O Ser Humano Como Ser Politico artigos e trabalhos de pesquisa

  • a ser humano como ser politico

    O ser humano como ser politico Claudia Korol Nascer é um ato político. É o primeiro gesto de curiosidade e de autonomia frente ao mundo pré-estabelecido em que chegamos. Não me refiro ao nascimento biológico, mas a esse momento em que, em sua relação com a comunidade, o ser, saído do ventre de uma mulher, começa a humanizar-se, a socializar-se, a criar vínculos que constituem seus desejos, suas práticas, suas idéias e crenças, seus projetos individuais e coletivos. Pode-se assumir como filho...

    1554  Palavras | 7  Páginas

  • O ser Politico

    O ser humano como ser politico Nascer é um ato político. É o primeiro gesto de curiosidade e de autonomia frente ao mundo pré-estabelecido em que chegamos. Não me refiro ao nascimento biológico, mas a esse momento em que, em sua relação com a comunidade, o ser, saído do ventre de uma mulher, começa a humanizar-se, a socializar-se, a criar vínculos que constituem seus desejos, suas práticas, suas idéias e crenças, seus projetos individuais e coletivos. Assume-se como ser humano quando se reconhece...

    1272  Palavras | 6  Páginas

  • O Ser Politico

    DA REGIÃO DE JOINVILLE – UNIVILLE DEPARTAMENTO DE DIREITO O SER POLÍTICO LEONARDO FRAGA PHILLIPPS THIAGO LUIZ DA SILVA PROFESSORA MARLENE FEUSER WESTRUPP Metodologia da Pesquisa Joinville - SC 2013 Sumário Conteúdo 7. Referencias .....................................................................................................9 O “Ser Político”: a importância da política. Leonardo Fraga Phillipps1 Thiago Luiz da Silva2 ...

    1823  Palavras | 8  Páginas

  • exercicio o ser humano e suas dimensoes

    QUESQUESTÃO 1  Na lista abaixo, estão relacionadas algumas sensações ou atividades que são naturais no ser humano e, portanto, não variam de uma cultura para outra, e algumas sensações e atividades que são culturais. Julgue cada item, considerando (N) se forem naturais e (C) se forem culturais. (    ) Reações impulsivas, como gritar quando tomamos um susto. (    ) Falar uma língua. (    ) O medo da morte. (    ) Sensibilidade a estímulos nervosos (    ) Escovar os dentes. Assinale a sequência correta...

    779  Palavras | 4  Páginas

  • O ser político: Valores morais e éticos

    alvejando a visão dos adolescentes residentes no município de Rondonópolis em relação a ética, moral e politica. Portanto, a pesquisa será feita através de questionários que serão aplicados em 300 adolescentes. Sabemos que falar sobre relação aos seres políticos, seus valores morais e éticos, são temas extremamente importante, independente do lugar. A intenção deste trabalho é compreender a visão dos adolescentes abordando esse tema, buscando aprofundar nossos conhecimentos sobre os adolescentes, obtendo...

    5222  Palavras | 21  Páginas

  • Direitos civis, políticos, sociais e humanos

    INTRODUÇÃO                  O presente trabalho traz informações sobre Direitos Civis, Políticos, Sociais e Humanos, mais concretamente sobre os direitos fundamentais do cidadão.      É objetivo de este trabalho aprofundar o tema proposto para que o leitor passe a entender um pouco mais sobre os seus direitos como cidadão e possa usar o conhecimento adquirido em benefício próprio.      Está organizado em 5 partes. Na parte 1, serão abordados os Direitos Civis, direitos aqueles que são assegurados...

    2426  Palavras | 10  Páginas

  • A Degradação do Ser Humano

    DEGRADAÇÃO DO SER HUMANO A degradação é a ação ou resultado de degradar (-se), a destituição humilhante de um cargo, posto grau entre outros. É o processo natural de desgaste, tais como: decomposição, deterioração, alteração graduação para menos ou diminuição. Depravação moral e devassidão. Parece-nos que apesar do avanço dos tempos, e das sociedades evoluídas, das tecnologias voltadas para melhoria da qualidade de vida, a população mundial ainda se recente de inúmeras necessidades. O ser humano tornou-se...

    523  Palavras | 3  Páginas

  • ser humano

    antimanicomial: movimento social de luta pela garantia e defesa dos direitos humanos Ludmila Cerqueira Correia* Resumo. A construção do movimento antimanicomial e a sua luta pela garantia e defesa dos direitos humanos no Brasil. Reflete-se a atuação desse movimento social na busca da efetivação dos direitos humanos dos usuários dos serviços de saúde mental, na perspectiva da indivisibilidade dos direitos humanos. Palavras-chave: Reforma psiquiátrica. Movimentos sociais. “Doente mental”. ...

    5847  Palavras | 24  Páginas

  • O significado de ser cidadão hoje

    O significado de ser cidadão hoje Afinal, o que é ser cidadão? Ser cidadão é ter direito á vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade perante a lei: ter direitos civis. É também participar no destino da sociedade, votar, ser votado, ter direitos políticos. Os direitos civis e políticos não asseguram a democracia sem os direitos sociais, aqueles que garantem a participação do indivíduo na riqueza coletiva: o direito à educação, ao trabalho justo, à saúde, a uma velhice tranquila. Como exercemos...

    5891  Palavras | 24  Páginas

  • O homem como ser social para Aristóteles

    com tudo que precisa para sua existência. Entretanto, para as ciências humanas, o homem se constitui humano nas relações desenvolvidas em sociedade. O tema em discussão nesse estudo é a concepção de homem político para Aristóteles em seu texto A Política, livro I. Como esse pensador entende que o homem se constitui humano é o que pretendemos responder. Para Aristóteles, o homem não nasce humano. Através da convivência na polis (cidade) e nas relações entre os semelhantes ele se plenifica, e se torna...

    2118  Palavras | 9  Páginas

  • Ensino Religioso e Formação do Ser Político

    Ensino Religioso e Formação do Ser Político 1. No capítulo 1, o autor tece considerações sobre o conceito de liberdade. De acordo com o texto quais as quatro vias diferentes para explicar esse conceito? Por quatro vias diferentes poderemos encaminhar esta questão: 1ª- Admitir o “ser livre” como uma maneira de deixar-se conduzir pelo querer. Livre é o homem do “eu quero”, porque somente o homem do eu quero é verdadeiramente um homem, ou o super-homem. Ser homem de fato é superar o “tu deves”...

    1487  Palavras | 6  Páginas

  • FILOSOFIA O Que O Homem O Ser Humano Fruto De Um Longo Processo Evolutivo

    FILOSOFIA O que é o homem? - O ser humano é fruto de um longo processo evolutivo HOMO SAPIENS SAPIENS DEMENS (homem do séc. XXI- De Tarzan a Homer Simpson) {cultural, afetivo, sexual, político, emocional, físico, social, religioso, psicológico} CULTURA é aquilo que compõe o homem ao longo de sua história. A história faz a cultura e a cultura faz a história. Somos produtos de meio EMOÇÃO é a pulsão instintiva de preservação e manifestação de sentimentos do ser humano. A emoção é uma característica...

    652  Palavras | 3  Páginas

  • direitos politicos

    Direitos políticos 1 - Os direitos políticos constituem um conjunto de regras constitucionalmente fixadas, referentes à participação popular no processo político. Dizem respeito, em outras palavras, à atuação do cidadão na vida pública de determinado país. Correspondem ao direito de sufrágio, em suas diversas manifestações, bem como a outros direitos de participação no processo político. Este conjunto de direitos varia conforme país, e encontra-se intimamente vinculado ao regime político e sistemas...

    1142  Palavras | 5  Páginas

  • O que ser humano

    O que ser humano É um dos seres vivos do planeta dotados de razão e inteligência, mas que na maioria das vezes não sabe usar. Deus lhe deu um mundo, a natureza e semelhantes para viver em harmonia, mas que por ambição está destruindo o planeta, pensando em um proveito momentâneo, (porque desta vida nada se leva) e deixando para as futuras gerações um legado de caos total. Deus lhe deu um livre alvedrio para escolher um caminho a seguir iluminado pelo Seu Exemplo de Amor para poder ir a Seu encontro...

    6704  Palavras | 27  Páginas

  • ética, direitos humanos e projeto ético-politico

    196 . PRAIAVERMELHA . 11 . Segundo semestre 2004 ÉTICA, DIREITOS HUMANOS E O PROJETO ÉTICO-POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL Ethics, Human Rights and The EthicalPolitical Project of Social Work Profª. Drª Marlise Vinagre Silva1 Palestra proferida no Seminário Internacional “Ética e Direitos Humanos”, promovido pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Serviço Social da UFRJ, no período de 04 a 07 de novembro de 2003, na cidade do Rio de Janeiro. Resumo: O artigo discute as relações entre...

    3275  Palavras | 14  Páginas

  • O ser humano

    O mundo é representado por dois padrões de comportamento do ser humano, que ora se mostra viver em harmonia com a natureza, portanto de bem com o próximo, e outras vezes transparecem a ganância e o individualismo sustentado pela busca alucinada do poder. Porém dizer que o ser humano representa o mundo através de seus padrões de comportamentos seria o mesmo que considerar que a verdade de cada um gira em torno da realidade de vida das pessoas, aquilo que se vive é que se torna significativo para cada...

    746  Palavras | 3  Páginas

  • Direitos Humanos No Brasil Introduc O

    INTRODUÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS AOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL Este livro é um desdobramento da obra Direitos humanos, publicada em 2006 pela Editora Contexto. Naquela ocasião, foram selecionados e organizados cinqüenta textos que pudessem ser capazes de retratar – para um público o mais ampliado possível, não restrito ao circuito de especialistas sobre o tema – o processo de afirmação histórica dos direitos humanos no decorrer da modernidade. Seu objetivo central era servir de fio condutor a um...

    1617  Palavras | 7  Páginas

  • Direitos humanos

    QUESTÕES PREPARATÓRIAS P1 1. Defina Direitos Humanos, destacando o seu fundamento e os seus princípios. Direitos humanos foram produzidos de forma sistemática a partir do século XVII. Eles consistem em direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais, difusos, transindividuais que tem por objetivo garantir a dignidade humana. Os direitos humanos repousam no direito natural e constituem direitos inatos, inerentes ao homem. Os princípios que remontam esses direitos são: a)liberdade...

    1601  Palavras | 7  Páginas

  • Direitos civis, políticos, sociais e humanos

    Direitos Sociais Os direitos sociais e econômicos passaram a ser reconhecidos pelas Constituições nacionais sob a influência e a pressão dos movimentos sociais e políticos do final do século XIX e início do século XX, principalmente os movimentos da classe operária, de inspiração anarquista, socialista e comunista, assim como o fortalecimento da social-democracia européia. As primeiras Constituições a adotá-los foram a do México, de 1917, e a da Alemanha, de 1919. No Brasil, a primeira Constituição...

    2114  Palavras | 9  Páginas

  • direitos politicos

    Direitos políticos Conceito: Os direitos políticos constituem um conjunto de regras constitucionalmente fixadas, referentes à participação popular no processo político. Dizem respeito, em outras palavras, à atuação do cidadão na vida pública de determinado país. Correspondem ao direito de sufrágio, em suas diversas manifestações, bem como a outros direitos de participação no processo político. Este conjunto de direitos varia conforme país, e encontra-se intimamente vinculado ao regime...

    3318  Palavras | 14  Páginas

  • O conceito de ser político em aristóteles

    O Conceito de Animal Político em Aristóteles Aristóteles observa que o homem é um ser que necessita de coisas e dos outros, sendo, por isso, um ser carente e imperfeito, buscando a comunidade para alcançar a completude. E a partir disso, ele deduz que o homem é naturalmente político. Além disso, para Aristóteles, quem vive fora da comunidade organizada (cidade ou Pólis) ou é um ser degradado ou um ser sobre-humano (divino). Conforme Aristóteles, o conceito de cidadão varia de acordo com o tipo...

    624  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo “por uma sociologia histórica dos direitos humanos”

    histórica dos direitos humanos” de Robson Santos Para o autor os direitos humanos é uma utopia da modernidade ocidental, que tem uma gama de diferentes significados, diferentes sentidos e diferentes interpretações. A noção de universalidade e que todos somos “teoricamente iguais” é muito presente sempre, também aparece sempre uma expectativa e uma concepção de que a sociedade garanta direitos iguais a todos. Porém no texto Robson diz que sempre se fazem menções aos direitos humanos, quando os mesmos...

    1068  Palavras | 5  Páginas

  • Direitos Humanos

    Direitos Humanos Quando se fala em ser humano, pensa-se em quem tenha dignidade em todas as dimensões, sendo respeitado em sua racionalidade, sensibilidade, espiritualidade e sociabilidade. Ela é capaz de construir sua história e da humanidade, mediante plena vivencia da cidadania, inserindo-se na sociedade e fazendo a diferença. Para isso, tem direitos civis, políticos e sociais. Os primeiros são aqueles que dizem respeito à personalidade do indivíduo (liberdade pessoal, de pensamento de...

    1194  Palavras | 5  Páginas

  • O homem como ser social e político

    direito 1. Sociabilidade humana 1.1 O homem, ser social e político Onde quer que se observe o homem, seja qual for a época e por mais rude e selvagem que possa ser na sua origem, ele sempre é encontrado em estado de convivência com os outros. De fato, desde o seu primeiro aparecimento sobre a Terra, surge em grupos sociais, inicialmente pequenos (família, clã, tribo) e depois maiores (aldeia, cidade, Estado). O fato indiscutível é que o elemento humano é dado à associação; não há para o homem outro...

    823  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha Crítica A inscrição da ética e dos direitos humanos no projeto ético‐político do Serviço Social

    BARROCO, M. L. S. A inscrição da ética e dos direitos humanos no projeto ético‐político do Serviço Social. Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, Cortez, ano XXV, n. 79, 2004. Por alunas ¹: Lorayne Souza, e Raqueline Farias. RESENHA: 1. As origens ideopolíticas da renovação ética dos anos 1990 Em 2003 comemoramos dez anos da aprovação do atual código de ética, este por vezes passou por varias transformações. O Código de Ética de 1993 e parte de um processo de construção do...

    1873  Palavras | 8  Páginas

  • Lista De Exercicio Direitos Humanos

    Direitos Humanos 1) (Exame X - OAB 29/04/2013) Sobre o sistema global de proteção dos Direitos Humanos, assinale a afirmativa correta. A) O Direito Humanitário, a Organização Internacional do Trabalho e a Liga das Nações são considerados os principais precedentes do processo de internacionalização dos direitos humanos, uma vez que rompem com o conceito de soberania, já que admitem intervenções nos países em prol da proteção dos direitos humanos. B) A Declaração Universal dos Direitos Humanos juntamente...

    5831  Palavras | 24  Páginas

  • O Ser Humano Como Agente Social

    O SER HUMANO COMO AGENTE SOCIAL E PRODUTOR DE CULTURA Ao pressupormos o ser humano como agente social e produtor de cultura, evocamos a emergência de suas histórias, delineadas no movimento do tempo em interação com o movimento no espaço. Esse movimento, por sua vez, é mediado por diferentes linguagens, cujas expressões denotam traços de conhecimentos, valores e tradições de um povo, de uma etnia ou de um determinado grupo social. Nesse contexto, as imagens construídas pelos gestos, pelos sons...

    3832  Palavras | 16  Páginas

  • O HOMEM COMO SER POLÍTICO NO MITO DA CAVERNA DE PLATÃO

    o homem como ser político no mito da caverna de platão Rafael Andrei Romitti Liberalesso Resumo: O presente artigo traz de forma sucinta como os gregos coordenaram de maneira admirável sua vida e suas instituições, tendo a educação como meio de organizarem a Pólis politicamente, como teceram, através das práticas educativas, o fundamento sobre o qual alicerçaram suas instituições politicas. Isso ficou exemplificado com maestria por Platão, considerado uma das figuras mais importantes da filosofia...

    2231  Palavras | 9  Páginas

  • direitos civis, sociais, politicos e humanos

    direitos civis, sociais, politicos e humanos direitos políticos: são os direitos, basicamente, de votar e de ser votado, ou seja, de participar do processo eleitoral de um país. Os direitos políticos são regulados no Brasil pela Constituição Federal em seu art. 14, que estabelece como princípio da participação na vida política nacional o sufrágio universal. Nos termos da norma constitucional, o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de dezoito anos, e facultativos...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • As mudanças do ser humano ao longo do tempo

    O homem é um ser complexo cheio de mistérios. A reflexão sobre o homem e suas mudanças é tema dos vários períodos da história. Sendo o homem o único animal capaz de construir cultura, avaliar e refletir sobre seus atos na história. Ele permanece no centro das mais variadas pesquisas. A Antropologia vai se dedicar justamente no estudo do homem na sua integralidade em especial na investigação do que o homem pode saber. O que o homem pode fazer? O que é permitido esperar? Tais temas abrangem a teoria...

    953  Palavras | 4  Páginas

  • Direitos políticos

    Direitos Políticos Os Direitos Políticos são parte da Constituição Federal e definem cotidianamente como o cidadão pode interferir na vida pública de sua comunidade nos mais variados níveis (por exemplo: esfera nacional, estadual e municipal). Sistemas eleitorais e partidários, além de outras técnicas que guiam a vida política, são estreitamente ligados à maneira como se encaminha o exercício do direito político.   Os Direitos Políticos são fundamentais e encontram total respaldo na Declaração...

    513  Palavras | 3  Páginas

  • Direito humanos

    indivisibilidade dos Direitos Humanos ser consagrada internacionalmente, os direitos de primeira geração (civis e políticos) sempre tiveram maior proteção em relação aos direitos de segunda geração (econômicos, sociais e culturais), ao longo da história. A Declaração Universal dos Direitos Humanos, por exemplo, ainda que disponha sobre ambas categorias, enfatiza especialmente a primeira. Então, é de absoluta importância ressaltar que o desenvolvimento dos direitos civis e políticos foi algo adquirido ao...

    514  Palavras | 3  Páginas

  • teoria pluridimensional dos direitos humanos

    TEORIA PLURIDIMENSIONAL DOS DIREITOS HUMANOS: uma proposição epistemológica aplicada ao estudo do Direito Antonio Pereira dos Santos Júnior Acadêmico do curso de Direito, 2º ano, Campus de Marabá, UFPA Contato: a78.junior.santos@gmail.com Heraldo Elias Montarroyos Professor da Faculdade de Direito, Campus de Marabá, UFPA Contato: elias@ufpa.br : Resumo: o objetivo desta pesquisa é produzir uma teoria pluridimensional dos direitos humanos, observandoas variáveis: fato, norma...

    7987  Palavras | 32  Páginas

  • Democracia, Cidadania e Diretos Humanos (Sociologia)

    Democracia, Cidadania e Direitos Humanos São Paulo 2015 E.E Prof.ª Thayane Luzimara Costa Valcacer Gildasio Dos Santos Silva Filho N°11 Série: 2°D Democracia, Cidadania e Direitos Humanos Trabalho apresentado à disciplina de Sociologia do Ensino Médio da Escola Estadual Thayane Luzimara Costa Valcacer como requisito parcial para a avaliação Bimestral. Professor: Adriano-Sociologia São Paulo 2015 Democracia, Cidadania e Direitos Humanos Introdução Esse trabalho falará...

    2078  Palavras | 9  Páginas

  • Direitos Humanos

    DIREITOS HUMANOS: CONCEITO Direitos Humanos é uma expressão moderna, mas o princípio que invoca é tão antigo quanto à própria humanidade. É que determinados direitos e liberdades são fundamentais para a existência humana. Não se trata de privilégios, nem tampouco de presentes oferecidos conforme o capricho de governantes ou governados. Também não podem ser retirados por nenhum poder arbitrário. Não podem ser negados, nem são perdidos se o indivíduo cometer algum delito ou violar alguma lei. De...

    1655  Palavras | 7  Páginas

  • Direitos Humanos e Fundamentais e a História de Cidadania no Brasil

    Direitos Humanos e Direitos Fundamentais Willian Bagatin Direitos humanos e direitos fundamentais são direitos com diferentes âmbitos de atuação, a doutrina procura estabelecer a diferença entre ambos. Segundo Valerio de Oliveira Mazzuoli, os direitos humanos são direitos que estão positivados em tratados ou costumes internacionais, enquanto direitos fundamentais são direitos que estão positivados nas Constituições. Ainda, há discussão na doutrina e na jurisprudência sobre o status dos direitos...

    4848  Palavras | 20  Páginas

  • DIREITOS HUMANOS NO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT

    DIREITOS HUMANOS NO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT1 A PERPECTIVA ARENDTIANA SOBRE A CIDADANIA E RECONHECIMENTO BENEDETTI, E. J. B.; SCHIO, S. M. Por uma política plural: os Direitos Humanos no pensamento de Hannah Arendt. In: XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, 2011, Rio Grande do Sul. O artigo Por uma política plural: os Direitos Humanos no pensamento de Hannah Arendt, de Eduardo Jose Bordingnon e Sônia Maria Schio, inicia-se com a exposição da intenção dos...

    883  Palavras | 4  Páginas

  • DIREITOS HUMANOS E DO CIDADÃO

    DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA Guanambi 2015 Introdução. Muito se tem falado em cidadania e direitos humanos.José Murilo de Carvalho diz que a cidadania virou gente.Os direitos humanos são moda. Em nome da segurança nacional,vários países têm lançado mão de práticas abusivas que ferem frontalmente tanto os direitos humanos,como a cidadania. Mas, no Brasil,um arremedo de democracia,poder-se-ia falar em direitos humanos ou cidadania¿ Como se falar em direitos humanos e cidadania...

    2002  Palavras | 9  Páginas

  • A liberdade na essência do ser humano

    A LIBERDADE NA ESSÊNCIA DO SER HUMANO Autor: Ir:. Fernando Carlos Santos da Silva Resumo: Este texto apresenta algumas reflexões sobre a Liberdade, indicando seus diversos conceitos, indo do profano ao religioso. Ressalta a sua importância para o Ser Humano, considerando-a como parte essencial da condição de pessoa. Sem Liberdade, o conceito de humano desaparece, pois ela nos foi dada por Deus: “O livre arbítrio”. Considera a Liberdade irrenunciável, sob pena de perda da condição humana. Aborda...

    1893  Palavras | 8  Páginas

  • Destaque os aspectos do pensamento político de platão que culminam a ideia de um rei-filósofo.

    8-Destaque os aspectos do pensamento político de Platão que culminam a ideia de um rei-filósofo. O indivíduo precisa possuir três almas a concupiscente , a irascível e a racional , que pela educação o indivíduo deveria alcançar um equilíbrio entre esses três princípios , e que os filósofos deviam buscar o conhecimento e voltar para reger a sociedade. 9-A base do pensamento político de Aristóteles é a afirmação de que o ser humano é por natureza um animal político. Explique: a)Como ele chegou...

    610  Palavras | 3  Páginas

  • Ética, Moral, Cidadania e Direitos Humanos

    MONTE CASTELO DIRETORIA DE ENSINO TÉCNICO – DETEC DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DO TRABALHO ÉTICA, MORAL, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS ALUNAS: AMANDA DE SOUSA DOS SANTOS EVELYN DE MORAIS LASAK LAYANA MARIA COELHO SANTOS WALBENISE MARQUES DOS SANTOS TURMA:117 SÃO LUÍS 2013 ÉTICA O termo ética deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa). Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade. Ela serve para que haja...

    3043  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo Zizek - Contra Os Direitos Humanos

    ZIZEK, Slavoj. “Contra os Direitos humanos”. New Left Reveiw, edição 34, 2005. O texto se inicia com claro objetivo enunciado: contrário aos direitos humanos. Para isso, Zizek analisa 3 suposições das invocações aos direitos humanos pelas sociedades liberal-capitalistas. Primeiro, em oposição a um fundamentalismo naturalizado, mas pelo próprio olhar do ocidente, fazendo parte do imaginário europeu atual, combatem o que seria o seu próprio legado histórico descontrolado. Esse olhar deplorável...

    1210  Palavras | 5  Páginas

  • Direitos Humanos Cidadania e Ética

    Direitos Humanos e cidadania e Ética Os direitos humanos são direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos incluem o direito a vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre e muitos outros. Todos merecem estes direitos, sem discriminação. Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de...

    588  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo - direitos humanos

    PARTE O SISTEMA INTERNACIONAL DE PROTEÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS CAPÍTULO V - PRECEDENTES HISTÓRICOS DO PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO E UNIVERSALIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS. Enquanto o objetivo da primeira parte do trabalho foi o modo pelo qual a Constituição de 1988 se relaciona com os tratados internacionais de direitos humanos, nesta segunda parte o objetivo é aprofundar os estudos do sistema internacional de proteção dos direitos humanos, tanto do âmbito global quanto no regional. Neste primeiro...

    15217  Palavras | 61  Páginas

  • Quais atribuiçoes do pedagogo devem ser consideradas

    A Construção do Projeto Político-Pedagógico da Escola. Pensando na função social da Educação e no valor formativo e simbólico que a instituição Escola sempre representou para as sociedades e ainda, nos ideais dialéticos, construtivistas e sócio-históricos que regem a Escola contemporânea, compreendendo a importância do papel da educação no desenvolvimento dos seres humanos, baseada no desenvolvimento integral das pessoas numa filosofia marxista, no enfoque construtivista e na importância do...

    605  Palavras | 3  Páginas

  • EVOLUÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL

    dos Direitos Humanos no Brasil Direitos Humanos são os direitos fundamentais da pessoa humana. No regime democrático, toda pessoa deve ter a sua dignidade respeitada e a sua integridade protegida, independentemente da origem, raça, etnia, gênero, idade, condição econômica e social, orientação ou identidade sexual, credo religioso ou convicção política. Toda pessoa deve ter garantidos seus direitos civis (como o direito à vida, segurança, justiça, liberdade e igualdade), políticos (como o direito...

    929  Palavras | 4  Páginas

  • Politica para não ser idiota

    UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA Unidade de Chapecó Curso:Direito Componente Curricular: Filosofia Jurídica Professor: Celso Paulo Costa RESENHA CRÍTICA: POLÍTICA PARA NÃO SER IDIOTA Cortella,Mario Sérgio.... O livro tem como autores,dois renomados filósofos, professores, escritores já premiados, os quais desenvolvem trabalhos de expressão no campo da Educação. Na forma de diálogo, estabelecem um debate inspirador sobre os rumos da política...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • MINORIAS: LUTAS POPULARES E DIREITOS HUMANOS

    LUTAS POPULARES E DIREITOS HUMANOS Lutas Populares e Direitos Humanos MARIA VITÓRIA DE MESQUITA BENEVIDES, Presidente de Pós-graduação da USP, Doutora em Ciências Políticas pela Universidade de São Paulo, Professora Livre Docente de Educação de Universidade de São Paulo, Membro do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea, Membro da Comissão de Justiça e Paz, Integrante da Escola de Governo em São Paulo. O tema “Minorias: Lutas Populares e Direitos Humanos” reservou para minha exposição...

    1951  Palavras | 8  Páginas

  • Direitos humanos

    Emilio García Méndez Revista Internacional dos Direitos Humanos (pg 7 a 12) Os direitos humanos: entre a história e a política Para quem assume uma postura crítica diante do mundo da produção intelectual sobre os direitos humanos, dois aspectos específicos devem chamar a atenção: a enorme dimensão quantitativa e o caráter predominantemente pacífico de sua evolução conceitual. A primeira pode ser explicada pela constante violação dos direitos individuais por parte dos Estados, a segunda...

    921  Palavras | 4  Páginas

  • direitos humanos

    DIREITOS HUMANOS DIREITOS HUMANOS É UMA IDÉIA POLITICA COM BASE MORAL E RELACIONADAS COM OS CONCEITOS DA JUSTIÇA, IGUALDADE E DEMOCRACIA. UMA RELAÇAÕ ENTRE SOCIÊDADE, INDIVÍDUO E ESTADOS. DIREITOS HUMANOS DEVEM SER RECONHECIDOS EM QUAISQUER ESTADOS, GRANDE OU PEQUENO, POBRE OU RICO INDEPENDENTEMENTE DO SISTEMA SOCIAL E ECONÔMICO. DIREITOS: CIVÍS, POLITÍCO, ECONÔMICO,SOCIAIS E CULTURAIS. O BJETIVO DOS DIREITOS HUMANOS É VISAR Á CARÊNCIA HUMANA AMPARANDO E PROTEGENDO DA MISÉRIA E VALORIZANDO OS...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo de Direitos Humanos

    DIREITOS HUMANOS 1. Visão Conseitual Direitos humanos são os direitos básicos de todos os seres humanos. São : direitos civis e políticos (exemplos: direitos à vida, à propriedade, liberdades de pensamento, de expressão, de crença, igualdade formal, ou seja, de todos perante a lei, direitos à nacionalidade, de participar do governo do seu Estado, podendo votar e ser votado, entre outros, fundamentados no valor liberdade); direitos econômicos, sociais e culturais (exemplos: direitos ao trabalho...

    2500  Palavras | 10  Páginas

  • Quando Se Fala Na TGE Em Sociedade Tem Que Ter Base No Ser Humano

      Quando se fala na TGE em sociedade tem que ter base no ser humano, que por sua vez contém duas características: Sociabilidade e Politicidade.   SOCIABILIDADE: é um impulso natural do ser humano para a convivência junto com seus semelhantes. Não existe ser humano sem esta característica de sociabilidade. (agrupamento territorial)   POLITICIDADE: é um impulso do ser humano para a organização da convivência, através de relações de mando e obediência. (relação de poder), tendo em vista uma finalidade...

    5652  Palavras | 23  Páginas

  • Cidadania, ética e direitos humanos

    1. CAPÍTULO II Estado, cidadania, ética e direitos humanos I: Estado como organização política Diferença entre Estado e a sociedade civil. O Estado como realidade física e subjetiva. Na primeira, o Estado é apresentado como fenômeno social em seu aspecto histórico e político; na segunda, como um ente jurídico. A estrutura política e jurídica de cada cidade era constituída de um rei, um conselho de anciões e, em casos de guerra ou outros assuntos considerados importantes, todos os cidadãos...

    1053  Palavras | 5  Páginas

  • Direitos humanos e cidadania

     Direitos humanos e cidadania Direitos humanos Os direitos humanos são os direitos e liberdades básicos de todos os seres humanos. São : a) direitos civis e políticos (exemplos: direitos à vida, à propriedade, liberdades de pensamento, de expressão, de crença, igualdade formal, ou seja, de todos perante a lei, direitos à nacionalidade, de participar do governo do seu Estado, podendo votar e ser votado, entre outros, fundamentados no valor liberdade); b) direitos econômicos,...

    1972  Palavras | 8  Páginas

  • Direitos Humanos

    Direitos Humanos – 50 anos. A declaração universal dos direitos humanos, que comemorou em 1998 seu cinqüentenário, é um documento novo, ele constitui o primeiro documento internacional a trazer por destinatários não somente o Estado, mas todas as pessoas, com um conjunto de direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais. Até então, a preocupação com os direitos e a dignidade das pessoas era presente somente na filosofia e na religião. A declaração universal dos direitos humanos se manifesta...

    2541  Palavras | 11  Páginas

  • Projeto Politico Pedagógico

    PROJETO POLITICO-PEDAGICO DA ESCOLA. 1 Tão importante como divulgar a prática emancipatória da construção do projeto político-pedagógico da escola é considerar que, na prática cotidiana, no universo próprio da escola, existem várias forças que atuam por diversos lados e que pode dificultar que todos caminhem numa mesma direção. É exatamente a existência dessas forças que fazem com que muitas escolas desistam do processo criativo de construção ou, ainda, não encontrem formas para realizá-lo na prática...

    2591  Palavras | 11  Páginas

  • Pacto Internacional sobre direito civis e políticos

    Os direitos humanos são a grande prioridade internacional desde que as Nações Unidas aprovaram a Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948. Este conjunto de normas, universalmente reconhecidas, influi, cada vez mais, nas relações individuais e coletivas no seio das comunidades e entre as nações. Na atualidade, é quase unânime o reconhecimento de que o respeito dos direitos humanos é essencial para o estabelecimento das 3 prioridades mundiais: a paz, o desenvolvimento e a democracia. ...

    736  Palavras | 3  Páginas

  • Direitos Humanos

    BACHARELADO EM DIREITO ● DIREITOS HUMANOS A questão da fundamentação dos direitos humanos Henrique Lopes Dornelas1 Os Direitos Humanos são direitos fundamentais que o homem possui pela sua própria natureza, pela dignidade que a ela é inerente. Não resultam de uma concessão da sociedade política, mas são direitos que a sociedade política tem o dever de consagrar e garantir, como um “minimum” de direitos para a existência digna do ser humano. Há uma crise dos Direitos Humanos, e o problema maior seria...

    8469  Palavras | 34  Páginas

  • Ensaio O Politico De Plat O Nara Rela

    O POLÍTICO DE PLATÃO Nara Rela Os regimes de governo totalitaristas contemporâneos podem encontrar apoio no Político de Platão? O texto, um diálogo entre o Estrangeiro de Eléia e o Jovem Sócrates, tenta definir o que é um político, utilizando-se da dialética e dos recursos do mito e do paradigma. Conforme salienta o Prof. Richard Romeiro de Oliveira em seu ensaio científico “Mito e história no Político de Platão”: “autor de extraordinário talento literário e dotado de uma prodigiosa capacidade...

    3262  Palavras | 14  Páginas

  • direitos humanos

    Direitos humanos Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa Direitos Humanos são os direitos básicos de todos os seres humanos. São[1] : direitos civis e políticos (exemplos: direitos à vida, à propriedade, liberdades de pensamento, de expressão, de crença, igualdade formal, ou seja, de todos perante a lei, direitos à nacionalidade, de participar do governo do seu Estado, podendo votar e ser votado, entre outros, fundamentados no valor liberdade); direitos econômicos...

    148730  Palavras | 595  Páginas

tracking img