- que idéias a nova patrística introduziu na filosofia grega? porque tarde desta consideradas dogma ? A Patrística introduziu as verdades irrefutáveis inquestionáveis, os dogmas, pois precisavam introduzir várias idéias e...

    532  Palavras | 3  Páginas

  • 128460 Quadro crise do racionalismo em Nietzsche

    Quadro III Iconoclastas do racionalismo: Nietzsche Contexto da crise do racionalismo: aspectos históricos • • • • • • • No final do séc. XIX os efeitos colaterais do projeto iluminista de civilização permaneciam tão visíveis quanto no início do século, mesmo depois de todas as ciências e de todas as tentativas de corrigi-los. As cidades continuam foco de tensões e miséria, contrariando as utopias das décadas anteriores, que as preconizaram como o lugar da democracia e da liberdade. Nasce um sentimento...

    1311  Palavras | 6  Páginas

  • Racionalismo

    Racionalismo Conhece-se o Racionalismo por uma corrente filosófica de imensa importância nos séculos XVII e XVIII durante o desenvolvimento do método científico. Esta teoria da filosofia prioriza a razão como acesso ao conhecimento; tudo que nos cerca possui uma causa inteligível, mesmo que não seja algo palpável ou que possa ser materialmente demonstrado, como a matemática e a origem do universo. Perguntas como as em seguir eram comuns no Racionalismo: O que é o conhecimento? Como nós o alcançamos...

    987  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia

    O que e o mundo iluminado pelo sol da verdade? Qual instrumento que liberta o prisioneiro rebelde e com qual ele deseja libertar os outros prisioneiros? 2) 1.Que paralelos podemos estabelecer entre o personagem Neo , do filme matrix , e o filosofo Sócrates ? 2. Por que Sócrates e considerado o ''patrono da filosofia '‘? 3. O que Platão quis representar no mito da caverna? 4. Explique o que são as nossas crenças e costumeiras. 5. De acordo com o que foi estudado no capitulo, em que momento...

    773  Palavras | 4  Páginas

  • FILOSOFIA 3 BIMESTRE 2014

    Hume: David Hume (1721-1776)  foi o principal filósofo da corrente de pensamento empirista moderna. Propõe que todo conhecimento parte e deriva dos sentidos, opondo-se ao racionalismo cartesiano, que acreditava que o conhecimento derivava da razão. Para Hume, no início do conhecimento, estão as percepções: “podemos, pois, dividir aqui todas as percepções da mente em duas classes ou tipos, que se distinguiram pelos diferentes graus de força e vivacidade. As menos intensas e vivas são comumente...

    1950  Palavras | 8  Páginas

  • Síntese comparativa sobre racionalismo, empirismo, idealismo e realismo

     Síntese comparativa sobre racionalismo, empirismo, idealismo e realismo EXPERIÊNCIA HOMEM DOTADO RAZÃO PRINCIPIO DO SER E DO CONHCER CONHECIMENTO IDÉIAS INATAS ...

    2011  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofia Medieval e Filosofia Moderna

    Introdução Podemos chamar de Filosofia Medieval a filosofia que se desenvolveu na Europa durante a Idade Média (entre os séculos V e XV). Como este período foi marcado por grande influência da Igreja Católica nas diversas áreas do conhecimento, os temas religiosos predominaram no campo filosófico. Nesse período discutiam a relação entre fé e razão, a existência e unidade de Deus, os objetos da teologia e da metafísica, e os problemas do conhecimento, dos universais, e da individuação. Podemos chamar a Filosofia...

    1954  Palavras | 8  Páginas

  • A importância da filosofia para a vida na sociedade.

    IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA PARA A VIDA EM SOCIEDADE INTRODUÇÃO: SURGIMENTO DA FILOSOFIA NA GRÉCIA ANTIGA E O SEU OBJETIVO Foi na Grécia Antiga que essa ciência surgiu e tomou as primeiras proporções. A filosofia, segundo Aristóteles, surgiu no século VI A.C. e teve como seu primeiro representante Tales de Mileto. Apesar de ser quase uma unanimidade sobre quem e quando começou o estudo da filosofia, os historiadores da filosofia dizem que ela começou antes dessa data, mas que essa filosofia não era científica...

    2893  Palavras | 12  Páginas

  • Filosofia do direito

    ACADÊMICO: WILTON DOUGLAS DE OLIVEIRA RGA: 2012.0739.011-9 DICIPLINA: FILOSOFIA APLICADA AO DIREITO PROF. BRUNO ROMANELLI FILOSOFIA DO DIREITO TRÊS LAGOAS-MS MARÇO DE 2013 FILOSOFIA DO DIREITO CONCEITO E SIGNIFICADO Etimologia da palavra filosofia. A palavra filosofia é grega. É composta por duas outras: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que...

    5792  Palavras | 24  Páginas

  • Iniciação a Filosofia - exercícios

    Trabalho de Filosofia 1. De acordo com o que foi visto no capítulo, que significa dizer que a filosofia está na história e te uma história? R.: A filosofia está na história porque seus fundamentos são praticados na História, graças a ela é possível encontrar respostas para perguntas, e também levantar novas perguntas. Ela tem uma história pois as respostas, as perguntas e soluções dos grandes filósofos de determinada época são sempre lembrados e tornam-se conhecimento. 2. Que ideias novas a...

    861  Palavras | 4  Páginas

  • origens da filosofia

    PUC/MG - Arquitetura e Urbanismo TRABALHO I FILOSOFIA: RAZÃO E MODERNIDADE LUIZA FERREIRA DOS SANTOS VIEIRA Belo Horizonte Agosto de 2014 2 Luiza Ferreira dos Santos Vieira QUESTÕES RELACIONADAS AO TEXTO CONVITE A FILOSOFIA Trabalho apresentado à disciplina de Filosofia: Razão e Modernidade, da escola de Arquitetura e Urbanismo da PUC/MG. Belo Horizonte Setembro de 2014 3 1. Enumere os principais traços da filosofia nascente. 2. Que significa afirmar que a razão...

    1392  Palavras | 6  Páginas

  • racionalismo cartesiano

    conhecimento verdadeiro, capaz de sai universalmente aceito. Para o racionalismo, princpios lgicos seriam inatos na mente do homem. Da por que a razo deve ser considerada como a fonte bsica do conhecimento. E Descarte em seu texto Discurso do Mtodo nos mostra no como devemos proceder para alcanar a verdade, o conhecimento, mas como ele procedeu para alcana-la. Descartes, por vezes chamado de o fundador da filosofia moderna e o pai da matemtica moderna, considerado um dos pensadores mais importantes e influentes...

    1361  Palavras | 6  Páginas

  • filosofia

    Kant - teoria do conhecimento: A síntese entre racionalismo e empirismo COMENTE José Renato Salatiel, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação 17/06/200815h15 Comunicar erroImprimir O filósofo alemão Immanue Kant responde à questão de como é possível o conhecimento afirmando o papel constitutivo de mundo pelo sujeito transcendental, isto é, o sujeito que possui as condições de possibilidade da experiência. O que equivale a responder: "o conhecimento é possível porque o homem...

    1359  Palavras | 6  Páginas

  • Exercícios de Filosofia Capítulo 4 - “Principais períodos da história da Filosofia”

    Exercícios de Filosofia Capítulo 4 - “Principais períodos da história da Filosofia” 1 - De acordo com o que foi visto no capitulo, que significa dizer que a filosofia está na história e tem uma história? Ela está na história pelo fato de se manifestar e exprimir problemas e as questões que os homens colocam para si diante do novo não conhecido e ela tem uma história, pois ela esta freqüente no dia a dia das pessoas, que usa da mesma para entender e solucionar problemas sociais do mundo antigo...

    892  Palavras | 4  Páginas

  • Convite a Filosofia

    CONVITE À FILOSOFIA 1- O que é e como é a reflexão filosófica? R- A reflexão filosófica é tida como radical porque é um movimento de volta do pensamento sobre si mesmo para conhecer-se a si mesmo, para indagar como é possível o próprio pensamento. Não somos, porém, somente seres pensantes. Somos também seres que agem no mundo, que se relacionam com os outros seres humanos, com os animais, as plantas, as coisas, os fatos e acontecimentos, e exprimimos essas relações tanto por meio da linguagem...

    800  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia No Es Gerais

    UNIDADE 1 – NOÇÕES GERAIS Objeto da Filosofia O objeto da filosofia está totalmente relacionado ao seu conceito. Mas o que é filosofia? É o estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem – Evans Teichmann. Estudo que procura a compreensão total da realidade – By Winkpedia Roberto Gomes – “É a tentativa de exergar um palmo diante do Nariz. O que não é tão fácil, nem tão inútil, quando muitos pensam...

    3115  Palavras | 13  Páginas

  • A importância da filosofia para a vida na sociedade.

    A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA PARA A VIDA NA SOCIEDADE INTRODUÇÃO: SURGIMENTO DA FILOSOFIA NA GRÉCIA ANTIGA E O SEU OBJETIVO A filosofia teve seu início no século VI A.C., na Grécia Antiga. A palavra filosofia tem origem grega. O termo philia significa amizade e sophia, sabedoria. Temos assim a “amizade pela sabedoria”, o desejo de estar próximo do saber, do conhecimento verdadeiro. Tales de Mileto é considerado o primeiro filósofo. Os fragmentos que restaram de seus escritos nos mostram a tentativa...

    2925  Palavras | 12  Páginas

  • FILOSOFIA ANTIGA

    ..................................................... 03 FILOSOFIA ANTIGA ......................................................................................................... 04 FILOSOFIA MEDIEVAL .................................................................................................... 06 FILOSOFIA MODERNA .................................................................................................... 07 FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA ...............................................

    3363  Palavras | 14  Páginas

  • CONVITE À FILOSOFIA

    NÚCLEO DE MOCAJUBA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS PROFESSOR: Me MARCEL R. PADINHA 1ª AVALIAÇÃO: ESTUDO DIRIGIDO: CONVITE A FILOSOFIA TEMA: GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DE MOCAJUBA: POLÍTICA, DESAFIOS E PERSPECTIVAS. MOCAJUBA, 10 DE JULHO DE 2014 ESTUDO DIRIGIDO CONVITE À FILOSOFIA – MARILENA CHAUI. 1. O QUE QUER DIZER A PALAVRA CRÍTICA? R. Em geral utilizamos a palavra crítica como forma de dizer que tudo vai mal, que tudo...

    1541  Palavras | 7  Páginas

  • Arquivo de filosofia

    ENTRE A FILOSOFIA E O SERVIÇO SOCIAL Graduandos do curso de Serviço Social, pela Universidade Anhanguera – Uniderp – Centro de Educação a distância – Pólo de Pau dos Ferros-RN PAU DOS FERROS – RN NOVEMBRO/2010 INTRODUÇÃO Este trabalho tem o objetivo de refletir melhor sobre a relação existente entre a Filosofia e o Serviço Social, apontando a filosofia da antiguidade e seus princípios, a filosofia do renascimento e seus princípios e a postura filosófica, a filosofia moderna e a postura...

    2484  Palavras | 10  Páginas

  • Resenha De Filosofia

    FORMAÇÃO TEOLOGICA EDUARDO LOPES DOS REIS HISTORIA DA FILOSOFIA GUARULHOS 2014 CEFORTE-CENTRO DE FORMAÇÃO TEOLOGICA EDUARDO LOPES DOS REIS RESENHA FILOSOFICA Trabalho apresentado em cumprimento as exigências da disciplina de História da Filosofia, sob a orientação do Prof. Mauro Souza. GUARULHOS 2014 CEFORTE – Centro de Formação Teológico Curso Livre em Teologia Disciplina: História da Filosofia Semi Presencial | 1º ano turma 18 Aluno: Eduardo Lopes dos Reis...

    1685  Palavras | 7  Páginas

  • Ciência e filosofia

    CIÊNCIA E FILOSOFIA INTRODUÇÃO Falaremos a seguir sobre ciência e filosofia, mostrando as suas diferenças e características próprias, e como cada uma das funções trabalham juntas proporcionando o mesmo objetivo. E a importância da filosofia e da ciência em cada etapa da Antiguidade, Idade Média, Renascença, Modernidade e Idade Contemporânea. ANTIGUIDADE A história da filosofia na Antigüidade pode ser dividida em três grandes períodos: o período pré-socrático...

    2443  Palavras | 10  Páginas

  • Filosofia Luc Ferry

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Sociais – Arquitetura e Urbanismo Filosofia: Razão e Modernindade Professor: Antônio Aurélio Oliveira Costa 1ª Parte 1- Por que é necessário que o ser humano introduza à ordem do universo cósmico? Por que a nova tarefa da ciência moderna não residirá mais na contemplação pacífica? Pode- se concluir que o mundo não é mais um cosmos, é um caos, ou um conjunto de forças em permanente conflito, o conhecimento...

    1584  Palavras | 7  Páginas

  • Os primeiros passos da ciência: da filosofia às ciências da natureza

    OS PRIMEIROS PASSOS DA CIÊNCIA: da filosofia às ciências da natureza Danillo M. da Cunha Cardim Eduardo Souza Lira Eusébio Mesquita Pereira Verônica Loredo de Oliveira Walter José Silva da Costa Junior RESUMO Este trabalho trata a respeito da evolução pela qual passou o pensamento estritamente filosófico para a compreensão da natureza e seus fenômenos, pensamento este que gradativamente dera lugar à experimentação como forma de se entender a natureza da qual o homem também faz parte...

    3742  Palavras | 15  Páginas

  • filosofia

     Trabalho de Filosofia Questionário 1-São três as grandes linhas de pensamento que predominavam na Renascença e explique porque exprimem o humanismo renascentista. 1. A linha proveniente da leitura dos três diálogos de Platão, das obras dos filósofos neoplatônicos e da descoberta do conjunto dos livros de hermetismo. 2. A linha originária dos pensadores florentinos, que valorizava a vida ativa (política) e defendia a liberdade das cidades italianas. 3. A linha...

    1593  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia

    SITES: http://educacao.uol.com.br/filosofia/historia-da-filosofia-antiga-medieval-moderna-e-contemporanea.jhtm http://educacao.uol.com.br/filosofia/filosofia-contemporanea-2-fenomenologia-existencialismo.jhtm História da filosofia Antiga, medieval, moderna e contemporânea Da Página 3 Pedagogia & Comunicação De um modo geral, os estudos filosóficos têm como espinha dorsal o estudo da história da filosofia. Para se estabelecer uma seqüência histórica da filosofia podem-se usar diferentes critérios...

    4487  Palavras | 18  Páginas

  • Resumo Capitulo 12 do livro fundamentos da filosofia

    Capítulo 12 Período Medieval – Filosofia e cristianismo Ao longo do século V d.C., o império romano do Ocidente sofreu ataques constantes dos povos bárbaros. Os sucessivos e violentos confrontos, principalmente as invasões germânicas, levaram ao seu esfacelamento. Desenvolveu-se, a partir de então, uma nova estruturação da vida social europeia, que corresponde ao período medieval. Em meio a todas as mudanças, a Igreja Católica...

    11509  Palavras | 47  Páginas

  • filosofia

    O que é isto: a Filosofia? Se essa pergunta continua a ser feita é porque é um desafio a tentativa de respondê-la. Não há uma definição simples que consiga resolver a questão, pela própria extensão do conteúdo produzido que se convencionou chamar de “filosofia” e pelas diferentes respostas que os filósofos deram a ela no decorrer da história, muitas vezes refutando as interpretações de outros. Ou seja, a própria questão “O que é Filosofia” é aquilo que chamamos de “problema filosófico”: problemas...

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia

    1.0 Filosofia Helenística O período conhecido como helenístico  foi um marco entre o domínio da cultura grega e o advento da civilização romana. Os sopros inspiradores da Grécia se disseminaram, nesta época, por toda uma região exterior conquistada por Alexandre Magno, rei da Macedônia. Com suas investidas bélicas ele incorporou ao universo grego o Egito, a Pérsia e parte do território oriental, incluindo a Índia. Neste momento desponta algo novo no cenário mundial, uma cultura de dimensão internacional...

    3866  Palavras | 16  Páginas

  • cartesianismo filosofia

    intelectual suscitado pelo pensamento filosófico de René Descartes (Cartesius) durante os séculos XVII e XVIII. Descartes é comumente considerado como o primeiro pensador a enfatizar o uso da razão para desenvolver as ciências naturais.1 Para ele, a filosofia era um sistema de pensamento que encarna todo o conhecimento. Para os cartesianos, a mente está totalmente separada do corpo físico. A sensação e percepção da realidade são pensados como fontes de mentiras e ilusões, com as únicas verdades confiáveis...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • Convite À filosofia

    O QUE É FILOSOFIA? – GILLES DELEUZE/FÉLIX GUATTARI 1. A filosofia é arte de formar, de inventar, de fabricar conceitos 2. O velho sábio vindo do oriente pensa talvez por Figura, enquanto o filósofo inventa e pensa o Conceito 3. O que é amigo? 4. Mudança na sabedoria Personagens conceituais 5. O filosofo é o amigo do conceito, ele é o conceito em potencia 6. Objetivo da filosofia 6.1. Criar conceitos sempre novos 7. Nietzsche 7.1. “Os filósofos não devem mais contentar-se em aceitar os conceitos...

    4146  Palavras | 17  Páginas

  • FICHAMENTO FILOSOFIA MODERNA

    Universidade Federal do Tocantins - UFT Filosofia Moderna: nova ciência e racionalismo - Fichamento Curso: Artes – Teatro Disciplina: Introdução à Filosofia Aluno: Diogo Soares Pereira Fevereiro de 2015 Identificação do Texto COTRIM, G & FERNANDES, M. Fundamentos de Filosofia. (Capítulo 13 – Filosofia moderna: nova ciência e racionalismo). ARGUMENTO CENTRAL O capítulo apresenta fundamentos da filosofia, desde acontecimentos importantes que influenciaram grandes...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • Períodos da Filosofia

    E.E. PRESIDENTE CAFÉ FILHO FILOSOFIA EVELYN ROBERTO DOS SANTOS PERÍODOS DA FILOSOFIA SÃO PAULO 2014. ÍNDICE INTRODUÇÃO Este trabalho tem como principal finalidade dissertar sobre os principais períodos da Filosofia, anexado aos seus filósofos e ideias mais importantes. 1 FILOSOFIA ANTIGA A filosofia é um saber específico e tem uma história que já dura mais de 2.500 anos. A filosofia nasceu na Grécia antiga - costumamos dizer - com os primeiros...

    3520  Palavras | 15  Páginas

  • Filosofia

    Resumo sobre a Filosofia Moderna I. Introdução  1.       O mito, a religião e a filosofia foram as formas encontradas pela consciência humana para organizar o conhecimento* sobre a realidade. 2.       O senso comum (conhecimento ingênuo) tem origem no enfrentamento diário dos problemas que afligem o homem. a.        Vulgar, bom senso, espontâneo, sabedoria popular. b.        Condensado nos ditos populares e nas crenças que povoam o imaginário do homem cotidiano. c.         Não é incorreto. d.        Pode...

    9888  Palavras | 40  Páginas

  • TEXTO ÉTICA E FILOSOFIA

    forte contestação generalizada da cultura ocidental que cegava as classes e permitia o domínio imperialista; • Desestabilização de valores profundamente arraigados. 3) O sujeito social no plano ético e moral; Numa breve definição de moral, podemos dizer que se trata de um conjunto de valores, de normas e de noções do que é certo ou errado, proibido e permitido, dentro de uma determinada sociedade, de uma cultura. Como sabemos, as práticas positivas de um código moral são importantes para que...

    6722  Palavras | 27  Páginas

  • Ci ncia Moderna

    Centro Educacional da Fundação Salvador Arena Colégio Termomecanica CIÊNCIA MODERNA 22 de Novembro de 2011 São Bernardo do Campo Centro Educacional da Fundação Salvador Arena Colégio Termomecanica CIÊNCIA MODERNA 22 de Novembro de 2011 São Bernardo do Campo Centro Educacional da Fundação Salvador Arena Colégio Termomecanica CIÊNCIA MODERNA Trabalho direcionado à disciplina de filosofia e orientado pelo Prof. Pablo Fabiano Barbosa Carneiro. Realizado pelos seguintes...

    13724  Palavras | 55  Páginas

  • p q filosofia

    crenas e nossos sentimentos. Este algum estaria comeando a adotar o que chamamos de Atitude Filosfica. Assim, uma primeira resposta pergunta o que filosofia poderia ser A deciso de no aceitar como bvias e evidentes as coisas, as idias, os fatos, os valores, os comportamentos de nossa existncia cotidiana. Perguntaram, certa vez a um filsofo Para que Filosofia E ele respondeu Para no darmos nossa aceitao imediata s coisas, sem maiores consideraes. A Atitude Crtica A primeira caracterstica da atitude...

    6008  Palavras | 25  Páginas

  • PARA QUE FILOSOFIA

    PARA QUE FILOSOFIA ? Em nossa vida cotidiana, afirmamos, negamos, desejamos, aceitamos ou recusamos coisas, pessoas, situações. Fazemos perguntas: Que horas são ? Que dia é hoje ? Dizemos frases como: Ele esta sonhando ou ela ficou maluca! Fazemos afirmações: Onde há fumaça há fogo ou quem entra na chuva é para se molhar. Avaliamos as coisas: Esta casa é bonita ou Maria esta mais bonita Quando perguntamos, quando dizemos, quando afirmamos e avaliamos as coisas no nosso cotidiano...

    6717  Palavras | 27  Páginas

  • Os períodos da filosofia

    TRABALHO DE FILOSOFIA Nomes: Lucas Benevenuto e Amanda M. Turma: 111 Períodos da História da Filosofia FILOSOFIA ANTIGA: A História da Filosofia costuma datar sua criação no século VI a.C., quando pensadores gregos iniciaram a indagação a respeito da racionalidade do mundo e partiram em busca da compreensão de sua natureza (Physis). Esta busca reflete o processo social, político e cultural por que passavam as ilhas gregas nesse período, e a Filosofia ganhou força quando se fortaleceu...

    2654  Palavras | 11  Páginas

  • dossiê de filosofia

    MEC nº 2694/2004 e nº 135/2013 Sede Maringá: Rua dos Gerânios, 1893 - Borba Gato | CEP: 87060-010 - Fone: (44) 3225-1197 / (44) 3034-4488 site: www.insep.edu.br / e-mail: fainsep@fainsep.edu.br CURSO DE PEDAGOGIA MÓDULO: INTRODUÇÃO À FILOSOFIA Agosto/2012 DIRETOR ADMINISTRATIVO Prof. Me. Argemiro Aluísio Karling COORDENADORA DO CURSO DE PEDAGOGIA Profª. Me. Janaína Ciboto Mulati EQUIPE DE PRODUÇÃO DE MATERIAL Prof. Me. Argemiro Aluísio Karling Profª. Me. Débora de Liz...

    15058  Palavras | 61  Páginas

  • História Geral - Sociologia e Filosófia pós Segunda Guerra Mudial

    historiografia começou a mudar de modo acentuado, colocando a filosofia contemporânea como um contorno especial, composto por duas grandes tendências: a de analíticos e continentais. Até o final dos anos 60, uma boa parte dos historiadores da filosofia considerava a filosofia contemporânea a partir de um rol de escolas e movimentos. Não se imaginava agrupar a filosofia contemporânea em duas grandes tendências, como ocorreu com a filosofia moderna. A filosofia analítica aparece na historiografia atual como tendo...

    4564  Palavras | 19  Páginas

  • Filosofia

    Filosofia Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa  Nota: Para outros significados, veja Filosofia (desambiguação). O pensador, de Auguste Rodin, representação clássica de um homem imerso em pensamentos. Filosofia (do grego Φιλοσοφία, literalmente «amor à sabedoria») é o estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem.[1] Ao abordar esses problemas, a filosofia se distingue...

    8639  Palavras | 35  Páginas

  • Filosofia moderna

    Eduardo O C Chaves I. A Filosofia Pré-Moderna: Tendências Básicas Para entender a filosofia moderna é necessário entender a filosofia que a precedeu -- a medieval e, até certo ponto, a filosofia antiga. Embora haja consideráveis diferenças entre a filosofia antiga e a medieval, e mesmo entre as diversas correntes que constituíram uma e outra, é possível detectar uma certa tendência básica naquilo que poderíamos chamar de "filosofia pré-moderna", e que engloba elementos básicos de uma e...

    8646  Palavras | 35  Páginas

  • Questionário de filosofia

    O que é a filosofia Que quer dizer a palavra critica? A palavra critica vem do grego e possui três sentidos principais: a) capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente; b)exame racional de todas as coisas sem preconceitos e sem pré-julgamento; c)atividade de examinar a avaliar detalhadamente uma idéia, um valor, uma costume, um comportamento, uma obra artística ou cientifica.  Que significa dizer que a Filosofia se volta preferencialmente para os momentos de crise ou críticos? Ela...

    3379  Palavras | 14  Páginas

  • A cultura pós-moderna

    A CULTURA PÓS-MODERNA Paolo Cugini (Artigo publicado na revista telematica Dialegesthai) Objetivo deste artigo é apresentar de uma forma analítica e, ao mesmo tempo sintética, a evolução da cultura pós-moderna. O objetivo não é de fácil alcance, pois nas últimas décadas a produção cultural sobre o específico objeto da pós-modernidade, cresceu bastante rendendo complexa a possibilidade de uma síntese exaustiva. Cientes disso, no primeiro parágrafo tentaremos abrir o leque dos problemas que...

    5664  Palavras | 23  Páginas

  • Importância da Filosofia como pilar da sociedade ocidental

    NOME: ____________________________________________ DATA DE ENTREGA: _______ / _______ / _________ ________________________________________________________________________ SIMULADO DE FILOSOFIA – ENSINO MÉDIO 1) A Filosofia é uma disciplina, ou uma área de estudo que b) ( envolve: não procura particularidades. ) é aquele que, por meio de uma investigação sistemática c) ( ) é aquele que procura fatos ocasionais. a) ( ) investigação, análise, discussão, formação e reflexão de ...

    5902  Palavras | 24  Páginas

  • Estudo do livro "Convite à Filosofia" Marilena Chauí

    João Bosco Santos Modulo II Fundamentos Epistemológicos da Psicologia e da Educação Estudo do Livro “Convite à Filosofia” Marilena Chauí Aracaju - Sergipe Agosto/2010 UNIDADE I – RESPOSTAS CAPÍTULO 1 – A ORIGEM DA FILOSOFIA 1. Filosofia significa Amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. A invenção da palavra filosofia é atribuída ao filosofo grego Pitágoras de Samos. 2. Queria dizer que o filósofo não é movido por interesses comerciais...

    10111  Palavras | 41  Páginas

  • Filosofia

    1 FILOSOFIA (SDE0007) Professor: ADELMO GOMES adelmoprofessor20141@bol.com.br 2014.1 “[...] e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (Jesus Cristo) 2 CALENDÁRIO ACADÊMICO 2014.1 MAR ABR MAI JUN JUL 4ª FEIRA 12 (Início) 19 26 02 09 16 (AV 1) 23 (S.Jorge) 30 07 14 21 28 04 11 18 (AV 2) 25 02 (AV 3) 09 (Fim) Ementa da disciplina Unidade 1 - Mito e Razão 1.1. Mito e Razão; 1.2. Os pré-socráticos: a unidade e a multiplicidade; 1.3....

    25251  Palavras | 102  Páginas

  • Racionalismo e Empirismo

    31/08/14 Atividade: Filosofia Moderna. RACIONALISMO E EMPIRISMO O racionalismo e empirismo, nos séculos XVII e XVIII, tenta resolver os problemas da capacidade do nosso pensamento para captar a realidade externa, de todo modo não tem em comum o problema, mas as convicções teóricas fundamentais que permite a constituição do problema: a certeza de nossas representações e a existência da realidade exterior. Para o realismo é o nosso senso comum, e para a filosofia moderna é a ideia, precisamos...

    555  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia Medieval e Moderna

     Filosofia Medieval Filosofia Moderna CEDUP Hermann Hering Débora Barbosa de Oliveira Trabalho apresentado à disciplina de Filosofia ao professor Luís Fernando Koga. Blumenau, 27 de agosto de 2015. Introdução – Filosofia Medieval Podemos chamar de Filosofia Medieval a filosofia que se desenvolveu na Europa durante a Idade Média (entre os séculos V e XV)...

    7917  Palavras | 32  Páginas

  • Trabalho de Filosofia

    Prof. Norberto Mazai Φ A Diferença no Pensar Φ www.derphilosopher.supralus.com FILOSOFIA Revisão geral / Vestibular 2009 - Unb Obs: Esse texto é apenas um breve resumo que não substitui o estudo detalhado dos livros indicados. 1- Etimologia: Φ FILOSOFIA→ palavra de origem grega cunhada por Pitágoras ( philos = amigo; sophia = sabedoria ) O pensamento filosófico tem sua origem no THAUMA (espanto, admiração, perplexidade) 2- Características da reflexão Filosófica: a) é radical:...

    6082  Palavras | 25  Páginas

  • filosofia

    Resultados da pesquisa FILOSOFIA MODERNA: nova ciência e racionalismo ... www.trabalhosfeitos.com/.../Filosofia-Moderna-Nova-Ciência-e-Racional... Avaliação: 4,5 - ‎1 voto FILOSOFIA MODERNA: nova ciência e racionalismo. Questões 1. Em contraste com os valores dominantes na idade Média, destaque alguns dos valores, ... Filosofia Moderna - A nova ciência e o racionalismo - Scribd pt.scribd.com/doc/.../Filosofia-Moderna-A-nova-ciencia-e-o-racionalism... 30/08/2012 - Filosofia Moderna: A nova ciência...

    19584  Palavras | 79  Páginas

  • Trabalho de filosofia socrates

    TRABALHO DE FILOSOFIA Nathália Santos Seixas N° 31 1° A ÍNDICE Sócrates......................................................................................................... 03 Platão..............................................................................................................05 Aristóteles......................................................................................................09 John Locke............................................

    7988  Palavras | 32  Páginas

  • banco de dados de filosofia

     Banco de dados de filosofia Princesa Isabel(PB) Matéria: Filosofia Professor: Tibério Aluna: Milena Gomea Feitosa Paiva. Sumário Introdução Capitulo 1 1...

    15675  Palavras | 63  Páginas

  • A FILOSOFIA E A ORIGEM DO COSMOS

    A FILOSOFIA E A ORIGEM DO COSMOS Manatus Pereira Cosmologia ou Filosofia da Natureza Os primeiros filósofos foram decisivos para ultrapassar as limitações e as barreiras durante a transição do Mito para a Razão, mais especificamente quando esses filósofos buscaram uma explicação racional para entender os fenômenos da natureza que se manifestam no cotidiano, não mais aceitando a explicação fantástica baseadas na mitologia. Partindo deste pressuposto, pode-se afirmar, então, que a inquietação...

    3730  Palavras | 15  Páginas

  • Filosofia nos tempos mordernos

    FILOSOFIA NOS TEMPOS MODERNOS - VISÃO GERAL CONDICIONANTES HISTÓRICOS E SUAS CONSEQÜÊNCIAS: A Filosofia nos Tempos Modernos, embora seguindo passos já iniciados na Idade Média, foi condicionada por alguns fatos que não só permitiram, como também induziram os pensadores a assumirem algumas marcantes posturas inovadoras. Entre elas, três acompanharam as primeiras manifestações da filosofia moderna e tiveram conseqüências expressivas sobre o comportamento dos homens da modernidade. São: 1...

    852  Palavras | 4  Páginas

  • O que podemos conhecer

    Epistemologia A Epistemologia é um ramo da filosofia que se baseia na natureza, fontes, limitações e critérios de conhecimento. Questões epistemológicas No processo de aquisição de conhecimento surgem duas questões epistemológicas básicas. A primeira questão é: Como podemos conhecer algo? Se assumirmos que o mundo é tal como o percepcionamos através dos nossos sentidos, não conheceríamos a realidade devido a desvios visuais, acústicos e outros. Outra forma de conhecer a verdadeira natureza das...

    1387  Palavras | 6  Páginas

  • filosofia aristoteles

    pois a justiça é o resultado da virtude e não uma das virtudes, e a prudência é a condição de todas as virtu­des), à substituição da amizade pela caridade (entendida como amor ao próximo e esse amor como responsabilida­de pela salvação do outro). Podemos também observar que o que Aristóteles cha­mava de vício é transformado em pecado, portanto, em algo voltado para a relação do crente com a lei divina. Quan­to às virtudes morais, encontramos entre elas uma que, pa­ra Aristóteles, era um vício - a...

    6416  Palavras | 26  Páginas

tracking img