Parnasianismo Em Portugal artigos e trabalhos de pesquisa

  • Parnasianismo em portugal

    LARISSA NEVES NOVAES REALISMO, NATURALISMO E PARNASIANISMO EUNÁPOLIS/BA 2012 LARISSA NEVES NOVAES REALISMO, NATURALISMO E PARNASIANISMO Trabalho da disciplina Língua Portuguesa Solicitado pelo professor Moisés Rivas Para obtenção de nota da III Unidade. EUNÁPOLIS/BA 2012 Realismo, Naturalismo e Parnasianismo Motivadas pelas teorias científicas e filosóficas da época...

    1576  Palavras | 7  Páginas

  • parnasianismo

    Parnasianismo Introdução A Parnasianismo foi um movimento literário que surgiu na França, na metade do século XIX e se desenvolveu na literatura europeia, chegando ao Brasil. Esta escola literária foi uma oposição ao romantismo, pois representou a valorização da ciência e do positivismo. O nome parnasianismo surgiu na França e deriva do termo "Parnaso", que na mitologia grega era o monte do deus Apólo e das musas da poesia. Na França, os poetas parnasianos que mais se destacaram foram: Théophile...

    2642  Palavras | 11  Páginas

  • Parnasianismo em portugal

    Parnasianismo em Portugal O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do naturalismo-realismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850 na França. Originou-se na França, representou na poesia o espírito positivista e cientifico da época, surgindo no século 19 em oposição ao romantismo. Nasceu com uma publicação de uma serie de poesias, precedendo de algumas décadas o simbolismo. O seu nome vem de Monte Parnaso...

    2203  Palavras | 9  Páginas

  • Parnasianismo

    explicar coisas mais práticas e presentes na vida do homem, como no caso das leis, das relações sociais e da ética. O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850, na França. Índice 1 Origens 2 Características gerais 3 Em Portugal 4 No Brasil 5 Referências 6 Ver também Origens Movimento literário que se originou em Veneza, Itália, representou...

    2987  Palavras | 12  Páginas

  • Parnasianismo e Simbolismo

    O Parnasianismo Surgido no Século XIX na França, o Parnasianismo apareceu como um movimento opositor ao Romantismo, tentando lutar contra o descuido textual e o sentimentalismo exagerado. O interesse pela beleza trouxe a arte pela arte, com textos rebuscados e o culto à forma. O próprio nome dado remete a Parnasos, o lar das musas na mitologia grega, e o estilo retomou conceitos da Antiguidade Clássica como o racionalismo. A perfeição na escrita e a inspiração da arte, sendo a principal característica...

    1713  Palavras | 7  Páginas

  • Parnasianismo, tópicos

    da poesia parnasiana é baseada em objetos inertes, sempre optando pelos que exigem uma descrição bem detalhada como "A Estátua", "Vaso Chinês" e "Vaso Grego" de Alberto de Oliveira. * Temática Greco-Romana - A estética é muito valorizada no Parnasianismo, mas mesmo assim, o texto precisa de um conteúdo. A temática abordada pelos parnasianos recupera temas da antiguidade clássica, características de sua história e sua mitologia. É bem comum os textos descreverem deuses, heróis, fatos lendários,...

    980  Palavras | 4  Páginas

  • Parnasianismo

    Introdução O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850. Movimento literário que se originou em Paris, França, representou na poesia o espírito positivista e científico da época, surgindo no século XIX (19) em oposição ao romantismo. Nasceu com a publicação de uma série de poesias, precedendo de algumas décadas o simbolismo uma vez que os seus autores...

    969  Palavras | 4  Páginas

  • simbolismo e parnasianismo

    Simbolismo e Parnasianismo O Simbolismo é uma escola literária que surgiu na França, em 1888, movida por ideias subjetivas, individualismo e o misticismo. O individual entra em destaque nas obras dos simbolistas, devido aointeresse pelas coisas particulares e a desvalorização dos atributos da realidade. O Simbolismo estreita os ideais com oRomantismo, visando algo a mais do que o simples egocentrismo. As obras da escola literária do Simbolismo são baseadas em temas que não tratam da realidade...

    1063  Palavras | 5  Páginas

  • Simbolismo e Parnasianismo

    outras artes que surgiu na França, no final do século XIX, como oposição ao Realismo, ao Naturalismo e ao Positivismo da época. Movido pelos ideais românticos, estendendo suas raízes à literatura, aos palcos teatrais, às artes plásticas. O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850, na França. ...

    692  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    Índice 1.0 - Parnasianismo +Introdução +Origens +Bibliografia 2.0 – Simbolismo +Introdução +Origens +Bibliografia Introdução A Parnasianismo foi um movimento literário que surgiu na França, na metade do século XIX e se desenvolveu na literatura européia, chegando ao Brasil. Esta escola literária foi uma oposição ao romantismo, pois representou a valorização da ciência e do positivismo. O nome parnasianismo surgiu na França e deriva do termo "Parnaso", que na mitologia grega era...

    2898  Palavras | 12  Páginas

  • Parnasianismo

    INTRODUÇÃO O Parnasianismo foi um movimento literário que surgiu na França, na metade do século XIX e se desenvolveu na literatura européia, chegando ao Brasil na segunda metade do século XIX e teve força até o movimento modernista (Semana de Arte Moderna de 1922). Esta escola literária foi uma oposição ao romantismo, pois representou a valorização da ciência e do positivismo. O nome parnasianismo surgiu na França e deriva do termo "Parnaso", que na mitologia grega era o monte do deus Apolo...

    2027  Palavras | 9  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    Parnasianismo O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850, na França. Origens Movimento literário que se originou em Paris, representou na poesia o espírito positivista e científico da época, surgindo no século XIX (19) em oposição ao romantismo. Nasceu com a publicação de uma série de poesias, precedendo de algumas décadas o simbolismo uma vez que...

    2209  Palavras | 9  Páginas

  • PARNASIANISMO

     Trabalho De Português Parnasianismo Movimento literário que se originou na França, Paris, representou na poesia o espírito positivista e científico da época, surgindo no século XIX (19) em oposição ao romantismo. Nasceu com a publicação de uma série de poesias, precedendo de algumas décadas o simbolismo. O seu nome vem do Monte Parnaso, a montanha que, na mitologia grega era consagrada a Apolo e às musas, uma vez que os seus autores procuravam recuperar os valores estéticos da antiguidade...

    2301  Palavras | 10  Páginas

  • parnasianismo e simbolismo

    estado de São Paulo Técnico integrado em eletroeletrônica David Donizete Leme 135022-6 Ian Marson 135011-1 Kainan Cremm Ramos 135010-2 Lucas dos Santos Ramos 135040-4 Nicolas Oliveira Garcia 135012-9 Parnasianismo e Simbolismo Bragança Paulista 2014 Parnasianismo O parnasianismo foi um movimento artístico que teve sua origem na França, em 1866, com a publicação da coletânea Le Parnasecontemporain. Os escritores deste período contrapunham-se á prosa realista/naturalista, que utilizavam...

    4127  Palavras | 17  Páginas

  • Parnasianismo e Simbolismo

    Trabalho de Literatura Tema: Parnasianismo e Simbolismo Nome: Carla Batista Peçanha e Alexandre Gomes da Silva Turma: 2º Eletrônica- A manhã Professora: Rozana Quintanilha Campos/2014 Parnasianismo Movimento literário que originou-se na França, representou na poesia o espírito positivista e científico da época, surgindo no século XIX em oposição ao romantismo. Nasceu com a publicação de uma série de poesias, precedendo de algumas décadas o simbolismo uma vez que os...

    3006  Palavras | 13  Páginas

  • simbolismo e parnasianismo

    Escola Estadual de Educação Básica Raul Pilla Parnasianismo e Simbolismo Luan Carlos Fink Professora Gélci Literatura Cidreira – RS 2013 Sumário Introdução........................................................................................................................03 Parnasianismo..................................................................................................................04 Contexto histórico..........................

    1099  Palavras | 5  Páginas

  • movimentos literarios brasil/portugal

    realização, desenvolvimento pessoal, satisfação no trabalho e reconhecimento.” Frederick Herzberg Sumario 1. INTRODUÇÃO 2. LINHA DO TEMPO DOS ESTILOS LITERARIOS DE PORTUGAL E BRASIL ESTUDO DOS ESTILOS LITERARIOS DE PORTUGAL. Trovadorismo em Portugal Marco inicial Na Idade Média, meados do século XII, surgiu o movimento literário, chamado de Trovadorismo. Contexto Histórico Social O trovadorismo foi à primeira escola literária portuguesa e desenvolveu-se...

    3984  Palavras | 16  Páginas

  • TCC Estilos Literários de Portugal e do Brasil

     Escola Estadual Professora Clarice Seiko Ikeda Chagas Fichamento Tema: Estilos Literários de Portugal e do Brasil Disciplina:Língua Portuguesa, Literatura São Paulo 2010 Escola Estadual Professora Clarice Seiko Ikeda Chagas Terceiro ano do ensino médio noturno Turma: C Nome: Amanda Aparecida Nº: 03 Andressa Silva 08 Camila Gomes ...

    5164  Palavras | 21  Páginas

  • Parnasianismo e Simbolismo

    PARNASIANISMO Introdução A Parnasianismo foi um movimento literário que surgiu na França, na metade do século XIX e se desenvolveu na literatura europeia, chegando ao Brasil. Esta escola literária foi uma oposição ao romantismo, pois representou a valorização da ciência e do positivismo. O nome parnasianismo surgiu na França e deriva do termo "Parnaso", que na mitologia grega era o monte do deus Apólo e das musas da poesia. Na França, os poetas parnasianos que mais se destacaram foram: Théophile...

    2190  Palavras | 9  Páginas

  • TCC Estilos Literários de Portugal e do Brasil

     Escola Estadual Professora Clarice Seiko Ikeda Chagas Fichamento Tema: Estilos Literários de Portugal e do Brasil Disciplina:Língua Portuguesa, Literatura São Paulo 2010 Escola Estadual Professora Clarice Seiko Ikeda Chagas Terceiro ano do ensino médio noturno Turma: C Nome: Amanda Aparecida Nº: 03 Andressa Silva 08 Camila Gomes ...

    5164  Palavras | 21  Páginas

  • Realismo, simbolismo, parnasianismo

    da modernidade. Origens do Simbolismo Ao longo da década de 1890, desenvolveu-se na França um movimento estético a princípio apelidado de "decadentismo" e depois "Simbolismo". Por muitos aspectos ligados ao Romantismo e tendo berço comum ao Parnasianismo ("Parnasse Contemporain", 1866), o Simbolismo gerou-se quando escritores passaram a considerar que o Positivismo de Augusto Comte e o demasiado uso da ciência e do ateísmo (procedimentos do Realismo) não conseguiam expressar completamente o que...

    2495  Palavras | 10  Páginas

  • simbolismo e parnasianismo

    XIX, aliteratura brasileira trilhou novos caminhos, abandonando o exagerado sentimentalismo dos românticos. Enquanto na prosa, houve o desenvolvimento do Realismo e do Naturalismo, na poesia presenciamos osurgimento de dois novos movimentos: O Parnasianismo e o Simbolismo. Procurarei, neste breve texto, trazer à tona algumas características que, dum certo modo, permeiam boa parte dos poemas inseridos nomovimento Parnasianista e Simbolista. Espero que o texto possa ajudar àqueles que buscam interpretar...

    1234  Palavras | 5  Páginas

  • parnasianismo e simbolismo

    misticismo. O individual entra em destaque nas obras dos simbolistas, devido ao interesse pelas coisas particulares e a desvalorização dos atributos da realidade. O Parnasianismo nasceu no século XIX, na mesma época do Simbolismo, na França. Os autores da escola literária prezavam pelo detalhe, a riqueza de palavras. As obras do Parnasianismo são focadas na objetividade, totalmente contrárias às ideias dos românticos, em que a realidade é posta sem influências subjetivas.  ...

    1536  Palavras | 7  Páginas

  • Parnasianismo

    ETEC CÔNEGO JOSÉ BENTO JEAN GUILHERME PEREIRA VASCONCELOS PARNASIANISMO JACAREÍ 2010 ETEC CÔNEGO JOSÉ BENTO PROFªS. ROSANA E MÁRCIA APLICATIVOS INFORMATIZADOS PARNASIANISMO Projeto de Pesquisa sobre Parnasianismo Trabalho de Aplicativos Informatizados JACAREÍ 2010 Resumo O Parnasianismo foi contemporâneo do Realismo e do Naturalismo, entre o século XIX e o início do século XX. Brasil e França foram os dois únicos países em que se floresceu com toda...

    1273  Palavras | 6  Páginas

  • Historia do parnasianismo e do simbolismo

    simbolista, em 1893, são: Missal (escrita em forma de poema, mas em prosa - texto corrido) e Broqueis (poemas em versos). Em Portugal, a obra que abre a escola é "Oaristos", de Eugênio de Castro, em 1890. O Parnasianismo nasceu no século XIX, na mesma época do Simbolismo, na França. Os autores da escola literária prezavam pelo detalhe, a riqueza de palavras. As obras do Parnasianismo são focadas na objetividade, totalmente contrárias às ideias dos românticos, em que a realidade é posta sem influências...

    573  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo

    Parnasianismo Desenvolveu-se na França, em 1850 o parnasianismo, que é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético. Existia preferência por sonetos. Os autores parnasianos faziam uma "arte pela arte", pois acreditavam que a arte devia existir por si só. Representou na poesia o espírito positivista e científico. O movimento foi considerado uma oposição ao romantismo. O nome parnasianismo deriva do termo "Parnaso", que na mitologia grega era o monte do deus Apólo e das...

    2485  Palavras | 10  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    você deve saber sobre PARNASIANISMO PARNASIANISMO E E SIMBOLISMO SIMBOLISMO Influenciados pelo grande desenvolvimento científico e filosófico, sobretudo na segunda metade do século XIX, a Geração Materialista ou Geração de 70 (1870-1900) buscou referências nas ciências naturais (biologia, física e química) e nas ciências sociais para explicar um mundo em rápida transformação. No panorama artístico da época, surgem o Realismo/Naturalismo (na Europa e no Brasil) e o Parnasianismo (na França e no Brasil)...

    1513  Palavras | 7  Páginas

  • Parnasianismo

    Parnasianismo O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, que se desenvolveu na poesia a partir de 1850, na França, e foi resultado da ambiguidade do momento histórico que marcou a passagem do século IX para o século XX. Nesse período as grandes potências brigavam para conquistar os mercados consumidores e aqueles que forneciam matéria-prima e foi nessa época que se desenvolveu a política do neocolonialismo e do imperialismo. Como resultado de tais processos...

    1624  Palavras | 7  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    Parnasianismo e Simbolismo PARNASIANISMO Movimento literário que representou na poesia o espírito positivista e científico da época. Surgido na França no século XIX, em oposição ao romantismo. Uma das maiores preocupações na composição poética dos parnasianos era a precisão das palavras. Esses poetas chegaram ao ponto de criar verdadeiras línguas artificiais para obter o vocabulário adequado ao tema de cada poema. Movimento literário surgido na França em meados do século XIX, em oposição...

    3689  Palavras | 15  Páginas

  • Parnasianismo - Conceitos (para faculdade)

    PARNASIANISMO    Pedro Rocha CONTEXTO HISTORICO  O Parnasianismo surge no final da década de 1870, na França marcado pela publicação da coletânea Parnasse Contemporain, publicada em série (1866,1869 e 1876), em paralelo ao Realismo, porém com uma ideologia diferente e pautada numa postura antirromântica.  É uma estética literária de caráter exclusivamente poético, que reagiu contra os abusos sentimentais dos românticos. PARNASIANISMO      A poesia...

    1099  Palavras | 5  Páginas

  • Naturalismo e parnasianismo

    diretamente o motivo a representar, bem como a luz e a cor local. O Naturalismo em Portugal 1880-1910: Em Portugal o Naturalismo chega tardiamente em 1879, por influencia da obra dos bolseiros de Paris, especialmente Silva Porto (e Marques de Oliveira), que tinha estado no Barbizon, tendo assimilado aí o método de pintura ao ar livre e a sua temática característica. Este estilo impõe-se e domina o gosto em Portugal até muito mais tarde do que no resto da Europa. São representantes do Naturalismo:...

    2453  Palavras | 10  Páginas

  • Parnasianismo e Simbolismo

    Rio de Janeiro, 15 de Outubro de 2014 Fundação de Apoio à Escola Técnica – E.T.E República Trabalho de Literatura Parnasianismo e Simbolismo Aluna: Marianne Luana Bueno Turma: 3112 3ª Etapa – 2014 Parnasianismo O parnasianismo é uma escola literária ou um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Um estilo de época que se desenvolveu na poesia a partir de 1850, na França. A escola...

    902  Palavras | 4  Páginas

  • PARNASIANISMO

     PARNASIANISMO     - O parnasianismo foi uma classe literária contemporânea com o realismo-naturalismo, sendo mais voltada para o ramo da poesia. Entretanto se destacou apenas na França, o país de origem e no Brasil. Teve início com Theophile de Gautier na França e para Teófilo Dias no Brasil. - Deve-se destacar-se que no período dessas classes literárias houve a formação da academia brasileira de Letras em 1897 profissionalizando o ramo literário que deixa de ser um desenvolvimento secundário...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • Parnasianismo

    Parnasianismo Surgido no Século XIX na França, o Parnasianismo apareceu como um movimento opositor ao Romantismo, tentando lutar contra o descuido textual e o sentimentalismo exagerado. O interesse pela beleza trouxe a arte pela arte, com textos rebuscados e o culto à forma. O próprio nome dado remete a Parnasos, o lar das musas na mitologia grega, e o estilo retomou conceitos da Antiguidade Clássica como o racionalismo. A perfeição na escrita e a inspiração da arte, sendo a principal característica ...

    940  Palavras | 4  Páginas

  • Parnasianismo

    Parnasianismo O Parnasianismo foi um movimento literário essencialmente poético, contemporâneo do Realismo-Naturalismo. É interessante destacar, que ao contrário de outros movimentos que ocorreram em Portugal e no Brasil, o Parnasianismo apresentou características significativas somente no Brasil e na própria França, onde teve origem. A palavra parnasianismo vem de Parnaso, nome de um monte grego, que segundo a mitologia era a morada de Apolo, deus das artes. Contemporâneo do Realismo-Naturalismo...

    1316  Palavras | 6  Páginas

  • Parnasianismo

    Parnasianismo O CULTO À FORMA E A FÔRMA A poesia pós-romântica (1860 – 1920) • No fim da década de 1860 até o movimento modernista de 1922, a poesia brasileira contou com diferentes vertentes. Dentre elas, destacam-se: • A poesia filosófico-científica; • A poesia realista (mais desenvolvida em Portugal); • A poesia socialista; • E a poesia parnasiana, a partir da década de 1880; A poesia pós-romântica (1860 – 1920) • Poesia filosófico-científica: desenvolveu-se principalmente...

    721  Palavras | 3  Páginas

  • A linguagem do Realismo Naturalismo e do parnasianismo

    A linguagem do Realismo, Naturalismo e do Parnasianismo A reação antirromântica é marcada por três tendências literárias: O Realismo/Naturalismo( na prosa) o Parnasianismo (na poesia). O Realismo  Começa na França em 1857, com o romance “Madame Bovary” de Gustave Flaubert. Em Portugal - 1865 – o poeta Antero de Quental publica seu livro de poemas “Odes Modernas, considerado o marco inicial do Realismo português. No Brasil, início é com ”Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis (1881)...

    511  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    Professor (a): Fátima. Matéria: Português. Parnasianismo e simbolismo Escola de Educação Básica Pedro II. Parnasianismo O parnasianismo é um movimento literário de origem francesa, que representou na poesia o espírito positivista e científico da época, surgindo no século XIX em oposição ao romantismo. Seu marco inicial é a publicação de...

    820  Palavras | 4  Páginas

  • Parnasianismo

    Introdução O Parnasianismo foi um movimento literário que surgiu na França, na metade do século XIX e se desenvolveu na literatura européia, chegando ao Brasil. Esta escola literária foi uma oposição ao romantismo, pois representou a valorização da ciência e do positivismo. O Parnasianismo foi um movimento essencialmente poético que reagiu contra os abusos sentimentais dos românticos. Alguns críticos chegam a considerá-lo uma espécie de Realismo na poesia. Seu surgimento deu-se na década de 60...

    2260  Palavras | 10  Páginas

  • Parnasianismo

    para a Primeira Guerra Mundial. La o simbolismo era forte e o parnasianismo fraco. Aqui começava a República e o movimento foi abafado pelos parnasianistas que dominavam a produção literária da época. Origens do Simbolismo Ao longo da década de 1890, desenvolveu-se na França um movimento estético a princípio apelidado de "decadentismo" e depois "Simbolismo". Por muitos aspectos ligado ao Romantismo e tendo berço comum ao Parnasianismo ("Parnasse Contemporain", 1866), o Simbolismo gerou-se quando...

    1201  Palavras | 5  Páginas

  • Parnasianismo

    PARNASIANISMO O Parnasianismo foi grupo de poetas do século XIX, liderados por Leconte de Lisle, que defendia a arte pela a arte, o exotismo e a poesia elaborada com minuciosidade. O movimento parnasiano foi uma oposição ao romantismo. Seu nome vem de O parnaso contemporâneo, uma antologia publicada em fascículos no início do século XIX. (Parnaso, montanha da Grécia, de 2.457 m de altitude. Na mitologia grega, ela estava consagrada ao deus Apolo. Acreditava-se que este era o lugar predileto...

    1549  Palavras | 7  Páginas

  • simbolismo em portugal e no brasil

    SIMBOLISMO EM PORTUGAL E NO BRASIL I – CARACTERÍSTICAS O Simbolismo, assim como o Realismo-Naturalismo e o Parnasianismo, é um movimento literário do final do século XIX . Para começarmos nossas reflexões veja a próxima imagem: Essa imagem é uma conhecida tela de Monet, chamada Nenúfares – Reflexos verdes. Ela nos apresenta uma característica marcante do Simbolismo: repare que não há uma definição da imagem. O que vemos são apenas contornos. Monet apenas sugere o que pode ser a realidade...

    1320  Palavras | 6  Páginas

  • parnasianismo

     Parnasianismo Como muitos dos movimentos culturais, o Parnasianismo teve sua inspiração na França, de uma antologia poética intitulada O Parnaso contemporâneo, publicada em 1866. Parnaso era o nome de um monte, na Grécia, consagrado a Apolo (deus da luz e das artes) e às musas (entidades mitológicas ligadas às artes).   No Brasil, em 1878, em jornais cariocas, um ataque à poesia do Romantismo gerou uma polêmica em versos que ficou conhecida como a Batalha do Parnaso. Entretanto, considera-se...

    1156  Palavras | 5  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

     PARNASIANISMO O parnasianismo foi uma classe literária contemporânea com o realismo-naturalismo, sendo mais voltada para o ramo da poesia. Entretanto se destacou apenas na França o país de origem, e no Brasil. Teve início com Theophile de Gautier na França e para Teófilo Dias no Brasil. Deve-se destacar-se que no período dessas classes literárias houve a formação da academia brasileira de Letras em 1897 profissionalizando o ramo literário que deixa de ser um desenvolvimento secundário de seus...

    1199  Palavras | 5  Páginas

  • Parnasianismo

    PARNASIANISMO O ESTILO LÍNGUA PORTUGUESA III TRIMESTRE • Parnasianismo é o nome que se dá à produção poética mais importante da época realista/naturalista. • O movimento parnasiano surgiu na França, com a publicação de uma série de antologias chamadas de Parnaso Contemporâneo. Nelas divulgam-se poemas que revelavam uma nova maneira de escrever, oposta à subjetividade, à emotividade e à idealização – características do estilo romântico, já saturado. • O nome do movimento foi...

    853  Palavras | 4  Páginas

  • PARNASIANISMO

    PARNASIANISMO Um período único e exlusivamente poético, ou seja, os autores produziam poesia. Ele está diretamente ligado ao realismo, naturalismo e ao impressionismo. Academicamente conseguimos ver que ele é um segmento do realismo só que com prioridades diferentes. A questão dos parnasianos era única e exclusivamente beleza, estética. Foi algo muito restrito, depois da França quem adotou o parnasianismo foi o Brasil, tem traços muitos leves em Portugal. CONTEXTO HISTÓRICO Abolição da escravatura...

    540  Palavras | 3  Páginas

  • O Parnasianismo No Brasil

    Parnasianismo No Brasil Na década de 1870, quando o Parnasianismo começou a ser difundido como nova estética literária no Brasil, o país atravessava uma série de crises políticas e sociais que assinalariam o colapso do governo imperial e do regime escravocrata, culminando na abolição da escravatura, em 1888, e na proclamação da República, em 1889. O desenvolvimento econômico, que até meados do século XIX se concentrara no Nordeste, a partir dos anos de 1870 passou a deslocar-se para o Centro-Sul...

    5938  Palavras | 24  Páginas

  • Realismo em portugal e no brasil

    Realismo em Portugal O Realismo surge em meio ao fracasso da Revolução Francesa e de seus ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade. A sociedade se dividia entre a classe operária e a burguesia. Logo mais tarde, em 1848, os comunistas Marx e Engels publicam o Manifesto que faz apologias à classe operária. O realismo foi um movimento artístico e cultural que se desenvolveu na segunda metade do século XIX. A característica principal deste movimento foi a abordagem de temas sociais e um tratamento...

    4311  Palavras | 18  Páginas

  •  Parnasianismo e simbolismo

     Parnasianismo e simbolismo  Duas concepções poéticas diferentes - Nas últimas décadas do século XIX, a literatura brasileira trilhou novos caminhos, abandonando o exagerado sentimentalismo dos românticos.  Enquanto na prosa, houve o desenvolvimento do Realismo e do Naturalismo, na poesia presenciamos o surgimento de dois novos movimentos: O Parnasianismo e o Simbolismo.  Estilo parnasiano Na França, quando o romance realista - tendo à frente Zola - seguiu para o Naturalismo, seduzido...

    2060  Palavras | 9  Páginas

  • Pre modernismo em portugal e no brasil

    possamos engrandecer o nosso conhecimento. Pré-Modernismo O pré-modernismo deve ser situado nas duas décadas iniciais deste século, até 1922, quando foi realizada a Semana da Arte Moderna. Serviu de ponte para unir os conceitos prevalecentes do Parnasianismo, Simbolismo, Realismo e Naturalismo. O pré-modernismo não foi uma ação organizada nem um movimento e por isso deve ser encarado como fase. Não possui um grande número de representantes mas conta com nomes de imenso valor para a literatura brasileira...

    1877  Palavras | 8  Páginas

  • Simbolismo em Portugal

    Simbolismo em Portugal Grupo: Állef Ferreira nº: 01 Turma: J Antonia Analice nº: 02 Turma: J Karine Castro nº: 07 Turma: J Marcelo Motta nº: 08 Turma: J Washington nº: 16 Turma: J Gabriel Xavier nº 19 Turma: P Gustavo Pena nº 20 Turma: P O Simbolismo em Portugal ...

    524  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo

    PARNASIANISMO MOMENTO HISTÓRICO. O Parnasianismo é um movimento contemporâneo do realismo e do naturalismo. Surgiu no século XIX, na França com a publicação da série de poesias denominada “le parnasse contemporain”, com a participação de Teófilo Gautier, Leconte de Lisle, Theódore de Banville e José Maria de Heredia. O nome parnasianismo tem origem grega, do Monte Parnaso. Esse monte, na mitologia grega, é consagrado a Apolo e ás musas, uma vez que os autores queriam recuperar os valores estéticos...

    1651  Palavras | 7  Páginas

  • Português- realismo e parnasianismo

    Cubas de Machado de Assis, em 1881. O Realismo no Brasil teve seu início, oficialmente, em 1881, com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, de seu mais célebre autor, Machado de Assis. Esta escola só entra em declínio com o surgimento do Parnasianismo, por volta de 1890. Com a introdução do estilo realista, assim como do naturalista, o romance, no Brasil, ganhou um novo alcance: a observação. Começou-se a escrever buscando a verdade, e não mais para ocupar os ócios dos leitores. Machado de Assis...

    8601  Palavras | 35  Páginas

  • modernismo em portugal

    Modernismo em Portugal O modernismo em Portugal, teve início oficialmente em 1915, quando um grupo de artistas plásticos e escritores, lançam o primeiro número da ORPHEU, que foi a revista trimestral de literatura. Esse grupo é composto por Raul leal, Luís de Montalvo, Mário de Sá-Carneiro, Almada negreiros o brasileiro Ronald de caralho e, entre outros, o modernismo em Portugal é difícil de ser estruturado. Ele é dividido em dois, três e até quatro momentos por alguns estudiosos. As principais...

    678  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo

    Nome: Est. Literários Nº: 3º ano Rev. Gabarito – Parnasianismo e Simbolismo Wilton Turma: Out/10 O que você deve saber sobre PARNASIANISMO E SIMBOLISMO Influenciados pelo grande desenvolvimento científico e filosófico, sobretudo na segunda metade do século XIX, a Geração Materialista ou Geração de 70 (1870-1900) buscou referências nas Ciências Naturais (Biologia, Física e Química) e nas Ciências Sociais para explicar um mundo em rápida transformação. No panorama artístico...

    6587  Palavras | 27  Páginas

  • Modernismo em Portugal

     O MODERNISMO em Portugal vem a ser um movimento forte e amplo que integrou literatura, cinema, pintura, arquitetura, música, etc. Nesse contexto surgiram as vanguardas européias, a literatura de vanguarda foi realmente polêmica, irreverente e desbravadora. Os vanguardistas da época valiam-se da ironia, do deboche, e da luta verbal com o objetivo de substituir a arte antiga pela arte moderna. As principais vanguardas européias foram:  Cubismo, Futurismo. Dadaísmo e Surrealismo. Todas essas vanguardas...

    630  Palavras | 3  Páginas

  • Simbolismo em Portugal e no Brasil

    O Simbolismo em Portugal Com a publicação de Oaristos, de Eugenio de Castro, em 1890, inicia-se oficialmente o Simbolismo português, durando até 1915, época do surgimento da geração Orpheu, que desencadeia a revolução modernista no país, em muitos aspectos baseada nas conquistas da nova estética. Conhecidos como adeptos do Nefelibatismo (espécie de adaptação portuguesa do Decadentismo e do Simbolismo francês), e, portanto como nefelibatas (pessoas que andam com a cabeça nas nuvens), os poetas...

    625  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo e Simbolismo

    Parnasianismo Escola ou movimento literário essencialmente poético. Contemporâneo do Realismo-Naturalismo. Teve as suas origens em França, a partir de 1850. Representou na poesia o espírito positivista e científico da época, em oposição ao romantismo. Os seus autores procuravam recuperar os valores estéticos da antiguidade clássica. O seu nome vem do Monte Parnaso, a montanha que, na mitologia grega era consagrada a Apolo e às musas. Os temas preferidos são os factos históricos, objectos...

    601  Palavras | 3  Páginas

  • Parnasianismo e simbolismo

    Parnasianismo Nas últimas décadas do século XIX, a literatura brasileira abandonou o sentimentalismo dos românticos e percorreu novos caminhos. Na prosa, surgiu o Realismo/Naturalismo e na poesia, o Parnasianismo e Simbolismo. Os poetas parnasianos achavam que alguns princípios adotados pelos românticos (linguagem simples, emprego da sintaxe e vocabulário brasileiros, sentimentalismo, etc.) esconderam as verdadeiras qualidades da poesia. Então, propuseram uma literatura mais objetiva, com um...

    3139  Palavras | 13  Páginas

  • Romantismo, Simbolismo e Parnasianismo

    anteriormente) e o início da industrialização (que se espalhou por toda Europa). O ideal da Revolução Francesa de liberdade, igualdade e fraternidade alcançou a América Latina e foi um marco para um período de independência nas colônias da Espanha e Portugal. Assim, houve a independência de: Paraguai, Argentina, Venezuela, Chile, Equador, Peru, México, Brasil, América Central, Bolívia e Uruguai. Já na literatura, a fase romântica rompeu com a tradição clássica, imposta pelo período árcade, e apresentou...

    1143  Palavras | 5  Páginas

tracking img