• Serial killer
    assassinato, quer deixar sua marca. Este é o perfil de um serial killer, segundo os especialistas. É um criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa frequência, geralmente seguindo um modus operandi. Muitos dos que foram capturados aparentavam ser cidadãos respeitáveis - atraentes...
    2604 Palavras 11 Páginas
  • Referencial Teórico - Serial Killer, o perfil
    , e a maioria de seus comportamentos satisfaz um desejo, uma necessidade.” Aceitando isto, o investigador pode deduzir os desejos ou necessidade de um psicopata, isso em caso de serial killers. A dificuldade para se traçar um perfil padrão é que cada criminoso comete seu crime por motivos...
    2684 Palavras 11 Páginas
  • Serial killers e sua possível reabilitação
    Serial Killers e sua possível reabilitação Taísa de Souza Pupo Nogueira * RESUMO Esse estudo tem por finalidade estabelecer os traços dos Assassinos em Serie, comumente chamados de Serial Killer, e colocar em pauta a possibilidade de ressocialização desses criminosos. Através do estudo...
    2581 Palavras 11 Páginas
  • Mentes perigosas
    planejam seus crimes e suas vítimas morrem de forma violenta e rápida, com fraturas desnecessárias. Perfil de um Serial Killer Existe uma classificação para o comportamento de serial killers. É dito que um serial killer pode ser: Visionário: É completamente psicóticos, frequentemente esquizofrênico...
    1101 Palavras 5 Páginas
  • Motivos que levam uma pessoa se tornar um serial killer
    MOTIVOS QUE LEVAM UMA PESSOA A SE TORNAR UM “SERIAL KILLER” O que leva uma pessoa a praticar atos tão extremos como assassinatos em série? A questão é biológica, social ou psicológica? Traumas infantis podem ter conseqüências tão horrendas? Quanto precisam pai e mãe errar para criar um monstro...
    1638 Palavras 7 Páginas
  • Serial killer: análise criminológica do sujeito ativo do crime
    dos casos de serial killers estudados, a psicopatia esta presente como fator principal responsável pelos atos peversos e repugnantes nesse tipo de crimonoso. Assim como a anomalia psicológica também é encontrado no perfil do serial killer ao se readentrar na intimidade do agir humano a diversidade...
    2219 Palavras 9 Páginas
  • Direito
    e descobrir que como dissemos, parte do meu cérebro está preta, seca, morta" Traçando o perfil de um serial killer Determinar a assinatura e o MO são aspectos usados para se traçar o perfil. A unidade de Ciências Comportamentais do FBI desenvolveu o processo de traçar perfis nos anos 70, e Ted...
    3672 Palavras 15 Páginas
  • Análise dos personagens do filme dragão vermelho
    um serial killer. ANÁLISE DO PERFIL PSICOLÓGICO DO PERSONAGEM FRANCIS DOLARHYDE : Francis Dolarhyde, vulgo “Fada dos Dentes” é o serial killer de “Dragão Vermelho. O assassino chamava-se a si próprio de “Dragão Vermelho” por causa da ilustração do pintor e visionário inglês, William Blake: “O...
    1482 Palavras 6 Páginas
  • considerações a cerca do fenômeno dos assassinos em série.
    - Imputabilidade como elemento da culpabilidade. A) Imputabilidade. B) Semi-imputabilidade. C) Inimputabilidade. 2.2- Critérios para aferir a imputabilidade. A) Critério biológico. B) Critério psicológico. C) Critério biopsicológico. 3) Serial killer e a imputabilidade...
    10634 Palavras 43 Páginas
  • Segurança Patrimonial
    – Segurança Privada Psicologia Social SÃO PAULO 2013 SERIAL KILLER – ASSASSINO EM SÉRIE Um assassino em série também conhecido pelo nome em inglês serial killer, é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa...
    414 Palavras 2 Páginas
  • teste
    criminal é importante tanto para auxiliar na investigação e oportunizar a captura do assassino, como também pode ser usado para comparação com outros suspeitos dos crimes. Quais os perfis criminais existentes para os serial killers? 4.1 HIPÓTESES - O homicida serial mata por necessidade, para sua...
    3666 Palavras 15 Páginas
  • Maniacao luziania
    controle social. Um indivíduo com desvio comportamental comprovado clinicamente, através de laudos psicológicos; que já havia sido condenado por pedofilia. O serial killer apenas cumpriu quatro anos da sua sentença, sendo liberado por bom comportamento. Uma semana após o recebimento da liberdade...
    1677 Palavras 7 Páginas
  • Filipe
    Responde melhor à entrevista direta O termo Serial Killer, assassino em série, começou a ser usado na década de 1970, pelo agente do FBI e analista de perfil psicológico dos EUA Robert K. Ressler. Ele desenvolveu esta nomenclatura em substituição ao termo Stranger Killer, assassino desconhecido...
    4252 Palavras 18 Páginas
  • Maníaco do parque
    CEUT – CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA LTDA DISCIPLINA: PSICOLOGIA FORENSE PROFESSORA: SOCORRO SALES PERFIL PSICOLÓGICO: FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA ANTONIELLA OLIVEIRA ILARA REIS FERNANDA MELO LORENA SOARES MÁRCIO FERNANDO...
    1380 Palavras 6 Páginas
  • SEVEN OS SETE CRIMES CAPITAIS
    ser usado na década de 1970, pelo agente do FBI e analista de perfil psicológico dos EUA Robert K. Ressler. Ele desenvolveu esta nomenclatura em substituição ao termo Stranger Killer — assassino desconhecido — e afirmou que 90 de 100 assassinos em série cometem seus crimes motivados por um impulso de...
    1682 Palavras 7 Páginas
  • Psicopatia
    supostamente o oprimiu, ameaçou ou rejeitou. Serial killer:- são indivíduos que cometem uma série de homicídios com um intervalo entre eles, durante meses ou anos, até que seja preso ou morto. As vítimas têm o mesmo perfil (prostitutas, mochileiros, crianças, idosos) e mesma faixa etária, sexo, raça etc...
    2538 Palavras 11 Páginas
  • Monografia
    fazedores de perfis dos homicidas seriais, pessoas treinadas para darlhes os contornos psicológicos e psiquiátricos que levariam mais facilmente às identificações de autoria e conseqüentes prisões. Criou-se, igualmente, como departamento do FBI, o NCAVC – National Center for the Analysis of Violent...
    17836 Palavras 72 Páginas
  • Estudos de caso psicopatia
    informático criado para avaliar e relacionar tais crimes. Igualmente especializou alguns de seus agentes, instituindo os profilers, ou seja, os fazedores de perfis dos homicidas seriais, pessoas treinadas para darlhes os contornos psicológicos e psiquiátricos que levariam mais facilmente às...
    16747 Palavras 67 Páginas
  • esquizofrenia
    , podendo ser meses ou anos, até o momento em que é descoberto e detido. As vítimas possuem um perfil semelhante, geralmente são prostitutas, crianças, idosos e possuem a mesma idade, gênero e outros. São mortas como forma de fantasia deste assassino sem demonstrar uma razão. Existem os seriais killers...
    2403 Palavras 10 Páginas
  • Inimputabilidade psicótica
    bastante a polícia a encontrar e identificar o serial killer. Perfis psicológicos só são apropriados nos casos de criminosos desconhecidos que demonstram sinais de psicopatologias, ou em crimes particularmente violentos. Os serial killers, estupradores, molestadores de crianças, seqüestradores...
    13779 Palavras 56 Páginas