• As diversas modalidades do saber
    pessoa humana fora dessa instalação material: sua vida se desenrola nesse meio e através dele. A síntese peculiar, de corporeidade e inteligência, que é o homem, lhe confere uma relação peculiar com este mundo exterior. Não é simples parte da Natureza e dos seres e lugares que esta contém, mas...
    3213 Palavras 13 Páginas
  • Sociologia
    da teoria pura: “o sujeito da virtude é o homem público, posto que a vida privada careça de interesse: é idion, idiota. Os homens são, sobretudo, cidadãos; encerrados em si próprios, não viveriam uma vida racional nem humana” (CAMPS, 1996, p.93). Apreender a ideia aristotélica de ética requer, de...
    5297 Palavras 22 Páginas
  • Direito
    reviravolta maquiaveliana mais uma vez foi suficiente para que muitos intérpretes afirmassem o divórcio entre a ética e a política, e mesmo a absoluta autonomia da política. Maquiavel também aborda uma reflexão bem aceita e real, no qual, os fins justificam os meios. A imoralidade quanto aos meios...
    1383 Palavras 6 Páginas
  • A Ética em Aristoteles
    e não têm mais sentido quando as relações humanas desaparecem, como, por exemplo, em relação a Deus. Totalmente diferente é a virtude especulativa ou intelectual, que pertence apenas a alguns (geralmente os filósofos) que, fora da vida moral, buscam o conhecimento pelo conhecimento. É assim que a...
    2160 Palavras 9 Páginas
  • teoria do conhecimento
    fim da vida, bem como aos princípios e fins da atividade ética dentro da sociedade), a filosofia da natureza (como forma de apreender as inferências à cerca de nossas relações dentro e fora do âmbito da natureza, sendo ela humana ou puramente animal, além das relações que podem e devem ser postas...
    3580 Palavras 15 Páginas
  • Etica
    erigia como fim do agir humano a felicidade. A ética aristotélica se detém, sobretudo, no conceito de mediecidade para explicar que a virtude é um meio termo entre excessos. Logo, o homem virtuoso é feliz de si para consigo, mas sua felicidade se angaja na necessidade de vida gregária e social. Por...
    4147 Palavras 17 Páginas
  • Aristóteles e Hannah Arendt
    dentro do meio político, sendo um ponto fundamental do seu conceito de ética. Esse tem como objetivo a preocupação com o mundo e as consequentes relações entre os homens, sendo o local em que possa garantir a singularidade humana. O mundo é maior do que a preocupação com o Eu (myself), ou seja, a...
    4458 Palavras 18 Páginas
  • Análise do Homem
    baseia a Ética. E Dewey se baseia nos fins e meios de nossos princípios. A ciência do homem pode nos dar-nos um modelo de uma natureza humana do qual se podem deduzir os fins antes de se encontrarem os meios para alcança-los. A psicologia de Spinoza tendia a permanecer abstrata e não estabeleceu...
    5383 Palavras 22 Páginas
  • Etica do estudante de direito
    Pedagogia. Mas não é precisamente esse caso. Aristóteles quis escrever uma ética, cujo projeto é claro: é uma obra dirigida aos adultos, que examina como nos tornar bons[41], de maneira a realizar o fim de todo homem, a felicidade. A vida moral é um assunto de adultos. Isso significa que o caráter...
    9859 Palavras 40 Páginas
  • Sobre a ética, a partir da crise ética - fichamento
    este outro, [...] pela sua dignidade humana, independente [...] de ele ser bom ou mau. [...] nenhum ser humano pode ser apenas meio (grifo do autor) [...] mas deve ser sempre também um fim. [...]¨. (p. 96) Os outros são todos os outros: adultos, crianças, jovens, idosos...
    5444 Palavras 22 Páginas
  • Trabalho escravo
    apenas aos mestres. Como sublinhará Dante, a vida segundo o intelecto é "o fim de toda sociedade humana" (De monarchia, I, 3, 1). Essa perfeição que reside no "existir capaz de apreender por meio do intelecto possível", sendo uma operação, o pensamento "ao qual não pode chegar um só indivíduo, nem...
    1700 Palavras 7 Páginas
  • Ética e religião
    dos fins: “Os fins |Baseia-se nas circunstâncias. Tudo é | | |justificam os meios”. |relativo e temporal. | |Ética profissional e ética religiosa: As |Ética econômica: que importa é o capital. |Ética...
    1771 Palavras 8 Páginas
  • Filosofia
    , 2001, P.12). Nós podemos entender partindo, sobretudo dos clássicos como Aristóteles, que a ética deve ser orientada sempre para os autênticos fins humanos, o respeito e a promoção da vida do homem, desde sua origem até o fim natural, sem imposição de preços impagáveis, que estão relacionados aos...
    2441 Palavras 10 Páginas
  • Ética aristotélica
    ética é tratada como a ciência das condutas humanas, objetivando enfim comprometer-se em possibilitar ao homem a garantia da felicidade através de uma vida regida por virtudes morais e éticas. Também discorreremos sobre alguns pensamentos de Kant e sua ideologia ética e moral. 2. AS DIVERSAS...
    3815 Palavras 16 Páginas
  • estudante
    da ética seria determinar qual é o bem supremo para as criaturas humanas (a felicidade) e qual é a finalidade da vida humana (fruir esta felicidade da maneira mais elevada – a contemplação). O homem, como diz Aristóteles, é um animal social, e a felicidade de cada criatura humana pressupõe por...
    3171 Palavras 13 Páginas
  • Ética politicas
    — identificada com o déspota, o chefe de família. A condição da política é justamente a ausência do despotismo. Os fins justificam os meios?Com Maquiavel a política atinge a maioridade e é concebida enquanto esfera autônoma da vida social. A política deixa de ser pensada a partir da ética e da...
    2566 Palavras 11 Páginas
  • Fenomenologia do ethos
    homem, mas tem que ser construída pela atividade humana. Obra da cultura. Ela deve ser cuidada, melhorada. -O ethos não é algo acabado, mas algo aberto a ser sempre feito, refeito e cuidado. -ethos se traduz por ética. É uma realidade da ordem dos fins: viver bem, morar bem. -Ética...
    623 Palavras 3 Páginas
  • Visões históricas sobre a ética na politica
    vou abordar a sua visão de que o supremo bem e o fim para que toda a actividade humana se dirige é a felicidade, sendo esta também o objectivo da política. Com este trabalho irei concluir que a ética e a política fundam-se numa só teoria tendo em vista o bem comum de uma polis que se sobrepõem ao bem...
    2003 Palavras 9 Páginas
  • Bioetica: eutanasia e distanasia
    indica que as discordâncias ocorrem mais em relação aos meios a utilizar do que em relação ao fim desejado. Isto não significa que há consenso sobre o que se entende por "compromisso com a defesa da dignidade da vida humana", mas possuir clareza sobre a tarefa em mãos _ seja esclarecimento dos fins...
    10332 Palavras 42 Páginas
  • trabalhos
    e transformação da vida; B) as relações humanas intersubjetivas e a relação saúde-doença; C) as relações intersubjetivas e as relações da pessoa humana com o meio ambiente”. O Biodireito encontra seus pilares em três áreas específicas do Direito: o Direito Constitucional, o Direito...
    5533 Palavras 23 Páginas