• KANT a liberdade, o indivíduo e a república
    KANT: a liberdade, o indivíduo e a república A filosofia moral de Kant é uma celebração da dignidade individual. Ele vai tentar superar a dicotomia entre empirismo x racionalismo. Suas principais obras foram Critica – da razão pura; da razão prática; e do juízo. A filosofia moral e a...
    2951 Palavras 12 Páginas
  • Liberdade
    Liberdade de crença religiosa na Constituição de 1988 INTRODUÇÃO As gerações ou dimensões são processos evolutivos das conquistas dos direitos do homem em prol da liberdade, igualdade e fraternidade. Esse processo evolutivo pode ser dividido em três fases distintas, mas conexas. A primei...
    10574 Palavras 43 Páginas
  • Analise do filme- um sonho de liberdade
    SUMÁRIO Introdução.....................................................................................................................05 1. O que é Liberdade?.....................................................................................................06 2 .Visões Filosóficas 3....
    2888 Palavras 12 Páginas
  • Educação e moral na visão de kant
    UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CAMPUS MADUREIRA CURSO DE PEDAGOGIA TURNO: NOTURNO TRABALHO DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO PROF. RENATO JOSÉ DORNELLAS SOBRINHO EDUCAÇÃO E MORAL NA VISÃO DE KANT Rio de Janeiro 08 DE DEZEMBRO DE 2009 FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO Relatório de Atividade...
    1020 Palavras 5 Páginas
  • Liberdade
    Liberdade Do ponto de vista legal, o indivíduo é livre quando a sociedade não lhe impõe nenhum limite injusto, desnecessário ou absurdo. Uma sociedade livre dá condições para que seus membros desfrutem, igualmente, da mesma liberdade. O desejo de liberdade é um sentimento profundamen...
    2413 Palavras 10 Páginas
  • Liberdade
    Liberdade - É a condição daquele que é livre; autodeterminação; independência; autonomia Segundo o Dicionário de Filosofia, em sentido geral, o termo liberdade é a condição daquele que é livre; capacidade de agir por si próprio; autodeterminação; independência; autonomia. A his...
    510 Palavras 3 Páginas
  • Sanção disciplinar militar restritiva da liberdade à luz da ética
    POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA GILBERTO AMÂNDIO ESPÍNDOLA SANÇÃO DISCIPLINAR MILITAR RESTRITIVA DA LIBERDADE À LUZ DA ÉTICA Florianópolis 2008 GILBERTO AMÂND...
    25435 Palavras 102 Páginas
  • Fichamento kant
    UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL CURSO DE PEDAGOGIA (NOTURNO) Disciplina optativa: Filosofia da Educação Professora: Magda Marly Fernandes Fichamento: KANT, Immanuel. Trad. Francisco Cock Fontanella. Sobre a Pedagogia. Fichame...
    1069 Palavras 5 Páginas
  • A noção de liberdade no emíliode rousseau
    A NOÇÃO DE LIBERDADE NO EMÍLIO DE ROUSSEAU Luiz Felipe Netto de Andrade e Silva SAHD1 ■ RESUMO: A educação natural de Rousseau é uma tentativa de mostrar como as paixões, se liberadas da deformação provocada pela opinião social, podem ser moralmente corretas. Se o Emílio, afirma Rous...
    4215 Palavras 17 Páginas
  • Kant
    KANT Maio/2002 "Esclarecimento é a saída do homem de sua menoridade, da qual ele próprio é culpado. A menoridade é a incapacidade de fazer uso de seu entendimento sem a direção de outro indivíduo. O homem é o próprio culpado dessa menoridade se a causa dela não se encontra na falta...
    5329 Palavras 22 Páginas
  • Kant
    Retrato de lmmanuel Kant (1724-1804), pintado em 1768 por J. W. Beker (1744-1782) por encomenda do livreiro de Kant em Königsberg. CRÍTICA DA RAZÃO PURA Immanuel Kant Tradução de MANUELA PINTO DOS SANTOS e ALEXANDRE FRADIQUE MORUJÃO Introdução e notas de ALEXANDRE FRADIQUE M...
    236012 Palavras 945 Páginas
  • Pluralismo e liberdade
    PLURALISMO Em definição, refere-se a multiplicidade; o que não é único. É uma doutrina filosófica que não admite, no mundo, senão seres múltiplos e individuais. Sistema político que se baseia na coexistência de grupamentos ou de organismos diferentes e independentes em matéria de a...
    1099 Palavras 5 Páginas
  • O querer e a liberdade
    ARTIGO HANNAH ARENDT: O QUERER E A LIBERDADE Philósophos 11 (2) : 215-246, ago./dez. 2006 215 HANNAH ARENDT: O QUERER E A LIBERDADE Carlos Antonio Mendes de Carvalho Buenos Ayres (UnB) menayres@ig.com.br Resumo: o artigo propõe-se a descrever, segundo o crivo analítico de Hannah Arendt, o...
    9959 Palavras 40 Páginas
  • Fundamentos da liberdade
    Synesis, v. 3, n. 2, 2011, p. 1 ISSN 1984-6754   O FUNDAMENTO DA LIBERDADE HUMANA EM SANTO TOMÁS DE AQUINO1 Anderson Machado R. Alves2 Resumo: Nesse trabalho expomos o fundamento da liberdade humana em Santo Tomás de Aquino: o ato de ser, que é o mesmo ato da alma humana que infor...
    7756 Palavras 32 Páginas
  • Liberdade de consciencia
    Artigo: Direito e Liberdade Religiosa à Luz da Constituição Brasileira – Uma interpretação crítica Stênio de Freitas Barretto[1] RESUMO: O presente estudo tem por finalidade demonstrar alguns pontos presentes na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 concernente a...
    2867 Palavras 12 Páginas
  • Kant
    O CRITICISMO KANTIANO  Introdução Kant é seguramente o filósofo mais importante da Ilustração e, quiçá, de toda a modernidade. Por isso frequentemente se divide o pensamento moderno entre prékantiano e pós-kantiano. Quando falamos assim, na verdade, estamos distinguindo entre o tipo...
    9477 Palavras 38 Páginas
  • A filosofia de immanuel kant
    A Filosofia e o Humanismo de Immanuel Kant Immanuel Kant foi um filósofo e pensador alemão que viveu na cidade de Konigsberg (Prússia). Nascido em 22 de abril de 1724, nunca deixou sua cidade natal, permanecendo aí até sua morte em 12 de fevereiro de 1804. Para entender a filosofia de Ka...
    1416 Palavras 6 Páginas
  • O conceito de liberdade segundo a teoria existencialista de sartre
    O CONCEITO DE LIBERDADE SEGUNDO A TEORIA EXISTENCIALISTA DE SARTRE Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de licenciatura em Filosofia, como requisito à obtenção do título de graduada em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília. RESUMO SILVA, AS. O conceito de Libe...
    10016 Palavras 41 Páginas
  • Tdefinição de direito segundo kant
    Definição de Direito segundo Kant: "Direito é o conjunto de condições pelas quais o arbítrio de um pode conciliar-se com o arbítrio do outro, segundo uma lei geral de liberdade". Definição de Direito segundo Kelsen: "O direito se constitui primordialmente como um sistema de normas coativas...
    2192 Palavras 9 Páginas
  • Kant e os fundamentos do direito moderno
    Kant e os Fundamentos do Direito Moderno Immanuel Kant (1724 – 1804) foi um grande pensador europeu da modernidade cujo pensamento repercutiu nas diversas áreas do saber humano. Expoente do iluminismo considerava a razão como princípio fundamental para a compreensão de todos os fenômenos....
    9291 Palavras 38 Páginas