O Julgamento De Nuremberg Na Visão Dos Sofistas Sócrates E Platão artigos e trabalhos de pesquisa

  • O julgamento de nuremberg segundo sócrates, platão e os sofistas

    Trabalho de Filosofia SOFISTAS Por movimento sofista entende-se que foi um movimento intelectual na Grécia do séc. V a.C. Eles eram mestres ou professores de alguma arte ou técnica. Conheciam tudo a respeito do que ensinavam. Ensinavam a arte de argumentar e persuadir, importante para quem exercia a política, pois se apresentavam em público e tinham um poder para persuadir as pessoas a favor de suas...

    1069  Palavras | 5  Páginas

  • o julgamento de nuremberg

     SOFISTAS Os sofistas se compunham de grupos de mestres que viajavam de cidade em cidade realizando aparições públicas (discursos) para atrair estudantes, de quem cobravam taxas para oferecer-lhes educação. O foco central de seus ensinamentos concentravam-se nos discursos, com foco em estratégias de argumentação. Os mestres sofistas alegavam que podiam "melhorar" seus discípulos, ou, em outras palavras, que a "virtude" seria passível de ser ensinada. Os Sofistas foram considerados os...

    1545  Palavras | 7  Páginas

  • Socrates E Os Sofistas

    Sócrates E os Sofistas Universidade Estácio de Sá Disciplina: Filosofia Profª: Lucia Trotte Psicologia Turno: Noite Campus: Sulacap Alunos: Alana Mendes dos Santos Alice Regina T. da S. de Lima Dayene Neves Duarte Chaves Deise Cristina da Silva Pinheiro Giselle Rodrigues Alves Moreira Rosana Figueiredo G.Pires Sócrates Contexto Histórico Nos séculos V e IV, Atenas é o centro da vida cultural da Grécia, sacudida por uma criatividade revolucionária no...

    1923  Palavras | 8  Páginas

  • Platão e Sofistas

    A morte de Sócrates. Obra do pintor francês Jacques Louis David (1746-1825) Trabalho elaborado por: Ana Soares nº2 Daniela Duarte nº7 Diana Rodrigues nº9 Mónica Teles nº24 Na cidade-estado de Atenas dos séculos V e IV a.C., a capacidade de argumentação era um fator decisivo na conquista do poder. Neste contexto apareceram os sofistas, que encontraram em Atenas o ambiente favorável para discutir e pôr em causa a tradição, o conhecimento, e a própria religião de então. Os sofistas realizavam conferências...

    1059  Palavras | 5  Páginas

  • socrates e os sofistas

    SÓCRATES E OS SOFISTAS 01-INTRODUÇÃO O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, e pode-se dizer que inaugura a filosofia clássica rompendo com a preocupação quase que exclusivamente centrada na formulação de doutrinas sobre a realidade natural que encontramos nos filósofos pré-socráticos. A própria denominação “pré-socrática” já reflete a importância da filosofia de Sócrates como um divisor de águas. Os sofistas são contemporâneos de Sócrates, seu principal...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • Sócrates e os sofistas

    Iniciação à historia da filosofia O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, inaugura a filosofia clássica rompendo com a preocupação quase que exclusivamente de doutrinas sobre a realidade natural que encontramos nos filósofos pré-socráticos. A própria denominação “pré-socráticos” já reflete a importância da filosofia de Sócrates. Nesse contexto que a problemática ético-politica passa ao primeiro plano da discussão filosófica da sociedade grega, superando...

    1428  Palavras | 6  Páginas

  • Trabalho e vida de sócrates

    SÓCRATES E OS SOFISTAS Surgimento da filosofia Slide 2 - O pensamento de Sócrates inaugura a filosofia clássica, rompendo com o pensamento que encontramos nos filósofos pré-socráticos, que eram exclusivamente centrados na formulação de doutrinas sobre a realidade natural das coisas. Ambos compartilhando visões diferentes e opostas, fundamentada na problemática ético – política na questão do homem enquanto cidadão, passando pela organização política no sistema chamado democracia. Slide 3 -...

    1930  Palavras | 8  Páginas

  • Sócrates, Platão; e a ameaça dos sofistas atuais. httpwww.webartigos.com_resourcesfiles_modulesarticlearticle_85193_20120412175844a9e7.pdf

    Sócrates, Platão; e a ameaça dos sofistas atuais. 1 - Resumo O Pensamento Clássico mantém-se incólume, mas as investidas sofistas tendem a assediar princípios fundamentais que precisam de defensores a altura dos Construtores do Saber. Ainda vale considerar as idéias dos Filósofos da antiguidade confrontadas com as proposições sofistas de sua Era, e com os sofismas impregnados nas Teorias atuais, ponderando sobre a fragilidade do mundo ante as distorções do propósito das Teorias Científicas...

    9497  Palavras | 38  Páginas

  • Sofistas

    Os Sofistas Em que medida os Sofistas podem ser considerados filósofos na visão platônica? Na visão platônica os Sofistas não passavam de vendedores de saber, suas criticas são tão intensas que nos leva a questionar, será que isso foi realmente verdade? Já que havia rivalidades entre eles, sabemos que foram contemporâneos, vamos tentar entender um pouco quais os motivos que levaram Platão a criticá-los. A hostilidade de Platão em relação aos sofistas é óbvia e sempre foi reconhecida...

    2185  Palavras | 9  Páginas

  • Explicação: apologia de sócrates (platão)

       Sócrates no banco dos réus (ou as várias versões de Sócrates) Gisele Pereira Jorge Leite, Denise Heuseler           O passado jurídico sempre traz à baila a reflexão sobre as relações entre direito, história e filosofia. As narrativas sobre o julgamento de Sócrates é menos que realmente do que teria acontecido e, muitas vezes, o narrador sofreu influências não só do meio social em que viveu mas sobretudo do relativismo epistemológico. Pois o leitor com os olhos de hoje ousa fazer...

    6213  Palavras | 25  Páginas

  • Dialogo de Socrates

    1- Sócrates Diálogo socrático é um método formal pelo qual um pequeno grupo (5-10 pessoas), guiado por um facilitador, encontra uma resposta precisa a uma pergunta universal (por exemplo, "O que é felicidade?", "O que é integridade?", "Pode entrar em conflito ser frutífero? ", etc.) Diálogo socrático não deve ser confundido com o chamado método socrático , desenvolvido nos escritos de Platão, em que Sócrates, muitas vezes ajudaram as pessoas a descobrir as contradições em suas tentativas...

    1043  Palavras | 5  Páginas

  • O conceito de ética em sócrates, platão e aristóteles

    Introdução Ascensão e queda da filosofia grega Uma pergunta que irá ocorrer a qualquer um que estude a história da filosofia grega será porque ela atinge seu esplendor teórico justamente no momento de sua decadência material. Sócrates, Platão e Aristóteles vivem justamente no momento que a sociedade grega em geral, e a ateniense em particular, vive seu ponto mais baixo cuja culminação será a unificação e dominação dos helenos pelos macedônios de Filipe e Alexandre. De uma forma geral eles...

    4625  Palavras | 19  Páginas

  • Platão

    Platão (427 a.C.-347 a.C.) foi um filósofo grego da antiguidade. Foi considerado um dos principais pensadores gregos. Tornou-se discípulo do filósofo Sócrates. Escreveu inúmeros diálogos e cartas, onde a figura principal é Sócrates. Sua filosofia é baseada na teoria de que o mundo que percebemos com nossos sentidos é um mundo ilusório, confuso. O mundo espiritual é mais elevado, eterno, onde está o que existe verdadeiramente, as ideias, que só a razão pode conhecer. Platão (427 a.C.-347 a.C.) nasceu...

    2557  Palavras | 11  Páginas

  • VIDA E OBRA DE PLATÃO

     Filosofia da Educação Platão Nomes: Ras: 1º Semestre São Paulo 2013 Sumário Sumário..........2 Introdução.........3 Biografia..........4 O Pensamento Platônico..........4 Idéias de Platão Para a Educação ..........5 História das Obras de Platão.........5 Obras de Platão..........6 Principais Obras.........6 Conhecimentos de Platão........7 Conclusão.......8 Referências Bibliográficas.........9 Introdução ...

    2488  Palavras | 10  Páginas

  • Os sofistas

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Graduação em Direito OS SOFISTAS Belo Horizonte 2013 OS SOFISTAS Belo Horizonte 2013 INTRODUÇÃO O trabalho a seguir relatará sobre os sofistas, enfatizando a sua importância na história dentro da perspectiva da filosofia e também do direito. Inicialmente, antes de a democracia ser estabelecida na Grécia...

    4083  Palavras | 17  Páginas

  • Platão e os Diálogos

    Platão e os Diálogos Trabalho de Introdução a Filosofia Platão nasceu em c. 427 e morreu em c. 348 a.C. Oriundo de uma família de aristocratas...

    3254  Palavras | 14  Páginas

  • Socrates e platão

    Turma: D 2AN Sócrates e Platão Resenha sobre os filósofos Sócrates e Platão para aproveitamento da disciplina Filosofia Geral e Jurídica Faculdade Projeção Brasília, 21 de Abril de 2013. Sócrates A respeito de Sócrates (469-399 a.C.) filósofo ateniense creditando como um dos fundadores da filosofia ocidental é até hoje uma figura enigmática, conhecida principalmente através dos relatos em obras de escritores que viveram mais tarde, especialmente dois de seus alunos, Platão e Xenofonte. Sua...

    5290  Palavras | 22  Páginas

  • sofistas

    3- Os Sofistas e Sócrates Prof. Adaltro Prochnov Nunes1 3.1- Os Sofistas O termo “sofista” em princípio significa sábio e tem origem no termo grego “sophos”. Não há na etimologia do termo nenhum tipo de conotação negativa. Esse termo positivamente refere-se ao sábio ou ao especialista em saber. Entretanto a crítica de Sócrates, Platão e Aristóteles dirigida ferozmente contra os sofistas fez esse termo adquirir um sentido negativo. Basicamente a partir dessa polêmica movida contra os sofistas...

    4213  Palavras | 17  Páginas

  • Platão

    Mesquita nº 10 Platão Junho de 2013 Introdução Neste trabalho irei falar um pouco sobre o filosofo Platão, que era um discípulo de Sócrates. Irei falar sobre a vida dele, Platão foi um dos principais filósofos gregos da Antiguidade. Ele nasceu em Atenas, por volta de 427, foi seguidor de Sócrates e mestre de Aristóteles. O nome pelo qual ficou conhecido era possivelmente um apelido. Falar também de algumas obras importantes dele como, por exemplo, “Apologia de Sócrates” foi uma obra...

    5989  Palavras | 24  Páginas

  • FILOSOFIA: UMA VISÃO CRÍTICA SOBRE A SOCIEDADE

    Introdução: A Filosofia possui uma visão crítica sobre a sociedade, pois ela aborda todos os temas mais discutidos no nosso meio. A palavra filosofia é de origem grega. É composta por duas outras: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que significa amizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia quer dizer sabedoria e dela vem à palavra sophos, sábio. Filosofia significa, portanto, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. Filósofo: o que ama a sabedoria tem amizade pelo...

    2455  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo sobre Sócrates, Platão e Aristóteles

    muitos aspectos. O período em que Sócrates, Platão e Aristóteles despontaram é considerado como o período áureo da Filosofia, dada a imensa contribuição deles para o avanço do pensamento filosófico. Antes de se falar de Sócrates, Platão e Aristóteles, é imprescindível, também, abordar sobre os sofistas que foram pensadores contemporâneos a Sócrates e juntamente com ele, foram os primeiros falar sobre as questões morais dentro do âmbito filosófico. Os sofistas eram pensadores que realizavam...

    2081  Palavras | 9  Páginas

  • Citações Sócrates

    Pará de Minas Curso de Direito SÓCRATES Trabalho apresentado como requisito parcial de avaliação na disciplina Filosofia Geral, sob orientação do professor ... Pará de Minas 2014 Primeira parte – Fichamento 1 - “Sócrates nasceu em Athenas e viveu quase toda sua vida durante o século V a.C, (...) .A democracia ateniense foi fundada pelas reformas Clístenes, (...) .Com as práticas democráticas, (...) , surgiu a valorização da linguagem, (...) Sócrates foi o mestre, o diálogo, vincula-se também...

    4260  Palavras | 18  Páginas

  • socrates

    Sócrates, Platão e Aristóteles Esses três filósofos foram os pioneiros da filosofia ocidental como a que concebemos ainda hoje em muitos aspectos. O período em que Sócrates, Platão e Aristóteles surgiram é considerado como o período áureo da Filosofia, dada a imensa contribuição deles para o avanço do pensamento filosófico. No entanto neste trabalho a vamos abordar a vida ,obras e idéias que foram essenciais para a Filosofia escolhendo um ponto de vista determinado, observar a diferenças;Como...

    1594  Palavras | 7  Páginas

  • os sofistas

    CONTRIBUIÇÃO DOS SOFISTAS PARA O GRANDE IMPULSO DA EVOLUÇÃO DA FILOSOFIA GREGA TENDO COMO CONTRAPOSIÇÃO SÓCRATES VINDO A CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA FILOSOFIA OCIDENTAL MÁRCIO JOSÉ TEMÓTEO HORIZONTE BRASILEIRO ∗ RESUMO O presente trabalho visa a tentar demonstrar como foi o surgimento do movimento sofista e a contraposição a este por Sócrates como marco fundamental e divisor de águas do pensamento filosófico ocidental sem a pretensão de desenvolvermos o desdobramento deste...

    7121  Palavras | 29  Páginas

  • Os sofistas

    conhecimentos acerca do movimento Sofista, que ganhou notável destaque na Grécia Antiga, durante o século V A.C. Sendo assim, serão desenvolvidas noções acerca dos aspectos gerais da Sofística, citando o que pensavam e ensinavam alguns mestres, assim como suas contribuições histórico-filosóficas. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica. A palavra “sofista” vem do grego sophós que quer dizer “sábio” ou “especialista do saber”. Os pensadores sofistas surgem após o período Pré-Socrático...

    1420  Palavras | 6  Páginas

  • Sofistas

    compreende-se a importância que, em situação semelhante, devia ter a oratória e, por conseguinte, os mestres de eloqüência. Os sofistas, sequiosos de conquistar fama e riqueza no mundo, tornaram-se mestres de eloqüência, de retórica, ensinando aos homens ávidos de poder político a maneira de consegui-lo. Diversamente dos filósofos gregos em geral, o ensinamento dos sofistas não era ideal, desinteressado, mas sobejamente retribuído. O conteúdo desse ensino abraçava todo o saber, a cultura, uma enciclopédia...

    1259  Palavras | 6  Páginas

  • Sócrates e a desconstrução da educação helênica

    Trabalho sobre a Defesa de Sócrates: Sócrates e a desconstrução da educação helênica “Todo povo que atinge um certo grau de desenvolvimento sente-se naturalmente inclinado à prática da educação... Uma educação consciente pode até mudar a natureza física do homem e suas qualidades, elevando-lhe a capacidade a um nível superior.” (JAEGER; p.3) Nascido em Atenas por volta de 469 a.C, Sócrates, obteve a tradicional cultura dos atenienses, aprendeu gramática, ginástica e música, também conviveu...

    2523  Palavras | 11  Páginas

  • os sofistas

     OS SOFISTAS Após o surgimento da democracia na Grécia antiga, várias transformações ocorreram na sociedade, exigindo novas formas de se relacionar. A democracia era o sistema de governo que pressupunha a escolha periódica de executores e elaboradores das leis. E para isso, não havia nenhum critério. Neste período, em que já estão avançadas as questões cosmológicas, a busca pelo ser das coisas deixa de ser o foco principal das questões filosóficas...

    3704  Palavras | 15  Páginas

  • QUEM FOI SÓCRATES PLATÃO E ARISTOTELES

    a verdade. Aristóteles considerara Sócrates o inventor das definições apesar do filósofo jamais ter definido qualquer coisa ou indivíduo. Sócrates acreditava que somente aqueles que possuírem o saber político, ou seja, aqueles que soubessem o que era a política, estariam aptos para governar. Platão, discípulo de Sócrates, como o regime vinha decaindo com a ambição de poder e o interesse de facção fez se desiludir com a política, mas como aprendeu com Sócrates, era preciso acompanhar à distância...

    4632  Palavras | 19  Páginas

  • Platão

    PLATÃO Platão (428-348 a.C.) foi o primeiro grande filósofo do período clássico, desenvolvendo em seus diálogos uma reflexão profunda sobre questões que se tornaram centrais para a tradição filosófica, toda ela profundamente marcada pelo seu pensamento. Descendente da antiga aristocracia ateniense e discípulo de Sócrates (470-399 a.C.), transformou seu mestre, que nada escreveu, em personagem central da maioria de seus diálogos. Além do pensamento de Sócrates, Platão foi também fortemente marcado...

    3890  Palavras | 16  Páginas

  • Mito da Caverna de Platão

    da Caverna de Platão Na República, Platão formula seu modelo ideal de cidade, a cidade justa, que serve de contraste para a cidade de Atenas, cujo sistema político é injusto, corrupto e decadente. Para definir o que é a cidade justa, Platão começa a examinar o que é a justiça, o que o leva a investigar, por fim, o próprio conhecimento.   A Alegoria, ou Mito da Caverna, que se encontra no início do livro VII deste diálogo consiste precisamente em uma imagem construída por Sócrates para explicar seu...

    1084  Palavras | 5  Páginas

  • O nascimento e o desenvolvimento do pensamento ético na Grécia Antiga: enfoque nos sofistas, em Sócrates, Platão e Aristóteles

    O NASCIMENTO E O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO ÉTICO NA GRÉCIA ANTIGA: ENFOQUE NOS SOFISTAS, EM SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES UNIVERSIDADE CATÓLICA DOM BOSCO CAMPO GRANDE – MS 2010 JOÃO ALBERTO MENDONÇA SILVA PLATÃO E ARISTÓTELES Trabalho apresentado à Universidade Católica Dom Bosco, curso de Filosofia, a...

    10026  Palavras | 41  Páginas

  • Sócrates

    Este trabalho objetiva elencar as principais contribuições do filósofo grego Sócrates ao Pensamento Científico e Filosófico que a humanidade possui nos dias de hoje. Para isso, o presente trabalho foi organizado em: Biografia e idéias de Sócrates, breve histórico de vida do filósofo; Os Sofistas, professores que vendiam seus ensinamentos; Método Socrático , maior contribuição que Sócrates deixou a humanidade; Doutrina Filosófica, “Conhece-te a ti mesmo”; Gnosiologia, estudo...

    10188  Palavras | 41  Páginas

  • Platao

    O legado de Platão Conhecendo um pouco mais sobre um dos maiores filósofos gregos “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” - Platão. Platão Um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia de Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo Ocidental. Origem Nasceu no ano de 428 A.C batizado com nome de Arístocles na cidade ...

    1968  Palavras | 8  Páginas

  • Vida e Obra de Platão, Sócrates e Aristóteles

     República de Angola Governo da Província de Luanda Ministério da Educação Colégio Albert Einstein II Trabalho de Filosofia Tema: Vida e Obra de: Platão Sócrates Aristóteles Docente __________________ Luanda, aos...

    4971  Palavras | 20  Páginas

  • Resumo do Livro "A república" de Platão

    Direito – 1º Semestre Data de entrega: 22/10/2014 Resumos do Livro “A República” de Platão Resumo do Livro I No primeiro livro de sua obra, Platão nos apresenta e desenvolve o que para ele é o conceito de justiça. Ele aborda que a justiça não está vinculada sempre aos conceitos de sempre se falar a verdade e ao de devolver os objetos, os quais lhe foram concedidos como empréstimo. A priori, no diálogo do livro, Sócrates traz a ideia inicial do que seria o conceito mais adequado de justiça, onde ele...

    5540  Palavras | 23  Páginas

  • Resumo Apologia de Sócrates Recentes

    de Sócrates Recentes (/livro/resenhas/5337/recentes/) Mais Gostaram (/livro/resenhas/5337/mais-gostaram/) Mais Comentadas (/livro/resenhas/5337/mais-comentadas/) Amigos (/livro/resenhas/5337/amigos/) Seguidos (/livro/resenhas/5337/seguidos/) 22 encontrados | exibindo 1 a 15 1 | 2 (/livro/resenhas/5337/edicao:6462/mpage:2) Próxima (/usuario/1826022-feh)       minha estante (/estante/livros/todos/1826022) Feh 25/09/2015 (/apologia-de-socrates5337ed6462.html) Apologia de Sócrates Precedido...

    3290  Palavras | 14  Páginas

  • Vida e Obra de Platao

    a vida de Platão, que foi um grande filósofo da Grécia antiga, fundador da escola de Antenas (o maior centro cultural do mundo grego de então) e também discípulo de Sócrates. Platão foi um grande filósofo, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Antenas, juntamente com seu mentor Sócrates. Platão ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Vida de Platão Platão, cujo verdadeiro...

    916  Palavras | 4  Páginas

  • A ONTOLOGIA DE PLATAO

    A ONTOLOGIA DE PLATÃO Algo é na medida em que participa da Ideia desse objeto. I – Filosofia como teoria em Platão ............................................................................................... 1 II – A ontologia como teoria da realidade cognoscível ................................................................. 2 II.a – A teoria das formas no diálogo Ménon ............................................................................ 4 II.b – A perspectiva dualista da realidade...

    5092  Palavras | 21  Páginas

  • Platão

    Teoria Das idéias de Platão Platão foi um filosofo grego que viveu entre (428/427 a.C – 347 a.C), ele quem fundou há academia e também foi ele o mestre de Aristóteles, contribuiu muito em sua época e para gerações seguintes, onde até hoje utilizam suas teorias. O ramo de sua pesquisa foi diverso, porém deu uma grande contribuição para temas como a ética, a política, a metafísica e a teoria do conhecimento. Em suma sua teoria desenvolveu a noção de que homem está relacionado com dois tipos...

    2507  Palavras | 11  Páginas

  • socrates

    REVISTA PHILOSOPHICA Nº 26 (2003) Instituto de Filosofía Pontificia Universidad Católica de Valparaíso 1 SÓCRATES: A INDIVIDUALIDADE NA GRÉCIA Socrates: Individuality in Greece MARLY MEINBERG1 RESUMO O tema da individualidade na Grécia explorado a partir da figura de Sócrates. Delineado dentro de contornos históricos da época surge o pensamento socrático como marca divisória na história do ethos e do pensamento grego, que passam para o ocidente, no que chamamos de filosofia. O texto...

    6374  Palavras | 26  Páginas

  • O SABERES ESSENCIAIS DOS PERÍODOS FILOSÓFICOS: A VISÃO GERAL DAS TEORIAS DO CONHECIMENTO

    FILOSÓFICOS: A VISÃO GERAL DAS TEORIAS DO CONHECIMENTO. SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO............................................................... 4 2. PERÍODO PRÉ SOCRÁTICO......................................... 5 3.PERÍODO ANTROPOLÓGICO..........................................6 3.1 Os Sofistas.................................................................6 3.2 Sócrates......................................................................7 3.3 Platão...............

    6320  Palavras | 26  Páginas

  • Etica de Socrates e Agostinho

    Apostilado: Ética - Sócrates e Agostinho Qual o conceito de ética na Grécia antiga e a ética da interioridade na sociedade medieval ? Partindo de uma visão filosófica, assim como os grandes pensadores na história da humanidade, o conceito de ética está associada ao estudo fundamentado dos valores morais que orientam o comportamento humano em uma sociedade. Contudo a Ética no período grego era direcionado a um foco diferente do da sociedade medieval, moderna e pós-moderna. No período grego a...

    8646  Palavras | 35  Páginas

  • Filosofia de Platão

    Platão foi o maior filósofo de todos os tempos. Na minha opinião, sua filosofia é a mais completa, metafísica e humana que a de Aristóteles. Seus escritos em forma de diálogo são de uma beleza incomparável em relação a qualquer outro filósofo que já tenha existido. Vou analisar a filosofia platônica em seus principais aspectos, como o mundo das Ideias, a psicologia, a existência de Deus, o domínio da opinião, a moral e a política. A Ideia No começo, podemos definir a  teoria das Ideias dizendo...

    16049  Palavras | 65  Páginas

  • Resumo a republica de Platão

    RESUMO - A REPÚBLICA DE PLATÃO INTRODUÇÃ Platão nasceu em Atenas, em 428/427 a.C. Arístocles era seu verdadeiro nome. Inicia um período de viagens, após o qual, funda a Academia, escola que viria a adquirir grande prestígio em pouco tempo. Escreveu várias obras, entre elas: Fedro, Teeteto, Banquete, Filebo, Protágoras, Górgias e a República. Pelo conjunto de sua obra e seu legado, situa-se entre os maiores pensadores de todos os tempos. Na República, Platão descreve as diversas concepções...

    3038  Palavras | 13  Páginas

  • A sociedade perfeita na visão de platão

    hoje. A partir do diálogo "A República", de autoria de Platão, conhecido como importante discípulo de Sócrates. Diante das idéias por ele apresentadas, como fraterna, o sonho de uma vida harmônica, que tem o poder sempre o caos da realidade auxiliará, através dos tempos, como a fonte inspiradora de todas as situações que surgiram e da maior parte das agitações das reformas sociais que desde então a humanidade teve conhecimento. Platão (428-347 a.C.) foi um dos grandes críticos da democracia...

    7996  Palavras | 32  Páginas

  • Sócrates e os Pré Socráticos

    se chama Sócrates e é considerado um dos mais importantes pensadores. O pensamento do Sócrates é bastante simples! Ele desenvolveu um método, um caminho, por assim dizer, de fazer filosofia. Era o método de fazer perguntas. Repare que essa é uma importante característica da filosofia: apresentar as perguntas como ponto de partida para os debates. Com esse método, chamado maiêutica, de origem grega, que significa “dar à luz”, Sócrates inovou e incomodou muitas pessoas como alguns sofistas que não...

    2954  Palavras | 12  Páginas

  • A Republica De Platao 1

    CIÊNCIAS SOCIAIS - ESO DISCIPLINA: Filosofia Política DOCENTE: Antonio Enrique Fonseca Romero ACADÊMICO: Ravena Sousa Campos Direito - 1ᵒ período – Noturno A REPÚBLICA DE PLATÃO 1. Estrutura da obra A república (em grego politéia) é a obra mais célebre de Platão, a mais lido e a mais comentado ao longo da história. Platão queria resolver o problema de seu tempo. Como impedir que a cidade, que não vivia mais numa tradição por todos aceita e que submetia todas as disputas ao princípio da discussão...

    2823  Palavras | 12  Páginas

  • O Julgamento De S Crates

    O JULGAMENTO DE SÓCRATES 1. O Homem Mas Sócrates mesmo é uma contradição. Como observou Isidor Stone: Sócrates é reverenciado como um não conformista, mas poucos reconhecem que ele se rebelara contra a sociedade aberta e que era admirador de sociedades fechadas. Sócrates era um daqueles atenienses que desprezavam a democracia e elogiavam Esparta. O paradoxo socrático estava nele mesmo, que declarava que nada sabia em que pese apontado pelo oráculo como o mais sábio dos homens. Filho de escultor...

    3219  Palavras | 13  Páginas

  • Defesa de Sócrates

    Trabalho escrito sobre a obra Defesa de Sócrates, de Platão. 1 Qual é a temática central da obra e como ela se estrutura? A temática central da obra é o julgamento de Sócrates e sua tentativa de defesa. A obra está estruturada sob a forma de diálogo, iniciando-se com a acusação feita por M eleto, acompanhado de Ânito e Lícon. Meleto é o único na obra a falar durante a defesa de Sócrates, caindo em contradição sobre a natureza da acusação feita ao filósofo, afirmando num momento que este pregava...

    1574  Palavras | 7  Páginas

  • Aristóteles e Platão

    BEZERRA ARISTÓTELES E PLATÃO CARUARU 2014 ARITÓTELES E PLATÃO Monografia apresentada pelo acadêmico Vilmario Siqueira de Oliveira Bezerra como exigência do curso de Integralização de Créditos de Licenciatura em Filosofia, sob a orientação do professor Mateus Duarte. CARUARU 2014 VILMARIO SIQUEIRA DE OLIVEIRA BEZERRA ARISTÓTELES E PLATÃO Aprovada em ____/____/_____...

    5119  Palavras | 21  Páginas

  • Platão

    PLATÃO – Arístocles de Atenas Nasceu em 427 a.C. – Século V – Atenas – Grécia. – Filósofo da época Clássica. Pai: Aríston Mãe: Perictione, pertencentes à aristocracia Ateniense. Encontrou-se com Sócrates aos 20 anos. Obras sobre a Política, a Moral, o Conhecimento, a Justiça e a Felicidade dos Seres Humanos. Platão estava com 28 anos quando seu mestre morreu; e aquele trágico fim de uma vida tranqüila deixou sua marca em todas as fases do pensamento do discípulo. Aquilo o enchera de tamanho...

    5861  Palavras | 24  Páginas

  • platão e o mundo das idéias

    PLATÃO E O MUNDO DAS IDEIAS Sócrates conversava muito e escrevia pouco. Sabemos de suas ideias atraves de seu discípulo Platão. MAS QUEM FOI PLATÃO? Foi o discípulo mais notável de Sócrates (469-399a.C) é considerado um dos marcos do pensamento ocidental pela profundidade e alcance de sua obra ele. Influenciado por seu mestre fez oposição declarada aos sofistas, escrevendo livros que passaram uma ideia bastante negativa desses sábios. Como Platão teve a suas obras preservadas,...

    2779  Palavras | 12  Páginas

  • Biografia de Platão

    CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS PLATÃO – BIOGRAFIA Gurupi – TO, 01 de Setembro de 2014. PLATÃO – BIOGRAFIA Trabalho apresentado à professora Eliza Maria Prado Barcellos, para obtenção de nota na disciplina de Ética e Administração, 2° Período do Curso de Administração, Faculdade Unirg, Setembro/2014. Gurupi – TO, 01 de Setembro de 2014. Platão Platão foi um filósofo e matemático do período clássico...

    2257  Palavras | 10  Páginas

  • virtudes em platao

    HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA PROGRAMA DE FILOSOFIA ANTIGA A QUESTÃO DA UNIDADE E DO ENSINO DAS VIRTUDES EM PLATÃO Zoraida Maria Lopes Feitosa São Paulo 2006 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILLOSOFIA, LETRAS E CIENCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA ANTIGA A QUESTÃO DA UNIDADE E DO ENSINO DAS VIRTUDES EM PLATÃO Zoraida Maria Lopes Feitosa Tese apresentada ao programa de Pósgraduação em Filosofia Antiga, do Departamento ...

    61681  Palavras | 247  Páginas

  • Eu penso Igual Platão

    Eu penso igual platão. "Você pode descobrir mais a respeito de uma pessoa numa hora de jogo do que num ano de conversação." A República (em grego: Πολιτεία, transl. Politeía) é um diálogo socrático escrito por Platão, filósofo grego, no século IV a.C.. Todo o diálogo é narrado, em primeira pessoa, por Sócrates. O tema central da obra é a justiça. No decorrer da obra é imaginada uma república na cidade de Calípole, Kallipolis, que significa "cidade bela". O diálogo tem uma extensão considerável...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • Alétheia, eídolon, mímesis: verdade, simulacro e crise da representação em platão

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ALÉTHEIA, EÍDOLON, MÍMESIS: VERDADE, SIMULACRO E CRISE DA REPRESENTAÇÃO EM PLATÃO Tatiana Maria Gandelman de Freitas Rio de Janeiro Agosto de 2009 ALÉTHEIA, EÍDOLON, MÍMESIS: VERDADE, SIMULACRO E CRISE DA REPRESENTAÇÃO EM PLATÃO Tatiana Maria Gandelman de Freitas Dissertação de Mestrado submetida ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, como parte dos requisitos necessários para...

    33737  Palavras | 135  Páginas

  • Platao

    O CONCEITO DE JUSTIÇA NA REPÚBLICA DE PLATÃO Trataremos nesse artigo sobre o conceito de justiça na República, como ele surge no diálogo, quais os diversos sentidos dados a ele, suas implicações e, finalmente, quais os tipos de dificuldades de se chegar a um acordo sobre o conceito de justiça que possa orientar o agir humano. O conceito de justiça, como pretendemos abordar, leva em conta a condição de ser Platão um pensador situado na e comprometido com o destino de sua cidade e com o mundo...

    15308  Palavras | 62  Páginas

  • 61 2065 OS SOFISTAS E S Crates

    OS SOFISTAS e SÓCRATES* Anaxágoras não teve rival, no período do regime de Péricles, como filósofo oficial de Atenas. Mas nesse período a cidade recebeu a visita de vários fornecedores itinerantes de conhecimentos, os quais deixaram uma reputação não inferior à dele. Estes professores ou conselheiros itinerantes eram chamados sofistas: estavam dispostos, a troco de dinheiro, a ensinar muitos tipos de proficiência e a servir de conselheiros em vários assuntos. Como não havia, em Atenas, um sistema...

    2224  Palavras | 9  Páginas

  • resumo obra "a republica" de platao

    importantes e influentes de toda a história. Nela Platão teoriza sobre a cidade perfeita, sobre sua construção, seu funcionamento, seu povo, seus governantes e sobre tudo sobre os valores para a construção de tal. É notada varias criticas a corrente filosófica “rival”, o sofismo. Está obra tão importante serviu de inspiração e/ou base para muitas outras obras e algumas revoluções ao longo do tempo. Resumo dos livros da obra “A República” de Platão segundo as apresentações ocorridas em sala: •Livro I:Neste...

    3094  Palavras | 13  Páginas

tracking img