• Direitos humanos
    KAKU, Willian Smith, Direitos Humanos, Cidadania e América Latina: Uma compreensão histórica multicultural ou intercultural; In: DIÁLOGO E ENTENDIMENTO – Direito e Multiculturalismo & Cidadania e Novas Formas de Solução de Conflitos; DEL’OMO, Florisbal de Souza; Florense, 2009; Rio de janeiro; p(119-143) ...
    1641 Palavras 7 Páginas
  • América latina: herança colonial e diversidade cultural
    · Introdução - America Latina: herança colonial e a diversidade cultural Quando os Espanhóis alugaram á região onde hoje se localiza o méxico, se deparam com um império muito poderoso tanto militar, quanto culturalmente. eram as Astecas. Inicialmente os contatos se dram sem grandes conflitos e só...
    3610 Palavras 15 Páginas
  • pluralismo
    costumes e práticas que ordenam a tramitação do poder. Ora, não é possível reduzir-se toda e qualquer constituição ao mero formalismo normativo ou ao reflexo hierárquico de um ordenamento jurídico estatal.1 A constituição material expressa o Poder Constituinte (força singular, absoluta e ilimitada) “que...
    4987 Palavras 20 Páginas
  • Mestiçagem
    política e cultural a que vem sendo submetida em diversos períodos da história, caracterizada segundo ZIMMERMANN(1986), no Brasil como em toda América Latina “(...)por uma situação de inferioridade, onde nosso ser é um ser em inferioridade, nosso estar, um estar na inferioridade (...) devido a que nossa...
    5876 Palavras 24 Páginas
  • Sincretismo brasileiro
    equilíbrio entre a diferença e a igualdade, o que possibilita a confiança e tolerância entre culturas diferenciadas. O Brasil, e de forma geral toda a América Latina, se apresenta como uma região de herança polifônica, que pode servir de modelo para a filosofia intercultural. A partir dessa herança pluricultural...
    6141 Palavras 25 Páginas
  • Antropologia
    some proposals of multiculturalism, Legal pluralism and the theory of New social movements for citizenship in peripheral and unequal reality of Latin America. The study is still the original and is based on bibliographic searches, and searches on national and international legal documents. And presents the...
    10429 Palavras 42 Páginas
  • Resenha do livro cidadãos e consumidores de nestor garcia canclini
    Autónoma Metropolitana no México, onde está radicado. Pós-modernista e multiculturalista, é estudioso da globalização e das mudanças culturais na América Latina, ele apresenta em seu trabalho uma análise que mistura códigos populares, culturais e étnicas, além de referências tradicionais e regionais. Ao...
    617 Palavras 3 Páginas
  • A CARACTERISTICA DO SUBDESENVOLVIMENTO
    com um trecho da obra “As veias abertas da América Latina”, de 1978, onde o intelectual Eduardo Galeano analisa a questão da Divisão Internacional do Trabalho como sendo um tipo de continuidade ao que já vinha acontecendo nas Américas no tempo da colonização. As profundas e intensas transformações que...
    4205 Palavras 17 Páginas
  • multiculturalismo
    Trabalho sobre Multiculturalismo. Multiculturalismo é a existência de muitas culturas numa região, cidade ou país, com no mínimo uma predominante. A política multiculturalista visa resistir à homogeneidade cultural, principalmente quando esta homogeneidade é considerada única e legítima, submetendo...
    544 Palavras 3 Páginas
  • trabalhos
     Divisão Regional da América Latina Venezuela A Venezuela, oficialmente República Bolivariana da Venezuela é um país tropical, na costa norte da América do Sul. O país possui várias ilhas fora de seu território continental situadas em...
    5750 Palavras 23 Páginas
  • A interculturalidade ou imposição da cultura dominante
    países imperialistas impõem sua cultura para facilitar a dominação dos países onde saqueiam suas riquezas. Neste sentido, Nitetzsche (2008), fala da colonização das mentes. O que significa compreender que o imperialismo para que possa colonizar um país, é preciso colonizar a mente da população deste país...
    3772 Palavras 16 Páginas
  • Diálogo Intercultural
    ou dissertações académicas, colocaram-nos na esfera económica. Sobre a prepotência e a mundialização do capital, perante um fenómeno global de “colonização” e da forma como atualmente vem sendo conduzido, este processo “não deveria sequer ser chamado de globalização” (Andrioli, 2003). Com isto apercebemo-nos...
    4563 Palavras 19 Páginas
  • O novo mundo
    SEMANAIS:2 PROFESSORA:GEANNE MENDES DEMONSTRATIVOS DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PROGRAMAÇÃO ANUAL 1º ANO EIXO TEMÁTICO 1:-MUNDO MODERNO, COLONIZAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-CULTURAL (1500-1808) TEMA 1:As grandes navegações e alargamento do mundo. TÓPICOS-1. O Novo Mundo nos Relatos de Viagem: dos...
    2187 Palavras 9 Páginas
  • multiculturalismo
    JULHO MULTICULTURALISMO São Paulo 2013 Índice Capitulo 1 1 O que é Multiculturalismo 1.1 Multiculturalismo no Brasil 1.2 Multiculturalismo nos dias de hoje 1.3 O Desafio do Multiculturalismo na sociedade Brasileira ...
    1310 Palavras 6 Páginas
  • Cronograma de História
    História do Brasil 1. Populações indígenas do Brasil: experiências antes da conquista, resistências e acomodações à colonização. 2. O sistema colonial: agricultura, engenho e escravidão. 3. Os negros no Brasil: culturas e confrontos. 4. Religião, cultura e educação na Colônia. 5. A interiorização:...
    687 Palavras 3 Páginas
  • NAtureza e Sociedade e estudos do meio ambiente
    territórios e territorialidades, apresento, brevemente, uma discussão das consequências do processo de colonização européia, focando o exemplo da América, particularmente na comparação entre a colonização nos Estados Unidos e no Brasil, a partir de argumentos contidos na tese de Leopoldo Zea. Apresento...
    6222 Palavras 25 Páginas
  • Sociodiversidade, multiculturalismo inclusao e exclusão indigena
    conduzindo uma critica dos pressupostos e soluções ali contidas. Palavra chave: Problema indígena no Brasil; Índios; Sociodiversidade, multiculturalismo; tolerância e inclusão. Sumário: Introdução: O princípio dos direitos indígenas as suas terras, embora sistematicamente desrespeitado...
    5703 Palavras 23 Páginas
  • Antropologia, estudos culturais e educação
    vista como sendo “toda” a antropologia. Trata-se de seu caráter descritivo e classificatório, necessário para a caracterização dos povos objetos da colonização entre os séculos XIX e XX, e que construiu o que no campo do conhecimento se denomina, hoje, como antropologia clássica. Esta apresentava, por seus...
    16085 Palavras 65 Páginas
  • aula
    Pós-Graduação em Estudos Estilísticos e Literários em Inglês) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. 1. Colonização. 2. Colonialismo – Teoria e história. 3. Tradução. 4. Tradutores – Brasil. 5. Campos, Haroldo de, 1929-2003. I. Título. II. Esteves, Lenita Maria ...
    43062 Palavras 173 Páginas
  • Pesquisa de mestrado sobre educação diferenciada
    escolar indígena desde o período colonial, com a colonização jesuíta, a Constituição Brasileira de 1988, até a conquista diferenciada de ingresso nas Universidades Federais. Também fará uma análise de como essa educação se iniciou no período da colonização luso-brasileira e de como a Igreja Católica, com...
    4841 Palavras 20 Páginas