O Que Propunha Socrates Contra Os Sofista artigos e trabalhos de pesquisa

  • sofistas socrates

    Trabalho de filosofia sofistas 01 – Em contraste com o período pré-socrático, marcado por reflexões cosmológicas, qual foi a grande preocupação do período que se inicia com os sofistas? R.:Sua preocupação filosófica sevoltava para o homem e a vida em sociedade; as questões que ocuparam os pré-socráticos, dirigidas para a natureza e a essência do universo, foram colocadas em segundo plano. 02 – Caracterize ossofistas e o que favoreceu o seu surgimento. R.: A necessidade de se expressar bem,...

    822  Palavras | 4  Páginas

  • Socrates

    aquele que saiba falar em público e persuadir os outros na política. 4.1. Controvérsia entre Sócrates e os Sofistas Para dar aos jovens essa educação, substituindo a educação antiga dos poetas, surgiram, na Grécia, os sofistas, que são os primeiros filósofos do período socrático. Os sofistas mais importantes foram: Protágoras de Abdera, Górgias de Leontini e Isócrates de Atenas. Que diziam e faziam os sofistas? Diziam que os ensinamentos dos filósofos cosmologistas estavam repletos de erros e contradições...

    2109  Palavras | 9  Páginas

  • socrates, platão e os sofistas

    Sócrates e Platão contra os sofistas Os sofistas, sábios filósofos que viveram na Grécia antiga no ano v antes de cristo, eram detentores de grande sabedoria e diziam que o justo e o injusto decorreriam da norma igualando a justiça com a lei, portanto o justo não é aquele que nasce justo e sim aquele que obedece a lei, o foco de seus ensinamentos concentrava se em estratégias de argumentação, os mestres sofistas alegavam que podiam melhorar seus discípulos...

    617  Palavras | 3  Páginas

  • Sócrates

     Trabalho de Filosofia Sócrates Giovanna Modenezi de Araujo – n°11 Professora Kika – 1°A Sócrates nasceu em Atenas, Grécia, em 469 a.C., e se tornou um dos mais importantes filósofos do mundo, ele fundou o que conhecemos como filosofia ocidental. Era filho de um escultor e de uma parteira. Marcou tanto a filosofia, que tornou-se como referência de época, ou seja, os filósofos que viveram antes dele são denominados...

    797  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia sofista

    Os Sofistas O termo grego sofista designa homem hábil ou sábio em qualquer assunto, significa 'mestre da sabedoria'. Eram professores que ensinavam por todas as partes da Grécia. Numa época em que a democracia grega exigia a confrontação pública dos cidadãos para resolverem os seus problemas comerciais e jurídicos, os sofistas ensinavam, em troca de uma remuneração, a persuasão e a retórica. A partir de Platão (429-347 a.C.) e Aristóteles (384-322 a.C.), sofista passa a designar aquele que usa...

    602  Palavras | 3  Páginas

  • Neo e Sócrates

    NEO E SÓCRATES Por que as personagens do filme afirmam que Neo é "o escolhido"? Por que eles estão seguros de que ele será capaz de realizar o combate final e vencer a Matrix? Porque ele era um pirata eletrônico, isto é, alguém capaz de invadir programas, decifrar códigos e mensagens, mas, sobretudo, porque ele também era um criador de programas de realidade virtual, um perito capaz de rivalizar com a própria Matrix e competir com ela. Por ter um poder semelhante ao dela, Neo sempre desconfiou...

    1991  Palavras | 8  Páginas

  • Apologia de Socrates

    ...............2 Diferença entre Sócrates e os sofistas........................................................2-3 O diálogo e o método socrático..................................................................3 Filosofia: a busca da verdade......................................................................4 A justiça como valor fundamental da vida.................................................4 Verdade versus persuasão Sócrates começa a sua defesa advertindo que...

    1019  Palavras | 5  Páginas

  • Os sofistas

    Os sofistas “O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são”. Protágoras Nome: Dayana Antunes Matrícula: 20114622 Campus: Méier Curso: Jornalismo Matéria: Filosofia Cenário Histórico Entre os séculos IV e V a.C. o pensamento grego viveu um momento muito particular e de grande importância para a história. Atenas se torna o principal centro político, econômico, artístico e filosófico, do mundo helênico. A Grécia atinge...

    1238  Palavras | 5  Páginas

  • Tica Profissional Sofistas Socrates Aula2

    Ética Profissional 06/03/2015 Ética Grega 1º Semestre Prof. Mauricio Costa Universidade Ibirapuera 1 Ética Grega – Os Sofistas Na história do pensamento grego houve uma fase muito particular que foi extremamente importante, mas de duração relativamente curta: o período dos sofistas. Esse período compreendeu os séculos IV e V a.C. e envolveu poucos, porém grandes intelectuais, pensadores e cientistas, dentre eles: Demócritos, Protágoras, Górgias e Hipías. Protágoras: tudo é relativo ao sujeito...

    1471  Palavras | 6  Páginas

  • sofistas

    Trabalho de filosofia   Curso: História Professora: Rosane Moreira Disciplina: Filosofia e ética Alunos: Luís Carlos de Amorim Esther Andrade Cádia Silva OS SOFISTAS Por volta do século V. ( a.c.), iniciou-se uma revolução intelectual, onde chegou-se ao auge da democracia em Atenas. Com essa democracia na Grécia antiga, vários transformações ocorreram na sociedade, exigindo novas formas de se relacionar. A democracia era o sistema de governo que pressupunha a escolha periódica de executores...

    2424  Palavras | 10  Páginas

  • Sofistas

    A Sofística Após as grandes vitórias gregas, atenienses, contra o império persa, houve um triunfo político da democracia, como acontece todas as vezes que o povo sente, de repente, a sua força. E visto que o domínio pessoal, em tal regime, depende da capacidade de conquistar o povo pela persuasão, compreende-se a importância que, em situação semelhante, devia ter a oratória e, por conseguinte, os mestres de eloqüência. Os sofistas, sequiosos de conquistar fama e riqueza no mundo, tornaram-se mestres...

    1259  Palavras | 6  Páginas

  • Sofistas, Sócrates e Socráticos Menores

    Fichamento “Sofistas, Sócrates e Socráticos Menores” Filosofia REALE, Giovanni; Sofista, Sócrates e Socráticos Menores – História da Filosofia Grega e Romana Vol. II. Resumo Sócrates, considerado um dos mais importantes nomes da tradição filosófica ocidental, tem uma trajetória de vida obscura e “desconhecida”. Pouco se sabe sobre a vida deste, que é visto como um filósofo modelo. Acredita-se que ele nasceu 470 a.C , nas planícies do monte Licabeto, próximo a Atenas. Saiu da...

    2649  Palavras | 11  Páginas

  • sofistas

    3- Os Sofistas e Sócrates Prof. Adaltro Prochnov Nunes1 3.1- Os Sofistas O termo “sofista” em princípio significa sábio e tem origem no termo grego “sophos”. Não há na etimologia do termo nenhum tipo de conotação negativa. Esse termo positivamente refere-se ao sábio ou ao especialista em saber. Entretanto a crítica de Sócrates, Platão e Aristóteles dirigida ferozmente contra os sofistas fez esse termo adquirir um sentido negativo. Basicamente a partir dessa polêmica movida contra os sofistas...

    4213  Palavras | 17  Páginas

  • Os Sofistas e a import ncia da ret rica na sociedade grega

    experimentos ou na observação, mas apenas no pensamento. E diferentemente da matemática, não possui métodos formais de prova. A filosofia é feita simplesmente por meio do questionamento, da apresentação de ideias e da busca de argumentos possíveis contra elas, e da pergunta sobre como os nossos conceitos realmente funcionam”. (Thomas Nagel) (...) a filosofia , propriamente falando , não é passível de nenhuma definição : não podemos referi-la a qualquer outra coisa nem tampouco deriva-la de algo ....

    1831  Palavras | 8  Páginas

  • Sofistas

    PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Graduação em Engenharia Elétrica Fabíola Moura Silva, Feliciano Augusto Machiqueta, Rafael Antunes Bessa OS SOFISTAS Contagem 2013 Fabíola Moura Silva, Feliciano Augusto Machiqueta, Rafael Antunes Bessa OS SOFISTAS Dissertação apresentada no curso de Graduação em Engenharia Elétrica da Pontífica Universidade ...

    1883  Palavras | 8  Páginas

  • Os sofistas

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Graduação em Direito OS SOFISTAS Belo Horizonte 2013 OS SOFISTAS Belo Horizonte 2013 INTRODUÇÃO O trabalho a seguir relatará sobre os sofistas, enfatizando a sua importância na história dentro da perspectiva da filosofia e também do direito. Inicialmente, antes de a democracia ser estabelecida na Grécia...

    4083  Palavras | 17  Páginas

  • À luz dos pensadores sofistas, Sócrates, Platão e Aristóteles quais os desafios para a educação hoje?

    problemática da educação atual, visaremos abordar as perspectivas educacionais e filosóficas dos sofistas à Aristóteles, como também todas suas influências e elucidações durante as constantes vivências e inquietações de pensamento, que serviram de base para a educação ocidental de hoje. Apresentando, assim, os desafios que ultrapassam a temporalidade da história da Filosofia na Educação.  Os sofistas eram professores ambulantes, em um momento de grande transformação social e política de Atenas, em...

    3059  Palavras | 13  Páginas

  • Os sofistas

    conhecimentos acerca do movimento Sofista, que ganhou notável destaque na Grécia Antiga, durante o século V A.C. Sendo assim, serão desenvolvidas noções acerca dos aspectos gerais da Sofística, citando o que pensavam e ensinavam alguns mestres, assim como suas contribuições histórico-filosóficas. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica. A palavra “sofista” vem do grego sophós que quer dizer “sábio” ou “especialista do saber”. Os pensadores sofistas surgem após o período Pré-Socrático...

    1420  Palavras | 6  Páginas

  • SOCRATES

    Os sofistas foram reputados como grandes mestres, eram procurados por jovens bem-nascidos, dispostos a pagar muito dinheiro para aprender o que os filósofos tinham a lhes ensinar. O jovem buscava junto ao sofista a areté, qualidade indispensável para se tornar um cidadão bem-sucedido. No regime democrático que vigorava em Atenas, o exercício da função política dependia do bom uso da palavra. E os sofistas foram mestres na arte de bem falar. Os sofistas negam a existência da verdade, ou pelo menos...

    5639  Palavras | 23  Páginas

  • os sofistas

    Os Sofistas foram os primeiros filósofos do período socrático. Esses se opunham à filosofia pré-socrática dizendo que estes ensinavam coisas contraditórias e repletas de erros que não apresentam utilidades nas pólis (cidades). Eram compostos de grandes mestres que viajavam de cidade em cidade realizando aparições públicas para atrair estudantes, de que cobravam taxas para oferecer-lhes educação. Os Sofistas são considerados os primeiros advogados do mundo, pois cobravam de seus clientes para efetuar...

    4007  Palavras | 17  Páginas

  • O PENSAMENTO CLÁSSICO: Os sofistas, Sócrates e Platão. 

    PENSAMENTO CLÁSSICO Unidade 1. Os sofistas, Sócrates e Platão.    Unidade 2. A lógica aristotélica e formação dos conceitos universais.  Olá,   Vimos na aula passada que o pensamento mítico na Grécia foi bastante alterado com o surgimento dos pré-socráticos. Lembram-se deles? Queriam descobrir qual era a substancia de onde tudo surgia no mundo.   Hoje vamos falar de outra categoria de pensadores com visões e intenções bem diferentes dos pré-socráticos: os sofistas. Mas antes, vejamos como as coisas...

    3783  Palavras | 16  Páginas

  • Sócrates, Platão; e a ameaça dos sofistas atuais. httpwww.webartigos.com_resourcesfiles_modulesarticlearticle_85193_20120412175844a9e7.pdf

    Sócrates, Platão; e a ameaça dos sofistas atuais. 1 - Resumo O Pensamento Clássico mantém-se incólume, mas as investidas sofistas tendem a assediar princípios fundamentais que precisam de defensores a altura dos Construtores do Saber. Ainda vale considerar as idéias dos Filósofos da antiguidade confrontadas com as proposições sofistas de sua Era, e com os sofismas impregnados nas Teorias atuais, ponderando sobre a fragilidade do mundo ante as distorções do propósito das Teorias Científicas...

    9497  Palavras | 38  Páginas

  • socrates

    PENSAMENTO CLÁSSICO   Unidade 1. Os sofistas, Sócrates e Platão.    Unidade 2. A lógica aristotélica e formação dos conceitos universais.    Olá,   Vimos na aula passada que o pensamento mítico na Grécia foi bastante alterado com o surgimento dos pré-socráticos. Lembram-se deles? Queriam descobrir qual era a substancia de onde tudo surgia no mundo.   Hoje vamos falar de outra categoria de pensadores com visões e intenções bem diferentes dos pré-socráticos: os sofistas. Mas antes, vejamos como as coisas...

    4155  Palavras | 17  Páginas

  • Explicação: apologia de sócrates (platão)

       Sócrates no banco dos réus (ou as várias versões de Sócrates) Gisele Pereira Jorge Leite, Denise Heuseler           O passado jurídico sempre traz à baila a reflexão sobre as relações entre direito, história e filosofia. As narrativas sobre o julgamento de Sócrates é menos que realmente do que teria acontecido e, muitas vezes, o narrador sofreu influências não só do meio social em que viveu mas sobretudo do relativismo epistemológico. Pois o leitor com os olhos de hoje ousa fazer...

    6213  Palavras | 25  Páginas

  • Sofistas

    A CONTRIBUIÇÃO DOS SOFISTAS O movimento sofístico aparece na Grécia no século V. Estes possuíam características particulares, tais como: eram professores ambulantes que iam de cidades em cidades ensinando os jovens, ensinavam por dinheiro, conquistavam grande êxito social devido ao estilo oratório e retórico, mas fundamentalmente pedagogo. Tinham pretensões de que sabiam tudo e tudo ensinavam. A polis vive um período muito conturbado neste momento, onde a ciência envolvia quase todos os campos...

    1836  Palavras | 8  Páginas

  • Pesquisa sobre Sócrates, Platão e Aristóteles

    Os sofistas foram os primeiros filósofos do período socrático. Eles se opunham à filosofia pré-socrática dizendo que estes ensinavam coisas contraditórias e repletas de erros que não apresentavam utilidade nas pólis (cidades). Dessa forma, substituíram a natureza, que antes era o principal objeto de reflexão, pela arte da persuasão. Os sofistas ensinavam técnicas que auxiliavam as pessoas a defenderem o seu pensamento particular e suas próprias opiniões contrárias para que, dessa forma, conseguissem...

    8610  Palavras | 35  Páginas

  • o julgamento de socrates

            FOTO DO FILÓSOFO SÓCRATES ANTES DE TOMAR CICUTA O JULGAMENTO DE SÓCRATES      Sócrates foi, provavelmente, o maior filósofo de todos os tempos. Ele viveu em Atenas, na Grécia, por volta de 500 anos antes do nascimento de Jesus. Foi a mente mais iluminada do ocidente em sua época, enquanto no oriente, por volta da mesma época aparecia um tal de Buda, que causou uma revolução no modo de pensar e se relacionar com a vida. Durante os seus 70 anos de vida, Sócrates procurou ensinar, através...

    2447  Palavras | 10  Páginas

  • Os pré-socráticos, socrátes, platão, aristóteles, renascimento, descartes, idade média, iluminismo, idealismo x materialismo

    Os pré-socráticos, Socrátes, Platão, Aristóteles, Renascimento, Descartes, Idade Média, Iluminismo, Idealismo x Materialismo Discente: Docente: Porto Velho Dezembro – 2011 Pré- Socráticos Os filósofos pré-socráticos são aqueles que precederam Sócrates. A filosofia começou na Grécia que abrigou os três primeiros filósofos da história que são: Tales, Anaximandro e Anaxímenes. Seus objetivos eram de construir uma cosmologia que explicasse...

    1713  Palavras | 7  Páginas

  • A paideia de sócrates e platão e a realidade da educação atual no brasil

    A PAIDEIA DE SÓCRATES E PLATÃO E A REALIDADE DA EDUCAÇÃO ATUAL NO BRASIL Atibaia - SP 2009 TERESINHA DE SOUZA MENEZES A PAIDEIA DE SÓCRATES E PLATÃO E A REALIDADE DA EDUCAÇÃO...

    16289  Palavras | 66  Páginas

  • Mito Cosmologia S Crates Sofistas

    condições e seus limites. d) uma área da filosofia contemporânea que examina exclusivamente as bases do conhecimento científico. 4) O período socrático da filosofia antiga também é conhecido como: a) período antropológico, pois tanto Sócrates quanto os sofistas se dedicaram a temas referentes ao ser humano, como a moral e a política. b) período mítico, porque há um total abandono da especulação racional em decorrência dos equívocos pré-socráticos. c) período cosmológico, porque as questões da natureza...

    9672  Palavras | 39  Páginas

  • Sofistas

    1. ORIGENS, NATUREZA E FINALIDADE DO MOVIMENTO SOFÍSTICO 1. Significado do termo “sofista” Antes de iniciar um discurso sobre a sofística, é indispensável esclarecer o significado original e autêntico do termo “sofista”. E sabido, com efeito, que sofista, na linguagem corrente, há tem po assumiu um sentido decididamente negativo: sofista é chamado aquele que, fazendo uso de raciocínios capciosos, busca, por um lado, enfraquecer e ofuscar o verdadeiro e, por outro, reforçar o falso, revestindo-o...

    18782  Palavras | 76  Páginas

  • Trabalho de Filosofia: Conceitos de “verdade” segundo Sócrates, Platão e Aristóteles e a relação com o texto “A COMPLICADA ARTE DE VER” de Rubem Alves.

    Trabalho de Filosofia: Conceitos de “verdade” segundo Sócrates, Platão e Aristóteles e a relação com o texto “A COMPLICADA ARTE DE VER” de Rubem Alves. Sócrates Características do Filósofo: Sócrates nasceu em Atenas por volta de 469 a.C. Adquiriu a cultura tradicional dos jovens atenienses, aprendendo música, ginástica e gramática. Lutou nas guerras contra Esparta (432 a.C.) e Tebas (424 a.C.). Durante o apogeu de Atenas, onde se instalou a primeira democracia da história, conviveu com...

    4116  Palavras | 17  Páginas

  • Socrátes

    2. OS SOFISTAS Os sofistas - primeiros filósofos do período socrático - adotavam essa educação, substituindo a educação antiga dos poetas. Os sofistas mais importantes foram: Protágoras de Abdera, Górgias de Leontini e Isócrates de Atenas. A palavra sofista deriva do grego sophistés, com o sentido original de habilidade específica em algum setor, ou homem que detém um determinado saber (do grego sóphos, «saber, sabedoria»). A partir do século V a.C. surgiram os professores itinerantes de gramática...

    10001  Palavras | 41  Páginas

  • Sofistas e Sócrates

    universo mediante a procura de um princípio (arché) primordial para todas as coisas existentes. Período Socrático: Caracterizado pelo interesse no próprio homem e nas relações do homem com a sociedade. Primeiros pensadores deste período: • Sofistas (Protágoras e Górgias); • Eram professores viajantes que vendiam ensinamentos práticos de filosofia. Partiam de reflexões sobre os dados empíricos, e não se preocupavam com a busca de essências; • Seus objetivos eram o desenvolvimento...

    688  Palavras | 3  Páginas

  • Violência contra professores nas instituições publicas

    IV a.C.): também denominado de antropológico, tem como tema central a investigação sobre as questões humanas procurando entender o lugar do homem no mundo. Principais pensadores deste período: a)     Os sofistas: Protágoras de Abdera, Górgias de Leontini e Isócrates de Atenas. b)    Sócrates e Platão. ·   • Período sistemático (final do séc. IV ao final do séc. III a.C): a busca de reunir e sistematizar tudo o que foi pensado em termos de cosmologia, ética, técnica e política. Desenvolvimento...

    1754  Palavras | 8  Páginas

  • ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA: SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS

    ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA: SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS PROFª DRA. : SANDRA REGINA FRANCISCATTO BERTOLDO LINGUAGEM JURÍDICA E ARGUMENTAÇÃO RONDONÓPOLIS/MT 2013 DANYELLE DOS SANTOS MAGALHÃES – RA: 6814012238 DÉBORA BAISCH – RA: 6814016823 LAURA ROSA – RA: 6656410598 MARCELO FERREIRA MARQUES – RA: 6685392044 RINALDO CARDOSO MEIRA – RA: 6862467506 ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA: SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS RESUMO CONCLUSIVO SOBRE...

    1012  Palavras | 5  Páginas

  • Os sofistas

    antiga. Os sofistas, como especificado no decorrer deste trabalho, foram responsáveis por uma quebra nas relações com a natureza e o saber tradicional, passando ao enfoque do ser humano como centro de todas as coisas. Além disso, são relatadas importantes informações para a compreensão do papel dos Sofistas na história da Filosofia, como a ideia de ética para os pensadores sofistas e as principais diferenças entre sofistas e filósofos. Os sofistas O período...

    1577  Palavras | 7  Páginas

  • socrates

    Platão, 428 ou 7-348 ou 7 A.C. Defesa de Sócrates / Platão. Ditos e feitos memoráveis de Sócrates ; Apologia de Sócrates / Xenofonte. As nuvens / Aristófanes ; seleção de textos de José Américo Motta Pessanha ; traduções de Jaime Bruna, Libero Rangel de Andrade, Gilda Maria Reale Strazynski. — 4. ed. — São Paulo : Nova Cultural, 1987. (Os pensadores) Inclui vida e obra de Sócrates. Bibliografia. 1. Comédia grega 2. Filosofia antiga 3. Sócrates, 4707-399 I. Xenofonte, apr. 430-apr. 355 A...

    90625  Palavras | 363  Páginas

  • Sócrates e os sofistas

    Fichamento Direto Sócrates e os Sofistas A. Introdução 1. “O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, e pode-se dizer que inaugura a filosofia clássica”. 2. “A própria denominação “pré-socrática” já reflete a importância da filosofia de Sócrates como um divisor de águas”. 3. “Os sofistas são contemporâneos de Sócrates, seu principal adversário, assim como foram posteriormente Platão e Aristóteles”. 4. “O interesse fundamental pela problemática...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • Ética, direito e justiça: sócrates e platão contra os sofistas

    Ética, Direito e Justiça: Sócrates e Platão contra os Sofistas. De acordo com o texto os sofistas são dotados de domínio da palavra e foram os primeiros a exercer a democracia por meio desta. Além disso, ainda ensinavam as pessoas a praticar a persuasão e lhes mostrava a importância desta no meio jurídico e na definição do justo e do injusto. Eles ainda tinham como conceito de justiça que justo é o que esta na lei, o que foi dito pelo legislador, mas em constantes modificações “O que é justo hoje...

    669  Palavras | 3  Páginas

  • Sócrates - coleção os pensadores

    Platão, 428 ou 7-348 ou 7 A.C. Defesa de Sócrates / Platão. Ditos e feitos memoráveis de Sócrates ; Apologia de Sócrates / Xenofonte. As nuvens / Aristófanes ; seleção de textos de José Américo Motta Pessanha ; traduções de Jaime Bruna, Libero Rangel de Andrade, Gilda Maria Reale Strazynski. — 4. ed. — São Paulo : Nova Cultural, 1987. (Os pensadores) Inclui vida e obra de Sócrates. Bibliografia. 1. Comédia grega 2. Filosofia antiga 3. Sócrates, 4707-399 I. Xenofonte, apr. 430-apr. 355 A...

    90625  Palavras | 363  Páginas

  • socrates e os sofistas

    SÓCRATES E OS SOFISTAS 01-INTRODUÇÃO O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, e pode-se dizer que inaugura a filosofia clássica rompendo com a preocupação quase que exclusivamente centrada na formulação de doutrinas sobre a realidade natural que encontramos nos filósofos pré-socráticos. A própria denominação “pré-socrática” já reflete a importância da filosofia de Sócrates como um divisor de águas. Os sofistas são contemporâneos de Sócrates, seu principal...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • Socrates E Os Sofistas

    Sócrates E os Sofistas Universidade Estácio de Sá Disciplina: Filosofia Profª: Lucia Trotte Psicologia Turno: Noite Campus: Sulacap Alunos: Alana Mendes dos Santos Alice Regina T. da S. de Lima Dayene Neves Duarte Chaves Deise Cristina da Silva Pinheiro Giselle Rodrigues Alves Moreira Rosana Figueiredo G.Pires Sócrates Contexto Histórico Nos séculos V e IV, Atenas é o centro da vida cultural da Grécia, sacudida por uma criatividade revolucionária no...

    1923  Palavras | 8  Páginas

  • Sócrates e os sofistas

    Iniciação à historia da filosofia O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, inaugura a filosofia clássica rompendo com a preocupação quase que exclusivamente de doutrinas sobre a realidade natural que encontramos nos filósofos pré-socráticos. A própria denominação “pré-socráticos” já reflete a importância da filosofia de Sócrates. Nesse contexto que a problemática ético-politica passa ao primeiro plano da discussão filosófica da sociedade grega, superando...

    1428  Palavras | 6  Páginas

  • Socrates e sofistas

    Ética, Direito e Justiça: Sócrates e Platão contra so Sofistas 2012/1° Ética, Direito e Justiça: Sócrates e Platão contra os Sofistas O conceito de justiça, para os sofistas, é igualado ao de lei. Já a Sócrates pode ser atribuído á origem a ética (ou filosofia moral). Para Platão, a justiça é a virtude...

    2960  Palavras | 12  Páginas

  • Sócrates e platão contra os sofistas

    ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA:SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS Nos primeiros momentos da filosofia o que se avaliava era a origem da natureza, a ética no mundo e conseqüentemente as relações entre homens. Contudo no século v os Sofistas (sábios) criaram um movimento, fazendo assim com que houvesse um rompimento das idéias anteriores colocando o homem no centro das discussões filosóficas. Pelo fato de não terem uma opinião única formada, ou seja, havia divergência de opiniões entre...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • Socrates e Os sofistas

    26/09/13 Membros: Trabalho sobre: Os sofistas e Sócrates Fontes: http://br.answers.yahoo.com › ... › Artes e Humanidades › Filosofia‎ http://estudandomais.wordpress.com/2010/12/10/os-sofistas/‎ http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=587 https://www.10emtudo.com.br/aula/ensino/socrates/ Os sofistas Na história do pensamento grego houve uma fase muito particular...

    508  Palavras | 3  Páginas

  • sofistas

    Sofistas: os sofistas foram os primeiros filósofos do período socrático. Eles se opunham á filosofia pré-socrática dizendo que estes ensinavam coisas contraditórias e repletas de erros que não apresentavam utilidade nas cidades. Dessa forma, substituíram a natureza, que antes era o principal objeto de reflexão, pela arte da persuasão. Os sofistas ensinavam técnicas que auxiliavam as pessoas a defenderem seus pensamentos particulares, dessa forma, ganhando espaço. Eles eram chamados de céticos ate...

    828  Palavras | 4  Páginas

  • Socrates x Sofistas

    Sócrates - “Mais inteligente é aquele que sabe que não sabe...” 1. Sócrates Sócrates talvez seja, na história da filosofia, o personagem mais enigmático e que logo depois de sua morte foi reconhecido como fundador das mais diversas correntes filosóficas diferentes, uma vez que, devido a tal enigma, seus pensamentos poderiam ser interpretado de várias maneiras (Gaarder, 1995). Toda a sua influência vem através de diálogos escritos por Platão em que o mesmo aparece fazendo várias discussões filosóficas...

    979  Palavras | 4  Páginas

  • ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA: SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS.

    ÉTICA, DIREITO E JUSTIÇA: SÓCRATES E PLATÃO CONTRA OS SOFISTAS. No começo a filosofia tinha por foco a natureza e as relações entre os homens, mas com o aparecimento dos sofistas, houve uma ruptura e o homem foi colocado no centro das discussões filosóficas. Com a política estabilizada na Grécia, não tinha mais tanta necessidade de cultivar as virtudes dos guerreiros e foi nessa época que floresceu as artes, a mitologia, a filosofia, a literatura, a história e a política. Com esse desenvolvimento...

    810  Palavras | 4  Páginas

  • Filosifa Socrates

    dotes oratórios de eloquência e dialécticos no sentido de afirmação da capacidade individual. • Neste contexto surge uma nova “classe” de educadores (os primeiros professores da história) que, a troco de dinheiro, oferecem os seus serviços: os Sofistas que trazem novas propostas e soluções educativas. Curiosidade: Protágoras pedia dez mil dracmas pelos seus serviços! Uma dracma representava o salário diário de um operário qualificado... • Surge, assim, uma nova concepção de virtude (aretê)...

    1744  Palavras | 7  Páginas

  • Sócrates e os sofistas - pontos de divergências

    Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Trabalho de Filosofia : Sócrates e os Sofistas Questões e temas para discussão : 1- Caracterize o contexto do surgimento da sofística . A sofistica é uma linha de pensamento que nasce na Grécia em meados do seculo V a.C era portanto um grupo formado por filosofos educadores que surgem na Grécia justo num momento de passagem da tirania e a oligarquia para a democracia ou seja uma turbulência política, e então, começam a ir de cidade em...

    962  Palavras | 4  Páginas

  • Sócrates e Sofistas

    diferenças entre os Sofistas e Sócrates Os sofistas usavam o poder da retórica, não importando qual o meio para oconvencimento, não visavam o bem ou o mal. Eram chamados de advogadosprofissionais da época. Eles foram os primeiros filósofos do período socrático, elesmostravam as pessoas a defenderem seu interesse particular, e cobravam pelosseus trabalhos. Os sofistas eram grupos de filósofos que viajavam pelas polis ondediscursavam ao público e ensinavam suas artes.Os sofistas foram mestres da oratória...

    1341  Palavras | 6  Páginas

  • Socrates x Sofistas

    Sofista etimologicamente significa dizer apenas "intelectual que sabe falar". Posteriormente adquiriu um sentido pejorativo de "alguém que usa de raciocínio capcioso, de má-fé, com intenção de enganar".Para os sofistas a natureza humana foi concebida de uma forma igualitária.“Bárbaros e gregos, temos todos a mesma natureza, em todos os aspectos”, afirmou o sofista Ateniense Antifonte (A Verdade). O fundamento das diferenças nacionais e das desigualdades entre os homens não radica na natureza, mas...

    711  Palavras | 3  Páginas

  • Sócrates e os sofistas

    FILOSOFIA SETEMBRO/2014 Sócrates e os sofistas Em meados do século V a.C., a atividade filosófica experimenta uma decisiva reorientação temática, deslocando-se dos problemas cosmológicos para as questões diretamente relacionadas aos seres humanos. As indagações acerca do Universo, às quais se dedicavam os primeiros filósofos gregos, são removidas do plano principal do cenário filosófico, sendo substituídas pelas especulações em torno da humanidade. Os sofistas e Sócrates são os protagonistas dessa...

    2267  Palavras | 10  Páginas

  • Socrates e os sofistas

    ÉTICA NA HISTÓRIA: SOFISTAS E SÓCRATES 1. INTRODUÇÃO A ética, do grego ethikos, pode ser traduzida como modo de ser ou comportamento. Compreende a disciplina filosófica responsável pela moral. A moral (conjunto de normas que orientam um comportamento) por sua vez é algo que está constantemente se modificando ao longo do tempo e do espaço. Isso se deve principalmente ao fato da existência de diferentes culturas, diferentes modos de pensar e de agir, novas argumentações, novas descobertas, novas...

    1288  Palavras | 6  Páginas

  • Sofistas e Socrates

    Sofistas A palavra sofista (em grego sophistes) deriva de Sophia «sabedoria», e designa genericamente todo o homem que possui conhecimentos consideráveis em qualquer ramo do saber. A partir do Século V o termo também passou a significar “Homem Sábio”. No entanto existiam áreas de conflito com outras vertentes filosóficas, em parte por os Sofistas aceitarem remuneração levantando criticas do próprio Sócrates que os comparava a "vergonhoso vender o saber, dizendo que o comércio da sabedoria não merecia...

    1906  Palavras | 8  Páginas

  • os sofista

    o filósofo Sócrates defendia que o objetivo da filosofia era conhecer a verdade por meio da argumentação crítica. Sócrates defendia que existia uma verdade, e que para conhecê-la era necessário descobrir a própria ignorância (o que significa que a primeira tarefa da filosofia deveria ser a promoção do auto-conhecimento). Sócrates também considerava que um filósofo não deveria ser pago, pois a verdade não era artigo comerciável. Contudo, os sofistas, que eram contemporâneos de Sócrates, tinham outra...

    4590  Palavras | 19  Páginas

  • Os sofistas

    Os sofistas Após o surgimento da democracia na Grécia antiga, vários transformações ocorreram na sociedade, exigindo novas formas de se relacionar. Neste período, em que já estão avançadas as questões cosmológicas, a busca pelo ser das coisas deixa de ser o foco principal das questões filosóficas, que agora se ocupa com o homem e suas potencialidades. Era preciso saber falar para fazer valer seus interesses nas assembleias. Surgem, então, os famosos oradores denominados Sofistas, palavra que significa...

    547  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho e vida de sócrates

    SÓCRATES E OS SOFISTAS Surgimento da filosofia Slide 2 - O pensamento de Sócrates inaugura a filosofia clássica, rompendo com o pensamento que encontramos nos filósofos pré-socráticos, que eram exclusivamente centrados na formulação de doutrinas sobre a realidade natural das coisas. Ambos compartilhando visões diferentes e opostas, fundamentada na problemática ético – política na questão do homem enquanto cidadão, passando pela organização política no sistema chamado democracia. Slide 3 -...

    1930  Palavras | 8  Páginas

tracking img