Para Entender A Fala Do Pinheiro Na Tira Abaixo É Preciso Que O Leitor Deduza Que artigos e trabalhos de pesquisa

Questionario ii comunicação e expressão

| b. | É possível perceber a nacionalidade pelo formato do cabelo do jovem, pela mascote em sua mão e pelo círculo vermelho, que sugere a bandeira nacional japonesa. | | c. | Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. | | d. | O texto permite a identidade ideológica do autor, que revela a destruição dos aspectos materiais, mas abre discussão para o salvamento dos aspectos...

1451  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

Ciências Sociais questionário 2

o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 0,5 em 0,5 pontos   A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição.   Resposta Resposta Selecionada:  b.  “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 0,5 em 0,5 pontos   Abaixo temos uma charge do famoso...

977  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

comunicação e expressão

Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 0,5 em 0,5 pontos A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: b. ...

1001  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Instituiçao Juridica e Etica

o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. . Pergunta 2 .0,5 em 0,5 pontos A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: b. “Pedro não parou de bater na mulher.” . Pergunta 3 .0,5 em 0,5 pontos Abaixo temos uma charge do famoso...

1003  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e expressão

Leia o texto abaixo: Aquecimento global pode acabar com o pão francês Débora Spitzcovsky, 16 de maio de 2011 Já pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o delicioso pão francês? Pois um estudo realizado pelos pesquisadores da Science concluiu que, por culpa do aquecimento global, estamos cada dia mais perto dessa realidade. A pesquisa analisou o impacto das mudanças climáticas nas quatro principais culturas consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho...

1451  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

Portugues

Fernandes não tem coerência, pois o leitor não pode saber se o texto é de ficção ou não; se tem humor ou não, fatores (ficção e humor) que dariam coerência ao texto. E)Apesar de as referências de “isso”, “lá fora”, “qualquer parte”, “as outras” etc. não serem recuperadas pelo leitor, o texto é coerente devido ao humor com que foi construído. Questão 3: Quanto ao tema do texto À moda concretista, que conhecimento de mundo prévio o leitor precisa ter para entender o texto? À moda concretista ...

1952  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

Questionário 2 comunicação e expressão

dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: B. “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso Angeli. Observe-a e indique...

981  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Comunicaçao e expressao 5369-40-sei cct0712-20122

exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento o leitor terá...

1463  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e expressão

linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso Angeli. Observe-a e indique a alternativa incorreta...

1285  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

comunicação e expessao 2

“Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses. Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Respostas: a. O texto sugere o contexto constituído do tsunami ocorrido no Japão em março de 2011 e as consequências: restos de madeira, casas, fábricas...

2071  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

Questionário Unidade II - Comunicação e Expressão - UNIP

um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta:  c.  Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento o leitor terá...

1569  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO - UNIP - UNIDADE II

elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta: c. Por causa dos discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do...

1668  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

COMUNICA O SOCIAL UNIDADE II QUESTION RIO RESOLVIDO

Questionário II – Comunicação & Expressão Pergunta 1 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” Comentário: Pelo enunciado podemos deduzir que Pedro batia na mulher. Resposta Letra: (B). “Pedro não parou...

1782  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e expressão ii

vermelha. Resposta Correta: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento o leitor terá de fato compreensão sobre o que lê. . Pergunta 2 .0,5 em 0,5 pontos A pressuposição...

1366  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

Questionario unidade II Comunicaçao e expressão

formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Obs.: O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento o leitor terá de fato compreensão sobre o que lê. 2. A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição...

1202  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

A ilustração do site "tsunami...

| | | | | |[pic] c.  | | | | | |Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre | | | | | |tsunami para a construção de sentido do discurso. | | | | | | ...

1665  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e Expressão

causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: B. “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso Angeli. Observe-a e indique a alternativa...

1169  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Relações entre a teoria dos atos de fala e quadrinhos humorísticos

TEORIA DOS ATOS DE FALA E QUADRINHOS HUMORÍSTICOS Leosmar Aparecido da SILVA* RESUMO Neste artigo, pretendemos descrever e problematizar os conceitos básicos da Teoria dos Atos de Fala, desenvolvida e debatida por J. L. Austin em How to do things with words (1976). Para isso, utilizaremos algumas tiras que contemplam atos de fala. Falaremos, também, sobre a presença dos atos locucionários, ilocucionários e perlocucionários nos textos analisados. PALAVRAS-CHAVE: Atos de fala – Quadrinhos – Performatividade...

4225  Palavras | 17  Páginas

Ler documento completo

Limites na consolidação de leitura no 6º ano no colégio adelmário pinheiro

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO – CAMPUS X EDINÁLIA MARIA DA CRUZ LIMITES NA CONSOLIDAÇÃO DE LEITURA NO 6º ANO NO COLÉGIO ADELMÁRIO PINHEIRO Teixeira de Freitas 2011 EDINÁLIA MARIA DA CRUZ LIMITES NA CONSOLIDAÇÃO DE LEITURA NO 6º ANO NO COLÉGIO ADELMÁRIO PINHEIRO Monografia apresentada ao Colegiado do curso de Letras, do Departamento de Educação – Campus X, da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, como requisito...

13426  Palavras | 54  Páginas

Ler documento completo

Estudos disciplinares

Enunciado Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980.   Quadrilha da sujeira João...

1055  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Questionário I – Comunicação & Expressão – Unip

Questionário I – Comunicação & Expressão – Unip Pergunta 1  Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética....

1769  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

questionário I - Comunicação e Expressão

Questionário I – Comunicação & Expressão – Unip  Pergunta 1   Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta.  Quadrilha  João amava Teresa que amava Raimundo  que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili  que não amava ninguém.  João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,  Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,  Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes  que não tinha entrado na história.  ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia...

1769  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

comunicação expressão

2 0 em 0 pontos Analise a figura abaixo e assinale a alternativa correta: Resposta Resposta Selecionada:  d.  A figura não é um texto, porque não possui informação suficiente; tem apenas o valor, o nome da moeda corrente e o país de origem. Resposta Correta:  b.  Trata-se de um texto, porque é uma unidade de sentido com linguagem e permite, aos indivíduos, a comunicação. Pergunta 3 0 em 0 pontos A tirinha abaixo é de autoria do paulistano Salvador. Sobre...

2423  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

2 semestre unip

lateral, qual a planta correta? A) B) C) D) E) 3) Assinale a elevação correta A) B) C) D) E) 4) Assinale a planta correta A) B) C) D) E) 5) Assinale o conjunto correto de projeções da perspectiva abaixo: A) B) C) D) E) 6) Assinale a vista lateral em corte total correta A) B) C) D) E) 7) Assinale o conjunto de projeções (planta, elevação e vista lateral) correto da peça dada em perspectiva. A) B) C) ...

2546  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

2 semestre unip

lateral, qual a planta correta? A) B) C) D) E) 3) Assinale a elevação correta A) B) C) D) E) 4) Assinale a planta correta A) B) C) D) E) 5) Assinale o conjunto correto de projeções da perspectiva abaixo: A) B) C) D) E) 6) Assinale a vista lateral em corte total correta A) B) C) D) E) 7) Assinale o conjunto de projeções (planta, elevação e vista lateral) correto da peça dada em perspectiva. A) B) C) ...

2546  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

COMUNICAÇÃO E EPRESSAO

Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980. . I. Apesar do título e dos nomes semelhantes...

3021  Palavras | 13  Páginas

Ler documento completo

Aps-2º semestre unip

B)   C)   D)   E)   3) Assinale a elevação correta A)   B)   C)   D)   E)   4) Assinale a planta correta A)   B)   C)   D)   E)   5) Assinale o conjunto correto de projeções da perspectiva abaixo: A)   B)   C)   D)   E)   6) Assinale a vista lateral em corte total correta A)   B)   C)   D)   E)   7) Assinale o conjunto de projeções (planta, elevação e vista lateral) correto da peça dada em perspectiva...

2348  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

2 semestre unip

lateral, qual a planta correta? A) B) C) D) E) 3) Assinale a elevação correta A) B) C) D) E) 4) Assinale a planta correta A) B) C) D) E) 5) Assinale o conjunto correto de projeções da perspectiva abaixo: A) B) C) D) E) 6) Assinale a vista lateral em corte total correta A) B) C) D) E) 7) Assinale o conjunto de projeções (planta, elevação e vista lateral) correto da peça dada em perspectiva. A) B) C) ...

2546  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

Comunica Ao E Expressao 1 E 2 1

pontos Correta Indique a alternativa correta: Resposta Correta: d. A principal característica da língua falada é a presença do interlocutor. Questinario unidade 1 Questionário I – Comunicação & Expressão – Unip Pergunta 1  Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou...

2139  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e expressão

sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição.Resposta | | | | | Resposta Selecionada: |  b.  “Pedro não parou de bater na mulher” | Resposta Correta: |  b.  “Pedro não parou de bater na mulher” | Feedback da resposta: | Pelo enunciado podemos deduzir que Pedro batia na mulher. | | | | | * Pergunta 5 | | | Para entender a fala do pinheiro na tira abaixo, é preciso que o leitor deduza que: Resposta | | | | | Resposta Selecionada:...

3615  Palavras | 15  Páginas

Ler documento completo

SIMULADO COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO GERAL

principalmente metáforas. E) As florestas tropicais prejudicam a umidade dos continentes. 2) Leia com atenção as alternativas e assinale a incorreta: A) A linguagem verbal é aquela que utiliza palavras. B) Um texto bem articulado é um texto coeso. C) A fala e a escrita apresentam a organização das ideias de forma diferenciada. D) Em placas de trânsito encontram-se apenas elementos não verbais. E) A pintura é um exemplo de linguagem não verbal. 3) Leia os textos a seguir: Texto I “Ler é o mais civilizado...

8601  Palavras | 35  Páginas

Ler documento completo

UM ESTUDO SOBRE O CONTO FANTÁSTICO MEMÓRIAS D’UMA BOLSA VERDE, DE MANUEL PINHEIRO CHAGAS

UM ESTUDO SOBRE O CONTO FANTÁSTICO MEMÓRIAS D’UMA BOLSA VERDE, DE MANUEL PINHEIRO CHAGAS UNAÍ - MG NOVEMBRO/ 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS MARIA HELEN GOMES DA SILVA UM ESTUDO SOBRE O CONTO FANTÁSTICO MEMÓRIAS D’ UMA BOLSA VERDE, DE MANUEL PINHEIRO CHAGAS Monografia apresentada ao Departamento de Comunicação e Letras da...

9807  Palavras | 40  Páginas

Ler documento completo

A INFERÊNCIA COMO ESTRATÉGIA DE LEITURA NAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS DO ENEM: UMA PERSPECTIVA INTERACIONAL.

presente trabalho será pautado na análise da estratégia de leitura inferência presente no gênero textual história em quadrinhos nas provas do Enem. Para tanto, tomaremos conhecimento dos teóricos que discutem acerca da leitura como: Antunes, Kleiman e Pinheiro. Conheceremos também com as estratégias de leituras são fundamentais para a compreensão, e para isso usamos como referencial teórico Solé (1998) Marcusch e Koch. Nesse contexto, enfocaremos a estratégia de leitura inferência uma vez que é um recurso...

15436  Palavras | 62  Páginas

Ler documento completo

Anáise das falas de mafalda

ANÁLISE DOS ATOS DE FALA NAS TIRAS DE MAFALDA1 Mônica Lopes Smiderle de Oliveira (UFES) monicasmiderle@yahoo.com.br AUSTIN E SEARLE: A TEORIA DOS ATOS DE FALA Pelo que mostra Levinson (2007), a teoria dos atos de fala tem sido de grande interesse não só dos lingüistas, mas também dos psicólogos, dos antropólogos, dos críticos literários, dos filósofos dentre outros. Os lingüistas aplicam a teoria dos atos de fala na sintaxe, na semântica, na pragmática e na aprendizagem de outras línguas; já os...

2456  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

evangelizar é preciso

Ler 1 Samuel 17,40-51. Partilhar com os colegas a história de Davi. No quadro abaixo desenhe a parte que você mais gostou desta História: 21 22 Elias, a pessoa que encontrou Deus. ( I Reis 19,9-14 ) A alian ç a f e it a ent r e D e us e o O povo ch egou a t r ocar seu D eus por um f also d e us, Catequista: Deus amava muito o seu povo. Todos: E queria ver todos no caminho da felicidade. Leitor 1 – fazia surgir, no meio deste povo, gente para mostrar como deve ser uma vida...

12915  Palavras | 52  Páginas

Ler documento completo

A importância do professor na formação do aluno leitor da educação de jovens e adultos

Coordenação do Curso de Pedagogia CRISTIANE DE CARVALHO MAGALHÃES PATRÍCIA MARIA DA SILVA A IMPORTÂNCIA DO PROFESSOR NA FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Brasília, 2007 Enciclopédia Biosfera, N.04, 2007 ISSN 1809-0583 ii CRISTIANE DE CARVALHO MAGALHÃES PATRÍCIA MARIA DA SILVA A IMPORTÂNCIA DO PROFESSOR NA FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Trabalho de conclusão de Curso apresentado à Associação Península Norte de Educação, Ciência e Cultura-Faculdade...

11730  Palavras | 47  Páginas

Ler documento completo

Apostila Comunicação e Expressão 2014

................................34 6.3. Exercícios de fixação do conteúdo ...................................................................................................................36 7. As condições de produção do texto: sujeito (autor/leitor), o contexto (imediato/histórico) e o sentido (interação/interpretação)............................................................................................38 7.1. O contexto de produção .....................................................

23993  Palavras | 96  Páginas

Ler documento completo

A impôrtancia da leitura na formação do leitor

HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO A SALA DE LEITURA NA FORMAÇÃO DO LEITOR TEREZINHA RODRIGUES DA SILVA MIRANDA Paracambi 2010 TEREZINHA RODRIGUES DA SILVA MIRANDA A SALA DE LEITURA NA FORMAÇÃO DO LEITOR Monografia de conclusão de curso apresentado à faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ ORIENTADOR: TEREZINHA RODRIGUES DA SILVA MIRANDA A SALA DE LEITURA NA FORMAÇÃO DO LEITOR Monografia de conclusão de curso apresentado à faculdade de...

11945  Palavras | 48  Páginas

Ler documento completo

A IMPORTÂNCIA DA POESIA NA FORMAÇÃO DO LEITOR

IMPORTÂNCIA DA POESIA NA FORMAÇÃO DO LEITOR Thanisa Aparecida de Souza Camargo De Dordi Tres1 Me. Andréia de Oliveira A. Iguma2 RESUMO: Este trabalho tem por objetivo analisar a importância da poesia na formação do leitor, ressaltando a participação de pais, professores e escolas nesse processo. Para tanto, serão apresentados aspectos teóricos da poesia aos novos leitores, somados à participação efetiva dos professores como mediadores entre autores e leitores. Dessa forma, partindo do pressuposto...

4228  Palavras | 17  Páginas

Ler documento completo

Formação do leitor

UNIVERSIDADE PAULISTA-UNIP EVERTON CARLOS PESTANA A LEITURA DE IAMGEM NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO LEITOR ASSIS 2010 EVERTON CARLOS PESTANA A LEITURA DE IAMGEM NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO LEITOR Trabalho de conclusão de curso para obtenção do título de graduação em Pedagogia apresentado à Universidade Paulista...

14332  Palavras | 58  Páginas

Ler documento completo

Comunicação Expressão UNIP Estudos disciplinares e provas online

LEITORA B1 HABILITADA 1. Leia o texto abaixo. Língua e fala “Na linguagem, pois, distinguem-se dois fatores – a língua e a fala. Foi Saussure o primeiro a separar e conceituar estes dois aspectos. Compara ele a língua a um dicionário cujos exemplares idênticos são distribuídos entre os indivíduos. Cada falante escolhe na língua os meios de expressão de que necessita para comunicar-se, confere-lhe natureza material, produzindo assim a fala. A fala, de aplicação momentânea, é fruto da...

13256  Palavras | 54  Páginas

Ler documento completo

ESTUDOS DISCIPLINARES E PROVA ONLINE DE COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO – TUDO

LEITORA B1 HABILITADA 1. Leia o texto abaixo. Língua e fala “Na linguagem, pois, distinguem-se dois fatores – a língua e a fala. Foi Saussure o primeiro a separar e conceituar estes dois aspectos. Compara ele a língua a um dicionário cujos exemplares idênticos são distribuídos entre os indivíduos. Cada falante escolhe na língua os meios de expressão de que necessita para comunicar-se, confere-lhe natureza material, produzindo assim a fala. A fala, de aplicação momentânea, é fruto da necessidade...

12432  Palavras | 50  Páginas

Ler documento completo

Comunicação e expressão UNIP ED e prova online

LEITORA B1 HABILITADA 1. Leia o texto abaixo. Língua e fala “Na linguagem, pois, distinguem-se dois fatores – a língua e a fala. Foi Saussure o primeiro a separar e conceituar estes dois aspectos. Compara ele a língua a um dicionário cujos exemplares idênticos são distribuídos entre os indivíduos. Cada falante escolhe na língua os meios de expressão de que necessita para comunicar-se, confere-lhe natureza material, produzindo assim a fala. A fala, de aplicação momentânea, é fruto da necessidade...

13254  Palavras | 54  Páginas

Ler documento completo

o corpo fala-Livro em pdf

Adoramos Ler: O CORPO FALA Pierre Wel e Roland To mpakow O©®BR Sobre os Autores: Pierre Weil: Doutor em Psicologia pela Universidade de Paris, Professor na Universidade de Minas Gerais, Diretor do Cento de Psicologia Aplicada – RJ, Especialista em Psicoterapia de Grupo e Psicodrama e autor de vários livros editados em diversos países, incluindo o conhecido bestseller “Relações Humanas na Família e no Trabalho”. Roland Tompakow: Professor de Comunicações dos Cursos...

24308  Palavras | 98  Páginas

Ler documento completo

Lingua portuguesa

______________________________________________________________________________________________ Língua Portuguesa - 7.º Ano 1.º BIMESTRE / 2013 6 2- Releia o trecho abaixo. Ele é o primeiro parágrafo da crônica. “A notícia segundo a qual um advogado carioca tinha instalado o seu escritório na praia do Arpoador gerou reações as mais contraditórias. Alguns acharam um absurdo; é uma pouca-vergonha, uma falta de respeito...

6421  Palavras | 26  Páginas

Ler documento completo

Tira implicitos

DISCURSIVO TIRA NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA ALINE SEGATE (UFU) 1 RESUMO: Este artigo objetiva perceber como implícitos em geral (pressupostos e subentendidos), são usados para a argumentação em tiras em quadrinhos, uma vez que acreditamos que os textos argumentam tanto explicitamente quanto implicitamente, e esses argumentos norteiam os enunciados que elaboramos com o intuito de levar o nosso interlocutor a tomar determinadas conclusões. Para cumprirmos essa meta, analisamos oito tiras em quadrinhos...

5740  Palavras | 23  Páginas

Ler documento completo

Literatura na formação do leitor

Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro Universidade do Estado do Rio de Janeiro Curso de Pedagogia para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Avaliação a distância 1 – 2013/1 Disciplina: Literatura na Formação do Leitor Coordenadora: Márcia Cabral Nome:VANESSA SANTOS DE SOUZA Matrícula: 11212080168 Pólo: BELFORD ROXO Caros alunos, Apresentamos algumas questões, visando à sistematização dos conteúdos relativos às Aulas 1 a 7. Leia...

3035  Palavras | 13  Páginas

Ler documento completo

Políticas públicas voltadas para a formação do leitor: o projeto hora da leitura

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MARINÊS LOPES FERNANDES MENEGHETI POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA A FORMAÇÃO DO LEITOR: O PROJETO HORA DA LEITURA SÃO BERNARDO DO CAMPO 2007 MARINÊS LOPES FERNANDES MENEGHETI POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA A FORMAÇÃO DO LEITOR: O PROJETO HORA DA LEITURA Dissertação apresentada como exigência parcial ao Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade...

43508  Palavras | 175  Páginas

Ler documento completo

O G NERO TIRA DE HUMOR

GÊNEROS TEXTUAIS O GÊNERO TIRA DE HUMOR E OS RECURSOS ENUNCIATIVOS QUE GERAM O EFEITO RISÍVEL José Ricardo Carvalho da Silva ricardocarvalho.ufs@hotmail.com INTRODUÇÃO Neste trabalho propomos discutir os processos envolvidos na leitura das tiras em quadrinhos que visam à produção do efeito humorístico. Durante muito tempo, as tiras em quadrinhos, de maneira especial, foram vistas como objeto de leitura pernicioso e alienante por diversos intelectuais, portanto banido da esfera educativa. Geralmente...

3313  Palavras | 14  Páginas

Ler documento completo

A LEITURA NA SALA DE AULA: UMA PROPOSTA DE TRABALHO COM O GÊNERO TIRA

TRABALHO COM O GÊNERO TIRA CARAPICUÍBA 2013 ALEX FERREIRA DE ARAUJO A LEITURA NA SALA DE AULA: UMA PROPOSTA DE TRABALHO COM O GÊNERO TIRA Monografia apresentada à Faculdade da Aldeia de Carapicuíba, como requisito parcial para a obtenção do título de Licenciatura em (Letras). Orientador Prof. (Daniel Ferreira do Nascimento) CARAPICUÍBA 2013 Ficha catalográfica ARAUJO, Alex Ferreira de. A leitura na sala de aula : uma proposta de trabalho com o gênero tira/ Alex Ferreira...

11516  Palavras | 47  Páginas

Ler documento completo

partilhar o saber formar o leitor

PARTILHAR O SABER: FORMAR O LEITOR conversas entre a escrita, a história, narrativas e leituras, na perspectiva da cultura Universidade Federal da Grande Dourados COED: Editora UFGD Coordenador Editorial : Edvaldo Cesar Moretti Técnico de apoio: Givaldo Ramos da Silva Filho Redatora: Raquel Correia de Oliveira Programadora Visual: Marise Massen Frainer e-mail: editora@ufgd.edu.br Conselho Editorial - 2009/2010 Edvaldo Cesar Moretti | Presidente Wedson Desidério Fernandes | Vice-Reitor ...

64047  Palavras | 257  Páginas

Ler documento completo

A charge contribuindo para a formação de um leitor proficiente – londrina, 2011

A CHARGE CONTRIBUINDO PARA A FORMAÇÃO DE UM LEITOR PROFICIENTE – Londrina, 2011 Ana Paula Ribeiro dos SANTOS (G-UEL) André Rodrigues CAVALHEIRO (G-UEL) RESUMO: O referente trabalho, metodologicamente, estrutura-se apresentando uma breve introdução sobre o tema abordado, conceitua os termos imagem e charge, proporcionando ao leitor crítico que se familiarize com o assunto abordado; referencia, por meio da literatura de alguns autores que trabalham com esse gênero textual, a importância...

2998  Palavras | 12  Páginas

Ler documento completo

No reino da fala

Elementos de Lingüística I Ana Müller anamuler@usp.br Monitora: Luciana Sanchez Mendes sanchez.mendes@gmail.com PRIMEIRAS QUESTÕES COM RESPOSTAS (1) Abaixo encontram-se algumas definições de lingua(gem) retiradas de trabalhos clássicos de linguistas conhecidos. Elas servem para indicar as propriedades que os linguistas tendem a considerar enquanto essenciais à linguagem. Após ler e discutir estas definições, tente fazer uma lista das propriedades mencionadas. Quais parecem ser as mais essenciais...

1195  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

A escola e a formação de leitores, um foco ao 5° ano ensino fundamental

CIDADE DE SÃO PAULO CURSO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA A ESCOLA E A FORMAÇÃO DE LEITORES UM FOCO AO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL REGIANE ALVES PINHEIRO CUCATO OSASCO 2011 A ESCOLA E A FORMAÇAO DE LEITORES UM FOCO AO 5º ANO DO ENSINO FUDAMENTAL REGIANE ALVES PINHEIRO CUCATO RESUMO Esta pesquisa tem como objetivo abordar e propor uma reflexão sobre a importância...

4755  Palavras | 20  Páginas

Ler documento completo

Lpt - portugues

Oficina de leitura: teoria & prática. Campinas: Pontes/Editora da Unicamp, 1993. KOCH, I. G. V. A interação pela linguagem. São Paulo: Contexto, 1997. KOCH, I. V. e TRAVAGLIA, L. C. Texto e coerência. São Paulo: Cortez, 1989. MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. São Paulo: Cortez, 2001. ROJO, R. H. (org.). A prática da Linguagem na sala de aula. SP: EDUC / Mercado das Letras, 2000. SOARES, M. B.; CAMPOS, E. N. Técnica de Redação. Rio de Janeiro: Editora ao Livro...

25634  Palavras | 103  Páginas

Ler documento completo

A Carta Ao Leitor De Veja

A CARTA AO LEITOR DE VEJA: UM ESTUDO HISTÓRICO SOBRE EDITORIAIS A Carta ao Leitor de Veja: um estudo histórico sobre editoriais Carla Luciana Silva* Resumo Esse artigo traz um estudo, a partir da perspectiva histórica, sobre os editoriais da revista Veja relativos ao período de 1989 a 2002. Busca apreender o sentido da seção para a publicação, defendendo que a mesma constitui um espaço privilegiado para a criação discursiva do “sujeito-Veja”. Essa é uma forma de apagar os interesses concretos da...

7139  Palavras | 29  Páginas

Ler documento completo

O ensino da literatura: a escola como incentivador de leitores

LITERATURA: A ESCOLA COMO INCENTIVADOR DE LEITORES Erika Costeira Isabella Cardoso[1] Resumo O presente artigo analisa e compreende de forma crítica o papel das escolas públicas e particulares de Belém como incentivadores no processo de formação de leitores, tendo como sujeitos seus próprios...

4396  Palavras | 18  Páginas

Ler documento completo

Apostila Comunica O Empresarial I

desenvolvimento do conteúdo oferecido. Conhecimentos necessários em Língua Portuguesa para que o aluno tenha um bom desempenho na identificação e produção de diversos textos, em especial, textos técnicos relativos ao curso. Comunicação e linguagem. Língua e fala; modalidades oral e escrita; variação linguística. Características macro e micro estruturais do texto. Correção gramatical. Leitura e produção de textos. CONTEÚDO: Estudos de linguagem: Tipos de linguagem; Elementos da comunicação; Funções de linguagem;...

14799  Palavras | 60  Páginas

Ler documento completo

Cartas do Leitor

1 AS CARTAS DO LEITOR E O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA Regina Demeterko Stadykoski1 RESUMO: O presente artigo tem como objetivo discutir o ensino de língua materna por meio do gênero Cartas do Leitor. Este gênero textual propicia a interação dos alunos com os meios de comunicação e permite a realização de atividades de leitura, interpretação e produção textual com reais funções sociais. Além disso, possibilita a discussão de temas da atualidade e incentiva a adoção de uma postura crítica diante...

5320  Palavras | 22  Páginas

Ler documento completo

O texto exposto na tira faz a rela o de intertextualidade com os textos informativos usados na rea da sa de

O texto exposto na tira faz a relação de intertextualidade com os textos informativos usados na área da saúde, dando a entender que é um “kit de primeiro socorros” utilizados em caso de emergência. Podemos classificar o texto como sendo explícito e classificado como paródia, pois satiriza o texto original. Textos que, a partir do abstrato, procuram fazer uma análise do real; compostos geralmente por: introdução, desenvolvimento e conclusão. Essa definição pertence ao texto do tipo: Resposta...

2505  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!