O Texto Em Mateus 15 21 28 E Marcos 7 24 30 Observação Interpretaçao E Aplicação Da Biblico artigos e trabalhos de pesquisa

  • Estudos biblicos

    a arte e a interpretação da linguagem. Objetivos da Hermenêutica: Relação entre: Autor - Leitor: O objetivo é tornar o autor contemporâneo do leitor, aproximando-os à compreensão da mesma época. O leitor deve compreender o escritor na época em que o texto foi escrito e não na época em que o texto está sendo lido. Um segundo objetivo da hermenêutica e esclarecer tudo que haja de obscuro. Tornar o assunto compreensível para uma posterior exposição - II Pedro 3:15 e 16. ...

    16955  Palavras | 68  Páginas

  • livro de Marcos

    O Livro de Marcos Dennis Allan Distribuição Gratuita – Venda Proibida O Livro de Marcos Publicado por: Dennis Allan C. P. 60804 São Paulo, SP 05786-990 [B1] 3ª Edição publicada em 2006 © Dennis Allan 2006 Direitos Reservados Im presso no Brasil 2006 O Livro de Marcos Dennis Allan Índice Lição 1: Lição2: Lição 3: Lição 4: Lição 5: Lição 6: Lição 7: Lição 8: Lição 9: Lição 10: Lição 11: Lição 12: Lição 13: Marcos 1:1-45 . . . . . . . . . . . ...

    11902  Palavras | 48  Páginas

  • Livro de marcos

    Introdução O livro de Marcos é um dos quatro relatos da vida de Cristo que encontramos no começo do Novo Testamento. Este livro fala sobre a pessoa mais significante na história do mundo, o Filho de Deus. Marcos é o mais curto dos evangelhos e, geralmente, o mais fácil para entender. É um livro de ação, que mostra como Deus age na forma do homem. Aprendemos muito aqui, não somente das palavras de Jesus, mas também do exemplo da sua vida. Esta série de 13 estudos foi preparada inicialmente para usar...

    12007  Palavras | 49  Páginas

  • Filhos do mesmo pai: uma aproximação entre o Documento de Damasco e o Evangelho de Mateus

     RESUMO Nesta monografia temos por finalidade refletir sobre a influência essênia sobre o pensamento religioso cristão primitivo. Para tanto, partimos da hipótese de que o Evangelho de Mateus, em seu capítulo XII, versículo XI, dialoga com um suposto documento essênio, nomeado de Documento de Damasco, em questões relativas à Lei judaica do descanso sabático. Tem se tornado cada vez mais evidente entre os eruditos as contribuições conceituais e de ideias da seita essênia para com...

    17295  Palavras | 70  Páginas

  • Série de estudos bíblicos

    SÉRIE DE ESTUDOS BÍBLICOS Neste capítulo esboçaremos uma proposta de série de estudos bíblicos. Esta proposta de série seguirá os moldes já mencionados nos capítulos anteriores. A proposta de série de estudos bíblicos que veremos abaixo está composta por vinte e sete estudos bíblicos, dos quais, seis relacionados a temas de conversão, treze são de caráter doutrinário e sete com temas que tratam de estilo de vida cristão. Cada estudo terá em média o uso de dezessete textos bíblicos. Vejamos os estudos...

    15378  Palavras | 62  Páginas

  • estudo biblico

    e-mail: escolabiblica@sisac.org.br - CAT6030 Textos de Difícil Interpretação Escola Bíblica Êxodo 35:3 e Números 15:32-36. Isaías 1:13. Mateus 5:17 e 18. Marcos 2:23-28 e Mateus 12:3-8. Marcos 2:27. Mateus 12:8. Romanos 14. Romanos 10:4. Colossenses 2:16 e 17 e Gálatas 4:10. Gálatas 4:10. Quais eram os 7 Sábados Cerimoniais. João 5:17. João 9:4. 2 Coríntios 3:7-11. Entendendo a expressão ‘ministério da morte’ em 2 Coríntios 3:7. João 13:34. Lucas 16:16. Textos Bíblicos. Introdução   Nós Adventistas...

    13927  Palavras | 56  Páginas

  • Exegese Mateus 5 31 32

    CASTRO FILIPE DE OLIVEIRA MARIANO DE SOUZA EXEGESE DE MATEUS 5:31 E 32: UM ESTUDO DA PALAVRA PORNEIA CAHOEIRA|BA 2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 1. CONTEXTO HISTÓRICO 1.1 AUTORIA 1.2 DESTINATÁRIO 1.3 CONTEXTO POLITICO SOCIAL 2. LIMITES DA PASSAGEM 3. ESTABELECENDO O TEXTO 4. TRADUÇÃO PROVISÓRIA 5. ANÁLISE LINGUÍSTICA DO TEXTO 6. CARATER FORMAL DO TEXTO 7. ANÁLISE DO TEXTO SINÓTICO 8. CONTEXTO BÍBLICO-TEOLÓGICO 9. APLICAÇÃO AO CONTEXTO ATUAL CONCLUSÃO REFERÊNCIAS INTRODUÇÃO O sétimo...

    4355  Palavras | 18  Páginas

  • A Interpretação Bíblica - Roy B. Zuck

    A Interpretação Bíblica Interpretação Bíblica Meios de descobrir a verdade da Bíblia Roy B. Zuck Tradução de César de E A. Bueno Vieira edições vida nova 1994 ° 1991 de SP Publications, Inc. Título do original: Basic Bible Interpretation, publicado por Victor Books, Wheaton, Illinois, EUA Revisão Valéria Fontana Fabiani S. Medeiros Diagramação Roger L. Malkomes Janete D. Celestino Capa Ibis Roxane Coordenação editorial Robinson Malkomes Coordenação de produção ...

    20091  Palavras | 81  Páginas

  • Estudo de Mateus

    Estudo do livro de Mateus 1:1-17 A genealogia de Jesus: de Abraão até Jesus. **Obs.: Esta genealogia é diferente, mas não contradiz, a genealogia de Lucas 3. Mateus destaca a posição de Jesus em relação aos hebreus, enquanto Lucas começa com Adão e mostra o relacionamento de Jesus com todos os homens. Uma explicação comum e provável é que Mateus traçou a linha através do pai (José) e que Lucas seguiu a linha de descendência da mãe (Maria). Assim, Mateus apresentou o lado legal e Lucas o aspecto...

    16545  Palavras | 67  Páginas

  • Teologia de mateus

    [Oracula, São Bernardo do Campo, 3.5, 2007] ISSN 1807-8222 MATEUS, O CONTADOR DE HISTÓRIAS CARTER, Warren. Matthew: storyteller, interpreter, evangelist. Massachusetts: Hendrickson Publishers, 2004. 287p. ISBN: 1565639855. Elisa Rodrigues Resumo Esta resenha reúne alguns importantes insights do professor e pesquisador do Novo Testamento, Warren Carter, a respeito de seus estudos sobre o Evangelho de Mateus. Para Carter, este evangelho foi escrito por um cristão judeu educado em três...

    6663  Palavras | 27  Páginas

  • Exegese de mateus 6.22-23

    Exegese de Mateus 6.22-23 A LÂMPADA DO CORPO SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO ................................................................... ....................................02 1ª Parte: ANÁLISE HISTÓRICO TEXTUAL 1.1. INTRODUÇÃO AO EVANGELHO ......................................................................03 1.2. Delimitação da pericope...........................................................................................07 II. VERIFICAÇÃO DO CONTEXTO 2.1. Contexto Remoto – Sermão...

    12966  Palavras | 52  Páginas

  • Metodos biblicos

    MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS I. INTRODUÇÃO O objetivo desta matéria, é fornecer ao aluno as ferramentas necessárias para que ele mesmo, descubra por si mesmo de primeira mão, as verdades na Palavra de Deus. O estudante deve compreender que todo e qualquer estudo bíblico tem como premissa levar o leitor para um contato direto com as Escrituras, de tal maneira que sua vida seja moldada pela Palavra de Deus. a. Importância da Bíblia 1. Ela é a revelação de Deus – Hb 1.1; 2. Contém o plano de Deus para...

    3689  Palavras | 15  Páginas

  • Metodos de estudos biblicos

    MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS INTRODUÇÃO O objetivo desta matéria, é fornecer ao aluno as ferramentas necessárias para que ele mesmo, descubra por si mesmo de primeira mão, as verdades na Palavra de Deus. O estudante deve compreender que todo e qualquer estudo bíblico tem como premissa levar o leitor para um contato direto com as Escrituras, de tal maneira que sua vida seja moldada pela Palavra de Deus. a. Importância da Bíblia 1. Ela é a revelação de Deus – Hb 1.1; ...

    3660  Palavras | 15  Páginas

  • O Equilibrio Entre a Busca e o Recebimento da Bênção em 2 Cr 7:14

    SEMINÁRIO ADVENTISTA LATINO AMERICANO DE TEOLOGIA FABIANO PAULO DE ANDRADE WENDSON MARQUES LOUREIRO O EQUILÍBRIO ENTRE A BUSCA E O RECEBIMENTO DA BÊNÇÃO EM 2 CRÔNICAS 7:14 CACHOEIRA-BA 2006 FABIANO PAULO DE ANDRADE WENDSON MARQUES LOUREIRO O EQUILÍBRIO ENTRE A BUSCA E O RECEBIMENTO DA BÊNÇÃO EM 2 CRÔNICAS 7:14 Monografia apresentada ao Seminário Adventista Latino americano de Teologia como requisito parcial obrigatório para obtenção do grau de Bacharel em Teologia. ORIENTADOR:...

    23272  Palavras | 94  Páginas

  • estudo biblico

    mandamentos” (Jo 14:15). Leituras da Semana: Mt 5:17-19; 5:21-44; Mc 7-13; Mt 19:16-22 Embora muitos dos líderes em Israel exaltassem grandemente a lei, alguns entenderam mal seu propósito, acreditando que podiam obter justiça pela obediência a ela. Como Paulo escreveu: “Desconhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à que vem de Deus” (Rm 10:3). Por isso, Jesus muitas vezes questionou e até reprovou as tradições dos anciãos (Mc 7:1-13). Por causa de...

    2322  Palavras | 10  Páginas

  • A interpretação tipológica da bíblia

    UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE LETRAS ORIENTAIS MARTA BERNADETE FROLINI DE AGUIAR MARCZYK A interpretação tipológica da Bíblia e seus reflexos na representação do povo judeu São Paulo 2010 MARTA BERNADETE FROLINI DE AGUIAR MARCZYK A interpretação tipológica da Bíblia e seus reflexos na representação do povo judeu Tese apresentada ao Programa de Pósgraduação em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas do Departamento...

    51214  Palavras | 205  Páginas

  • Dicionário Bíblico

    (Êxodo 17,8-15 Êxodo 24,1-11), seu porta-voz perante os israelitas e o Faraó (Êxodo 4,14-16 Êxodo 4,27-30 Êxodo 5,1-5). Foi pecador, por isso seu sacerdócio foi caduco (Êxodo 32,1-6 Êxodo 32,25-29; Números 12,1-13 Atos 7,39-41 Hebreus 7,11-14). A tradição sacerdotal vê nele o primeiro Sumo Sacerdote (Êxodo 29,1-30) e o antepassado da classe sacerdotal (Êxodo 28,1 Levítico 1,5). Dentro da tribo de Levi, Aarão e seus descendentes concentram em si o sacerdócio (Levítico 13-14 Números 18,1-28 Êxodo 30...

    44579  Palavras | 179  Páginas

  • Fundamentos bíblicos da missão global da igreja

    Fundamentos Bíblicos da Missão Global da Igreja © Grant McClung1 Desde o princípio do movimento Pentecostal, nossa missão têm sido sempre missões. Nossa história não pode ser contada e entendida, fora de nossa “própria identidade como um movimento missioneiro, levantado por Deus para evangelizar o mundo nos últimos dias.” 2 Como “pessoas do Livro” cremos na missão global de Deus porque cremos em sua Palavra. A Bíblia é nossa fonte, livro de texto, nosso método e mensagem para a evangelização do...

    5713  Palavras | 23  Páginas

  • 18 Estudos bíblicos

    18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e sustenta. Gên. 1:1; Sal. 24:1 2- O Deus que criou o homem. Gên. 1:26,27; Gên. 2:21,22 3- O Deus que merece a adoração, a honra e o louvor da sua criação. Sal. 100:1-3; Sal. 96: 1-6 4- O Deus que perdoa e Salva. Isa. 55:6-7; João 3:16-1 LIÇÃO 2 - EXISTE UMA SÓ FÉ Ef. 4:4 A fé é o único...

    2452  Palavras | 10  Páginas

  • POR UM RESGATE DO VALOR DOS DONS MINISTERIAIS E DO DOM APOSTÓLICO BÍBLICO PARA O CUMPRIMENTO DA MISSÃO DA IGREJA

    MESMO DEU UNS PARA APÓSTOLOS...” (Ef 4:11a - ERC) POR UM RESGATE DO VALOR DOS DONS MINISTERIAIS E DO DOM APOSTÓLICO BÍBLICO PARA O CUMPRIMENTO DA MISSÃO DA IGREJA ATÉ OS CONFINS DA TERRA. Londrina 2012 CARLOS ALBERTO LACERDA CARVALHO “E ELE CUMPRIMENTO DA MISSÃO DA IGREJA ATÉ OS CONFINS DA TERRA. Monografia apresentada em cumprimento às exigências...

    13028  Palavras | 53  Páginas

  • midrash biblico- novo testamento

    compondo novas escrituras (ou quase-escritura), extrapolando a partir da idade. Por este processo de expansão midrashic cresceu o judeu Hagadá , nova narrativa comentando velho (bíblico) narrativa, reescrevendo-a.Hagadá é uma espécie de hipertexto , e, portanto, não pode ser plenamente compreendido sem referência ao texto subjacente em que ela forma uma espécie de comentário. Os primeiros cristãos sendo judeus, não é nenhuma surpresa que eles praticavam expansão haggadic de escritura, resultando em...

    24201  Palavras | 97  Páginas

  • Estudo 1 a biblia e sua interpretacao

    -Partes proféticas- Isaías até Malaquias ( 95% NÃO se entende como se lê.) Evangelhos: -Mateus -Marcos -Lucas -João (85% se entende como se lê.) Cartas: Romanos até Judas ( não o Iscariotes) (85% se entende como se lê.) Veracidade Antigo Testamento: Em 1947, no Mar Morto foi feita a maior descoberta de manuscritos bíblicos dos tempos modernos, quando alguns beduínos encontraram vários manuscritos bíblicos e fragmentos de pergaminhos em cavernas. Os manuscritos descobertos ali eram de natureza...

    1670  Palavras | 7  Páginas

  • exegese de mateus 19:24

    registrado no livro de Mateus19:16-30 (ver também Mc 10:17-31; Lc 18:18-30) aparecem o relato do jovem rico, que não conseguiu se desvencilhar de suas posses materiais, e as declarações de Cristo sobre o perigo das riquezas. Depois que o jovem “retirou-se triste”, Cristo afirmou: “Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus. E ainda vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus” (Mt 19:22-24, o narrador através do seu...

    3331  Palavras | 14  Páginas

  • ESTUDO DE MARCOS

    Estudo Introdutório no Evangelho de Marcos Autoria O Evangelho1 de Marcos é um livro anônimo.2 Em lugar algum do livro encontramos referência ao nome do seu autor. Contudo, podemos chegar a algumas conclusões através de evidências externas e internas acerca de sua autoria. 1. Evidência Externa A evidência externa é aquela que não se encontra no corpo do texto original. Analisemos se é possível encontrar a partir de testemunhos externos, indicações de sua autoria. Para isso observaremos...

    7598  Palavras | 31  Páginas

  • Introdução ao estudo dos evangelhos e Evangelho de Mateus

    Introdução ao estudo dos evangelhos e Evangelho de Mateus SEBEMGE - Seminário Batista do Estado de Minas Gerais Prof. Anísio Renato de Andrade EVANGELHO – BOAS NOVAS A palavra evangelho não foi criada por Jesus nem por seus discípulos. Era uma palavra de uso comum nas comunidades antigas. As guerras entre os povos eram constantes. As dificuldades de comunicação entre os guerreiros e suas cidades de origem eram muito grandes. As famílias, principalmente, aguardavam ansiosamente por notícias...

    7160  Palavras | 29  Páginas

  • Sábado Bíblico

    O Sábado Bíblico O SÁBADO BÍBLICO O QUE A BÍBLIA INFORMA SOBRE A GUARDA DO SÁBADO? 1) Porque Deus foi o primeiro ser em todo o universo a guardar o Sábado (Gênesis 2:1-3). 2) Porque o sétimo dia da semana é o Sábado (Êxodo 20:10) e não podemos escolher outro dia para dizer que é o Sábado e guardá-lo. 3) Após os seis (6) dias da criação Deus instituiu o Sábado. “Sábado” é palavra de orígem semítica (SABBATH, do Hebraico; SABATU, do assírio; e SABBATON, do grego) significando propriamente...

    1200  Palavras | 5  Páginas

  • Evidencias fatos biblicos

    OBJETIVOS 5 OBJETIVO GERAL 5 OBJETIVO ESPECÍFICO 5 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 5 CAPITULO I 7 1. A ARQUEOLOGIA 7 1.1 A ARQUEOLOGIA BÍBLICA 8 1.2 A ESCAVAÇÃO DE UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO 9 1.3 A ARQUEOLOGIA E O TEXTO DA BÍBLIA 10 CAPITULO II 13 2. AS DESCOBERTAS NO EGITO 13 2.1 O POVO DE ISRAEL NO EGITO 14 2.2 AS PRAGAS EGÍPCIAS 16 2.3 O DILÚVIO 21 2.4 A ARCA 26 2.5 JESUS CRISTO 30 2.6 O SANTO SUDÁRIO 36 CONCLUSÃO 40 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 41 INFLUÊNCIA DA ARQUEOLOGIA...

    11903  Palavras | 48  Páginas

  • Estudo Biblico

    QUAL O TEXTO ORIGINAL DO NOVO TESTAMENTO Dr. Wilbur Norman Pickering a QUAL O TEXTO ORIGINAL DO NOVO TESTAMENTO I SOBRE O AUTOR TEXTO ORIGINAL REVISÃO I I I INTRODUÇÃO 1 ECLETISMO 5 O QUE É? QUE TAL ELE? QUAL É A SUA ORIGEM? 6 7 8 A TEORIA CRÍTICA DE WESTCOTT-HORT 13 INTRODUÇÃO A ABORDAGEM BÁSICA GENEALOGIA TIPOS-DE-TEXTO E RECENSÕES CONFLAÇÃO LEITURAS “SÍRIAS” DE ANTES DE CRISÓSTOMO EVIDÊNCIA INTERNA DAS LEITURAS A “RECENSÃO LUCIÂNICA”...

    130700  Palavras | 523  Páginas

  • Curso bíblico

    LÉXICO BÍBLICO Na elaboração de nossos estudos, resolvemos adotar uma linguagem acessível ao grande público, mas enriquecida por vocábulos técnicos, específicos do linguajar exegético bíblico. Tais vocábulos são, por vezes, insubstituíveis; daí a necessidade de utilizá-los. Conhecê-los exigirá do estudioso um certo esforço, esforço, porém, bem compensado. Eis por que publicamos a seguir um pequeno Vocabulário ou Léxico bíblico, que poderá valorizar...

    29224  Palavras | 117  Páginas

  • RESUMO DAS AULAS DE MÉTODO DE ESTUDO BÍBLICO

    Campus Sul – Cachoeiro de Itapemirim Curso de Teologia Livre – 1º Período Método de Estudo Bíblico BRUNO DE SOUZA VAILANT RESUMO DAS AULAS DE MÉTODO DE ESTUDO BÍBLICO CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM /ES 2013 BRUNO DE SOUZA VAILANT RESUMO DAS AULAS DE MÉTODO DE ESTUDO BÍBLICO Resumo apresentado à disciplina de Método de Estudo Bíblico como requisito parcial de conclusão do 1º semestre do curso de Teologia Livre do Centro de...

    1426  Palavras | 6  Páginas

  • Exegese mateus 21

    Lídia Maria Exegese em mateus 21:33-46: a parábola dos lavradores maus Trabalho acadêmico apresentado ao Prof. Dr. Paulo Garcia da disciplina Exegese do Novo Testamento, matutino, VI período do curso de Bacharel em Teologia da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista — Universidade Metodista de São Paulo Universidade Metodista de São Paulo São Bernardo do Campo — Novembro de 2008 SUMÁRIO Introdução 4 exegese de mateus 21.36-46 5 1. PRIMEIRA...

    7892  Palavras | 32  Páginas

  • Mateus 19

    O RICO, JESUS E A VIDA ETERNA: UMA INTERPRETAÇÃO HISTÓRICO-LITERÁRIA DE MATEUS 19.16-30 Cláudio César Gonçalves1 RESUMO Neste artigo o autor procura exercitar uma leitura / interpretação da Bíblia como literatura utilizando ferramentas da análise literária como: narrador, tempo, cenário, personagens e enredo com exposição, tensão, resolução e desfecho. O texto escolhido é Mateus 19.16-30, onde o narrador conta que um jovem rico pergunta a Jesus o que deve fazer para alcançar a vida eterna. Jesus...

    5532  Palavras | 23  Páginas

  • o evangelho de Mateus

    MATEUS, O EVANGELHO Coleção Palimpsesto Coordenação editorial: Prof. Dr. Paulo Nogueira •  caminho do Cordeiro: representação e construção de identidade no Apocalipse de João, Valtair Afonso O Miranda •  íblia, literatura e linguagem, Júlio Paulo Tavares Zabatiero / João Leonel B • Mateus, o Evangelho, João Leonel joão leonel mateus, o evangelho Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assessoria/área bíblica: Paulo Bazaglia Assistente editorial: Jacqueline Mendes...

    5119  Palavras | 21  Páginas

  • estudos bíblicos

    seres” não estão separados em personalidades. Didaticamente, é como se um único e mesmo ator de teatro entrasse no palco por três vezes e em cada oportunidade trocasse apenas a máscara. Considerando esse brevíssimo panorama histórico, podemos pensar no texto de Zacarias: “Naquele dia, um será o Senhor”. No idioma hebraico, existem duas palavras para exprimir a noção de “um” ou “único”.Quando as expressões bíblicas do Antigo Testamento apresentam “um”ou “único” no sentido absoluto, fazem uso do termo machidão:...

    15798  Palavras | 64  Páginas

  • Concurso biblico

    | CONCURSO BIBLICO 1) Uma parábola, um objeto de cozinha. Letra P = Panela. (Ezequiel 24:3). 2) Uma planta, um nome atribuído a Jesus. Letra V = Videira. (João 15:5). 3) Um adjetivo de uma moça bonita, uma porta do templo. Letra F = Formosa. (Atos 3:2). 4) Uma mulher, uma pedra preciosa. Letra S = Safira. (Atos 5:1). 5) Uma fruta, uma cidade bíblica. Letra D = Damasco. (Atos 9:3). 6) Um animal, um personagem bíblico. Letra C = Cão. (Gênesis 10:1). 7) Um cômodo da casa...

    893  Palavras | 4  Páginas

  • MEB Métodos de Estudo Biblico

    ESTUDO INDUTIVO Parte do específico para o geral. Pela indução, partimos da observação e análise dos fatos concretos, específicos, para chegarmos à conclusão, isto é, à norma, regra, lei princípio, quer dizer, à generalização. Há diversos métodos para estudar a Bíblia. Vamos nos concentrar no Método Indutivo A primeira coisa a conhecer: Autor da Bíblia: O próprio Deus. “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;”...

    2800  Palavras | 12  Páginas

  • Estudo biblico

    OU PRATICANDO ATOS PECAMINOSOS. MATEUS. C.3 V. 6 á 10. 2. - IRMÃOS QUE ACEITAREM A JESUS TERÃO QUE FAZER O ESTUDO DO BATISMO, VER TODAS AS CONDIÇÕES SE REALMENTE É O QUE DESEJAM. MATEUS. C.28 V.19á 20. 3. – IRMÃOS QUE QUISEREM SER BATIZADO SERÃO EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO, NO RIO POR IMERSÃO. MATEUS. C.28 V.19, MARCOS C.1 V. 9 LUCAS C.3 V. 21, MATEUS C.3 V.13 á 16. 4. - AS PESSOAS...

    6293  Palavras | 26  Páginas

  • Livro hebraico de Mateus

    1
 
 ‫ספר מתיתיהו‬ Sefer Matitiyahu O Livro de Mateus Traduzido por Sha’ul Bentsion www.torahviva.org 
 1
 
 2
 Atenção: Este livro não é gratuito Como funciona? Trabalhamos com base na confiança, crendo que as pessoas serão íntegras perante o Criador dos céus e da terra. Esta obra funciona à base de doações. Você é quem decide quanto o livro vale, ou quanto deseja doar para manter a obra operante, e faz uma doação para a obra dentro das suas possibilidades. ...

    45447  Palavras | 182  Páginas

  • Discurso de mt 15, 21-28

    discursos em Evangelho de São Mateus: DISCURSO DE Mt 15, 21-28 1- Contexto histórico: Quando? Que período da vida de Jesus? R: A narrativa da Mulher Cananéia é dada aqui para mostrar claramente que aquilo que Jesus procurava outorgar a Israel, seu ministério e os benefícios do mesmo, eventualmente seriam dados dos gentios. Esta história, pois representa um novo estagio no ministério de Jesus, e tem amplas implicações. A história da mulher Cananéia tem paralelo em Marcos 7, 24-30. Foi necessário que Jesus...

    3410  Palavras | 14  Páginas

  • hermeneutica ecologica de textos biblicos

    Hermenêutica ecológica de textos bíblicos Hermenêutica ecológica de textos bíblicos Haroldo Reimer Resumo: O artigo procura evidenciar alguns pressupostos de uma hermenêutica de textos bíblicos, afirmando também alguns elementos centrais dentro de um pensamento ecológico. O artigo procura também indicar textos bíblicos, nos quais uma releitura ecológica se faz necessária e urgente, e termina com um exercício de interpretação bíblica do texto de Ex 23,10-11. A leitura da Bíblia na América...

    5815  Palavras | 24  Páginas

  • Interpretação da biblia

    A INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA NA IGREJA INTRODUÇÃO A interpretação dos textos bíblicos continua a suscitar em nossos dias um vivo interesse e provoca importantes discussões. Elas adquiriram dimensões novas nestes últimos anos. Dado à importância fundamental da Bíblia para a fé cristã, para a vida da Igreja e para as relações dos cristãos com os fiéis das outras religiões, a Pontifícia Comissão Bíblica foi solicitada a se pronunciar a esse respeito. A. Problemática atual O problema da interpretação...

    28612  Palavras | 115  Páginas

  • ADOLESCÊNCIA E DROGAS: UM ESTUDO DAS PERCEPÇÕES DE ADOLESCENTES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SÃO MATEUS/ES SOBRE AS DROGAS

    SÃO MATEUS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL GEIZA COELHO BARBOSA ADOLESCÊNCIA E DROGAS: UM ESTUDO DAS PERCEPÇÕES DE ADOLESCENTES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SÃO MATEUS/ES SOBRE AS DROGAS SÃO MATEUS 2013 1 GEIZA COELHO BARBOSA ADOLESCÊNCIA E DROGAS: UM ESTUDO DAS PERCEPÇÕES DE ADOLESCENTES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SÃO MATEUS/ES SOBRE AS DROGAS Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao programa de Graduação em Serviço Social da Faculdade Norte Capixaba de São Mateus, como...

    25450  Palavras | 102  Páginas

  • EXEGESE DO TEXTO MARCOS 2.15-17

    Cabral Sílvio Eli dos Santos Baptista Wilme Ferreira Barbosa EXEGESE DO TEXTO MARCOS 2.15-17 Trabalho apresentado em cumprimento às exigências da disciplina de Exegese do Novo Testamento, ministrada pelo professor Odimar Gomes Junior, do curso de graduação em Teologia, do Seminário Teológico Batista de Niterói. Niterói 2013 SUMÁRIO 1. Aproximação ao texto 2. Tradução: a. Tradução por correspondência formal. b. Tradução por equivalência...

    6091  Palavras | 25  Páginas

  • a megera

    IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR MÉTODOS DE ESTUDO BÍBLICO NOME: NOVEMBRO, 2013 CAPÍTULO 1 IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA PALAVRA Quão é agradável ao Senhor Deus que cada adquira a sabedoria nas Escrituras, a fim de que conheçamos mais sobre ele, seu poder e seus grandes propósitos. A Bíblia é o único livro que tem como Autor Deus. Em 2 Tm 3.16 diz que toda Escritura...

    1734  Palavras | 7  Páginas

  • Exegese Mc 8. 27 - 30

    NERY Exegese: Livro de Marcos, Cap. 8. 27 - 30 Machado 2013 MARLON BRUNO SCALCO NERY Exegese: Livro de Marcos, Cap. 8. 27 - 30 Exegese apresentada ao Seminário Teológico de São Paulo (FATIPI) em cumprimento ás exigências para obtenção do título de Bacharel em Teologia. Orientador: Paulo Proença Machado 2013 INTRODUÇÃO O estudo aprofundado do Evangelho de Marcos nos encaminha para o conhecimento de sua importância...

    20375  Palavras | 82  Páginas

  • trabalho do evangélio de marcos

    Índice: Capa; Índice; Interpretação detalhada cap. 13 e 16; Questionário; Aplicação pessoal. 1° parte: interpretação detalhada dos capítulos 13 e 16, do livro de Marcos. Interpretação do capítulo 13 do livro de Marcos:  Versículo 1: Quando ele estava saindo do templo, um de seus discípulos lhe disse: "Olha, Mestre! Que pedras enormes! Que construções magníficas! " Reflexão: Quando Jesus estava saindo do templo (templo de Herodes, que fica em Jerusalém)...

    7166  Palavras | 29  Páginas

  • Mario soares

    HOMILÉTICA Paulo Rückert Sumário O significado do termo homilética. A relação entre a homilética, a exegese e a hermenêutica. A importância da exegese. A meditação. Definição de Hermenêutica. O surgimento do texto bíblico e os gêneros literários. Características do pensamento hebraico. O Método Histórico-Crítico. A inspiração da Bíblia. A homilética e o anúncio do Evangelho. Vocação e pregação. A pregação da Palavra é a mensagem de Deus. O fundamento...

    30164  Palavras | 121  Páginas

  • Mateus evangelho

    n. 2, 2005] ISSN 1807-8222 AS IMAGENS DE MATEUS À LUZ DA CULTURA GENTÍLICA Elisa Rodrigues Resumo O presente ensaio discute à luz de Mateus, os códigos de puro e impuro que cerceiam o comportamento religioso e social dos grupos judeus e convertidos ao movimento de Jesus. Em Mateus 5,27-32, algumas expressões judaicas e imagens greco-romanas são analisadas a fim de se compreender a relação entre a linguagem do texto e os leitores de Mateus. Com isso, esse ensaio pretende contribuir para...

    7129  Palavras | 29  Páginas

  • Estudo biblico

    C U R S O D E E S T U D O B Í B L I C O Porque a Bíblia é a Palavra de Deus L I Ç Ã O 1 Como ter o máximo beneficio deste estudo Bíblico Para receber o máximo valor deste estudo, primeiro ore a Deus pedindo-Lhe para lhe dar o Seu espírito de entendimento, para lhe abrir o coração, e lhe dar o desejo de compreender as Escrituras. A intenção é para que possa pôr este novo entendimento em prática na sua vida, de tal maneira que venha a ser uma pessoa que agrade a Deus em todas...

    12063  Palavras | 49  Páginas

  • Estudos em Daniel - Capítulo 7

    Estudos em Daniel – Capítulo 7 A partir do capítulo sete iniciamos o estudo das profecias escatológicas do livro de Daniel. Este capítulo divide-se em duas abordagens proféticas: uma política e outra religiosa. Sir Isaac Newton diz que nesse capítulo é repetida a história dos quatro impérios vistos no capítulo dois, porém com mudança de ícones ou imagens aplicadas a Babilônia, Medo-Pérsia, Grécia e Roma. O primeiro ano de Belsazar é contado a partir de 555 a.C., embora estivesse em correinado...

    10534  Palavras | 43  Páginas

  • Métodos de estudo bíblico

     Métodos de Estudo Bíblico SUMÁRIO INTRODUÇÃO 02 OBJETIVO GERAL ...

    7156  Palavras | 29  Páginas

  • Imigrantes Livro 21 05 14

    ESTADO DA CULTURA Agostino Lazzaro DIRETOR-GERAL ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Cilmar Franceschetto DIRETOR TÉCNICO Projeto Imigrantes Espírito Santo Arquivo Público do Estado do Espírito Santo Memória Viva, História Preservada Rua 7 de Setembro, 414, Centro; CEP.: 29015.905 Vitória, Espírito Santo, Brasil Tel: 27-3636.6100 www.ape.es.gov.br - www.imigrantes.es.gov.br Volume 19 CILMAR FR ANCESCHETTO IMIGRANTES Espírito Santo Base de dados da imigração estrangeira no Espírito...

    751886  Palavras | 3008  Páginas

  • panorâmico biblico

    oração.A oração deve ser sempre feita buscando algum fio de esperança. A oração nunca deve ser derrotada pela aflição. Após detalhadas descrições de sofrimento e aflição, nos primeiros dois capítulos e meio, uma nova compreensão parece surgir em 3.21-24. Aqui, fala acerca da esperança e, também, da misericórdia, compaixão e 49 fidelidade de Deus. Isso era uma prova de que uma manifestação da disciplina de Deus não significava que o seu amor havia cessado. Quando a disciplina...

    19897  Palavras | 80  Páginas

  • Curso Bíblico Quem é Jesus

    Curso Bíblico Quem é Jesus CURSO BÍBLICO: QUEM É JESUS? A reprodução ou distribuição deste curso é livre, desde que gratuita e sem qualquer alteração de conteúdo. Este curso está disponível gratuitamente em www.ebdonline.com.br INTRODUÇÃO O nosso objetivo com este estudo é que você examine e descubra, na Bíblia, pessoalmente, a vontade de Deus para sua vida. Procure sempre o texto bíblico indicado. Não responda antes de ler o que o texto diz. Siga a seqüência de perguntas, pois elas foram...

    2541  Palavras | 11  Páginas

  • manual da igreja adventista do 7 diaa

    . . . . . . . . . . . . . . . . 21 . Igreja. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Associação, Missão, Secção, Delegação, Campo, União de Igrejas. . . . . . . . . 21 Pastor e Ministro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Citações da Escritura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 CAPÍTULO 2 A Igreja do Deus Vivo...

    75010  Palavras | 301  Páginas

  • ESTUDO BÍBLICO

     1. Como Lúcifer era antes de pecar? Ezequiel 28:14-15: 15 Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas.16 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti. Perfeito. Atrapalhado. 2. o que levou Lúcifer a pecar contra Deus? Isaias 14:12-1412: Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã...

    7752  Palavras | 32  Páginas

  • A interpretação do direito

    1. A interpretação do Direito Hermenêutica é, grosso modo, um estudo o qual – dada preponderante não correspondência entre o conhecimento ou o verdadeiro significado pretendido pelas expressões humanas e a linguagem - visa à garantia de interpretações mais adequadas, em vários campos. Sobre o conceito desta, por assim afirmar, ciência, devem ser consideradas as opiniões de variados autores. A este respeito, escreve Nelson Saldanha, ‘’a atribuição de significados, que constitui basicamente...

    5974  Palavras | 24  Páginas

  • biblico

    pelos posicionamentos bíblicos que tem formado e coragem e firmeza em defendê-los, com humildade e dependência de Deus, como também pelo amor e companheirismo que tem dispensado a mim e a minha família. 3) Emídio Viana, Pastor da Igreja Batista Regular Cidade Satélite, em Natal, que desde a década de 90 tem valorosamente batalhado em defesa da posição "perfeita preservação da Bíblia, portanto através do uso incessante pelas igrejas fiéis, portanto somente através do Texto Tradicional que embasou...

    150397  Palavras | 602  Páginas

  • Exegese de Romanos 3:21-31

    SEMINÁRIO PENTECOSTAL TEOLÓGICO DO NORDESTE - SPTN EXEGESE DO NOVO TESTAMENTO ROMANOS 3:21-31 Recife 2013 EXEGESE DO NOVO TESTAMENTO ROMANOS 3:21-31 Trabalho realizado para atender as exigências da disciplina de Exegese do Novo Testamento solicitado pelo professor Edivaldo Arruda. Recife 2013 SUMÁRIO Introdução 5 ...

    18852  Palavras | 76  Páginas

  • DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUALITATIVA DE DADOS

    DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUALITATIVA DE DADOS Por Henrique Freitas Jean Moscarola RAE-eletrônica, Volume 1, Número 1, jan-jun/2002. http://www.rae.com.br/eletronica/index.cfm?FuseAction=Artigo&ID=1159&Secao=INFORMAÇÃO&Volume=1&Numero =1&Ano=2002 ©Copyright, 2002, RAE-eletrônica. Todos os direitos, inclusive de tradução, são reservados. É permitido citar parte de artigos sem autorização prévia desde que seja identificada a fonte. A reprodução...

    13761  Palavras | 56  Páginas

tracking img