O Que Não Podemos Pressupor Com A Frase Julinha Foi Min artigos e trabalhos de pesquisa

  • comunicação e expessao 2

    ilustração é do site “Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses. Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Respostas: a. O texto sugere o contexto constituído do tsunami ocorrido no Japão em março de 2011 e as consequências: restos de madeira, casas...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • Questionário Unidade II - Comunicação e Expressão - UNIP

    peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Resposta Selecionada:  c.  Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta:  c.  Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa...

    1569  Palavras | 7  Páginas

  • trabalho colar

    Salvar e Enviar 0,5 pontos Pergunta 1 Salvar resposta a. Pela expressão feliz do pinheiro, ele não gosta da época natalina. b. Pela distância entre os pinheiros que conversam e os outros no fundo da tira, os pinheiros que conversam são contrários aos outros pinheiros, que gostam do Natal. c. Pelos cortes dos pinheiros, o pinheiro que fala está aliviado por não ter sido cortado para se tornar árvore de Natal. d. Pela expressão feliz do pinheiro, ele gosta da época natalina...

    1589  Palavras | 7  Páginas

  • Comunicaçao e expressao 5369-40-sei cct0712-20122

    peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa...

    1463  Palavras | 6  Páginas

  • COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO UNID II

    Revisar envio do teste: Questionário Unidade II   Autoteste O aluno responde e o resultado do aluno não é visível ao professor. Pergunta 1 1 em 1 pontos . Resposta Resposta Selecionada:  a.  O leitor reconhece nessa charge o contexto imediato, pois é fácil recuperar a qual notícia esta charge se vincula. Resposta Correta:  a.  O leitor reconhece nessa charge o contexto imediato, pois é fácil recuperar a qual notícia esta charge se vincula. Feedback da resposta: ...

    1419  Palavras | 6  Páginas

  • COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO - UNIP - UNIDADE II

    está na cor vermelha. inlineImageLabel CE_II-2012-5.JPG Resposta Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Resposta Correta: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa...

    1668  Palavras | 7  Páginas

  • COMUNICA O SOCIAL UNIDADE II QUESTION RIO RESOLVIDO

    um enunciado com pressuposição. a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” Comentário: Pelo enunciado podemos deduzir que Pedro batia na mulher. Resposta Letra: (B). “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 2 O gênero textual divulgação científica: a. Tem função social de entretenimento e não apenas educativa. b. Tem função essencialmente socioeducativa. c. É exclusivamente...

    1782  Palavras | 8  Páginas

  • Comunicação e expressão ii

    ilustração é do site “Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses. Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Correta: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico...

    1366  Palavras | 6  Páginas

  • Questionario unidade II Comunicaçao e expressão

    QUESTIONARIO 1. A ilustração é do site “Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses. Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha. c) Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Obs.: O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento...

    1202  Palavras | 5  Páginas

  • CE COMUNICA O E EXPRESS O

    conhecimentos básicos, como o da língua (seja portuguesa, espanhola etc.), de mundo e interacional.  Pergunta 3 0,5 em 0,5 pontos Assinale a alternativa em que não ocorre polissemia Resposta Selecionada: e. . Respostas: a. . b. . c. . d. . e. . Feedback da resposta: Correto: “e”. Trata-se de erro ortográfico, e não de duplo sentido  Pergunta 4 0,5 em 0,5 pontos Resposta Selecionada: b.  Apenas a II é correta. Respostas: a.  Apenas a I é correta. b...

    3454  Palavras | 14  Páginas

  • Fazer teste: Questionário Unidade II (2014/2)

    O que não podemos pressupor com a fraseJulinha foi minha primeira filha.” a. Eu tenho outras filhas. b. Julinha é a filha mais velha. c. Eu não tenho filhos. d. As outras filhas nasceram depois da Julinha. e. Eu tenho filhos. 0,5 pontos Pergunta 2 O gênero textual divulgação científica: a. Tem função social de entretenimento e não apenas educativa. b. Tem função essencialmente socioeducativa. c. ...

    1401  Palavras | 6  Páginas

  • comunicação e expressão

    ” b.  “Pedro não parou de bater na mulher.” c.  “Declaro aberta a sessão.” d.  “Estou com uma enxaqueca!” e.  “João quebrou um prato.”     0,5 pontos    Pergunta 3 1. O gênero textual divulgação científica: a.  Tem função social de entretenimento e não apenas educativa. b.  Tem função essencialmente socioeducativa. c.  É exclusivamente uma forma de entretenimento. d.  Apresenta ensinamentos, por isso não poder ser uma forma...

    1339  Palavras | 6  Páginas

  • A ilustração do site "tsunami...

    | | | | | |[pic] c.  | | | | | |Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre | | | | | |tsunami para a construção de sentido do discurso. | | | | | | ...

    1665  Palavras | 7  Páginas

  • Comunicação e expressão

    mudanças climáticas nas quatro principais culturas consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção do trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor do que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar junto com a temperatura global. Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e bolachas – sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão...

    1451  Palavras | 6  Páginas

  • Comunicação e expressão

    dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso Angeli. Observe-a e indique...

    1285  Palavras | 6  Páginas

  • Questionario ii comunicação e expressão

    alagamento. | | b. | É possível perceber a nacionalidade pelo formato do cabelo do jovem, pela mascote em sua mão e pelo círculo vermelho, que sugere a bandeira nacional japonesa. | | c. | Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. | | d. | O texto permite a identidade ideológica do autor, que revela a destruição dos aspectos materiais, mas abre discussão para o salvamento...

    1451  Palavras | 6  Páginas

  • questionario II

    a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” 0,5 pontos Pergunta 4 a. Pela expressão feliz do pinheiro, ele não gosta da época natalina. b. Pela distância entre os pinheiros que conversam e os outros no fundo da tira, os pinheiros que...

    1377  Palavras | 6  Páginas

  • COMUNICAÇÃO E EXPRESSAO UNIDADE II

    1 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” 0,5 pontos Pergunta 2 Leia o texto abaixo: Aquecimento global pode acabar com o pão...

    1378  Palavras | 6  Páginas

  • Fazer teste: Questionário Unidade II (2014/2)

    mudanças climáticas nas quatro principais culturas consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção do trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor do que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar junto com a temperatura global. Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e bolachas – sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão francês...

    1309  Palavras | 6  Páginas

  • comunicação e expressão

    Pergunta 1 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. a. “Eu vos declaro marido e mulher.” b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” e. “João quebrou um prato.” 0,5 pontos Pergunta 2 a. No mundo dos negócios, o predomínio é masculino. Nesse...

    1284  Palavras | 6  Páginas

  • comunicaçaõ e expressão

    alagamento. b. É possível perceber a nacionalidade pelo formato do cabelo do jovem, pela mascote em sua mão e pelo círculo vermelho, que sugere a bandeira nacional japonesa. c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. d. O texto permite a identidade ideológica do autor, que revela a destruição dos aspectos materiais, mas abre discussão para o salvamento...

    1377  Palavras | 6  Páginas

  • 2 semestre unip

    foi: A) o pensamento grego e as guerras púnicas influenciaram decisivamente na constituição da sociologia; B) as revoluções burguesas inglesas foram fundamentais para que a sociologia se fundamentasse como ciência; C) a revolução francesa não constituiu um fator importante para o pensamento ocidental e o surgimento da sociologia; D) a revolução industrial e a revolução francesa foram fundamentais para a instalação da sociedade capitalista e o surgimento da sociologia; E) o movimento...

    2546  Palavras | 11  Páginas

  • sociais

    b. “Pedro não parou de bater na mulher.” c. “Declaro aberta a sessão.” d. “Estou com uma enxaqueca!” “João quebrou um prato.” e. Feedback da resposta: Comentário: Pelo enunciado podemos deduzir que Pedro batia na mulher. Pergunta 2 , O que não podemos pressupor com a fraseJulinha foi minha primeira filha.” Respostas: a. Eu tenho outras filhas. b. Julinha é a filha mais velha. c. Eu não tenho filhos. d. As outras filhas nasceram depois da Julinha. Eu tenho filhos...

    2701  Palavras | 11  Páginas

  • Comunicação e expressão

    COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO Revisar envio do teste: Questionário Unidade II Conteúdo Usuário | GREICY ROSA | Enviado | 27/11/11 21:02 | Status | Completada | Resultado | Avaliação não disponível.   | Instruções | | Autoteste | O aluno responde e o resultado do aluno não é visível ao professor. | * Pergunta 1 | | | Leia o texto abaixo:Aquecimento global pode acabar com o pão francêsDébora Spitzcovsky 16 de maio de 2011Já pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o...

    3615  Palavras | 15  Páginas

  • Comunicação e Expressão

    há o conhecimento do léxico. Indique a expressão em que o numeral indica quantidade: a.  Revólver trinta e oito. b.  Gol mil. c.  Dois litros. d.  Ouro dezoito e.  Álcool noventa. Pergunta 2 1. Assinale a alternativa em que não ocorre polissemia a. b. c. d. faltou a imagem E- alternativa certa E Pergunta 3 1. A seguir, temos o início do Hino Nacional na versão original e na ordem direta: A versão no original... ... e na ordem direta Ouviram do Ipiranga as...

    2336  Palavras | 10  Páginas

  • Ciências Sociais questionário 2

    Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 0,5 em 0,5 pontos   A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição.   Resposta Resposta Selecionada:  b.  “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 0,5 em...

    977  Palavras | 4  Páginas

  • comunicação e expressão

    elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 0,5 em 0,5 pontos A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: b. “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta...

    1001  Palavras | 5  Páginas

  • 2 semestre unip

    foi: A) o pensamento grego e as guerras púnicas influenciaram decisivamente na constituição da sociologia; B) as revoluções burguesas inglesas foram fundamentais para que a sociologia se fundamentasse como ciência; C) a revolução francesa não constituiu um fator importante para o pensamento ocidental e o surgimento da sociologia; D) a revolução industrial e a revolução francesa foram fundamentais para a instalação da sociedade capitalista e o surgimento da sociologia; E) o movimento...

    2546  Palavras | 11  Páginas

  • Instituiçao Juridica e Etica

    19 minutos. Instruções Autoteste O aluno responde e o resultado do aluno não é visível ao professor. Pergunta 1 .0,5 em 0,5 pontos A ilustração é do site “Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses. Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha. Resposta Resposta Selecionada: c. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção...

    1003  Palavras | 5  Páginas

  • Questionário 2 comunicação e expressão

    Resposta Selecionada: C.  Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: B. “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso...

    981  Palavras | 4  Páginas

  • Aps-2º semestre unip

    histórico foi:   A) o pensamento grego e as guerras púnicas influenciaram decisivamente na constituição da sociologia; B) as revoluções burguesas inglesas foram fundamentais para que a sociologia se fundamentasse como ciência; C) a revolução francesa não constituiu um fator importante para o pensamento ocidental e o surgimento da sociologia; D)  a revolução industrial e a revolução francesa foram fundamentais para a instalação da sociedade capitalista e o surgimento da sociologia; E) o movimento sindical...

    2348  Palavras | 10  Páginas

  • 2 semestre unip

    foi: A) o pensamento grego e as guerras púnicas influenciaram decisivamente na constituição da sociologia; B) as revoluções burguesas inglesas foram fundamentais para que a sociologia se fundamentasse como ciência; C) a revolução francesa não constituiu um fator importante para o pensamento ocidental e o surgimento da sociologia; D) a revolução industrial e a revolução francesa foram fundamentais para a instalação da sociedade capitalista e o surgimento da sociologia; E) o movimento...

    2546  Palavras | 11  Páginas

  • Comunicação e Expressão

    Resposta Selecionada: C. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Pergunta 2 A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com pressuposição. Resposta Resposta Selecionada: B. “Pedro não parou de bater na mulher.” Pergunta 3 Abaixo temos uma charge do famoso Angeli...

    1169  Palavras | 5  Páginas

  • comunicação expressão

    acima, podemos considerar: Resposta Resposta Selecionada:  b.  Os sujeitos (as margens plácidas/o sol da Liberdade) das orações são facilmente identificáveis em ambas as versões. Resposta Correta:  c.  A ordem indireta é um recurso poético e causa dificuldade para o entendimento do texto. Pergunta 2 0 em 0 pontos Analise a figura abaixo e assinale a alternativa correta: Resposta Resposta Selecionada:  d.  A figura não é um texto, porque não possui informação...

    2423  Palavras | 10  Páginas

  • questionário I - Comunicação e Expressão

    poemas abaixo para indicar a resposta correta.  Quadrilha  João amava Teresa que amava Raimundo  que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili  que não amava ninguém.  João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,  Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,  Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes  que não tinha entrado na história.  ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980.  Quadrilha da sujeira  João joga um palitinho...

    1769  Palavras | 8  Páginas

  • Questionário I – Comunicação & Expressão – Unip

    poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980. Quadrilha da sujeira João joga um palitinho de...

    1769  Palavras | 8  Páginas

  • COMUNICAÇÃO E EPRESSAO

    Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980. . I. Apesar do título e dos nomes semelhantes, não existe intertextualidade na relação entre os dois poemas, uma vez que o texto de Azevedo não recupera tematicamente o poema...

    3021  Palavras | 13  Páginas

  • Gabarito Comunicação e expressão - NP2

    imagem, o texto não exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de sentido do discurso. Feedback da resposta: Resposta correta: alternativa C. O texto tem um contexto imediato e exige do leitor conhecimento social, histórico, sobre o assunto do texto. Somente com esse conhecimento o leitor terá de fato compreensão sobre o que lê. 2. Resposta  Resposta Selecionada: b. “Pedro não parou de bater na mulher.” Resposta Correta: b. “Pedro não parou de bater...

    611  Palavras | 3  Páginas

  • Questionario De Comunica Ci Ncias

    natureza coletiva de tal modo que as consciências individuais aparecem subordinadas ao pensamento orientado por regras compartilhadas por um determinado grupo social. Isso significa que:   a. Apesar de cada indivíduo possuir uma consciência individual, não é possível afirmar que exista uma consciência coletiva capaz de resultar em maneiras padronizadas de comportamento no interior de cada sociedade. b. A consciência coletiva estaria espalhada por toda sociedade, impondo-se sobre as vontades individuais...

    6316  Palavras | 26  Páginas

  • Comunica Ao E Expressao 1 E 2 1

    Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta. Quadrilha João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980. Quadrilha da sujeira João joga um palitinho de sorvete...

    2139  Palavras | 9  Páginas

  • Geração Trianon

    GERAÇÃO TRIANON Texto elaborado por Anamaria Nunes a partir de frases, expressões, citações e situações da nossa História Teatral nas décadas de 10, 20 e 30. PERSONAGENS Empresário: Marcelo Esposa do empresa Ensaiador: Gionava Assistente de direção: Rafael Esse menino: Kiara Doutor: Leonardo Ponto: Marina 1ª atriz (D. Isaurinha): Georgia 2ª atriz (Julinha): Giulia Ator 1: Alexia Autor 2: Julio Mocinha: Joyce Tonico/ Quintino/ Pintor: ( novo nome: Tina): Larissa Mota: Willian Osvaldo:...

    12938  Palavras | 52  Páginas

  • estágio não obrigatório

    UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO-UNISA DIGITAL CURSO PEDAGOGIA Nome: RAQUEL APARECIDA DA SILVA RA Curso: _PEDAGOGIA_ Módulo/Semestre: Polo/Campus: CAPÃO BONITO-SP MODALIDADE: ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO INTRODUÇÃO: O presente relatório de estágio não obrigatório da Universidade Santo Amaro para cumprimento das horas de atividades complementares exigidos como parte obrigatória para o obtenção do Título de Pedagoga. A formação oferecida pelo curso de licenciatura em Pedagogia da Universidade...

    2099  Palavras | 9  Páginas

  • O meu ex me pediu um tempo e ele nao tirou do face relacionamento serio ele se preocupa com migo.

    Perry” que sonha em atuar no teatro se remete a vida enquanto ela ainda lhe oferece possibilidades de aproveitar cada momento,   que tem uma relação direta com uma frase que é o lema na trama “CARPIE DIEM”, que significa “APROVEITE O DIA”, a frase é sacrificada pela morte do personagem que comete suicídio. VC COPIOU DA INTERNET EU ACHO Q NÃO É ISTO EU UM PARECIDO COM ESTE SO Q ESTA TUDO DENTRO DE UMA CAIXA DIFICIL MESMO DE MEXER 4 Local,circunstancias e estruturas gestão escolar marcante em que...

    2008  Palavras | 9  Páginas

  • Informações implícitas em textos

    certas informações são transmitidas explicitamente, enquanto outras o são implicitamente, estão pressupostas ou subentendidas. Um texto diz coisas que parece não estar dizendo, porque não as mente. Uma leitura eficiente precisa captar tanto as informações quanto as implícitas. Um leitor perspicaz é aquele capaz de ler nas entrelinhas. Se não tiver essa habilidade, passará por cima de significados importantes ou — o que é bem pior — concordará com idéias ou pontos de vista que rejeitaria se percebesse...

    1814  Palavras | 8  Páginas

  • não tenho

    TCC nota 10 Para muita gente, o grande vilão do ensino é o Trabalho de Conclusão de Curso. No entanto, com método e dedicação, você vai perceber que esse caminho não é tão difícil de se percorrer. Curso, mais conhecido como TCC. Essa fase, ao contrário do que a maioria pensa, pode ser menos martirizante. Fácil, evidentemente, não será. Mas, com a ajuda de algumas regras básicas, diversos obstáculos podem ser evitados, deixando o caminho a ser percorrido mais tranqüilo. Primeiros passos Se o...

    4812  Palavras | 20  Páginas

  • Trabalho de Conclusão de Curso: Usabilidade Online (não terminado)

    procurem por um espaço virtual. Mas apenas colocar suas informações em uma página online não é o suficiente para conquistar mais clientes e trazer novos resultados. O design é apenas a “ponta do iceberg” quando falamos em usabilidade. Claro que a aparência influencia, mas não resolve a grande maioria dos problemas. Não adianta ter um site esteticamente agradável com páginas extremamente pesadas e links de páginas que não existem. Na web, a usabilidade é um fator crucial de sobrevivência. Se um website...

    19179  Palavras | 77  Páginas

  • comunicacao_2

    em média quatro livros por ano e completa a leitura em apenas 2,1 desses livros. Além disso, 50% dos entrevistados se definiram como não leitores. A média, se comparada a outros países, é muito baixa. Quantos livros você pretender ler neste ano? Visto que o nosso tema é leitura, vamos começar pela definição. O que é ler? Ao contrário do que se acredita, leitura não é apenas uma decodificação de palavras. A leitura é interpretação, compreensão, deduções, inferências, transformação de significados...

    6432  Palavras | 26  Páginas

  • Operadores argumentativos

    argumentatividade dos enunciados, introduzir um significado à frase além de estabelecer conexão entre elas. Eles podem ser conjunções, conectivos, advérbios, e até mesmo palavras que não se encontram em nenhuma das dez classes gramaticais. Esses operadores são importantes tanto para a leitura e produção de textos, pois são eles que apresentam as pistas para a interpretação do texto para o leitor. Dependendo do valor e sentido argumentativo desses operadores, podemos clássificá-los em vários grupos. Vejamos os principais: ...

    671  Palavras | 3  Páginas

  • Teoria dos atos próprios

    Carta Política. Com o advento do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078/90), que dá concretude e materialização aos comandos constitucionais, foi a boa-fé objetiva consagrada. A propósito, lembra Nelson Nery Júnior que: "Embora o CC de 1916 não contivesse preceito expresso sobre a boa-fé como regra geral que deve presidir as relações civis, essa circunstância decorria dos princípios gerais do direito. O princípio da boa-fé é, agora, positivado pelo CDC 4º, caput e III, bem como pelo CDC 51...

    3496  Palavras | 14  Páginas

  • porque Não ensinar gramatica na escola

    SÍRIO POSSENTI POR QUE (NÃO) ENSINAR GRAMÁTICA NA ESCOLA DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO (CIP) (CÂMARA BRASILEIRA DO LIVRO, SP, BRASIL) _________________________________________________________________ Possenti, Sírio Por que (não) ensinar gramática na escola / Sírio Possenti — Campinas, SP : Mercado de Letras : Associação de Leitura do Brasil, 1996. (Coleção Leituras no Brasil) ISBN 85 85725-24-9 1. Português - Gramática - Estudo e ensino I. Título II. Série. ...

    25324  Palavras | 102  Páginas

  • Apostila Comunicação e Expressão 2014

    .....................................................................22 7. Por que as articulações estalam? ........................................................................................................................25 8. Eu sei, mas não devia - Marina Colassanti .........................................................................................................32 9. Onde Fica o WC? – Autor Anônimo..................................................................................

    23993  Palavras | 96  Páginas

  • Quem ama não adoece

     As vezes sou questionando sobre a razão de abordar temas atuais que não guardam relação direta com a história da filosofia, porém, a filosofia não é a sua história, filosofar é analisar os problemas fugindo do óbvio, é lançar indagações, perguntas, ir a fundo em todos os assuntos. E foi assim que esta começou e proporcionou todo o desenvolvimento do ser humano, tanto social com cientifico. A filosofia diferente da ciência não possui um método, muitos podem dizer que o método filosófico é o dialético...

    4662  Palavras | 19  Páginas

  • trabalhos

    Janeiro! - exclamou Evaristo, pousando o chapéu, com ar de triunfo. - É como lá diz o outro: - quem espera... Eu nunca me enganei com o Luís... nunca! Saíam-lhe em jorro as palavras, num tom quente de vitória, de aclamação, de regozijo. Adelaide não o compreendeu logo, e, sem o compreender, exultava diante da intempestiva alegria do marido, com os olhos nele, ansiosa. - Que é, homem de Deus, que foi... Que mistério! - Nada, filha, nada; estamos aqui, estamos no Rio de Janeiro - ouviste? - no...

    44014  Palavras | 177  Páginas

  • DAPHNE, VERA E JOSEPHINE: devir feminino para ser e estar nas telas

    bomba caindo ao chão, deparam-se com Joe e Jerry, escondidos atrás de um dos carros, testemunhando os assassinatos. Os tiros disparados atingem o contrabaixo de Jerry. Spats Colombo, ordena que saiam detrás do carro. Spats não vê outro jeito de contornar a situação a não ser matar também os dois músicos. Quando estão na eminência de ser assassinados, Toothpick Charlie consegue chegar ao telefone e acionar a polícia, mas faz barulho fazendo com que os mafiosos do bando de Spats se voltem para...

    5650  Palavras | 23  Páginas

  • Principais teorias da filosofia da linguagem

    da interpretação, da tradução, de aspectos lingüísticos do pensamento e da experiência. Os filósofos da linguagem se ocupam muito do que significam palavras ou frases individuais. Qualquer dicionário ou enciclopédia podem resolver o problema do significado das palavras. O mais interessante é o que significa para uma palavra ou frase significar alguma coisa. A filosofia da linguagem esta dividida em duas partes: uma mais estrita e a outra mais ampla. Na mais estrita a linguagem ela é considerada...

    1742  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha - o lixo não é apenas lixo

    O LIXO NÃO É APENAS LIXO DIONET, Marcos. O lixo é um tesouro: Um monte de novidade sobre um monte de lixo. 6 ed. Rio de Janeiro: CIMA – Centro de cultura, informação e meio ambiente, 1997. xp. O livro O lixo é um tesouro: Um monte de novidade sobre um monte de lixo de Marcos Dionet pode-se perceber que o autor tenta de certa forma mostrar que o lixo não é apenas um lixo, algo que simplesmente não serve para nada. E, sim, que com a coleta seletiva podemos reaproveitar muitas coisas, como restos...

    879  Palavras | 4  Páginas

  • Ensaio sobre eduard bernstein

    Books, 1967), pp. 141- 7 Introdução: Este ensaio tem o objectivo de mostrar como a questão, “Qual o princípio da democracia?” que Bernstein levanta na sua obra é analisada de forma penetrante e respondida de forma ampla, subtil e engenhosa. Não podemos falar deste autor sem primeiro fazer uma breve alusão à sua vida. Bernstein (1850-1932), para além de político foi, também, um teórico político alemão. Juntou-se ao SPD (Sozialistische Partei Deutschland), aos vinte e dois anos de idade, e esteve...

    945  Palavras | 4  Páginas

  • filomitos

    Trabalho de Introdução a filosofia Os Milesianos Questão 1 – A partir da frase do 3º parágrafo do texto, o co-autor tem tendências ao orientalismo ou ao milagre grego? “Tales, o fundador desse tipo de Filosofia, [isto é, que considera apenas os princípios materiais das coisas,] afirma que o princípio originário das coisas é a água (motivo por que declarou ele que a terra flutuava na água)... Daí, a velha tradição que remonta a Aristóteles, segundo a qual teria sido Tales o primeiro filósofo...

    816  Palavras | 4  Páginas

  • O LIVRO DE ESTER

    a vitória dos judeus (8.1-9.16) F-A instituição da festa de purim (9.17-32) A providência de Deus na elevação de Mardoqueu (10.1-3). Autor: A pessoa que escreveu é desconhecida, mas podemos pressupor que foi escrito por algum judeu, que conhecia os costumes e as linguagens dos persas, contudo podemos ir mais profundo a pessoa que escreveu pode ter sido uma pessoa que tinha acesso aos arquivos reais, pois muito dos acontecimentos foram registrados. Destinatário: Foi escrito para demonstrar...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Etica E Relacoes Humanas No Trabalho Tema 01

    “Como vou aprender mais se eu não chegar às respostas corretas?”, nós vamos argumentar: muitas vezes, criar as melhores perguntas nos faz aprender mais do que simplesmente ler respostas preestabelecidas. E então, está disposto(a) a aceitar este desafio? Vamos embarcar juntos nesta viagem pelas questões da ética? Vamos lá! Para começarmos, vamos lançar a seguinte questão: Será que existe um conceito universal sobre ética? Na verdade, a ética habita nosso cotidiano. Não há como escaparmos deste assunto...

    6292  Palavras | 26  Páginas

tracking img