• Uma nova agenda para a arquitetura
    , arquitetura e natureza – a relação do homem com a natureza e um antigo problema filosófico salientado por fenomenologistas como Norberg-Schulz. A concepção da natureza como o “outro” da cultura e um tema duradouro no pensamento ocidental. A arquitetura domina, literal e simbolicamente, as forcas da...
    45682 Palavras 183 Páginas
  • HOMEM
    ter filho, ele respondeu, porque eu muito amo às crianças" . Considerado o "Pai" da filosofia ocidental, estudioso da matemática, geometria e astronomia, alguns historiadores consideram, todavia, que sua colocação pelos antigos entre os "sete sábios da Grécia" deveu-se principalmente à sua atuação...
    6167 Palavras 25 Páginas
  • Trabalhos
    sua vez a ciência deve nos fornecer respostas confiáveis. Temos então, como definição, que a ciência é todo conhecimento adquirido de forma sistemática e racional sobre a natureza e a realidade de forma a evitar falsas interpretações. Sistemática porque segue um método, um passo a passo, e...
    20569 Palavras 83 Páginas
  • Ggvbb
    sua dependência, de sua situação à margem (e não ao centro) da cidade ou da cultura. A filosofia não pretende trazer novos conhecimentos, novo saber, não acrescenta algo às ciências, nem à arte ou à religião”. Entende-se, por esta passagem, que a filosofia deve ser um conjunto de conhecimentos que...
    4435 Palavras 18 Páginas
  • Ciências sociais
    entender o que está acontecendo com a sociedade. * É um conhecimento de conduzir o homem comum a compreender os nexos que formam a realidade. * Dando sentido, dando coerência, uma base racional para compreender a realidade que vivenciamos. CONHECIMENTO RELIGIOSO: Também se baseia em...
    3672 Palavras 15 Páginas
  • filosofia
    na passagem da consciência mítica para a consciência racional na história do pensamento. Resposta: Diferentemente do herói mítico que, como Aquiles, aceitava os ditames do destino e agia de tal modo a torná-lo realidade, o herói trágico questiona o destino, buscando se afastar dele na busca de um...
    2344 Palavras 10 Páginas
  • Resenha sobre mito e filosofia, e a importância do mito na sociedade atual
    , os jovens são ensinados em escolas e cursos de maneira literal, e acabam esquecendo deste ponto importante para sua origem e formação da identidade do seu povo. Dentro do campo filosófico, é possível dizer que, generalizando, vivemos um momento de descrença dos mitos tal como Hegel (pelo ponto de...
    3940 Palavras 16 Páginas
  • História da filosofia antiga
    pessoas nem sabem que podem ser. É necessário conhecer o mundo para conhecer a si mesmo. O conhecimento da própria ignorância não é a conclusão final do filosofar, mas o seu momento inicial e preparatório.  É preciso um caminho indireto, como a ironia, porque o caminho para o conhecimento...
    6342 Palavras 26 Páginas
  • Dialética do esclarecimento
    conceito pela fórmula, a causa pela regra e pela probabilidade. A causa foi apenas o último conceito filosófico que serviu de padrão para a crítica científica, porque ela era, por assim dizer, dentre todas as ideias antigas, o único conceito que a ela ainda se apresentava, derradeira secularização do...
    45300 Palavras 182 Páginas
  • A paideia
    maneira decisiva para a formação da cultura ocidental. V ale resaltar que devemos muito a cultura grega. O plano de educação por ela proposto é fundamental para a formação tanto do individuo como para a sociedade, o cerne de toda a questão é a educação fruto da formação dos sofistas, que traz uma nova...
    1537 Palavras 7 Páginas
  • Filosofia moderna
    A autoridade da Ciência Moderna frente aos demais tipos de conhecimento. - À concepção de ciência (o que é a ciência); - Senso comum, mítico, filosófico, religioso e científico. A ciência, em geral, comporta vários conjuntos de saberes nos quais são elaboradas as suas teorias baseadas...
    1905 Palavras 8 Páginas
  • Resumo de teologia
    cultura ocidental é um percurso de progressiva racionalização, do qual a religião não escapa. Portanto não representa uma referência distante ou oposta ao conhecimento racional. O cristianismo, desde suas origens, apresentou-se não em uma ideia de divindade, mas em um projeto de vida baseado na lei do...
    14504 Palavras 59 Páginas
  • O que é filosofia
    em apontar que a história do pensamento filosófico, que se inicia com o povo grego, por volta do séc. VII a.C. constitui as bases de nossa própria cultura, ou seja, configura o nosso ponto de partida, ou o início do pensamento racional. a Filosofia nos proporciona uma reflexão sobre nós mesmos e o...
    2897 Palavras 12 Páginas
  • Influência da filosofia na psicologia
    raciocínio e o mais importante, a ciência. Após o surgimento da linguagem surgiram os pensamentos elaborados. Na evolução de um patamar para o outro, começaram as explicações sobre tudo ao nosso redor. Começaram os questionamentos, porque todo o conhecimento adquirido era passado de geração a geração...
    8600 Palavras 35 Páginas
  • Filosofia da Religião
    período. Entre eles, Nicolau de Cusa (1401-1461) sua filosofia destacava a dignidade do homem universal. O ser humano é um microcosmo, porque “constrói” as coisas em si, tem conhecimento, por isso as coisas são imagem dele, ou seja, ele é um pequeno mundo. Ainda há vários outros nomes importantes...
    13727 Palavras 55 Páginas
  • Asr Histórica no antigo regime
    concepção da própria história vivida, aliada à percepção das vantagens a se extrair das alianças da História conhecimento com outros campos disciplinares e com a própria cultura.3 Mas isso não autoriza falar em termos muito genéricos como, se de um dado momento a outro, passasse a existira, por...
    10995 Palavras 44 Páginas
  • Resumo de filosofia
    , porque mesmo sendo rigorosa e eficaz o conhecimento científico é apenas uma das maneiras de compreensão da realidade e reduz nossas experiências do mundo, pois todas as experiências humanas também englobam emoções, afetividades, crenças, intuições e imaginação, e outras expressões como a arte e a...
    4910 Palavras 20 Páginas
  • FILOSOFIA NA CIVILIZAÇÃO GRECO-ROMANA
    pagamento, ensinavam Ciências, Retórica e Eloquência, importantes para a vida pública nas polis. Foram eles os grandes divulgadores do conhecimento, ao tratarem dos temas filosóficos, especulativos, ao difundirem e aperfeiçoarem a Matemática, ao iniciarem outras Ciências, como a Antropologia, a...
    2413 Palavras 10 Páginas
  • Diversos
    antropológicas. O importante, para nós, é perceber que os antropólogos buscam algo que demarque o momento da separação homem-Natureza como instante de surgimento da Cultura. Esse algo é uma regra ou norma humana que opera como lei universal, isto é, válida para todos os homens e para toda a...
    31783 Palavras 128 Páginas
  • Analises das principais teorias sociologicas
    método da ciência, por ser o único válido, deve ser estendido a todos os campos de indagação e da atividade humana; toda a vida humana, individual ou social, deve ser guiada por ele.” (ABBAGNANO, 2003, p. 777) [5] Importante ressaltar o momento histórico no qual surge o pensamento positivista na...
    8344 Palavras 34 Páginas