Normalizaçao Contabilistica De Angola artigos e trabalhos de pesquisa

  • Princpais diferenças entre o plano geral de contabilidade de angola e o sistema de normalização contabilística de portugal

    Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais PRINCPAIS DIFERENÇAS ENTRE O PLANO GERAL DE CONTABILIDADE DE ANGOLA E O SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA DE PORTUGAL Trabalho Realizado Por: Carmem Marialva Pinto da Cruz Sob Orientação: Professora Doutora Cristina Gaio Silva Júri: Presidente: Mestre António Carlos de Oliveira Samagaio Vogais: Professora Doutora Cristina Belmira Gaio Martins da Silva Mestre Inês Maria Galvão Teles Ferreira da Fonseca Pinto Junho/2011 ...

    15188  Palavras | 61  Páginas

  • Normalização contasbilistica em angola

    interpretação, análise e comparabilidade das informações contabilísticas prestadas pelas diferentes unidades económicas fosse possível, houve necessidade de estabelecer regras, normas abrangentes e princípios, que conduzissem à normalização dos modelos contabilísticos, isto é, a elaboração de uma técnica de comunicação com características uniformes na recolha e tratamento de dados a normalização contabilística. CONCEITOS E VANTAGENS O conceito de normalização contabilista pode ser entendido como um processo...

    8319  Palavras | 34  Páginas

  • O PLANO GERAL DE CONTABILIDADE ANGOLANO E O SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA DE PORTUGAL: UMA ANÁLISE COMPARADA

    i O PLANO GERAL DE CONTABILIDADE ANGOLANO E O SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA DE PORTUGAL: UMA ANÁLISE COMPARADA MASIDIVINGA LANDU Dissertação de Mestrado Mestrado em Contabilidade e Finanças Porto – 2014 INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DO PORTO INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO O PLANO GERAL DE CONTABILIDADE ANGOLANO E O SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA DE PORTUGAL: UMA ANÁLISE COMPARADA MASIDIVINGA LANDU Dissertação de Mestrado apresentada...

    16376  Palavras | 66  Páginas

  • Sistema de normalização contabilística proposto pela cnc enquanto referencial normativo em cabo verde

    TOC 111 - Junho 2009 C ONTABILIDADE Sistema de Normalização Contabilística proposto pela CNC enquanto referencial normativo em Cabo Verde Por Cristina Gonçalves e Joaquim Sant´ana Fernandes Cabo Verde adoptou uma estratégia de convergência com o sistema contabilístico português. Para as empresas que operam naquele país, as vantagens são óbvias: reduzem-se os custos administrativos associados à preparação e apresentação das demonstrações financeiras e é facilitada a mobilidade dos técnicos...

    3458  Palavras | 14  Páginas

  • Contabilidade bancaria de angola

    UNIVERSIDADE LUSÍADA DE ANGOLA CONTABILIDADE BANCÁRIA (Apontamentos para uso exclusivo dos estudantes do Curso de Contabilidade Superior de Gestão) Jorge Leão Peres, MSc Luanda, Fevereiro de 2002 (Versão revista em Março de 2010) CONTABILIDADE BANCÁRIA ÍNDICE I- INSTITUIÇÕES DE CRÉDITO- 5 I.1- Evolução histórica na Banca- 5 I.1.1- No Mundo- 5 I.1.2- Em Angola- 8 I.2- Os Bancos no quadro sócio económico de um país- 12 I.2.1- Função económica- 12 I.2.2- Evolução da função sócio-económica-...

    35774  Palavras | 144  Páginas

  • normalizaçao e harmonizaçao contabilistica

    @ António Fernandes 2. Normalização e Harmonização Contabilística 1 @ António Fernandes 2.1. OS PCGA 2.1.1. DEFINIÇÃO DE PRINCÍPIO “É o conjunto de elementos, rudimentos, regras fundamentais e gerais de quaisquer ciência ou arte.” (In Grande Dicionário da Língua Portuguesa) SINÓNIMOS: Postulado, Pressuposto, Regra, Convenção, Conceito, Norma, Política 2.1.2. DEFINIÇÃO DE PCGA “É o conjunto de normas e convenções que guiam ou orientam os contabilistas na preparação das demonstrações...

    3363  Palavras | 14  Páginas

  • Regime da normalização contabilística para as microentidades

    MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Decreto-Lei n.º 36-A/2011 de 9 de Março A aprovação do presente decreto-lei consagra quatro medidas essenciais: i) a aprovação do regime da normalização contabilística para as microentidades (NCM), ii) a aprovação do regime da normalização contabilística para as entidades do sector não lucrativo (ESNL), iii) a consagração de regras que dispensam, em certos casos, a apresentação de contas consolidadas por empresas mãe e iv) a alteração do prazo...

    8415  Palavras | 34  Páginas

  • Normalização contabilística em cv

    e de Relato Financeiro pela Comissão de Normalização Contabilístico nomeado pelo Despacho 09/2007 de 16 de Agosto de 2007 dando origem a SNCRF- Sistema de Normalização Contabilístico e de Relato Financeiro que foi oficializado pelo Decreto-Lei 5/2008 de 4 Fevereiro de 2008, Decretos Normativos e Portaria n.º49/2008 de 29 de Dezembro de 2008, que entrou em vigor a 1 de Janeiro de 2009. Este trabalho é o resultado de uma pesquisa da evolução da normalização contabilístico de Cabo Verde até o SNCRF...

    670  Palavras | 3  Páginas

  • Sistema de normalização contabilistica

    necessário mudar 4 As duas contabilidades 5 Em que consiste o novo Sistema de Normalização Contabilística? 5 Conclusão 6 Introdução Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de OEAG, módulo 8 do Curso Profissional de Informática de Gestão. Pesquisei sobre a evoluçao da normalização contabilística, conforme apresento de seguida. Inicio Em 2010 entrou em vigor o novo Sistema de Normalização Contabilística (SNC), que substitui o "antigo" Plano Oficial de Contabilidade (POC), em...

    662  Palavras | 3  Páginas

  • Harmonização Contabilística

    Contabilidade Financeira I HARMONIZAÇÃO CONTABILÍSTICA Estrutura 2 II. Harmonização Contabilística 1. Harmonização Contabilística vs. Normalização Contabilística (3-5) 2. Organismos de Normalização Contabilística (6-10) 3. Importância da Harmonização Contabilística (11-15) 4. Evolução do Processo de Harmonização Contabilística (16-29) 5. Âmbito de Aplicação dos Normativos Contabilísticos (30-33) 6. Patamares de Normalização Contabilística (34-51) Auto-Estudo (52-53) 1 28-09-2014 ...

    3566  Palavras | 15  Páginas

  • O sistema normalização contabilistica e de relato financeira de cabo verde

    Contabilidade Financeira A Normalização Contabilística de Cabo Verde |S.N.C.R.F Sistema de Normalização Contabilística e Relato Financeiro 09-12-2012 Introdução O presente trabalho tem como objectivo demonstrar a importância da normalização e harmonização contabilística para a análise da informação financeira, tendo em conta o meio envolvente em que, hoje, as empresas encontram-se inseridas. As mudanças...

    2788  Palavras | 12  Páginas

  • Auditoria financeira

    INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE ANGOLA (ISTA) AUDITORIA FINANCEIRA – 4º ANO/2012/TARDE CAPÍTULO II – PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONTABILIDADE 2.1 – Os princípios contabilísticos geralmente aceites (PCGA) e sua importância para o auditor/revisor 2.1.1 – Definição de PCGA “É o conjunto de normas e convenções que guiam ou orientam os contabilistas na preparação das demonstrações financeiras. Podem também incluir certas práticas que sejam mundialmente seguidas ou comummente advogadas”. O objectivo...

    1619  Palavras | 7  Páginas

  • A normalização contabilística e as pme

    A Normalização Contabilística e as PME O European Financial Reporting Advisory Group (EFRAG) Auditoria Índice | |Pág. | |Introdução |2 | | ...

    10179  Palavras | 41  Páginas

  • Sistema Normalização Contabilistica

    Tema: SNC - Sistema Normalização Contabilística Data: 2013/09/13 Pág.: 1/4 Formando: Reflexão A UFCD SNC (Sistema de Normalização de Contabilística), foi leccionada pelo formador ..... tendo como duração 25 horas. Nesta UFCD abordamos o Sistema de Normalização de Contabilística e o Código de Contas, constatando que futuramente me será bastante útil. Começamos então por falar sobre o que é o SNC, verificando que é o novo sistema de normalização contabilística, com entrada em vigor...

    906  Palavras | 4  Páginas

  • ambiente de normas contabilisticas

    AMBIENTE DAS NORMAS CONTABILÍSTICAS DE RELATO FINANCEIRO Fundamentos de contabilidade 1º Ano – Gestão de Empresas Janeiro 2011 Trabalho Realizado Por: Liliana Sares Isabel Mota José Costa Diana Dionísio Instituto Superior de Línguas e Administração de Leiria Índice Índice de Ilustrações ............................................................................................................... 3 Lista de siglas ...........................................................

    6688  Palavras | 27  Páginas

  • Lei das Instituições Financeiras de Angola

     e na demais legislação que lhes for  aplicável.        Artigo 2.º  Definições    Para efeitos da presente lei, entende‐se por:    1.  Agência:  estabelecimento  no  país,  de  instituição  financeira  bancária  ou  instituição financeira não bancária com sede em Angola, que seja desprovida de  personalidade  jurídica  e  que  efectue  directamente,  no  todo  ou  em  parte,  operações  inerentes  à  actividade  da  empresa  ou  estabelecimento  suplementar  da sucursal no país, de instituição financeira bancária ou...

    21685  Palavras | 87  Páginas

  • harmonizacao contabilistica internacional

    mudança ocorre com extrema rapidez e a competitividade cresce à mesma velocidade, aumenta a necessidade de responder adequadamente a esta envolvente. A professora nos impos este trabalho com o propósito de evidenciar a importância da Harmonização Contabilística Internacional, os seus recentes desenvolvimentos, perspetivas futuras, os impactos mundiais, e no tratamento de casos. Para entrarmos no contexto da implementação do novo normativo contabilístico nas demostrações financeiras das empresas tanto...

    4123  Palavras | 17  Páginas

  • sistemas de contabalidade, Escrituracao e Harmonizacao contabilistica

    objectivo demonstrar a importância da normalização contabilística, dos sistemas de contabilidade da Escrituraçao e Harmonizaçao Contabilística para a análise da informação financeira, tendo em conta o meio envolvente em que, hoje, as empresas encontram-se inseridas. As mudanças que ocorreram na económia global levaram a que as empresas passassem a adoptar novas formas de elaborar o reporter financeiro como forma de acompanhar essa evolução. A harmonização contabilística, surge neste contexto, como forma...

    2471  Palavras | 10  Páginas

  • Contabilidade.sistema de normalização contabilística em portugal

    Escola Profissional Gustave Eiffel Curso: Técnico de Gestão Modulo: 1.3 Sistema de Normalização Contabilística em Portugal Índice Sistema de Normalização em Portugal… Pág.2 O meio envolvente da empresa… Pág.3 O Meio envolvente contextual… Pág.4 O Meio envolvente transaccional… Pág.6 A origem da contabilidade… Pág.7 Conclusão…...

    2089  Palavras | 9  Páginas

  • Demonstrações financeiras exigidas pelo sistema de normalização contabilística

    Financeiras 3 2.1. Balanço 4 2.2. Demonstração de resultados 5 2.3. Demonstração das alterações no capital próprio 6 2.4. Demonstração dos fluxos de caixa 6 2.5. O Anexo 7 3. Normas Contabilísticas Reguladoras 8 3.1. Norma contabilística e de relato financeiro 1 8 3.2. Norma contabilística e de relato financeiro 2 9 4. A Estrutura Conceptual para a Apresentação e Preparação das Demonstrações Financeiras 9 5. Objectivo das Demonstrações Financeiras 11 6. Características Qualitativas...

    5491  Palavras | 22  Páginas

  • Sistema normalização contabilística

    Sistema de Normalização Contabilística (SNC) e formas de publicação: Elementos Criação do SNC Âmbito de aplicação Bases para a apresentação das demonstrações . Forma de publicação Decreto-Lei financeiras Portaria Modelos de demonstrações financeiras Código de contas e notas de enquadramento Estrutura conceptual NCRF NCRF – PE NI Aviso Principal diferença entre o POC e o SNC Regras explícitas Princípios Extraído de “O sistema de normalização contabilística”, de Avelino...

    1030  Palavras | 5  Páginas

  • Regulação Contabilística

         Regulação contabilística 1.1.   Conceito e importância Conceito Regulação – acção de um regulador que tende a normalizar a actividade de uma função. Importância Demonstrações financeiras preparadas com um referencial similar; Comparabilidade da informação financeira; Confiança dos utilizadores da informação financeira; Melhor funcionamento dos mercados de capitais; Interesse público da informação financeira. 1.2.   Desvantagens Diversidade de práticas contabilísticas entre os diferentes...

    1266  Palavras | 6  Páginas

  • Angola - revisão gestão publica

    Relatório Nº 29036-AN ANGOLA Revisão da Gestão das Despesas Públicas e Responsabilização Financeira 16 de Fevereiro de 2005 Região África PREM 1 Documento do Banco Mundial Equivalências da Moeda Unidade Monetária: Kwanza Angolano (Kz) USD= 87,40627 Kwanza (Taxa de Cambio em Vigor em 16 de Fevereiro de 2005) Pesos e Medidas Sistema Métrico Ano Fiscal do Orçamento: 1 de Janeiro a 31 de Dezembro Vice-presidente: Director para o País: Gestor Sectorial: Líderes da Equipa do PEMFAR: ...

    55817  Palavras | 224  Páginas

  • SNC - Sistema de Normalização Contabilistica

    Demonstração dos fluxos de caixa e)Anexo Normas Contabilísticas e de Relato Financeiro Pequenas Entidades Regime das Pequenas Entidades Aplicação do Regime das Pequenas Entidades Fluxos da Empresa Ótica Financeira Ótica Económica Ótica de Tesouraria Plano de Contas Objetivos do Plano de Contas Estrutura do Plano de Contas Função e funcionamento das Contas Conclusão Anexos Webiografia Introdução Este trabalho sobre o Sistema de Normalização Contabilística (SNC) foi realizado no âmbito de uma avaliação...

    8202  Palavras | 33  Páginas

  • Trabalhos academicos

    C TOC 111 - Junho 2009 o n t a b i l i d a d e Sistema de Normalização Contabilística proposto pela CNC enquanto referencial normativo em Cabo Verde Por Cristina Gonçalves e Joaquim Sant´ana Fernandes Cabo Verde adoptou uma estratégia de convergência com o sistema contabilístico português. Para as empresas que operam naquele país, as vantagens são óbvias: reduzem-se os custos administrativos associados à preparação e apresentação das demonstrações financeiras e é facilitada a mobilidade...

    3628  Palavras | 15  Páginas

  • Análise da norma contabilística e de relato financeiro 4 – politicas contabilísticas, alterações nas estimativas contabilísticas e erros

    Contabilidade e Finanças Contabilidade Financeira Avançada I Análise da Norma Contabilística e de Relato Financeiro 4 – Politicas contabilísticas, Alterações nas Estimativas Contabilísticas e Erros Docente: João Gomes Discente: Fábio de Jesus, nº2457 20 de Dezembro de 2010 Fábio Emmanuel Almeida de Jesus Indice Introdução 4 Resumo da NCRF 4 – Políticas contabilísticas, Alterações nas estimativas contabilísticas e Erros 5 Comparação da NCRF 4 com o vigente no POC 8 Comparação da NCRF...

    4818  Palavras | 20  Páginas

  • A contabilidade como factor sistémico e instrumento de gestão nas instituições financeiras bancárias

    INTRODUÇÃO A Evolução da Normalização Contabilística para as Instituições Financeiras assenta-se na sua subordinação aos objectivos que se pretendem alcançar na globalidade do Sistema Financeiro Angolano. Como consequência, as instituições de supervisão bancária em Angola exararam um conjunto de normativos contabilísticos aplicáveis às instituições financeiras, assunto que abordaremos com maior profundidade adiante. O presente trabalho, compreende (4) quatro capítulos, assim distribuídos:...

    11241  Palavras | 45  Páginas

  • Norma contabilistica 19

     Norma Contabilística e de Relato Financeiro 19 – Contratos de Construção Contabilidade Grupos e Sociedades, António Franco Idanha-a-Nova Índice Introdução……………………………………………………………………………… 3 SNC – Sistema Normalização Contabilística…………………………………………... 4 Normas Contabilística Relato Financeiro………………………………………............. 6 Normas Contabilística Relato Financeiro 19 – Contratos de Construção……………… 8 Contratos de Construção………………………………………………………... 8 Caracterização...

    5807  Palavras | 24  Páginas

  • Contabilidde Angolana

    vencimento os empréstimos e juros associados. • Os clientes, a administração pública, economistas e analistas financeiros e mesmo o público em geral. Do ponto de vista interno, existem também utilizadores interessados na informação contabilística. São eles: • Gestores – procuram na contabilidade fundamentar as suas estratégias e decisões. • Sócios ou Accionistas – conhecer a situação financeira actual da empresa. Divisões da Contabilidade: • Quanto ao seu alcance • ...

    5520  Palavras | 23  Páginas

  • Leone Pinto

    fiscalidade seja económica como política e jurídica, fiscalidade é um bem necessário para que haja uma boa sociedade construtiva porque estamos expostos ao mundo, todos os outros países seja a nível de África como por fora estão todos de olhos em Angola que é o país que tem-se registado um grande índice de crescimento económico e geral. Direito Fiscal: é o conjunto de normas que regulam as relações que se estabelecem entre o Estado e os outros entes públicos, por um lado e os cidadãos por outro...

    4605  Palavras | 19  Páginas

  • Regularizações contabilisticas

    INTRODUÇÃO As regularizações de saldos de terceiros demonstrações contabilísticas (financeiras) das empresas. Tais correcções constituem o corolário de operações de conferência de contas correntes e ou de circularização e posterior (re)conciliação, desenvolvidas por auditores ou revisores oficiais de contas num determinado exercício económico e resultam de saldos errados derivados de (2), (1) constituem operações contabilísticas que, com alguma regularidade, influenciam as erros/omissões ...

    3662  Palavras | 15  Páginas

  • Justo valor vs credibilidade contabilística

    Curso de CTOC Justo Valor versus Credibilidade Contabilística Fernando Pêga Magro Rute Abreu Fátima David Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda © Magro et al. (2008) 0 Curso de CTOC Objectivos 1. Introdução 2. Credibilidade 3. Justo Valor 4. Aspectos Práticos 5. Debate © Magro et al. (2008) 1 Curso de CTOC Objectivo: 1. Introdução © Magro et al. (2008) 2 Curso de CTOC Introdução • Justo valor – “fair value”; (“true and fair...

    5829  Palavras | 24  Páginas

  • A Diplomacia Econ mica entre Portugal e Angola o sector cervejeiro o caso da Unicer

    INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA A Diplomacia Económica entre Portugal e Angola: O Sector cervejeiro – o caso da Unicer Francisco Rocha Gonçalves Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estudos Africanos: Análise e Gestão do Desenvolvimento Social Orientador: Prof. Doutor Manuel António de Medeiros Ennes Ferreira, Professor Auxiliar, Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa Janeiro de 2009 INSTITUTO...

    44929  Palavras | 180  Páginas

  • TRABALHO DE MIC

    relevantes, a fim de fornecer subsídios para o melhoramento da organização contabilística das actividades empresariais, partindo do pressuposto de que no âmbito da organização contabilística temos como foco a própria empresa, no sentido de proporcionar informações úteis e atempadas aos utilizadores das demonstrações financeiras para a tomada de suas decisões, sendo objecto de pesquisa os utentes da informação contabilística (stakeholders). Sabe-se que com as constantes mudanças no mundo empresarial...

    1855  Palavras | 8  Páginas

  • Implicações fiscais no justo valor das normas do sistema de normalização contabilística

    Normas do Sistema de Normalização Contabilística Estágio realizado na: Direcção de Finanças de Leiria Romeu Jesus da Ponte Março de 2010 Índice 1. Introdução ............................................................................................................... 3 2. Apresentação da Entidade de Acolhimento ........................................................ 5 3. As Implicações Fiscais no Justo Valor das Normas do Sistema de Normalização Contabilística .......................

    18872  Palavras | 76  Páginas

  • Contabilidade financeira

    firma de um ou alguns dos accionistas ou por uma denominação particular ou pela reunião desses dois elementos, e com aditamento Sociedade anónima ou S.A ou ainda S.A.R.L; Exemplo da sociedade anónima OLMPIC GRUPO, SARL BANCO ESPIRITO SANTO ANGOLA, S.A Características das sociedades em comandita: simples e por acções • Os sócios comanditados têm responsabilidade ilimitada respondendo pelas dívidas da empresa com capital comercial e particular; • Apenas os sócios comanditados podem...

    7778  Palavras | 32  Páginas

  • Situação sociolinguística de Angola

    DO PORTUGUÊS EM ANGOLA A situaçãolinguística em Angola, tal como se verifica em boa parte dos países africanos, caracteriza-se por uma grande diversidade linguística. A maior parte das línguas em Angola pertence ao grupo das línguas bantu e tem uma localização territorial... 9100 Palavras37 Páginas TIPOS DE NORMALIZAÇÃO DEPARTAMENTO DE LÍNGUA E CULTURA PORTUGUESA O PERFIL LINGUÍSTICO E COMUNICATIVO DOS ALUNOS DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES “GARCIA NETO” (LUANDA - ANGOLA) CONCEIÇÃO GARCIA...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • RELEVÂNCIA DA INFORMAÇÃO CONTABILÍSTICA - ABORDAGEM TEÓRICA E ESTUDO EMPÍRICO

    CONTABILIDAD RELEVÂNCIA DA INFORMAÇÃO CONTABILÍSTICA - ABORDAGEM TEÓRICA E ESTUDO EMPÍRICO Maria do Céu Gaspar Alves (Email - Mceu_alves@yahoo.com) Universidade da Beira Interior Departamento de Gestão e Economia Edifício Ernesto Cruz 6200 001 Covilhã Portugal RESUMO Muito tem sido escrito sobre a inadequação da informação contabilística às necessidades de gestão porém muito pouco tem sido feito para saber qual o impacto real das criticas sobre a satisfação manifestada pelos dirigentes...

    9145  Palavras | 37  Páginas

  • TRABALHO DE AUDITORIA 2 INVESTIMENTOS FINANCEIROS

    representativos de investimentos financeiros são de propriedade da empresa e estão em seu poder ou entregues a guarda de terceiros; Os Investimentos Financeiros, estão reconhecid0s, mensurados e apresentados no balanço de acordo com sistema de normalização contabilística, Os ganho e/ou perdas resultantes da posse e/ou da alienação de investimentos financeiros e juros , estão adequadamente contabilizados, As perdas relativas aos investimentos financeiros e as propriedades de Investimento estão adequadamente...

    1391  Palavras | 6  Páginas

  • NCRF 21

    NCRF 21 – Provisões, Passivos Contingentes e Activos Contingentes Suas Implicações Fiscais e de Auditoria RESUMO A presente dissertação tem por objectivo estudar a Norma Contabilística de Relato Financeiro (NCRF) 21 – Provisões, Passivos Contingentes e Activos Contingentes do Sistema de Normalização Contabilística (SNC), suas implicações fiscais e de auditoria. Escolhemos analisar a NCRF 21 tendo como referências comparativas o anterior normativo contabilístico, o Plano Oficial de Contabilidade...

    31147  Palavras | 125  Páginas

  • Manual de Contabilidade

    República de Angola CAAJOFP Formação Empreendimentos & Serviços Lda. MANUAL DE APOIO A CONTABILIDADE FINANCEIRA NOTA INTRODUTÓRIA Neste curso será abordado um conjunto de conhencimentos, capacidades e atitudes necessarias para que o formando adquira um perfil profissional que o torne apto a desempenhar com sucesso e destreza na área da administração e gestão empresarial. A contabilidade é uma técnica de comunicação e informação fundamental para gestão de qualquer organização. Só assim...

    5416  Palavras | 22  Páginas

  • Contabilidade

    Classificação da situação líquida 4.1.1 Noção CAPITULO V- DINÂMICA PATRIMONIAL 5.1- Factos patrimoniais e sua Classificação 5.2- O quadro de variação das contas (QVC) 5.1.1- Factos patrimoniais CAPITULO VI- A NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA 6.1- Noção 6.2 Objectivo da Normalização 6.1- Noção BIBLOGRAFIA INTRODUÇÃO Contabilidade é a ciência que tem como objeto de estudo o patrimônio das entidades, seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, registrando...

    6412  Palavras | 26  Páginas

  • Avaliaçao do sistema tributario em angola

    AVALIAÇÃO DO SISTEMA TRIBUTÁRIO EM ANGOLA Luis Carlos Paixao Julho 2010. Tendo os fariseus interrogado Jesus quanto a saber se era lícito pagar tributo a César, Ele perguntou-lhe de quem eram a imagem e a inscrição cunhadas numa moeda. Responderam os fariseus que era de César. Então – concluiu Jesus – “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (Evangelhos, de São Mateus, 22 de São Marcos, 12 e de São Lucas, 20). 1. BREVE ENQUANDRAMENTO ÀS TENDÊNCIAS GLOBAIS Os sistemas...

    5325  Palavras | 22  Páginas

  • a base da política externa de Angola

     INTRODUÇÃO No presente trabalho abordaremos sobre a base da Politica externa de Angola, e também falar-se-á sobre os fundamentos pelos quais se desenvolvem as linhas orientadoras da política externa do país, como a hierarquia de execução, bem como as diferentes estratégias definidas pelo governo angolano. Angola tornou-se independente em 11 de Novembro de 1975, optando pela via de desenvolvimento, o modelo económico e político de planejamento centralizado, com todos os meios de produção na responsabilidade...

    5757  Palavras | 24  Páginas

  • 2014

    Corporativa 10 Relatório de Gestão 16 A Conduril 04 Relatório e Parecer do Conselho Fiscal 56 Demonstrações Financeiras e Anexos 24 Certificação Legal das Contas 60 Relatório e Contas 2014 A Conduril CONDURIL A Conduril Relatório e Contas 2014 Angola - Ponte N’Zeto “Não há ventos favoráveis para quem não conhece o seu rumo” Séneca Conservatória do Registo Comercial de Valongo Capital Social: 10.000.000 euros NIF: 500 070 210 Alvará nº 568 6 A Conduril CONDURIL Relatório e Contas 2014 Visão...

    16329  Palavras | 66  Páginas

  • O banco

    pagavam os mercadores, aos quais faziam. II-EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA BANCA EM ANGOLA-Antes e após INDEPENDÊNCIA Em Angola antes de descrever a evolução histórica na banca em Angola, importa fazer uma breve incursão na história deste país, que se tornou nação em 11 de Novembro de 1975. Quando o navegador português Diogo Cão atracou, em 1482, na foz do rio Zaire (ou Congo) encontrou no território que hoje faz parte da República de Angola sociedades estruturadas em reinos, com uma organização económica e social...

    3115  Palavras | 13  Páginas

  • Reforma fiscal de angola 2012

    alargado o âmbito de incidência de Imposto Industrial, passando a estar expressamente prevista a sujeição a este imposto (i) das actividades reguladas pelo Instituto de Supervisão de Seguros, pelo Instituto de Supervisão de Jogos e pelo Banco Nacional de Angola e (ii) das actividades exercidas por sociedades cuja actividade consista na mera gestão de uma carteira de imóveis. SUJEITOS PASSIVOS As entidades desprovidas de personalidade jurídica, com sede ou direcção efectiva em território angolano, cujos...

    9846  Palavras | 40  Páginas

  • Contabilidade como instrumento de gestão

    desde as etapas da contabilidade como instrumento de gestão. No segundo capítulo representaremos a forma como é feita a contabilidade e a gestão na empresa Somepa. Razão pela qual tivemos que inquerir o Sr. Cangulo responsável pela área contabilística que nos deu de forma detalhada como é feita a contabilidade e a gestão na Somepa. De modo a atender o desiderato da nossa pesquisa...

    6580  Palavras | 27  Páginas

  • o sistema fiscal em angola

    Introdução Angola é atualmente considerado um dos países mais prósperos do continente africano. Com uma enorme diversidade de recursos naturais, o mercado angolano reúne vantagens competitivas inegáveis tornando-se extremamente apetecível à expansão de empresa não só portuguesas como de todo o mundo. Numa crescente época de globalização, competitividade e crescimento económico, Angola oferece inúmeras oportunidades, tornando-se mesmo para muitas...

    16329  Palavras | 66  Páginas

  • Acontecimentos após a data do Balanço e suas implicações Fiscais e de Auditoria

    o equilíbrio emocional. A Deus. i SNC/NCRF 24 – Acontecimentos após a data do Balanço e suas implicações Fiscais e de Auditoria RESUMO O Sistema de Normalização Contabilística (SNC) e suas implicações Fiscais e de Auditoria, especificamente, no que diz respeito aos “Acontecimentos após a data do Balanço”, Norma Contabilística e de Relato Financeiro (NCRF) 24, é o tema em foco. Para melhor abordagem do mesmo, será feito, em primeiro lugar o enquadramento histórico, sectorial e normativo...

    36406  Palavras | 146  Páginas

  • A nacionalização das empresas e problematica do desenvolvimento em angola da colonizacao a independencia

    economia, abrangendo unidades económicas (explorações ou empresas agrícolas, comerciais, industriais). "É um instrumento de apropriação colectiva dos meios de produção". A NACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS E PROBLEMÁTICA DO DESNVOLVIMENTO EM ANGOLA DA COLONIZAÇÃO Á INDEPENDÊNCIA Nacionalizar é transferir uma empresa particular, serviço ou actividade sob gestão privada para a propriedade ou controlo do Estado, segundo a definição que consta do dicionário de Língua Portuguesa Houaiss. Trata-se...

    3155  Palavras | 13  Páginas

  • Relatório e contas

    sustentabilidade financeira e económica da nossa empresa. Para tal há decisões importantes a tomar, para que resultados positivos continuem. Outra medida em que depositamos grande expectativa é o arranque da nossa actividade em novos mercados como sendo Angola e Moçambique. Temos ainda em curso um processo de reestruturação e de reorganização dos nossos serviços, tendo em vista a possível diminuição do peso da estrutura e dos custos associados da nossa empresa. Há que salientar a adopção das Normas Internacionais...

    8110  Palavras | 33  Páginas

  • Normalização técnica

    NORMALIZAÇÃO TÉCNICA Costa A. F. fabinhu_fac@hotmail.com Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC/Joinville – SC Resumo: Este trabalho apresenta um estudo recente sobre normas técnicas e as entidades que criam, regulamentam e controlam a utilização dessas normas. Essa padronização foi criada para assegurar a qualidade e o mínimo rigor necessário, tanto na parte dimensional ou estrutural de qualquer produto ou serviço, mantendo a especificação do material utilizado ou nas tolerâncias...

    2521  Palavras | 11  Páginas

  • Qualificador do MAPESS

    realizados; integra e prepara informações e apresenta-as superiormente; elabora relatórios de actividade da Direcção com base em dados previamente recolhidos. É de sua competência prever, organizar, dirigir e controlar as operações financeiras, contabilísticas, administrativas de recursos humanos; elaborar orçamentos e relatórios de custo bem como relatórios mensais das actividades realizadas. Coordena e controla as actividades dos serviços financeiros, contabilísticos; toma decisões sobre operações...

    26639  Palavras | 107  Páginas

  • Discurso do PR- Angola

    haver uma relação dialéctica entre as duas. Cuidar da economia, da sua gestão e desenvolvimento e da partilha justa dos seus resultados é uma condição indispensável para se assegurar a estabilidade política e o crescimento do bem estar social. Ora, Angola está integrada na economia internacional e sofre os efeitos dos seus constrangimentos. A evolução recente da economia mundial foi marcada pela revisão em baixa das perspectivas do seu crescimento, justificada por um crescimento moderado que se verifica...

    11306  Palavras | 46  Páginas

  • Modelo de anexo - snc

    INTERPRETATIONS COMMITTEE IFRS – INTERNATIONAL FINANCIAL REPORTING STANDARDS NCRF – NORMAS CONTABILÍSTICAS E CONTABILIDADE E RELATO FINANCEIRO NCRF-PE – NORMA CONTABILÍSTICA E DE RELATO FINANCEIRO PARA PEQUENAS ENTIDADES NI – NORMAS INTERPRETATIVAS OTOC – ORDEM DOS TÉCNICOS OFICIAS DE CONTAS PCGA – PRINCÍPIOS CONTABILÍSTICOS GERALMENTE ACEITES POC – PLANO OFICIAL DE CONTABILIDADE SNC – SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA -2- SNC – PREPARAÇÃO DAS NOTAS ANEXAS (COMO PARTE INTEGRANTE DA APRESENTAÇÃO...

    65469  Palavras | 262  Páginas

  • Tratamento contabil dos activos e passivos financeiros de longo prazo expostos a variação cambial

    Universidade de Brasília (UnB) Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FACE) Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais (CCA) Pós Graduação em Gestão Financeira Banco Nacional de Angola Dilma Correia Lopes Silvestre TRATAMENTO CONTÁBIL DOS ACTIVOS E PASSIVOS FINANCEIROS DE LONGO PRAZO EXPOSTOS À VARIAÇÃO CAMBIAL Luanda 2010 Professor Doutor José Geraldo de Sousa Júnior Reitor da Universidade de Brasília Professor Doutor Tomás de Aquino Guimarães Diretor da...

    5815  Palavras | 24  Páginas

  • Millennium

    911 sucursais, sendo tambem uma instituicao de referencia na Europa e em Africa, atraves das suas operacoes bancarias na Polonia, Grecia, Mocambique, Angola, Romenia, Suica e nos Estados Unidos da America. Todas as operacoes operam sob a marca Millennium. O Grupo esta enfocado na distribuicao de retalho em Portugal, Polonia, Grecia, Mocambique e Angola. A actividade em Portugal representa 76% dos activos totais, 78% do credito a clientes (liquido), 76% dos recursos totais de clientes e 95% dos resultados...

    10860  Palavras | 44  Páginas

  • Market pay tv em angola

    Luanda – Angola 30/06/2011 ALEXANDRE ERNESTO DA COSTA ANTÓNIO Luanda – Angola 30/06/2011 AVALIAÇÃO:_____________________________________________________________ ASSINATURA DO ORIENTADOR:_____________________________________ RESUMO O mercado de TV por assinatura é considerado...

    16411  Palavras | 66  Páginas

  • perfil de angola

    ANGOLA PERFIL E OPORTUNIDADES COMERCIAIS 2012 1 Apex-Brasil Mauricio Borges PRESIDENTE Rogério Bellini DIRETOR DE NEGÓCIOS Regina Maria Silverio DIRETORA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO Marcos Tadeu Caputi Lélis COORDENADOR DA UNIDADE DE INTELIGÊNCIA COMERCIAL E COMPETITIVA (UICC) João Ulisses Rabelo Pimenta COORDENADOR DO ESTUDO (UICC) Sophia Cavalcanti Costa COLABORAÇÃO TÉCNICA (UICC) Jean de Jesus Fernandes APOIO (UICC) Colaborou com este trabalho o Centro de Negócios da...

    50301  Palavras | 202  Páginas

tracking img