O Discurso Competente Marilena Chaui Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • Resenha o que é ideologia

    CHAUI, Marilena. O QUE É IDEOLOGIA? . São Paulo: Brasiliense, 2005. (A ideologia da competência, p.102-108.) O QUE É IDEOLOGIA ? – MARILENA CHAUÍ Marilena Chauí é professora de História da Filosofia e de Filosofia Política da USP. Entre os anos de 1989 e 1992 foi Secretária Municipal de Cultura de...

      850 Palavras | 4 Páginas  

  • Marilena De Souza Chau Nasceu Na Cidade De S O Paulo

    Marilena de Souza Chauí Biografia Nascida na cidade de São Paulo, no dia 4 de setembro de 1941. Casada com o historiador Michael Hall. Iniciou seus estudos no Grupo Escolar de Pindorama, interior paulista, onde realizou o curso primário. Deu sequência à sua formação secundária no Colégio Nossa Senhora...

      407 Palavras | 2 Páginas  

  • Ciencias Sociais

    o conceito de homem. Diversidade cultural, etnocentrismo e relativismo cultural. CHAUI, Marilena de Souza. Cultura e Democracia: o discurso competente e outras falas. São Paulo: Cortez, 1997. 309p. CHAUI, Marilena de Souza. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1999. 440p. Como surgiu...

      2133 Palavras | 9 Páginas  

  • Resumo do livro o que é ideologia?

    Edileide Sirino Graduanda da Pontifícia Universidade Católica de Goiás O que é ideologia? A autora Marilena Chauí inicia o livro “o que é ideologia” abordando a definição do que é ideologia e nos apresenta também alguns caminhos pelos quais a ideologia burguesa...

      2204 Palavras | 9 Páginas  

  • ciencias

    o conceito de homem. Diversidade cultural, etnocentrismo e relativismo cultural. CHAUI, Marilena de Souza. Cultura e Democracia: o discurso competente e outras falas. São Paulo: Cortez, 1997. 309p. CHAUI, Marilena de Souza. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1999. 440p. AULA 4– 13/03 ...

      3334 Palavras | 14 Páginas  

  • Trabalho Ciencias Pol Ticas

     Nos textos do Renato Lessa e da Marilena Chaui é abordado um tema muito interessante, “O Esquecimento da Política”. Obviamente que a política não está sendo esquecida e para confortar os leitores que tal afirmação não é verdadeira Renato Lessa em sua obra começa dizendo: “[...] a política é inesquecível...

      859 Palavras | 4 Páginas  

  • O discurso Competente

     O discurso competente Marilena Chauí possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1965), especialização em Licenciatura pela Universidade de São Paulo(1965), mestrado em Filosofia pela Universidade...

      570 Palavras | 3 Páginas  

  • Livro da Marilena Chauí

    Marilena Chaui Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Chaui, Marilena Cultura e democracia : o discurso competente e outras falas I Marilena Chaui. - 12. ed. - São Paulo: Cortez, 2007. Bibliografia. ISBN 978-85-249-1190-3 1. Cultura...

      1666 Palavras | 7 Páginas  

  • Filosofia

    capítulos 21 e 22 da obra Capitalismo, Socialismo e Democracia) e a discussão sobre Ideologia em Marilena Chauí (através do capítulo Crítica e Ideologia, da obra Cultura e Democracia: o Discurso Competente e Outras Falas), procurarei discorrer sobre a relação entre desenvolvimento de uma nova teoria democrática...

      3500 Palavras | 14 Páginas  

  • ideologia

    base a um raciocínio) e as conclusões a que chegam os cientistas. Assim, no desenvolvimento de suas pesquisas sobre o que chama “discurso competente”, Marilena Chauí mostrou, com acerto, de que maneira a ciência não só carrega elementos ideológicos no seu interior, mas até serve à dominação social...

      1278 Palavras | 6 Páginas  

  • Universificação do BI

    do discurso publicitário, está à obra de Vance Packard, A persuasão oculta. CHAUÍ, Marilena. Cultura e democracia; o discurso competente e outras falas. São Paulo, Moderna, 1981. Interessa o capítulo “O discurso competente”, onde a autora mostra como os discursos institucionais-competentes ajudam...

      2164 Palavras | 9 Páginas  

  • Marilene Chaui

    Marilena ChauiMarilena de Sousa Chaui (São Paulo, 4 de setembro de 1941) é uma filósofa e historiadora de filosofia brasileira. Professora de Filosofia Política e História da Filosofia Moderna da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). É mestre (1967...

      2321 Palavras | 10 Páginas  

  • Metodologia Questoes

    PINHEIRO, VINICIUS MENDES M. PIMENTEL, ANA PAULA MARINS C. XAVIER, ROQUE FELIPE DE SOUZA B. FACUNDES, CÁSSIO DIAS QUESTÕES 1. Caracterize, segundo Marilena Chauí, o senso comum. O senso comum se caracteriza por conhecimentos empíricos acumulados ao longo da vida e passados de geração em geração. É um saber...

      1894 Palavras | 8 Páginas  

  • Democracia

    fosse um país democrático não seríamos um país com tantas desigualdades. Marilena Chauí  De acordo com Marilena Chaui, a democracia no Brasil ainda precisa ser inventada. ۩. A democracia como ideologia   No centro do discurso político capitalista encontra-se a defesa da democracia. Vimos que as formações...

      6535 Palavras | 27 Páginas  

  • Metodologia Questoes

    PINHEIRO, VINICIUS MENDES M. PIMENTEL, ANA PAULA MARINS C. XAVIER, ROQUE FELIPE DE SOUZA B. FACUNDES, CÁSSIO DIAS QUESTÕES 1. Caracterize, segundo Marilena Chauí, o senso comum. O senso comum se caracteriza por conhecimentos empíricos acumulados ao longo da vida e passados de geração em geração. É um saber...

      1894 Palavras | 8 Páginas  

  • Análise de retrato do brasil, de paulo prado

    ferramentas de análise do autor remete ao entendimento de Ideologia de Marilena Chauí, também discutido em aula, pois reconhece dentro de sua argumentação um discurso ideológico acerca da identidade brasileira. Como este discurso se desenvolve e de que maneira ele é responsável pelo resultado final do...

      1791 Palavras | 8 Páginas  

  • Síntese Marilena Chauí

     Esta síntese é baseada nas ideias do Capítulo 5 do livro Convite à Filosofia da autora Marilena Chauí, ano de 2004: O ideal científico e a razão instrumental. Todas suas citações estão acompanhadas com a numeração da página, sendo todas pertencentes ao capítulo 5 citado acima. O...

      2958 Palavras | 12 Páginas  

  • Redefinição do objeto do jornalismo

    comunicação, nas principais constituições das democracias ocidentais e na Declaração dos Direitos do Homem da ONU, de 1948. A Imprensa a usa como discurso legitimador e como defesa contra qualquer forma de censura. A ideia é tão forte que a Imprensa, mesmo sempre tendo sido de iniciativa privada e, há...

      8116 Palavras | 33 Páginas  

  • Resenha do Livro Linguagem e Persuasão

    construção e os métodos da linguagem persuasiva. Citelli une aos princípios teóricos textos persuasivos que estão presentes em nosso dia-a-dia, como discursos publicitários, religiosos dos livros didáticos e dos justiceiros. Esse elemento atual remete o leitor a uma reflexão, pois é possível analisar na...

      397 Palavras | 2 Páginas  

  • Resenha do livro liguagem e persuasao

    Aristóteles, a natureza do signo e suas ideologias de acordo com Suassure e Bakhtin, presente no discurso publicitário, religioso, didático, literário, jornalístico, político e nos discursos do nosso dia-a-dia. Remetendo o leitor a uma reflexão, pois é possível analisar na prática toda a teoria...

      449 Palavras | 2 Páginas  

tracking img