O Que É Terapia Psicanalista Freud artigos e trabalhos de pesquisa

  • Anna freud

    Anna Freud, pioneira na psicanálise infantil. Conhecida como uma das personalidades mais importantes da psicanálise infantil, Anna Freud a mais nova dos três filhos de Martha e Sigmund Freud foi a única a seguir os passos do pai no campo da psicanálise, sendo intérprete e defensora constante de suas teorias. Por ter vivido durante praticamente todo o século XX, Anna Freud pôde observar as mudanças no mundo e, conseqüentemente, no comportamento da sociedade. Nasceu em Viena, em 3 de dezembro de...

    2751  Palavras | 12  Páginas

  • AS 10 FUNÇOES DO PSICANALISTA

    AS 10 NOVAS FUNÇÕES do PSICANALISTA no SECULO XXI (Artigo compilado com os principais psicanalistas da Europa – América – Mercosul) O PSICANALISTA como: 1-PSICANALISTA – 2-TERAPEUTA – 3-MEDIAÇÃO DE CONFLITOS – 4-DROGADICÇÃO – 5-TERAPIA FAMILIAR – 6-TERAPIA COMUNITARIA – 7-COACHING – 8-COUNSELING – 9-MENTORING – 10-TERAPIA INTERDISCIPLINAR. A FUNÇÃO DO PSICANALISTA como: 1- O PSICANALISTA como PROFISSIONAL da ESCUTA: Aquele que é especialista na escuta. O psicanalista não só se define como aquele...

    2115  Palavras | 9  Páginas

  • Perls e a gestalt terapia

    Friederich Salomon Perls, conhecido também como Fritz Perls e sua abordagem psicoterapêutica que chamou de Gestalt-terapia. Fritz Perls, era alemão, formou-se em medicina na Alemanha em 1920 e especializou-se em psiquiatria, praticando inicialmente a Psicanálise. Desiludido com essa prática, dedicou-se a desenvolver a Gestal-terapia como uma nova abordagem psicoterapêutica. A Gestal-terapia é uma linha que traz o indivíduo para o momento presente. Trata de assuntos e conflitos internos no aqui-e-agora...

    998  Palavras | 4  Páginas

  • Linhas de Progresso na Terapia Psicanalitica

     Linhas de Progresso na terapia psicanalítica No texto "Linhas de progresso na terapia psicanalítica", Freud mostra-se disposto a admitir as imperfeições e aprender novas coisas quanto à psicanálise, e, também, alterar métodos, de forma que os possa melhorar. Junto com a classe médica ele formula os passos da terapia psicanalítica: dar ao paciente conhecimento do inconsciente, dos impulsos reprimidos que nele existem e revelar as resistências que se opõem a essa extensão do seu conhecimento...

    2237  Palavras | 9  Páginas

  • Freud e o Inconsciente

    Freud e o Inconsciente Sigmund Freud nasceu a 6 de Maio de 1856 em Freiberg, Morávia, e morreu a 23 de Setembro de 1939 em Londres. Formou-se em medicina e especializou-se em Neurologia, tendo logo a seguir criado a Psicanálise. Em 1881, recebeu o diploma de médico e, inicialmente, arranjou colocação no Hospital de Viena. Mais tarde, optou por trabalhar por conta própria tratando desordens psicológicas. Em 1885, Freud seguiu para Paris, onde se familiarizou com a técnica hipnótica. Contudo, encarou...

    2965  Palavras | 12  Páginas

  • Resenha do Filme Sigmund Freud

    Sigmund Freud foi um verdadeiro explorador da alma humana. Com seus estudos, ele abriu espaço para uma nova forma de enxergar o homem e sua mente. Ele foi um real revolucionário intelectual, trazendo à tona uma forma de doutrina intrigante, que mexia com o íntimo das relações humanas, que fazia da introspecção uma autoajuda anestésica para muitos problemas psicológicos. Assim como um dominador militar conquista territórios com coragem e força, Freud batalhou contra uma cultura inteira, contra valores...

    2635  Palavras | 11  Páginas

  • Freud

    SIGMUND FREUD - O PAI DA PSICANÁLISE Médico neurologista e fundador da psicanálise, Freud apresentou ao mundo oinconsciente e explorou a mente humana. Sigmund Freud ficou conhecido como um dos maiores pensadores do século XX e o pai de muitas das teorias psicanalistas aplicadas atualmente. Freud explorou a psique, desenvolveu uma teoria de personalidade, estudou histeria, neuroses e sonhos, entre tantos trabalhos. Sigmund Freud nasceu em 1856 na pequena cidade de Freiberg, na Morávia, então parte...

    869  Palavras | 4  Páginas

  • Visão crítica de Freud sobre a psicanálise

     Para Freud, psicanálise é o nome de um procedimento para a investigação de processos mentais que são quase inacessíveis por qualquer outro modo, um método para o tratamento de distúrbios neuróticos, e uma coleção de informações psicológicas obtidas ao longo dessas linhas, e que gradualmente se acumulou numa nova disciplina científica. A essa definição elaborada pelo próprio Freud pode ser acrescentada um tratamento possível da psicose e perversão, considerando o desenvolvimento dessa técnica....

    1119  Palavras | 5  Páginas

  • Conceito de transferência por freud

    INTRODUÇÃO O presente trabalho visa abordar um dos conceitos primordiais quando falamos em um processo de análise psicanalítica, a transferência, que é amplamente citada pro Freud ao longo de sua obra. A pesquisa acerca deste tema foi desenvolvida também com a finalidade de facilitar a compreensão da mesma a partir da ótica da ótica de Freud, assim como as suas variações, significados, relações e efeitos no processo de análise. Baseado em Laplanche e Pontalis (1992), podemos ter um panorama geral da história...

    2227  Palavras | 9  Páginas

  • Vínculo e Terapia Psicanalítica

    PRÁTICA DE FORMAÇÃO PESSOAL DP PSICOPEDAGOGO VÍNCULO E TERAPIA PSICANALÍTICA O automatismo de repetição que Freud denomina compulsão de repetição, pode ser entendido no campo da aprendizagem, como dificuldade para realizar um progresso no desenvolvimento do conhecimento, motivada por ansiedades específicas, tanto por dentro como por fora. Quando o aprendizado, em vez de saltar de uma situação a outra, se estanca em círculo fechado, o processo se detem. A análise deve ser centralizada nessa...

    838  Palavras | 4  Páginas

  • Terapia familiar

    HISTÓRIA DA TERAPIA FAMILIAR DISCIPLINA: Psicologia familiar   A família vista como adversário. Terapia influente do séc. XX: Freud e Rogers. Problemas psicológico surgem de interações não sadias com outras pessoas. Tratamento privado entre terapeuta e paciente. Transferência e as relações familiares    TERAPIA INDIVIDUALX TERAPIA FAMILIAR Importância da vida familiar na formação da personalidade  Interiorização das influências (Dinâmica intrapsíquica) força dominante...

    3535  Palavras | 15  Páginas

  • Anna freud e a análise infantil

    ANNA FREUD E A ANÁLISE INFANTIL Anna Freud nasceu no dia 3 de dezembro de 1895, em Viena, na Áustria. Era filha caçula de Sigmund Freud, conhecido por ser o pai da psicanálise. Anna seguiu a carreira do pai e tornou- se analista, e foi a filha preferida dele. Como Anna não tinha beleza nem elegância, teve ciúmes de sua irmã Sophie, e sentia em estado de inferioridade na família, já que se esperava somente dos homens o talento para os estudos. Teve interesse pela psicologia infantil, ensinou...

    700  Palavras | 3  Páginas

  • Freud

    O Filme “Freud Além da Alma” mostra partes da vida de Freud no inicio de sua carreira como médico. É mostrado como Freud faz suas próprias experiências como psicanalista. Logo no inicio do filme Freud interna uma mulher com Histeria, sem ao menos ter consultado os outros médico para ver se eles concordavam. O sintoma de Histeria pode ser identificado tanto em homens quanto em mulheres. Freud começa a pesquisar como surge a histeria, e mostra em sua tese que a histeria é causada por lembranças reprimidas...

    874  Palavras | 4  Páginas

  • Freud - principais conceitos

    COMPULSÃO À REPETIÇÃO Freud tentava explicar os fenômenos psíquicos repetitivos de natureza não prazerosa, que poderiam ocorrer em forma de sonhos repetitivos angustiantes, sintomas masoquistas ou neuroses traumáticas. Então, constatou que essas estranhas repetições, decorriam de uma força pulsional, algo inconsciente que mais tarde chamou de “pulsão de morte”. Descreveu também como sendo fenômenos repetitivos a “neurose do destino”, a “neurose traumática” e a “transferência”...

    896  Palavras | 4  Páginas

  • O trabalho do psicanalista na unidade básica de saúde: como operar com o conceito lacaniano desejo do analista nesta instituição?

    (Saúde Mental), do Centro de Especialidades Divino Ferreira Braga e do Pronto Atendimento Central.. A unidade Alcides Braz oferece os serviços de clínica médica, clínica ginecológica (serviço de coposcopia), clínica pediátrica, serviço social, terapia ocupacional, saúde mental (psicologia e psiquiatria), saúde bucal, serviço de enfermagem, farmácia, EACS, grupos educativos e grupos de convivência em hipertensão arterial. Presta atendimento ambulatorial de pacientes com transtornos mentais severos...

    4533  Palavras | 19  Páginas

  • SIGMUND FREUD

    de 2013 SIGMUND FREUD Freud nasceu em Freiberg, Moravia, no dia 06 de maio de1856 e morreu em setembro de 1939 em Londres. Formado em medicina, este grande nome da psicanálise foi o responsável pela revolução no estudo da mente humana. É conhecido como o "pai da psicanálise". Seus estudos influenciaram muitas áreas do conhecimento humano, inclusive a educação. A obra de Sigmund Freud, centrada inicialmente na terapia de doenças emocionais, também veio contribuir...

    539  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo freud

     Reich e Freud: compatibilidades e incompatibilidades * Ricardo Amaral Rego ** RESUMO São examinadas as convergências e divergências entre as concepções de Freud e Reich. Apesar da ruptura de Reich com a psicanálise, defende-se como útil e importante que a psicoterapia reichiana retome elementos da teoria psicanalítica, como forma de desenvolvimento e aprofundamento. Listam-se temas que terão de ser discutidos e esclarecidos para que isto seja possível, e indicam-se alguns caminhos que possam...

    8053  Palavras | 33  Páginas

  • trabalho de pisicologia da aprendizagem: SIGMUND FREUD

    Linguagem Aluna: Tamilis Ramos Araújo SIGMUND FREUD Freud nasceu em Freiberg, Moravia, no dia 06 de maio de1856 e morreu em setembro de 1939 em Londres. Formado em medicina, este grande nome da psicanálise foi o responsável pela revolução no estudo da mente humana. É conhecido como o "pai da psicanálise". Seus estudos influenciaram muitas áreas do conhecimento humano, inclusive a educação. A obra de Sigmund Freud, centrada inicialmente na terapia de doenças emocionais, também veio contribuir...

    535  Palavras | 3  Páginas

  • 5 IDEIAS DE SCHOPENHAUER QUE ENCONTRAMOS EM FREUD

    IDEIAS DE SCHOPENHAUER QUE ENCONTRAMOS EM FREUD Schopennhauer Freud Mais um texto onde as bases filosóficas nos levariam à uma contra-história da psicologia. Desta vez, nossa intenção é expor de modo sucinto a influência do pensamento de Schopenhauer nas ideias de Freud. Mesmo que a psicanálise se considere uma ciência(?), é de extrema importância analisar quais são as bases filosóficas nas quais Freud se apóia para construir sua teoria. O psicanalista assumiu muitas vezes em sua obra uma postura...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • Sigmund Freud - Pai da psicanalise

    Colégio ... Concepções EstéticaS TOLEDO – PR 2013 Daiane regina – 09 Sigmund Freud Trabalho apresentado como forma de aproveitamento parcial de nota bimestral na disciplina de Filosofia do 3º ano do ___________, Colégio/FACULDADE ______ Orientadora: _______ TOLEDO – PR 2013 A popularização leva à aceitação superficial sem estudo sério...

    6194  Palavras | 25  Páginas

  • A ATUAÇÃO DO PSICANALISTA FORA DA CLÍNICA

    A ATUAÇÃO DO PSICANALISTA FORA DA CLÍNICA A depressão, as neuroses e todas as doenças relacionadas à saúde mental atingem todas as classes sociais, contudo, apenas as esferas sociais mais favorecidas tem acesso fácil a um tratamento psicológico adequado. Em seu texto “Linhas de Progresso de Terapia Psicanalítica”, Freud compara a importância da assistência aos problemas da mente com o tratamento de doenças como a tuberculose, por exemplo, na saúde pública e afirma ainda que é necessário...

    780  Palavras | 4  Páginas

  • Introdução a terapia freudiana

    Universidade da Bíblia Disciplina Introdução A terapia Freudiana Aluno: Gledson rosa Nascimento Introdução a terapia Freudiana A Psicanálise por sua vez tem como o pai da psicanálise segismund freud , que como clinico tratava de mulheres da burguesia que tinha doença dos nervos histeria. Freud utilisava se do método da hipinose no qual conhecendo o médico austríaco, Josef breuer. Por sua vez Freud deixou a hipinose e começou o método da associação livre no qual o paciente...

    1018  Palavras | 5  Páginas

  • Anna Freud, uma vida dedicada ao conhecimento e à criança aconselhamento

    Anna Freud, uma vida dedicada ao conhecimento e à criança aconselhamento Anna Freud, uma vida dedicada à aprendizagem e ao atendimento psicológico de crianças Reyes Vallejo Orellana Departamento psicólogo de Psicologia e Educação da Universidade de Sevilha Endereço para correspondência RESUMO Psicanalista Anna Freud foi a infância, ele tentou continuar o trabalho de seu pai. Este trabalho revisa tanto a sua vida e sua obra mais importante, destacando sua contribuição para a psicologia...

    6185  Palavras | 25  Páginas

  • Psicanalise - Freud

    FREUD E A CRIAÇÃO DA PSICANÁLISE PAULO MARCHON Para que possamos compreender o processo de implantação da Psicanálise no Brasil e o que levou Alcyon B. Bahia e seus colegas do Rio a se analisar em Buenos Aires, nos anos quarenta, é imprescindível uma breve passagem por Freud – o criador da Psicanálise – e os primórdios desta ciência. O resumo sucinto da teoria freudiana, que apresentamos, tem sido objeto de inúmeros estudos e reformulações que os diversos capítulos deste livro irão realçar...

    12439  Palavras | 50  Páginas

  • A importancia da vida de freud

    ESTADO DE PERNAMBUCO Tema: A Importância da vida e obra de FREUD na construção da Psicanálise Curso de Formação de Psicanalista Gedalva Conceição do Nascimento Professor: Dr Reginaldo Rufino Matéria: FREUD-Vida e Obra ...

    2953  Palavras | 12  Páginas

  • Anna Freud

    30 1. 3. Anna Freud: o analista como educador Durante toda sua vida, Anna Freud ocupou-se com a psicanálise, dando especial ênfase ao desenvolvimento teórico e terapêutico da psicanálise de crianças. Sua obra sobre a normalidade infantil é de uma grande contribuição tanto para pais como para educadores. É inegável também a sua influência no desenvolvimento da psicanálise americana, que se estruturou numa corrente pós-freudiana como uma escola da psicologia do ego. A corrente psicanalítica...

    2480  Palavras | 10  Páginas

  • freud

    Psicanálise Alunos: Ana Cecília Priscila Sandro Rogério Solange Freud foi inspirado pelo trabalho do fisiologista Josef Breuer, por seus trabalhos iniciais com a hipnose, que marcaram profundamente os métodos do psicanalista, embora mais tarde ele abandone essa terapêutica (catarse) e a substitua pela livre associação.  Ele também incorporou à sua teoria conhecimentos absorvidos de alguns filósofos, principalmente de Platão e Schopenhauer.  Freud interessou-se desde o início por distúrbios emocionais que...

    839  Palavras | 4  Páginas

  • Psicanálise Pós Freud

    Psicanálise – Pós-Freud Escolas Francesa, Inglesa e Americana Os últimos dez anos de vida de Freud foram um período conturbado, não só para a Psicanálise, mas para o que seria a definição da época em que vivemos. Para o historiador Erick Hobsbawn, é nesse período do entre guerras (1919-1938), que se delineariam as matrizes de uma nova forma de Estado e de sociedade, bem como um novo modo de capitalismo. É um período de reflexão e balanço crítico sobre os destinos do projeto moderno. Momento...

    5150  Palavras | 21  Páginas

  • INTEGRAÇÃO DE FREUD LACAN E JUNG

    DE FREUD LACAN E JUNG 1- INTRODUÇÃO Há uma necessidade de abordar tecnicamente as três grandes correntes da psicanálise. O mundo psicanalítico continua na sua divisão esquizofrênica de entender que o ser humano pode ser interpretado unilateralmente. O psicanalistas freudianos se auto -denominam os verdadeiros psicanalistas e entendem que Freud pode (e deve?) explicar tudo. Os analistas junguianos não ficam por menos e entendem que tudo ser ter a visão junguiana. Chegam o psicanalistas lacanianos...

    5815  Palavras | 24  Páginas

  • freud

    Sigmund Freud NoFonti.svg Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2014). Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo. Encontre fontes: Google — notícias, livros, acadêmico — Scirus — Bing. Veja como referenciar e citar as fontes. Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Freud (desambiguação)...

    6015  Palavras | 25  Páginas

  • Curso de terapia freudiana

    SITES da ANPC: www.anpc.com.br – www.anpcweb.com – www.anpcweb.com.br – www.anpcweb.org - www.anpcweb.org.br - www.anpcweb.net - www.anpcweb.net.br SITE FIPSIT(Federación Interamericana de Psicoanálisis y Terapia Interdisdiplinar): www.fipsit.org CURSO GRATIS DE INTRODUÇÃO DE TERAPIA FREUDIANA 1-HISTORIA DA PSICANALISE Médico vienense, fundador da psicanálise. Nascido em Freiberg, na Moravia (ou Pribor, na República Tcheca), em 6 de maio de 1856.[...] Como clínico, tratava essencialmente...

    15756  Palavras | 64  Páginas

  • Conceitos de Freud

     Análise de transferência Freud decidiu abandonar a hipnose como método de estudo do inconsciente, uma vez que está não proporcionava uma verdadeira cura do paciente, tendo assim a necessidade de elaborar um método próprio de investigação que denominou como psicanálise, este método é constituído por varias técnicas que tem como fim trazer para o consciente o inconsciente, para ajudar o paciência a resolver os seus conflitos e problemas, podendo deste modo ter uma melhor adaptação ao meio...

    1837  Palavras | 8  Páginas

  • Terapia reichiana

    principalmente para as terapias corporais, com relação às quais foi o precursor. Nosso estudo abordará suas principais obras e teorias. Para Wilhelm Reich, a sociedade moderna está fundada na repressão sexual (dos jovens especialmente) e tal repressão cria uma armadura contra o amor, a felicidade e a paz, tanto na sociedade quanto nos indivíduos que a integram. Neste trabalho, encontramos uma esclarecedora visão das idéias daquele que foi o mais radical dos discípulos de Freud e um dos mais combatidos...

    4053  Palavras | 17  Páginas

  • Freud - A alma humana, cap. I, II, IV e VI

    Capítulo I 1. O que facilitou a compreensão do autor da obra de Freud? O que facilitou foi o fato do Bettelheim ter lido as obras originais de Freud; ter sido criado e educado num ambiente com aspectos idênticos a formação de Freud, e ainda assim estar em analise. 2. O que Freud nos revelou em seus escritos? Freud nos revelou como a alma poderia adquirir conhecimento sobre ela mesma e o quanto era importante que pudéssemos conhecer a nós mesmo. Podendo assim lhe dar melhor com o nosso...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • freud criador da psicanalise

    FREUD E A CRIAÇÃO DA PSICANÁLISE PAULO MARCHON Para que possamos compreender o proc esso de implantação da Psicanálise no Brasil e o que levou Alcyon B. Bahia e seus colegas do Rio a se analisar em Buenos Aires, nos anos quarenta, é im prescindível uma breve passagem por Freud – o criador da Psicanálise – e os primórdios desta ciência. O resumo sucinto da teoria freudiana, que apres entamos, tem sido objeto de inúmeros estudos e reformulações que os diversos capítulos deste livro irão...

    6040  Palavras | 25  Páginas

  • Como trabalha um psicanalista

    Catalogação-na-fonte Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ N211c Nasio, Juan-David Como trabalha um psicanalista? J.-D. Nasio; tradução, Lucy Magalhães; revisão técnica, Marco Antonio Coutinho Jorge. — Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1999 (Transmissão da Psicanálise) Tradução de: Comment travaille un psychanalyste? ISBN 978-85-7110-514-0 1. Psicanálise. 2. Psicanalistas. I. Título. II. Série. 99-0932 CDD: 150.195 CDU: 159.964.22 SUMÁRIO I. A técnica analítica, 7 ...

    66813  Palavras | 268  Páginas

  • Questões sobre o filme “freud-além da alma” e o texto “história da psicanálise” de roger perron.

    1. Em que aspectos a neurologia e a psiquiatria fundamentaram a construção da Psicanálise? Freud, sendo médico neurologista, vinha estudando o sistema nervoso intensamente e se apoiou na teoria da evolução das espécies de Darwin para desenvolver suas teorias sobre o desenvolvimento das estruturas cerebrais e suas patologias. Essa análise do desenvolvimento e sua lógica acabam sendo utilizadas por Freud quando, mais tarde, ele vai desenvolver a psicanálise, sendo útil para compreender o funcionamento...

    1039  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo sobre a gestalt-terapia

    O principal fundador da Gestal-terapia Fritz Perls nasceu em 1893, em Berlim. Filho de um negociante e uma judia que apreciava teatro e ópera, tinha uma irmã mais velha quase cega que ele não gostava por ser o mimo de sua mãe e uma irmã mais nova que chegou a morar com ele e sua mulher, servindo de criada da casa. Sua má conduta o expulsou da escola aos treze anos. Trabalhou como aprendiz em uma loja de bombons, mas logo voltou a estudar em uma escola liberal e se interessou pelo teatro. Apesar...

    1399  Palavras | 6  Páginas

  • Freud e a Pscicanalise

    FREUD E A PSICANÁLISE Através do Filme, Além da Alma, que retrata a vida de Freud, ele vem trazendo ao longo do mesmo um momento de intensas descobertas na psicanálise. Seus livros e artigos revelam varias técnicas e estudos que realizou ao longo da vida. O Estudo de Freud se concentrava em doenças nervosas, levando-o a uma investigação das causas psicológicas dos distúrbios nervosos. Através do ponto determinista de Freud, o comportamento era causado a partir de pensamentos e sentimentos,...

    1258  Palavras | 6  Páginas

  • Conferências de psicanálise- freud

    Conferências Introdutórias Sobre Psicanálise Freud Vol. 15 Conferência I- Introdução Inicialmente, Freud comenta sobre diferentes formas de tratamentos aos pacientes, e diferentes formas de agir e explicar tal tratamento a estes conforme o grau de patologias existentes, dizendo que ao apresentar um tratamento a um paciente neurótico mostra-se a dificuldade deste, e que o resultado dependerá da conduta de tal indivíduo, devendo esta ser compreensiva e com perseverança. A outros pacientes...

    2211  Palavras | 9  Páginas

  • Tecnicas Psicanalista

    psicanálise – reconhecível em “Conferências introdutórias sobre psicanálise”, em Artigos sobre técnica, e nos R. Psiquiatr. RS, 26'(2): 223-225, mai./ago. 2004 223 Comentário sobre o Manual de técnica psicanalítica – Vasconcellos 224 Casos clínicos de Freud, só para lembrar alguns. Como prefácio, há “Uma conversa inicial com os leitores”, explicando o subtítulo “uma revisão”. Zimerman adianta que o texto abrange uma revisão dos temas gerais e específicos da técnica analítica e, ainda, uma nova “re-visão”...

    1347  Palavras | 6  Páginas

  • Freud e os sonhos

    O SONHO - CHAVE Do livro: O livro de ouro da Psicanálise O pensamento de Freud, Jung, Melanie Klein, Lacan, Winnicott e outros Em suma, o capítulo relata que em 24 de Julho de 1895, dia do aniversário de sua mulher Martha, Freud tem um sonho.. Será o mais escrutinado, comentado e reinterpretado sonho do médico vienense e o maior enigma da história da psicanálise. "Um grande salão - nós recepcionamos muitos convidados. Entre eles, Irma, que eu logo chamo de lado para repreender, em resposta...

    937  Palavras | 4  Páginas

  • O Movimento Psicanal Tico Tem In Cio Com Sigmund Freud

    O movimento psicanalítico tem início com Sigmund Freud (1856-1939), nascido em Viena, um dos mais famosos e significativos pensadores dos últimos tempos, embora pouco compreendido por muitos.         Em sua obra “A História do Movimento Psicanalítico”[1], Freud trata da história de seu movimento ao chamar a atenção para aspectos de seu desenvolvimento e a discussão de princípios fundamentais da Psicanálise. Mostra que esta difere de outras formas de investigação da vida mental e atribui para si...

    6166  Palavras | 25  Páginas

  • Freud: um moralista que descobriu caminhos de liberdade

    Freud: um moralista que descobriu caminhos de liberdade Maurício Knobel (analista e psiquiatra psicanalítico)* (Jornal "Folha de São Paulo", Folhetim, 23 de setembro de 1979) Interessado na histeria, Freud começou a aprofundar-se nos problemas mentais. Percebia que existia algo a mais na mente humana do que aquilo que era revelado nas conversas diretas com os pacientes. Seus estudos sobre a histeria o levaram a colocar seriamente a existência do inconsciente - negado até hoje por muitos cientistas...

    3659  Palavras | 15  Páginas

  • Freud & Jung

    Freud, Jung e o Homem dos Lobos: percalços da psicanálise aplicada* ________________________________________ RESUMO Pretende-se examinar o papel da analogia no pensamento freudiano, através de um período fértil e tumultuado do movimento psicanalítico, marcado pela intensificação das divergências entre Freud e seu dileto (Jung), e também pelo crescimento do movimento da psicanálise aplicada entre Freud e seus discípulos e pelo trabalho analítico daquele que é, talvez, o mais importante...

    6780  Palavras | 28  Páginas

  • Michel Focault e Sigmund Freud

    Ditos e escritos (6 livros, 2006) Sigmund Freud Sigmund Schlomo Freud (Freiberg in Mähren, 6 de maio de 1856 — Londres, 23 de setembro de 1939), mais conhecido como Sigmund Freud, foi um médico neurologista e criador da Psicanálise.Freud nasceu em uma família judaica, em Freiberg in Mähren, na época pertencente ao Império Austríaco. Atualmente a localidade é denominada Příbor, na República Tcheca. Freud iniciou seus estudos pela utilização da técnica da hipnose como forma...

    8878  Palavras | 36  Páginas

  • Freud

    INSTITUTO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FREUD E SUAS TEORIAS VITÓRIA 2010(ES) FREUD E SUAS TEORIAS Trabalho apresentado à disciplina (Educação e Saúde), do curso de Pedagogia, da Faculdade de Educação, como requisito parcial de avaliação. Orientador: (Carlos Antonio Sfalsin) VITÓRIA 2010(ES) SUMÁRIO 1- SIGMUND FREUD E SUAS TEORIAS.....................................................01 1.1Características..........

    1423  Palavras | 6  Páginas

  • Sigmund Freud

    Sigmund Freud Sigmund Freud ( pronúncia alemã: [zi ː kmʊnt fʁɔʏ̯t] , nascido Sigismund Schlomo Freud , 06 de maio de 1856 - 23 de setembro 1939) foi um austríaco neurologista que se tornou conhecido como o pai fundador da psicanálise . Freud qualificou como um médico de medicina na Universidade de Viena em 1881, [ 2 ] e, em seguida, realizou uma pesquisa em paralisia, afasia e microscópica neuroanatomia cerebral no Hospital Geral de Viena . [ 3 ] Ele foi nomeado professor universitário em neuropatologia em...

    14334  Palavras | 58  Páginas

  • Freud além da alma

    O filme Freud além da alma , retrata os momentos difíceis que Freud viveu no início de sua carreira de médico. É mostrado as descobertas de Freud com as próprias experiências pessoais do psicanalista e a teoria que desenvolveu sobre o Complexo de Édipo. Sigmund Freud começa o filme internando uma pessoa com histeria,(doença emocional psíquica) sem a concordância dos outros médicos. A histeria é uma psiconeurose cujos conflitos emocionais inconscientes surgem na forma dissociação mental ou como sintomas...

    1777  Palavras | 8  Páginas

  • Práticas psicanaliticas em freud alem da alma

    O filme Freud além da alma , retrata os momentos difíceis que Freud viveu no início de sua carreira de médico. É mostrado as descobertas de Freud com as próprias experiências pessoais do psicanalista e a teoria que desenvolveu sobre o Complexo de Édipo. Sigmund Freud começa o filme internando uma pessoa com histeria,(doença emocional psíquica) sem a concordância dos outros médicos. A histeria é uma psiconeurose cujos conflitos emocionais inconscientes surgem na forma dissociação mental ou como...

    1732  Palavras | 7  Páginas

  • ana freud

    ANNA FREUD RIO BRANCO - AC 2014 ANNA FREUD Trabalho apresentado como pré-requisito para compor parte da nota referente à avaliação da N2 - disciplina Psicanálise do curso de Psicologia da Uninorte sob a orientação do professor........... RIO BRANCO-AC 2014 CONSIDERAÇÕES INICIAS O presente trabalho tem como objetivo relatar a biografia e os principais conceitos sobre a psicanalista austríaca Anna Freud, que...

    4596  Palavras | 19  Páginas

  • Teorias e obras de Sigmund Freud

    Sigmund Freud, o menino de ouro, nasceu no dia 6 de maio de 1856 em Freiberg. Aos quatro anos seus pais se mudaram para Viena com um grupo judeu e a família cresceu, Freud tinha cinco irmãs e um irmão. Sigmund recebia tratamento especial, tinha seu próprio quarto onde podia estudar e ler sem que ninguém o atrapalhasse, estudava obsessivamente. Seu interesse pelos sonhos surgiu bem cedo, possuía um diário, no qual escrevia seus sonhos, que normalmente eram heróicos. Freud se identificava com Napoleão...

    1559  Palavras | 7  Páginas

  • Freud Amor

    Sigmund Freud Pesquisa “O homem não é agente racional de sua própria vida,pois se encontra sob as influencias de forças inconscientes que não percebe e sobre as quais tem pouco ou nenhum controle.” O caso de Anna O. • • O bem-sucedido e sofisticado Bruer,aconselhava Freud, emprestava-lhe dinheiro e aparentemente o considerava como um irmão mais novo precoce. Para Freud, Breuer tinha a figura de um pai. Os dois muitas vezes discutiam a respeito dos pacientes de Breuer, inclusive da paciente...

    1671  Palavras | 7  Páginas

  • Gestalt Terapia

    SUMÁRIO Introdução................................................................................................................................ 01 Capítulo 1 – Fritz Perls – Gestalt-Terapia .............................................................................. 02 Capítulo 2 – A Atitude de Boa Vontade e a Abordagem Centrada na Pessoa ........................ 03 Capítulo 3 – Psicologia Humanista: A História de um Dilema Epistemológico .................... 05 Capítulo 4 – Algumas...

    3952  Palavras | 16  Páginas

  • PSICANALISE - EGO - SIGMUND FREUD

    PLANALTINA-DF CENTRO EDUCACIONAL 03 – PLANALTINA DF PSICÁNALISE Definição da Psicanálise Biografia de Freud ID EGO SUPEREGO EGO AUXILIAR EGO IDEAL IDEAL DO EGO SUPRAEGO CONTRA EGO DEZEMBRO DE 2014 / PLANALTINA-DF ÍNDICE TEMA PAG. PSICANÁLISE ............................................. 04 SIGMUND FREUD – BIOGRAFIA .................... 05 SIGMUND FREUD – BIOGRAFIA .................... 06 ID ............................................ 07 ...

    2507  Palavras | 11  Páginas

  • Freud E Aaron Beck

    conceito de fantasia, de Sigmund Freud, e propõe um diálogo entre eles e o conceito de esquemas, proposto pela teoria da terapia cognitiva de Aaron Beck. Essa sugestão não indica ecletismo teórico ou prático, abordando esses conceitos considerando as diferenças dos seus pressupostos. De acordo com a teoria freudiana, as fantasias representam uma forma de leitura subjetiva, organizada a partir dos desejos e dos mecanismos de defesa, da realidade dos fatos. Trata-se do que Freud denomina realidade psíquica...

    5824  Palavras | 24  Páginas

  • Freud e a escola psicanalitica

    Apresentar Freud Sigmund Freud, nasceu a 6 de Maio de 1856, em Freiburg, e morreu em Londres a 23 de Setembro de 1939. Em 1873 ingressou na universidade, sofrendo restrições devido à sua condição de judeu. De 1876 a 1882 trabalhou no laboratório de fisiologia com Ernest W. von Brucke (1819/1892), concentrando-se em pesquisas sobre a histologia do sistema nervoso. A necessidade de ganhar a vida obrigou-o a abandonar a pesquisa e a dedicar-se à clínica psiquiátrica. Sentindo as limitações de Viena...

    6851  Palavras | 28  Páginas

  • freud

    Sigmund Freud (1856-1939) Sigmund Freud, o pai da psicanálise, foi um fisiologista, médico, psicólogo e influente pensador do início do século XX.Trabalhando inicialmente em estreita colaboração com Joseph Breuer, Freud elaborou a teoria de que a mente é um sistema de energia complexa, a investigação estrutural do que é a província adequada de psicologia. Ele articulou e refinou os conceitos da sexualidade infantil inconsciente e repressão, e ele propôs uma conta tripartite da mente estrutura...

    7094  Palavras | 29  Páginas

  • Biografia de freud , piaget, vigotsky

    CINTIA OLIVEIRA DE AZEVEDO BIOGRAFIA DE FREUD, PIAGET, WALLON E VYGOTSKY São João de Meriti 2011 CINTIA OLIVEIRA DE AZEVEDO BIOGRAFIA DE FREUD, PIAGET, WALLON E VYGOTSKY Trabalho de Biografia de Freud, Piaget, Wallon e Vygotsky, apresentado ao Instituto Brasileiro de Educação, Cultura e Ciências...

    3149  Palavras | 13  Páginas

  • Sigmund Freud

     Trabalho de Psicologia Do livro: Sigmund Freud – Um estudo autobiográfico 1- Fazer um resumo do texto “Um estudo autobiográfico” de Freud: Freud nasceu no dia 06 de maio de 1856 em Freiberg, na Morávia, é uma pequena cidade onde hoje em dia é situada a Tchecoslováquia. Estudou em Viana, na escola secundária Gymnasium e foi o primeiro da sua turma durante 07anos e desfrutava de privilégios especiais, sendo um destes quase nunca ter sido examinado em aula, possuía...

    1604  Palavras | 7  Páginas

tracking img