O Alienista Questões artigos e trabalhos de pesquisa

  • Direito e Literatura - O alienista

    com 1. O ALIENISTA: CRÍTICA AO POSITIVISMO PELA LITERATURA 2 Direito e Literatura mostram-se através de suas diversas convergências, dentre as quais se pode citar o fato das duas refletir o período em que estão inseridas. Assim, tanto o Direito quanto a Literatura estão em um constante ciclo, mudando de acordo com a vontade do povo; vale ressaltar que os dois servem como meio para conhecimento da sociedade a ser estudada. Nossa análise vai relacionar de forma a discutir questões nas quais hoje...

    1755  Palavras | 8  Páginas

  • O alienista

    1. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ASSIS, Joaquim Maria Machado de. O Alienista. São Paulo: Ática, 1996. 2. APRESENTAÇÃO DO AUTOR Joaquim Maria Machado de Assis nasceu no dia 21 de junho de 1839, na cidade do Rio de Janeiro, filho de um operário, Francisco José de Assis e de Maria Leopoldina Machado de Assis, que morreu quando Machado de Assis ainda era criança, sendo assim, foi criado por sua madrasta Maria Inês. Estudou em escola pública e não teve uma formação universitária. Aos 16 anos publicou...

    2963  Palavras | 12  Páginas

  • O alienista

    O Alienista (Conto de Papéis avulsos), de Machado de Assis Análise da obra O Alienista, primeira novela de Machado de Assis maduro. Eis um texto que está entre conto e novela, graças à sua extensão. Vale já pelo sabor de seu humor e ironia. Mas há que se ver na obra elementos típicos da produção realista de Machado de Assis, principalmente a análise psicológica e a crítica social. A primeira edição em livro da obra é de 1882, quando aparece incorporado ao volume Papéis Avulsos. Anteriormente...

    3714  Palavras | 15  Páginas

  • Renha - o alienista

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRAGICAS ASSIS, Machado de. (1979) O Alienista. In: Obra Completa. Vol. II, Conto e Teatro. Organizada por Afrânio Coutinho, 4ª edição, ilustrada. Rio De Janeiro, Editora Nova Aguilar, p. 253-288. FOUCAULT, Michel. (1978) História da loucura na Idade Clássica. Trad. De José Teixeira Coelho Netto. São Paulo,...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha: O alienista

    Ciências Humanas e Sociais Curso de Psicologia Psicopatologia I ALINE CANTINI RESENHA “O ALIENISTA CAMPO GRANDE – MS 2013 “O cientificismo é uma religião tanto quanto as que essa crença pretende combater.” (ROUDINESCOU, 2000, p. 60). RESENHA O livro “O Alienista” de Machado de Assis conta a história de um médico chamado Simão Bacamarte, amante da ciência que vive na cidade de Itaguaí...

    1035  Palavras | 5  Páginas

  • Compreensão do texto o alienista questões

    xAs questões de 08 a 12 exploram a compreensão do conto O Alienista. 08. Numere os parênteses de 1 a 5, seqüenciando cronologicamente as ações do conto. ( ) Inquietação popular e revolta dos canjicas. ( ) Casamento com Evarista e desejo de filhos. ( ) Retorno ao Brasil e decisão pela psiquiatria. ( ) Consulta a amigos e decisão de autoconfinamento. ( ) Inauguração da Casa Verde e primeiros confinamentos. A seqüência correta é: a) 4, 2, 1, 5, 3. b) 4, 5, 3, 1, 2 ...

    3461  Palavras | 14  Páginas

  • O alienista

    Trabalho de Língua Portuguesa O Alienista Machado de Assis Curso: Direito Noturno. Professor: Arthur Hamerski Disciplina: Língua Portuguesa O alienista é um texto que está entre conto e novela. Há que se ver na obra elementos típicos da produção realista de Machado, principalmente a análise psicológica e a crítica social. O mergulho machadiano na mente de suas personagens, montando um micro- realismo, torna-o cego para questões sociais. No entanto, o presente conto é prova de que...

    2527  Palavras | 11  Páginas

  • O ALIENISTA - RESENHA CRITICA

    "O Alienista" é um conto escrito por Machado de Assis no ano de 1882. O conto narra a história de um nobre chamado Dr. Simão Bacamarte. médico reconhecido da vila de Itaguaí, que tinha a dedicação à ciência como maior preocupação de sua vida. Casado aos 40 anos com a jovem viúva, Dona Evarista, escolhida mais por suas condições fisiológicas de lhe proporcionar filhos robustos do que por sua beleza, encarada pelo doutor como possível risco de distração do seu trabalho e estudo. Não tiveram,...

    2675  Palavras | 11  Páginas

  • O alienista

    O Alienista Contexto Histórico: A história, que se passa no séc. XIX, retrata a burguesia hipócrita da época, o autor se vale do personagem — Dr. Simão Bacamarte — médico que irá desenvolver suas teorias a respeito do tratamento da loucura, conhecimento adquirido em sua estadia na Europa. A crítica social através da ironia de Machado de Assis é notória quando mostra a hipocrisia do ser humano que só pensa em seu próprio prestígio e muitas vezes, sem limites na disputa pelo poder. Os conceitos...

    1500  Palavras | 6  Páginas

  • resumo do livro " O alienista"

    O Alienista, de Machado de Assis Fonte:ASSIS, Machado de.Obra Completa, Rio de Janeiro-Nova Aguilar 1994.v.II. O Alienista RESUMO DA OBRA CAPÍTULO I - DE COMO ITAGUAÍ GANHOU UMA CASA DE ORATES Rememorando as crônicas de Itaguaí, em tempos remotos, lá vivera um médico, o Dr. Simão Bacamarte, vindo das terras de Coimbra e Pádua, aos trinta e quatro anos, para dedicar-se ao seu maior sonho, a ciência. Casou-se com Dona Evarista...

    2507  Palavras | 11  Páginas

  • Saúde e doença mental em “o alienista” de machado de assis

    Este trabalho tem o objetivo de fazer uma comparação com o cenário de surgimento dos manicômios no Brasil e a obra de Machado de Assis, O alienista. Para tanto será feita uma análise do livro, discutindo questões como a definição de “loucura” e os critérios utilizados por Simão Bacamarte, um médico alienista e pesquisador, que pretendia executar seus estudos sobre loucura na Casa Verde, hospício da cidade de Itaguaí, relatados no livro de Machado de Assis. Introdução A saúde mental é um tema...

    3139  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha "o alienista" - machado de assis

    O ALIENISTA – MACHADO DE ASSIS A obra de Machado de Assis, O Alienista, é uma história que se passa no século XIX. O livro conta a história de Simão Bacamarte, um grande médico, casado com D. Evarista. Como não teve filhos, Dr. Simão se dedica ao estudo da medicina, especificamente à psiquiatria, estudando a sanidade e a loucura humana. Em Itaguaí resolve abrir a Casa Verde, uma casa para cuidar de pessoas com problemas mentais, favorecendo seu estudo sobre os limites entre a razão e a loucura...

    721  Palavras | 3  Páginas

  • Semin Rio O Alienista

    Introdução O Alienista é uma obra muito conhecida do Machado de Assis que aborda de uma forma muito diferente, um tanto quanto realista, a sanidade. A história gira em torno de um psiquiatra, Simão Bacamarte, que retorna à cidade de Itaguaí depois de formado, e decide abrir uma instituição que hoje chamaríamos de sanatório. Na época, casas de tratamento para doentes mentais eram algo totalmente inovador, uma vez que se costumava isolar pessoas com distúrbios do convívio com a sociedade. Assim,...

    4095  Palavras | 17  Páginas

  • o alienista

    “O Alienista”: ou a ciência como religião. Adriane Camara de Oliveira (...) Poderia convidar alguns de vós, em comissão dos outros, a vir ver comigo os loucos reclusos; mas não o faço, porque seria dar-vos razão do meu sistema, o que não farei a leigos, nem a rebeldes.1 (ASSIS, 2004, 302) Loucura e lucidez: duas faces da mesma moeda? Quando “O Alienista” foi publicado em Papéis Avulsos (1882), Machado de Assis já tinha inaugurado sua fase considerada de maturidade com Memórias...

    4477  Palavras | 18  Páginas

  • O Alienista em quadrinhos

    Verificação de leitura do livro “O Alienista” em HQ Orientações: • Esta avaliação tem um objetivo com um valor total de quatro pontos. • O trabalho deverá ser digitado ou realizado com caneta esferográfica (cor azul ou preta). • Para entrega do trabalho deverá ser realizada uma capa em que contenha: 1- Título do livro; 2- Autor; 3- Nome da professora; 4- Nome do aluno, nº, ano; 5- Fazer uma ilustração pertinente ao tema do livro ( a criatividade será observada). • Dê respostas completas...

    868  Palavras | 4  Páginas

  • resenha do livro o alienista

     Um link entre O Alienista e o psicólogo no século XXI Florianópolis. 2014 SUMÁRIO. 1. A OBRA.....................................................................................................03 2. A CONEXÃO HISTÓRICA....................................................................04 3. A CONEXÃO METODOLÓGICA........................................................05 4. A CONEXÃO COM A CIÊNCIA INDEPENDENTE................

    1427  Palavras | 6  Páginas

  • O Alienista - Papéis Avulsos "Machado de Assis"

    O Alienista – médico que cuida da mente, algo como psiquiatra. Alguns críticos o considera novela contando com o numero de páginas, mas na verdade é um conto machadiano. Dizem que como Machado mergulha muito na mente de seus personagens esquece das questões sociais, mas esse conto prova que ele considera os dois pontos. Dessa forma, podemos entender a literatura machadiana como expressão de problemas psicossociais. O protagonista, Dr. Simão Bacamarte, se assemelha com o autor porque analisa o...

    3488  Palavras | 14  Páginas

  • Estrutura de obra do "O Alienista"

    Estrutura da obra de “O Alienista” Trata-se de um conto um tanto longo, estruturado em treze capítulos. Quanto à montagem, é interessante observar que Machado de Assis se fundamenta em possíveis "crônicas". Observe que, com alguma freqüência, ele se refere aos "cronistas" e às "crônicas da vila de Itaguaí" como, aliás, tem início O Alienista: "As crônicas da vila de Itaguaí dizem que em tempos remotos vivera ali um certo médico, o Dr. Simão Bacamarte, filho da nobreza da terra e o maior dos médicos...

    3086  Palavras | 13  Páginas

  • Ánalise Fenomenológica do Livro O Alienista de Machado de Assis

    Pereira dos Santos CaldeiraJoão Pessoa Março / 2014 Introdução O presente trabalho trata-se da análise de uma obra literária de acordo com o que foi ministrado na disciplina Psicologia Fenomenológica Existencial I, tendo como obra escolhida, O Alienista de Machado de Assis. A seguir será abordado, inicialmente, uma introdução sobre a Fenomenologia, assim como um pequeno resumo sobre o autor da obra. Ao se falar em Fenomenologia, logo voltamos à idéia de Essência e Existência bastante discutida...

    1382  Palavras | 6  Páginas

  • O Alienista

    1. INTRODUÇÃO O Alienista, primeira “novela” de Machado de Assis maduro. Eis um texto que está entre conto e novela, graças à sua extensão. Vale já pelo sabor de seu humor e ironia. Mas há que se ver na obra elementos típicos da produção realista de Machado de Assis, principalmente a análise psicológica e a crítica social. Foi publicado entre outubro de 1881 e março de 1882, faz parte, desde 1882, do volume de Papéis Avulsos. É dos mais bem realizados dos seus contos pela justeza com que funde...

    7976  Palavras | 32  Páginas

  • O Alienista

    EXERCÍCIOS Atividade I: Leia o conto O alienista, de Machado de Assis, e procure responder às seguintes questões: 1) Que história é narrada no conto? 2) Quando e onde a história se passa 3) O narrador participa da história ou apenas a relata? 4) Quem são as personagens centrais do conto? 5) A história é narrada obedecendo à ordem cronológica dos fatos? 6) O tempo em que a história transcorre é o mesmo tempo em que o narrador a relata? 1- O Alienista, narra a história do Dr. Simão Bacamarte...

    991  Palavras | 4  Páginas

  • A DIAL TICA DO PODER E DA SUBMISS O Estudo Da Obra O Alienista

    1 A DIALÉTICA DO PODER E DA SUBMISSÃO: estudo da obra ‘O Alienista’, Machado de Assis THE DIALECTIC POWER AND SUBMISSION: study of the work ‘The Alienist’, Machado de Assis Joscilene Felix dos Santos Silva 1 RESUMO Este artigo é uma tentativa de elucidar um tema já verificado e discutido no presente século, pelas ciências antropológicas e psicológicas, além das diversas religiões: O PODER E A SUBMISSÃO. Busca-se nele apreciar as relações entre o princípio do prazer e o princípio da realidade...

    8015  Palavras | 33  Páginas

  • O Alienista - Resenha

    história do livro “O Alienista” se passa em uma época em que se dá o inicio de uma reforma psiquiátrica, porém a história do livro conta a história da fundação de uma casa de internação, casa essa chamada de “A Casa Verde”. As casas de internação funcionavam como um refúgio da sociedade para abrigar pessoas que não se encaixavam nos parâmetros esperados de comportamento pela sociedade, os chamados inicialmente de alienados. É deste nome dado aos desajustados que surgiu o nome “alienista”, dado aquele médicos...

    901  Palavras | 4  Páginas

  • A IRONIA COMO CR TICA SOCIAL NA OBRA O ALIENISTA

    Universitário de Brasília – UniCEUB Faculdade de Ciências da Educação e Saúde – FACES CÉLIA PIRES MACIEL SALES A IRONIA COMO CRÍTICA SOCIAL NA OBRA “O ALIENISTA’’ DE MACHADO DE ASSIS Brasília 2012 Centro ALIENISTA’’ DE MACHADO DE ASSIS Monografia apresentada como requisito parcial para a conclusão do curso de Licenciatura em Letras do Centro Universitário...

    7958  Palavras | 32  Páginas

  • Crítica Textual I Texto crítico O Alienista caps

    THALES VICENTE DE SOUZA              COTEJAMENTO DOS CAPÍTULOS I E II DA EDIÇÃO DE 1882 E DA EDIÇÃO DE  1937 DE “O ALIENISTA” DE MACHADO DE ASSIS                 NITERÓI  2013  FABÍOLA KATARINA URBANO  HELEN DAUMAS DIAS  LUCAS AUGUSTO ALVES FIGUEIREDO  MARIANA BARROSO SAADI LEITE  THALES VICENTE DE SOUZA           COTEJAMENTO DOS CAPÍTULOS I E II DA EDIÇÃO DE 1882 E DA EDIÇÃO DE  1937 DE “O ALIENISTA” DE MACHADO DE ASSIS     Trabalho  parte de  um dos  requisitos para  obtenção da média  final  da  disciplina ...

    5131  Palavras | 21  Páginas

  • O alienista - resumo

    realidade, este não estava interessado em questões sociais, mas tinha uma rixa pessoal com o outro barbeiro. E a conseqüência é que ele arma uma balbúrdia tamanha que acaba derrubando o Canjica. Mas tudo isso acaba por fortalecer a Casa Verde. Mais gente é confinada. Crispim, o assistente do alienista, que apoiou Porfírio no momento que pensava que Simão havia caído. E depois o Presidente da Câmara dos Vereadores. O clímax deu-se quando a esposa do alienista, extremamente preocupada com jóias e vestidos...

    892  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha: o alienista.

    Quem ficou louca, fui eu! Joaquim Maria Machado de Assis, nascido em 21 de junho de 1839, na cidade de Rio de Janeiro, não teve educação formal. Sua primeira obra literária foi lançada quando Joaquim tinha 35 anos. O livro “O Alienista” de Machado de Assis foi publicado pela primeira vez no jornal: A Estação, na forma de folhetim entre outubro de 1881 e março de 1882. Aborda temas de loucura, amor, ódio, obsessão, entre outros.    No livro, Machado conta a história de Simão Bacamarte, médico...

    727  Palavras | 3  Páginas

  • O alienista

     O Alienista Rio de Janeiro, 17 de novembro de 2012. Stephanie Lucas C. B. de Souza Nº: 17 Turma: 3001-F E-mail: Análise apresentada ao professor Abel Teodoro da disciplina de Literatura da instituição Antônio Carlos Ferreira, como requisito parcial para obtenção dos 5.o pontos referentes ao do trabalho final. Rio de Janeiro 2012 Dedicatória Dedico essa tarefa trabalhosa, porém, construtiva ao que eu...

    1837  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo e Resenha Critica dos Livros: A Metamorfose de Franz Kafka e O Alienista de Machado de Assis

    Introdução Os livros “ O Alienista” de Machado De Assis, e “Metamorfose” de Franz Kafka, não foram publicados atualmente, porem, refletem pensamentos contemporâneos, que são perfeitamente validos e demonstram um profundo desconhecimento da maioria da população.Verificamos que essas obras relatam aspectos bem interessantes e curiosos, que poucos tem coragem de falar, que é a relação LOUCURA X SANIDADE e isso acaba deixando o leitor ainda mais instigado. Resumo e Critica...

    1382  Palavras | 6  Páginas

  • Prometheus

    Assim, Zeus sempre poderia afirmar que Prometeu se mantinha preso ao Cáucaso. Qual a história subjacente do filme? Prometeu tem uma história subjacente que lida com questões atemporais que intrigam a humanidade. Questões como “De onde viemos?” “Qual o nosso objetivo de vida?” “Porque estamos aqui?”, são apenas algumas das questões atemporais mencionadas anteriormente. No filme faz-se uma viagem pela procura de respostas a este tipo de perguntas, (provavelmente) as mais antigas em todo o universo...

    1417  Palavras | 6  Páginas

  • Temperaturas em Inglês

    Resumo do livro O Alienista Quem é louco? Esta é a grande questão proposta neste livro. Conto extenso, quase uma novela, O alienista é uma obra-prima da nossa literatura. Nessa narrativa, publicada pela primeira vez em 1882, Machado de Assis (1839-1908), o autor de Dom Casmurro, Quincas Borba e Memórias póstumas de Brás Cubas, entre outros, conta a história do eminente doutor Simão Bacamarte. Dedicado estudioso da mente humana, o médico decide construir a “Casa verde” – um hospício para...

    3237  Palavras | 13  Páginas

  • Acadêmica

    KAROLYNE BRAGA MOREIRA ANÁLISE DA OBRA “O ALIENISTA” DE MACHADO DE ASSIS A PARTIR DA CONCEPÇÃO DO QUE É O ALIENISTA HOJE SOBRAL 2013 Introdução O presente artigo é, basicamente, uma seleção de textos discutidos em sala pela disciplina de “Fundamentos Metodológicos das Ciências Humanas” e outros complementares em que nós, membros do grupo, indagamos a respeito do cientificismo de acordo com a leitura do livro “O alienista”. Cada parte deste trabalho aqui apresentado (posições...

    4135  Palavras | 17  Páginas

  • Ordem Psiquiatrica Castel

    medicalizaram a loucura , “a desordem social” dentro de um paradigma científico. Interlocução: Dialoga com a historiografia da “medicina mental” em duas direções. Na primeira desenvolve uma intensa interlocução com os representantes da escola alienista, e da escola psiquiátrica “organicista” do século XIX. Na segunda com a historiografia da saúde e da doença mental, sendo que conversa tanto com a linha representada por Michel Foucault, seu interlocutor privilegiado, como com aquela representada...

    3000  Palavras | 12  Páginas

  • Contextualizando o livro O aliesnista

    formando-lhe um retrato fiel e preciso. Neste sentido, pode-se dizer que o Realismo foi um estilo assumindo uma atitude polêmica e crítica em relação à sociedade burguesa de então e aos valores apregoados pela época. A grande relação Realista em “O Alienista” é, sem dúvida, o tom satírico. Aqui machado se volta, impiedosamente, contra a tirania cientificista do Dr. Simão Bacamarte, tirania essa que vem configurada no próprio nome do doutor ("bacamarte"). Institui a ditadura da ciência com um autoritarismo...

    2723  Palavras | 11  Páginas

  • Farmaceutica

    "O Alienista" - Resumo e Análise do conto de Machado de Assis Resumo:  Após conquistar respeito em sua carreira de médico na Europa e no Brasil, o Dr. Simão Bacamarte retorna à sua terra-natal, Itaguaí, para se dedicar ainda mais a sua profissão. Após um tempo na cidade, casa-se com a já viúva D. Evarista, uma mulher por volta dos vinte e cinco anos e que não era nem bonita e nem simpática. O médico a escolheu por julgá-la capaz de lhe gerar bons filhos, mas ela acaba não tendo nenhum sequer...

    3541  Palavras | 15  Páginas

  • Resenha de estamira

    aterro sanitário do Jardim Gramacho, um local renegado pela sociedade, que recebe diariamente mais de oito mil toneladas de lixo produzido no Rio de Janeiro. Com um discurso eloqüente, a personagem central do documentário levanta de forma íntima questões de interesse global, como o destino do lixo produzido pelos habitantes de uma metrópole e os subterfúgios que a mente humana encontra para superar uma realidade insuportável de ser vivida. Devido o crescimento da sociedade, as pessoas vão ficando...

    1020  Palavras | 5  Páginas

  • O alienista

    PSICOLOGIA 1ª SEMESTRE RESENHA DO LIVRO “ O ALIENISTA” Rio de janeiro 12 de Junho de 2013 ASSIS, Machado de. O alienista. Rio de Janeiro: Nova Aguiar 1994. V. II. Pág 26. O livro O Alienista de Machado de Assis, retrata a história de um grande médico muita conceituado na Espanha e em Portugal, que decide aprofundar seus conhecimentos na área da psiquiatria, chamava-se Simão Bacamate, passava muito tempo de seus dias estudando os aspectos de loucura...

    662  Palavras | 3  Páginas

  • resumo o alienista

    ESCOLA ESTADUAL SEBASTIÃO PATRUS DE SOUSA SÍNTESE DO LIVRO”O ALIENISTA” E DO “O MISTÉRIO DA CASA VERDE” Trabalho apresentado à professora Vilma na disciplina de Português Pelas alunas, Geise Mara...

    565  Palavras | 3  Páginas

  • O alienista

    O Alienista Resumo Em O Alienista, A História , retratada a uma burguesia hipócrita da época,Dr. Simão Bacamarte (O Alienista) que casou-se com D.Evarista, não tendo nenhuma beleza, mas tinha chances de dar ao Dr. Simão, filhos robustos e inteligentes. No entanto isso não ocorre, mesmo depois de dietas e ações médicas realizadas por Dr.Simão os filhos não chegaram. Então ele se dedicou ao estudo da medicina e dentro dela se interessou pela neurologia, estudando assim a sanidade e a loucura humana...

    852  Palavras | 4  Páginas

  • Alienista

    01. (UFJF - 2005) Em O Alienista, as pessoas eram trancadas na Casa Verde porque: A) B) C) D) E) tinham comportamentos esquisitos. desrespeitavam a lei e a ordem. Simão Bacamarte as considerava loucas. o barbeiro as desprezava. foram diagnosticadas como loucas por uma junta médica. 02. (PUCRJ) O alienista, publicado entre outubro de 1881 e março de 1882, é considerado um dos mais importantes contos de Machado de Assis. A partir da trajetória de Simão Bacamarte, protagonista da estória...

    2055  Palavras | 9  Páginas

  • SEMINARIO SAUDE MENTAL 1

    proporcione dignidade e qualidade de vida, incentivando a autoestima e o autocuidado. A instituição tem que romper com sua imagem histórica de segregação e se tornar uma saída, uma opção, na vida dos idosos, cooperando com seu bem-estar físico e mental. As questões físicas, econômicas, sociais e psicológicas relativas ao envelhecimento e à velhice atingiram considerável visibilidade nos últimos anos e vários pesquisadores têm se interessado pela compreensão das necessidades e características da população idosa...

    2026  Palavras | 9  Páginas

  • O alienista

    O Alienista - Resumo do Livro Simão Bacamarte, o grande médico, escolheu Itaguaí para seu universo, preterindo os grandes centros do saber europeu. Radicando-se na terra natal, ele se casa com uma viúva de limitados dotes físicos, em quem o médico vira os atributos de saúde necessários para lhe dar uma prole saudável... Dona Evarista frustra as previsões e não lhe dá filhos... Doutor Bacamarte elegeu para suas atenções científicas o recanto psíquico e resolveu solicitar à Câmara de Itaguaí permissão...

    903  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha O Alienista

    RESENHA Por: Sindomar Ferreira de Melo A obra O alienista de Machado de Assis mostra a realidade social de uma pequena cidade do Rio de Janeiro, a cidade de Itaguaí. Simão Bacamarte, cientista graduado pela Europa que decide estudar as faculdades da mente humana no interior carioca. A obra é dividido em vários capítulos que possui um narrador fazendo comentários sobre o comportamento comum entre os personagens voltando ao passado no decorrer do livro. O livro foi dividido...

    698  Palavras | 3  Páginas

  • resumo do livro o alienista

    Resumo do livro O Alienista O Alienista é uma das obras mais famosas de Machado de Assis. Muitos consideram a história um conto, entretanto, trata-se de uma novela, publicada em 1882, incorporada ao volume Papéis Avulsos. Confira mais informações sobre o autor e em seguida um breve resumo do livro. Biografia de Machado de Assis Nascido no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839, o escritor Joaquim Maria Machado de Assis é considerado um dos maiores nomes da literatura brasileira e mundial. Recebeu...

    599  Palavras | 3  Páginas

  • Perguntas do livro o alienista

    1) O enredo de O alienista conta com a participação de um grande número de personagens. Vamos identificar alguns deles, relacionando a coluna da esquerda com a da direita. ( a ) Crispim Soares ( ) Barbeiro que liderou a primeira revolta contra o alienista ( b ) Costa ( ) Farmacêutico de Itaguaí com quem o alienista troca ideias. ( c ) Mateus ...

    611  Palavras | 3  Páginas

  • Roteiro literario

    temas de seus livros. Desta fase podemos destacar as seguintes obras: Ressurreição (1872), seu primeiro livro, A Mão e a Luva (1874), Helena (1876) e Iaiá Garcia (1878). Na Segunda Fase ( fase realista ), Machado de Assis abre espaços para as questões psicológicas dos personagens. É a fase em que o autor retrata muito bem as características do realismo literário. Machado de Assis faz uma análise profunda e realista do ser humano, destacando suas vontades, necessidades, defeitos e qualidades...

    1683  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo do Livro "O Alienista"

     RESUMO DO LIVRO: “O ALIENISTA” DE MACHADO DE ASSIS O livro “O Alienista” de Machado de Assis, conta a história de Simão Bacamarte, de Itaguaí, casado com D.Evarista da Costa e Mascarenhas. Ele casou com ela por causa de sua condição fisiológica e anatômica. Bacamarte acreditava que ela lhe daria filhos robustos e inteligentes, porém o casal não teve filhos, talvez seja esse um dos motivos que levam o Dr.Bacamarte a mergulhar no estudo e na prática da medicina de forma tão intensa...

    1601  Palavras | 7  Páginas

  • O Alienista

    alunos' no en riqueci mento dos seus planos e programas didático-pedu 6 gicos. O livro é como o professor: o primeiro jamais se esqucc '. Professores: se suas aulas já eram boas imaginem agora e01l1 li presença dos protagonistas de O Guarani, de O Alienista, dos casais de Garibaldi & Manoela e Rom eu & Julieta, da simpútí ' II Escrava Isaura e tantos outros personagens. Boa aula e boas I c jllll ll ~ ~~ SES/~ A Adaptação para novos leitores: Sérgio Luis Fischer Revisão técnica: Pedro Garcez Supervisão:...

    15088  Palavras | 61  Páginas

  • O Alienista

    O ALIENISTA é uma obra muito conhecida do Machado de Assis que aborda de uma forma muito diferente, mas que considero um tanto quanto realista, a sanidade. Bom, a história gira em torno de um psiquiatra, Simão Bacamarte, que retorna à cidade de Itaguaí depois de formado, e decide abrir uma instituição que hoje chamaríamos de sanatório. Na época, casas de tratamento para doentes mentais era algo totalmente inovador, uma vez que costumava-se isolar pessoas com distúrbios do convívio com a sociedade...

    787  Palavras | 4  Páginas

  • resumo o alienista machado de assis

     O Alienista Trata-se da história de Dr. Simão Bacamarte um médico que após conquistar respeito em sua carreira na Europa e no Brasil, retorna à sua terra-natal, Itaguaí, para se dedicar ainda mais a sua profissão. Logo após de um determinado tempo, casa-se com a já viúva D. Evarista, uma mulher ainda considerada jovem, mas sem atrativos. O médico a escolheu por julgá-la capaz de lhe gerar bons filhos, mas ela acaba não tendo nenhum sequer. Depois de um tempo, o Dr. Bacamarte...

    1060  Palavras | 5  Páginas

  • Apontamentos sobre o conto 'o alienista' de machado de assis

    Apontamentos sobre o conto O Alienista, de Machado de Assis. O conto O Alienista foi originalmente publicado entre 1881 e 1882 como parte da coletânea Papéis Avulsos. Este conto expressa a crítica ao cientificismo do século XIX e, por extensão, ao positivismo. A obra permite a reflexão sobre a literatura enquanto um saber que também indaga sobre o seu tempo e questiona a verdade e o poder estabelecidos. Trata-se de outro saber, que não se pretende científico, mas que é tão legítimo quanto...

    1383  Palavras | 6  Páginas

  • O alienista

    Loucura ou estratégia ? O Alienista, publicado entre outubro de 1881 e março de 1882, faz parte, desde 1982, do volume Papéis Avulsos.É dos mais bem realizados dos seus contos pela justeza com que funde tema e linguagem, fazendo que esta retrate com clareza o mundo perturbado de Itaguaí. O problema da loucura,do centro temático do conto, foi preocupação constante de Machado de Assis.O Alienista é exatamente uma procura da forma que constitui o objetivo da personagem central,devorada pelas discutíveis...

    1128  Palavras | 5  Páginas

  • LOUCURA E IRONIA EM “O ALIENISTA”, DE MACHADO DE ASSIS

    LOUCURA E IRONIA EM “O ALIENISTA,” DE MACHADO DE ASSIS Sabrina Rodrigues de Sousa1 RESUMO: Este artigo tem por objetivo traçar um estudo acerca da loucura e ironia presentes no conto “O Alienista,” extraído da obra “Papéis Avulsos,” de Machado de Assis. A partir de concepções psíquicas, tema bastante apresentado na narrativa, constata-se o comportamento das personagens que moram na vila do Itaguaí, Rio de Janeiro. Simão Bacamarte, a personagem em foco, é o alienista, médico culto e respeitado...

    3048  Palavras | 13  Páginas

  • O Alienista

    ASSIS, Machado de. O Alienista. (Adap.) Guel Arraes. Globo Video. 1993. RESENHA CRÍTICA Carla Avelino Deborah Kelly Mauricio Gualberto Virgínia da Silva Pantaleão Joaquim Maria Machado de Assis, colunista, contista, dramaturgo, jornalista, porta, novelista, romancista, crítico e ensaísta, nasceu no Rio de Janeiro em 21 de junho de 1839. Considerado um dos mais importantes escritores da literatura brasileira. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • O alienista-análise

    ANÁLISE O Alienista foi à primeira obra madura de Machado de Assis. Vale já pelo sabor de seu humor e ironia. Há de se ver na obra elementos típicos da produção realista de Machado de Assis, principalmente a análise psicológica e a crítica social.  A personalidade da obra é influenciada por forças sociais; por sua vez, a sociedade é influenciada por razões psicológicas. Dessa forma, podemos entender a literatura machadiana como expressão de problemas psicossociais. Dentro desse esquema, pode-se...

    579  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha: O Alienista

     RESENHA: O Alienista – Machado de Assis O Alienista é um conto escrito pelo autor brasileiro, Machado de Assis, lançado, em 1882. O conto apresenta uma narrativa diante de crônicas antigas, de um médico chamado Dr. Simão Bacamarte, que se especializa em cuidar da loucura do ser humano e resolve montar uma casa pra abrigar aqueles que sofrem desse mal. A casa é intitulada “Casa Verde”, na vila de Itaguaí, no Rio de Janeiro. Simão é um médico conceituado, um dos...

    779  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo o alienista

    Resumo O Alienista Dr. Simão Bacamarte o melhor médico do Brasil, Portugal e Espanha. Retorna ao Brasil aos trinta e quatro anos e foi morar em Itaguaí. Dr. Simão Bacamarte casou-se aos quarenta anos com D. Evarista, que não era bonita e nem simpática, porém o Dr. Bacamarte casou com ela por suas qualidades fisiológicas e anatômicas, com a esperança que ela lhe desses filhos saudáveis e inteligentes. Essa esperança frustrou-se, pois apesar de tratamentos D. Evarista não lhe deu filhos. O...

    1352  Palavras | 6  Páginas

  • Alienista

    dinheiro, como o Costa, e, dentre todos eles, a própria esposa, Dona Evarista, que passara a noite hesitando entre um colar de granada e outro de safira para ir ao baile...É bom que se diga que o padrão da normalidade era constituído pelos critérios do alienista, obviamente em consonância com os ditames da Igreja e dos poderes constituídos.  Tão grande foi o número de internações, várias aparentemente injustas, que ocorre uma rebelião em Itaguaí, liderada pelo barbeiro Porfírio. Este prometera destruir...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • O Alienista

    “O ALIENISTA” de MACHADO DE ASSIS ESTRUTURA NARRATIVA - ROTEIRO DE ESTUDO 1.A obra em estudo é um conto e pertence ao gênero narrativo. Pesquise e explique. 2.Recolha os dados mais significativos da vida e da obra do autor ( selecione, não copie!) 3. Machado de Assis é considerado um autor de transição entre o Romantismo e o Realismo. Pesquise e explique . 4. A primeira edição em livro de O Alienista é de 1882, quando aparece incorporado ao volume Papéis Avulsos. Anteriormente havia sido...

    2378  Palavras | 10  Páginas

  • Analise literária da obra "o alienista"

    .............................................12 15. Referências Bibliográficas.....................................................................................13 Introdução O presente trabalho tem como proposta analisarmos a obra “O alienista” de Machado de Assis. Primeiramente iremos observar um breve resumo da história para melhor entendimento e conseqüente analisaremos a contextualização da obra. Na história o médico Dr. Simão tenta encontrar a curar universal para a loucura, com esse...

    1702  Palavras | 7  Páginas

tracking img