Paulo Bonavides Ciencia Política Capitulo 5 Resumo artigos e trabalhos de pesquisa

  • Ciência Política - Paulo Bonavides - resumo Cap I

    BONAVIDES, Paulo. Ciência Política - Resumo Capítulo I 1. Conceito de Ciência — 2. Naturalistas versus idealistas (espiritualistas, historicistas e culturalistas) — 3. A Ciência Política e as dificuldades terminológicas — 4. Prisma filosófico — 5. Prisma sociológico — 6. Prisma jurídico — 7. Tendências contemporâneas para o tridimensionalismo. Depois de muito se discutir, desde Aristóteles a...

    545  Palavras | 3  Páginas

  • ciência politica

    expressão Ciência POlítica através da análise de seus componentes -"ciência" e "política" - e seus significados individuais Conteúdos Ciência Segundo Kant, em seus Elementos Metafísicos das Ciências da Natureza, ciência é toda a série de conhecimentos sistematizados/coordenados mediante princípios. Segundo o dicionário Houaiss - Conjunto de conhecimentos sistematizados relativos a um determinado objeto de estudo Metodologia de ensino Aula expositiva dialogada Leitura obrigatória Paulo Bonavides...

    1323  Palavras | 6  Páginas

  • ciencia politica

    expressão Ciência POlítica através da análise de seus componentes -"ciência" e "política" - e seus significados individuais Conteúdos Ciência Segundo Kant, em seus Elementos Metafísicos das Ciências da Natureza, ciência é toda a série de conhecimentos sistematizados/coordenados mediante princípios. Segundo o dicionário Houaiss - Conjunto de conhecimentos sistematizados relativos a um determinado objeto de estudo Metodologia de ensino Aula expositiva dialogada Leitura obrigatória Paulo Bonavides...

    1323  Palavras | 6  Páginas

  • ciencia politica

    expressão Ciência POlítica através da análise de seus componentes -"ciência" e "política" - e seus significados individuais Conteúdos Ciência Segundo Kant, em seus Elementos Metafísicos das Ciências da Natureza, ciência é toda a série de conhecimentos sistematizados/coordenados mediante princípios. Segundo o dicionário Houaiss - Conjunto de conhecimentos sistematizados relativos a um determinado objeto de estudo Metodologia de ensino Aula expositiva dialogada Leitura obrigatória Paulo Bonavides...

    1323  Palavras | 6  Páginas

  • FICHAMENTO CIÊNCIA POLÍTICA - A NAÇÃO

    FICHAMENTO: CIÊNCIA POLÍTICA PAULO BONAVIDES A NAÇÃO - CAP. 5 Autor(es): PAULO BONAVIDES Tradutor: - Título e subtítulo da obra: CIÊNCIA POLÍTICA Título e subtítulo do capítulo: A NAÇÃO Autor (es) do capítulo: PAULO BONAVIDES Edição: 14ª Local de publicação: SÃO PAULO Editora: MALHEIROS EDITORES Data da publicação: 2007 Coleção: - Páginas: 84 - 93 Intervalo de páginas do capítulo: - Volume: ÚNICO Desde muito, a obra se tornou uma espécie de vade...

    1388  Palavras | 6  Páginas

  • Ciências politicas

    Resumo de Ciência Política c/ Teoria Geral do Estado Prof.: Flávio Roberto dos Santos   CIÊNCIA POLÍTICA C/ TEORIA GERAL DO ESTADO     1º PERÍODO - Noturno   I – CIÊNCIA POLÍTICA * Aristóteles: tinha por objeto os princípios e as causas. * Santo Tomás de Aquino: assimilação da mente dirigida ao conhecimento da coisa. * Wolff e Bacon: o hábito de demonstrar assertos, isto é, de inferi-los, por conseqüência legítima, de princípios certos e imutáveis. * Kant: toda série de conhecimento sistematizados...

    3609  Palavras | 15  Páginas

  • RESUMO AS UNIOES DE ESTADO

     DISCIPLINA: CIÊNCIA POLÍTICA PROFESSOR: ALLAN RAULINO CURSO: DIREITO PERIODO: 1ºB PARTICIPANTES DA EQUIPE: FRANCISCO ERIOSVALDO DE OLIVEIRA DINIZ KLEBER COSTA DE OLIVEIRA MAURÍCIO JOSÉ DA SILVA FERREIRA VANESSA KARLA DA SILVA VICENTE DE PAULA FERNANDES Resumo do capítulo As Uniões de Estado PARTE I 1. As Uniões de Estados Uniões de Estados são objeto de Classificações diversas, que entremostram sobretudo as incertezas e dificuldades presentes aos diversos critérios seguidos. Quando dois...

    1497  Palavras | 6  Páginas

  • Fundamentos da Ciência Política

    FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA POLÍTICA SUMÁRIO Sumário, Erro! Indicador não definido. Sobre o Autor, 4 Apresentação, 5 Capítulo 1 – Política: noções preliminares, 8 1.1. Antes da “definição”, a preferência por uma “noção”, 9 1.2. Uma trajetória de significados, 11 1.3. Os múltiplos sentidos para “política”, 13 1.4. Uma síntese sobre a noção de política, 17 Capítulo 2 – Um tema inevitável: o poder, 20 2.1. A idéia de poder, 21 2.2. Poder como fenômeno social, 22 2.3. O poder que interessa...

    51464  Palavras | 206  Páginas

  • ciencias politicas

    DIREITO - Disciplina – Ciência Política - 1º Bimestre CIÊNCIA POLÍTICA Bibliografia Básica: DE CICCO, Cláudio. Teoria Geral do Estado e Ciência Política. Cláudio De Cicco, Álvaro de Azevedo Gonzaga. – 3º edição. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2011. BONAVIDES, Paulo. Ciência Política. 17º edição. São Paulo: editora Malheiros, 2010. DIAS, Reinaldo. Ciência Política. São Paulo: Atlas, 2008. Vade Mecum Humanístico/ Coordenação, Álvaro de Azevedo Gonzaga, Nathaly Campitelli...

    3058  Palavras | 13  Páginas

  • O que é trabalho "resumo do livro "

    Resumo de livro i do contrato social de rousseau No livro I Do contrato social, Rousseau submete-se a examinar as principais questões da vida políticas. Sua principal questão encontra-se no primeiro capítulo deste livro “O homem nasce livre, e por toda parte encontra-se acorrentado”. Neste sentido, Rousseau inicia questionando o que leva o Resumo do livro história da riqueza do homem de leo huberman Resumo do Livro História da Riqueza do Homem - Explica a história pelo estudo da teoria econômica...

    950  Palavras | 4  Páginas

  • Politicas publicas

    CAVALCANTE DIGNIDADE HUMANA E RESERVA DO POSSÍVEL: análise do controle de políticas públicas pelo Poder Judiciário. Monografia apresentada como exigência parcial para a obtenção do grau de especialista em Direito Constitucional, sob a orientação de conteúdo Juraci Mourão Lopes Filho. Fortaleza-Ceará. 2009 MARTHA LISIANE AGUIAR apresentada à banca examinadora...

    14781  Palavras | 60  Páginas

  • Dissertacao A Influencia Do Neoliberalismo Na Constituicao Federal De 1988 Com Enfoque Nas Emendas Ao Capitulo Da Ordem Economica

    DE 1988, COM ENFOQUE NAS EMENDAS AO CAPÍTULO DA “ORDEM ECONÔMICA” São Paulo 2010 2 VANESSA FABIULA PANCIONI NOGUEIRA A INFLUÊNCIA DO NEOLIBERALISMO NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988, COM ENFOQUE NAS EMENDAS AO CAPÍTULO DA „ORDEM ECONÔMICA‟ Dissertação apresentada ao Programa de Mestrado em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie, como requisito para obtenção do título de Mestre em Direito. Orientador: Prof. Siqueira Neto São Paulo 2010 Dr. José Francisco 3 VANESSA...

    53357  Palavras | 214  Páginas

  • Ciência Política - Paulo Bonavides

    Livro: Ciência PolíticaPaulo Bonavides Capítulo 2 A ciência política e as demais ciências sociais 1 – A ciência política e o direito constitucional O direito constitucional é o ramo da ciência jurídica que mais pesa na política. Quanto menos desenvolvida é a sociedade, mais instáveis são suas instituições políticas e menos eficaz é o direito constitucional. Num país subdesenvolvido, o Direito Constitucional pode ser tomado como um conjunto formal de regras das quais a vida se ausentou. É...

    8616  Palavras | 35  Páginas

  • Resumo

    PAULISTA DE DIREITO - EPD Especialização em Direito Público São Paulo 2009 ABDALLAH KHALED NETO PRINCÍPIOS DA DIGNIDADE HUMANA Monografia apresentada ao Curso de Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Direito Público, como parte dos requisitos para a obtenção do Título de Especialista em Direito Público, pela Escola Paulista de Direito – EPD. Orientadora: Profª Vera Lúcia Gebrin São Paulo 2009 RESUMO Este estudo busca analisar o princípio da dignidade da pessoa humana...

    16214  Palavras | 65  Páginas

  • Resumo sobre o estado federal - cap. 10 (paulo bonavides)

    ligados numa unidade estatal” Jellinek apud Bonavides (p. 179) 2. O Estado federal como Federação A lei constitucional é o que nos fornece o discernimento de que tal união de estados é que formam o Estado federal. Antigamente não foi conhecido como nos Estados modernos a o fenômeno da Federação. Os antigos não usaram esse modelo federativo propriamente dito, visto que esse sistema representativo e de separação de poderes nos foi inserido pela ciência política moderna. 3.1 A distinção entre...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • introdução a ciencia politica

    CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA DO ESTADO Desde os gregos, os fatos relativos ao governo da sociedade humana vêm sendo objeto de estudos, em que se destacaram filósofos e pensadores que exerceram influência profunda e duradoura na cultura ocidental. (Bonavides, 2007). O mundo tem passado por profundas transformações, o papel do Estado foi e continua sendo questionado, alteram-se com maior ou menor amplitude suas formas de organização e atuação. Mas permanece o reconhecimento da enorme influência...

    3017  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo de ciencia politica

    CIÊNCIA POLÍTICA C/ TEORIA GERAL DO ESTADO 1º PERÍODO - Noturno I – CIÊNCIA POLÍTICA Ciência Política – Conceitos Histórico: A política, como área do pensamento, é de remota tradição, se com o termo englobarmos os filósofos da política, os pensadores políticos, outros estudiosos da área das Ciências Sociais que iniciaram um estudo sistemático do fenômeno político, a exemplo de Aristóteles, Platão, Santo Agostinho, Maquiavel, Hobbes e tantos outros. Todavia, com a específica...

    3907  Palavras | 16  Páginas

  • Ciencia Politica

    FACAM – FACULDADE DO MARANHÃO SOMAR SOCIEDADE MARANHENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA CNPJ 04.855.275/0001-68 GRADUAÇÃO – PÓS-GRADUAÇÃO – ENSINO À DISTÂNCIA CIÊNCIA POLÍTICA São Luís 2014 SOMAR – Sociedade Maranhense de Ensino Superior Ltda. FACAM – Faculdade do Maranhão Carlos César Branco Bandeira Diretor Geral Thatiana Soares Rodrigues Bandeira Diretora Executiva Henilda Ferro Castro Diretora Acadêmica Heraldo...

    31846  Palavras | 128  Páginas

  • RESENHA BONAVIDES CAP 1

    REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA BONAVIDES, Paulo. Ciência Política. São Paulo, SP: Malheiros Editores, 10º Edição, 1994. p. 25-47. SOBRE O AUTOR Paulo Bonavides nasceu em 10 de maio de 1925, em Patos, na Paraíba. Iniciou seus estudos em Direito em 1943, na Faculdade Nacional de Direito, onde tornou-se bacharel em 1948. Durante a graduação cursou disciplinas na Harvard HYPERLINK "http://en.wikipedia.org/wiki/Harvard_University"University, entre 1944 e 1945. Começou sua carreira docente em 1950, como...

    715  Palavras | 3  Páginas

  • Definição de ciência política e teoria geral do estado

    DEFINIÇÕES DE CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO (MATERIAL DE APOIO) Prof. Me. Túlio Cruz Nogueira “Uma concepção tão acanhada da lógica fecha para nós qualquer possibilidade de aprender a arte jurídica de outrora.” (Michel Villey, p. 429) 1. Ciência e Filosofia Referência bibliográfica: Fundamentos da Metodologia Científica de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos. Editora Atlas. Conceito de Ciência: Conhecimento das relações entre coisas, fatos ou fenômenos...

    1230  Palavras | 5  Páginas

  • Fichamento cap. 5 paulo bernardes

    CAPÍTULO 5 TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS 1. TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS 1.1. O que são direitos fundamentais? 1.1.1. Introdução Parece inegável a relação que pode ser estabelecida entre o avanço do constitucionalismo e a afirmação dos direitos fundamentais. A afirmação da superioridade da Constituição, como norma superior e matriz das demais normas só faz sentido, se direcionada a assegurar a maior proteção possível de iguais direitos fundamentais a todos os...

    20134  Palavras | 81  Páginas

  • Resumos de obrra de Noberto Bobbio Karl Marx Paulo Bonavides

    PAPER Paulo Bonavides; Norberto Bobbio; Max Weber; Karen Mingst; RESUMO Nesse trabalho será apresentado as ideias de alguns autores, onde foi usado como metodologia a leitura de textos dos mesmo. Como poderemos ver ao decorrer do trabalho, Paulo Bonavides fala diretamente sobre poder, estado e força. O autor tenta explicar oque é cada uma das características já ditas, e quais são suas funções. O texto de Norberto Bobbio fala sobre o Direito, tentando mostrar e explicar oque é o Direito, quais são...

    1553  Palavras | 7  Páginas

  • PAULO BONAVIDES

    ORELHA: PAULO BONAVIDES é Doutor honoris causa pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa; Professor Emérito da faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará; Professor Visitante nas Universidades de Colonia (1982), Tennessee (1984) e Coimbra (1989); Lente no Seminário Românico da Universidade de Heidelberg (19521953); Membro Correspondente da Academia de Ciência da Renânia do Norte-Westfália (Alemanha); Membro Correspondente do “Instituto de Derecho Constitucional y Político”...

    106713  Palavras | 427  Páginas

  • Projeto de Reforma Politica

    PROJETO DE REFORMA POLÍTICA NO BRASIL Palavras-chave: Proposta. Política. Reforma. Voto. Eleições. 1. Resumo O presente artigo tem como objetivo formular um projeto de reforma política que visa melhorar o sistema eleitoral e político brasileiro, analisando quais as possíveis mudanças que poderiam acontecer no país com a adoção do Sistema de Voto Distrital, juntamente com o Voto Facultativo e o Financiamento Público de Campanha. O maior problema encontrado é a falta de conhecimento...

    6494  Palavras | 26  Páginas

  • fixamento Paulo bonavides A SOCIEDADE E O ESTADO

    a vida política: a razão, como guia da convivência humana, com apoio na vontade livre e criadora dos indivíduos. Mas raro foram os filósofos do direito natural que se serviram do estado de natureza para emprestar-lhe cunho de historicidade, como se ele realmente acontecera, como se fora fase atravessada pela sociedade humana em algum período imemorial. 4. Sociedade e comunidade Tomando a Sociedade como dado sociológico, eminentes estudiosos da Ciência Social têm...

    7296  Palavras | 30  Páginas

  • APS PARTICIPAÇÃO POLÍTICA

    FACULDADE MATO GROSSO DO SUL CAMILA RODRIGUES DE SOUZA SILVA FABIANO PONTES FRONIO GIOVANA MARTINS DE SOUZA DA CRUZ PARTICIPAÇÃO POLÍTICA CAMPO GRANDE 2015 CAMILA RODRIGUES DE SOUZA SILVA FABIANO PONTES FRONIO GIOVANA MARTINS DE SOUZA DA CRUZ PARTICIPAÇÃO POLÍTICA Trabalho acadêmico apresentado ao Curso de Direito da Faculdade Mato Grosso do Sul, como requisito parcial para a conclusão da disciplina de Atividades Práticas Supervisionadas, sob...

    2130  Palavras | 9  Páginas

  • Fichamento Do Livro Ciência Política

    Fichamento de Citação BONAVIDES; Paulo. Ciência Política São Paulo: Malheiros, 2011. Capítulos: 1, 3, 4, 5, 6, 8, 9 e 10. Emília Rafaela Costa Lima Capitulo 1- Conceito de Ciência “E quase se pode dizer que a separação conceitual pertence à idade moderna. Só se vai tornar consciente na medida em que aumenta o hiato entre as posições metafísica e naturalista, por conseqüência da crise...

    3300  Palavras | 14  Páginas

  • Introdução a ciência política1

    INTRODUÇÃO A CIÊNCIA POLÍTICA1 Prof. MSc. Joniel Abreu2 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CIENCIA POLÍTICA 1 – A FINALIDADE DA CIÊNCIA POLITICA ENQUANTO CAMPO DE CONHECIMENTO Por sobre esse promissor florescimento, um privilégio problemático; todos os não cientistas perguntam: “para que serve a Ciência Política?” A resposta poderia ser lacônica: “É uma ciência”. E que cada um tirasse as conclusões que seu bom-senso e inteligência encontrassem. No entanto, mesmo entre os cientistas políticas, “políticólogos”...

    3332  Palavras | 14  Páginas

  • RELAÇÃO DO DIREITO CONSTITUCIONAL COM OUTRAS DISCIPLINAS OU CIÊNCIAS

     RELAÇÃO DO DIREITO CONSTITUCIONAL COM OUTRAS DISCIPLINAS OU CIÊNCIAS. 1. RELAÇÃO COM O DIREITO ADMINISTRATIVO: Classificado no Direito Público Interno, de quem é um de seus ramos, o Direito Administrativo, como bem se depreende da qualificação que lhe é dada, vem estudar a administração pública no seu caráter formal e jurídico, em oposição à ciência da administração, que a encara no seu elemento técnico e material. Assim, o Direito Administrativo encerra o conjunto de normas, em virtude...

    1597  Palavras | 7  Páginas

  • Ciência Politica

    Código: CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO DIR-103 Docente: RAPHAELA BORGES DAVID Duração em semanas: Carga horária semanal em horas: Carga horária semestral em horas: 18 4 72 Curso: Período DIREITO Semestre/Ano Natureza da Unidade de Ensino ° 1° 1 /2014 OBRIGATÓRIA EMENTA Ciência Política e Teoria Geral do Estado. Evolução Histórica do Pensamento Político. Pensamento Político Contemporâneo. Regimes Políticos. Clássicos da Ciência Política...

    2263  Palavras | 10  Páginas

  • Ciência política

    ITAPECURU – FAI CURSO DE DIREITO – 1º PERÍODO VESPERTINO DISCIPLINA: CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO PROFESSOR: EDIGAR LEITE ACADÊMICO: EZEQUIAS ARAÚJO CUNHA CIÊNCIA E POLÍTICA Paulo Bonavides Caxias(MA) 2011 I. Ciência e Política (Paulo Bonavides) 1. O que se entende por ciência política? Explique. R= É a ciência onde as incertezas mais afligem o pesquisador, por decorrência de razões...

    1411  Palavras | 6  Páginas

  • APS PARTICIPAÇÃO POLÍTICA

    FACULDADE MATO GROSSO DO SUL CAMILA RODRIGUES DE SOUZA SILVA FABIANO PONTES FRONIO GIOVANA MARTINS DE SOUZA DA CRUZ PARTICIPAÇÃO POLÍTICA CAMPO GRANDE 2015 CAMILA RODRIGUES DE SOUZA SILVA FABIANO PONTES FRONIO GIOVANA MARTINS DE SOUZA DA CRUZ PARTICIPAÇÃO POLÍTICA Trabalho acadêmico apresentado ao Curso de Direito da Faculdade Mato Grosso do Sul, como requisito parcial para a conclusão da disciplina de Atividades Práticas Supervisionadas, sob orientação do Prof. Eugênio da Silva Pavão...

    2124  Palavras | 9  Páginas

  • LIVRO PROPRIET RIO Ciencia Politica

    CIÊNCIA POLÍTICA autores MARCELO MACHADO LIMA GUILHERME SANDOVAL GÓES 1ª edição SESES rio de janeiro  2015 Conselho editorial  solange moura; roberto paes; gladis linhares Autores do original  marcelo machado lima e guilherme sandoval góes Projeto editorial  roberto paes Coordenação de produção  gladis linhares Projeto gráfico  paulo vitor bastos Diagramação  bfs media Revisão de conteúdo  solange moura Imagem de capa  peerayot to-im | dreamstime.com Todos os direitos reservados. Nenhuma parte...

    53817  Palavras | 216  Páginas

  • Participação política

    PARTIDOS POLÍTICOS..................................................................... 4 1.2 Importância dos partidos políticos.................................................................... 5 1.3 História do partido político no Brasil................................................................. 5 1.4 Classificação dos partidos políticos................................................................. 6 1.4.1 Quanto à organização interna....................................................

    6694  Palavras | 27  Páginas

  • Ciências politicas

    ACEPÇÕES DO ESTADO. OBJETIVOS Geral: Caracterizar o Estado Moderno. Específicos: Discutir as teorias sobre a origem da sociedade e do Estado; Enunciar os elementos constitutivos da sociedade e do Estado; e Entender a evolução da sociedade política. SUMÁRIO Introdução. Origem da sociedade. Elementos constitutivos da sociedade. Origem e formação do Estado. Evolução histórica do Estado. Acepções do termo Estado. Considerações finais. Bibliografia. INTRODUÇÃO A SOCIEDADE ORIGEM Teorias...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • RESUMO EXPANDIDO

    APLICAÇÃO DA ANÁLISE DO PERFIL COMPORTAMENTAL: O LATROCÍNIO E O ESTUPRO DE VULNERÁVEL À LUZ DA PSICOLOGIA FORENSE E DA CRIMINOLOGIA CRÍTICA Andréa da Costa Roriz RESUMO O presente estudo sobre aplicação da análise do perfil comportamental à luz da psicologia forense e da criminologia crítica tem por finalidade avaliar em quais situações o exame criminológico se presta a atender às finalidades da Lei de Execuções Penais e, assim, atingir a finalidade da pena: a reinserção dos presos. Trata-se de...

    1187  Palavras | 5  Páginas

  • A implementação de políticas públicas pelo Poder Judiciário

    FACULDADE DE DIREITO VANESSA VOGADO XAVIER A EFETIVAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOCIAIS PELO PODER JUDICIÁRIO NO CENÁRIO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO PORTO ALEGRE 2011 VANESSA VOGADO XAVIER A EFETIVAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOCIAIS PELO PODER JUDICIÁRIO NO CENÁRIO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO Trabalho de conclusão de curso apresentado à Faculdade de Direito do Centro Universitário Ritter dos Reis, como requisito parcial à obtenção...

    27978  Palavras | 112  Páginas

  • Representatividade populacional na política brasileira

    REPRESENTATIVIDADE POPULACIONAL NA POLÍTICA BRASILEIRA Brasília - DF 2014 Metodologia da Pesquisa e da Produção Científica Erick Silva REPRESENTATIVIDADE POPULACIONAL NA POLÍTICA BRASILEIRA Brasília - DF 2014 SUMÁRIO Introdução 1 Revisão de Literatura 3 Metodologia 5 Referências Bibliográficas 6 INTRODUÇÃO Tema Representatividade populacional na política brasileira. Problema No atual sistema...

    1140  Palavras | 5  Páginas

  • Bibliografia ciência política

     Bibliografia  PARLAMENTARISMO E PRESIDENCIALISMO MALUF, Said. Teoria Geral do Estado. 25. ed. Sao Paulo: Saraiva, 1.999. 389 p. PRESIDENCIALISMO  Autor : Alexandre de Moraes  Edição : 1 Edição  ABRANCHES, Sérgio Henrique. O presidencialismo de coalizão: o dilema institucional brasileiro. In: DADOS 31(1), p.5-33, 1988. Jean-Jaques Chevallier. As grandes obras Políticas de Maquiavel a nossos dias. Rio de Janeiro, Agir, 1999 MAQUIAVEL, Nicolau. Comentários sobre a primeira...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • ANÁLISE DO OITAVO CAPÍTULO DO LIVRO "CIÊNCIA POLÍTICA", PAULO BONAVIDES - Legalidade e legitimidade

    No oitavo capítulo do livro “Ciência Política” de Paulo Bonavides, é tratado sobre o assunto “Legalidade e legitimidade do poder político”. São abordados nove tópicos que serão apresentados a seguir. No primeiro momento do capítulo, o autor cita o princípio da legalidade e posteriormente o princípio da legitimidade. A legalidade atua no sistema político no que se relaciona no cumprimento das leis. O poder estatal de um governo, atua conforme as normas jurídicas vigentes no...

    1508  Palavras | 7  Páginas

  • ciencia politica - questões gerais

     1) Demonstrar o significado clássico e moderno da política. Também, a relação entre Direito, Política e Estado. Resposta Derivado do adjetivo originado de pólis (politikós), que significa tudo o que se refere à cidade e, conseqüentemente, o que é urbano, civil, público, e até mesmo sociável e social, o termo Política se expandiu graças à influência da grande obra de Aristóteles, intitulada Política, que deve ser considerada como o primeiro tratado sobre a natureza, funções e divisão do Estado...

    3316  Palavras | 14  Páginas

  • Capitulo 3 do livro: Ciência Política

    ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! Capitulo 3 do livro: Ciência Política ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! Universidade Federal do Tocantins (UFT) Palmas - 2013 ! Sumário A Sociedade e o Estado - ! ! 1. Conceito de Sociedade 2. A interpretação organicista da Sociedade 3. A réplica mecanicista ao organismo social 4. Sociedade e Comunidade 5. A Sociedade e o Estado 6. Conceito de Estado 6.1. Acepção filosófica ...

    2669  Palavras | 11  Páginas

  • Direito do uso da ciencia da homeopatia

    FEDERAL DE VIÇOSA DIREITO DO USO DA CIENCIA DA HOMEOPATIA Mariamelia Vieira Faria Madeira 1º Etapa Divinópolis Minas Gerais 2012 A DECISÃO JUDICIAL SOBRE A HOMEOPATIA A Homeopatia não é exclusividade médica por decisão do Ministério Público Federal  A justiça decide: A ciência da homeopatia não é exclusiva dos médicos.Cursos de homeopatia da UFV são legais.  Resumo da decisão da Procuradoria da República, válida em todo o...

    11510  Palavras | 47  Páginas

  • Ciência política

    |[pic] |Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas | |PRÓ – REITORIA | | |ACADÊMICA | | |PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE GRADUAÇÃO | ...

    575  Palavras | 3  Páginas

  • FICHAMENTO CAP 22-24, Bonavides

    BONAVIDES, Paulo. Ciência Política. 20ª ed. São Paulo: Malheiros Editores, 2013. Cap. 21 O Presidencialismo 1. As origens americanas do sistema presidencial de governo “O presidencialismo teve origem nos Estados Unidos sendo fruto do trabalho político e da elaboração jurídica dos constituintes da Filadélfia,que traçaram as linhas mestras do sistema ao lavrarem o texto da Constituição de 1787.” (pág.317) “Usualmente contraposto ao parlamentarismo, faz-se mister todavia não descurar que essa criação...

    12609  Palavras | 51  Páginas

  • Ciencia politica

    objeto de estudo da Ciência Política nos prismas filosófico, sociológico e jurídico? Para Paulo Bonavides a Ciência Política, tem por objeto, o estudo dos acontecimentos, das instituições e das ideias políticas, tanto em sentido teórico como em sentido prático, considerando o passado como foram ou deveriam ter sido, compreendendo o presente como são ou deveriam ser, e às possibilidades futuras como serão ou deverão ser, no prisma filosófico. Pelo prisma sociológico, a ciência política centraliza seu...

    1920  Palavras | 8  Páginas

  • Ciência Política

    AVALIAÇÃO DO FILME “O PODEROSO CHEFÃO” À LUZ DA CIÊNCIA POLÍTICA E DA TEORIA GERAL DO ESTADO (PARTES I E II) CURITIBA 2013 AMANDA PACHECO QUADROS EDUANA MARTINS ELIZ NICOLLE CUÉLLAR KÁTRIA CAROLINE PANISSON PEDRO MATHEUS RIBEIRO SILMARA FÁTIMA BRANCO AVALIAÇÃO DO FILME “O PODEROSO CHEFÃO” (PARTES I E II) À LUZ DA CIÊNCIA POLÍTICA E DA TEORIA GERAL DO ESTADO Trabalho apresentado como requisito...

    3223  Palavras | 13  Páginas

  • Resumos

    Titulo Subtítulo Autor CDD/ Edição CDD Cutter ISBN Ano Local de publicação Editora Edição 3484 20 Anatomia e fisiologia humana Jacob, Stanley w. 611.00222 J15a 978-85-277-1411-2 2011 Rio de Janeiro Guanabara Koogan 5ª ed. Resumo do livro Anatomia e fisiologia humana (autor Jacob): A partir da necessidade de ampliação de conhecimento aos aprendizes profissionais de saúde, a obra retrata com total facilidade de entendimento conceitos relacionados à anatomia e fisiologia humana...

    1919  Palavras | 8  Páginas

  • Da inclusão política à obrigatoriedade do voto

    inclusão política à obrigatoriedade do voto Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) apresentado como requisito para obtenção do grau de Bacharel em Relações Internacionais. Angelita Fernandes Pereira. Brasília – DF Junho/ 2008 “O pior analfabeto é o analfabeto político, Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O...

    11270  Palavras | 46  Páginas

  • Ciencia politica - bonavides

    ORELHA: PAULO BONAVIDES é Doutor honoris causa pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa; Professor Emérito da faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará; Professor Visitante nas Universidades de Colonia (1982), Tennessee (1984) e Coimbra (1989); Lente no Seminário Românico da Universidade de Heidelberg (19521953); Membro Correspondente da Academia de Ciência da Renânia do Norte-Westfália (Alemanha); Membro Correspondente do “Instituto de Derecho Constitucional y Político”...

    181098  Palavras | 725  Páginas

  • Efeitos Sócio-Econômicos dos Tributos e sua Utilização como Instrumento de Políticas Governamentais

    Derecho & Cambio Social Efeitos Sócio-Econômicos dos Tributos e sua Utilização como Instrumento de Políticas Governamentais Thiago Degelo Vinha (*) Maria de Fátima Ribeiro (**) Sumário: 1. Introdução 2. Política Tributária e a função Social do Tributo 3. Dos Princípios Constitucionais Tributários: Reflexos Sociais da Tributação 4. Desenvolvimento Econômico e Justiça Fiscal 5. Repercussões dos Tributos no contexto da Ordem Econômica e Social 6. Conclusões 7. Bibliografia 1...

    11536  Palavras | 47  Páginas

  • Resumo Constitucional E Metodologia Jur Dica 26

    ITEM A:Constitucionalismo: histórico. Modelos e ciclos constitucionais. Constitucionalismo principialista e neopositivismo. Constituição: concepções. Classificação. Supremacia. Liberalismo e Dirigismo. Obras consultadas: BONAVIDES, Paulo. Curso de Direito Constitucional. 24ª ed. Malheiros: 2009. BARROSO, Luís Roberto. Curso de Direito Constitucional Contemporâneo. 3.ª Ed. Saraiva: 2012(2.ª tiragem). FERNANDES, Bernardo Gonçalves. Curso de Direito Constitucional. 3ª ed. Lumen Juris: 2011. ...

    126869  Palavras | 508  Páginas

  • ciencia politica

    Curso de Direito Turma A – Manhã - 2012.1 Ciências Políticas e Teoria Geral do Estado Profa.: Maria Amália Oliveira de Arruda Câmara Assunto: Formas de Estado Aula: 007 Disciplina: CCJ0005 Folha: Data: 1 de 5 30/08/2012 Plano de Aula: FORMAS DE GOVERNO CIÊNCIA POLÍTICA Título FORMAS DE GOVERNO Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 7 Tema FORMAS DE GOVERNO Objetivos Compreender categorias e conceitos fundamentais ao fenômeno jurídico-político. Analisar...

    2420  Palavras | 10  Páginas

  • Ciência Política

    As formas de Governo Porto Velho – RO, 2014. xxxxxxxxxxxxxxxx AS FORMAS DE GOVERNO Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Ciência Política no curso de Direito da xxxxxxxxxx xxxxxxxxxxx PORTO VELHO 2014 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO ........................................................................................................1 2 FORMAS DE GOVERNO...

    1319  Palavras | 6  Páginas

  • RESUMO SOBRE CIÊNCIA POLÍTICA

    CIÊNCIA POLÍTICA Parte I Araras – Estado de São Paulo 2011 CLAUDIA JAQUELINE GUIDINI INGRATI - RA 19228246 Ciência Política – Parte I Portfólio elaborado para fins de avaliação da disciplina de Ciência Política, referente ao primeiro bimestre do I período, no Curso de Direito, sob orientação do professor José Adinan Ortolan. Araras – Estado de São Paulo 2011 ...

    5161  Palavras | 21  Páginas

  • Ciencias Politicas aplicadas ao curso de Administração

    CIÊNCIA POLÍTICA PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SUMÁRIO PARTE I - FUNDAMENTOS DA CIÊNCIA POLÍTICA CAPÍTULO 1, página 2. Significado e objeto da Política. Evolução Histórica do Pensamento Político. Pensamento Político Contemporâneo. CAPÍTULO 2, página 17. Evolução Histórica do Pensamento Político. Grécia. Roma. Maquiavel. Maquiavel e a Administração. CAPÍTULO 3, página 47. Poder e sociedade. Conceito de poder. Tipos e fontes de poder. Maquiavel e o poder político...

    40409  Palavras | 162  Páginas

  • Ciência política

    BONAVIDES, Paulo. Ciência política. 10ª ed. São Paulo: MALHEIROS EDITORES, 2002. Conceito de ciência Do século IV a.C. ao século XVIII d.C., ciência e filosofia não tinha muita distinção, e só a partir da idade moderna (século XV) que começam a realmente se distinguirem. Bacon e Aristóteles são partes antagônicas da filosofia, pois para Aristóteles a filosofia servia para descobrir os princípios e as causas das coisas, porém para Bacon, que depois inspirou Wolff no pensamento, a ciência era...

    1562  Palavras | 7  Páginas

  • O que é política?

    QUINTINO O que é política? Maceió 2013 ANDREZA FABIANE VILANOVA SILVA YURI MOURA QUINTINO O que é política? Trabalho apresentado ao Professor Tácito Yuri de Melo Barros, disciplina Ciência Política, turma U, 1º semestre, 2013, turno noturno, curso de Bacharelado em Direito. Maceió 2013 Resumo Estudo sobre o que é política em suas várias conotações e mudanças ao...

    3365  Palavras | 14  Páginas

  • Fichamento João Ubaldo Ribeiro

     Aluno: Giovanna Serra Cambarotto Curso: Relações Internacionais FICHAMENTO 1 Referência bibliográfica do texto: Ribeiro, João Ubaldo; Politica: Quem manda, por que manda, como manda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira S.A, 1998. Informações sobre o autor do texto: João Ubaldo Ribeiro nasceu em Itaparica (Bahia) em 1941, é um escritor, jornalista, roteirista e professor, formado em direito pela Universidade Federal da Bahia e membro da Academia Brasileira de Letras. Em 1957 estreia...

    2320  Palavras | 10  Páginas

  • politicas públicas

    Políticas Públicas no Estado do Paraná: Resumos de Propostas e Projetos ORGANIZADORES: Blênio César Severo Peixe Claudia Cristina Müller Cleise Maria de A. T. Hilgemberg Gerson Antonio Melatti Geysler Rogis Flor Bertolini Hilka Pelizza Vier Machado Sérgio Luiz Dias Doliveira Gestão de Políticas Públicas no Paraná ii Gestão de Políticas Públicas no Paraná Conselho Editorial do Livro Conselho Editorial - UNIOESTE Prof. Dr. Cláudio Antonio Rojo Prof.a MSc. Elizandra da...

    61441  Palavras | 246  Páginas

tracking img