O Que O Plano Cruzado Do Governo Sarney Fez artigos e trabalhos de pesquisa

  • PLANO CRUZADO

    O plano Cruzado foi um plano econômico lançado durante o governo de José Sarney. O plano foi criado em 1986 pelo ministro da Fazenda (Dilson Funaro), o Brasil vivia um grande estado de euforia (grandes inflações, eleições, escassez de alguns produtos...). Foi um ano conturbado, pois em 1985 havia morrido o presidente eleito Tancredo Neves. As principais medidas tomadas pelo plano Cruzado foram: - A moeda corrente brasileira que era o Cruzeiro foi transformada em Cruzado, seguido de sua valorização...

    741  Palavras | 3  Páginas

  • PLANOS ECONÔMICOS BRASILEIROS

    Plano Cruzado I, o Plano Cruzado II, o Plano Bresser, o Plano Vero, o Plano Collor I, o Plano Collor II e por fim o Plano Real. PLANO CRUZADO I O plano Cruzado foi um plano econmico lanado durante o HYPERLINK http//www.infoescola.com/historia/governo-de-jose-sarney/ governo de Jos Sarney. O plano foi criado em 1986 pelo ministro da Fazenda (Dilson Funaro), o HYPERLINK http//www.infoescola.com/historia-do-brasil/plano-cruzado/ Brasil vivia um grande estado de euforia (grandes inflaes, eleies, escassez...

    1984  Palavras | 8  Páginas

  • Plano Cruzado

    Foi um plano, segundo José Sarney que se preocupava em atender aos mais pobres, por isso, o slogan: “Tudo pelo social.” Se os preços aumentavam, os trabalhadores também tinham o seu salário aumentado no mesmo nível. Isso fez um colchão de proteção aos mais pobres. Os ricos se defendiam da inflação, mas os pobres não tinham como se defender. A única defesa foi esta, a correção mensal dos salários, para que o poder de compra da população brasileira permanecesse o mesmo e os trabalhadores continuassem...

    660  Palavras | 3  Páginas

  • Fenômeno inflacionário no governo de José sarney

    INFLACIONÁRIO NO GOVERNO DE JOSÉ SARNEY CARLA RAQUEL RIBEIRO DOS SANTOS DORENI FARIAS ARAUJO FRANCIELE GONÇALVES SANTOS IARA LAIS DE ARAUJO SILVA JAIRO CARLOS ALVES PINTO LUCAS LOPES DE MIRANDA PROFESSORA-ORIENTADORA: LÍLLIAN GONÇALVES DE MELO JANUÁRIA – MG 2014 CARLA RAQUEL RIBEIRO DOS SANTOS DORENI FARIAS ARAUJO FRANCIELE GONÇALVES SANTOS IARA LAIS DE ARAUJO SILVA JAIRO CARLOS ALVES PINTO LUCAS LOPES DE MIRANDA O FENÔMENO INFLACIONÁRIO NO GOVERNO DE JOSÈ SARNEY ...

    2055  Palavras | 9  Páginas

  • Sarney

    Econômica do Governo Sarney 1985-1990 Introdução O ano de 1986 foi, para o Brasil, repleto de emoções que variaram desde a euforia até a frustração. Convém lembrar que 1985, ocorreu a morte do Presidente eleito Tancredo Neves, criando-se um vácuo político que só não gerou consequências desestabilizadoras por causa da repulsa generalizada a qualquer solução não constitucional. Cruzeiro - Moeda Vigente Cruzeiro - Moeda Vigente Surge Uma Nova Moeda O cruzado é proveniente de plano cruzado, implantado...

    1558  Palavras | 7  Páginas

  • governo sarney

     GOVERNO SARNEY (1985-1990) Após a frustrada campanhas pelas direta já,que arrebanhou multidões em favor da volta pelas eleições diretas,Tancredo Neves foi eleito indiretamente presidente da republica,sucedendo assim o último militar no poder. Tancredo foi candidato na chapa PMDB/PFL.Seu vice era José Sarney.O qual acabou,assumindo o governo.Foram eleitos pelo colégio eleitoral,no dia 15 de Janeiro de 1985,derrotando com traquilidade o candidato Paulo Maluf. Pouco tempo antes de tomar possse...

    1332  Palavras | 6  Páginas

  • Planos Economicos Brasileiros

    Planos Econômicos do Brasil A última eleição indireta de um candidato civil, em 1985, marca o fim do Regime Militar, mas a transição para a democracia só se consolida em 1988, no governo Sarney, quando é promulgada a nova Constituição por uma Assembleia Constituinte. A volta aos padrões democráticos não é suficiente para superar os graves problemas sociais e econômicos advindos da inflação e do endividamento externo. Para enfrentar seus desafios, os governos dos Presidentes José Sarney e Fernando...

    959  Palavras | 4  Páginas

  • PLANOS ECONÔMICOS BRASILEIROS

    PLANO CRUZADO I O plano Cruzado foi um plano econômico lançado durante o governo de José Sarney. O plano foi criado em 1986 pelo ministro da Fazenda (Dílson Funaro), o Brasil vivia um grande estado de euforia (grandes inflações, eleições, escassez de alguns produtos...). Foi um ano conturbado, pois em 1985 havia morrido o presidente eleito Tancredo Neves. As principais medidas tomadas pelo plano Cruzado foram: - A moeda corrente brasileira que era o Cruzeiro foi transformada em Cruzado, seguido...

    1862  Palavras | 8  Páginas

  • Plano Sarney

    José Sarney (1985-1990) Tancredo Neves não assumiu o cargo de Presidente da República por causa de seu falecimento. Tancredo Neves, avô do político e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, deixou o poder para seu vice-presidente: José Sarney. Sarney nasceu em Pinheiro, no Maranhão, é membro da Academia Brasileira de Letras e foi o 31º Presidente da República. Tornou-se presidente em 15 de março de 1985. No mandato de José Sarney foi estabelecida a democracia. Ele pegou o Brasil numa...

    4292  Palavras | 18  Páginas

  • Governo sarney

    Quais foram os principais avanços institucionais ocorridos durante o governo Sarney? Para enfrentar o quadro de inflação do país, Sarney criou inicialmente o Plano Cruzado, um sistema de congelamento de preços, salários e troca de moeda, aumentando o poder de compra da população. Contudo essa medida não surtiu efeitos por muito tempo, o que levou a criação do Plano Cruzado II, que também fracassou. No período do plano cruzado I, foram eleitos os deputados e senadores integrantes da assembléia constituinte...

    569  Palavras | 3  Páginas

  • Governos: Sarney, Collor e Itamar

    História Tema: Governos Sarney, Collor e Itamar. Alunos: Alefe nº 01, Amanda nº 03, Mariana nº 27, Matheus nº 30. Professor: Carlos Eduardo Coelho Data: 12/11/2013 3ºB Governo Sarney Depois do movimento “Diretas Já” ter sido fracassado, Tancredo Neves foi eleito indiretamente como Presidente da República. Antes dele governava João Figueiredo. Como vice, Neves tinha José Sarney, no qual assumiu o governo após sua morte e derrotou o candidato Paulo Maluf. José Sarney de Araújo Costa...

    772  Palavras | 4  Páginas

  • Planos De Governo Ap S A Ditadura

     Planos de Governo Após a Ditadura Economia Brasileira – 6º Semestre Prof: Joni Cordero Alunos: Vanessa Ricciolini Pablo Soares Rogério Coradini A última eleição indireta de um candidato civil, em 1985, marca o fim do Regime Militar, mas a transição para a democracia só se consolida em 1988, no governo Sarney, quando é promulgada a nova Constituição por uma Assembleia Constituinte. A volta aos padrões democráticos não é suficiente para superar os graves problemas sociais e econômicos advindos...

    2700  Palavras | 11  Páginas

  • governo sarney

    Governo Sarney e o Plano Cruzado Boa Vista – RR 01 de Abril de 2014 Índice 1. Introdução...............................................................................................................pág 03 As principais medidas contidas no Plano................................................................pág 04 Autores................................................................................................................. pág 05 Medidas Iniciais.....................

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • Sarney

    José Sarney Vida Política O Governo Sarney, também chamado de Governo José Sarney (15 de março de 1985 - 15 de março de 1990) é um período da história política brasileira que corresponde à posse de José Ribamar Ferreira Araújo da Costa Sarney na Presidência da República até a sua sucessão por Fernando Collor.[1] Sarney assumiu o governo inteiramente após a internação de Tancredo Neves, e definitivamente em 21 de abril de 1985, após a morte do qual foi o primeiro presidente civil após mais de vinte...

    1166  Palavras | 5  Páginas

  • Plano Bresser

    UEMG – UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS – CAMPUS FRUTAL PLANO BRESSER Frutal / MG 2014 KHEREN GOI ZELIOLI MARINA APARECIDA DO NASCIMENTO THAYMARA SOUZA DE ANDRADE PLANO BRESSER Trabalho apresentado ao Curso de Administração, 7º período A da UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais – Campus de Frutal, da disciplina...

    2466  Palavras | 10  Páginas

  • José sarney

    Nascido José Ribamar Ferreira de Araújo Costa em Pinheiro, no estado do Maranhão, filho de Sarney de Araújo Costa e de Kiola Ferreira de Araújo Costa. Em 1965, adotou legalmente o nome de José Sarney de Araújo Costa, o qual já utilizava para fins eleitorais desde 1958 por ser conhecido como "Zé do Sarney", isto é, "José filho de Sarney" Fez os estudos secundários no Colégio Marista e no Liceu Maranhense, cursando depois a Faculdade de Direito da atual Universidade Federal do Maranhão, pela qual se...

    1252  Palavras | 6  Páginas

  • José sarney

    | | | | JOSÉ SARNEY A CONSAGRAÇÃO DA DEMOCRACIA E A DERROCADA DA ECONOMIA Andreza Silva de Morais Heber Luiz Cardoso Irlaine Cordeiro Batista Julianne dos Santos Silva Riane Jesus do Santos Paola Thaís Venâncio ------------------------------------------------- Resumo: Este texto procura dar uma breve versão sobre as contribuições de José Sarney ao Brasil, que se caracterizou pela consolidação da democracia brasileira, mas, sobretudo, por uma grave crise econômica,...

    3237  Palavras | 13  Páginas

  • Planos Econômicos Brasileiros Cruzados

    PLANOS ECONOMICOS BRASILEIROS CRUZADOS. PLANO CRUZADO Quando Sarney chegou à presidência da República, a economia estava numa situação extremamente difícil. Sendo assim, Sarney lançou o plano cruzado, que tinha como objetivo a redução e o controle da inflação. Logo se criou uma nova moeda que veio a substituir o cruzeiro, e o novo plano fez com que ocorresse o congelamento nos preços dos produtos e nos salários mínimos. Logo de inicio o plano deu certo, o país conseguiu controlar sua inflação...

    1988  Palavras | 8  Páginas

  • Sarney

    José Sarney de Araújo é um político e escritor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, foi o 31º presidente do Brasil, de 1985 a 1990, governador do estado do Maranhão de 1966 a 1971, e Presidente do Senado Federal de 1995 a 1997, 2003 a 2005, de 2009 a 2011 e de 2011 até 2012. Sendo sucedido no cargo pelo senador alagoano Renan Calheiros. Bacharelou-se em Direito na Universidade Federal do Maranhão em 1953, época em que ingressou na Academia Maranhense de Letras. Fez parte de um...

    6742  Palavras | 27  Páginas

  • Redemocratização Governo de Sarney

    Escola Disciplina: História Professor: Turma: Redemocratização Governo de Sarney Grupo: Betim, 25 de outubro de 2013 Índice Introdução_________________________________________________________3 Início do governo____________________________________________________ 4 Redemocratização____________________________________________________5 Nota sobre a política externa___________________________________________ 5 Conclusão__________________________________________________________6 ...

    1242  Palavras | 5  Páginas

  • Plano Cruzado X Plano Real

    Plano Cruzado X Plano Real • Órgãos Envolvidos e suas finalidades instrumentos Plano cruzado O Plano Cruzado foi um conjunto de medidas econômicas, lançado pelo governo brasileiro em 28 de fevereiro de 1986, com base no decreto-lei nº 2.283, de 27 de fevereiro de 1986, sendo José Sarney o presidente da República e Dilson Funaro o ministro da Fazenda.Nesta época o Brasil vivia um grande estado de euforia (grandes inflações, eleições, escassez de alguns produtos…). Foi um ano conturbado...

    3097  Palavras | 13  Páginas

  • Jose sarney

    José Sarney Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. José Ribamar Sarney de Araújo Costa[1] (Pinheiro, 24 de abril de 1930) é um político e escritor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, tendo sido o 31º Presidente do Brasil, de 1985 a 1990, Governador do estado do Maranhão de 1966 a 1971, e Presidente do Senado Federal de 1995 a 1997, 2003 a 2005, de 2009 a 2011 e de 2011 até a atualidade. Bacharelou-se em Direito na Universidade Federal do Maranhão em 1953, época em que ingressou...

    3927  Palavras | 16  Páginas

  • Plano Cruzado

    Plano Cruzado O Plano Cruzado foi um conjunto de medidas econômicas, lançado pelo governo brasileiro em 28 de fevereiro de 1986, com base no decreto-lei nº 2.283, de 27 de fevereiro de 1986,[1] sendo José Sarney o presidente da República e Dilson Funaro o ministro da Fazenda. Foi o primeiro plano econômico nacional em larga escala desde o término da ditadura militar. As principais medidas contidas no Plano eram: congelamento de preços de bens e serviços nos níveis do dia 27 de fevereiro de 1986; ...

    1565  Palavras | 7  Páginas

  • PLANOS ECONOMICOS FACULDADE

    - PLANO CRUZADO I (1985) : no governo do presidente José Sarney; o plano cruzado adotou o Congelamento do câmbio; Congelamento de preços; Congelamento do salário pela média dos últimos seis meses. A evolução no primeiro momento foi favorável, mas a inflação subiu muito novamente após o descongelamento. - PLANO CRUZADO II (1986): também no governo de José Sarney; Principais medidas adotadas: aumentar os preços do combustível, preços dos automóveis, do açúcar e de tarifas públicas de telefones e...

    1043  Palavras | 5  Páginas

  • Plano cruzado

    Plano Cruzado O Plano Cruzado foi um conjunto de medidas econômicas, lançado pelo governo brasileiro em 28 de fevereiro de 1986, com base no decreto-lei nº 2.283, de 27 de fevereiro de 1986, sendo José Sarney o Presidente da República e Dilson Funaro o Ministro da Fazenda. As principais medidas contidas no Plano eram: * Congelamento de preços de bens e serviços nos níveis do dia 27 de fevereiro de 1986; * Congelamento da Taxa de Câmbio por um ano em 13,84 Cruzados = 1 Dólar e 20,58 Cruzados...

    1519  Palavras | 7  Páginas

  • Planos Economicos

    ALVES CURSO TECNICO EM CONTABILIDADE A SUCESSÃO DE PLANOS ECONÔMICOS E COMBATE À INFLAÇÃO (1986-1990-2015) Camila Girotto Luana Priscila de Toledo Xavier Porto Alegre, junho de 2015. 1. INTRODUÇÃO A história econômica brasileira possui como uma de suas principais características as altas taxas de inflação e os constantes planos econômicos. A partir de 1986, o Brasil passou por diversos planos de estabilização econômica. Todos tinham o mesmo objetivo: acabar...

    2523  Palavras | 11  Páginas

  • PLANOS ECONOMICOS

    EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÁS - SMECG FACULDADE PADRÃO DE APARECIDA DE GOIÂNIA UNIDADE IV DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURMA: A7/AN4 PLANOS ECONÔMICOS CRUZADO, BRESSER, VERÃO APARECIDA DE GOIÂNIA 2013 PLANOS ECONÔMICOS CRUZADO, BRESSER, VERÃO Trabalho apresentado à disciplinas de Economia do curso de Administração da Faculdade Padrão, sob orientação da profª Andreia como requisito a obtenção...

    3979  Palavras | 16  Páginas

  • Fracasso plano cruzado

    objetivos AULA O fracasso do Plano Cruzado e as tentativas do Plano Bresser e do Plano Verão 7 Meta da aula Apresentar o fracasso do Plano Cruzado e as outras experiências de estabilização econômica presentes no Plano Bresser e no Plano Verão. Esperamos que, ao final desta aula, você seja capaz de: 1 identificar as razões do fracasso do Plano Cruzado; 2 identificar as características do Plano Bresser e do Plano Verão e os seus resultados em termos de combate à...

    7477  Palavras | 30  Páginas

  • Política Economica Sarney

    A POLÍTICA ECONÔMICA - O PLANO CRUZADO O ano de 1984 fora melhor do que os 4 anos anteriores. O bom desempenho das exportações aliviara bastante a situação econômica interna. As reservas cambiais no fim do ano eram de 12 bilhões de dólares. Isso significava que o Brasil podia pagar os juros da dívida externa, sem ter de recorrer ao FMI e, ao mesmo tempo, ir renegociando a dívida com os credores internacionais. O maior problema continuava a ser a inflação que atingiu a marca de 223,8% em 1984...

    2219  Palavras | 9  Páginas

  • plano ruzado

     O Cruzado Quando José Sarney chegou a presidência, a economia estava em situação dificil. O déficit orçamentário chegava a 60%. Com isto também havia a divida externa que naquela época era impagável. Assim que assumiu o presidente procurou nortear as diretrizes do seu governo, buscando se legitimar no seu cargo para não haver um retrocesso político. não queria ser um presidente deposto como outros. Na economia, ele apresentou um processo recessivo na época com profundas restrições aos investimentos...

    1027  Palavras | 5  Páginas

  • José Sarney

    José Sarney José Sarney de Araújo Costa é um político escritor brasileiro membro da Academia Brasileira de Letras, tendo sido o 31° presidente do Brasil de 1985 a 1990, governador do estado do Maranhão de 1966 a 1971 e Presidente do Senado Federal de 1995 a 1997, 2003 a 2005, de 2009 a 2011 e de 2011 a 2012. Sendo sucedido no cargo pelo senador alagoano Renan Calheiros. Bacharelou-se em direito na Universidade Federal do Maranhão em 1953, época em que ingressou na Academia Maranhense de Letras...

    677  Palavras | 3  Páginas

  • TRABALHO PLANO CRUZADO

    Ribeiro Flor Mercya Almeida Costa Nathalia Augusta Santos de Sousa Rosimeire da Silva Mendes Weliton Inácio Carneiro Wender Pereira Rodrigues PLANO CRUZADO GOIÂNIA 2015 Dediane Gonçalves PLANO CRUZADO Projeto elaborado para obtenção da nota parcial de N2 da Faculdade Padrão de Goiânia-Go, ao curso de Administração, da turma A7/ AN3, na disciplina...

    4029  Palavras | 17  Páginas

  • Resumo do Governo Figueiredo

    Resumo do governo Figueiro Em 1979, João Figueiredo assumiu a o cargo que seria o ultimo mandato presidencial da Ditadura Militar. O governo do general foi marcado por uma grave crise econômica e pelo processo de reabertura política do país. No seu governo houve a extinção do sistema bipartidário e a anistia política de militares e perseguidos políticos, perdoando os acusados de tortura e devolvendo direitos políticos aos exilados. O governo Figueiredo presenciou um momento delicado da economia...

    585  Palavras | 3  Páginas

  • Plano Cruzado Cruzadinho E Cruzado 2

    Silva2 Patrícia Oliveira Pinheiro3 Thaís Nascimento Gama4 Plano Cruzado I, Cruzadinho e Plano Cruzado II – Um estudo a cerca das medidas tomadas nestes. Larice Simone de Oliveira Ferreira5 Resumo O presente trabalho trata-se de uma demonstração e estudo mais aprofundado a cerca dos planos de medidas políticas conhecido como plano Cruzado. Em uma economia em que a inflação e o consumo eram fatores quase incontroláveis, era necessário ao governo melhores práticas para conseguir melhorar as condições...

    4063  Palavras | 17  Páginas

  • josé sarney

    abdominais, e José Sarney tomou seu lugar interinamente no dia seguinte, em 15 de março de 1985. Depois de sete cirurgias, morreu, em 21 de Abril, aos 75 anos de idade, com infecção generalizada. Em 22 de Abril, Sarney foi investido oficialmente no cargo. Governou até 1990, um ano a mais que o previsto na carta-compromisso da Aliança Democrática, pela qual chegou ao poder. Emendão A expressão "Nova República", criada por Ulysses Guimarães para designar o plano de governo da Aliança Democrática...

    1547  Palavras | 7  Páginas

  • Plano bresser

    período que vai de 1987 a 1988 com o afamado “Plano Bresser. Serão abordados os principais objetivos, como foi sua implantação, suas características, bem como os motivos que provocaram o fracasso do Plano. Plano esse,que tenta na forma de decreto, substituir o então fracassado Plano Cruzado mas se mostra ineficaz tanto quanto o plano que o deu lugar, não dando conta de estabilizar a inflação em nosso país, e cedendo lugar posteriormente ao “Plano Verão”. Luiz Carlos Bresser foi professor...

    1259  Palavras | 6  Páginas

  • Governo Sarney (Economia Brasileira)

    O segundo Plano Nacional de Desenvolvimento O II Plano Nacional de desenvolvimento - II PND foi um plano econômico brasileiro que foi lançado no final de 1974. Foi criado durante o governo do general Ernesto Geisel, e tinha a finalidade de retirar do atraso o setor de meios de produção e aumentar a produção de alimentos e energia. O plano firmou-se politicamente graças ao capital financeiro nacional e às oligarquias tradicionais. Apesar dos investimentos feitos no II PND não obteve o êxito que pretendia...

    684  Palavras | 3  Páginas

  • Plano Cruzado

    Antônio Sandoval de VasconcellosPlano Bresser e Plano Verão O Plano Bresser foi apresentado em 87 pelo Ministro Luiz Carlos Bresser Pereira e surgiu para tentar controlar a inflação que herdou do fracasso do Plano Cruzado. Bresser assumiu o Ministério da Fazenda, enfrentando uma inflação de 23,20%. Em tempos de crise no sistema financeiro, volta à pauta nacional os Planos Econômicos, seus desdobramentos e suas consequências. O principal objetivo do plano não era acabar com a inflação em si, mas sim...

    917  Palavras | 4  Páginas

  • Planos economicos

    1. INTRODUÇÃO Por pelo menos duas décadas de sua história recente, o Brasil foi forçado a enxergar a política econômica como um conjunto de medidas de impacto destinadas a tirar o país de crises imediatas - os planos econômicos. Foi assim na sucessão de pacotes anti-inflação dos anos 1980, nos choques de juros que reagiram às grandes convulsões internacionais na década de 1990 e até no segundo turno da eleição presidencial de 2002, quando a cotação do dólar chegou a atingir 4 reais. Não houve...

    2175  Palavras | 9  Páginas

  • Plano bresser

    Apresentação Este trabalho irá expor o que foi o Plano Bresser, seus antecedentes, as medidas tomadas por ele, suas heterodoxia e ortodoxia e suas políticas, consequências e curiosidades, tendo por finalidade acrescentar conhecimentos a todos os alunos, além de proporcionar um melhor relacionamento entre os mesmos. Sumário INTRODUÇÃO......................................................................................................................

    1444  Palavras | 6  Páginas

  • Modelos de crescimento e desenvolvimento que o Brasil experimentou desde a República Velha até o segundo governo Lula.

     Modelos de crescimento e desenvolvimento que o Brasil experimentou desde a República Velha até o segundo governo Lula. ELIANE FELIX DA SILVA BATAGUASSU 2013 Durante a República Velha, o Brasil experimentava uma situação de mudança e transformação, dando inicio para o então experimento no crescimento dos centros urbanos do país, abandonando suas características rurais. Mesmo buscando novos experimentos a economia da Republica Velha ainda tinha como...

    755  Palavras | 4  Páginas

  • Plano bresse

    com o afamado “Plano Bresser”. Plano esse, que tenta na forma de decreto, substituir o então fracassado plano cruzado mas se mostra ineficaz tanto quanto o plano que o deu lugar, não dando conta de estabilizar a inflação em nosso país, e cedendo lugar posteriormente ao “Plano Verão”. Em abril de 1987, em meio à crise provocada pelo fracasso do Plano Cruzado, e com a inflação em alta, Luiz Carlos Bresser Pereira assumiu o Ministério da Fazenda do Governo José Sarney. Com...

    1079  Palavras | 5  Páginas

  • plano verão

    de crises imediatas criando assim os planos econômicos. Foi assim na sucessão de pacotes anti-inflação na década de 80, nos choques de juros que reagiram às grandes convulsões internacionais na década de 90 e até no segundo turno da eleição presidencial de 2002, quando a cotação do dólar chegou a atingir quatro (4) reais. Em 1986, o Plano Cruzado levou o Brasil da euforia à decepção. O congelamento de preços e salários baixado pelo governo José Sarney, o plano não deu certo devido o surto inflacionário...

    3197  Palavras | 13  Páginas

  • Os anos 80 no brasil: aspectos políticos, econômicos e o plano cruzado

    hiperinflação. Com a chegada de Sarney, em 1985, as políticas começaram a se tornar contrárias às politicas deixada pelo período militar. Ainda ao início dos anos 80 do século passado o Brasil vivia a ditadura militar. Porém, o presidente Ernesto Geisel, já desde o final da década de 70, acenava para a criação de condições de uma abertura política “lenta, gradual e segura”, a qual deveria levar o país, futuramente, a algum tipo ainda não claramente definido de governo civil, o que pressupunha o fim...

    1286  Palavras | 6  Páginas

  • Plano cruzado

    POLICARPO LUIZ CARLOS SOUZA DA COSTA JUNIOR NILCÉA FERREIRA DE SOUZA THAIS DOS SANTOS WETHER NUNES A TEORIA DO PLANO CRUZADO NA PRÁTICA: EUFORIA E DESABASTECIMENTO Vitória 2013 ANA PAULA DOS SANTOS LUCINEA FERREIRA DE SOUZA CRUZADO NA PRÁTICA: EUFORIA E DESABASTECIMENTO Trabalho apresentado ao Instituto de Ensino Superior e Formação Avançada...

    4540  Palavras | 19  Páginas

  • Governos

    Governo José Sarney Ter José Sarney como presidente no processo de transição do regime militar para o governo civil foi uma decepção para grande parte das oposições políticas. Em sua carreira, Sarney oferecera apoio, direto ou indireto, à ditadura militar. Fora presidente nacional do PDS (Partido Governista) e, na liderança desse partido, ajudou a emenda constitucional que restabeleceria as eleições diretas para presidente. Tentando superar essa imagem negaiva, Sarney, logo no seu início de governo...

    1551  Palavras | 7  Páginas

  • Planos Economicos Brasileiros

    PLANOS ECONÔMICOS SUMARIO 1 – Introdução...............................................................................................................................4 2 – Plano Cruzado..........................................................................................................................5 2.1 – Principais Medidas...........................................................................................

    6564  Palavras | 27  Páginas

  • Sarney

    O Governo Sarney, também chamado de Governo José Sarney (15 de março de 1985 - 15 de março de 1990) foi um período da história política brasileira que corresponde à posse de José Ribamar Ferreira Araújo da Costa Sarney na Presidência da República até a sua sucessão por Fernando Collor. Sarney assumiu o governo inteiramente após a internação de Tancredo Neves, e definitivamente em 21 de abril de 1985, após a morte do qual foi o primeiro presidente civil após mais de vinte anos de regime militar no...

    818  Palavras | 4  Páginas

  • Plano bresser

    monetária ao longo do período que vai de 1987 à 1988 com o afamado “Plano Bresser”. Plano esse, que tenta na forma de decreto, substituir o então fracassado plano cruzado mas se mostra ineficaz tanto quanto o plano que o deu lugar, não dando conta de estabilizar a inflação em nosso país, e cedendo lugar posteriormente ao “Plano Verão”. Participantes Marinaldo Santos Nogueira Murilo Oliveira Meiwald 2_Plano Bresser O Plano Bresser foi apresentado em 16 de junho de 1987 atravéz de Decretos-Lei...

    737  Palavras | 3  Páginas

  • PLANO CRUZADO

    TECSOMA GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PLANO CRUZADO. Trabalho apresentado ao Curso Bacharelado em Administração da FACULDADE TECSOMA, como requisito parcial para aquisição de média semestral nas disciplinas: Economia. Professora respectivo à disciplina:Cida Paracatu 2014 sumário 1.introdução 3 2.. desenvolvimento 4 2.1 plano cruzado 4 2.2 principais medidas 5-6 2.3 motivos do fracasso...

    3450  Palavras | 14  Páginas

  • PLANOS ECONÔMICOS

    PLANOS ECONÔMICOS E MOEDAS UTILIZADAS NO BRASIL Santa Bárbara d´Oeste 2013 Planos Econômicos Por pelo menos duas décadas de sua história recente, o Brasil foi forçado a enxergar a política econômica como um conjunto de medidas de impacto destinadas a tirar o país de crises imediatas - os planos econômicos. Foi assim na sucessão de pacotes anti-inflação dos anos 1980, nos choques de juros que reagiram às grandes convulsões internacionais...

    1965  Palavras | 8  Páginas

  • Plano collor

    FERNANDO AFFONSO COLLOR DE MELLO ...........................................04 2.1.2.ANTECEDENTES HISTÓRICOS E ECONÔMICOS 2.1.3.RESULTADOS DO GOVERNO SARNEY ..................................................................06 2.2. PLANO COLLOR I ........................................................................................................06 2.3. PLANO COLLOR II ......................................................................................................08 2.3.1. IMPEACHMENT ......

    3207  Palavras | 13  Páginas

  • Economia Dos Governos Sarney Collor FHC E Lula

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL A Economia Brasileira nos Governos Sarney, Collor, FHC e Lula. Economia A – EC0 02254 Bruna Rodrigues da Silveira – 193566 Porto Alegre, 09 de Julho de 2013. Sumário 1. INTRODUÇÃO 4 2. GOVERNO SARNEY 5 2.1 Antecedentes 5 2.2 Economia 5 2.3 Política Externa 6 3. GOVERNO COLLOR 7 3.1 Economia 7 3.1.1 Plano Collor 7 3.1.2 Confisco das poupanças 7 3.1.3 Articulação Política 8 4. GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO 10 4.1 Economia 10 4.1.1 Início da Expansão...

    6070  Palavras | 25  Páginas

  • Plano bresser

    ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÁS - AECG FACULDADE PADRÃO UNIDADE III CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO BRESSER GOIÂNIA 2012/1 Ana Paula Coelho Dryella Francyella Dias Vieira Gardel Mendes Lira Luciene de Sousa Alexandre da Silva Mayara Cristina Rezende de Oliveira PLANO BRESSER Trabalho apresentado à disciplina de Economia Brasileira do curso de...

    1455  Palavras | 6  Páginas

  • O Plano Ver O Foi Lan Ado Em 1989

    Plano Verão O plano verão foi lançado em 1989, no então governo de José Sarney, sendo realizado pelo ministro Maílson Ferreira de Nóbrega, que havia assumido o cargo no lugar de Bresser Pereira. O governo de Sarney ficou conhecido na história da República brasileira como a “Década Perdida”, em consequência do crescimento econômico inexpressivo. A conjuntura da economia brasileira nesse período, eram problemas da herança deixada dos governos passados. Combater a Inflação era assim a principal...

    589  Palavras | 3  Páginas

  • Economia Brasileira - Plano Cruzado, Plano Collor e Plano Real

    Economia Brasileira – Plano Cruzado, Plano Collor e Plano Real Resumo Este trabalho tem por objetivo da uma retrospectiva da experiência de estabilização economia e política realizada no Brasil a partir de 1985, com base no governo Sarney e o chamado plano cruzado e os demais planos heterodoxos. Vamos abordar os planos que o governo tinha assim que assumiu o país, os objetivos dos planos, as mudanças esperadas na economia com a implantação das medidas de conter a inflação, e o que...

    3413  Palavras | 14  Páginas

  • Plano bresser

    diz respeito à condução de nossa política monetária ao longo do período que vai de 1987 à 1988 com o afamado “Plano Bresser”. Plano esse, que tenta na forma de decreto, substituir o então fracassado plano cruzado mas se mostra ineficaz tanto quanto o plano que o deu lugar, não dando conta de estabilizar a inflação em nosso país, e cedendo lugar posteriormente ao “Plano Verão”. 2 PLANO BRESSER O Plano Bresser foi apresentado em 16 de junho de 1987 através de Decretos-Lei 2335/87, 2336/87 e 2337/87, pelo...

    859  Palavras | 4  Páginas

  • Governo José Sarney

    Governo José Sarney Governo José Sarney Sarney (dir.), problemas econômicos e a redemocratização do país. O governo de José Sarney foi inicialmente marcado pela frustração político-ideológica da volta à democracia com a morte de Tancredo Neves. Ocupando o posto de vice-presidente, Sarney foi o primeiro civil a tomar posse do governo presidencial após os anos da ditadura. Historicamente ligado às tradicionais oligarquias nordestinas, o governo José Sarney tinha a difícil missão de recuperar...

    3281  Palavras | 14  Páginas

  • A política externa de sarney à itamar

    FERRARI THAMIRES MIRANDA A POLÍTICA EXTERNA DE SARNEY A ITAMAR Trabalho acadêmico apresentado à disciplina de Política Externa Brasileira III do Curso de Relações Internacionais do Centro Universitário de Vila Velha, como requisito para avaliação. Orientador: Profº Leonardo Dutra VILA VELHA 2013 Sumário Introdução.......................................................................................4 A Política Externa de José Sarney..................................................

    2122  Palavras | 9  Páginas

  • O governo de sarney - principais pontos

    ganhou força. Mas foi no governo de João Figueiredo (1979-1985) que o país passou para os civis, após anos de frustração. Em 1985, Tancredo Neves foi eleito pelo Colégio Eleitoral com 480 votos contra 180 de Paulo Maluf que representava a ditadura. Na véspera da posse de Tancredo em 14 de março de 1985, ele foi internado. No dia seguinte, José Sarney tomou posse interinamente até que o titular assumisse. Em 21 de abril de 1985, Tancredo falece aos 75 anos de idade, e José Sarney tornou-se presidente...

    4043  Palavras | 17  Páginas

tracking img