• Joinville
    , que é bem mais ampla, como se verá na seção 3 deste artigo. Embora, como assinala Dimitri Dimoulis, o pós-positivismo brasileiro não se identifique com o póspositivismo germânico, redutível ao pensamento de Müller. (Vide DIMOULIS, 2006). Anais do IX Simpósio Nacional de Direito Constitucional...
    18882 Palavras 76 Páginas
  • Positivismo jurídico no século xix: relações entre direito e moral do ancien régime à modernidade
    Modernidade e seu laicismo que separa moral (religião) e política acolheu a ideia, ante uma grande polêmica que está longe de se dissipar, da separação entre direito e moral. Para o positivismo jurídico o conceito de direito tem que ser definido prescindindo-se de seu conteúdo e não como estabelecer...
    19745 Palavras 79 Páginas
  • Neo constitucionalismo - da net
    redemocratização. g) O marco filosófico do neoconstitucionalismo gira em torno do pós-positivismo, pelo qual os princípios jurídicos passam a ter aplicação meramente secundária, como forma * Trabalho publicado nos Anais do XIX Encontro Nacional do CONPEDI realizado em Fortaleza - CE nos dias 09...
    8556 Palavras 35 Páginas
  • teoria geral do direito
    a sociedade que a sua visão de mundo * Trabalho publicado nos Anais do XIX Encontro Nacional do CONPEDI realizado em Fortaleza - CE nos dias 09, 10, 11 e 12 de Junho de 2010 8480 e seus padrões de comportamento econômico-social eram modernos e que deveriam, por isso, se generalizar e se...
    7538 Palavras 31 Páginas
  • Direito achado na rua
    heterogêneo de hábitos semiológicos de referência"[29], contemporaneamente representado por uma ideologia das formas jurídicas. * Trabalho publicado nos Anais do XIX Encontro Nacional do CONPEDI realizado em Fortaleza - CE nos dias 09, 10, 11 e 12 de Junho de 2010 5898 O senso comum teórico dos...
    3213 Palavras 13 Páginas
  • A Pré-História da História
    isso. A revisão da "escola francesa" Também conhecida como Escola dos Anais, abre, embora sem uma unidade teórica, um campo mais amplo de análise, além do limitado positivismo. Ao invés do estudo dos fatos singulares, procuram chamar atenção para a análise de estruturas sociais, como econômica...
    1515 Palavras 7 Páginas
  • Perspectivas do direito: teorias pós-positivistas
    -Positivismo É inegável que a Primeira Grande Guerra e os regimes totalitários abalaram o mundo. Principalmente o regime nazista de Hitler, marco principal de um racionalismo desumano. Um regime atroz. Apesar de todo um aparato teórico e científico, embasado por grandes filósofos e apoiado...
    2569 Palavras 11 Páginas
  • Do positivismo à nova história: compreendendo os conceitos de tempo e espaço no estudo da história
    DO POSITIVISMO À NOVA HISTÓRIA: COMPREENDENDO OS CONCEITOS DE TEMPO E ESPAÇO NO ESTUDO DA HISTÓRIA O termo “história” na Língua Portuguesa e nas línguas latinas de um modo geral nos remete a três sentidos distintos. O primeiro, mais generalizado, refere-se ao conjunto das ações humanas no...
    2920 Palavras 12 Páginas
  • Fichamento Bobbio
    UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE DIREITO FICHAMENTO DO TEXTO “O POSITIVISMO JURÍDICO COMO ABORDAGEM AVALORATIVA DO DIREITO”, DE NOBERTO BOBBIO. RECIFE 2011 FICHAMENTO DO TEXTO “O POSITIVISMO JURÍDICO COMO ABORDAGEM...
    4410 Palavras 18 Páginas
  • Positivismo
    corrente contrária ao positivismo e diferente do marxismo, contudo articula entre uma e outra dentro das ciências sociais. Na escola historicista, o sujeito (historiador) tem um contato direto com seu objeto de estudo, não se afastando do mesmo, pois ambos se “refletem entre si”. MATERIALISMO HISTORICO...
    2852 Palavras 12 Páginas
  • filosofia no brasil
    fora. Daí a história da filosofia no Brasil ser, em geral, uma história da penetração do pensamento alheio nos recessos de nossa vida especulativa, ser, em suma, a narrativa do grau de compreensão da nossa capacidade de assimilação nas diferentes épocas e do nosso quociente de sensibilidade...
    22638 Palavras 91 Páginas
  • Exploradores de caverna
    jogo era um juízo de valor que se fazia das leis do Estado. Foster acredita que se o tribunal condenar aos exploradores o tribunal será condenado pelo senso comum da comunidade. Foster vê inocência nos réus. Não possibilidade de aplicação de um direito positivo estrito, porque a situação aflitiva...
    1741 Palavras 7 Páginas
  • ESTRUTURALISMO E HERMENÊUTICA
    estrutura. (BARTHES, 1967). Não esquecendo que o estruturalismo é uma corrente plural e que foi configurada de distintas maneiras nas diferentes disciplinas das ciências humanas faremos um esforço para apontar alguns pontos em comum: A) Comecemos pelo conceito de estrutura. Nas palavras de Piaget...
    4481 Palavras 18 Páginas
  • direito
    universalização dos fenômenos econômicos entendidos como comuns a qualquer forma de sociabilização14 (TEIXEIRA, 2003). 9 Conforme será explicitado, coerência também com o positivismo, o qual é avesso à metafísica. Subsequentemente outros elementos que auxiliaram nesta mudança serão melhor...
    27584 Palavras 111 Páginas
  • Administração
    intenções distintas que cada uma apresenta – de serem vertentes epistemológicas resistentes e alternativas ao positivismo lógico. Mas praticamente param aí as suas semelhanças, tal como a física newtoniana e a física quântica, que têm em comum a crença em leis abstratas que governam a natureza e o...
    9613 Palavras 39 Páginas
  • Quem são os participantes da educação no brasil ?
    . In Tecendo Saberes. Rio de Janeiro: Diadorim-UFRJ / CFCH. | |            _________ . (1996). Social representations of street children, resumo publicado nos Anais da Terceira Conferência | |Internacional sobre Representações Sociais, realizada em Aix...
    3466 Palavras 14 Páginas
  • Como fazer uma resenha
    paradigma qualitativo na década de oitenta. Inicialmente, caracteriza a abordagem qualitativa por oposição ao positivismo, visto muitas vezes de maneira ingênua. Wolcott denuncia a confusão na área, Lincoln e Guba denominam o novo paradigma de construtivista e Patton capta o que de mais geral entre...
    3724 Palavras 15 Páginas
  • educação
    análise das representações sociais produzidas por meninos trabalhadores e meninos de rua. In Tecendo Saberes. Rio de Janeiro: Diadorim-UFRJ / CFCH.             _________ . (1996). Social representations of street children, resumo publicado nos Anais da Terceira Conferência Internacional sobre...
    3370 Palavras 14 Páginas
  • Projeto de pesquisa em geografia
    , portanto, calcada na ideologia igualmente dominante. Nas ciências sociais, as possibilidades metodológicas são inúmeras. Desde o empirismo (que busca a cientificidade na observação e no trato experimental dos fenômenos); o positivismo (na verdade, positivismos, devido a várias versões...
    3493 Palavras 14 Páginas
  • Resenha critica
    abordagem qualitativa por oposição ao positivismo, visto muitas vezes de maneira ingênua. | |Wolcott denuncia a confusão na área, Lincoln e Guba denominam o novo paradigma de construtivista e Patton capta o que de mais | |geral entre as modalidades incluídas nessa abordagem, indicando...
    3388 Palavras 14 Páginas