Origem Da Moeda Das Operações Comerciais E Da Cobrança De Juros Nos Empréstimos artigos e trabalhos de pesquisa

  • A ORIGEM DA MOEDA DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRESTIMOS

    A ORIGEM DA MOEDA DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRESTIMOS aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa- aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa- aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa- aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa- aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa- aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaorigem da moeda das operações comerciais e da cobrança ... www.trabalhosfeitos.com/...

    553  Palavras | 3  Páginas

  • Origem da moeda, das operações comerciais e da cobrança de juros nos empréstimos

    A moeda se deu origem quando o homem passou a permutar o que era produzido, fazendo com que surgisse a primeira manifestação do comércio: o escambo, cujo qual é basicamente a troca direta de mercadorias, sem equivalência de valor. A partir disso, essa troca fez com que algumas mercadorias fossem mais procuradas que as outras, por exemplo: o sal, gado, cacau, açúcar, pau-brasil e tabaco. Porém na maioria dos casos, a permuta nem sempre era vantajosa por vários motivos, seja pela equivalência ou até...

    987  Palavras | 4  Páginas

  • Matemática Financeira - Moeda

    RESUMO SOBRE A ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS. Data: 25/03/2014. A ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS. A história da moeda está intimamente ligada à história do dinheiro e das trocas comerciais, especialmente no que diz respeito à passagem de uma economia baseada na troca direta para outra baseada na troca indireta. A ORIGEM DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS: As operações comerciais mudaram de acordo...

    511  Palavras | 3  Páginas

  • Historia da moeda

    Faculdade NOME SOBRENOME ORIGEM DA MOEDA, OPERAÇÕES COMERCIAIS E COBRANÇA DE JUROS EM CIMA DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS CIDADE, março de 2013 NOME SOBRENOME COMPLETO ORIGEM DA MOEDA, OPERAÇÕES COMERCIAIS E COBRANÇA DE JUROS EM CIMA DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS Faculdade Curso Trabalho de Matematica Financeira Professor: Nome Sobrenome Cidade, março de 2013 Desde a época medieval, onde senhores feudais ao exigir parte da produção do seu subsidiário (os camponeses) e os próprios...

    735  Palavras | 3  Páginas

  • ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS

     ATIVIDADE 1: ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS São Paulo 2012 ATIVIDADE 1: ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS Atividade Estruturada apresentada ao Centro Universitário Estácio Radial como requisito parcial para a obtenção do grau na disciplina Matemática Financeira GST0054 do Curso de Gestão Financeira. ...

    10608  Palavras | 43  Páginas

  • Origem da moeda

    ORIGEM DA MOEDA A moeda aparece quando, a par do desenvolvimento das relações mercantis, se torna indispensável dispor dum estalão quantitativo que exprima o valor médio geral contido em cada mercadoria e o seu valor particular concreto. A moeda presta um importante serviço como unidade de medida comum em que se expressam todos os valores. Na sua origem, a moeda não é senão uma mercadoria reconhecida como equivalente geral e, ao mesmo tempo, utilizada como intermediária nas trocas. Sem ela...

    2299  Palavras | 10  Páginas

  • a origem da moeda, operações comerciais e cobrança de juros nos empréstimos

    Origem da moeda, operações financeiras e cobrança de juros nos empréstimos. A história da civilização nos conta que o homem primitivo procurava defender-se do frio e da fome, abrigando-se em cavernas e alimentando-se de frutos silvestres, ou do que conseguia obter da caça e da pesca. Ao longo dos séculos, com o desenvolvimento da inteligência, passou a espécie humana a sentir a necessidade de maior conforto e a reparar no seu semelhante. Assim, como decorrências das necessidades individuais surgiram...

    1426  Palavras | 6  Páginas

  • Origem da moeda

    1.A origem e criação da moeda . 1.1. Origem das operações comerciais e da cobrança de juros nos empréstimos. 1.2 Motivações e justificativas para a cobrança de juros e as Práticas adotadas no passado e que ainda são consagradas pelo uso. Introdução A Moeda parece ser pouco compreendida na sociedade. Sua descoberta representou um notável avanço na história da humanidade. A moeda proporcionou ao indivíduo generalizar seu poder de compra e obter da sociedade aquilo que sua moeda lhe dá...

    2279  Palavras | 10  Páginas

  • Origem da moeda, das operações comerciais e da cobrança de juros dos empréstimos

    Atividade Estruturada Fase 1: Origem da Moeda A moeda, como hoje a conhecemos, é o resultado de uma longa evolução. No início não havia moeda, praticava-se o escambo, simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Com o passar do tempo, as mercadorias se tornaram inconvenientes às transações comerciais, devido à oscilação de seu valor, pelo fato de não serem fracionáveis e por serem facilmente perecíveis...

    4065  Palavras | 17  Páginas

  • A origem da moeda

    OBJETIVO: Analisar historicamente as origens e justificativas do uso da moeda e da cobrança de juros. Conhecer a aplicação prática dos conceitos da matemática financeira no público e privado. COMPETÊNCIAS/HABILIDADES: Capacidade de identificar produtos financeiros associando sua operação com os conceitos da disciplina. DESENVOLVIMENTO: 1- Pesquise na Internet ou em livros a origem da moeda, das operações comerciais e da cobrança de juros nos empréstimos. Elabore um resumo no qual se destaque...

    935  Palavras | 4  Páginas

  • origem da moeda

    Origem da Moeda O povo grego, chamado de Helenos, nesta época já dominava a agricultura, fundiam ferro, esculpiam o bronze, navegavam com segurança pelo Mediterrâneo e estabeleciam um crescente comércio. As comunidades primordiais transformaram-se em unidades sócio-economicamente mais "maduras", desenvolvendo as "cidades-estados" independentes, ficando unidas pela língua, escrita e pelos mesmos deuses, catalisando o nascimento da civilização grega. Nos tempos remotos, para realizar troca de valores...

    1611  Palavras | 7  Páginas

  • Juros

    prática; Analisar historicamente as origens e justificativas do uso da moeda e da cobrança de juros; Conhecer a aplicação prática dos conceitos da Matemática Financeira. 4 - COMPETÊNCIAS/HABILIDADES Capacidade de identificar produtos financeiros associando sua operação com os conceitos da Matemática Financeira. 5 – DESENVOLVIMENTO Fase Descrição Pesquisar na Internet ou em livros a origem da moeda, das operações comerciais e da cobrança de juros nos empréstimos. Elabore um resumo no qual se destaque...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • Banco comercial

    ----------Pag.1 Conceito de bancos comerciais----------------------------------------------2 Evolução histórica das funções dos bancos Comerciais-----------------2 Função dos Bancos Comerciais ---------------------------------------------3 As transformações actuais dos bancos comerciais----------------------4-5 O papel económico específico dos bancos---------------------------------6 As relações especiais entre o Banco Central e os bancos comerciais----------------------------------------------------------------------7 ...

    2886  Palavras | 12  Páginas

  • operações bancárias

    Técnico de Secretariado Ano Lectivo 2011/2012 Módulo 9 – Operações Bancárias MÓDULO 9 OPERAÇÕES BANCÁRIAS Prof.ª Paula Barreira Prof.ª Lurdes Mendes Pág. 1 Curso Profissional Técnico de Secretariado Ano Lectivo 2011/2012 Módulo 9 – Operações Bancárias Índice Apresentação e Objectivos do módulo Pág. 03 Conteúdo um – Noção e classificação das operações bancárias Pág. 04 Conteúdo dois – As operações de crédito bancário Pág. 05 Conteúdo três – Os títulos...

    7350  Palavras | 30  Páginas

  • Juros

    12 - Os juros moratórios sob a égide do Novo Código Civil HERALDO DE OLIVEIRA SILVA - Desembargador Definição e natureza jurídica de juros A palavra juro deriva de jus e juris, que originariamente é empregado na acepção de direito. Aplicado no plural, exprime o ganho, o lucro que o detentor do capital aufere.[1] Necessário assinalar que “o juro” é um instrumento da ciência econômica e, portanto, sua definição leva em consideração elementos e conceitos dessa natureza. Nessa esteira...

    6727  Palavras | 27  Páginas

  • Evolução da moeda

    A Origem da Moeda A moeda, é o resultado de uma longa evolução. No início não havia moeda. Praticava-se o Escambo, simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Ele exige uma dupla coincidência de desejos, porque quem pescasse mais peixe do que o necessário, trocava este excesso com o de outra pessoa que, por exemplo, tivesse plantado e colhido mais milho do que fosse precisar. A moeda pode ser conceituada como um intermediário de trocas "que serve como medida de valor...

    763  Palavras | 4  Páginas

  • A origem dos bancos

    Bancos O surgimento dos bancos esta diretamente ligado ao cálculo de juros compostos e o uso da Matemática Comercial e Financeira de modo geral. Na época em que o comércio começava a chegar ao auge, uma das atividades do mercador foi também a do comércio de dinheiro: com o ouro e a prata. Nos diversos países eram cunhadas moedas de ouro e prata. Durante a expansão do comércio, assim como durante as guerras de conquista, as moedas dos diferentes países eram trocadas, mas o pagamento só podia ser efetuado...

    908  Palavras | 4  Páginas

  • OPERAÇÕES COM INSTRUMENTOS FINANCEIROS

    OPERAÇÕES COM INSTRUMENTOS FINANCEIROS 1.INTRODUÇÃO Antes de começar a falar de fato sobre as Operações com Instrumentos Financeiros, convém dizer o significado de Operações Financeiras: 1.1 Conceitos: Para fins de registro contábil, considera-se: (Res 3534 art 2º) instrumento financeiro: qualquer contrato que dê origem a um ativo financeiro para uma entidade e a um passivo financeiro ou instrumento de capital próprio para outra; Outras doutrinas também tem se preocupado...

    3458  Palavras | 14  Páginas

  • Bancos comerciais

    BANCOS COMERCIAIS Os Bancos Comerciais são instituições financeiras particulares ou estatais com o objetivo de atender as necessidades financeiras da população em geral, do comércio, das indústrias e dos prestadores de serviços. São instituições responsáveis por receberem o pagamento de títulos e documentos como duplicatas, boletos, prestações entre outros papéis do sistema de pagamentos, repassando o valor correspondente às entidades empresariais identificadas. São responsáveis pelo financiamento...

    1058  Palavras | 5  Páginas

  • Moeda e cambio

    Moeda e Câmbio Introdução Devido à dificuldade de haver uma coincidência de interesses no comércio internacional de bens e serviços, os comerciantes demandaram a criação de um instrumento de troca que não fosse a própria mercadoria. As moedas, a partir daí, começaram a ter paridade entre si, sendo um meio facilitador do comércio como um todo. Cambiar é trocar por definição. O mercado utiliza este conceito agregado ao de moeda (como um meio de troca). O câmbio é expresso em unidades de uma...

    7015  Palavras | 29  Páginas

  • As funções da moeda

    demonstrar tamanha a importância do uso da moeda ao longo da historia, sendo ela por origem metálica ou papel (cédula) no presente ou s AC, trazendo e detalhando funções como sua demanda, intermediário de trocas, oferta dentre outros. Destacando assim o quão foi importante a evolução destas funções ao longo da historia e quão crucial para o desenvolvimento do mercado econômico no que se refere a uma nação e até mesmo em âmbito global. Origem e Conceito A moeda surgiu a partir da necessidade do homem...

    2446  Palavras | 10  Páginas

  • Documentaçao comercial e bancaria

    DOCUMENTAÇÃO COMERCIAL E BANCÁRIA TEMAS | | * Documentação Comercial | | * Fases do Contrato de Compra e Venda | | * A Documentação da Compra e Venda | | * Operações Bancárias | | * Transferências Bancárias | | * Empréstimos Bancários | | * Operações de Financiamento | | * Depósitos Bancários | | * Contas Bancárias | | * Títulos de Créditos | | * Legislação Fiscal | | * IVA | | * Imposto de Selo | | ...

    10996  Palavras | 44  Páginas

  • Caixa Economica Federal e Bancos Comerciais

    dava origem à Caixa Econômica e Monte de Socorro. A CEF foi fundada com o objetivo de promover entre a população, o hábito de poupar, principalmente entre as pessoas de baixa renda. Os escravos, por exemplo, poupavam para comprar suas cartas de alforria. A instituição pagava juros de 6% a.a., garantindo a restituição dos depósitos a ela confiados. Esta característica diferenciava a instituição de outras da época, que agiam no mercado sem dar segurança aos depositantes ou que cobravam juros excessivos...

    1369  Palavras | 6  Páginas

  • Origem da moeda

     Origem da moeda ATIVIDADE ESTRUTURADA ORIGEM DA MOEDA A moeda, como hoje a conhecemos, é o resultado de uma longa evolução. No início não havia moeda, praticava-se o escambo, simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. As mercadorias utilizadas para escambo geralmente se apresentam em estado natural, variando conforme as condições de meio ambiente e as atividades desenvolvidas pelo grupo, correspondendo a necessidades fundamentais de seus membros...

    2322  Palavras | 10  Páginas

  • Estudo da moeda

    Monetária: Estudo da moeda Ana Maria Valadares, Fabíola Antunes e Roberta Rangel. Trabalho de pesquisa sobre Economia Monetária: Estudo da moeda apresentado à disciplina de Economia ao professor Antônio Gonçalves do 6º período de Administração do turno noturno no campi Botafogo. Rio de Janeiro 2014 1 Índice 1. Introdução 3 2. Sistema monetário 4 2.1. Breve história da moeda 4 2.2. Funções da moeda 5 2.3. Classificação da moeda 5 3. Oferta...

    3556  Palavras | 15  Páginas

  • Os Juros e as Instituições Financeiras no Brasil

    Jorge Felipe Eckert OS JUROS E AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NO BRASIL Monografia apresentada ao Curso de Direito, do Centro Universitário UNIVATES, para a obtenção do título de Bacharel em Direito. Orientadora: Prof.ª Me. Luciana Turatti Lajeado, novembro de 2012 Jorge Felipe Eckert OS JUROS E AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NO BRASIL A Banca Examinadora abaixo aprova a Monografia apresentada no Curso de Direito do Centro Universitário Univates, como parte da exigência para a obtenção...

    44418  Palavras | 178  Páginas

  • Processo contábil empresa comercial

    mais adequado controle de estoque, tudo se faz essencial na tomada de decisão. O fenômeno da globalização tornou irreversível a adoção de normas contábeis que sejam aceitas mundialmente. Tal providência, além de facilitar as transações comerciais entre empresas e governos, garante transparência nas negociações. Pelo lado do profissional, podemos esperar que a implantação de normas contábeis harmônicas trouxesse maior segurança na realização de procedimentos importantes como perícias, auditorias...

    5470  Palavras | 22  Páginas

  • Estudo da moeda

    INTRODUÇÃO 1- Período onde não existia moeda. → Como as trocas de mercadorias eram realizadas? As trocas de mercadorias eram efetuadas diretamente no sistema de trocas denominado escambo. As bases das suas atividades eram: ♦ As necessidades existentes nestas sociedades eram limitadas, abrangendo alimentação e sobrevivência no ambiente de vida. Portanto, para satisfazer suas necessidades, as atividades econômicas desenvolvidas eram rudimentares, baseadas na exploração da natureza;...

    6074  Palavras | 25  Páginas

  • IOF IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS

    IOF – IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS Carol Silveira Edmundo Montenegro Joezio Lopes Robson Constantino Antes de falar de IOF, faremos uma breve abordagem sobre contribuintes em geral. Pela definição do Aurélio, contribuinte: que ou quem contribui ou paga contribuição. Simples e direto, eu diria. Já para o ex-presidente americano, Ronald Reagan, “é o único cidadão que trabalha para o governo sem ter que prestar concurso”. Eu completaria a frase com um “e sem ganhar quase nada em...

    4129  Palavras | 17  Páginas

  • A moeda e o credito

    INTRODUÇÃO A moeda e o crédito constituem importantes variáveis para a determinação do crescimento económico de qualquer estado. Os agentes económicos necessitam de moeda para realizarem as suas operações e, por conseguinte, podem recorrer ao crédito para satisfazerem a sua demanda. O nosso trabalho tem como titulo a moeda e o crédito ele está dividido em três subtítulos tendo estes também os seus subtemas. Na primeira parte procuramos definir a moeda detalhando o seu teor...

    10247  Palavras | 41  Páginas

  • Moeda

    Helena Fernandes [A MOEDA] Índice Introdução ..................................................................................................................................... 3 História da Moeda ......................................................................................................................... 4 Surgimento da moeda ................................................................................................................... 5 Troca Direta ................

    3189  Palavras | 13  Páginas

  • As taxas de juros como instrumento de política monetária

    CONSTITUCIONAL AS TAXAS DE JUROS COMO INSTRUMENTO DE POLÍTICA MONETÁRIA Antonio Carlos Fernandes Fortaleza - CE Novembro - 2007 ANTONIO CARLOS FERNANDES AS TAXA DE JUROS COMO INSTRUMENTO DE POLÍTICA MONETÁRIA Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Direito como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Direito Constitucional, sob a orientação da Prof.ª Dr.ª Uinie Caminha. Fortaleza - Ceará 2007 ANTONIO CARLOS FERNANDES AS TAXAS DE JUROS COMO INSTRUMENTO...

    28546  Palavras | 115  Páginas

  • JUROS COMPOSTOS

    NOSSO CLIENTE, V.G., PEGOU EMPRÉSTIMO E NÃO CONSEGUIU PAGAR PORQUE AS PRESTAÇÕES FICARAM ALTAS) 1. DA RELAÇÃO DE CONSUMO 1.1 DA FORNECEDORA DE PRODUTOS / SERVIÇOS As Instituições Bancárias, Financeiras ou Creditícias, que participam ou não do Sistema Financeiro Nacional, são sociedades que comercializam dinheiro e integram o conceito de fornecedores de produtos e serviços previstos no Código de Defesa do Consumidor. Banco é “expressão do direito comercial que significa e designa, em...

    13037  Palavras | 53  Páginas

  • A SUPREMACIA DOS VALORES DE MERCADO SOBRE OS VALORES CONSTITUCIONAIS NOS JUROS BANCÁRIOS

    OS VALORES CONSTITUCIONAIS NOS JUROS BANCÁRIOS Curitiba 2012 A SUPREMACIA DOS VALORES DE MERCADO SOBRE OS VALORES CONSTITUCIONAIS NOS JUROS BANCÁRIOS Trabalho de conclusão de curso apresentado como requisito parcial a obtenção do grau de Bacharel em Direito, do Centro Universitário Curitiba. Orientador: Professor José Leandro F. Benitez Curitiba 2012 CAUÊ DIEGO LONGO A SUPREMACIA DOS VALORES DE MERCADO SOBRE OS VALORES CONSTITUCIONAIS NOS JUROS BANCÁRIOS Monografia aprovada...

    16621  Palavras | 67  Páginas

  • Resumo de empréstimo bancário

    Sistema Bancário | 4 | Os Juros | 5 | A Taxa de Juros | 5 | A Taxa SELIC | 5 | Taxa Preferencial de Juros | 6 | Cálculo dos Juros e do Valor Futuro | 6 | Juros Simples | 6 | Juros Compostos | 7 | Sistemas de Amortização | 8 | Sistema de Amortização Constante | 8 | Sistema PRICE | 9 | Sistema de Amortização Americano | 11 | Imposto sobre Operação Financeira | 12 | Empréstimos Bancários | 13 | Empréstimo e Financiamento | 13...

    6869  Palavras | 28  Páginas

  • Déficit Público Brasileiro, origem e conceitos.

    .....................................................................11 3. Histórico do Déficit público Brasileiro...................................................12 3.1 A origem do Déficit..................................................................................12 3.2 As origens pouco conhecidas dos Déficits Brasileiros............................15 3.3 Os componentes extraordinários da Dívida Pública................................20 3.4 Os Déficits Públicos e as...

    16904  Palavras | 68  Páginas

  • CONTABILIDADE COMÉRCIAL

     SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO BACHAREL CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTABILIDADE COMERCIAL CONTABILIDADE COMERCIAL Trabalho apresentado ao Curso Bacharel em Ciências Contábeis da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas do 3º semestre. Prof. A todos os Professores do 3º semestre. Bom Jesus-PI 2013 INTRODUÇÃO Contabilidade não é luxo nem burocracia, é necessidade para qualquer empreendimento:...

    7100  Palavras | 29  Páginas

  • OPERAÇÕES FINANCEIRAS NOS TEMPOS BÍBLICOS

    referências a operações financeiras. Compreendê-las, na medida do possível, poderá, além de satisfazer nossa curiosidade, ser útil para a correta interpretação de muitos pensamentos econômicos, possibilitando o aprendizado de importantes princípios para a administração monetária. A economia lida com relações, permuta de mercadorias, pesos e medidas justas, negócios justos, contratos, investimentos, planejamento futuro e caridade. Como o indivíduo, a família, a igreja, o estabelecimento comercial ou o governo...

    2269  Palavras | 10  Páginas

  • A origem da moeda

    A origem da moeda A história da moeda está intimamente ligada à história do dinheiro e das trocas comerciais, especialmente no que diz respeito à passagem de uma economia baseada na troca direta para outra baseada na troca indireta (também chamada de monetária). A moeda surgiu em diversas civilizações, com diversas formas de representação do valor monetário:conchas, o sal, o ouro, a prata etc. Em uma acepção mais estrita, a palavra moeda refere-se a aparição de pedaços de metal estilizados e cunhados...

    983  Palavras | 4  Páginas

  • A origem da moeda

    A ORIGEM DA MOEDA, DAS OPERAÇÕES COMERCIAIS E DA COBRANÇA DE JUROS NOS EMPRÉSTIMOS De acordo com o site http://www.bc.gov.br/?ORIGEMOEDA, a origem e evolução do dinheiro começaram com o escambo (Troca de Mercadoria). A moeda, como hoje a conhecemos, é o resultado de uma longa evolução. * As mercadorias utilizadas para escambo geralmente se apresentavam em estado natural, variando conforme as condições de meio ambiente e as atividades desenvolvidas pelo grupo, correspondendo a necessidades fundamentais...

    1771  Palavras | 8  Páginas

  • O impacto da baixa nas taxas de juros no cenario economico brasileiro

    ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MBA EXECUTIVO EMPRESARIAL EM GESTAO BANCÁRIA ABÍLIO FERNANDES SANTANA SOARES IMPACTO DA QUEDA DE JUROS NO MERCADO FINANCEIRO DO BRASIL VILA VELHA (ES) 2012 ABÍLIO FERNANDES SANTANA SOARES IMPACTO DA QUEDA DE JUROS NO MERCADO FINANCEIRO DO BRASIL Monografia apresentada ao Curso de Pós-Graduação em MBA Executivo Empresarial em Gestão Bancária da Escola Superior Aberta do Brasil como requisito para obtenção...

    15404  Palavras | 62  Páginas

  • Trabalho CIVIL III Juros Adriano

    FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE DIREITO Direito Civil III Professora Dra. Yaska Fernanda de Lima Campos JUROS CONTRATUAIS Adriano Muniz Garcia Laura de Castro Mourão Pedro Henrique de Oliveira Hansen Victor Monção Moreira da Silva Belo Horizonte Maio/2013 Adriano Muniz Garcia Laura de Castro Mourão Pedro Henrique de Oliveira Hansen Victor Monção Moreira da Silva JUROS CONTRATUAIS Trabalho apresentado à disciplina Direito Civil III, da Faculdade de Direito da Universidade Federal...

    6979  Palavras | 28  Páginas

  • Matemática financeira: juros simples e composto

    FINANCEIRA: JUROS SIMPLES E COMPOSTO. Ubirajara Gomes de Azeredo Filho. Professor Ubirajara Gomes de Azeredo Filho. Graduado pela UFPR Licenciatura em Matemática. Pós Graduado pela IBPEX Magistério Superior. RESUMO. Este estudo tem como escopo a matemática financeira e seus desdobramentos na vida dos estudantes. Apresenta-se a fundamentação teórica de maneira a introduzir conceitos pertinentes ao tema. Foi tratado porcentagem, progressões aritméticas, progressões geométricas, juros simples e composto...

    8503  Palavras | 35  Páginas

  • Operações bancarias

    Eulálio de Faria Napoleão dos Santo BENGUELA, OUTUBRO DE 2011 INSTITUTO MÉDIO INDUSTRIAL DE BENGUELA ÁREA DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO CURSO DE CONTABILIDADE E GESTÃO Título do tema do trabalho: OPERAÇÕES BANCÁRIAS Nome: Madiata Elizabeth kivuila Jacques Orientador: Consultório: Internet, livros, biblioteca Data de inicio: 27.01.2011 Dias de consultas: Terças, sextas e sábado Data da entrega: Local de estágio: Nome do tutor no local de estágio:...

    8485  Palavras | 34  Páginas

  • ORIGEM DA MOEDA E METODOLOGIA DE APURAÇÃO DA INFLAÇÃO

    1. A ORIGEM DA MOEDA A moeda, como hoje a conhecemos, é o resultado de uma longa evolução. No início não havia moeda. Surgiu a partir da necessidade do homem de realizar trocas para suprir seus desejos. A partir da necessidade do homem de realizar trocas para suprir seus desejos. A princípio o homem coletava frutos, caçava e pescava. Depois, com a evolução, o aumento do número de pessoas e consequente aumento das necessidades passaram a querer fazer trocas a partir do que ele produzia....

    1061  Palavras | 5  Páginas

  • COMPRA FEITA FORA DO ESTABELECIMENTO EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS

    CENTRO UNIVERSITÁRIO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ALTO VALE DO ITAJAÍ MARCOS POFFO COMPRA FEITA FORA DO ESTABELECIMENTO EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS RIO DO SUL 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO..................................................................................................................03 CAPÍTULO I - COMPRA FEITA FORA DO ESTABELECIMENTO 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS......

    5241  Palavras | 21  Páginas

  • A origem da moeda

    FACULDADE ESTÁCIO ATUAL CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS ATIVIDADE ESTRUTURADA – MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSOR: ANTÔNIO TURMA: 3-ADN-A Acadêmica: Jeane Lima Paixão Boa Vista-RR, 11 de março de 2013. A ORIGEM DA MOEDA A necessidade da moeda surgiu com excedentes econômicos. O instrumento usado para isso era o escambo, que significava a troca de excedentes por outras mercadorias, trocava-se diretamente, mercadoria por mercadoria. As principais mercadorias usadas como medidas...

    657  Palavras | 3  Páginas

  • Direito Comercial

    S FINANCEIROS MERCADO MONETÁRIO Envolve as operações de curto e curtíssimo prazo, objetivando uma analise ágil e rápido da liquidez da economia e das taxas de juros básicas. Os papéis que acrescentam firmeza no mercado monetário têm como características os reduzidos prazos de resgate e alta liqüidez. Sistemas de Custodia e Liquidação de Títulos – CELIC E CETIP. Grande parte dos títulos públicos não é emitida fisicamente necessitando assim maior organização em sua liquidação e transferência...

    4078  Palavras | 17  Páginas

  • Apostila direito comercial

    DIREITO COMERCIAL EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO COMERCIAL 1. Inicio da Civilização 1.1 Auto sustento 1.2 Troca de bens por bens entre os grupos 1.3 Moeda com valor intrínseco 2. Moeda com valor fictício 2.1 Facilitou a circulação de riquezas 2.2 O surgimento do comércio Tendo como figuras centrais as pessoas que servem de intermediárias entre produtores e consumidores, objetivando o lucro dá se o nome de comerciantes ou mercadores. A atividade comercial é sempre especulativa...

    53122  Palavras | 213  Páginas

  • Operações Financeiras

    Operações Financeiras Quando uma empresa necessita de fundos adicionais para prosseguimento ou expansão de suas operações, poderá recorrer os seguintes expedientes: a) Tomar dinheiro emprestado de um banco, de uma companhia de financiamento ou de um capitalista particular, para pagamento a curto ou médio prazo; b) Tomar dinheiro emprestado, geralmente de um banco governamental por prazo longo; c) Lançar debêntures, a médio ou longo prazo (se for sociedade de ações); d) Aumentar o capital social...

    2341  Palavras | 10  Páginas

  • Operaçoes bancarias

    09 - OPERAÇÕES BANCÁRIAS 1. INTRODUÇÃO As operações bancárias são muito comuns na nossa vida, e não poderiam ser diferentes na vida de uma empresa. Dificilmente alguma empresa dispensa o uso de operações com bancos comerciais ou financeiros, em virtude do uso difundido dos cheques e cartões de crédito, sem falar na necessidade de financiamentos para cobrir eventuais faltas de recursos financeiros. Veremos algumas operações bancárias que normalmente fazem parte da vida das empresas, envolvendo...

    3639  Palavras | 15  Páginas

  • Evolução da Moeda

    Monetário  Moeda: Conceito e Funções  Meios de Pagamento: Conceito e Composição  Oferta de Moeda (Pelo BACEN e Bancos Comerciais)  Demanda por Moeda 4 Introdução  Economia de trocas: necessidade de dupla coincidência de desejos.  Moeda mercadoria: forma mais primitiva de moeda na economia.  Moeda metálica: originou-se da função de moeda dada aos metais preciosos e, depois, pela implementação da “cunhagem” da moeda.  Papel-moeda: origem na moeda-papel, quando...

    3879  Palavras | 16  Páginas

  • Petição Inicial de Revisional de Emprestimo

    (cento e vinte e três reais e doze centavos). - Taxa de juros: 1,48 % Foram honradas 31 (trinta e duas) parcelas, sendo paga a ultima parcela na data referente de 30/04/2013. Salienta-se, ao final do contrato, a autora terá adimplido o valor de R$ 11.080,80 (onze mil e oitenta reais e oitenta centavos), ao passo que, o banco disponibilizou apenas R$ 6.350,00 (seis mil trezentos e cinqüenta reais), pelo empréstimo efetuado, pelo qual a instituição financeira cobra pelo...

    6494  Palavras | 26  Páginas

  • Operações financeiras

    apresentar os tipos de operações financeiras disponíveis para as empresas em geral, assim como as suas vantagens e desvantagens , suas necessidades e conceitos. Toda empresa deve estar bem informada sobre as opções disponíveis no mercado e fazer o melhor uso desses recursos, para uma boa administração de seu capital. 1 . Operações Financeiras São operações realizadas pelas empresas com o objetivo de gerar recursos financeiros (dinheiro). São diversas as modalidades das operações financeiras, destacando-se: ...

    2137  Palavras | 9  Páginas

  • Moeda, controle monetário e inflação

    2. CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA Com relação à origem da moeda não existem relatos sobre quando foi o seu surgimento, no entanto, desde a antiguidade sua utilidade foi notada. Pode-se dizer que bens e serviços foram usados como meio de troca, sendo considerados como moeda de troca. Existem relatos históricos que demonstram como diversas civilizações realizaram seus comércios utilizando a chamada moeda de troca, por exemplo: Roma Antiga – Sal, China – Bambu, Arábia – Dinheiro em fios e no Brasil...

    2987  Palavras | 12  Páginas

  • Os impactos da inflação e da inadimplência da obrigação contratual na correção monetária e juros

    MONETÁRIA E JUROS THE IMPACT OF INFLATION AND BREACH OF COVENANT ON MONETARY AND INTEREST Mario Ferreira Neto; netoferreiramario@bol.com.br 2 Orientador: Prof. Ms. Cárbio Almeida Waqued; carbiowaqued@uol.com.br MBA em Perícia Judicial e Auditoria – IPECON – PUC/GO 1 RESUMO O presente artigo tem a finalidade de elucidar os impactos causados pela inflação e seus reflexos em relação à inadimplência da obrigação contratual refletida na aplicação dos consectários legais: correção monetária, juros moratórios...

    13199  Palavras | 53  Páginas

  • moeda

    ECO 02002 2008 – Textos Selecionados, Resumidos e/ou Adaptados. 1 A Moeda 1.1 A Economia de Escambo e a Economia Monetária 1.2 As Funçöes da Moeda 1.3 O Conceito, as Características e a Importância da Moeda 1.4 A Evoluçäo Histórica da Moeda Anexo: A Evoluçäo da Moeda no Brasil 1 A Moeda É impossível imaginar uma economia moderna operando sem o uso da moeda. Em uma economia primitiva, em que näo há moeda, toda transaçäo, em ambos dos seus lados, deve envolver uma troca de bens...

    8621  Palavras | 35  Páginas

  • Moedas e Bancos

     A Moeda e o Sistema Financeiro Mozart Foschete1 1. Introduzindo o conceito de moeda: Evolução, Formas, Tipos e Funções da Moeda Conceitualmente, o termo “moeda” é usado para denominar tudo aquilo que é geralmente aceito como meio de trocas de bens e serviços. Não se pode afirmar com exatidão quando surgiu e qual foi a primeira moeda. Remontando aos primórdios da civilização, imagina-se facilmente que o homem primitivo produzia tudo quanto bastava ao seu sustento. Suas necessidades limitavam-se...

    5714  Palavras | 23  Páginas

  • Renascimento Urbano;Comercial;Cultural

    INTRODUÇÃO Caro leitor, nesse trabalho irei apresentá-los o conteúdo sobre o Renascimento, sendo divididas pelo Renascimento Urbano, Comercial e Cultural. Por fim finalizarei o trabalho com minhas considerações finais e minhas referências. O RENASCIMENTO O Renascimento foi um movimento artístico e científico que surgiu na Europa no século XV, tendo na Itália seu maior ápice, principalmente nas cidades italianas do Norte, como Veneza, Florença e Gênova que foram transformadas...

    1870  Palavras | 8  Páginas

  • História e definição da taxa de juros

    Pós-Graduação em Administração de Empresas Turma CAE 135 MACROECONOMIA E FUNDAMENTOS DE FINANÇAS Prof. Lúcio Allan Goulart Aluno: Daniel Mendes dos Santos de Abreu Exercício de Revisão de Conteúdo Comente a forma pela qual se dá a formação da Taxa de Juros no Mercado Financeiro, desde a sua formação primária (saldo de dívida do Governo) até os agentes tomadores e doadores de recursos, representados pelos agentes (Pessoas Físicas e/ou Jurídicas) que precisam de recursos financeiros e/ou estão dispostas...

    4291  Palavras | 18  Páginas

tracking img