Os Avanços Institucionais No Governo Sarney artigos e trabalhos de pesquisa

  • Governo sarney

    1 – Quais foram os principais avanços institucionais ocorridos durante o governo Sarney? Para enfrentar o quadro de inflação do país, Sarney criou inicialmente o Plano Cruzado, um sistema de congelamento de preços, salários e troca de moeda, aumentando o poder de compra da população. Contudo essa medida não surtiu efeitos por muito tempo, o que levou a criação do Plano Cruzado II, que também fracassou. No período do plano cruzado I, foram eleitos os deputados e senadores integrantes da assembléia...

    569  Palavras | 3  Páginas

  • principais avanços institucionais ocorridos durante o governo Sarney

    Quais foram os principais avanços institucionais ocorridos durante o governo Sarney? R- Apesar do governo de José Sarney enfrentar uma situação econômica difícil com inflação alta e grandes dificuldades de negociação da divida externa, o período marca o inicio do processo de democratização do país, sendo que foram fortalecidas as bases do moderno Estado de Direito com liberdade de expressão, democracia de massas, inclusão social e abertura econômica. Outro grande avanço foi a promulgação da Constituição...

    660  Palavras | 3  Páginas

  • Quais foram os principais avanços institucionais ocorridos durante o governo sarney?

    1. Quais foram os principais avanços institucionais ocorridos durante o governo Sarney? Para enfrentar o quadro de inflação do país, Sarney criou inicialmente o Plano Cruzado I, que objetivava a estabilização econômica. Para tal efeito as principais medidas tomadas foram: retirada de 3 zeros do Cruzado, congelamento de preços de mercado e tarifas públicas e a criação do gatilho salarial. Contudo essa medida não surtiu efeitos por muito tempo, o que levou a criação do Plano Cruzado II, que também...

    1110  Palavras | 5  Páginas

  • O governo de sarney - principais pontos

    ganhou força. Mas foi no governo de João Figueiredo (1979-1985) que o país passou para os civis, após anos de frustração. Em 1985, Tancredo Neves foi eleito pelo Colégio Eleitoral com 480 votos contra 180 de Paulo Maluf que representava a ditadura. Na véspera da posse de Tancredo em 14 de março de 1985, ele foi internado. No dia seguinte, José Sarney tomou posse interinamente até que o titular assumisse. Em 21 de abril de 1985, Tancredo falece aos 75 anos de idade, e José Sarney tornou-se presidente...

    4043  Palavras | 17  Páginas

  • Sarney

    José Sarney de Araújo é um político e escritor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, foi o 31º presidente do Brasil, de 1985 a 1990, governador do estado do Maranhão de 1966 a 1971, e Presidente do Senado Federal de 1995 a 1997, 2003 a 2005, de 2009 a 2011 e de 2011 até 2012. Sendo sucedido no cargo pelo senador alagoano Renan Calheiros. Bacharelou-se em Direito na Universidade Federal do Maranhão em 1953, época em que ingressou na Academia Maranhense de Letras. Fez parte de um...

    6742  Palavras | 27  Páginas

  • Periodos Governos

    PERÍODO DE GOVERNOS DE 1945 A 1990. Eurico Gaspar Dutra. INICIO – 31/01/1946 - FINAL – 31/01/1951 A abertura dos trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte, em clima da mais ampla liberdade. O pacto constitucional surgiu do entendimento dos grandes partidos do centro liberal.A política comercial de Dutra foi criticada pela má utilização das divisas acumuladas no curso da guerra. Na política externa, reforçou-se a aliança com os Estados Unidos. Deu prioridade a quatro áreas: Saúde, Alimentação...

    3315  Palavras | 14  Páginas

  • Governos Militares

    Um olhar sobre os Governos Militares Nos dias 31 de março e 1° de abril em 1964 acontece um golpe militar dado pelas forças Armadas, com ajuda de setores da sociedade civil onde conseguiram derrubar o presidente da republica João Goulart (o Jango).O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República. Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o novo governo pôs em prática vários...

    560  Palavras | 3  Páginas

  • Governo Dutra até Sarney.

     Governos Dutra até Sarney História Colégio Santa Emília Aluno: Bruno Henrique Nº: 10 Gustavo Henrique Nº: 21 Turma: 9º Ano B Turno: Manhã Professor: Rildo José Sumário Introdução..........................................................................................04 Enrico Dutra.......................................................................................05 Getúlio Vargas..................................................

    6669  Palavras | 27  Páginas

  • governos militares

    Governos Militares Em 31 de março de 1964, militares contrários ao governo de João Goulart (PTB) destituíram o então presidente e assumiram o poder por meio de um golpe. O governo comandado pelas Forças Armadas durou 21 anos e implantou um regime ditatorial. A ditadura restringiu o direito do voto, a participação popular e reprimiu com violência todos os movimentos de oposição.  Na economia, o governo colocou em prática um projeto desenvolvimentista que produziu resultados bastante contraditórios...

    1856  Palavras | 8  Páginas

  • Governos 1930 à 1989

    A história republicana brasileira A Era Vargas (1930 – 1945): “Façamos a revolução antes que o povo a faça!” Antônio Carlos de Andrada – Presidente de MG. ERA VARGAS Governo Provisório (1930 – 1934). Governo Constitucional (1934 – 1937). Estado Novo (1937 – 1945). GETÚLIO VARGAS Pai dos Pobres ou Mãe dos Ricos? Populismo:fenômeno típico da América Latina, onde um líder se mostra como representante dos anseios populares e nacionais, colocando-se acima e como mediador das classes...

    4540  Palavras | 19  Páginas

  • Ensino superio no governo fhc

    1 O GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO E A AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA NO BRASIL * Reynaldo Zorzi 1. Introdução (...) estão presentes na discussão sobre autonomia todos os outros assuntos relacionados à universidade. Tudo se interrelaciona nesta polêmica e todos os dilemas por que passam as instituições de ensino superior têm como fonte a autonomia. Ao nos debruçarmos sobre esta questão, certamente estamos nos preocupando com a universidade como um todo. Alceu Amoroso Lima Se nos...

    5946  Palavras | 24  Páginas

  • Governo castelo branco

    ------------------------------------------------- Governo de Castelo Branco Com a efetividade do Golpe Militar de 1964, que derrubou o governo de João Goulart com apoio das elites que eram contra a disseminação dos ideais esquerdistas, o marechal Humberto Castelo Branco seria o primeiro presidente a assumir o país nessa nova transição política. Tinha-se em mente que a intervenção militar na presidência era temporária, apenas para garantir que o comunismo disseminado pela União Soviética não...

    2885  Palavras | 12  Páginas

  • Governo militar

    civil, José Sarney. Um pouco da história Em 1960 – sob o regime parlamentarista de governo, que só existiu no Brasil entre 7 de setembro de 1961 e 24 de janeiro de 1963, assume como Presidente João Goulart. Com a queda do PIB (Produto Interno Bruto) a 1,5% em 1963 e elevada taxa inflacionária, chegando a 91,9% em 1964, agravaram-se os problemas políticos e econômicos, aumentando a pressão contra o governo, que é derrubado com o golpe militar de 1964. Após a retomada do governo pelos militares...

    7689  Palavras | 31  Páginas

  • Marketing Cultural Modalidades E Estrategias De Comunica O Institucional

    MARKETING CULTURAL: MODALIDADES E ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL CUNHA, Patrícia Faleiros da; GRANERO, Arlete Eni 1 CONCEITO Para entender o Marketing Cultural é essencial esclarecer primeiramente o que é cultura, já que esta é a chave para se discutir este tema. Investindo em cultura a empresa beneficia a si mesma e a sociedade em que está inserida, logo se estabelece uma relação de troca que agrada ambas as partes. Cultura para Neto é o processo de desenvolvimento e enobrecimento das...

    4577  Palavras | 19  Páginas

  • Governos militares

    tempo Governo Castelo Branco (1964-1967) O Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco  era cearense, de Fortaleza, veio ao mundo no dia 20 de setembro de 1897. Entrou para a carreira militar e em 1962 ele foi elevado à classe de general-de-exército. Nos anos de 1963 e 1964 exerceu o cargo de Chefe do Estado-Maior do Exército e foi um dos que contribuíram para instituir o golpe militar que destituiu o presidente João Goulart em 1964. Durante o governo do marechal Castelo Branco...

    2435  Palavras | 10  Páginas

  • Governo FHC

    CENTRO UNIVERSITARIO FUNDAÇÃO DE SANTO ANDRÉ GOVERNO DO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO SANTO ANDRE 2006 MICHELE POSTIGO Nº. 16323 NATALIA BARROS Nº. 16115 TAISE DE AZEVEDO Nº. 16568 REFORMA UNIVERSITARIA Trabalho apresentado à disciplina de Historia do Centro Universitário Santo André sob a orientação do professor Afonso Klein. ...

    10364  Palavras | 42  Páginas

  • Governo Jos Sarney

    Governo José Sarney (1985-1990): Nova Constituição e crise econômica COMENTE Renato Cancian Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação 02/11/200609h08 Comunicar erroImprimir Atualizado em 23/07/2013, às 12h56 A ditadura militar no Brasil terminou com a transferência pacifica do poder aos civis, sem que isso ocasionasse uma ruptura da ordem social vigente e nem qualquer punição às Forças Armadas pelas violações dos direitos humanos perpetradas pelos órgãos de repressão. No final do governo...

    1267  Palavras | 6  Páginas

  • Presidentes do brasil do governo militar aos dias atuais

    PRESIDENTES DO BRASIL DO GOVERNO MILITAR AOS DIAS ATUAIS Castelo Branco -15 de abril de 1964 a 15 de março de 1967 Durante seu mandato, Castelo Branco aboliu todos os treze partidos políticos existentes no Brasil, através do Ato Institucional número 2. Foram criados a Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que se tornaram os únicos partidos políticos brasileiros permitidos até 1979. Durante seu governo, Castelo Branco promoveu várias reformas políticas...

    5507  Palavras | 23  Páginas

  • Ditadura Governos

    1.2. CASTELO BRANCO-------------------------------------------------------------------------------2. 1.3. Governo Castelo Branco ( economia )-----------------------------------------------------3. 1.4. O governo de Costa e Silva.-------------------------------------------------------------------4. 1.5. A POLÍTICA ECONÔMICA DO GOVERNO COSTA E SILVA.------------------------5. 2.0. Governo Médici (1969-1974): " Milagre econômico" e a tortura oficial---------6. 2.1. Estabilidade política-------...

    4209  Palavras | 17  Páginas

  • Era sarney

    Trabalho de Sociologia | A Era Sarney | Cláudia Rodrigues nº05 Izabella Muzeti nº10 João Pedro Henrique nº13 Sandra Costa Marques nº31 ...

    1528  Palavras | 7  Páginas

  • Governo Fernando Henrique Cardoso

    Governo Fernando Henrique Cardoso O governo presidencial de dois mandatos, 1º mandato (1994-1997) e 2º mandato (1998-2002), de Fernando Henrique Cardoso foi marcado pela efetiva implantação da política Neoliberal no Brasil. Fernando Henrique Cardoso nasceu no estado do Riode Janeiro no dia 18 de junho de 1931, com menos de dez (10) anos mudou-se para São Paulo, lá concluiu o curso de Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP), realizou os estudos de pós-graduação na Universidade de Paris...

    6888  Palavras | 28  Páginas

  • Fichamento governos militares na américa latina

    FICHAMENTO COGGIOLA, Osvaldo; Governos Militares na América Latina. Editora Contexto. São Paulo, SP. 2001 GOVERNOS MILITARES NA AMÉRICA LATINA Os Regimes Militares Sul-Americanos na Década de 1960 Golpes militares se espalharam pela América Latina durante esse período, onde essa onde veio a substituir o movimento populista dos anos 30 que até então ainda dominavam os países da América do Sul, os regimes militares progressistas foram uma exceção, a maioria dos governos militares eram de direita...

    4434  Palavras | 18  Páginas

  • Análise institucional dos partidos políticos no presidencialismo de coalização

    OTTO CESAR FERREIRA SIMÕES Análise Institucional dos Partidos Políticos no Presidencialismo de coalização Resenha realizada como requisito para a obtenção de conceito na disciplina Aspectos Sociopolíticos das Relações entre o Executivo e o Legislativo no Brasil Itajaí 2010 1. Introdução 3 2.Análise 5 3. Conclusão 9 4. Bibiografia 10 1. Introdução ...

    2013  Palavras | 9  Páginas

  • sarney

    Maria De Lurdes Cardoso Malmann JOSE SARNEY Nome: Guilherme Prestes Borges Izepon Serie: 7º ano Disciplina: Religião Professor: Elianes INTRODUÇÃO Neste trabalho pretende-se fazer um breve apanhado da vida política de um dos maiores nomes da política nacional. Um homem que sempre esteve a frente de grandes cargos políticos e com sua maneira de “fazer política” é peça fundamental no cenário brasileiro. HISTÓRICO Sarney bacharelou-se em direito na Universidade...

    1018  Palavras | 5  Páginas

  • Redemocratização e algumas formas de governo

    instituído em 1964, e que impunha desde aquele ano um regime de exceção e de censura às instituições nacionais. A grosso modo, o período considerado como de redemocratização vai desde o governo Ernesto Geisel até a eleição indireta de Tancredo Neves, que morreria pouco antes de assumir o poder, resultando na posse de José Sarney, cujo período na presidência inicia o que se costuma denominar Nova República. Com o fim do período de Ernesto Geisel na presidência, ficava claro para a opinião pública que o Regime...

    3061  Palavras | 13  Páginas

  • Governos jânio quadros e joão goulart (1961-1964):

    Governos Jânio Quadros e João Goulart (1961-1964): A vitória de Jânio Quadros na eleição foi surpreendente. Embora contasse com o apoio da UDN, o favorito era o general Lott (PSD-PTB). Governo polêmico: Em apenas oito meses de governo, todo o carisma das eleições já havia se dissipado. Jânio adotou uma política externa independente, em plena Guerra Fria; condecorou o líder comunista Che Guevara; suspendeu as corridas de cavalo durante a semana; proibiu as brigas de galo e a utilização de biquínis...

    830  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho História Governos nova republica

    Escola Estadual Mário Spinelli Lucas Gabriel de Azevedo Governos da Nova República Sorriso – MT 2015 Lucas Gabriel de Azevedo Governos da Nova República Presidentes da Nova República, História como requisito pesquisa de suas biografias. Operador: Oneide Sorriso – MT 2015 Sumário Tancredo de Almeida Neves.................................................................................01 José Sarney................................................................

    3437  Palavras | 14  Páginas

  • Governos

    Governo José Sarney Ter José Sarney como presidente no processo de transição do regime militar para o governo civil foi uma decepção para grande parte das oposições políticas. Em sua carreira, Sarney oferecera apoio, direto ou indireto, à ditadura militar. Fora presidente nacional do PDS (Partido Governista) e, na liderança desse partido, ajudou a emenda constitucional que restabeleceria as eleições diretas para presidente. Tentando superar essa imagem negaiva, Sarney, logo no seu início de governo...

    1551  Palavras | 7  Páginas

  • Planos De Governo Ap S A Ditadura

     Planos de Governo Após a Ditadura Economia Brasileira – 6º Semestre Prof: Joni Cordero Alunos: Vanessa Ricciolini Pablo Soares Rogério Coradini A última eleição indireta de um candidato civil, em 1985, marca o fim do Regime Militar, mas a transição para a democracia só se consolida em 1988, no governo Sarney, quando é promulgada a nova Constituição por uma Assembleia Constituinte. A volta aos padrões democráticos não é suficiente para superar os graves problemas sociais e econômicos advindos...

    2700  Palavras | 11  Páginas

  • Politica Externa Governo Lula

    GUERRA PAIVA SANATANA POLÍTICA EXTERNA NO GOVERNO LULA São Paulo – SP 2014 DAVI CHANG HO CHUNG FILIPPE JOSE GUERRA PAIVA SANTANA (Relações Internacionais, 1º Semestre) R.A C24520-8 C16AIJ-4 POLÍTICA EXTERNA NO GOVERNO LULA Projeto integrado de Relações Internacional submetido à Universidade Paulista Orientadora: Prof.ª Carolina Ferreira Galdino RESUMO Este PIRI pretende, por meio de uma análise histórica, desde o governo Juscelino Kubitschek até os dias atuais...

    4049  Palavras | 17  Páginas

  • Rompendo com a Ruptura: O Governo Lula

    Rompendo com a Ruptura: O Governo Lula Com o decorrer dos anos o PT passou por um processo de moderação e adequação, pois o partido se aproximava cada vez mais do centro político do Brasil, e começava a abandonar algumas de suas crenças em relação ao que deveria ser feito no país. O PT começou a se preocupar mais com a economia do país, que naquela época de eleições não ia bem, tendo como um assunto de suma importância, a dívida externa brasileira com o FMI, que deixava o Brasil preso em suas...

    3676  Palavras | 15  Páginas

  • Ato institucional

    Ato Institucional número 2 O Ato Institucional Número Dois, ou AI-2, foi baixado em 27 de outubro de 1965 como resposta de Marechal Rondon mais conhecido como coobasy. Aos resultados das eleições que ocorreram no início deste mês. Seguindo a estratégia delineada pelos militares anteriormente a 31 de março de 1964, foi necessária a edição de mais um Ato Institucional, pois a Constituição de 1946 não era compatível com o regime de exceção que estava sendo adotado. É destacável a eleição de Sarney...

    759  Palavras | 4  Páginas

  • Sistemas de governo

    Sistemas de Governo 1. Sistema de Governo é a maneira pela qual o poder político é divido e exercido no âmbito de um Estado. O sistema de governo varia de acordo com o grau de separação dos poderes, indo desde a separação estrita entre os Poderes Legislativo e Executivo (presidencialismo), até a dependência completa do governo junto ao Legislativo (parlamentarismo). 2. PRESIDENCIALISMO | PARLAMENTARISMO | O sistema só pode ser usado em repúblicas. | O sistema pode ser usado em...

    663  Palavras | 3  Páginas

  • Economia Dos Governos Sarney Collor FHC E Lula

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL A Economia Brasileira nos Governos Sarney, Collor, FHC e Lula. Economia A – EC0 02254 Bruna Rodrigues da Silveira – 193566 Porto Alegre, 09 de Julho de 2013. Sumário 1. INTRODUÇÃO 4 2. GOVERNO SARNEY 5 2.1 Antecedentes 5 2.2 Economia 5 2.3 Política Externa 6 3. GOVERNO COLLOR 7 3.1 Economia 7 3.1.1 Plano Collor 7 3.1.2 Confisco das poupanças 7 3.1.3 Articulação Política 8 4. GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO 10 4.1 Economia 10 4.1.1 Início da Expansão...

    6070  Palavras | 25  Páginas

  • Plano Sarney

    José Sarney (1985-1990) Tancredo Neves não assumiu o cargo de Presidente da República por causa de seu falecimento. Tancredo Neves, avô do político e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, deixou o poder para seu vice-presidente: José Sarney. Sarney nasceu em Pinheiro, no Maranhão, é membro da Academia Brasileira de Letras e foi o 31º Presidente da República. Tornou-se presidente em 15 de março de 1985. No mandato de José Sarney foi estabelecida a democracia. Ele pegou o Brasil numa...

    4292  Palavras | 18  Páginas

  • Governo lula x outros governos da nossa história

    INTRODUÇÃO. Fazer uma comparação do Governo Lula, com outros governantes de nosso historia e levar em consideração os aspectos econômicos, políticos e sociais similares, depende de muitas pesquisas e comparações, levando em consideração os avanços que o Pais teve nos últimos oito anos do Governo em questão. Acredito que quando falamos em comparativos econômicos, logo iremos perceber os avanços nas políticas sociais, educacional e na área da saúde. Assim portanto, se faz necessário levantar dados...

    1763  Palavras | 8  Páginas

  • O brasil do período colonial ao brasil contemporâneo do governo lula.

    Desafio de Desenvolvimento Pessoal e Profissional O Brasil do Período Colonial ao Brasil contemporâneo do Governo Lula. MICHELE DOS SANTOS DA SILVA DO NASCIMENTO. SERVIÇO SOCIAL Rio Grande, 14 de Outubro de 2011. PERÍDO COLONIAL No período colonial segundo o historiador Boris Fausto Portugal aprendeu com os genoveses as técnicas de navegação, os portugueses construíram embarcações leves, as caravelas, as expedições eram avançadas para aquela época e Portugal devido...

    1839  Palavras | 8  Páginas

  • Desafios Da Gestao Democratica Na Escola Estudo De Caso Na Escola Municipal Do Ensino Fundamental Senador Josa Sarney Cacimba De Dentro A Pb 1343925807

    APLICADAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL MODALIDADE A DISTÂNCIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DESAFIOS DA GESTÃO DEMOCRÁTICA NA ESCOLA: ESTUDO DE CASO NA ESCOLA MUNICIPAL DO ENSINO FUNDAMENTAL SENADOR JOSÉ SARNEY (CACIMBA DE DENTRO – PB) Dalvaneide Confessor de Sousa Pós-graduando lato sensu em Gestão Pública Municipal - UFPB Prof.Dr. Roberto Veras de Oliveira Professor do Departamento de Ciências Sociais- UFPB RESUMO O tema proposto para este trabalho refere-se...

    6170  Palavras | 25  Páginas

  • o sistema de governo no brasil

    "O Sistema de Governo no Brasil" Antônio Octávio Cintra INTRODUÇÃO. Ao longo do período republicano houveram muitas discussões sobre o melhor sistema de governo para o Brasil. Como no Brasil da época da proclamação da República, não existiam instituições básicas de competição política, não cabia caracterizá-lo um regime democrático voltado para a monarquia constitucional, parlamentarista e democratizada, assim um possível desfecho de parlamentarismo foi cortado pela República. Este não poderia...

    1060  Palavras | 5  Páginas

  • 175825113-Desafios-Da-Gestao-Democratica-Na-Escola-Estudo-de-Caso-Na-Escola-Municipal-Do-Ensino-Fundamental-Senador-Josa-Sarney-Cacimba-de-Dentro-a-Pb-134392580

    DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL MODALIDADE A DISTÂNCIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DESAFIOS DA GESTÃO DEMOCRÁTICA NA ESCOLA: ESTUDO DE CASO NA ESCOLA MUNICIPAL DO ENSINO FUNDAMENTAL SENADOR JOSÉ SARNEY (CACIMBA DE DENTRO – PB) Dalvaneide Confessor de Sousa Pós-graduando lato sensu em Gestão Pública Municipal - UFPB Prof.Dr. Roberto Veras de Oliveira Professor do Departamento de Ciências Sociais- UFPB RESUMO O tema proposto para este trabalho...

    6894  Palavras | 28  Páginas

  • Governo lula

    Governo Lula O Governo Lula (2003–2010) corresponde ao período da história política brasileira que se inicia com a posse de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência, em 1 de janeiro de 2003, em sua quarta tentativa para chegar ao cargo presidencial, após derrotar o candidato do PSDB e ex-ministro da Saúde José Serra, com 61,30% dos votos válidos, em segundo turno.[2] A eleição de Lula, que havia sido derrotado nos anos de 1989,1994 e 1998, é marcada por ter sido a primeira na história brasileira...

    1361  Palavras | 6  Páginas

  • Ato institucionais

     ATOS INSTITUCIONAIS O Brasil teve 17 atos institucionais. Por incrível que pareça em um intervalo de cinco anos (1964-1969) durante a Ditadura Militar, citaremos aqui 6 Atos Institucionais que deram base para instalação da Ditadura Militar e/ou aumentaram a repressão aos inimigos do novo governo. Após cita-los daremos ênfase ao AI-5 ( Ato institucional de número 5). Os Atos Institucionais foram decretos emitidos durante os anos após o golpe militar de 1964 no Brasil. Serviram como mecanismos...

    4504  Palavras | 19  Páginas

  • Montagens institucionais de empresas de ater

    BRASÍLIA - DF LUCIVALTER VIEIRA LESSA MONTAGENS INSTITUCIONAIS DE EMPRESAS DE ATER SOB A ÓTICA DO ESTADO GERENCIAL: Um estudo de caso sobre o nível de parceria institucional histórico desenvolvido pela EMATER/RS no âmbito do Estado Gerencial Brasileiro Brasília 2008. 2 LUCIVALTER VIEIRA LESSA MONTAGENS INSTITUCIONAIS DE EMPRESAS DE ATER SOB A ÓTICA DO ESTADO GERENCIAL: Um estudo de caso sobre o nível de parceria institucional histórico desenvolvido pela EMATER/RS no âmbito do Estado...

    18645  Palavras | 75  Páginas

  • Governo geisel e governo figueiredo

    nesse idioma. Na idade adulta, entendia o idioma, mas falava com dificuldade. Dois de seus irmãos também ingressaram na carreira das armas e tornaram-se generais: Henrique Geisel e Orlando Geisel, que chegou a ser ministro do exército durante o governo de Emílio Garrastazu Médici. Ernesto Geisel ingressou no Colégio Militar de Porto Alegre em 1921 e em 1928 formou-se oficial na Escola Militar de Realengo. Participou de ações militares na Revolução de 30 como tenente. Fez parte das tropas federais...

    2881  Palavras | 12  Páginas

  • O marketing cultural e as relações institucionais

    O marketing cultural e as relações institucionais Simone Alves de Carvalho Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) Mini Currículo Mestre pela ECA-USP no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Área de Concentração: Interfaces Sociais da Comunicação, Linha de Pesquisa: Políticas e Estratégias de Comunicação. Graduada em Relações Públicas pela mesma universidade, especialista em Propaganda e Marketing e MBA em Gestão Empresarial. Vencedora dos prêmios...

    4199  Palavras | 17  Páginas

  • Governo Lula e a reforma agraria

    A REFORMA AGRÁRIA: ANTES E DEPOIS DO GOVERNO LULa Edivaldo Lima da silva fofao40@hotmail.co Claudionor Oliveira (Orientador) Claudinor.oliviera@hotmail.com6 Resumo A reforma agrária no Brasil sempre foi um objetivo da camada que não possui condições financeiras de ter um pedaço de terra. Ao longo de toda a história política do Brasil essa luta pela terra esteve presente, porém a partir dos últimos 2 governos (FHC E Lula) que se teve algumas mudanças significativas, que motivam mais ainda...

    1790  Palavras | 8  Páginas

  • governo

     O governo Geisel A partir de 1974, a economia nacional começou a dar sinais de crise. As principais dificuldades associavam-se ao crescimento obtido à custa do capital estrangeiro. De um lado, essa política desembocou numa crescente concentração de renda; de outro, o aumento da divida externa, que atingiu proporções inusitadas, obrigou ao pagamento de juros altíssimos e inviabilizou o crescimento do pais . Assim, enquanto o pais conquistava a posição de décima economia mundial, a qualidade...

    722  Palavras | 3  Páginas

  • os governos após ditadura

    Introdução O estudo da Economia brasileira nos governos dos Sarney, Collor, FHC e Lula permite uma análise detalhada do impacto econômico dos governos após o período de ditadura militar. Este trabalho apresenta o desempenho da economia brasileira no período de 1985 a 2010 e as principais medidas tomadas em termos de política econômica. Os planos heterodoxos de combater a inflação e seus resultados, juntamente com um amplo conjunto de reformas institucionais no que se refere à inserção externa da economia...

    4995  Palavras | 20  Páginas

  • Uma analise do governo lula

    RESENHA: UMA ANÁLISE DO GOVERNO LULA 2003-2009: DE COMO SERVIR AOS RICOS SEM DEIXAR DE ATENDER AOS POBRES. O texto, como o próprio título sugere, faz uma analise do governo do expresidente Luís Inácio “Lula” da Silva, no período de 2003 a 2009, quando deixou a cadeira presidencial, dando lugar a sua sucessora Dilma Rousseff. O texto faz uma analise bem critica em relação ao ex-presidente, tentando mostrar que ao contrario do que se diz, seu governo foi voltado não aos pobres e sim aos donos do capital...

    972  Palavras | 4  Páginas

  • Economia Brasileira

    fontes relevantes será explicito a seguir os Planos Nacionais Econômicos que muda-ram a historia do Brasil. Como, o plano do governo Collor, José Sarney e outros. O PLANO SALTE criado pelo governador Eurico Gaspar Dutra em maio de 1948 o SALTE foi idealizado com o objetivo de melhoria no setor de Saúde, Alimentação, Transporte e Energia. O plano contribuiu para um grande avanço dando apoio ao projeto de saúde já existente investindo o capital em medicamentos vacinas e inseticidas, fez reparos e compras...

    2081  Palavras | 9  Páginas

  • REFLEXÃO CRÍTICA_REPUBLICA VELHA ATÉ O SEGUNDO GOVERNO LULA

    SOBRE OS MODELOS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DESDE A REPÚBLICA VELHA ATÉ O SEGUNDO GOVERNO LULA VALDECIR FERNANDES DE OLIVERIA Especialização em Gestão Pública BATAGUASSU/MS 2013 VALDECIR FERNANDES DE OLIVEIRA REFLEXÃO CRÍTICA SOBRE OS MODELOS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DESDE A REPÚBLICA VELHA ATÉ O SEGUNDO GOVERNO LULA Atividade à distância apresentada ao curso de Especialização...

    1892  Palavras | 8  Páginas

  • A redemocratização e a constituição de 1988

    fim do Governo Geisel, forças populares e democráticas começaram a aparecer no País. O início do movimento foi marcado por greves dos metalúrgicos de SP, oportunidade em que quase 100.000 operários pararam exigindo melhores salários. O General Ernesto Geisel foi sucedido pelo General João Batista Figueiredo e os movimentos populares tendentes à abertura continuaram aparecendo e mostrando sua força. Figueiredo, com o propósito de democratizar o País, acabou com os Atos Institucionais. Na verdade...

    698  Palavras | 3  Páginas

  • 1 TRABALHO

    e objetiva como a reforma do Estado interfere na gestão pública e sua eficiência na administração e seus resultados com transparência. A problemática apontada neste trabalho se refere as consequências das mudanças realizadas no governo deste a Nova República até o governo Lula.Será analisado de forma imparcial todos os resultados referentes a gestão publica. O objetivo desse trabalho é discutir essa hipótese, ou seja, de forma sintética, a relação causal entre Gestão por Resultados e eficiência...

    2023  Palavras | 9  Páginas

  • Participação das mulheres na política brasileira

    Queirós: primeira mulher eleita deputada federal na história do Brasil Na entrada do terceiro milênio, o ingresso das brasileiras na política institucional ainda é tímido. Porém, este é um quadro que já se mostrou menos animador. Da promulgação da I Constituição Republicana, em 1891 - na qual as mulheres não foram incluídas como cidadãs - às eleições de Roseana Sarney como primeira governadora de um estado e de Benedita da Silva como primeira senadora e primeira governadora negra — ambas na década de 1990...

    673  Palavras | 3  Páginas

  • A filantropia vigiada entre a benemerência e a assistencia social

    período que abrange os anos de 1985 até 1990 se consagrava o período da “Nova República”. Tendo como o primeiro presidente a ser eleito após a ditadura (Tancredo Neves) que por infelicidade da nação faleceu antes de sua posse assumindo o governo seu vice (Jose Sarney) que não era tão popular quanto o preferido eleito. Fase muito contraditória, advindo após ditadura denominada “Nova Republica”. Pois o povo queria mudanças, ocorrendo no contexto de movimento social em favor de uma nova Constituição...

    2452  Palavras | 10  Páginas

  • Filantropia

    período que abrange os anos de 1985 até 1990 se consagrava o período da “Nova República”. Tendo como o primeiro presidente a ser eleito após a ditadura (Tancredo Neves) que por infelicidade da nação faleceu antes de sua posse assumindo o governo seu vice (Jose Sarney) que não era tão popular quanto o preferido eleito. Fase muito contraditória, advindo após ditadura denominada “Nova Republica”. Pois o povo queria mudanças, ocorrendo no contexto de movimento social em favor de uma nova Constituição Federal...

    2603  Palavras | 11  Páginas

  • governos democráticos 1986-2006

     Trabalho De História Aluna: Ludmila Almeida Insfran Professor: Álvaro Lima Serie: 3º Turma: “b” Turno: Matutino Assunto: Brasil- Governos Democráticos (1986-2006) Campo Grande – Mato Grosso do Sul Introdução Movimento Democrático Brasileiro (MDB) era um partido político brasileiro que abrigou os opositores do Regime Militar de 1964 ante o poderio governista da Aliança Renovadora Nacional...

    2865  Palavras | 12  Páginas

  • A nova ortografia

    pessoas contrárias ao regime militar supressão dos direitos constitucionais. O Ato Institucional conhecido como AI 5 é decretado pelos militares em 1964 cassando mandatos políticos de opositores ao regime militar tirando a estabilidade dos funcionários públicos, são anos de chumbo até 1978, afetando o censo crítico do brasileiro. Entre 1979 e 1985 o Brasil passa pela redemocratização chegando à era contemporânea de Sarney a FHC, cenário da historia marcada pela Constituição de 1988, apagando os rastros...

    4109  Palavras | 17  Páginas

  • Governos Militares

    Governo De Médici Logo após o breve período da segunda junta militar, no dia 30 outubro de 1969, tomou posse da presidência da republica o general Emílio Garrastazu Médici. Seu governo foi paradoxal: ao mesmo tempo, o mais popular e o mais repressor dos governos militares. Assim que assumiu a presidência, entrou em vigor uma emenda constitucional que confirmava todos os atos institucionais anteriores e acrescentava dezenas de outros artigos. Um deles estendia para cinco o mandato presidencial...

    1153  Palavras | 5  Páginas

  • Teoria economica

    chegou a 223% ao término de 1984. Ao apagar das luzes do período militar, começaram a se formar as condições para a realização de um amplo reordenamento das finanças públicas e da política monetária, um dos principais avanços nas instituições econômicas brasileiras. José Sarney (1985 – 1990) optou por um choque heterodoxo para combater a inflação, a exemplo do Plano Austral na Argentina, e lançou em 01 mar. 1986 o Plano Cruzado. Além do Plano Cruzado, fracassaram também as tentativas com o Plano...

    936  Palavras | 4  Páginas

tracking img