Plano De Aula Para Alunos Com Deficiência Auditiva artigos e trabalhos de pesquisa

  • A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: deficiência auditiva

    CONCIÊNCIA GO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU DELMA MARIA DE FREITAS RENATA GOMES DA SILVA LEMES A EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO ESCOLAR: DEFICIÊNCIA AUDITIVA QUIRINÓPOLIS 2012 DELMA MARIA DE FREITAS RENATA GOMES DA SILVA LEMES A EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO ESCOLAR: DEFICIÊNCIA AUDITIVA Trabalho de Conclusão de Curso submetido ao Instituto Consciência GO como requisito do Curso de Especialização lato sensu Educação Especial na Perspectiva do Atendimento...

    5809  Palavras | 24  Páginas

  • Plano de aula para deficientes

    Resumo O presente trabalho tem como objetivo a elaboração de aulas adaptadas para alunos com deficiência. Estarei abordando as seguintes deficiências: • Deficiência visual; • Deficiência auditiva; • Deficiência mental; • Deficiência física; As aulas de português, matemática, ciências e educação física foram elaboradas com base nos conteúdos regulares do currículo do Ensino Fundamental, mas foram adaptadas para cada tipo de deficiência sendo trabalhadas com materiais educativos e lúdicos a fim...

    3042  Palavras | 13  Páginas

  • Deficiencia auditiva

    DEFICIÊNCIA AUDITIVA CONCEITO Deficiência auditiva é o nome usado para indicar perda de audição ou diminuição na capacidade de escutar os sons. Qualquer problema que ocorra em alguma das partes do ouvido pode levar a uma deficiência na audição. Entre as várias deficiências auditivas existentes, há as que podem ser classificadas como condutiva mista ou neurossensorial. A condutiva é causada por um problema localizado no ouvido externo e/ou médio, que tem por função "conduzir" o som até o ouvido...

    2449  Palavras | 10  Páginas

  • As dificuldades no ensino de geografia a alunos surdos na cidade de jataí – go

    GEOGRAFIA A ALUNOS SURDOS NA CIDADE DE JATAÍ – GO”. INTRODUÇÃO Um dos temas mais discutidos no meio educacional e na sociedade de um modo geral nos últimos anos refere-se à inclusão de alunos portadores que possuam algum tipo de deficiência seja nos aspectos físicos, mental ou psicomotora. O que provoca um debate em torno dos seguintes questionamentos: 1- A escola está preparada para receber estes alunos?; 2- O professor está capacitado para trabalhar com o aluno portador de deficiência?; 3 - Como...

    1751  Palavras | 8  Páginas

  • PLANO DE NEGÓCIOS AUTOESCOLA MODELO

    Aluno: Curso: Administração Pólo: Bauru Código do aluno: Abril de 2013 Apresentação da Empresa 1. Razão Social da empresa escolhida: “Souza’s Centro de Formação de Condutores “B” Ltda” 2. Nome fantasia: Auto Escola Modelo Ltda 3. Ramo de atividade da empresa: FORMAÇÃO DE CONDUTORES DE VEÍCULOS; ESCOLA, CENTRO DE, código CNAE 8599-6/01 4. Principal serviço/produto da empresa: habilitação para dirigir veículos automotores. 5. A auto escola apresenta 6 (seis)...

    1699  Palavras | 7  Páginas

  • Plano de aula cegos

    DISCIPLINA: TEORIA E PRÁTICA EM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL AVALIAÇÃO FORMATIVA 1 Caro pós-graduando!!! Esta disciplina tem uma carga horária de 80 horas e é composta por 2 cadernos de estudos: DEFICIÊNCIA MENTAL e PRÁTICAS DE ENSINO PARA A DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: MATEMÁTICA, LEITURA E ESCRITA. Portanto, esta avaliação é dividida em duas partes que correspondem aos dois cadernos de estudos: 1ª PARTE: DEFICIÊNCIA MENTAL Nesta primeira parte da Avaliação Formativa, você deverá elaborar um...

    1181  Palavras | 5  Páginas

  • INCLUSAO AUDITIVA

    FACULDADE ALFREDO NASSER INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA (PMVII) INCLUSÃO AUDITIVA: a interação professor- aluno em prol da aprendizagem na educação infantil. INCLUSÃO AUDITIVA: a interação professor- aluno em prol da aprendizagem na educação infantil. Projeto apresentado ao Instituto superior de Educação da Educação da Faculdade Alfredo Nasser, sob orientação da professora...

    2711  Palavras | 11  Páginas

  • Plano de aula

    ARAPONGAS 2012 RUSSO, Camila Cássia.PROJETO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO ESPECIAL - TEMA: DEFICIÊNCIA E NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS: DEFICIÊNCIA AUDITIVA/SURDEZ. 43: Curso de Pedagogia Habilitação em Magistério - Educação Infantil, Séries Iniciais do Ensino Fundamental e Gestão Educacional. Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, Arapongas, 2012. ...

    10624  Palavras | 43  Páginas

  • TECNOLOGIAS ASSISTIVAS PARA PESSOAS COM DEFICÊNCIA AUDITIVA

    Realize uma pesquisa e comente no seu ponto de vista sobre como funciona e para que serve o Portal Nacional de Tecnologia Assistiva e qual a importância desse sistema na inclusão da pessoa com deficiência auditiva. Não se esqueçam de mencionar a fonte. Elabore um plano de aula para a criança com deficiencia auditiva. O Portal Nacional de Tecnologia Assistiva é um importante instrumento de convergência e troca de informações sobre as iniciativas existentes no Brasil em pesquisa, desenvolvimento...

    877  Palavras | 4  Páginas

  • ensino e aprendizado de quimica para alunos deficientes auditivos

    ouvintes. A partir disso, o ensino de química para surdos, através da linguagem de sinais, possui suas particularidades, devido ao fato da mesma não ter uma simbologia para a linguagem química, a qual foi construída em conjunto com os intérpretes, alunos e professores das LIBRAS e de química. A experiência de ensino de química para surdos revelou que os espaços de troca e aprendizagem, colaboraram para processos dialógicos, de respeito às diferenças e de construção de simbologias de sinais da linguagem...

    4166  Palavras | 17  Páginas

  • Projeto de deficiência auditiva

    ARRUDA MICHELLE MOREIRA MENEGASSI RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO V: EDUCAÇÃO ESPECIAL TEMA: DEFICIÊNCIA E NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS – DEFICIÊNCIA AUDITIVA/SURDEZ Arapongas 2012 RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO V: EDUCAÇÃO ESPECIAL TEMA: DEFICIÊNCIA E NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS – DEFICIÊNCIA AUDITIVA/SURDEZ Relatório de Estágio Curricular apresentado como requisito...

    20124  Palavras | 81  Páginas

  • Tecnologia Assistiva e Plano de Aula

    Tecnologia Assistiva e Plano de Aula Tecnologia Assistiva é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que dão mais autonomia, independência e qualidade de vida a pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida. Esses recursos que auxiliam os deficientes no seu dia-a-dia, os quais garantem uma maior autonomia ao indivíduo, pois permite ter mais acessibilidade e realizar tarefas simples...

    603  Palavras | 3  Páginas

  • PLANO DE AULA INCLUSIVO

    Santana TÍTULO: PLANO DE AULA INCLUSIVO Tucuruí 2011 PLANO DE AULA INCLUSIVO TEMA DA AULA: OS ANIMAIS. 1 Público Alvo - Crianças do 2º ano das séries iniciais do ensino fundamental. 2. Perfil da Turma - A turma é formada por crianças na idade de sete anos que ingressaram no ensino fundamental com bom desenvolvimento, cada um com o seu modo de assistir e participar das aulas todos muito...

    713  Palavras | 3  Páginas

  • A IMPORTÂNCIA DA INCLUSÃO DE DEFICIENTES AUDITIVOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL

    IESME CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA JACKSON WISLEY MACEDO DOS SANTOS A IMPORTÂNCIA DA INCLUSÃO DE DEFICIENTES AUDITIVOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL PETROLINA 2013 JACKSON WISLEY MACEDO DOS SANTOS A IMPORTÂNCIA DA INCLUSÃO DE DEFICIENTES AUDITIVOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL Trabalho de Conclusão do curso apresentado a Faculdade de Educação Iesme, como requisito para a conclusão...

    8516  Palavras | 35  Páginas

  • Plano de aula

    Plano de aula A- Público alvo. Para turma do 5º ano da 1º fase do ensino fundamental. B- Perfil da turma. Tenho uma turma de 20 alunos, onde um deles tem necessidade especial, pois tem deficiência auditiva (surdo) é usuário fluente e proficiente de libras e tem acompanhamento de um intérprete. Eles sentam em fileiras e tem acesso a revistas, livros e jornais. C- Tema da aula. -Escrita de conto de terror. D- Justificativa. - Escolhi esse tema para meus alunos conhecer contos de...

    824  Palavras | 4  Páginas

  • Planejamento e uma aula de libras

    PLANEJAMENTO DE AULA DE LIBRAS Desafio de aprendizagem da Disciplina de LIBRAS. Língua brasileira de sinais do Curso de Pedagogia da Universidade Anhaguera-Uniderp. INTRODUÇÃO Ensinar crianças com diferenças,ainda é um desafio,pois no período em que a inclusão e uma realidade as escolas ao mesmo tempo em que recebe um aluno com necessidades educacionais especial estão ainda aprendendo a ensiná-la.Existem ainda muitos professores despreparado para...

    1217  Palavras | 5  Páginas

  • Musicalidade em sala de aula

    definido como a arte de se exprimir por meio de sons, seguindo regras que variam conforme a época e a civilização. No âmbito da Educação Musical, contudo, a música deve ser entendida como linguagem artística, imprescindível para a formação humana dos alunos. As composições, interpretações e improvisações que comumente chamamos de "músicas" são, na verdade, produtos desta linguagem. Aprender música na escola significa, portanto, aprender a se expressar por meio dos sons e desenvolver habilidades como...

    2898  Palavras | 12  Páginas

  • Criança com deficiência auditiva

    Crianças com Deficiência Auditiva na Escola Regular: Ensino Infantil Autor: Talita Borges de Assunção e Gizelda Costa da Silva Simonini Data: 28/10/2009 Este artigo tem como objetivo avaliar a inclusão do portador de necessidades especiais no sistema regular de ensino, em especial a inclusão do aluno com deficiência auditiva na escola municipal, uma vez que as crianças com deficiência auditiva, em particular os surdos, não recebem atenção conforme suas necessidades. A inclusão do portador...

    4888  Palavras | 20  Páginas

  • A ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FIDICA JUNTO AOS ALUNOS COM DURDEZ

    ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA JUNTO AOS ALUNOS COM SURDEZ José Ednelson Santos da Silva * Juciléia Rodrigues Maciel * Renaldo de Almeida Pessoa * Prof.ª Jany Maria Barbosa Pantoja ** RESUMO Este trabalho tem como finalidade analisar a atuação do professor de Educação Física com os alunos que apresentam Necessidades Educacionais Auditivas na Escola Estadual Wilson Hill de Araújo, no município de Itaubal-AP. Diante da realidade social e educacional brasileira face à inclusão...

    9281  Palavras | 38  Páginas

  • Abordagens de ensino adotadas por professores de inglês para alunos com deficiência em uma escola pública do DF

    inglês para alunos com deficiência em uma escola pública do DF Objetivo Analisaremos as estratégias educativas utilizadas por professores para facilitar o processo de ensino do inglês a alunos com deficiência em uma escola pública do DF. Estas estratégias são modificações mais ou menos extensas que ajudam os professores a adaptar a técnica dentro do método de ensino para que consigam responder às necessidades de cada um de seus alunos. Justificativa Os alunos com deficiências, muitas vezes...

    6795  Palavras | 28  Páginas

  • Deficiencias

    Deficiência auditiva O segundo grupo a se apresentar foi o que abordou o tema sobre a deficiência auditiva. Nos foi mostrado o conceito de Deficiência auditiva e a diferença que a mesma tem com a surdez e todos os outros aspectos referentes a perda da audição. A surdez é de origem congênita, é quando se nasce surdo, isto é, não se tem a capacidade de ouvir nenhum som e a deficiência auditiva é um déficit adquirido, ou seja, é quando se nasce com uma audição perfeita e que, devido a lesões ou doenças...

    2248  Palavras | 9  Páginas

  • Plano de desenvolvimento individual

    PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL (PDI) PARTE I – INFORMAÇÕES E AVALIAÇÃO GERAL DO ALUNO 1- IDENTIFICAÇÃO: NOME COMPLETO: DATA DE NASCIMENTO: ENDEREÇO: BAIRRO: CIDADE: 2- DADOS FAMILIARES: NOME DO PAI: NOME DA MÃE: PROFISSÃO, ESCOLARIDADE E IDADE DO PAI: PROFISSÃO, ESCOLARIDADE E IDADE DA MÃE: NÚMERO DE IRMÃOS: MORA COM: 3- INFORMAÇÃO ESCOLAR: Nome da escola: ...

    1163  Palavras | 5  Páginas

  • a musica como fator de inclusao para alunos com deficiencia auditiva

    COMO FATOR DE INCLUSÃO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA PAULO ROBERTO PEREIRA FERREIRA ORIENTADORA: RUTE NOGUEIRA DE MORAIS BICALHO BRASÍLIA, 2011 2 Universidade de Brasília – UnB Instituto de Psicologia – IP Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento – PED Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde PGPDS PAULO ROBERTO PEREIRA FERREIRA A MÚSICA COMO FATOR DE INCLUSÃO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA Monografia apresentada ...

    13445  Palavras | 54  Páginas

  • Trabalho sobre inclusão - deficiencia mental - física e tgd

    DEFICIENCIA INTELECTUAL Deficiência Intelectual Definição Limitações significativas no funcionamento intelectual e no comportamento adaptativo, advindas antes do nascimento, ao nascer ou nos primeiros anos de vida.(Luckasson e cols. 2002,p.8) – AAMR (American Association on Mental Retardation) Causas mais comuns - Genéticas Teste do pezinho: Hipotiroidismo congênito (Bócio - hormônio) Resulta de uma produção inadequada de hormônio tireoidiano Fenilcetonúria transtorno metabólico-aminoácido...

    4578  Palavras | 19  Páginas

  • Deficiencia multipla

    sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois: “Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus. “A amizade é um amor que nunca morre.” Mario Quintana. Conceito: O conceito de deficiência múltipla varia entre os estudiosos. Na Política Nacional de Educação Especial (BRASIL, 1994, p.15) a deficiência múltipla é definida como: “associação, no mesmo indivíduo de duas ou mais deficiências primárias (mental/visual/auditivo-física), com comprometimentos...

    7412  Palavras | 30  Páginas

  • Deficiência auditiva

    pessoas com necessidades especiais na sociedade e da importância das crianças com deficiência auditiva serem alfabetizadas, em escolas regulares. Este trabalho foi realizado de forma bibliográfica, tendo como principal objetivo apresentar qual a contribuição da legislação para o processo de escolarização dessas crianças, apresentando ainda as grandes dificuldades encontradas pelos alunos surdos ou com deficiência auditiva nas escolas regulares, em se comunicarem e principalmente em se alfabetizarem....

    8698  Palavras | 35  Páginas

  • Papel do Professor na Inclusao do aluno com Impedimentos Auditivos em Turmas Regulares

    comunicar os seus pensamentos, sentimentos e sensações no discurso oral. Actualmente, nota-se uma a tenção especial no tratamento de crianças portadoras de deficiência auditiva por parte do Governo, dando-lhes, assim, a oportunidade de desenvolverem as suas personalidades e livrar-lhes do analfabetismo. A necessidade educativa especial auditiva tem sido uma das maiores preocupações do Governo junto do Ministério de Educação e Cultura (MEC) e não só mas também das comunidades, no geral, visto que...

    9115  Palavras | 37  Páginas

  • UM OLHAR INCLUSIVO NO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA AO ALUNO COM SURDEZ

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE EDUCAÇÃO MARIA LISMERI SILVA DE CARVALHO UM OLHAR INCLUSIVO NO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA AO ALUNO COM SURDEZ Aracaju 2011 MARIA LISMERI SILVA DE CARVALHO UM OLHAR INCLUSIVO NO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA AO ALUNO COM SURDEZ Trabalho de Conclusão de Curso submetido à Faculdade de Educação da Universidade do Ceará como requisito do Curso de Especialização lato sensu Formação Continuada de Professores para o Atendimento Educacional ...

    5958  Palavras | 24  Páginas

  • Plano dea

    aplicação do plano de aula aprimorado 1. Data da aplicação da aula 24/05/2013- Sexta-feira ✓ Primeira- aula ✓ Segunda- aula ✓ Quarta- aula 2. Componente curricular: NÚMEROS E OPERAÇÕES ✓ Noções matemáticas, raciocínio lógico; ✓ Seriação numérica; ✓ Classificação; ✓ Quantidade; ✓ Agrupamento. 3. Duração 150 minutos 4. Público-alvo Turma: 1º Ano do Ensino Fundamental Alunos: 30 estudantes, na sala há um aluno com surdez...

    1991  Palavras | 8  Páginas

  • Inclusao do aluno surdo na Rede Regular de Ensino da Educação

     MAGDA MARIA VIEIRA DA SILVA COSTA A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NA REDE REGULAR DE ENSINO DA EDUCAÇÃO COTIA/SP 2014 MAGDA MARIA VIEIRA DA SILVA COSTA A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NA REDE REGULAR DE ENSINO DA EDUCAÇÃO Monografia apresentada como requisito parcial para a conclusão do curso de Psicopedagogia Institucional e Clínica, sob a orientação da Profª Rute Costa COTIA/SP ...

    18293  Palavras | 74  Páginas

  • Deficiência Multiplas

    Vargas Disciplina: Educação Inclusiva DEFICIÊNCIAS MULTIPLAS Discente: Ivete Costa Karline Shamara Colorado do Oeste - 2014 Deficiências Múltiplas A Deficiência Múltipla refere-se à associação de duas ou mais deficiências, conforme o Decreto n° 5.296, art. 5° (BRASIL, 2004). DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA O programa TECNEP (2008) afirma que deficiência múltipla: • É a deficiência auditiva ou a deficiência visual associada a outras deficiências (mental e/ou física), como também ...

    2383  Palavras | 10  Páginas

  • A deficiência

      A Deficiência   Educação Inclusiva / Especial   O que é a educação inclusiva?  A educação inclusiva é uma acção educacional humanística, democrática, amorosa mas não piedosa, que percebe o sujeito em sua singularidade e que tem como objectivos o crescimento, a satisfação pessoal e a inserção social de todos.    O conceito de educação inclusiva surgiu a partir de 1994, com a Declaração de Salamanca. A ideia é que as crianças com necessidades educativas especiais sejam incluídas em escolas...

    14483  Palavras | 58  Páginas

  • Plano de aula deficiente auditivo

    KAREN JACINTA DAS NEVES 2 °APR PAMELA PEMPER AMBROSIO 2°APR PLANO DE AULA DEFICIENTE AUDITIVO Turma: ensino fundamental inicial Disciplina: Língua portuguesa Conteúdo: Língua escrita: prática de leitura Duração: Aproximadamente 3 aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Será necessário que os alunos estejam alfabetizados. Objetivos: Experienciar, através de atividades práticas orientadas, as dificuldades...

    933  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo da aula libras

    Aula-tema 1: Língua e Linguagem LIBRAS – É uma sigla, para referir a Língua Brasileira de Sinais, que é difundida pela Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos (FENEIS). Deve sempre ser redigida com letras maiúsculas. LIBRAS é a língua materna e natural das pessoas com surdez no Brasil. Línguas de Sinais –São línguas utilizadas por falantes ouvintes e com surdez. Elas apresentam as propriedades específicas das línguas naturais, sendo, portanto, reconhecidas enquanto línguas pela Linguística...

    2139  Palavras | 9  Páginas

  • tcc inclusao pessoas com deficiencia no ensino regular

    análise e discutir as principais leis sobre a Educação para crianças com necessidades educacionais especiais. O objetivo é conhecer melhor de que forma esta sendo feita a inclusão de alunos com necessidade educacional especial no ensino comum, tal como compreender melhor como o professor e escola se prepara para receber alunos com NEE. Procura desenvolver uma reflexão critica no que diz respeito à formação do professor e da postura adotada pelas escolas diante deste assunto tão debatido nesses últimos...

    5462  Palavras | 22  Páginas

  • Plano de aula

    TOCANTINS SECRETÁRIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE PALMAS ESCOLA ESTADUAL BEIRA RIO PROFESSORA: Ana Paula Rodrigues dos S. Silva SRM- SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS MÊS: SETEMBRO PLANO DE AULA OBEJETIVOS GERAIS • Adquirir o hábito de ouvir, falar e organizar o pensamento lógico; • Posicionar – se de maneira criativa, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais, utilizando o dialogo como forma de mediar...

    1526  Palavras | 7  Páginas

  • Pdi - plano de desenvolvimento individual

    PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL (PDI) PARTE I – INFORMAÇÕES E AVALIAÇÃO GERAL DO ALUNO 1- IDENTIFICAÇÃO: |NOME COMPLETO: VITORIA NUNES DA SILVA DATA DE NASCIMENTO:04/05/2005 | |ENDEREÇO: RUA ARCANJO ANAEL, 36 ...

    5039  Palavras | 21  Páginas

  • deficiência audutiva e surdocegueira

    DEFICIÊNCIA AUDITIVA Deficiência auditiva: è quando alguma das estruturas da orelha apresenta uma alteração, ocasionando uma diminuição da capacidade de perceber o som. Geralmente o deficiente auditivo se comunica pela fala e apresenta uma perda auditiva de grau leve ou moderado; Surdez: também é ocasionado por alguma alteração nas estruturas da orelha, ocasionando uma incapacidade em perceber o som. Geralmente o surdo se comunica através da língua brasileira de sinais (LIBRAS) e apresenta uma...

    6217  Palavras | 25  Páginas

  • Assistência Educacional Especial (AEE): Estratégias de aulas para deficiências: visuais, auditivas, mentais, autismo, física.

    TENDÊNCIAS EDUCACIONAIS E EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Assistência Educacional Especial (AEE): Estratégias de aulas para deficiências: visuais, auditivas, mentais, autismo, física. Niterói 2013 FÁBIA S. B. DA CONCEIÇÃO deficiências: visuais, auditivas, mentais, autismo, física. Trabalho apresentado à Universidade Estácio de Sá como requisito parcial para...

    2757  Palavras | 12  Páginas

  • Inclusão de Alunos com deficiência no ensino Regular

    comportar quando nos deparamos com alguém com alguma deficiência. Talvez a falta de formação adequada nos coloque em algumas situações desconfortáveis no nosso dia a dia e este trabalho tem como objetivo mostrar o desenvolvimento do professor dentro da sala de aula com alunos especiais. Trazendo para a nossa realidade a questão da inclusão dentro da escola levantando quais são as nossas expectativa como professor e quais são as expectativas dos alunos e da comunidade como expectadores do trabalho ...

    10705  Palavras | 43  Páginas

  • A TECNOLOGIA DA INFORMÁTICA NA REDE REGULAR DE ENSINO CAPAZ DE AUXILIAR O PROCESSO COGNITIVO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS

    A TECNOLOGIA DA INFORMÁTICA NA REDE REGULAR DE ENSINO CAPAZ DE AUXILIAR O PROCESSO COGNITIVO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS 2010 FACULDADE ALDEIA DE CARAPICUIBA – FALC NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS Monografia exigida para conclusão do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação...

    13222  Palavras | 53  Páginas

  • A língua brasileira de sinais na educação do aluno surdo: inclusão,adaptação e legislação

    educação do aluno surdo: Inclusão, adaptação e legislação JACAREPAGUÁ – RJ 2010 APARECIDA SÔNIA DE OLIVEIRA A língua de sinais na educação do aluno surdo: Inclusão, adaptação e legislação Monografia apresentada ao curso de Pós graduação em Libras, das Faculdades Integradas de Jacarepaguá, para obtenção do título de Especialista em Educação de Surdos. JACAREPAGUÁ – RJ 2010 APARECIDA SÔNIA DE OLIVEIRA A língua de sinais na educação do aluno surdo: Inclusão...

    7524  Palavras | 31  Páginas

  • Práticas inclusivas para o atendimento educacional especializado do aluno com surdocegueira

    FACULDADES CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO “Lato Sensu” EM: ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO 1 PRÁTICAS INCLUSIVAS PARA O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DO ALUNO COM SURDOCEGUEIRA CHAPECÓ – SC 2011 2 PRÁTICAS INCLUSIVAS PARA O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DO ALUNO COM SURDOCEGUEIRA 3 . Esta monografia foi julgada, adequada para obtenção do título de ESPECIALISTA EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO...

    14813  Palavras | 60  Páginas

  • PLANO DE AEE RICARDO B

    caso é do aluno Ricardo, 6 anos, esta matriculada no 1 ANO do ensino fundamental do período vespertino, possui laudo de Deficiência Mental Leve, CID( F.70/F.90,F.81) , faz uso de Ritalina. O aluno foi diagnosticado, segundo o medico em 08/06/15, mesmo antes do laudo, frequentava a Sala de recursos desde de agosto de 2014.Atualmente conta com uma estagiaria apoio. O aluno mora com os pais, não tem irmãos e a mãe tem grande dificuldade de entender o que relatamos para a mesma, o aluno encontra-se...

    2029  Palavras | 9  Páginas

  • INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA REDE MUNICIPAL DE MARINGÁ-PR

    INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA REDE MUNICIPAL DE MARINGÁ-PR SANTOS, Sueli Evangelista RESUMO A humanidade marca ao longo de sua história a prática de exclusão e/ou inclusão do deficiente no ensino regular ou adaptado. As reformas sociais ocorridas marcam durante o século XX este assunto tendo os aspectos educacionais, psicológicos e medicinais. A educação física como área educacional deparou-se com uma nova subdivisão chamada de educação física adaptada...

    6529  Palavras | 27  Páginas

  • Sus - saude auditiva

    GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA SAÚDE AUDITIVA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA Edição Preliminar CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA ACADEMIA BRASILEIRA DE AUDIOLOGIA 2011 10º Colegiado do CFFa Gestão abril/2010 a abril/2013 Ana Augusta de Andrade Cordeiro Ana Maria da Costa dos Santos Reis Ana Paula Ramos de Souza Bianca Arruda Manchester de Queiroga Carla Monteiro Girodo Carla Ciceri Cesa Charleston Teixeira Palmeira Claudia Maria de Souza Basbaum Cláudia Simone Godoy Cotes Christiane...

    10795  Palavras | 44  Páginas

  • Plano de Ação Pedagógica para implementação de uma Educação Inclusiva

    PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA Título: Plano de Ação Pedagógica para implementação de uma Educação Inclusiva Escola: Escola Estadual “Dr. Wenceslau Braz” Grupo de Elaboração: Grupo 29 Ana Paula João Sardelli de Oliveira Andréia Garcia Ribeiro Célia Maria Pereira Débora Silva Rezende Eliana Donizeti Neves Fernandes Estela Márcia Siqueira Santana Dutra Iany Ludovina Santos Vieira Ivonete Maria de Souza Ramalho Maria Ângela Dias Flauzino Maria Helena Ramalho de Rezende Giacomelli Maria...

    1840  Palavras | 8  Páginas

  • PLANO DE AULA PARA SURDOS

    Plano Aula aluno Surdo FUNDAMENTOS E PRÁTICAS EM LIBRAS II PLANO DE AULA Disciplina - Artes Tema - Música brasileira Objetivos - Promover o desenvolvimento integral das crianças favorecendo trocas, e aumento do interesse em compreender o outro; - Interpretar corporalmente e gestualmente os diferentes... 507 Palavras 3 Páginas Plano de aula Plano de aula A- Público alvo. Para turma do 5º ano da 1º fase do ensino fundamental. B- Perfil da turma. Tenho uma turma de 20 alunos, onde um deles tem...

    885  Palavras | 4  Páginas

  • OS DESAFIOS DA INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIENCIA

    PESSOA COM DEFICIENCIA NO ENSINO SUPERIOR Bruna Maria. Maiolini Lucilena Ap. Barbosa Lucélia Regina Chinaglia Vera Aparecida Ramos RESUMO Este artigo discute os resultados de uma pesquisa realizada na Instituição de nivel superior na cidade de Araras-SP, que teve como objetivo identificar os indicadores que determinam a construção de um ambiente inclusivo. Tem como proposta apontar as principais dificuldades de alunos com deficiencia...

    8873  Palavras | 36  Páginas

  • Da inclusão – exclusão: o aluno deficiente auditivo na educação profissional modalidade eja

    AMIGO DE TODAS AS HORAS, QUE ACOMPANHOU... Ao Prof. ........ Á Profa.... Aos professores que contribuíram... BEZERRA, Celia Maria de Souza. Título do trabalho: DA INCLUSÃO – EXCLUSÃO: O aluno deficiente auditivo na Educação Profissional modalidade EJA. Ano de Realização 2012. Número total de páginas. 35 Monografia (Especialização em Gestão Social, Politicas Públicas e Defesa e Direitos) – Sistema de Ensino Presencial Conectado, Universidade...

    8022  Palavras | 33  Páginas

  • A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NO ENSINO REGULAR

    A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NO ENSINO REGULAR. MÁRCIA GARCÊS SILVA Universidade Estadual do Piauí - UESPI marcia_garces@hotmail.com RESUMO Este artigo objetiva mostrar a importância da educação inclusiva de alunos com deficiência em especifico a auditiva, uma vez que educar é mais que o ato de transferir informações é dar a um individuo através do processo de ensino aprendizagem a possibilidade de um convívio adequado além da troca de informações levando em consideração as limitações de...

    3676  Palavras | 15  Páginas

  • plano de aula

    Introdução Começaremos expondo o tema que escolhemos para fazer nosso plano de aula de uma semana. Onde será trabalhado os 5 sentidos a audição, olfato, paladar, tato e visão, tendo como foco o tato que será a tema dessa aula. É pelo tato que pegamos algo, sentimos os objetos, o calor e o frio. . Um dos motivos que nos levaram a escolha deste tema é a importância deste na Educação Infantil, através dos cinco sentidos o nosso corpo percebe o que esta ao nosso redor e isso nos ajuda a sobreviver...

    660  Palavras | 3  Páginas

  • Dificuldades de aprendizagem dos alunos com

    MARIA SALOMÉ SOARES DALLAN DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS COM SURDEZ EM ESCOLA INCLUSIVA VILA VELHA – E.S. 2009 MARIA SALOMÉ SOARES DALLAN DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS COM SURDEZ EM ESCOLA INCLUSIVA Monografia apresentada à ESAB-Escola Superior Aberta do Brasil sob a orientação do Prof. Dr. Jaime Roy Doxsey. VILA VELHA– E.S. 2009 MARIA SALOMÉ SOARES DALLAN DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS COM SURDEZ EM ESCOLA INCLUSIVA Aprovada em ____ de ________...

    13588  Palavras | 55  Páginas

  • Estudos Sobre A Deficiencia Auditiva E Surdez V2

    Estudos sobre a Deficiência Auditiva e Surdez Brasília-DF. Elaboração Maria Aparecida Cormedi Produção Equipe Técnica de Avaliação, Revisão Linguística e Editoração SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...................................................................................................................................... 4 ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTUDOS E PESQUISA.................................................................................. 5 Introdução.....................................

    21627  Palavras | 87  Páginas

  • Deficiencia intelectual

    É O OBJETO CENTRAL DO ESTUDO DA DIDÁTICA E PARA QUE ESTA PRÁTICA OCORRA, SÃO NECESSÁRIOS ALGUNS MEIOS, E UM DELES É A AULA QUE PODE SER DESENVOLVIDA DE DIVERSAS MANEIRAS DEPENDENDO DA TENDÊNCIA PEDAGÓGICA ADOTADA PELO PROFESSOR QUE LECIONARÁ ESTA AULA” (Libâneo, 1992, p19). QUAL SERIA A TENDÊNCIA PEDAGÓGICA QUE EXPRESSA A “MELHOR MANEIRA” DE INTERAGIR COM OS ALUNOS?   ISTO É, QUE TENDÊNCIA PEDAGÓGICA POSSIBILITA UMA AÇÃO EDUCATIVA VOLTADA PARA A DIVERSIDADE? ...A reflexão...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • UMA REFLEXÃO SOBRE A MÚSICA PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA

    Uma reflexão sobre a música para alunos com deficiência auditiva Michelle Paula de Castro1 RESUMO: O artigo a seguir trata da problemática desenvolvida na reportagem de Meire Cavalcante que envolve os alunos de inclusão surdos, e todos os aspectos relacionados a estes alunos. Concluído assim através de estudos como um aluno surdo se desenvolve através da musica e dança. Palavras Chaves: Inclusão, Surdez, Musica, Dança, Jornalismo. INTRODUÇÃO O tema pesquisado para tal artigo,...

    3917  Palavras | 16  Páginas

  • Deficiência mental

    ESTUDO SOBRE A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL. Regiane Paulo[1] RESUMO As deficiências se classificam em deficiências físicas, múltiplas, auditivas, visual ou mental. A deficiência mental é caracterizada pela redução notável do funcionamento intelectual significativamente inferior a média associada a limitações do funcionamento adaptativo. Para...

    3123  Palavras | 13  Páginas

  • Reflexão pedagógica com aluno surdo

    REFLEXÕES DAS PRÁTICAS PEDAGOGICAS DO PROFESSOR COM ALUNOS SURDOS NO MUNICÍPIO DE AQUIDAUANA Monografia apresentada à FACULDADES Integradas de Jacarepaguá como parte dos requisitos exigidos para a conclusão do curso de Pós Graduação em Libras. Orientador:Professor Esp. Damião Ferreira da Silva RIO DE JANEIRO 2012 INTRODUÇÃO A inclusão é um movimento que envolve toda uma sociedade, a atual proposta da educação inclusiva tem como principal...

    7456  Palavras | 30  Páginas

  • A aprendizagem da língua portuguesa na educação inclusiva dos alunos portadores de deficiência auditiva na escola deodoro da fonseca de altamira

    PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA ROSIMAR SOARES DA SILVA MEDEIROS A APRENDIZAGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DOS ALUNOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA AUDITIVA NA ESCOLA DEODORO DA FONSECA DE ALTAMIRA ALTAMIRA, PARÁ 2009 FACULDADE INTERNACIONAL...

    16853  Palavras | 68  Páginas

  • Pessoa Com Deficiencia Aspectos Teoricos E Praticos

    Pessoa com deficiência: aspectos teóricos e práticos1 Organizador: Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais (PEE) Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), 2006 Organizador: Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais (PEE) Revisão gramatical : Raquel Ribeiro Moreira Capa: Alexandre Mendes dos Reis (Núcleo de Inovações Tecnológicas (NIT)/Unioeste Tiragem:  Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais (PEE)...

    22881  Palavras | 92  Páginas

tracking img