• Formação do sistema jurídico sob ótima materialista
    seu modo de produção feudal – dessa forma, refuta-se uma perspectiva linear. Assim, o modo de produção feudal é caracterizado por uma economia agrária e subsistente, com troca de mercadorias e segmentação espacial, uma política com poder fragmentado (rei/monarca/senhores feudais), e uma ideologia fundamentada...
    1161 Palavras 5 Páginas
  • O que é o direito
    evolucionista dos processos sociais, na continuidade, e em geral concebia uma sociedade burguesa natural surgida na luta contra o “obscurantismo” feudal. O endeusamento da ordem posta, e a hegemonia dos valores liberais individualistas caracterizaram a tradição histórica dominante. A nova história vai se...
    2003 Palavras 9 Páginas
  • Resumo a historia da riqueza do homem
    RESUMO – A HISTÓRIA DA RIQUEZA DO HOMEM Capítulo 1 No livro “A História da Riqueza do Homem” de Leo Huberman havia três classes na sociedade feudal: sacerdotes, guerreiros e trabalhadores,dos quais o servo era responsável pelo sustento destes outros dois, sendo também o responsável pelo plantio...
    4711 Palavras 19 Páginas
  • O QUE É SOCIOLOGIA?
    iluministas, enquanto ideólogos da burguesia, que nesta época posicionava-se de forma revolucionária, atacaram com veemência os fundamentos da sociedade feudal, os privilégios de sua classe dominante e as restrições que estaimpunha aos interesses econômicos e políticos da burguesia. O objetivo dos iluministas...
    13204 Palavras 53 Páginas
  • Brasil Colônia
    da Europa entre os séculos XV e XVll, relacionando os seguintes temas: transição para o capitalismo, acumulação primitiva de capital, mecantilismo e sistema colonial. A passagem do feudalismo para o capitalismo encerra um processo de transição das estruturas econômicas, sociais, políticas e ideológicas...
    3420 Palavras 14 Páginas
  • Fichamento Livro Passagens da Antiguidade ao Feudalismo
    Antiguidade ao Feudalismo, discorre sobre a Antiguidade Clássica e os movimentos políticos e sociais que ocorreram para está se transformar no sistema feudal, característica da Idade Média. Abordando temas como a escravidão, e a agricultura como principal fonte de renda para o enriquecimento da polis, a...
    7909 Palavras 32 Páginas
  • Sociologia Histórica
    são um indicador de mudança social e civilizacional-.  Sociedades Tradicionais, passado sacralizado, presente e futuro avaliados por referência à ordem do passado, decadência e regeneração.  Sociedades Modernas, futuro idealizado, passado e presente avaliado por referência ao projeto de futuro,...
    4303 Palavras 18 Páginas
  • FHTM S.S
    novas ciências. “O seu surgimento ocorre num contexto histórico específico, que coincide com os derradeiros momentos da desagregação da sociedade feudal e da consolidação da civilização capitalista” Entender e explicar o que estava acontecendo naquele contexto histórico Pág.11 “O século XVIII constitui...
    3040 Palavras 13 Páginas
  • Glossário
    econômico e político concentravam-se nas mãos dos senhores feudais, donos de lotes de terras (feudos).  Sociedade feudal.  A sociedade feudal era estática (com pouca mobilidade social) e hierarquizada. A nobreza feudal (senhores feudais, cavaleiros, condes, duques, viscondes) era detentora de terras...
    4772 Palavras 20 Páginas
  • Idade media entre outros
    renascimento urbano. A Idade Média caracteriza-se pela economia ruralizada, enfraquecimento comercial, supremacia da Igreja Católica, sistema de produção feudal e sociedade hierarquizada. Este período caracteriza-se pela influência da Igreja sobre toda a sociedade. Esta se encontra dividida em três classes:...
    6325 Palavras 26 Páginas
  • Teoria Geral do Estado
    monarquias absolutistas exercidas em nome dos deuses tutelares dos povos: Representantes das divindades, descendente dos deuses; Não sofriam limitação de ordem temporal; Formados e mantidos pela força das armas (povos viviam em guerra): Conquista de territórios e escravização dos povos. Não eram Estados...
    4047 Palavras 17 Páginas
  • A formação da sociologia
    obedecem a leis naturais. Ora, a Filosofia Materialista do século XVII dará origem, no século XVIII, a idéia de que os fenômenos sociais constituem uma ordem natural e há uma natureza social sujeita a leis. Ainda no século XVII, têm grande desenvolvimento os estudos sociais empíricos, principalmente a estatística...
    3407 Palavras 14 Páginas
  • civil
    dominante de uma época e de uma sociedade determinadas garante seus interesses e sua dominação sobre o todo social. Ele utiliza da coerção para garantir a ordem infraestrutural. As forças produtivas do modo capitalista deveria se desenvolver até as contradições entre as classes se tornarem insuportáveis. Assim...
    2038 Palavras 9 Páginas
  • O QUE É SOCIOLOGIA
    O que é Sociologia? Segundo Martins, Carlos Benedito sociologia é uma ciência que surge em meio à queda da sociedade feudal e a consolidação na nova civilização, a capitalista. E com uma história “nova”, onde o homem confronta-se com problemas inéditos. A sociologia vem com intuito de compreender...
    2429 Palavras 10 Páginas
  • Pesquisas
    teórico escocês do iluminismo, Lorde Cames, o feudalismo é geralmente precedido pelo nomadismo e em certas zonas do mundo pode ser sucedido pelo capitalismo. Com a decadência e a destruição do Império Romano do Ocidente, por volta do século V D.C. (de 401 a 500), como consequência das inúmeras invasões...
    1785 Palavras 8 Páginas
  • k nini
    economia das potências do velho mundo. Isso aconteceria também pelas mudanças no modelo econômico atuante, até em nossos dias no ocidente, com o capitalismo. Com a expansão territorial, algumas novas práticas foram surgindo e elas foram muito utilizadas pelas potências daquela época. Práticas como:...
    4818 Palavras 20 Páginas
  • Sociologia
    Europa até 1870. Trouxe consigo a destruição da velha ordem feudal (forma de ordem social, econômica e política da idade média, em que o poder real, era dividido entre os nobres, tomando por base o poderio territorial) e a consolidação do capitalismo (supremacia do capital ou do dinheiro) estruturada sobre...
    605 Palavras 3 Páginas
  • Sociedade e Contenporaneidade
    que na investigação científica dos fenômenos. Na Grécia Antiga, os deuses e os heróis eram usadospara explicar certos fenômenos sociais e manter a ordem no mundo moral e físico. Naquele período, vigorava o sistemaescravista, e o trabalho manual era desvalorizado. Por outro lado, era valorizada a atividade...
    3971 Palavras 16 Páginas
  • EAD Ciencias sociais
    Salvar e Enviar 0,5 pontos Pergunta 1 Salva A sociologia é uma ciência que surge e se desenvolve juntamente com o desenvolvimento do capitalismo e procura compreender os problemas sociais gerados por este sistema. Considere as afirmativas a seguir: I. A sociologia surgiu com a Revolução...
    2245 Palavras 9 Páginas
  • Iluminismo
    Neste pequeno trecho, Adam Smith a) contrapõe lucro a renda, pois geram racionalidades e modos de vida distintos. b) mostra as vantagens do capitalismo comercial em face da estagnação medieval. c) defende a lucratividade do comércio contra os baixos rendimentos do campo. d) critica a preocupação...
    3082 Palavras 13 Páginas