• giraux
    Síntese do texto: O currículo como política cultural: Henry Giroux Henry Giroux quer dar sensibilidade à cultura, introduzi-la no currículo como realidade concreta e dando origem uma nova escola. O currículo pode ser transformador, levando o sujeito a se emancipar quando...
    791 Palavras 4 Páginas
  • henry giroux
    Henry Giroux se preocupava com os problemas da cultura popular tal como se apresenta no cinema, musica e na TV ele ataca à racionalidade técnica e utilitária, bem como o positivismo das perspectivas dominantes sobre o currículo e com a educação, críticos as forças políticas e econômicas que segundo...
    733 Palavras 3 Páginas
  • Giroux e a teoria crítica do currículo
    pedagogia crítica da aprendizagem / Henry A. Giroux; tradução Daniel Bueno. Porto Alegre: Artmed, 1997. ____________ e MCLAREN, P. Formação do professor como uma contraesfera pública: a pedagogia radical como uma forma de política cultural. In: Antonio Flávio Moreira,Tomaz Tadeu (orgs.). Currículo,cultura...
    3945 Palavras 16 Páginas
  • O currículo como política cultural - henry giroux
    O Currículo como política cultural ( Henry Giroux ) Os dados abaixo são baseados nos livros: Ideology, culture and the process of schooling (1981) e Theory and resistance in education (1983). Na sua fase inicial, a crítica de Giroux esteve centrada, nesse momento, numa reação às perspectivas...
    1174 Palavras 5 Páginas
  • A CRÍTICA NEOMARXISTA DE MICHAEL APLLE
    , conhecimento e o currículo. Capítulo: “O currículo como política cultural: Henry Giroux”. Henry Giroux teve como principal influência na sua obra, Paulo Freire. Em suas ultimas obras, o autor tem demonstrado grande preocupação quanto a cultura popular, logo, seu foco principal é a cultura, e não a...
    1015 Palavras 5 Páginas
  • Fichamento do texto: estudo curricular e política cultural do educador henry giroux
    FICHAMENTO DO TEXTO: ESTUDO CURRICULAR E POLÍTICA CULTURAL DO EDUCADOR HENRY GIROUX * Segundo Giroux a organização e a atuação da escola e o papel dos profissionais que atuam nas diversas áreas educacionais, pois, questionando a "neutralidade", preocupa-se com o poder que escola e currículo...
    422 Palavras 2 Páginas
  • Curriculo
    CURRÍCULO COMO POLÍTICA CULTURALHENRY GIROUX ESCOLA DE FRANKFURT EMPIRICO E TÉCNICO HENRY GIROUX PRODUÇÃO TEÓRICA QUESTÃO CULTURAL CURRÍCULO ESPAÇO RESTRITO, RELAÇÕES SOCIAIS, CONTROLE DE PODER PESSIMISMO IMOBILISMO TEORIZAÇÃO CRITICA PEDAGOGIA DA POSSIBILIDADE...
    445 Palavras 2 Páginas
  • Trabalho de curriculo
    . dos Passos Docente: Prof. Dr. João de Deus dos Santos Disciplina: Estudos de Currículos Cáceres / MT – 2012 GIROUX Henry A.; MCLAREN, Peter L. Por uma Pedagogia Critica da Representação. In: SILVA...
    980 Palavras 4 Páginas
  • esfregaço
    vertente política do currículo e conhecimento escolar: Michael Apple e Henry Giroux. O que é o conhecimento legítimo?   Michael Apple (1942 - ...): o mundo dentro e fora da educação não é apenas um texto!   “Ideology and Curriculum” (1979).   “Education and Power” (1985).   “Democratic...
    1245 Palavras 5 Páginas
  • Documentos deidentidade
    currículo como política cultural: Henry Giroux: Já o currículo como política cultural, de Henry Giroux, fala numa “pedagogia da possibilidade” (p. 53) que supere as teorias de reprodução. Ele utiliza estudos da Escola de Frankfurt sobre a dinâmica cultural e a crítica da racionalidade técnica. Compreende o currículo a partir dos conceitos de emancipação e liberdade, já que vê a pedagogia e o currículo como um campo cultural de lutas....
    953 Palavras 4 Páginas
  • documentos de identidade, teorias do currículo
    segundos sejam oprimidos sem que se dêem conta disso. É uma relação de poder sutil e avassaladora, que gira em torno do poder econômico, e está intimamente relacionada ao nível de classe social que se ocupa socialmente. Para Henry Giroux, o currículo é visto como uma política cultural, e tem...
    2301 Palavras 10 Páginas
  • Documentos de identidade
    -compreensão ,teorização e transformação do currículo enfatizado por Michael Apple através de questionamentos sobre as conexões do currículo com relações de poder. VI. Das teorias tradicionais ás teorias críticas:O currículo como política cultural:Henry Giroux Henry Giroux- conceito Frankfurtiano...
    486 Palavras 2 Páginas
  • das teorias tradicionais as teorias criticas de tomaz tadeu da silva
    cultural e social” (p. 48). Já o currículo como política cultural, de Henry Giroux, fala numa “pedagogia da possibilidade” (p. 53) que supere as teorias de reprodução. Ele utiliza estudos da Escola de Frankfurt sobre a dinâmica cultural e a crítica da racionalidade técnica. Compreende o currículo a...
    979 Palavras 4 Páginas
  • resumo documentos
    socialmente. Para Henry Giroux, o currículo é visto como uma política cultural, e tem relação com a importância de se trazer a cultura para a sala de aula, a fim de devolver à sociedade uma cultura transformada, a partir de reflexão e debate. Para tanto, Giroux defende a idéia dos professores serem...
    4448 Palavras 18 Páginas
  • Sintese de leitura parte 5, capítulos 12,13 e apêndece. livro: a vida nas escolas: “uma introdução à pedagogia crítica nos fundamentos da educação” mclaren, peter.
    emprego naquela universidade não se concretizaria. Então ele aceitou o convite de Henry Giroux para estabelecer um Centro para Educação e Estudos Culturais como parte de um programa em nível de graduação da Universidade de Miami, em Ohio. O autor afirma que trabalhar fora da sala de aula (em meios...
    2090 Palavras 9 Páginas
  • Resenha silva (2004)
    , contribuindo assim para politizá-lo. “Apple procurou construir uma perspectiva de análise crítica do currículo que incluísse as mediações, as contradições e ambigüidades do processo de reprodução cultural e social” (p. 48). Já o currículo como política cultural, de Henry Giroux, fala numa...
    2155 Palavras 9 Páginas
  • Teoria do Currículo
    -lo. “Apple procurou construir uma perspectiva de análise crítica do currículo que incluísse as mediações, as contradições e ambigüidades do processo de reprodução cultural e social” (p. 48). Já o currículo como política cultural, de Henry Giroux, fala numa “pedagogia da possibilidade” (p. 53) que...
    9467 Palavras 38 Páginas
  • Teorias críticas
    : HENRY GIROUX * Giroux (americano). Principal obra: Escola crítica e política cultural. * Preocupa-se com a cultura popular (cinema, música e televisão) do que propriamente com a área da educação. * Baseia-se em Adorno, Horkheimer, Marcuse, da Escola de Frankfurt . * As perspectivas...
    1635 Palavras 7 Páginas
  • Reflexões sobre o papel do professor em uma educação baseada na pedagogia crítica
    explorar outros modelos de sociabilidade, fazer pedagogia não trata o conhecimento de forma desconectada, mas o compreende como forma de diálogo. (MCLAREM, 1997) GIROUX (1997) defende uma pedagogia de política cultural que se desenvolva em torno de uma linguagem criticamente afirmativa que...
    1504 Palavras 7 Páginas
  • Doc e pdf
    , principalmente o pesquisador Henry Giroux, cujas pesquisadas estão direcionadas para a análise da pedagogia cultural disseminada pela mídia. Para Giroux (2002) os trabalhadores e trabalhadoras culturais precisarão de uma compreensão mais crítica sobre como a dinâmica da cultura e da política...
    2936 Palavras 12 Páginas