O Pensamento Selvagem artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha O Pensamento Selvagem

    Professor: Guillermo Vega Sanabria Acadêmico: Caio Vinicius de Souza Oliva – 82085 LÉVI-STRAUSS, Claude. 1989 [1962]. O pensamento selvagem. Campinas: Papirus ( A lógica das classificações totêmicas – p. 51-90) No capítulo “A lógica das classificações totêmicas”, Lévi-Strauss mostra, principalmente, através de exemplificações etnográficas toda uma lógica taxonômica do pensamento selvagem, ressaltando a complexabilidade da classificação dito primitiva; envolvendo o totemismo, que é baseado na crença de...

    501  Palavras | 3  Páginas

  • kaspar hauser, o selvagem

    pelo isolamento ou se ele nasceu com tais anomalias. K. Hauser foi visto pela sociedade como um “selvagem” e sofreu pela privação de convivência e aprendizagem. Por diversos fatores K. Hauser se tornou um “menino selvagem”, dentre eles as questões de identidade, privação do convívio social, modo diferenciado de pensar e perceber o mundo e isolamento foram primordiais para que ele de fato fosse “selvagem”. K. Hauser não sabia quem ele era, não sabia suas origens, viveu como se o mundo fosse um lugar...

    701  Palavras | 3  Páginas

  • O garoto selvagem

    V ENCONTRO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO E MARXISMO MARXISMO, EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO HUMANA 11, 12, 13 E 14 de abril de 2011 – UFSC – Florianópolis – SC - Brasil “O GAROTO SELVAGEM”: A INFLUÊNCIA DO CONVÍVIO SOCIAL E O PAPEL DA EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO COGNITIVO. PEREIRA, Tatiane Marina dos Anjos Universidade Estadual de Maringá/PR Programa de Pós-Graduação em Educação – DS/CAPES RESUMO: Partindo do pressuposto de que o processo de hominização ocorre na medida em que o indivíduo, vivendo...

    5322  Palavras | 22  Páginas

  • Menino selvagem

    época Itard desenvolveu seu programa educativo e de trabalho com o “garoto selvagem”, encontrado nas florestas do sul da França, por uma jovem que o avistou em sua caminhada no bosque de Caune, o “garoto selvagem” tinha por volta de 12 ou 13 anos. Itard ao ler o Jornal e ver a reportagem sobre o “garoto selvagem” se encanta ao acreditar que este seria um ótimo objeto de estudo sobre as origens da linguagem e do pensamento; ele se encanta ao pensar que seria ótimo examinar um menino que nunca fora...

    503  Palavras | 3  Páginas

  • Relatório sobre renascimento e sobre o "mito do mau selvagem"

    Relatório sobre o Renascimento e “A Figura Do Mau Selvagem e Do Bom Civilizado” O Renascimento tem a ânsia de descobrir locais desconhecidos, seus habitantes e criar teorias para explicar sobre esses povos exóticos. Essa época tinha interesse na natureza. Deus não era mais o centro de tudo. Humanidade versus animalidade. Os descobridores queriam saber se esses seres de diferentes culturas eram também considerados humanos. Essa dúvida foi proposta no século XIX Na época, o que definia um ser...

    763  Palavras | 4  Páginas

  • O menino selvagem

    Filme: O menino Selvagem Assistir o filme e observar os seguintes aspectos do desenvolvimento de acordo com a teoria de Vygotsky, linguagem, interação, mediação e funções psicológicas superiores (memória, atenção e capacidade de resolução de problemas). ¬¬¬ - LINGUAGEM O menino não tinha desenvolvido a linguagem por ter convivido na floresta no meio dos bichos até a idade que se encontrava, mas através do doutor que com muita persistência ele começou a desenvolvê-la aos poucos. Para Vygotsky...

    605  Palavras | 3  Páginas

  • A genealogia de uma linha de pensamento que culmina com o mito do bom selvagem: léry, montaigne e rousseau.

    A GENEALOGIA DE UMA LINHA DE PENSAMENTO QUE CULMINA COM O MITO DO BOM SELVAGEM: LÉRY, MONTAIGNE E ROUSSEAU. O encontro dos franceses com os indígenas brasileiros, no século XVI, está longe de ser um capítulo encerrado da era dos descobrimentos. Isto porque, ciclicamente e por motivos diversos, volta à tona o acontecimento que despertou vivas centelhas no imaginário daqueles europeus, de sorte que desde então aquele contato vem sendo vivificado pela literatura, alimentando a memória cultural de...

    1785  Palavras | 8  Páginas

  • Crianças selvagens

    ------------ Índice Introdução 2 Crianças selvagens 3 Crianças selvagens, o que significa este termo? 3 Comportamentos/características apresentadas pelas crianças selvagens 3 Características/comportamentos: 3 A importância das crianças selvagens 4 Os factores do meio que conferem aos indivíduos as características humanas 5 Cultura: 6 Os padrões culturais: 6 A Socialização: 7 Exemplos de crianças selvagens: 7 Amala e Kamala 7 Victor de Aveyron 8 Hauser 9 Conclusão...

    2798  Palavras | 12  Páginas

  • Bom e Mau selvagem

    BOM SELVAGEM, MAL SELVAGEM Admiração e desprezo, encantamento e repulsa. Os mesmos sentimentos dos portugueses que primeiro se depararam com um grupo tupinambá na costa de Porto Seguro, há mais de 500 anos, perduram ainda hoje. Do mais odiento dos fazendeiros ao mais diligente dos antropólogos, compartilhamos doses variadas dessa ambígua impressão sobre os índios brasileiros. Pode-se argumentar que o encantamento e o respeito vêm se impondo nas últimas décadas. Provas disso seriam a Constituição...

    1264  Palavras | 6  Páginas

  • A figura do bom selvagem e do mau civilizado - capitulo 2- laplantine, françois- 1988, aprender antropologia.

    bom selvagem e do mau civilizado O estereótipo do selvagem é visto inicialmente como um ser embrutecido. O caráter do mesmo é visualizado como privativo, pois não possuíam escrita, religião organizada, ou leis; no entanto o selvagem não é quem pensamos. Com as mudanças de pensamento ocorridas no Renascimento, seguidas do Romantismo, ocorre uma inversão daquilo que era aprendido – mau selvagem e bom civilizado. Portanto o estereótipo começa a se desfazer, surgindo à figura do bom selvagem e do...

    649  Palavras | 3  Páginas

  • Para além do pensamento abissal - boaventura - resumo

    1 - Introdução O pensamento moderno ocidental é um pensamento abissal. Consiste num sistema de distinções visíveis e invisíveis, sendo que estas últimas fundamentam as primeiras. As distinções invisíveis são estabelecidas por meio de linhas radicais que dividem a realidade social em dois universos distintos: O “deste lado da linha” e o “do outro lado da linha”. A divisão é tal que “o outro lado da linha” desaparece como realidade, torna-se inexistente e é mesmo produzido como inexistente. Inexistência...

    4493  Palavras | 18  Páginas

  • Pensamento místico e racional na Antropologia

     Pensamento místico e racional na Antropologia A Antropologia, em seu início, esteve demasiadamente preocupada em estabelecer distinções entre o pensamento que se convencionou ser chamado de primitivo, em oposição ao pensamento ocidental, leia-se europeu. O primeiro, característico dos povos “exóticos” que passavam a ser estudados sistematicamente, seria essencialmente místico, mágico ou sobrenatural; o segundo, racional e científico. Um dos maiores alvos de críticas posteriores por essa distinção...

    3016  Palavras | 13  Páginas

  • O bom selvagem

    Rousseau - estado de natureza, o “bom selvagem” e as sociedades indígenas José Sávio Leopoldi N osso objetivo neste trabalho é resgatar alguns aspectos da obra de Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) que tragam alguma contribuição à discussão de temas que têm especial importância para o campo da antropologia. Estaremos sobretudo interessados nas considerações em torno do estado de natureza e de sua sintonia com desenvolvimentos na área antropológica, com destaque para as sociedades indígenas...

    5872  Palavras | 24  Páginas

  • resenha "do selvagem bonzinho ao subdesenvolvido"

     Resenha: "Do selvagem bonzinho ao subdesenvolvido" O terceiro capítulo, "Do selvagem bonzinho ao subdesenvolvido", do livro, "Para Ler o Pato Donald", de autoria de, Ariel Dorfman e Armand Mattelart, foi escrito no Chile, nos anos setenta, em um período em que as Teorias da Comunicação da América Latina denunciavam os Meios de Comunicação de Massa por promoverem uma visão de mundo capitalista. O capítulo faz uma crítica às histórias em quadrinhos produzidas pela Disney, por reproduzirem a lógica...

    921  Palavras | 4  Páginas

  • O Menino Selvagem

    II. OBJETIVOS 1. Desenvolver: um pensamento ético, crítico e responsável a capacidade de leitura crítica da linguagem audiovisual práticas de exposição oral e escrita práticas de intervenção num debate capacidades de análise e de argumentação 2. Compreender a importância dos fatores socioculturais e da socialização no tornar-se humano. 3. Compreender como os aspetos biológicos e socioculturais se coproduzem no ser humano. III. FILME: O MENINO SELVAGEM País: França. Ano: 1970. Realização:...

    944  Palavras | 4  Páginas

  • O que fazer, com Selvagens, Barbaros, Civilizados?

    Docente: Mônica Thereza Soares Pechincha Estudante: Diego Mendes Rodrigues Resenha: O que fazer com selvagens, bárbaros e civilizados? Márcio Goldman Essa resenha integra o item VI do artigo publicado por Márcio Goldman no Rio de Janeiro em 1999. Neste item trata a seguinte temática: O que fazer com selvagens, bárbaros e civilizados? O autor parte do episódio A gota de Ouro de Michel Tournier para levantar um questionamento...

    689  Palavras | 3  Páginas

  • ANÁLISE DO FILME: “Na Natureza Selvagem”

    UNIVERSIDADE MOGI DAS CRUZES ANÁLISE DO FILME: “Na Natureza Selvagem” MOGI DAS CRUZES, SP. 2013 UNIVERSIDADE MOGI DAS CRUZES ANÁLISE DO FILME: “Na Natureza Selvagem” Relatório de análise e comparação do filme seguindo bases da teoria da Psicologia Analítica apresentado ao curso de Psicologia da Universidade Mogi das Cruzes como parte de requisito para aprovação na disciplina de Psicologia Psicodinâmica. Professor Orientador: Eduardo ...

    1658  Palavras | 7  Páginas

  • A ALTERIDADE DO BÁRBARO, SELVAGEM E PRIMITIVO.

    SÃO FRANCISCO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS Vinícius da Cruz Sousa A ALTERIDADE FOI TEMATIZADA A PARTIR DAS NOÇÕES DE BÁRBARO, SELVAGEM E PRIMITIVO: situe essas classificações na história do conhecimento do outro. Juazeiro/Bahia 2014 Vinícius da Cruz Sousa A ALTERIDADE FOI TEMATIZADA A PARTIR DAS NOÇÕES DE BÁRBARO, SELVAGEM E PRIMITIVO: situe essas classificações na história do conhecimento do outro. Trabalho apresentado a Universidade Federal do Vale do São Francisco...

    832  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo: O Garoto Selvagem

    Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Ciências Sociais Professora: Disciplina: Sociologia Aluno: Resenha: O Garoto Selvagem O filme conta a história de um menino que não teve uma educação típica dos que moram em civilização e seus hábitos e costumes são muito peculiares, quando se está com fome o seu pensamento sua atitude é roubar comida para saciar sua fome, e assim funciona com todas as suas necessidades, a sua diversão é parecida com a dos macacos, o seu modo...

    506  Palavras | 3  Páginas

  • resumo do texto marcos para uma historia do pensamento antropologico

    especialmente para a disciplina de antropologia. Margarete Fagundes Nunes Ana Luiza Carvalho da Rocha Referência: LAPLANTINE, François. APRENDER ANTROPOLOGIA. São Paulo: Brasiliense, 13 ed. 1999. PRIMEIRA PARTE Marcos para uma história do pensamento antropológico. Século XVI: a descoberta da “alteridade” pelos viajantes. Segundo Laplantine (1999), a gênese da reflexão antropológica é a descoberta do Novo Mundo. À medida que os europeus expandem seu domínio além-mar, explorando lugares e...

    1431  Palavras | 6  Páginas

  • Garoto selvagem

    O filme “O Garoto Selvagem” baseado em num caso real, conta a historia de um garoto de aproximadamente 11 a 12 anos que foi abandonado numa floresta, e que possivelmente tenha convivido com animais sem nunca ter tido contato com a sociedade, não sabia falar e nem se comportava como humano. Foi encontrado por uma senhora que ao colher algo no bosque ouviu o barulho que vinha dos galhos e das folhas se assustando correu para pedir ajuda, logo aparece o garoto todo sujo que andava e se comportava igual...

    1341  Palavras | 6  Páginas

  • O menino selvagem

    Análise do filme “menino selvagem “ “Está hoje estabelecido com toda a certeza que se as crianças se desenvolvessem desde a mais tenra idade , fora da sociedade e dos fenômenos por elas criados , o seu nível é dos animais (Zing)” ( pág 266, livro “o homem e a cultura”,Leontiev”) . O filme “menino selvagem” retrata exatamente a idéia exposta no trecho citado acima . Um menino é encontrado ainda criança ,por volta dos 6 anos , em um estado completamente selvagem ,devido ao seu isolamento...

    1126  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo e informações: perto do coração selvagem

    Personagens principais... ) Joana - órfã e sonhadora. Secundários Pai falecido,tio fazendeiro,Otavio,Ligia, Epifania Em Perto do Coração Selvagem, a epifania ocorre quando Joana vê uma asquerosa barata, e Joana sente pavor de barata, ficando então imobilizada, estando só em casa. Mas de repente, uma força se apodera dela, um insight acontece e ela então cria coragem e esmaga a barata sentindo um prazer indescritível neste ato. Enredo Joana viveu a infância ao lado do pai, a quem confiou...

    1162  Palavras | 5  Páginas

  • O menino selvagem

    O menino selvagem Estudo do caso de uma criança selvagem retratado no filme "O menino selvagem" de François Truffaut Trabalho realizado por Jorge Gonçalves e Maria Alexandra Peixoto no âmbito da Cadeira de História e Filosofia da Educação leccionada pela Prof. Olga Pombo ano lectivo 2000/2001. Este trabalho teve por base uma primeira versão da autoria de Mónica Caldeira e Dora Oliveira realizada no ano lectivo de 1999/2000 1 ”Torvado vem na vista, como aquele que não se vira nunca em tal...

    36697  Palavras | 147  Páginas

  • FILOSOFIA CONTEMPORA NEA Pensamento Do Se Culo XX 3 Se Rie1 3

    FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA: PENSAMENTO DO SÉCULO XX AVALIAÇÃO PROCESSUAL Participação Assiduidade Pontualidade Temas Trabalhos Provas Filosofia Contemporânea: Pensamento do Séculos XX 1.Século XX – Uma era de incertezas • Mundo de contrastes •Impressões antagônicas • Respostas filosóficas 2. Existencialismo – A aventura e o drama da existência • Edmundo Husserl • Martin Heidegger • Jean-Paul Sartre 3. Filosofia analítica – A análise lógica da linguagem • Bertrand Russell • Ludwig Wittgenstein 4...

    782  Palavras | 4  Páginas

  • Marcos para uma história do pensamento antropológico

    Marcos para uma história do pensamento antropológico, este é o título da primeira unidade do livro “Aprender Antropologia” de François Laplantine, unidade esta que apresenta a origem e os marcos da disciplina Antropologia. O texto começa explicando a pré-história da Antropologia. Em pleno Renascimento, a exploração de outras terras levam os viajantes a descobrirem outros povos, de aparência e costumes diferentes, então surge a dúvida se estes seres descobertos também são seres humanos, se eles também...

    865  Palavras | 4  Páginas

  • menino Selvagem

    Sinopse e detalhes Cantão de São Sernin, França, 1798. Três caçadores acham uma criança selvagem, que possui 11 ou 12 anos. Ele é apelidado de Selvagem de Aveyron (Jean-Pierre Cargol), sendo que se alimenta de grãos e raízes, não anda como um bípede nem fala, lê ou escreve. O professor Jean Itard (François Truffaut) se interessa pelo menino, que é levado a Paris para determinar seu grau de inteligência e ver como se comporta a mentalidade de um menino que desde cedo foi privado da educação, por...

    2141  Palavras | 9  Páginas

  • ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS PENSAMENTOS DE MORGAN, TYLOR

    ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS PENSAMENTOS DE MORGAN, TYLOR E BOAS FERNANDA OLIVEIRA KATHLEEN LEAL DE SOUZA LARISSA SANTANA OLIVEIRA MAYARA QUIRINO BATISTA GIMENEZ NAIANE ROCHA DA COSTA TAÍS RODRIGUES DA COSTA CAVALCANTI NILÓPOLIS SETEMBRO – 2013 FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA KATHLEEN LEAL DE SOUZA LARISSA SANTANA OLIVEIRA MAYARA QUIRINO BATISTA GIMENEZ NAIANE ROCHA DA COSTA TAÍS RODRIGUES DA COSTA CAVALCANTI ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS PENSAMENTOS DE MORGAN, TYLOR E BOAS Trabalho...

    4223  Palavras | 17  Páginas

  • O Bom Selvagem

    Jean Jacques Rousseau e sua opinião sobre “O Bom Selvagem” A metáfora do "bom selvagem" é somente uma forma que Rousseau encontrou para questionar a filosofia iluminista e a política moderna.  Um dos postulados mais importantes desta teoria é a de que “todos os homens nascem livres e iguais” e são, por natureza, bons e bem formados. A sociedade é que os corrompe.  O mito criado pelo filósofo em torno da figura do bom selvagem - o ser humano em seu estado natural, não contaminado por constrangimentos...

    954  Palavras | 4  Páginas

  • Na Natureza Selvagem

    NA NATUREZA SELVAGEM NA NATUREZA SELVAGEM. Direção: Sean Penn. Roteiro: Sean Penn. Intérprete: Emile Hirsch. Local: EUA. Produção: Art Linson Productions, Into the Wild, Paramount Vantage e River Road Entertainment. Paramount Pictures do Brasil, 2007. 1 filme (148min), son. dub, color, 35mm. O filme apresenta a história do rapaz Christopher McCandless, nascido no seio de uma família que tinha ótimas condições financeiras e uma bela imagem perante a sociedade. Cresceu cumprindo suas obrigações...

    697  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha Na Natureza Selvagem

    Católica de Santa Catarina – Joinville Curso de Administração RESENHA CRÍTICA LIVRO: NA NATUREZA SELVAGEM – JON KRAKAUER 17.04.13 O livro já começa com o fim. O americano até então desconhecido Christopher Johnson McCandless morreu. Em abril de 1992, Christopher largou tudo o que tinha para cair na estrada, em direção ao norte, o tão atrativo Alasca. Foi lá que passou seus últimos 112 dias em contato direto com a natureza e isolado da civilização...

    1191  Palavras | 5  Páginas

  • Reflexão sobre o filme o menino selvagem

    Atividade Módulo I: Reflexão sobre o filme O Menino Selvagem de François Truffaut O filme “L’Enfant Sauvage” de Fraçois Truffaut fundamenta-se na história verídica do “Selvagem de Aveyron”. O filme narra os acontecimentos relacionados com a descoberta, em 1798, finais do século XVIII, de um menino de idade entre 11 e 12 anos encontrado próximo da floresta de Aveyron no sul da França. No momento da captura tinha a cabeça, os braços e os pés nus; farrapos de uma camisa velha cobriam-lhe o resto...

    3795  Palavras | 16  Páginas

  • Pensamento de Montaigne

    Pensamento de Montaigne A França católica ( As guerras de religião ) 1562 – 1598 Protestantes X Católicos A descoberta de outro Chegada na américa Os povos indígenas Comparação entre os dois Condenação da guerra religiosa Quem é mais bárbaro ? # O europeu Relativização cultural Cada um julga o outro bárbaro “(…) não vejo nada de bárbaro ou selvagem no que dizem daqueles povos; e, na verdade, cada qual considera bárbaro o que não se pratica em sua terra. (…) Não me...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • O Pensamento Liberal no Século XX

    O pensamento Liberal no século XX teve sua maior expressão política sob a insígnia do Keynesianismo. Dentro do pensamento de Keynes, o Estado deveria estar preocupado em atuar diretamente sobre a economia como regulador da demanda, investindo no setor público - de saúde e educação, por exemplo - e criando leis como a do salário mínimo e a redução da jornada de trabalho. Atribuiu ao Estado o direito e o dever de conceder benefícios sociais que garantam à população um padrão mínimo de vida, aumentando...

    684  Palavras | 3  Páginas

  • mau selvagem e bom civilizado

    1 2 Aprender Antropologia Fran¸ois Laplantine c 2003 2 Conte´ do u I Marcos Para Uma Hist´ria Do Pensamento Ano tropol´gio o 23 1 A Pr´-Hist´ria Da Antropologia: e o 25 1.1 A Figura Do Mau Selvagem E Do Bom Civilizado . . . . . . . 27 1.2 A Figura Do Bom Selvagem E Do Mau Civilizado . . . . . . . 32 2 O S´culo XVIII: e 39 3 O Tempo Dos Pioneiros: 47 4 Os Pais Fundadores Da Etnografia: 57 4.1 BOAS (1858-1942) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ...

    64399  Palavras | 258  Páginas

  • Tópicos sobre as fases do pensamento de Nietzsche

    Tópicos sobre as fases do pensamento de Nietzsche Baseado no livro do prof. Oswaldo Giacoia Junior (Unicamp): “Nietzsche”, Ed. Publifolha, ano 2000 Introdução Objetivo da filosofia de Nietzsche: realizar um diagnóstico fiel da situação do homem moderno. Homem moderno: confiante no deus Logos (= razão) e nos seus produtos: ciência e técnica; relativiza valores como justiça, bem, mal, virtude. A partir deste perfil do homem moderno Nietzsche propõe: a) compreender como este otimismo na razão...

    1686  Palavras | 7  Páginas

  • Evolução do pensamento Econômico

    UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE DIREITO A EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ECONÔMICO Manaus 2014 JONATHAS MAURICIO DE SOUZA A EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ECONÔMICO Trabalho da disciplina Economia, apresentado UNIP, do instituto de ciências jurídicas do curso de direito, para obtenção da nota parcial NP1, sob a orientação do Profº Gean, campus Manaus. ...

    3671  Palavras | 15  Páginas

  • Pensamento pedagogico renassentista

    INSTITUTO FEDERAL CAMPUS MACHADO O Pensamento Pedagógico Renascentista FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO PROFESSOR CIDA ANY CAROLINY DE PAULA CIÊNCIAS BIOLÓLIGAS MACHADO 21 DE DEEMBRO 2011 O Pensamento Pedagógico Renascentista Este pensamento se caracterizava por uma revalorização da cultura greco-romana. Foi essa nova mentalidade que influenciou a educação tornando-a mais prática, incluindo a cultura do corpo e substituindo processos mecânicos por outros mais agradáveis. A educação renascentista...

    591  Palavras | 3  Páginas

  • Pensamento liberal e despotismo esclarecido

    basicamente teórica sobre o pensamento liberal e despotismo esclarecido. Análise esta, bastante resumida para facilitar o entendimento por parte de todos. Será enfatizado desde seu conceito até os principais despotas esclarecidos europeus. Também de uma forma resumida veremos duas correntes do pensamento econômico da época. Finalizando esta rápida introdução, este trabalho é fruto de uma intensa pesquisa bibliográfica que, formou esta análise teórica sobre pensamento liberal e despostismo esclarecido...

    2483  Palavras | 10  Páginas

  • Recensão ao livro: os ciganos, ou o destino selvagem dos roms do leste

    Comunicação Mestrado de Educação Social Racismo e Etnicidade Recensão ao livro: Os ciganos, ou o destino selvagem dos roms do leste Docente: João Filipe Marques Autor: Ricardo Rodrigues Neves (45546) Beja, 20 julho de 2012 Recensão ao livro Os ciganos (ou o destino selvagem dos roms de leste) Autor: Claire Auzias Edição: Antígona (2001) O livro Os ciganos, ou o destino selvagem dos roms de leste foi publicado pela primeira vez em 1995 pela Éditions Michalon sob o título original Les...

    4490  Palavras | 18  Páginas

  • Durkheim e o menino selvagem

    O “MENINO SELVAGEM” DE AVEYRON E O CONCEITO DE DURKHEIM Matheus Rodrigues Baroni Thaís Velloso Cristaldo Em 1797, um menino quase inteiramente nu foi visto pela primeira vez perambulando pela floresta de Lacaune, na França. Em 9 de janeiro de 1800, foi registrado seu aparecimento num moinho em Saint-Sernein, distrito de Aveyron. Tinha a cabeça, os braços e os pés nus; farrapos de uma velha camisa (sinal de algum contato anterior com seres humanos) cobriam o resto do corpo. Sempre que alguém...

    1748  Palavras | 7  Páginas

  • Laranja Mecânica e o pensamento dos filósofos

    cidadãos. É reconhecido que essa regulação seja necessária, para que haja a tão almejada ordem social, no entanto não pode ultrapassar os limites e negar a individualidade do cidadão, como fundamenta Platão em sua obra “A República”. No livro, há o pensamento de que os guardiões, representados pelos dirigentes do Estado, são os responsáveis pela organização política e social, e contém o monopólio da força estatal que seria o exército. Assim, seriam uma unidade do todo, com as leis apresentando um papel...

    900  Palavras | 4  Páginas

  • Crítica do filme O Selvagem da Motocicleta Na visão de Erich Fromm

    Crítica MACEIÓ 2013 Túlio Marcos Barboza Pereira Resenha Crítica do filme; O Selvagem da Motocicleta –Rumble Fish (1983) – F.F. Coppola. Na visão de Erich Fromm. Apresentado a resenha crítica do filme ; O Selvagem da Motocicleta – Rumble Fish (1983) – F.F Coppola. para obtenção de nota na disciplina de Psicologia Social , no 2º Período do curso de Ciências Sociais Universidade Federal...

    2017  Palavras | 9  Páginas

  • Os pensamentos de Marx, Durkheim e Weber

    Os pensamentos de Marx, Durkheim e Weber. Os três teóricos clássicos da Sociologia (Karl Marx, Max Weber e Emile Durkheim) identificaram características gerais da religião e desenvolveram argumentos complementares. Karl Max, por exemplo,não estudou a religião diretamente. Seu pensamento sobre o tema deriva de autores do inicio do século XIX, com atenção especial para Ludwig Feuerbach. Inspirado na idéia de Feuerbach sobre alienação – que pressupõe que homens não compreendem sua historia criam...

    996  Palavras | 4  Páginas

  • AS DIFERENÇAS DE PENSAMENTO SOCIAl ENTRE MARX,WEBER E DURKHEIM

     AS DIFERENÇAS DE PENSAMENTO SOCIAl ENTRE MARX,WEBER E DURKHEIM Vou começar falando do pensamento de cada um , primeiramente vou começar com Karl Heinrich Marx, mais conhecido como Karl Marx , O seu pensamento mudo radicalmente a historia politica da humanidade inspirada em suas idéias, metade do mundo empreendeu a revolução...

    950  Palavras | 4  Páginas

  • A condição-animal em kaspar hauser - crítica à ética racionalista: o bom selvagem e a esterilidade da razão

    A condição-animal em Kaspar Hauser - Crítica à Ética racionalista: o bom selvagem e a esterilidade da razão [pic] [pic] [pic] 04 JANEIRO 2009 "Em 1833 cravou-te A sociedade o punhal oculto Da intolerância. Expulso do convívio dos seres Hoje serias outra vez assassinado Porque encerravas O poeta O vidente O estranho O músico O anjo sem palavras Constelado no sentimento da morte" (Cyro Pimentel, "Kaspar Hauser") INTRODUÇÃO Pretende este artigo analisar, sob o contexto da...

    6246  Palavras | 25  Páginas

  • O Bom Selvagem Lobo de Homem

    O BOM SELVAGEM LOBO DO HOMEM Thiago de Lima Vieira1 Numa contemporaneidade atribulada, onde o “pensar” é cada vez mais necessário, eu, do alto de meus racionais pensamentos hobessianos, vejo certas vantagens no contrato social proposto por este inglês. Um contrato claramente racional e de natureza possessiva. Esse pensar racional, onde toda ação é justificada pela vantagem obtida no fim do processo é o contrato vigente por detrás da hipocrisia a qual eu mesmo propago e me apego – e diria que...

    854  Palavras | 4  Páginas

  • Thomas hobbes - o pensamento de thomas hobbes

    EXERCÍCIOS SOBRE O PENSAMENTO DE THOMAS HOBBES 2012 1- O que é LEVIATÃ? O contexto da obra, é uma grande revolução inglesa e em meio a este panorama Thomas Hobbes, escreve Leviatã, seu livro mais famoso, publicado em 1651. O seu título se deve ao monstro bíblico, cruel e invencível, o Leviatã, o título por extenso é Leviatã ou matéria, forma e poder de um Estado eclesiástico e civil, trata da estrutura da sociedade organizada. Do ponto de vista da Teoria Política e do Direito,...

    3772  Palavras | 16  Páginas

  • SOBRE UMA REVOLUÇÃO DE IDENTIDADE, ROMPIMENTO COM A SOCIEDADE, BUSCA PELA FELICIDADE E POR REALIZAÇÃO INDIVIDUAL E ESPIRITUAL – EM “NA NATUREZA SELVAGEM”;

    trazem-no ao grande e branco Norte. Para não mais ser envenenado pela civilização, ele foge e caminha sozinho sobre a terra para perder-se na natureza." Na Natureza Selvagem, filme de Sean Penn INTRODUÇÃO “Happiness is only real when shared. ” É essa a frase que, na composição de uma cena, encerra a obra cinematográfica Na Natureza Selvagem (Into the Wild – 2007). A frase em si, desprovida do próprio contexto do filme, já suscita inúmeras reflexões. O que é felicidade? Essa representação tão colocada...

    3889  Palavras | 16  Páginas

  • As Principais Tendências Do Pensamento Antropológico Contemporâneo

    ANTROPOLOGIA - AULA 2: - Maturidade a partir dos estudos dos pais fundadores da etnografia - Capítulo pretende destacar as tendências dominantes do pensamento e da pratica dos antropólogos da época PRIMEIRA VIA: - Levantar as áreas de investigação e estudar os resultados obtidos - A antropologia avança dentro de sua própria prática, especializando-se - Disciplina científica que é caracterizada pela constituição de objetos formais - Defini-se a disciplina pela especificidade da abordagem...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • pensamentos durkhein

     os principais pensamentos de èmile Durkheim Durkheim formou-se em Filosofia, porém sua obra inteira é dedicada à Sociologia. Seu principal trabalho é na reflexão e no reconhecimento da existência de uma "consciência coletiva". Ele parte do princípio que o homem seria apenas um animal selvagem que só se tornou humano porque se tornou sociável, ou seja, foi capaz de aprender hábitos e costumes característicos de seu grupo social para poder conviver no meio deste. A este processo de aprendizagem...

    1257  Palavras | 6  Páginas

  • Construir futuro para vida selvagem

    ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DE ZOOS E AQUÁRIOS - UNIDOS PARA A CONSERVAÇÃO - Construindo um Futuro para a Vida Selvagem Estratégia Mundial dos Zoos e Aquários para a Conservação GABINETE EXECUTIVO DA WAZA, BERNA, SUÍÇA, 2005 Editor: Peter J. S. Olney Layout e Design: Peter Dollinger Edição original em inglês por: WAZA Executive Office 3012 Bern, Switzerland phone: +41-31-300 20 30 fax: +41-31-300 20 31 email: waza.secretariat@bluewin.ch waza.director@bluewin.ch web site: http://www.waza...

    51435  Palavras | 206  Páginas

  • Fichamento de para além do pensamento abissal

    (SANTOS, Boaventura de Sousa, Para além do pensamento abissal, novos rumos, novembro 2007) Das linhas locais a uma ecologia dos saberes [...] “As distinções invisíveis são estabelecidas por meio de linhas radicais que dividem a realidade social em dois universos distintos: o “deste lado da linha” e o “do outro lado da linha”[...]Tudo aquilo que é produzido como inexistente é excluído de forma radical porque permanece exterior ao universo que a própria concepção de inclusão considera como o “outro”[...

    1045  Palavras | 5  Páginas

  • A essência do pensamento liberal

    postulava a limitação do poder estatal em benefício da liberdade individual, denominada Liberalismo. Apresenta também suas características e conseqüências e a essência e os fundamentos do pensamento liberal, bem como os quatros filósofos jusnaturalistas, que tiveram influência decisiva na formação do pensamento liberal: Thomas Hobbes (1588-1679), John Locke (1632-1704), Montesquieu (1689-1755) e Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), e as formas de organização de Estado e poderes, segundo cada um desses...

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • Pensamento de hobbes

    entender o seu pensamento é o estado de natureza. Hobbes é um contratualista, ou seja, a origem do Estado e/ou da sociedade está num contrato: antes disto os homens viveram naturalmente sem poder e sem organização, com a afirmação do contrato surgiriam as regras de convívio social e de subordinação politica. Para Hobbes a natureza do homem não muda conforme o tempo, ou a historia ou a vida social, o homem natural é o mesmo que o homem da sociedade, ou seja, ele não é um selvagem, é igual em ambos...

    592  Palavras | 3  Páginas

  • Análise patológica do filme "na natureza selvagem"

    ​ Chris McCandless, conhecido por alguns como Alexander Supertramp, jovem aventureiro e protagonista do livro “Na Natureza Selvagem”, abandona a sua vida e seus bens em busca de altos riscos na perigosa floresta do Alasca. Encontrado morto em um ônibus abandonado, o autor Jon Krakauer percorre toda a trajetória de McCandless até o fato ocorrido. ​Analisado de um modo geral, Chris McCandless é reconhecido como um herói, pelo autor, que com muita coragem se desfez da sociedade e de valores capitalistas...

    644  Palavras | 3  Páginas

  • Pensamento e Linguagem Greystoke

    FACULDADE ESTÁCIO (FIR) DISCIPLINA: PENSAMENTO E LINGUEM PROFESSOR: CARLOS DOMINGUES ALUNO: SÉRGIO SANGIOLLE FALCÃO ATIVIDADE ESTRUTURADA: RESPOSTA DO ROTEIRO DO FILME, GREYSTOKE A LENDA DE TARZAN RECIFE, 29 DE NOVEMBRO DE 2014. Apresentação Este trabalho foi solicitado pelo professor Dr. Carlos Domingues, e faz parte da atividade estruturada da disciplina Pensamento e Linguagem. Como parte da atividade vale até dois pontos, e trata dos principais...

    1170  Palavras | 5  Páginas

  • Compreensão do pensamento político- social americano, através da literatura de formação norte americana

    Acadêmica: Neidiani Dutra Compreensão do pensamento político- social americano, através da literatura de formação norte americana O intuito do presente ensaio é mostrar como os Estados Unidos se consolidaram como uma grande nação, passando de colônia à futura potencia mundial. Para compreensão desse processo far-se-á uma analise baseando-se na literatura de formação norte americana; como se deram as primeiras literaturas, pois que esta reflete a cultura de seu tempo, quais as principais ideologias...

    1380  Palavras | 6  Páginas

  • “O Pensamento Político Conservador após a Comuna de Paris.”

    Resenha Crítica do Texto: “O Pensamento Político Conservador após a Comuna de Paris.” O texto escolhido para resenha, é um capítulo do livro “A Comuna de Paris na História” organizado pelo Professor da Unicamp Armando Boito Jr. O capítulo foi escrito pela historiadora e Professora da Unicamp Maria Stella Bresciani e neste capítulo a autora vai abordar a presença do conservadorismo na política francesa após a Comuna de Paris. A autora destaca que autores da época definiram o momento como um...

    1012  Palavras | 5  Páginas

  • SÍNTESE: Laplantine, François. “As principais tendências do pensamento antropológico contemporâneo”

    SÍNTESE: Laplantine, François. “As principais tendências do pensamento antropológico contemporâneo” (os cinco pólos teóricos do pensamento antropológico contemporâneo). In Aprender Antropologia. Brasiliense, 1998 Introdução/Contextualização A inserção do antropólogo em um campo já conhecido, mas, sobretudo, vivenciado previamente à incorporação do ethos antropológico, levanta suspeita sobre a autenticidade, verdade ou capacidade de aplicação de seu método. Indagações podem surgir: em que medida...

    1227  Palavras | 5  Páginas

tracking img