Parabola A Melhor E A Pior Coisa Do Mundo artigos e trabalhos de pesquisa

  • Parabola Esopo

    Parabola - Esopo A melhor e a pior coisa do mundo Há mais de dois mil e quinhentos anos, um rico mercador grego tinha um escravo chamado Esopo. Ele era concurda, feio, mas com uma sabedoria única no mundo. Certa vez, para provar as qualidades de seu escravo, o mercador ordenou:             - Toma Esopo. Aqui está esta sacola de moedas. Corre ao mercado. Compra lá o que houver de melhor para um banquete. A melhor comida do mundo!             - Pouco tempo depois, Esopo voltou do mercado e colocou...

    828  Palavras | 4  Páginas

  • Palestra Parabola do Semeador

    Palestra: Parábola do Semeador Parábola: Naquele dia, saindo Jesus de casa, assentou-se à borda do mar. E vieram para ele muita gente, de tal sorte que, entrando em uma barca, se assentou, ficando toda a gente de pé na ribeira; e lhes falou muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis aí que saiu o que semeia a semear. E quando semeava, uma parte das sementes caiu junto da estrada, e vieram às aves do céu, e comeram-na. Outra, porém, caiu em pedregulho, onde não tinha muita terra, e logo...

    1309  Palavras | 6  Páginas

  • A PARÁBOLA DO FILHO PRODIGO

    A Parábola do Filho Pródigo Uma das histórias mais contadas e recontadas da bíblia, muito conhecida a Parábola do Filho Pródigo. O texto do livro de Lucas 15:11-32, nos apresenta dois personagens com comportamentos distintos, porém ambos levam o homem à perdição: O imoral, representado pelo filho pródigo e o Moralista religioso, aqui representado pelo irmão mais velho. Família Patriarcal Na cultura judaica da época de Jesus, a família era baseada no formato patriarcal. O pai possuía uma...

    6565  Palavras | 27  Páginas

  • A Parábola das Dez virgens

    A Parábola das Dez Virgens 16 Fevereiro, 2013  Jesus estava assentado no Monte das Oliveiras, quando respondeu aos seus discípulos sobre os últimos acontecimentos próximos ao fim do mundo e a sua segunda vinda. O Mestre conta a Parábola das Dez Virgens, que traz uma mensagem de despertamento espiritual e vai de encontro ao cerne da religião. No casamento judaico havia um rito alegre e interessante para o cortejo que conduzia a noiva. Sob a luz de lâmpadas, cânticos e sons de instrumentos...

    1021  Palavras | 5  Páginas

  • BUSCAI AS COISAS DO ALTO

    Padre Léo Buscai As Coisas Do Alto Este livro foi digitado pelo querido Padre Léo Não te detenhas A primeira ordem de Deus para Lot e para nós é “não olhes para traz”. “Salva-te, se queres conservar tua vida. Não te detenhas em parte alguma da planície”. Essa é a segunda ordem de Deus para nós hoje. O que essa ordem significa para nós hoje? O que é descer nas planícies? É ir se agarrando nas pequenas coisas. Água parada é a maior fonte de pernilongo, de mosquito de dengue...

    45057  Palavras | 181  Páginas

  • As Parábolas de Jesus

    As Parábolas de Jesus!! Parábolas sobre a Vigilância, Prudência e Valorização do Trabalho Parábola das Dez Virgens  Parábola das Virgens Insensatas (Néscias-Loucas) e Prudentes.  Tema Central : Não é na hora da morte que se deve preparar para a desencarnação. Cada qual irá para o Plano Espiritual no nível evolutivo em que se encontra, favorável ou não.  Parábola serve-se de um costume dos judeus na época: Cerimônias nupciais é banquete em um salão ,onde todos esperavam...

    977  Palavras | 4  Páginas

  • Análise da Parábola do Filho Pródigo

    confecção deste referido trabalho. Abordaremos o gênero Evangelho com parábola, popularmente conhecido. Este gênero apresenta características de ordem composicional, temática e estilística próprias deste recurso da linguagem. Segundo a Bíblia Sagrada, Jesus Cristo pregava seus ensinamentos através dos Evangelhos com parábola, faremos então uma análise sobre a característica deste gênero e como exemplo tomamos “A parábola do filho pródigo”, este tipo de gênero textual estimula uma comparação com...

    4111  Palavras | 17  Páginas

  • O mundo de Sofia.

    O MUNDO DE SOFIA – FICHAMENTO. CAPÍTULO I – O JARDIM DO ÉDEN. Sofia Amundsen voltava da escola, à caminho de sua casa. Quando chega, faz uma visita à sua caixa de correio, onde consta uma carta não lida sem remetente no envelopem com a seguinte mensagem/pergunta: Quem é você?. Tal pergunta que transformou seu dia, de imediato ela sabia a resposta, dizia-se ser Sofia Amundsen, logo surgindo outro pensamento: “Então se eu tivesse outro nome seria outra pessoa?”. Então, foi ao banheiro, olhou-se...

    6839  Palavras | 28  Páginas

  • parabola dos talentos

    mediu esforços para nos dotar de elementos maravilhosos, em prol de nossa própria evolução. Nós poderemos chamar tudo isso de talentos. Sim, poderíamos chamar tudo isso de talentos. Jesus Cristo nos trouxe uma parábola que ficou conhecida como a Parábola dos talentos. Nessa parábola, o Mestre nos fala de um senhor muito rígido, muito exigente, que ao fazer uma viagem, deixou com três dos seus servidores uma quantidade de moedas. Com o primeiro deixou uma quantidade grande, com o segundo outra...

    1506  Palavras | 7  Páginas

  • O fim do mundo, é possível prevê-lo?

    1 Neimar Plack Brauwers O FIM DO MUNDO É possível prevê-lo? Igreja Evangélica Congregacional do Brasil IECB Santa Rosa 2012 2 DEDICATÓRIA Com imensa gratidão e amor dedico este material a minha amada noiva, Aline Eliziane Assenheimer, que contribui significativamente, com apoio, motivação, e oração com a produção do mesmo. Sou muito grato a Deus pela bela e sábia noiva que me concedeu. AGRADECIMENTOS Em primeiro lugar quero agradecer a Deus por este material, pois foi Ele que...

    35007  Palavras | 141  Páginas

  • Parabolas

    Parábolas O advogado e o cliente   Um réu estava sendo julgado por assassinato na Inglaterra. Havia fortes evidências sobre a sua culpa, mas o cadáver não aparecera. Quase no final da sua sustentação oral, o advogado, temeroso de que seu cliente fosse condenado, recorreu a um truque: – Senhoras e senhores do júri, eu tenho uma surpresa para todos vocês - disse o advogado, olhando para o seu relógio. – Dentro de um minuto, a pessoa presumivelmente assassinada neste caso, entrará neste tribunal...

    12685  Palavras | 51  Páginas

  • estudo biblico parabolas de jesus

     Igreja Assembleia de Deus Monte Sinai Nome:__________________ Princípio da lição: Saber que Deus convida a todos para a grande festa, para receber a sua salvação. Sentir-se agradecidos pelo convite do Senhor. Base Bíblica: A Parábola da Grande Ceia (Lc 14.15-24,Mt 22.1-14) Versículo: Assim, os derradeiros serão primeiros, e os primeiros, derradeiros, porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos. Mateus 20.16    No Oriente naquela época, era de praxe quando se convidavam...

    2603  Palavras | 11  Páginas

  • Parábola do semeador

    A PARABOLA DO SEMEADOR “Tendo Jesus saído de casa, naquele dia, estava assentado junto ao mar; E ajuntou-se muita gente ao pé dele, de sorte que, entrando num barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia. E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha...

    1644  Palavras | 7  Páginas

  • Os melhores contos de José J. Veiga

    .........................................9 5.Referências Bibliográficas..........................................................................10 Introdução Neste trabalho analisaremos dois contos do livro Melhores Contos de J. J. Veiga, tal autor que é um dos representantes brasileiros do realismo fantástico, corrente literária que de uma maneira especial aborda os temas da fantasia e da relação da realidade com o sobrenatural. Além disso, disponibilizamos...

    3228  Palavras | 13  Páginas

  • “No Brasil, todo mundo é índio, exceto quem não é"

    “No Brasil, todo mundo é índio, exceto quem não é" O antropólogo Eduardo Viveiros de Castro enviou a VEJA uma carta - divulgada amplamente na internet - sobre a reportagem "A farra antropológica oportunista", publicada nesta edição da revista. Na carta, Viveiros de Castro diz: "(1) nunca tive qualquer espécie de contato com os responsáveis pela matéria; (2) não pronunciei em qualquer ocasião, ou publiquei em qualquer veículo, reflexão tão grotesca, no conteúdo como na forma". Sua primeira afirmação...

    8266  Palavras | 34  Páginas

  • A cultura condiciona a visão de mundo do homem

    A Cultura Condiciona a Visão de Mundo do Homem LUSENA, Mikael Douglas A. RESUMO Este trabalho apresenta uma explicação da 2º parte do livro de Roque Laraia, foi feito com o intuito de aprofundar as discussões na temática de antropologia cultural. Palavras-Chave: Diferenças Culturais, Antropologia Cultural, Etnocentrismo. RESUMEM Este artículo presenta una explicación de la 2ª parte del libro de Roque Laraia, se llevó a cabo com el fin de profundizar los debates sobre el tema de la antropologia...

    998  Palavras | 4  Páginas

  • Parábolas

    SEMINARIO DE TEOLOGIA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS DO CEARA PARÁBOLAS DE JESUS Celson Nunes de Oliveira Fortaleza, Dezembro de 2012. CELSON NUNES DE OLIVEIRA PARÁBOLAS DE JESUS Trabalho de conclusão da disciplina Parábolas de Jesus, como exigência parcial da complementação de nota a ser entregue ao prof. Sergio. Fortaleza, Fevereiro de 2012. 1 A OVELHA PERDIDA Mateus 18.12-14 “Que vos parece? Se um homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará ele nos...

    3166  Palavras | 13  Páginas

  • Classicos do mundo corporativo

    THIAGO A. DALCIN – R.A 409203453 CLÁSSICOS DO MUNDO CORPORATIVO UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO SÃO PAULO 2009 THIAGO A. DALCIN – R.A 409203453 CLÁSSICOS DO MUNDO CORPORATIVO Trabalho de avaliação da disciplina de Teoria Geral da Administração do curso de Administração, da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). ...

    5699  Palavras | 23  Páginas

  • 6549294 Evangelico John Stott Ouca o rito Ouca o Mundo

    OUÇA O ESPÍRITO, OUÇA O MUNDO John Stott ABU EDITORA Pg.» 2 OUÇA O ESPIRITO, OUÇA O MUNDO Traduzido do original em inglês THE CONTEMPORARY CHRISTIAN Inter-Varsity Press, Leicester, Inglaterra. Copyright © John R W Stott, 1992 Guia de estudos de David Stone. Copyright © Inter-Varsity Press, 1992 Direitos reservados pela ABU Editora S/C Caixa Postal 2216 01060-970 - São Paulo - SP E-mail: editora@abub.org.br home page: www.abub.org.br/editora Proibida a reprodução total ou parcial desta obra...

    136262  Palavras | 546  Páginas

  • Resenha de trecho do livro O mundo de Sófia

    Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias – ICA Resenha de Trecho do Livro: O mundo de Sofia – Romance da História da Filosofia Curso: Administração / 1º periodo Jostein Gaarder, O mundo de Sofia, São Paulo: Companhia das Letras, 1995 Págs. 96 a 108 O objetivo do texto é explicar como os filósofos compreendem a realidade. O autor Jostein Gaarder busca através das observações de Platão demonstrar aspectos...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo Livro a Parábola do Croissant autor Rodrigo DeBona

    Resumo do Livro a Parábola do Croissant e a Quarta característica do SwáSthya Descobrindo a Quarta Característica O SwáSthya Yôga, é a codificação do Yôga mais antigo e autêntico, que mantém o embasamento em duas filosofias muito antigas, sendo uma comportamental (Shakta) e outra teórico-especulativa (Sámkhya). Durante o começo de sua sistematização o SwáSthya tinha como características apenas três: - Ashtánga Sádhana - Regras Gerais de Execução - Sequências coreográficas Entretanto, em...

    3242  Palavras | 13  Páginas

  • melhor do que comprar sapatos 1

    Este livro pertence á “Enganosa é a graça, e vã, a formosura , mas a mulher que teme ao SERNHOR, essa será louvada.” Pv 31:30 Cristiane Cardoso Melhor do que Comprar Sapato Rio de Janeiro 2011 C268m Cardoso, Cristiane, Melhor do que comprar sapatos Varias mensagens/Cristiane Cardoso,-rio de janeiro: Unipro Editoura , 2011, 272 p,:21cm. ISBN 978-85-7140-477-9 1.De dentro para fora. 2.De solteira a vida de casada. 1.titulo CDD-248.408 Copyright© 2007,Cristiane cardoso, Todos os direitos resevados...

    66763  Palavras | 268  Páginas

  • atps lingua protuguesa 5º semestre

    é \ forma de interação do ser humano socialmente. PARÁBOLA: A MELHOR E A PIOR COISA DO MUNDO Há mais de dois mil e quinhentos anos, um rico mercador grego tinha um escravo chamado Esopo. Ele era corcunda, feio mas com uma sabedoria única no mundo. Certa vez, para provar as qualidades de seu escravo, o mercador ordenou: - Toma, Esopo. Aqui está uma sacola cheia de moedas de ouro, corre ao mercado e compra o que há de melhor no mundo para um banquete. Pouco tempo depois, Esopo voltou do...

    2237  Palavras | 9  Páginas

  • ATPS L Ngua Portuguesa Postar

    linguagem é \ forma de interação do ser humano socialmente. PARÁBOLA: A MELHOR E A PIOR COISA DO MUNDO Há mais de dois mil e quinhentos anos, um rico mercador grego tinha um escravo chamado Esopo. Ele era corcunda, feio mas com uma sabedoria única no mundo. Certa vez, para provar as qualidades de seu escravo, o mercador ordenou: - Toma, Esopo. Aqui está uma sacola cheia de moedas de ouro, corre ao mercado e compra o que há de melhor no mundo para um banquete. Pouco tempo depois, Esopo voltou do mercado...

    2001  Palavras | 9  Páginas

  • Tudo sobre Cultura Religiosa - Diversas religiões do mundo

    cultura e da sociedade. As principais religiões universais. O Cristianismo. O cenário religioso brasileiro. Religião e interdisciplinaridade. Valores e direitos humanos, sociais, éticos e espirituais. Ética cristã. Visão cristã de ser humano e de mundo. OBJETIVOS DA DISCIPLINA 2.1 COMPETÊNCIAS: Analisar, através de crítica reflexiva, a história e o pensamento religioso e cristão bem como sua prática, desenvolvendo, desta forma, os conhecimentos, os valores e as atitudes dos acadêmicos. 2.2...

    32032  Palavras | 129  Páginas

  • Faculdades Anhanguera Uniderp L NGUA PORTUGUESA

    palavras que relacionam o que se pedi, onde as crianças assimilam essa comunicação com mais facilidade. PARÁBOLA ESOPO: A MELHOR E A PIOR COISA DO MUNDO – Está Parábola trata-se de um escravo chamado ESOPO, ele era feio, corcunda porém inteligentíssimo. – O dono dele era um rico mercador grego, seu dono lhe deu uma sacola cheia de moedas de ouro e ordenou que fosse ao mercado buscar o que há de melhor pro banquete então seguiu ESOPO ao mercado. Quando voltou do mercado, colocou em cima da mesa um prato...

    1120  Palavras | 5  Páginas

  • o mundo de sofia

    cidade sobre as colinas". Aqui em cima viveram homens desde a Idade da Pedra. Isso está relacionado com a posição privilegiada deste lugar. Era fácil defender este planalto de inimigos. Da Acrópole desfrutava-se de um belo panorama sobre um dos melhores portos do Mediterrâneo. À medida que Atenas se expandia na planície, no sopé do planalto, a Acrópole foi utilizada como fortaleza e como área dos templos. Na primeira metade do século V a.C., rebentou uma guerra sangrenta contra os persas e, no...

    7765  Palavras | 32  Páginas

  • Parabolas

    Parábola dos Potes de Barro Havia dois grandes e belos potes de barro que conversavam entre si no canto de um quintal: - Ah..., que tédio, que vida! Viver aqui, exposto a tudo, sol, vento, chuva, calor... Por mais que eu me proteja, como sobreviverei? Aqui estou perfeitamente tampado, lacrado para proteger-me e ainda assim sinto-me ameaçado, vazio. Não vejo graça em estar aqui... O outro pote tranqüilamente respondeu: - Cai a chuva e eu a recebo. Vem o vento e eu o sinto bem dentro de mim. Vem...

    4942  Palavras | 20  Páginas

  • Analise do livro o mundo de sofia

    confia com tanta facilidade como antes. Os políticos mentiram. O sistema falhou. O ministro negociou. Seu cônjuge foi infiel. Não é fácil confiar. Não é que não deseje fazê-lo. Simplesmente se trata de que deseja ser cuidadoso. Há mais uma coisa. Você cometeu alguns erros. Conheci alguém numa livraria de Michigan. Um homem de negócios, raras vezes saía de seu escritório e muito menos para conhecer um autor. Mas naquela ocasião o fez. Se lamentava pelas muitas horas de trabalho e as poucas...

    46289  Palavras | 186  Páginas

  • Atpsfundamentosemetodologiadalinguaportuguesapronto 140603145330 Phpapp02

    duplicação da outra. “Logo, cada modalidade serviria para uma finalidade mais específica, sem perder sua característica fundamental de ser linguagem”. Por último, fala e escrita planteiam diferentes aportes para a experiência: a escrita cria o mundo da coisas/objetos (things) e a fala, o dos acontecimentos. Para esse autor, tais aportes seriam formas possíveis de se olhar para o mesmo objeto de conhecimento, ou seja, a experiência humana. Não escrevemos e lemos sempre do mesmo jeito. Estamos inseridos...

    984  Palavras | 4  Páginas

  • ATPS Fund

    existe idioma no mundo mais torturado do que a língua portuguesa, é tão trágico o que vemos que as vezes chega a ser cômico. Existem erros para todos os gostos: ortografia e sintaxe, erros de concordância e gramaticais, podemos até dizer que são escritas em “mandarim” para quem escreveu essas aberrações, que chamam a atenção muito mais pelos erros de português do que pelos produtos, serviços ou avisos a que se referem, e isso nos remete ao tipo da coisa que não sabemos se damos risadas ou choramos. Pior do que...

    1498  Palavras | 6  Páginas

  • ENTRE A CERTEZA DE COISAS QUE SE ESPERAM E A CONVICÇÃO DE FATOS QUE NÃO SE VÊEM

     CENTRO TEOLÓGICO PALAVRA DE VIDA CURSO DE BACHAREL EM TEOLOGIA FÉ: ENTRE A CERTEZA DE COISAS QUE SE ESPERAM E A CONVICÇÃO DE FATOS QUE NÃO SE VÊEM ADÃO AMÉRICO RODRIGUES GUARUJÁ-SP 2012 ORIENTADOR: PROFº. WELINGTON BATISTA GUARUJÁ - SP 12/2012 ...

    47358  Palavras | 190  Páginas

  • geografia

    Metodologia da Língua Portuguesa Professora: Rosemeire Lopes da Silva Farias PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE A FALA E A ESCRITA FALA ESCRITA 1- Como acontece sempre em um determinado contexto, as referências são claras, ( Isto aqui, aquela coisa lá). 1- Deve ser bem especificada para criar um contexto próprio. 2- O falante e o ouvinte estão em contato direto, e a interação acontece por troca de turnos. 2- O leitor não esta presente quando se escreve e não há interação, exceto...

    2039  Palavras | 9  Páginas

  • ATPS Fund

    que há intercâmbio de mensagens. PARÁBOLA - ESOPO “A melhor e a pior coisa do mundo Há mais de dois mil e quinhentos anos, um rico mercador grego tinha um escravo chamado Esopo. Ele era concurda, feio, mas com uma sabedoria única no mundo. Certa vez, para provar as qualidades de seu escravo, o mercador ordenou:             - Toma Esopo. Aqui está esta sacola de moedas. Corre ao mercado. Compra lá o que houver de melhor para um banquete. A melhor comida do mundo!             - Pouco tempo depois...

    3245  Palavras | 13  Páginas

  • Fundamentos da lingua Portuguesa

    aprende a linguagem tardiamente, tem uma percepção mais aguçada da realidade, suas idéias não se limitam a símbolos ou abstrações, como palavras ou idéias que distorcem os conceitos. Suas "portas da percepção" estarão abertas, pois seu conhecimento de mundo está livre de "pré-conceitos", ou seja, idéias perpetuadas pela sociedade, ditas como verdadeiras, mas que se analisadas sem "pré-idéias" são apenas práticas sociais condicionadas que não se utilizam de lógica, a imposição de regras(normas) para a...

    581  Palavras | 3  Páginas

  • Apresenta O Metodolofia De Lingua Portuguesa

    exercício da cidadania. É através do domínio da língua que o indivíduo constrói conhecimentos, adquire condições efetivas de se expressar, defender suas ideias, compartilha seus saberes, formula perguntas, articula respostas; enfim, amplia sua visão de mundo para poder atuar como sujeito ativo na sociedade e assim marcar uma posição de ordem social dentro do contexto cultural em que vive. Principais diferenças entre a linguagem verbal e escrita  Linguagem Verbal: Há uma tendência a informalidade. Quem...

    1972  Palavras | 8  Páginas

  • Visão do mundo

    pretende falar sobre a visão de mundo que nós costumamos ter diante da realidade que nos envolve, na intenção de que, até o final das nossas palavras possa ocorrer a semeadura de uma reflexão sobre o assunto. Possivelmente, a personalidade mais brilhante em termo de potencialidade intelectual do século XVII, tenha sido a do filósofo francês, René Descartes. Em um dos seus livros, Discurso do Método, logo no seu primeiro parágrafo, ele diz: “O bom senso é, das coisas do mundo, a mais bem distribuída,...

    3250  Palavras | 13  Páginas

  • trabalho pronto fundamentos e metodologia da lingua portuguesa

    maneira como vivemos, pois é através dela que a maioria das pessoas se comunica com o mundo externo e até interno. Percebemos o poder que a palavra tem em nossa sociedade através de frases do tipo: "Dou-lhe a minha palavra !", "Quero a sua palavra.", "Dito e feito !" etc. Analise interpretativa da parábola "A melhor e a pior coisa do mundo"  A língua descrita como diz a parábola é a melhor e a pior coisa do mundo, com ela temos a capacidade de comunicação para nos relacionarmos com outras pessoas...

    1118  Palavras | 5  Páginas

  • ATPS De Fundamentos Da Lingua Portuguesa

    criança com a língua se faz pela audição, seguindo de vocalizações, primeiro de sons não necessariamente constantes na língua falada ao seu redor e, depois, de sons da língua, mas o que é o ouvir e o falar? Ouvir é; prestar atenção para ouvir alguma coisa e escutar é;ficar em posição de empatia para escutar quem está falando. O poder da palavra O Ser Humano é o único ser vivo no planeta Terra que utiliza a palavra como meio de comunicação intrapessoal (consigo mesmo) e interpessoal (com o outro)...

    1179  Palavras | 5  Páginas

  • competências profissionais

    de gramática. Enquanto isso, aspectos relevantes de ensino da língua materna, como a leitura e produção de textos, acabaram sendo deixados de lado. Mediante isso temos que repensar várias formas de apresentação desse ensino/aprendizagem para um melhor aproveitamento do aluno. Linguagem verbal e linguagem escrita Mantega- Manteiga Manguera- Mangueira Jabuticabera- Jabuticabeira TV- Televisão Caminhonete- Camionete Quejo- Queijo Mortandela- Mortadela Caxa- Caixa Variação...

    1206  Palavras | 5  Páginas

  • Fundamentos e Metodologia da Lingua Portuguesa

    verbal: É dividida em dois processos de recepção e de produção, que são a leitura e a escrita. É o uso da palavra articulada ou escrita como meio de expressão e de comunicação entre pessoas. É importante compreender as variações linguísticas para melhor usar a língua em diferentes situações. Utilizar a língua como meio de expressão, informação e comunicação requer, também o domínio dos diferentes contextos de aplicação da língua. Comunicação: Ocorre quando interagimos com outras pessoas utilizando...

    2004  Palavras | 9  Páginas

  • Faculdade Anhanguera Uniderp Fundamentos E Metodologia Da Lngua Portuguesa 4

    verbal é fascinante e pode ajudar no seu desenvolvimento pessoal, profissional e principalmente social. 12 Esopo- O melhor e o pior do mundo A melhor e pior coisa do mundo Verificamos que de acordo com a parábola, e tendo em vista que a leitura é condição essencial para que se possa compreender o mundo,os outros, as próprias experiências e a necessidade de inserir-se no mundo da escrita, torna-se imperativo que o aluno desenvolva habilidades lingüísticas para que possa ir além da simples decodificação...

    2215  Palavras | 9  Páginas

  • A historia das coisas

    A Historia das coisas Esse e um documentário produzido por Louis Fox e apresentado por Anne Leonard, nele vemos a exploração de poder dos Estados Unidos, sobre países subdesenvolvidos, a historia das coisas nos mostram a realidade que não vemos no nosso dia-a-dia, nos mostra como estamos iludidos com a nossa vida e estamos ocupados demais para ver que nosso mundo esta pedindo socorro. Conforme o documentário, vemos que o governo e as corporações estão cada vez maiores e se importando menos...

    563  Palavras | 3  Páginas

  • ANTUNES, Irandé. “Língua, Texto e Ensino - Outra Escola Possível". Parábola Editorial, 2009.

    ANTUNES, Irandé. “Língua, Texto e Ensino - Outra Escola Possível". Parábola Editorial, 2009. Irandé Antunes em seu livro “Língua, texto e ensino” – Outra escola possível, vem mostrar sua preocupação sobre o ensino de língua portuguesa e sua aplicação em sala de aula, o livro abrange textos já publicados em outras fontes, e ao decorrer de cada capítulo, a autora utiliza de exemplos para facilitar na compreensão dos temas abordados. Ao longo dos quatorze capítulos, que compõem a obra, focaremos...

    1324  Palavras | 6  Páginas

  • ATPS FUNDAMENTOS MET DA LINGUA PORTUGUESA

    para transmissão do significado: tonicidade, ritmo, entonação, expressões faciais, gestos. Recursos para transmissão do significado: pontuação, letras maiúsculas, aspas, tipo de letras, emoticons. Transitória (se o interlocutor não entende alguma coisa, pode interagir) Permanente (pode ser lida e relida para maior compreensão) DIFERENÇAS ENTRE LINGUAGEM VERBAL E ESCRITA A língua portuguesa é uma entidade social que pertence a todos os brasileiros. É nossa identidade e nos torna cidadãos de pleno...

    1648  Palavras | 7  Páginas

  • O mundo de Sofia

    CAPÍTULO I – O JARDIM DO ÈDEN Palavras chaves: Sofia, carta, vida, morte, mundo, enigma. 1. O que acontece com Sofia durante o capítulo? Sofia recebe duas cartas nas quais contem perguntas do tipo “quem ès tu?” “de onde vem o mundo?”. Cartas estas que não possuem remetentes, o que a deixa intrigada, perguntando-se quem enviaria aquelas cartas e por qual motivo havia feito isso. 2. Por que Sofia fica intrigada com as perguntas da carta? Ela fica intrigada porque são perguntas, que...

    1913  Palavras | 8  Páginas

  • A diversidade como fator de exclusão social

    estigmatização – exclusão social INTRODUÇÃO A língua é um instrumento que esta em constante transformação, nunca se estagna. Isso ocorre porque quem a utiliza é o ser humano e como ele se encontra sempre em movimento, inventando e reinventando coisas, ficaria difícil não incluir a língua nesta mudança. Se a língua fosse algo definido, pronto, até hoje estaríamos falando o português de quando os Portugueses ancoraram suas embarcações aqui no Brasil, ou então, estaríamos utilizando a linguagem escrita...

    1996  Palavras | 8  Páginas

  • Cristologia

    INTRODUÇÃO. Em 2Coríntios 5: 18-19 declara: “Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra de reconciliação.” A Palavra de Deus nos diz que Cristo nos reconciliou com Deus, o fato de que precisávamos de reconciliação significa que o nosso relacionamento com Deus estava quebrado. Já que...

    1746  Palavras | 7  Páginas

  • Direito das Obrigações: Conceito; coisa certa e incerta

    qualquer lugar do mundo, seja na compra de roupas ou um carro, seja em aluguéis. Sendo assim, um recurso que sempre existirá, pois tudo gera uma obrigação. Uma definição antiga para esse ramo, mas ainda utilizada, é das Institutas (Liv. 3º, Tít. XIII): Obligatio est juris vinculum, quo necessitate adstringimur alicujus solvendae rei, secundum nostrae civitatis jura (A obrigação é um vínculo jurídico que nos obriga a pagar alguma coisa, ou seja, a fazer ou deixar de fazer alguma coisa). Nas obrigações...

    875  Palavras | 4  Páginas

  • parabolas biblicas

    sermão (embora quase sempre com menos verossimilhança). As parábolas de Jesus, a exemplo das de outros mestres, pretendiam exemplificar seu ensinamento de forma bem nítida e descritiva, daí o fato de que inúmeros detalhes em tais parábolas só aparecem aí para fazer facilitar a história. Intérpretes modernos que põem muito de si na leitura de tais pormenores secundários correm o risco de negligenciar a verdadeira intenção, ou intenções, da parábola. A prática judaica por trás do uso feito por Jesus desse...

    7378  Palavras | 30  Páginas

  • ATPS FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DE L NGUA PORTUGUESA 1

    Passo4 ESOPO: A MELHOR E A PIOR COISA DO MUNDO Com sabedoria a parábola nos mostra o poder que a língua tem, e o porque é a melhor e a pior coisa do mundo, e nos leva a pensar sobre tudo o que falamos. Com a língua se constrói ou destrói com a mesma intensidade , podemos usá-la tanto para o bem quanto para o mal. Devemos ter plena consciência de tudo o que falamos para não ferir ou magoar, mas também uma palavra dita no hora certa tem o poder de definir e solucionar muitas coisas. A comunicação humana...

    585  Palavras | 3  Páginas

  • mundo diferente

    O mundo de uma forma diferente Hoje em dia nossa vida anda uma correria, todos nós lutamos para sobreviver, ou você se adapta ao mundo ou morre de fome...não importa o que se faça, o importante é conseguir o que se quer, assim as pessoas pensam em competição como um modo de batalha, você é chamado numa entrevista de emprego, daí vc fica feliz mais o pior que tem mais umas 20 pessoas esperando para serem entrevistadas tbém e o pior querendo a sua vaga, vc pensa é eles ou eu, tenho que dar a...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho De Linguistica

    expressões gestuais, entre tantos outros recursos. Quem fez uma bela distinção do que é língua escrita da falada foi Marcos Bagno, quando escreveu: “Uma receita de bolo não é um bolo, o molde de um vestido não é um vestido, um mapa-múndi não é o mundo… Também a gramática não é a língua” Linguagem escrita Linguagem verbal Caixa caxa Travesseiro travisseiru Almoço almoçu Pneu pineu Queijo queju Pente pent Dente dent alface alfaci chave chavi passeio passeiu Variações Linguísticas...

    1869  Palavras | 8  Páginas

  • Slide LIngua Portuguesa 5 Semestre 1

    diferentes regiões. Não existe errada, fraca ou pobre, apenas diferente e é essa diferença que faz a língua portuguesa rica. Exemplo: Bahia Significado -Mainha / Painho Mãe / Pai -Massa - coisa boa Pé de cana - cachaceiro -Zuada – barulho -Tamburete de forró Pessoa pequena Troço – Objeto pessoal; coisa -Xodó – Namoro; paquera Xilindró – Presídio ERROS GRAMATICAIS Figura 1: Erro ortográfico Fonte:http://rachacuca.com.br/passatempos/clickclick/21/errosortograficos-comuns-i Figura 3:...

    1564  Palavras | 7  Páginas

  • Trabalho Estudo Indutivo de Marcos Parabola Semeador 1

     Estudo Indutivo de Marcos Parábola do Semeador (Marcos 4: 1 a 20/Mateus 13: 1 a 20 ) E outra vez começou a ensinar junto do mar, e ajuntou-se a ele grande multidão, de sorte que ele entrou e assentou-se num barco, sobre o mar; e toda a multidão estava em terra junto do mar. E ensinava-lhes muitas coisas por parábolas, e lhes dizia na sua doutrina: Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear. E aconteceu que semeando ele, uma...

    1046  Palavras | 5  Páginas

  • Parábolas

    Mateus 13 Tendo Jesus saído de casa, naquele dia, estava assentado junto ao mar; E ajuntou-se muita gente ao pé dele, de sorte que, entrando num barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia. E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra...

    1030  Palavras | 5  Páginas

  • A psicanálise e o mundo de hoje

    A Psicanálise e o mundo de hoje Há quem diga que esse papo de Freud já está ultrapassado, falar com um psicanalista sobre explorar ideias, reflexões, problemas já era. Isso diante da nossa inquietação, nossa agitação e os nossos recursos disponíveis em nossos tempos. A aceleração da mudança nos lança na incerteza quanto ao futuro. Denise Maurano vem nos mostrar que não é bem por ai, o futuro chegou e estamos na modernidade. O que torna a frente da cena? É a comunicação, ou seja, no fim das contas...

    1055  Palavras | 5  Páginas

  • Ensaio sobre a Cegueira

    Ensaio sobre a Cegueira I – INTRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO DA OBRA EM ESTUDO 1.1 Introdução O Ensaio sobre a Cegueira de José Saramago é um livro que abala a percepção que temos das coisas. Incomoda, causando tremor sob os nossos pés e ausência de certezas. Neste romance do Nobel da Literatura, a sociedade atual aparece caracterizada sob vários aspectos. A separação (isolamento dos cegos num manicômio), a violência gratuita (os disparos dos soldados sobre os cegos), o cinismo dos políticos (medidas...

    3851  Palavras | 16  Páginas

  • Pior Copa do Mundo

    negócios, estamos tendo que enfrentar cada vez mais corrupções. Onde estão tirando aquilo que estamos precisando para colocar em algo que só ocorrerá durante 2 meses nada mais do que isso. O transporte está cada vez pior, tentar pegar um ônibus ou metrô logo pela manhã é a pior coisa que existe é gente pra todo lado, fila pra todo lado e confusão pra todo lado, ao invés deles construírem ou melhorar nossos meios de transportes vão lá e constroem estádios que sediará 4 jogos no máximo e gastaram 25...

    608  Palavras | 3  Páginas

  • DA FAM LIA PATRIARCAL S NOVAS CONCEP ES DE FAM LIA NO MUNDO CONTEMPOR NEO

    DA FAMÍLIA PATRIARCAL ÀS NOVAS CONCEPÇÕES DE FAMÍLIA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO O termo “família” é derivado do latim “famulus”, que significa “escravo doméstico”. Este termo foi criado na Roma Antiga para designar um novo grupo social que surgiu entre as tribos latinas, ao serem introduzidas à agricultura e também escravidão legalizada. A família é um sistema social uno, composto por um grupo de indivíduos, cada um com um papéis atribuídos, e embora diferenciados, consubstanciam o funcionamento do...

    6486  Palavras | 26  Páginas

tracking img