O Protocolo De Kyoto Foi Um Acordo Assinado Por Mais De 80 Países Em Reunião Realizada Em Kyoto Japão Com O Objetivo De Reduzir A Emissão De Gases Poluentes Causadores Do Efeito Estufa Que Promove artigos e trabalhos de pesquisa

  • Protocolo De Kyoto

     Protocolo de Kyoto É um acordo ambiental fechado durante a 3ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, realizada em Kyoto, Japão, em 1997. O documento estabelece metas de redução das emissões de dióxido de carbono (CO2), que correspondem a cerca de 70% das emissões relacionadas ao aquecimento global, e de outros gases causadores do efeito estufa para os países industrializados. O Protocolo de Kyoto não apenas discute e implanta medidas de redução...

    609  Palavras | 3  Páginas

  • Protocolo de kioto

    1 INTRODUÇÃO O Protocolo de Kyoto é um tratado que nasceu de uma convenção entre os países participantes da ONU, que ocorreu na cidade de Kyoto no Japão, onde se discutia as mudanças climáticas. O documento tem como objetivo estabelecer metas para redução das emissões de gases causadores do efeito estufa em 5,2% comparando-se com os níveis de 1990. A emissão desses gases está ligada ao aquecimento global. Para a implementação do documento se tornar regra internacional era necessária...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • Protocolo de Kyoto e Créditos de carbono

    Responsabilidade Social e Ambiental Protocolo de Kyoto e Créditos de Carbono Faculdade Pitágoras Curso: Administração - 1° Período O que é o Protocolo de Kyoto: Foi um dos principais acordos firmados na Convenção do Clima da Eco-92, que visa a diminuição de emissão dos gases causadores do efeito estufa pelos países emissores de gases poluentes, foi finalizado em 1997 na cidade de Kyoto no Japão. Começou a ser executado em 2005 onde o acordo teria fim em 2012, porém foi prorrogado...

    4954  Palavras | 20  Páginas

  • Breve abordagem sobre protocolo de kyoto

    ÍNDICE 1. Protocolo de Kyoto 1.1 Origem 1.2 O Protocolo 2. Mecanismo de Desenvolvimento Limpo 2.1 MDL no Protocolo de Kyoto 2.2 MDL no Brasil 3. Conclusão 4. Bibliografia 1. Protocolo de Kyoto 1.1 Origem A primeira reunião internacional para discutir as mudanças climáticas no mundo ocorreu em 1988, no Canadá. Em 1992, 160 países assinaram a Convenção Marco sobre Mudança Climática na ECO-92. O objetivo era “evitar interferências antropogênicas perigosas no sistema climático”...

    2238  Palavras | 9  Páginas

  • protocolo de kyoto

     Protocolo de Kyoto     O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional que tem como objetivo fazer com que os países desenvolvidos assumissem o compromisso de reduzir a emissão de gases que agravam o efeito estufa, para aliviar os impactos causados pelo aquecimento global. Além disso, são realizadas discussões para estabelecer metas e criar formas de desenvolvimento que não sejam prejudiciais ao Planeta. Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente...

    5116  Palavras | 21  Páginas

  • O Protocolo de Kioto

    Protocolo de Kyoto – O que é? O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional que tem compromissos mais rígidos para a redução de emissão dos gases que agravam os problemas no nosso planeta. Tal protocolo foi ratificado no dia 15 de março de 1998. O protocolo de Kyoto foi criado logo após o planeta terra apresentar reações as emissões de gases poluentes, tais gases que são os causadores do efeito estufa e do aquecimento global. Protocolo de Kyoto – Para que serve? O Protocolo de Kyoto...

    770  Palavras | 4  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    Protocolo de Kyoto O protocolo de Kyoto é o fruto da preocupação com o aquecimento global Constitui-se no protocolo de um tratado internacional com compromissos mais rígidos para a redução da emissão dos gases que agravam o efeito estufa, considerados, de acordo com a maioria das investigações científicas, como causa antropogenicas do aquecimento global. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno de 5,2% entre os anos de 2008 e 2012...

    2088  Palavras | 9  Páginas

  • que paises não assinaram o protocolo de kyoto

    É um acordo ambiental fechado durante a 3ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, realizada em Kyoto, Japão, em 1997. O documento estabelece metas de redução das emissões de dióxido de carbono (CO2), que correspondem a cerca de 70% das emissões relacionadas ao aquecimento global, e de outros gases causadores do efeito estufa para os países industrializados. O objetivo é reduzir, entre 2008 e 2012, a emissão de poluentes em 5,2% em relação aos níveis de...

    642  Palavras | 3  Páginas

  • O protocolo de kyoto

    Protocolo de KyotoProtocolo de Kyoto  é um tratado internacional que tem compromissos mais rígidos para a redução de emissão dos gases que agravam os problemas no nosso planeta. Tal protocolo foi ratificado no dia 15 de março de 1998. O protocolo de Kyoto foi criado logo após o planeta terra apresentar reações as emissões de gases poluentes, tais gases que são os causadores do efeito estufa e do aquecimento global. O Protocolo de Kyoto  entrou em vigor oficialmente no dia 16 de fevereiro...

    1764  Palavras | 8  Páginas

  • Protocolo De Kyoto Completo

    Protocolo de kyoto Introdução • O Protocolo de Kyoto é um instrumento internacional, ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes. • Austrália, Liechtenstein, Mônaco e Estados Unidos. Objetivos e informações • Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases estufa na atmosfera. • As metas de redução de gases não são homogêneas a todos os países, colocando níveis...

    580  Palavras | 3  Páginas

  • “Aquecimento Global, emissão de Gases do Efeito Estufa e o Protocolo de Kyoto”.

    “Aquecimento Global, emissão de Gases do Efeito Estufa e o Protocolo de Kyoto”. Osasco, 2014 Kyoto”. Trabalho de Geografia, da escola E.E. Antônio Raposo Tavares. Trabalho para nota de fechamento do 2°bim. Lucas Araújo de Sousa, 26. Osasco, 2014 “Aquecimento Global, emissão de Gases do Efeito Estufa e o Protocolo de Kyoto”. Trabalho de Geografia...

    1424  Palavras | 6  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    1. Introdução No final da década dos anos 80, as questões relativas aos problemas ambientais ganharam grande importância nos meios acadêmicos, na mídia e população em geral. Dentre os problemas ambientais da atualidade destacam-se as mudanças climáticas, pois são problemas que afetam todas as regiões do planeta. A ciência, desde então, vem apresentando diversas evidências que apontam que muitas mudanças que estão ocorrendo são diretamente relacionadas a ações antrópicas (atividades produzidas...

    1772  Palavras | 8  Páginas

  • Protocolo de KYOTO

    Introdução O Protocolo de Kyoto tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em pleno desenvolvimento. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno de 5,2% entre os anos de 2008 e 2012. O Protocolo de Kyoto...

    882  Palavras | 4  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

    Introdução O Protocolo de Kyoto é consequência de vários eventos iniciados em 1988 com a Toronto Conference on the Changing Atmosphere, no Canadá, seguido pelo First Assessment Report, na Suécia e que culminou com a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática no Rio de Janeiro em junho de 1992. Seu principal objetivo é reduzir a emissão de gases poluentes. Foi criado no Japão, em 1997, e suas determinações entraram em vigor no dia16 de fevereiro de 2005, muito tempo depois de...

    1547  Palavras | 7  Páginas

  • protocolo de kioto

    nosso planeta.Este é um processo natural conhecido por “Efeito Estufa”, Figura 1, e em um determinado grau é de suma importância para a existência da vida humana, pois mantém o planeta aquecido, garantindo a vida na terra.Contudo o excesso de gases causa uma maior absorção de calor desestabilizando o equilíbrio energético do planeta. Figura 1 – Efeito Estufa O dióxido de carbono (CO2) é o principal responsável pelo aumento do efeito estufa. Ele é encontrado naturalmente na atmosfera, porém, a...

    3178  Palavras | 13  Páginas

  • Acordos Internacionais

    discutem com frequência quais de seus artigos representam o direito internacional usual. A Assembleia Geral proclama a presente Declaração Universal dos Direitos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo sempre em mente esta Declaração, se esforce, através do ensino e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adoção de medidas progressivas de caráter nacional...

    7084  Palavras | 29  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    responsabilidade pelas mudanças climáticas, a Convenção-Quadro parte da premissa de que “a maior| |parte das emissões globais, históricas e atuais, de gases de efeito estufa é originária dos países desenvolvidos, que as | |emissões per capita dos países em desenvolvimento ainda são relativamente baixas e que a parcela de emissões globais originárias| |dos países em desenvolvimento crescerá para que eles possam satisfazer suas necessidades sociais e de desenvolvimento”1. | | ...

    3692  Palavras | 15  Páginas

  • Protocolo de Quioto

    O Protocolo de Quioto é consequência de uma série de eventos iniciada com aToronto Conference on the Changing Atmosphere, no Canadá (outubro de 1988), seguida pelo IPCC's First Assessment Report em Sundsvall, Suécia (agosto de 1990) e que culminou com a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática (CQNUMC, ou UNFCCC em inglês) na ECO-92 no Rio de Janeiro, Brasil(junho de 1992). Também reforça seções da CQNUMC. Constitui-se no protocolo de um tratado internacional com compromissos...

    4384  Palavras | 18  Páginas

  • protocolo de kyoto

    Protocolo de Kyoto O Protocolo de Kyoto é um documento que tem objetivo de firmar acordos internacionais estabelecendo metas para redução na emissão de gases-estufa na atmosfera e o aquecimento Global, principalmente pelos países mais desenvolvidos industrialmente, além de criar formas para desenvolver de maneira menos impactante aqueles países em menos desenvolvimento. Ó mesmo foi ratificado em 15 março de 1998, mas entrou em vigor oficialmente no dia 16 de fevereiro de 2005, após ter sido discutido...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • Direito ambiental internacional e florestas: um estudo sobre a (in) efetividade do protocolo de kyoto em face do problema do desmatamento no brasil.

    AMBIENTAL INTERNACIONAL E FLORESTAS: um estudo sobre a (in) efetividade do Protocolo de Kyoto em face do problema do desmatamento no Brasil. [?] Keila da Silva Ferreira Castro ² Liliane Rubim Aguiar Coqueiro Sumário: Introdução; 2 Perfil histórico do Protocolo de Kyoto; 3 Eficácia do Protocolo de Kyoto na proteção das florestas brasileiras; 4 Avanços e desafios do Protocolo de Kyoto no âmbito Brasileiro; Considerações finais; Referências. RESUMO ...

    3607  Palavras | 15  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    Na cidade de Kyoto, no Japão, em 1997 a Convenção do Clima realizou uma conferência. Nela foi assinado o protocolo de Kyoto. Este protocolo teve como objetivo fixar compromissos de redução e limitação da emissão de dióxido de carbono e outros gases responsáveis pelo efeito estufa, para os países desenvolvidos, e trazer a possibilidade de utilização de mecanismos de flexibilidade para que os países em desenvolvimento possam atingir os objetivos de redução de gases do efeito estufa. Oitenta e quatro...

    694  Palavras | 3  Páginas

  • Protocolo de Quioto

    Protocolo de Quioto O Protocolo de Kyoto é consequência de uma série de eventos iniciada com a Toronto Conference on the Changing Atmosphere, no Canadá (outubro de1988), seguida pelo IPCC's First Assessment Report em Sundsvall, Suécia(agosto de 1990) e que culminou com a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática (CQNUMC, ou UNFCCC em inglês) na ECO-92 noRio de Janeiro, Brasil (junho de 1992). Também reforça seções da CQNUMC. Constitui-se no protocolo de um tratado internacional...

    4463  Palavras | 18  Páginas

  • Efeito Estufa

    Efeito estufa -O que é. Efeito estufa é um fenômeno natural de aquecimento térmico da Terra, é essencial para manter a temperatura do planeta em condições ideais de sobrevivência, e sem ele, a Terra seria muito fria, dificultando o desenvolvimento das espécies. O efeito estufa ocorre quando os raios provenientes do Sol, ao serem emitidos a Terra, têm dois destinos, uma parte deles é absorvida, e transformada em calor, para manter o planeta quente, e a outra é refletida e direcionada ao espaço...

    1194  Palavras | 5  Páginas

  • Protocolo De Kyoto

    Protocolo de Kyoto Protocolo de Kyoto • O protocolo de Kyoto foi implantado efetivamente em 1997, quando metas de redução da emissão de gases poluentes foram estabelecidas. • Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em pleno desenvolvimento...

    715  Palavras | 3  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    tratado internacional fechados entre os países industrializados e outros integrantes das Nações Unidas, para reduzir a emissão de gases que ocasionam o efeito estufa e por conseqüência o aquecimento global. Introdução O nosso trabalho vai tratar sobre o Protocolo de Kyoto e como ele influência positivamente na redução do efeito estufa. A Conferência ocorrida em KyotoJapão, no ano de 1997, estabeleceu um cronograma de redução de lançamento de gases, sendo o principal destes o dióxido...

    771  Palavras | 4  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

    Protocolo de Kyoto Como o próprio nome já diz, o Protocolo foi assinado em kyoto (Japão), em 1997. O documento estabelece aos países industrializados a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2, gás carbônico) e outros gases do efeito estufa (gases que contribuem para o aquecimento global), ou seja, o protocolo impõe uma meta de redução desses gases na atmosfera. Apenas as nações ricas são obrigadas a reduzir suas emissões, as outras (em desenvolvimento) como Brasil, China e Índia, embora...

    1526  Palavras | 7  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

    Protocolo de Kyoto Na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a partir de estudos científicos, estabeleceu-se que a principal causa da elevação da temperatura do Planeta estava no aumento das concentrações de gases com alto teor de compostos de enxofre, resultantes, principalmente, da queima de combustíveis fósseis. A partir desta Convenção e com objetivos de se encontrar saídas para o problema ambiental do aquecimento global, diversas conferências têm sido realizadas, sendo...

    998  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho 1° ano efeito estufa,rio +20.....

    *Principais Conferências 1927-Estocolmo Em 1972, foi realizada a Conferência de Estocolmo com o objetivo de conscientizar a sociedade a melhorar a relação com o meio ambiente e assim atender as necessidades da população presente sem comprometer as gerações futuras. A conferência das Nações Unidas que aconteceu na capital da Suécia, Estocolmo, foi a primeira atitude mundial a tentar preservar o meio ambiente. Naquela época acreditava-se que o meio ambiente era uma fonte inesgotável...

    6347  Palavras | 26  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

    questão Americana – Em um acordo como o protocolo de Kyoto, para que seus objetivos sejam atingidos, e necessário sua implementação conjunta, o que foi uma iniciativa buscada desde o início. Entretanto, a tão sonhada unanimidade esperada entre os principais paises poluidores não aconteceu, em virtude da Austrália e principalmente Estados Unidos se negarem a ratificar o protocolo. Os Estados Unidos passaram então a sofrer pressão por parte dos órgãos ambientais, dos paises europeus, da mídia mundial...

    1529  Palavras | 7  Páginas

  • Efeito Estufa

    Introdução Efeito Estufa para grande parte das pessoas é um termo que remete somente a consequências ruins para o planeta em que vivemos, contudo, quando estudado, descobre-se que ele é um processo natural, e não só do planeta Terra; possuindo várias funções. Certamente que essas pessoas que creem que o Efeito Estufa é somente prejudicial, não estão por inteiro equivocadas, porque ele é danoso, só que quando em excesso. Esse excesso que ocorre não é natural, é fruto das ações humanas; já dizia...

    2064  Palavras | 9  Páginas

  • protocolo de kyoto

    Protocolo de Kyoto O Protocolo de Kyoto é um acordo ambiental fechado durante a 3ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, realizada em Kyoto, Japão, em 1997. O documento estabelece metas de redução das emissões de dióxido de carbono (CO2), que correspondem a cerca de 70% das emissões relacionadas ao aquecimento global, e de outros gases causadores do efeito estufa para os países industrializados. O objetivo é reduzir, entre 2008 e 2012, a emissão de poluentes...

    549  Palavras | 3  Páginas

  • protocolo de kyoto

    Unidas sobre Mudança do Clima terminou na última sexta-feira (dia 7) com a decisão de prorrogar a validade do Protocolo de Kyoto até 2020. O protocolo é o único dispositivo legal existente que obriga países desenvolvidos a reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa. Direto ao ponto: Ficha-resumo A validade do documento expiraria no final deste ano, sem que outro acordo semelhante o substituísse. Por isso, as delegações reunidas em Doha, no Catar, tiveram como principal finalidade...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • Protocolo de Kyoto Trabalho Final

    Licenciatura em Engenharia em Energias Renováveis Disciplina de Economia Ambiental e Recursos Naturais Docente: Grupo de Trabalho: Emanuel Santos Kelvin Santos Kevy Nobre Valerik Soares Ygor de Figueiredo Mindelo, 20 de Junho de 2015 Título: Protocolo de Kyoto Grupo de Trabalho: Emanuel Santos Kelvin Santos Kevy Nobre Valerik Soares Ygor de Figueiredo Trabalho académico elaborado no âmbito da disciplina de Economia Ambiental e Recursos Naturais, do 2º ano do curso de Engenharia em Energias Renováveis...

    2930  Palavras | 12  Páginas

  • Protocolo de quioto

    Protocolo de Quioto Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. | o Protocolo de Quioto é o resultado coercitivo da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática | | Protocolo de Quioto | Aberto para Assinaturas | 11 de Dezembro de 1997 em Quioto | Data da entrada em vigor | 16 de fevereiro de 2005. | Condições para entrada em vigor | Ratificação por cinquenta e cinco países e que representem pelo menos 55% das emissões de gases do efeito estufa ocorridas no ano de...

    3058  Palavras | 13  Páginas

  • Protocolo de Kyoto e Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)

     Protocolo de Kyoto Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em pleno desenvolvimento. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno de 5,2% entre os anos de 2008 e 2012. O Protocolo...

    1247  Palavras | 5  Páginas

  • Protocolo de Quioto

    CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS - UNI-ANHANGUERA CONTABILIDADE AMBIENTAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PESQUISA SOBRE: PROTOCOLO DE KYOTO Goiânia 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS - UNI-ANHANGUERA CONTABILIDADE AMBIENTAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PESQUISA SOBRE: PROTOCOLO DE KYOTO Acadêmico: Lidiane Freire Da Silva Carvalho Esta pesquisa será apresentada como um dos trabalhos avaliativos para formar a nota da N1 da disciplina contabilidade...

    3444  Palavras | 14  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    à Engenharia Professor: Geraldo Bacelar Curso: Engenharia Química Aluno (a) Juliana Costa INTRODUÇÃO Protocolo de Kyoto O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional fechado entre os países industrializados e outros integrantes das Nações Unidas para redução da emissão de gases causadores do efeito estufa e do consequente aquecimento global. Redigido em Quioto, no Japão, em 1997, o documento cria diretrizes gerais para amenizar os problemas ambientais dos impactos ecológicos dos...

    1621  Palavras | 7  Páginas

  • Protocolo de Kyoto e o 4º Relatório do IPCC de 2007

    Protocolo de Kyoto e o 4º Relatório do IPCC de 2007 Nomes: Ivan Ferreira Eugênio Martins Vinicius Tosi Protocolo de Kyoto Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em pleno desenvolvimento. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas...

    1036  Palavras | 5  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

     2 O que é Protocolo de Kyoto?     O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional que tem como objetivo fazer com que os países desenvolvidos assumissem o compromisso de reduzir a emissão de gases que agravam o efeito estufa, para aliviar os impactos causados pelo aquecimento global. Além disso, são realizadas discussões para estabelecer metas e criar formas de desenvolvimento que não sejam prejudiciais ao Planeta.   A ideia começou...

    1231  Palavras | 5  Páginas

  • Emissões de gases

    emitem certificados autorizando emissões de toneladas de dióxido de enxofre, monóxido de carbono e outros gases poluentes. Inicialmente, selecionam-se indústrias que mais poluem no País e a partir daí são estabelecidas metas para a redução de suas emissões. A empresas recebem bônus negociáveis na proporção de suas responsabilidades. Cada bônus, cotado em dólares, equivale a uma tonelada de poluentes. Quem não cumpre as metas de redução progressiva estabelecidas por lei, tem que comprar certificados...

    4271  Palavras | 18  Páginas

  • A Confer Ncia De Kyoto 1997

    Conferência de Kyoto (1997) Organizado pela ONU em 11 de Dezembro de 1997 Nessa conferência foi criado o Protocolo de Kyoto. Um documento legalizado que sugere a redução de gases do efeito estufa (cujas metas são de 5,2%) e para que fosse aprovado, os países desenvolvidos deveriam aceitar o acordo, pois eles correspondiam a maior parte das emissões de gases poluentes da atmosfera. Assim, com a criação do protocolo surge o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e os certificados de carbono. Efeito Estufa...

    2151  Palavras | 9  Páginas

  • Protocolo de Kyoto, Rio +10, Rio +20

    Disciplina: Gestão Socioambiental Protocolo de Kyoto O Protocolo de Kyoto é o fruto da preocupação com o aquecimento global, constitui-se no protocolo de um tratado internacional com compromissos mais rígidos para a redução da emissão de gases que agravam o efeito estufa, considerados, de acordo com a maioria das investigações científicas, como causa antropogênicas do aquecimento global. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno...

    906  Palavras | 4  Páginas

  • Efeito Estufa

    Definição: Efeito Estufa é um mecanismo natural do planeta Terra para manter da temperatura numa média de 15ºC, onde é o ideal para o equilíbrio de grande parte das formas de vida em nosso planeta. Sem o efeito estufa natural, o planeta Terra poderia ficar muito frio, impossibilitando o desenvolvimento de grande parte das espécies animais e vegetais. Isso ocorreria, pois a radiação solar refletida pela Terra se perderia totalmente. Camada de ozônio: Camada de ozônio é uma região da atmosfera...

    1348  Palavras | 6  Páginas

  • protocolo de kioto

     O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional que tem como objetivo fazer com que os países desenvolvidos assumissem o compromisso de reduzir a emissão de gases poluintes que são responsaveis em agravar o efeito estufa, para aliviar os impactos causados pelo aquecimento global, onde são realizadas varias discurções para estabelecer metas e criar formas de desenvolvimentos que não sejam prejudiciais ao planeta. A ideia começou em 1988 “Toronto Conference on the Changing Atmosphere” no Canadá...

    2325  Palavras | 10  Páginas

  • PROTOCOLO DE KYOTO PRINCÍPIO POLUIDOR PAGADOR E CRÉDITOS DE CARBONO

    PROTOCOLO DE KYOTO PRINCÍPIO POLUIDOR PAGADOR E CRÉDITOS DE CARBONO SÃO PAULO 2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 PROTOCOLO DE KYOTO 4 PRINCÍPIO POLUIDOR PAGADOR 6 CRÉDITOS DE CARBONO 8 CONCLUSÃO 10 REFERÊNCIAS 11 INTRODUÇÃO Esta pesquisa tem como objetivo uma breve explicação sobre os temas citados, abordando os conceitos de Crédito de Carbono, seu processo de obtenção e comercialização, o Princípio Poluidor Pagador como agente de prevenção ao lançamento de gases que contribuem...

    2886  Palavras | 12  Páginas

  • AQUECIMENTAL GLOBAL E EFEITO ESTUFA: CAUSAS, EFEITOS E SOLUÇÕES. CHUVA ÁCIDA E PROTOCOLO DE KYOTO.

    GLOBAL E EFEITO ESTUFA: CAUSAS, EFEITOS E SOLUÇÕES. CHUVA ÁCIDA E PROTOCOLO DE KYOTO. ROBERTO SANTOS BEATRIZ PINTO FABRINE MESQUITA ANA PAULA DE JESUS LAYLA HELLEN BACABAL – MA 2014 Sumário INTRODUÇÃO 2 1. AQUECIMENTO GLOBAL 3 1. 1 Causas Principais: 3 1.2 Efeitos: 3 1.3 Soluções: 3 2. EFEITO ESTUFA 4 2.1 Algumas causas Principais: 4 2.2 Efeitos: 4 2.3 Soluções e Medidas: 5 3. CHUVA ÁCIDA 5 4. PROTOCOLO DE KYOTO 6 4.1 Objetivos do Protocolo de Kyoto: 6 CONCLUSÃO...

    1407  Palavras | 6  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    * Apesar do Protocolo de Kyoto ter sido assinado em 1997 no Japão sua discussão começou bem antes em 1988 em Toronto, Canadá onde foi a primeira reunião entre governantes e cientistas sobre as mudanças climáticas, em 1990 com base na colaboração científica cientistas advertem que seriam necessário reduzir as emissões de gases em 60%, em 1992 160 governos assinaram a Convenção Marco sobre Mudança Climática na ECO-92 só em 1995 chega-se a conclusão que os primeiro sinais de mudanças climáticas são...

    589  Palavras | 3  Páginas

  • Protocolo de Kioto

    da Silva Nascimento R.A 2013101583 Protocolo de Kyoto   Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em pleno desenvolvimento. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno de 5,2%...

    1670  Palavras | 7  Páginas

  • Brasil em kyoto 1997

    O BRASIL E O PROTOCOLO DE KYOTO A globalização, tema que envolve diversas áreas do direito, de fato implantou uma relação constante entre países, principalmente na esfera comercial. Entretanto, essa forma de relacionamento, prático ou jurídico, ainda não contemplou a área ambiental, aqui as discussões internacionais encontram-se em fase incipiente, documentadas, porém não implantadas. Historicamente as discussões entre países sobre temas ambientais foram iniciadas em 1972 na Convenção...

    3366  Palavras | 14  Páginas

  • protocolo de quioto

    Protocolo de Quioto Introdução Frente às evidências científicas das causas do aquecimento global e dos riscos climáticos decorrentes do problema, autoridades de mais de 160 países criaram em 11 dezembro de 1997 o Protocolo de Quioto, um tratado internacional que determina metas de redução de emissões de gases do efeito estufa (GEE) e estimula o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis. Pelo acordo, que entrou em vigor em 16 de fevereiro de 2005, os países industrializados devem...

    2172  Palavras | 9  Páginas

  • Protocolo de kioto

    O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional fechado entre os países industrializados e outros integrantes das Nações Unidas para redução da emissão de gases causadores do efeito estufa e do consequente aquecimento global. Redigido em Quioto, no Japão, em 1997, o documento cria diretrizes gerais para amenizar o problema ambientais dos impactos ecológicos dos modelos de desenvolvimento industrial e de consumo vigentes. A principal diretriz é a redução das emissões de gás carbônico em 5,2% pelos...

    1940  Palavras | 8  Páginas

  • Efeito Estufa e Protocolo de Kyoto

    Efeito Estufa O efeito estufa (português brasileiro) ou efeito de estufa (português europeu) é um processo que ocorre quando uma parte da radiação infravermelha emitida pela superfície terrestre é absorvida por determinados gases presentes na atmosfera. Como consequência disso, o calor fica retido, não sendo libertado para o espaço. O efeito estufa dentro de uma determinada faixa é de vital importância pois, sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir. Serve para manter o planeta aquecido...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

    medidas propostas pelo Protocolo de Kyoto e os impactos nas empresas mundiais Marcos Vinicius de Almeida Mello Prof. Sílvio Cesar Gomes Da Rosa Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Curso de tecnologia em Marketing (CMA0028) – Prática do Módulo III 23/05/2014 RESUMO O tema do trabalho a ser desenvolvido são as medidas propostas pelo Protocolo de Kyoto e os impactos nas empresas mundiais. O objetivo do artigo é abordar sobre o impacto do Protocolo de Kyoto sobre as empresas...

    2378  Palavras | 10  Páginas

  • Sistema de gestão ambiental como auxílio na implantação de um mecanismo de desenvolvimento limpo no cumprimento de metas de emissões de gases do efeito-estufa

    DESENVOLVIMENTO LIMPO NO CUMPRIMENTO DE METAS DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO-ESTUFA Macaé/RJ Janeiro/2009 FACULDADE SALESIANA MARIA AUXILIADORA CURSO DE engenharia de PRODUÇÃO COM ÊNFASE EM ENGENHARIA DE INSTALAÇÕES NO MAR POR igor lavigne halla SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL COMO AUXÍLIO NA IMPLANTAÇÃO DE UM MECANISMO DE DESENVOLVIMENTO LIMPO NO CUMPRIMENTO DE METAS DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO-ESTUFA Monografia apresentada...

    6536  Palavras | 27  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    Protocolo de Kyoto Objetivo: Diminuir a emissão de gases poluentes e o aquecimento global Protocolo de Kyoto é um instrumento internacional, ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes. Estes, são responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. O Protocolo de Kyoto entrou oficialmente em vigor no dia 16 de fevereiro de 2005, após ter sido discutido e negociado em 1997, na cidade de Kyoto (Japão). Objetivos e Informações No documento...

    1063  Palavras | 5  Páginas

  • O Discurso jornalístico sobre o efeito estufa: uma análise das reportagens do jornal Folha de São Paulo (1994-1995)

    E COMUNICAÇÃO FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – JORNALISMO CAROLINA RABELO DA SILVA JULIANA LIMA DOS SANTOS O Discurso jornalístico sobre o efeito estufa: uma análise das reportagens do jornal Folha de São Paulo (1994-1995). Belém 2011 CAROLINA RABELO DA SILVA JULIANA LIMA DOS SANTOS O Discurso jornalístico sobre o efeito estufa: uma análise das reportagens do jornal Folha de São Paulo (1994-1995). Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito para obtenção do...

    26802  Palavras | 108  Páginas

  • Protocolo de Kyoto

     Protocolo de Kyoto Ciências do Ambiente PROTOCOLO DE KYOTO O Protocolo de Kyoto é um instrumento internacional, ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes. Estes são responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. O Protocolo de Kyoto entrou oficialmente em vigor no dia 16 de fevereiro de 2005, após ter sido discutido e negociado em 1997, na cidade de Kyoto (Japão). O tratado propõe um calendário pelo qual...

    1037  Palavras | 5  Páginas

  • Protocolo de kyoto

    PROTOCOLO DE KYOTO O Protocolo de Kyoto é um tratado internacional que tem como objetivo fazer com que os países desenvolvidos assumissem o compromisso de reduzir a emissão de gases que agravam o efeito estufa, para aliviar os impactos causados pelo aquecimento global. Além disso, são realizadas discussões para estabelecer metas e criar formas de desenvolvimento que não sejam prejudiciais ao Planeta.  A ideia começou em 1988 na “Toronto Conference on the Changing Atmosphere” no Canadá, desde...

    1258  Palavras | 6  Páginas

  • efeito estufa

    formas de vida em nosso planeta, sem o efeito estufa natural, o planeta terra poderia ficar muito frio, na qual não teria o desenvolvimento de grande parte das espécies de animais e vegetais, e poderia ocorrer da radiação solar refletida pela terra se perderia totalmente. o efeito estufa é essencial para a manutenção da vida no planeta Terra, pois é ele que mantém as condições ideais de temperatura para o equilíbrio dos ecossistemas, O agravamento do efeito estufa desestabiliza o equilíbrio energético...

    1662  Palavras | 7  Páginas

  • Protocolo de kyoto

     Protocolo de Kyoto é consequência de uma série de eventos iniciada com a Toronto Conference on the Changing Atmosphere, no Canadá (outubro de 1988), seguida pelo IPCC's First Assessment Report em Sundsvall, Suécia (agosto de 1990) e que culminou com a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática (UNFCCC) na ECO-92 no Rio de Janeiro, Brasil (junho de 1992). Também reforça seções da UNFCCC. Constitui-se no protocolo de um tratado internacional com compromissos mais rígidos para...

    550  Palavras | 3  Páginas

tracking img