Perfil Psicológico Do Serial Killer artigos e trabalhos de pesquisa

  • TRABALHO SERIAL KILLER Corrigido

    1. INTRODUÇÃO O presente tema foi escolhido por se tratar de um assunto de muita contenda e relevância, uma vez que os crimes praticados por serial killers são perturbadores e despertam polemica na sociedade. Atualmente no contexto brasileiro, esse tipo de crime vem sendo amplamente exposto pela mídia, porém por vezes de forma distorcida. Sabe-se que a análise deste necessita de investigações, nas quais se faz uso dos saberes da Psicologia Criminal. Segundo ANDRADE (2008), a Criminologia, “definida...

    3832  Palavras | 16  Páginas

  • Serial killer

    FACULDADE DO MARANHÃO CURSO DE DIREITO Guilherme Aroucha Reis Costa Leonardo Mendes de Oliveira Martinho Gomes Pinheiro Filho SERIAL KILLER São Luís 2012 SERIAL KILLER Guilherme Aroucha Reis Costa Leonardo Mendes de Oliveira Martinho Gomes Pinheiro Filho Trabalho apresentada ao Curso de Direito da Faculdade do Maranhão, para a obtenção parcial de nota da disciplina Psicologia juridica. Prof. Marcos Antônio dos Santos Lima São Luís 2012 1 INTRODUÇÃO Uma pessoa fria...

    2604  Palavras | 11  Páginas

  • Referencial Teórico - Serial Killer, o perfil

    assume o feitio de psicopatia. Há aqueles que acreditam que só pode ser diagnosticada a partir dos dezoito anos de idade, mesmo tendo em mente que transtornos de personalidade não são propriamente doenças, mas anormalidades do desenvolvimentos psicológico. (GOMES; ALMEIDA, 2010) Para ser debatido isto, iremos primeiro definir o que é um individuo normal. Segundo Milhomem, a normalidade de um individuo depende de uma série de fatos, porém, os de cunho cultural e social influenciam mais. Diz ainda...

    2684  Palavras | 11  Páginas

  • Serial killers e sua possível reabilitação

    Serial Killers e sua possível reabilitação Taísa de Souza Pupo Nogueira * RESUMO Esse estudo tem por finalidade estabelecer os traços dos Assassinos em Serie, comumente chamados de Serial Killer, e colocar em pauta a possibilidade de ressocialização desses criminosos. Através do estudo bibliográfico, buscamos traçar suas principais características, os fatores relevantes á formação de sua psique, bem como suas motivações para a pratica criminosa. Considerável será o confronto com a face mais...

    2581  Palavras | 11  Páginas

  • Motivos que levam uma pessoa se tornar um serial killer

    MOTIVOS QUE LEVAM UMA PESSOA A SE TORNAR UM “SERIAL KILLER” O que leva uma pessoa a praticar atos tão extremos como assassinatos em série? A questão é biológica, social ou psicológica? Traumas infantis podem ter conseqüências tão horrendas? Quanto precisam pai e mãe errar para criar um monstro? Os assassinos em série são caracterizados pela reincidência de seus crimes com um mínimo de três (para alguns estudiosos, é necessario que a pessoa cometa quatro crimes) ocasiões e um certo intervalo...

    1638  Palavras | 7  Páginas

  • serial killer

     ASSASSINOS EM SÉRIE (SERIAL KILLERS) GISELI AMARAL Nº 95923 LARISSA LOUISE Nº 95867 LILIANE BUGE Nº 95240 ORIENTADOR: JOÃO GUILHERME NOGUEIRA NETO INTRODUÇÃO Diante da necessidade que nos deparamos vimos a oportunidade de criar uma nova visão ou despertar a curiosidade e a crítica sobre o tema, é preciso ser esclarecido alguns pontos, neste, vamos colocar em pauta as possíveis causas comportamentais do delinquente, as sanções aplicadas aos mesmos e a volta para a sociedade, o que...

    1377  Palavras | 6  Páginas

  • DarkSide Serial Killers 18

    Editora DarkSide desvenda o mundo dos psicopatas com seu novo lançamento: ‘Serial Killers - Anatomia do Mal’ LIVRO ESCRITO POR HAROLD SCHECHTER PROMETE SER UM DOSSIÊ DEFINITIVO SOBRE ASSASSINOS EM SÉRIE EDIÇÃO BRASILEIRA SERÁ LANÇADA EM JULHO E TRAZ CAPÍTULO EXCLUSIVO SOBRE O PAPEL DOS SERIAL KILLERS NO CINEMA, TV E LITERATURA DOWNLOAD DE MATERIAL EM: HTTP://WWW.AGENCIAFEBRE.COM.BR/SERIAL-KILLERS-ANATOMIA-DO-MAL O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e...

    851  Palavras | 4  Páginas

  • Serial Killer - projeto de monografia

     FUNDAÇÃO EDUCACIONAL NORDESTE MINEIRO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR INTEGRADO Bárbara Silvia Dias do Nascimento A IMPUTABILIDADE DO SERIAL KILLER NO ORDENAMENTO JURIDICO BRASILEIRO Teófilo Otoni 2014 BÁRBARA SILVIA DIAS DO NASCIMENTO A IMPUTABILIDADE DO SERIAL KILLER NO ORDENAMENTO JURIDICO BRASILEIRO Monografia para obtenção do grau de bacharel em Direito apresentado ao Instituto de Ensino Superior Integrado da Fundação Educacional...

    1901  Palavras | 8  Páginas

  • Serial killer: análise criminológica do sujeito ativo do crime

    SERIAL KILLER: UMA ANÁLISE CRIMINOLÓGICA DO SUJEITO ATIVO DO CRIME Anna Letícia Pereira da Silva, estudante do 4º ano do Curso de Direito, pelas Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul-SP.Janaína dos Reis Guimarães, professora. Sumário: Resumo; Introdução; Definição de serial killers; A conexão dos crimes em série; Análise criminológica do sujeito ativo do crime; Incidência no Brasil; A prevenção dos órgãos responsáveis para a diminuição dos serial killers; Palavras-chave: Serial...

    2219  Palavras | 9  Páginas

  • Serial killer

    A IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS 1 INTRODUÇÃO Assassinos em séries são criminosos que matam números consideráveis de pessoas, geralmente com um tempo entre uma vítima e outra, e esses assassinatos muitas vezes se prolongam por um grande período até que se encontre o culpado. Os “serial killers” são impulsionados à matar, e geralmente os motivos que o levam à tal crime são sexo, força, manipulação, controle, contudo, não há razões que expliquem essa força incontrolável desses criminosos de matar...

    27368  Palavras | 110  Páginas

  • serial killer

    Capítulo 1 SERIAL KILLER assassinO EM SÉRIE no brasil 1.1- Breve contexto histórico No Brasil, o Museu da Academia de Polícia Civil “Dr. Coriolano Nogueira Costa”, localizado na cidade universitária no Butantã – Estado de São Paulo, possui um acervo geral, entre objetos e instrumentos que foram utilizados pelos assassinos em série, os serial killer. 0.1 - Serial killer - Assassino em série A terminologia serial killer surgiu na década de 70 pelo estudioso Robert K. Ressler agente da Polícia...

    7362  Palavras | 30  Páginas

  • transtornos cerebrais, psicopatia e serial killers

    Transtornos Cerebrais, Psicopatia e Serial Killers 30 de novembro de 2013 Índice Introdução A mente é, desde sempre, algo que nunca se conseguiu compreender totalmente. Há sempre inúmeros enigmas associados a diferentes personalidades e aos transtornos da mesma. Neste trabalho pretendemos, assim, conseguir abordar esses mesmos transtornos de personalidade, focando-nos sempre no ponto de vista violento e anti-social, ou seja, nos transtornos...

    1844  Palavras | 8  Páginas

  • serial killer

    Um assassino em série (também conhecido pelo nome em inglês, serial killer) é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa frequência, geralmente seguindo um modus operandi e às vezes deixando sua "assinatura", como por exemplo coleta da pele das vítimas - no caso de Ed Gein. Curiosamente, os Estados Unidos, com menos de 5% da população mundial, produziu 84% de todos os casos conhecidos de serial killers desde 1980. Muitos dos que foram capturados aparentavam ser...

    3072  Palavras | 13  Páginas

  • Serial killer - loucos ou crueis - o livro

    Ilana Casoy SERIAL KILLER Louco ou Cruel? © 2004, WVC Editora Um selo da Madras Editora LTDA. Editor: Wagner Veneziani Costa Produção e Capa: Equipe Técnica Madras Ilustração da Capa: Equipe Técnica Madras Foto da Capa: Roberto Setton Revisão: Wilson Ryoji Imoto Rita Sorrocha CIP-BRASIL CATALOGAÇÃO NA FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. C 334s 6.ed. Casoy, Ilana, 1960Serial killer : louco ou cruel? / Ilana Casoy. — 6.ed. — São Paulo : Madras, 2004 ISBN 85-7374-049-9 1. Homicídios...

    96501  Palavras | 387  Páginas

  • Perfil criminal ed gein

    Universidade Fernando Pessoa Mestrado em Criminologia Perfis Criminais Ed Gein Edward Theodore Gein ou “Ed Gein” como é mais vulgarmente tratado, nasceu a 8 de Agosto em La Crosse, Wisconsin em 1906. Vivia com os seus pais, Augusta e George, e com um irmão mais velho 7 anos, Henry Gein. Durante a sua infância, a mãe de Ed constantemente fez pressão para que não convivesse com os seus pares, inclusivamente afastava qualquer estranho duma possível interação com os seus filhos. Quando não estava...

    1822  Palavras | 8  Páginas

  • Serial killer

    O termo Serial Killer começou a ser usado em na década de 1970 por Robert K. Ressler, um agente do FBI. Ressler observou que em alguns casos o assassino tinha algum tipo de contato com a vítima e começou a usar o novo termo. Mas por quê uma pessoa torna-se Serial Killer? Esta é uma pergunta que vários filmes e a própria psiquiatria tentaram responder, sem sucesso. Há vários estudos sobre o tema. Um deles, uma pesquisa feita por psiquiatras norte americanos em 1984 diz que na maioria dos casos, os...

    761  Palavras | 4  Páginas

  • serial killer

    Serial Killer Definições: Mata quatro ou mais vítimas em um só local, num só evento. Em geral, sua explosão de violência é dirigida para o grupo que supostamente o oprimiu, ameaçou ou rejeitou. São indivíduos que cometem uma série de homicídios com um intervalo entre eles, durante meses ou anos, até que seja preso ou morto. As vítimas têm o mesmo perfil (prostitutas, mochileiros, crianças, idosos) e mesma faixa etária, sexo, raça etc. As vítimas são escolhidas ao acaso dentro deste perfil...

    4261  Palavras | 18  Páginas

  • Serial Killers

    1° Tópico: Diego Definição: O assassinato serial foi, durante longo período, considerado simplesmente uma forma de assassinato em massa. Foi ao final da década de 1950 que os criminologistas passaram a distinguir tipos de assassinatos múltiplos. A forma como um assassino age, escolhe suas vítimas e mata é uma forma de ajudar a entender por que mata e por esse motivo não se deve valer de conceitos sucintos. A expressão serial killer é a pouco tempo utilizada, sendo empregado pela primeira vez...

    2032  Palavras | 9  Páginas

  • Serial killers

    Serial Killers           Existem várias definições do termo assassino em série/serial killer. Contudo, todas elas se ligam em vários aspectos. Assim: Um assassino em série, ou, em inglês, serial killer, é um indivíduo que assassina três ou mais pessoas, normalmente segundo um padrão característico, um modo de actuar próprio, pelo qual se infere que as mortes em questão foram cometidas pelo mesmo indivíduo ou indivíduos.           Em geral, todos os serial killers são psicopatas, mas nem todos...

    4405  Palavras | 18  Páginas

  • Seriais Killers

    assassinato serial foi publicada pelo Instituto Nacional de Justiça em 1988: "Uma série de dois ou mais assassinatos cometidos como eventos separados, normalmente, mas nem sempre, por um infrator atuando isolado. Os crimes podem ocorrer durante um período de tempo que varia desde horas até anos. Quase sempre o motivo é psicológico, e o comportamento do infrator e a evidência física observada nas cenas dos crimes refletiram nuanças sádicas e sexuais." Um assassino em série (em inglês Serial Killer), e um...

    1612  Palavras | 7  Páginas

  • Sintomas Serial Killers

    sabemos, serial killers geralmente têm alguns traços de personalidade característicos, como o abuso (seja por violência ou sexual) durante a infância, a incapacidade de sentir arrependimento ou culpa e o prazer em ver o sofrimento de seres vivos, que geralmente é aplicado com criaturas mais fracas, como animais de estimação e crianças mais novas ou menores. Pra explorar melhor esse mundo e saber o que é mito e o que não é, algumas características de personalidade mais comuns em serial killers: Vício...

    630  Palavras | 3  Páginas

  • Serial Killers - 9B - tgm

    ‘’SERIAL KILLERS’’ X NATUREZA HUMANA O termo "serial killer" foi criado em meados da década de 70 por Robert Ressler (ex-diretor do Programa de Prisão de Criminosos Violentos do FBI). Antes disso, estes crimes eram às vezes conhecidos como assassinatos em massa ou crimes em que um estranho mata outro estranho. Os serial killers são assassinos que cometem uma série de homicídios com algum intervalo de tempo entre eles. Para criminosos desse tipo, as vítimas são objetos da sua fantasia. Infelizmente...

    2252  Palavras | 10  Páginas

  • SERIAL KILLER

     SERIAL KILLER DALYLA MARIA DE SOUSA DUARTE MANOEL BEZERRA LIMA NETO PABLO JORDANO LOPES TEIXEIRA Introdução O termo Serial killer foi criado em meados da década de 70 por Robert Ressler, ex-diretor do Programa de Prisão de Criminosos Violentos do FBI. Ele escolheu “serial’’ porque a policia da Inglaterra chamava este tipo de assassinato de “crimes em série”, e por causa dos seriados que ele assistia quando criança. Antes disso, estes crimes eras às vezes conhecidos como assassinatos em massa...

    1072  Palavras | 5  Páginas

  • Serial killer- louco ou cruel

    CAMPONEZ FROTA SERIAL KILLER – LOUCO OU CRUEL? Resenha conclusiva para Técnica de Seg. Empresarial Universidade Luterana do Brasil Pró-reitoria de Graduação Gestão em Segurança pública e Privada Prof. Carlos Feijó Canoas 2003 INTRODUÇÃO O presente trabalho visa apresentar uma resenha conclusiva sobre a obra da escritora Illana Casoy, intitulada Serial Killer – Louco ou Cruel? Sendo uma resenha conclusiva, neste intróito dispensa-se...

    1676  Palavras | 7  Páginas

  • Serial Killer

    Mass Murderers Genocídio Spree Killers Serial Killers são assassinos que matam de forma seriada,mas nem todos que agem dessa forma são serial killers. Ao longo do trabalho explicaremos que existem vários tipos de assassinos que agem de forma semelhante,matando vários,só que com suas diferenças. Falaremos sobre spree killer,mass murderer,genocídio e serial killer. Serial Killer murderer Comportamento criminoso que se caracteriza por crimes violentos cometidos em série.  Seus crimes são cometidos...

    1519  Palavras | 7  Páginas

  • serial killers

    “Who are y!?”- She asked wi" a bad felling.[...] “I’m a segunda-feira, 23 de setembro de 13 Se$al Killer...I "ink y! %!ld run.” I answered. “We se$al killers are y!r sons, we are y!r husbands... we are everywher&” ⦁ O que faz de um serial killer, um serial killer? segunda-feira, 23 de setembro de 13 Ted Bundy A melhor definição de assassinato serial foi publicada pelo Instituto Nacional de Justiça em 1988: "Uma série de dois ou mais assassinatos cometidos como...

    1937  Palavras | 8  Páginas

  • Serial killer

    ...................... 10 9 – REFERÊNCIA................................................................................... 11 INTRODUÇÃO O objetivo principal neste projeto é explorar e apresentar o tema “Serial Killer”. O método utilizado para a realização do mesmo foi pesquisa bibliográfica com consulta a livros, artigos e pesquisas de autores renomados. . Pessoas com transtornos de personalidade e de personalidade...

    2529  Palavras | 11  Páginas

  • Serial Killer - Henry Lee Lucas

    UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS - ICJ SERIAL KILLER HENRY LEE LUCAS São Paulo 2009 Sumário 1. Biografia de Henry Lee Lucas 3 2. Prisão e Julgamento 5 3. Assassinos em Série 6 4. Conclusão Pessoal 9 5. Bibliografia 10 1. BIOGRAFIA DE HENRY LEE LUCAS A história de Henry Lee Lucas é uma das mais enigmáticas histórias de crime. Porque o personagem é caracterizado por uma forte inclinação à mentira, era quase impossível...

    2851  Palavras | 12  Páginas

  • Resenha do livro “o julgamento de um serial killer”

    O livro “O julgamento de um serial killer”, escrito pelo promotor de justiça Edilson Mougenot Bonfim, relata em suas 286 páginas todo o processo e os crimes cometidos por Francisco de Assis Pereira, um motoboy que foi condenado por uma série de crimes contra diversas mulheres no estado de São Paulo. O crime que teve uma enorme repercussão em todo o país ficou midiaticamente conhecido como “O caso do maníaco do parque”. Temas como, o papel na mídia no transcorrer do processo e em seu resultado, a...

    725  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo do livro serial-killer

    FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA – FAVIP CURSO DE DIREITO RESUMO DO LIVRO O SERIAL-KILLER CARUARU-PE 2012 RESUMO DO LIVRO O SERIAL-KILLER Trabalho entregue a Professora Paula Rocha como requisito parcial para obtenção de nota na disciplina de Processo Penal do curso de direito da Faculdade do Vale do Ipojuca. CARUARU-PE 2012 O livro começa demonstra...

    4630  Palavras | 19  Páginas

  • Serial Killer

    modificáveis pelos meios curativos e corretivos (GARCIA, 1958). Existe no Brasil, em São Paulo, no Museu da Academia de Polícia Civil Dr. Coriolano Nogueira Costa um acervo onde se encontra várias peças, objetos e instrumentos que foram utilizados por seriais killers. Um ser humano “normal” sente, tem pensamentos e ideias, culminando em atos ou ações conscientes, uma vez que consegue diferenciar atos lícitos dos ilícitos, do que é moral e o que é imoral, do certo e do errado, dentre inúmeros outros exemplos...

    1652  Palavras | 7  Páginas

  • Serial killer: prisão ou tratamento?

    Penal   Serial killer: prisão ou tratamento? Maitê Prado, Paulo César Ribeiro Martins, Josiane Petry Faria           Resumo: O objetivo deste estudo consiste em analisar a medida mais eficaz a ser aplicada aos chamados Serial Killers – homicidas em série, ou seja, prisão ou tratamento. Procura-se a conexão que esses indivíduos têm com a doença mental, para ser analisada a questão da imputabilidade, bem como da semi-imputabilidade e inimputabilidade. Sumário: 1 Introdução. 2 Crime: o atual conceito...

    4331  Palavras | 18  Páginas

  • FICHAMENTO 02

    FACULDADES INTEGRADAS ICESP PROMOVER DE BRASILIA CURSO: DIREITO DISCIPLINA: TCC I ACADEMICA: LAISE FERREIRA DE MACEDO PROFESSOR: JULIO CEZAR MOLLICA Serial Killer: Louco ou Cruel? (Autora: Casoy, Ilana, 1960-Serial killer : louco ou cruel? 6.ed. — São Paulo, Madras, 2004 pag. 396). “Infelizmente, serial killers não têm horríveis cicatrizes, desfigurações ou quaisquer outros sinais físicos que os diferenciem do resto de nós. Nos livros, cinema e televisão são descritos como altos, horríveis...

    656  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha Drag O Vermelho

    procura Lecter para ajudá-lo a entender um perfil de um serial killer, e acaba sendo flagrado por Will como sendo esse serial Killer. Em uma batalha que quase acaba em morte de ambos, Lecter e preso e Will se aposenta para poder ficar mais com a Familia. Anos depois Will e procurado pelo seu antigo superior do FBI Crawford, para ajudar ele a resolver um caso que ate então não tinha possibilidade de se resolver. O caso se tratava de um serial Killer chamado de “Fada dos dentes”, ganhou esse apelido...

    502  Palavras | 3  Páginas

  • Psico Jud

    preciso [...] defender esse espaço de consciência, de lucidez. Essa é a nossa pequenina esperança.” – José Saramango. 1-CONCEITO DE SERIAL KILLER: São assassinos que cometem homicídios com algum intervalo de tempo entre eles. Suas vítimas têm o mesmo perfil, a mesma faixa etária, são escolhidas ao acaso e mortas sem razão aparente, são como um objeto de fantasia do Serial. Eles possuem necessidade de controle e dominação. Geralmente as vítimas são vulneráveis e o comportamento delas não influencia a...

    3097  Palavras | 13  Páginas

  • Análise dos personagens do filme dragão vermelho

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- CRIMINOLOGIA ------------------------------------------------- ----------------------------------- ASSUNTO : ANÁLISE DO PERFIL PSICOLÓGICO DOS PERSONAGENS HANNIBAL LECTER E FRANCIS DOLARHYDE DO FILME DRAGÃO VERMELHO ------------------------------------------------- ------------------------------------------------- ------------------------------------------------- ------------------------------------------------- ...

    1482  Palavras | 6  Páginas

  • Direito

    Como funcionam os serial killers O Assassino do Zodíaco. John Wayne Gacy. O Assassino BTK. Ted Bundy. Filho de Sam. Jeffrey Dahmer. Os nomes e pseudônimos destes assassinos estão gravados no consciente coletivo dos americanos, graças à cobertura em massa dos jornais, livros, filmes e documentários de TV. Muitos dos que foram capturados pareciam cidadãos medianos - atraentes, bem sucedidos, membros ativos da comunidade - até que seus crimes foram descobertos. Este tipo de assassino não "enlouquece"...

    3672  Palavras | 15  Páginas

  • apostila juridica psicologia forense

    PRUDENTE O PERFIL CRIMINAL DOS SERIAL KILLERS Camila Tersariol Vellasques Presidente Prudente/SP 2008 FACULDADES INTEGRADAS “ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO” FACULDADE DE DIREITO DE PRESIDENTE PRUDENTE O PERFIL CRIMINAL DOS SERIAL KILLERS Camila Tersariol Vellasques Monografia apresentada como requisito parcial de Conclusão de Curso para obtenção do grau de Bacharel em Direito, sob orientação do Prof. José Hamilton do Amaral. Presidente Prudente/SP 2008 O Perfil Criminal dos...

    17638  Palavras | 71  Páginas

  • Assasinos Em Serie

      ALINE MENDES FAVARIM PSICOPATIA E ASSASSINOS EM SÉRIE: O PERFIL DO CRIMINOSO E SUA RELAÇÃO COM A VÍTIMA Dissertação apresentada à banca examinadora do Programa de PósGraduação em Ciências Criminais da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, como requisito parcial à obtenção do grau de Mestre em Ciências Criminais. Orientador: Prof. Dr. Gabriel José Chittó Gauer Porto Alegre 2015   Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)            ...

    7918  Palavras | 32  Páginas

  • Psicopatia

    O que e psicopatia Ao pensarmos em psicopatia, temos a ideia de que os indivíduos que possuem o perfil de psicopata apresentam comportamentos, traços e atitudes característicos e que seria muito fácil reconhece-los na pratica. Entretanto, os psicopatas enganam e representam situações de forma muito bem articulada, passando despercebidos aos olhos da sociedade. “A psicopatia e utilizada para especificar um constructo clinico ou uma forma especifica de transtorno de personalidade anti-social que...

    1608  Palavras | 7  Páginas

  • direito penal

    QUADROS QUADRO 1 - Confronto entre os princípios da Escola Clássica e os Princípios da Escola Positiva ..........................................................................................................25 QUADRO 2 - Comparação entre os serial killers organizados e desorganizados ....47 FOTOS FOTO 1 - Foto de Jeffrey Dahmer .............................................................................72 FOTO 2 - Foto das vítimas de Jeffrey Dahmer ............................................

    17478  Palavras | 70  Páginas

  • considerações a cerca do fenômeno dos assassinos em série.

    Luciana Alexandra Silva Marques A INIMPUTABILIDADE DO SERIAL KILLER Juiz de Fora 2012 Luciana Alexandra Silva Marques A INIMPUTABILIDADE DO SERIAL KILLER Monografia apresentada à banca examinadora do curso de Direito das Faculdades Integradas Vianna Júnior como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Direito. Orientadora: Professora Cíntia Toledo Chaves Juiz de Fora 2012 ...

    10634  Palavras | 43  Páginas

  • Estudos de caso psicopatia

    IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS FERNANDO VALENTIM ALVAREZ PRESIDENTE PRUDENTE/SP 2004 FACULDADES INTEGRADAS “ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO” FACULDADE DE DIREITO DE PRESIDENTE PRUDENTE A IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS. FERNANDO VALENTIM ALVAREZ Monografia apresentada como requisito parcial de Conclusão de Curso para obtenção do grau de Bacharel em Direito, sob orientação do Prof. Evandro Herrera Bertone Gussi PRESIDENTE PRUDENTE/SP 2004 A IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS Trabalho...

    16747  Palavras | 67  Páginas

  • Monografia

    IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS FERNANDO VALENTIM ALVAREZ PRESIDENTE PRUDENTE/SP 2004 FACULDADES INTEGRADAS “ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO” FACULDADE DE DIREITO DE PRESIDENTE PRUDENTE A IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS. FERNANDO VALENTIM ALVAREZ Monografia apresentada como requisito parcial de Conclusão de Curso para obtenção do grau de Bacharel em Direito, sob orientação do Prof. Evandro Herrera Bertone Gussi PRESIDENTE PRUDENTE/SP 2004 A IMPUTABILIDADE DOS SERIAL KILLERS Trabalho...

    17836  Palavras | 72  Páginas

  • slide Psicologia juridica

    ameaças SERIAL KILLER OU ASSASSINO EM SÉRIE.  Um assassino em série (também conhecido pelo nome em inglês, serial killer) é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa frequência, geralmente seguindo um modus operandi e às vezes deixando sua "assinatura", como por exemplo coleta da pele das vítimas - no caso de Ed Gein.  Curiosamente, os Estados Unidos, com menos de 5% da população mundial, produziu 84% de todos os casos conhecidos de serial killers desde 1980...

    702  Palavras | 3  Páginas

  • RESUMAO DE PSICOLOGIA JURIDICA

    patologia são responsáveis pela maioria dos crimes violentos, cometem vários tipos de crimes com maior frequência do que os não-psicopatas, e ainda tem os maiores índices de reincidência. • Características dos psicopatas: os indivíduos que possuem este perfil, ao contrário do que muitos pensam, são extremamente difíceis de serem reconhecidos. Eles enganam e representam situações de forma muito bem articulada, passando despercebidos aos olhos da sociedade. Os indivíduos que desenvolvem este comportamento...

    1926  Palavras | 8  Páginas

  • SEVEN OS SETE CRIMES CAPITAIS

    seu filme “SEVEN, os sete crimes capitais", exibido no ano de 1995. Como entrar na mente de um serial killer? Entender a motivação de seu desejo, a estruturação de sua subjetividade, a moção pulsional que o impele a ser e sentir o mundo de forma tão peculiar? Estes questionamentos nos impelem a seguir investigando. O filme SEVEN "os sete crimes capitais" apresenta o lado obscuro da mente de um serial killer, que pensa e age de uma forma muito particular. Seu modus operandi se baseia nos sete pecados...

    1682  Palavras | 7  Páginas

  • teste

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE DIREITO KARINA PINHEIRO DA SILVA PERFIS CRIMINAIS DOS ASSASSINOS EM SÉRIE Porto Alegre 2013 KARINA PINHEIRO DA SILVA PERFIS CRIMINAIS DOS ASSASSINOS EM SÉRIE Projeto de pesquisa apresentado como requisito para aprovação na disciplina de Trabalho de Conclusão I na Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul....

    3666  Palavras | 15  Páginas

  • Maníaco do parque

    PROFESSORA: SOCORRO SALES PERFIL PSICOLÓGICO: FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA ANTONIELLA OLIVEIRA ILARA REIS FERNANDA MELO LORENA SOARES MÁRCIO FERNANDO PABLO GUIMARÃES TERESINA 2011 Pseudônimo: Maníaco do Parque ou Motoboy História pessoal / Antecedentes familiares e de infância Francisco de Assis Pereira, o Maníaco do Parque, ou “motoboy”, é um serial killer brasileiro que estuprou, torturou e matou pelo menos...

    1380  Palavras | 6  Páginas

  • Transtornos de Personalidade

    Bibliografia: DSM IV. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. São Paulo, Artes Médicas, 1996. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE . Classificação Internacional de doenças. v. 10. Porto Alegre: Artes Médicas,1993. (CID 10). O’CONNOR, Tom. Serial Killer Typology. Filipe Bellincanta de Souza ¹ Gustavo Michel ² ¹ Estudante de Direito, 2º período, Universidade do Vale do Itajaí, Campus Balneário Camboriú, SC. Estagiário de Administração Governamental da Prefeitura de Balneário Camboriú, SC...

    4146  Palavras | 17  Páginas

  • Assassinos em série

    Assassinos em série: uma análise legal e psicológica Serial killers: a legal and a psychological analysis Taís Nader Marta* Henata Mariana de O. Mazzoni** Resumo A pessoa nasce ou se torna criminosa?  Nasce, ou se torna um serial killer, em razão do meio em que vive e de seus traumas de infância? Isso é um mistério na psiquiatria e os estudiosos, em geral, ainda não conseguiram resolver, ou entrar num consenso. Entretanto, não pode ser aceita a simplista explicação de que o indivíduo nasceu...

    2074  Palavras | 9  Páginas

  • Psicopatia

    Conceitos e Definições Psicopatia 1 Psicopatia • É um construto psicológico que descreve um padrão de comportamento anti-social crónico. A expressão é muitas vezes utilizada sem distinção com o termo sociopatia. • A psicopatia tem sido a perturbação de personalidade mas atualmente o termo pode legitimamente ser utilizado no sentido jurídico, “transtorno de personalidade psicopática” no âmbito da saúde mental.. Pode também sevir como um descritor de transtorno de personalidade anti-social ...

    2538  Palavras | 11  Páginas

  • Maniacao luziania

    fugiu do controle social. Um indivíduo com desvio comportamental comprovado clinicamente, através de laudos psicológicos; que já havia sido condenado por pedofilia. O serial killer apenas cumpriu quatro anos da sua sentença, sendo liberado por bom comportamento. Uma semana após o recebimento da liberdade, deu início a sua série de crimes. As vítimas deste serial killer tinham o mesmo perfil, a mesma faixa etária, foram escolhidas ao acaso e mortas sem razão aparente. Com o mesmo modus operandi...

    1677  Palavras | 7  Páginas

  • Serial killer - luis alfredo garavito

    autoridades colombianas deixaram que Gavarito transitasse impunemente por todo o pai´s. Em 1997, foram encontrados 36 corpos de crianças putrefatos nas cercanias da cidade de Pereiras. Diante de tal fato, não se podia negar a existência de um serial killer de crianças na Colômbia. Neste ano iniciou-se uma investigação policial sobre o caso. As suspeitas logo recaíram sobre a possibilidade de uma seita satânica que realizava sacrifícios de crianças. Outras linhas também foram cogitadas, tais como...

    2405  Palavras | 10  Páginas

  • psicopatia

    ...................................................... .09 CAPÍTULO 1 - HISTÓRICO DO SERIALKILLER.................................................... 11 1.1 - Serial Killer Psicopata no Brasil........................................................................ 12 CAPÍTULO 2 - CARACTERÍSTICAS DOS PSICOPATAS SERIAL KILLERS........ 14 2.1 – Doenças Mentais pelo CID-10 E DSM-IV......................................................... 18 2.2 – Transtornos da Personalidade...............

    8105  Palavras | 33  Páginas

  • Inimputabilidade psicótica

    determinado perfil criminal, indicando os suspeitos de um crime. Foi considerando este brilhante assunto desenvolvido por peritos, médicos, juristas e psiquiatras que este trabalho foi desenvolvido, em uma síntese sobre Serial Killers, como agem, quais os perfis, quem são suas vitimas, como podemos encontrá-los em uma investigação policial, etc. Assim, serão expostas as praticas forenses dentro da Psiquiatria Forense, onde serão tratados vários casos sobre a mente de um “Serial Killer” e qual...

    13779  Palavras | 56  Páginas

  • esquizofrenia

    confusão no pensamento, são sinais que alteram o comportamento, porém o próprio esquizofrênico não percebe tais mudanças estranhas. O documentário sobre Andrey Chikatillo aborda o tipo criminoso denominado Serial Killer, é a tradução do inglês de assassinos em série, é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que com frequência comete crimes e na maior parte das vezes segue uma determinada linha de operação, um costume, o que faz parte da característica de cada um deles, uma espécie de assinatura...

    2403  Palavras | 10  Páginas

  • TRABALHO TCC EDITADO

    Um assassino em série (também conhecido pelo nome em inglês, serial killer) é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa frequência, geralmente seguindo um modus operandi e às vezes deixando sua "assinatura", como por exemplo coleta da pele das vítimas - no caso de Ed Gein. Curiosamente, os Estados Unidos, com menos de 5% da população mundial, produziu 84% de todos os casos conhecidos de serial killers desde 1980. Muitos dos que foram capturados aparentavam ser cidadãos respeitáveis...

    10032  Palavras | 41  Páginas

  • Francisco

     FRANCISCO DAS CHAGAS RODRIGUES DE BRITO Classification: Serial killer Characteristics: Rape - Sexual mutilation Number of victims: 30 - 42 Date of murders: 1989 - 2003 Date of arrest: December 2003 Date of birth: 1965 Victims profile: Boys aged between 4 to 15 years Method of murder: Strangulation - Stabbing with knife Location: Maranhao/Para, Brasil Status: Sentenced to 20 years in prison in one count in October 2006. Sentenced to 217 years in prison Chagas já admite a emasculação...

    8463  Palavras | 34  Páginas

  • Resumo filme - seven, os sete pecados capitais

    roteiro. Como entrar na mente de um serial killer? Entender a motivação de seu desejo, a estruturação de sua subjetividade, a moção pulsional que o impele a ser e sentir o mundo de forma tão peculiar? Estes questionamentos nos impelem a seguir investigando. Palavras-chave: Serial killer; Psicopatia; Transtorno de personalidade anti-social; Psicanálise; Cinema. INTRODUÇÃO O filme SEVEN "os sete crimes capitais" apresenta o lado obscuro da mente de um serial killer, que pensa e age de uma forma muito...

    3616  Palavras | 15  Páginas

tracking img