Mitos Do Pensamento E Da Cultura Brasileira Curso De Ser artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha: Tipos e mitos do pensamento brasileiro

    nesse texto é que o Brasil é uma nação em busca de conceito, uma nebulosa movendo-se no curso da história moderna em busca de articulação, direção. São várias as linhas de pensamento ou mesmo as "famílias" de explicações do Brasil. São linhas ou famílias que se desenvolvem, recriam ou apenas reiteram. Mas já estão presentes e evidentes em muitos estudos e narrativas. Da análise de mitos do pensamento e da cultura brasileiros, conclui-se que os mesmos não são inocentes. Revelam muito do que são as configurações...

    3592  Palavras | 15  Páginas

  • A contribuição do mito para a formação de identidades na amazônia brasileira: uma leitura de órfãos do eldorado, narrativa de milton hatoum.

    contribuição do mito para a formação de Identidades na Amazônia brasileira: uma leitura de Órfãos do Eldorado, narrativa de Milton Hatoum. MARABÁ-PA 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE MARABÁ FACULDADE DOS ESTUDOS DA LINGUAGEM - FAEL A contribuição do mito para a formação de Identidades na Amazônia Brasileira: Uma...

    14990  Palavras | 60  Páginas

  • A base dos pensamentos social brasileiro

    Humanas II Profa. Dra. Heloísa Maria Toledo UNISEB Centro Universitário 23/10/2013 Módulo 6.2 Unidade 1 As Bases do Pensamentos Social Brasileiro UNISEB Centro Universitário Roteiro do Curso • Aula 1 – 23/10 Unidade 1 – As bases do pensamento social brasileiro. • Aula 2 – 30/10 Unidade 2 - Globalização e Cultura Global 3 Roteiro do Curso • Aula 3 – 13/11 Unidade 3 – A maioria silenciosa – Jean Baudrillard • Aula 4 – 20/11 Unidade 4 - Normas e formas de Controle ...

    903  Palavras | 4  Páginas

  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO Cultura brasileira e identidade nacional

    RESENHA CRÍTICA ORTIZ, Renato. Cultura brasileira e identidade nacional. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994. 1 CREDENCIAIS DO AUTOR             Nasceu em Ribeirão Preto (SP) em 1947. Estudou na Escola Politécnica (USP) entre 1966 e 1969. Formou-se em Sociologia e Antropologia pela Universidade de Paris VIII e doutorou-se em Sociologia e Antropologia pela École des Hautes Études em Sciences Sociales.             Foi professor da Universidade de Louvain (1974-1975), da UFMG (1977-1984) e...

    1930  Palavras | 8  Páginas

  • Homem Cultura e Sociedade

    Plano de Ensino Curso: Fisioterapia Disciplina: Homem, Cultura e Sociedade Semestre: 1° Docente: Ivanir Luzia Mais Coordenador(a): Karine Muniz Ponticelli Carga Horária Total: 60 Carga Horária Semanal: 3 Carga Horária em Atividades de Aprendizagem Teórico/Prática: 48 Carga Horária em Atividades de Aprendizagem Orientada: 12 Perfil do profissional: Atuar na promoção, prevenção e manutenção da saúde do ser humano e na reabilitação cinético-funcional individual e...

    1386  Palavras | 6  Páginas

  • Tipos e mitos

    UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO DE PSICOLOGIA KAREN CRISTINA NANI DE ARAUJO RA: B7412B-7 LUANE NANI DE ARAUJO RA: B84IGD-2 MATÉRIA: ANTROPOLOGIA E CULTURA BARSILEIRA PROFESSORA: MERILYN ESCOBAR DE OLIVEIRA SÃO PAULO 2013 Resposta das questões: a) Os tipos e mitos fazem parte do pensamento de todos nos brasileiros, versões dos diferentes setores sociais em atividades e fabulações. São diversos os tipos e os mitos que estão nos estudos...

    616  Palavras | 3  Páginas

  • Curso de Filosofia

    3.3 - alternativas diante da realidade 1.4 - filosofia na educação básica 1.4.1 - desafios da filosofia na educação básica 1.4.2 - cultura letrada versus cultura da imagem 1.4.3 - além da prática disciplinar 1.5 - sintetizando a unidade unidade 2 - o que é estudar filosofia? 2.1 - formação do professor 2.1.1 - formação filosófica brasileira 2.1.2 - história da filosofia 2.1.2.1 - importância da experiência da leitura 2.2 - filosofar 2.2.1 - filosofar como prática de todos ...

    3336  Palavras | 14  Páginas

  • conceitos de sociedade brasileira com as políticas e estratégias organizacionais

    trabalho tem como objetivo relacionar os conceitos de sociedade brasileira com as políticas e estratégias organizacionais, através do estudo de caso de uma multinacional. Como base teórica, foi utilizado o texto “Pensamento Social no Brasil” de Octavio Ianni, um dos principais intérpretes da nossa sociedade em seus aspectos históricos, culturais, sociológicos e antropológicos. O texto tem como objetivo tentar explicar nossas culturas e problemas como a exclusão de classes populares. Para estudo...

    5853  Palavras | 24  Páginas

  • Resenha sobre mito e filosofia, e a importância do mito na sociedade atual

    Esse trabalho tem como objetivo explicitar algumas perspectivas sobre a origem da filosofia e a relação da mesma com os mitos, além de apresentar a importância dos mitos na sociedade atual. Para esclarecermos melhor esse assunto, sem a intenção de esgotá-lo, utilizaremos o primeiro capítulo de uma obra da filósofa Marilena Chauí e trechos de uma entrevista do mitologista Joseph Campbell. Ao decorrer deste trabalho iremos abordar contextos históricos, etimológicos de algumas palavras, estudos de...

    3940  Palavras | 16  Páginas

  • VAPS 1 pensamento social brasileiro

    VAP1 pensamento social brasileiro : A respeito das diferenças entre o pensamento sociológico e o pensamento social, assinale a alternativa correta. Escolha uma: a. A Sociologia se ocupa do estudo das interpretações acerca das idéias e pensamentos sobre as relações sociais e culturais estabelecidas entre os homens de uma determinada sociedade. Já o Pensamento Social não necessariamente apresenta uma explicação coerente, do ponto de vista lógico-científico. b. A Sociologia se ocupa do estudo do comportamento...

    3392  Palavras | 14  Páginas

  • Democracia Racial: o ideal, o pacto e o mito

    e o mito “O mytho é o nada que é tudo O mesmo sol que abre os céus É um mytho brilhante e mudo...” Fernando Pessoa Antonio Sérgio Alfredo Guimarães Departamento de Sociologia, USP Resumo: Examino, neste texto, a expressão “democracia racial” e sua disseminação. O argumento central é de que ela foi usada por ativistas negros, políticos e intelectuais para designar um ideal de convivência interracial e um compromisso político de inclusão das massas negras à modernidade brasileira do pós-guerra...

    8993  Palavras | 36  Páginas

  • Desigualdade, diversidade e violência na sociedade brasileira

    UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, Polo – Araguaina. CURSO: Graduação em Serviço Social. DICIPLINA: Ética, Política e Sociedade, Antropologia, Formação Social, Política e Econômica do Brasil, FHTM do Serviço Social I. SEMESTRE: 1. PROFESSORES: Marcia Bastos, Giane Albiazzetti, Gleiton Lima e Rosane Malvezzi. Aluna: Aline Pereira Costa PRODUÇÃO TEXTO INDIVIDUAL TEMA:” DESIGUALDADE, DIVERSIDADE E VIOLÊNCIA NA SOCIEDADE BRASILEIRA”. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO................................

    1592  Palavras | 7  Páginas

  • pensamento celso furtado

    FILHO, A. G. O pensamento de Celso Furtado: crenças... O PENSAMENTO DE CELSO FURTADO: CRENÇAS E DESILUSÕES Alcides Goularti Filho* O texto tem por objetivo mostrar as contribuições do pensamento de Celso Furtado nos diferentes períodos da economia brasileira nos últimos cinqüenta anos. Nesse período, o Brasil se industrializou, porém manteve a mesma estrutura social desigual. Diante dessa contradição, as análises de Furtado sobre o desenvolvimento brasileiro também sofreram mudanças...

    6844  Palavras | 28  Páginas

  • introdução ao pensamento antropológico

    ideologia político-social que defende a validade e a riqueza de todo sistema cultural existente. O relativismo cultural defende que o bem e o mal, ou seja, que a ética, é relativa a cada cultura. O “certo” corresponde ao que é “socialmente aprovado” num dado contexto. Porém, se nos ativermos ao fato de que cada cultura é válida e verdadeira em si, como podemos pensar em mudanças em sociedades reprimidas e desiguais, tendo o relativismo em mente? É cabível refletir sobre mudança propriamente dita,...

    11742  Palavras | 47  Páginas

  • CULTURA BRASILEIRA

    EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO Curso de Especialização Lato Sensu em Relações Raciais para o Ensino Fundamental Disciplina: HISTÓRIA DA CULTURA BRASILEIRA Docentes: Prof. Dr. Aldrin Moura Figueiredo Acadêmica: Márcya Luzia Rodrigues, professora do ensino fundamental das redes municipal e estadual, Licenciada plena em Língua Portuguesa e Literatura pela UFPA. BIBLIOGRAFIA: CERTEAU, Michel de. A Beleza do Morto, In: A Cultura Popular.tradução:Enid Abreu Dobránszks.Campinas...

    2273  Palavras | 10  Páginas

  • História e Cultura Afro-Brasileira: Parâmetros e Desafios

    r AMAURI MENDES PEREIRA Pesquisador do Afro-Centro de Estudos Afro-Brasileiros- UCAM-RJ; Doutorando em Ciências Sociais PPCIS-UERJ História e Cultura Afro-Brasileira: Parâmetros e Desafios “Ao longe, soldados e cantores, alunos e professores acompanhados de clarim, cantavam assim: já raiou a liberdade, a liberdade já raiou, essa brisa que a juventude afaga, essa chama, que o ódio não apaga pelo universo, é a Revolução, com sua legítima razão” Heróis da Liberdade...

    1563  Palavras | 7  Páginas

  • Desigualdade, diversidade e violência na sociedade brasileira: a questão da pessoa com deficiência

    PRESENCIAL CONECTADO serviço social Geni Kelli fernandes de jesus DESIGUALDADE, DIVERSIDADE E VIOLÊNCIA NA SOCIEDADE BRASILEIRA: A questão da pessoa com deficiência. Jequié/ Ba 2013 Geni Kelli Fernandes de jesus DESIGUALDADE, DIVERSIDADE E VIOLÊNCIA NA SOCIEDADE BRASILEIRA:A questão da pessoa com deficiência Trabalho apresentado ao Curso (serviço social) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplinas: Ètica,politica e sociedade,Antropologia,Formação...

    1024  Palavras | 5  Páginas

  • Cultura organizacional

    Cultura organizacional em organização pública: as bases da mudança organizacional a partir da reforma gerencial Lindomar Pinto da Silva Élvia Mirian Cavalcanti Fadul Resumo Este trabalho inicia a discussão de mudanças culturais no serviço público a partir da reforma gerencial iniciada em 1995. Discute os principais conceitos de cultura, seus elementos, algumas críticas e uma vertente teórica da integração. A partir disto ele analisa o processo de diagnóstico da cultura organizacional em uma organização...

    7393  Palavras | 30  Páginas

  • Antropologia E Cultura Brasileira

    br/imprimir/imprimirconteudo Antropologia e Cultura Brasileira Apresentação da disciplina ( Módulo 0) Organização do material: Nesta disciplina você terá a oportunidade de estudar os referenciais étnicos que envolvem a cultura brasileira. Você estudará a cultura enquanto objeto de estudo da antropologia, além de noções antropológicas de cultura e as representações simbólicas. Analisaremos a formação cultural brasileira, a formação da sociedade capitalista no Brasil e a cultura, a mundialização da cultura no Brasil O material...

    719  Palavras | 3  Páginas

  • o que é cultura

    Faculdade São Luís Estácio de Sá Acadêmica : Celciane Viana de Jesus Curso:1° Direito Profa: Ma. Maristhela Rodrigues Sala: 804 Fundamentos das Ciências Sociais Estudo Dirigido 1- O que é Cultura? Cultura significa cultivar, e vem do latim colere. Genericamente a cultura é todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo homem não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade como...

    1649  Palavras | 7  Páginas

  • RESUMO O MITO

    idéias desse economista da Paraíba, que teve a lucidez de escrever sugestivo livro em 1974, intitulado O Mito do Desenvolvimento Econômico (Rio de Janeiro: Paz e Terra), que se detêm as linhas adiante, procurando mostrar como Furtado antecipou-se em perceber os condicionantes ambientais do progresso econômico contemporâneo. O DESENVOLVIMENTO COMO MITO Em seus escritos – e não apenas no Mito (vou me referir assim, abreviadamente, à obra) – Celso Furtado repassa constantemente conceitos como o de...

    6295  Palavras | 26  Páginas

  • O mito fundador

    O Mito Fundador Marilena de Souza Chauí, nasceu em Pindorama, São Paulo, em 1941. Filha do jornalista Nicolau Alberto Chauí e da professora Laura de Souza Chauí. Teve dois filhos com o jornalista José Augusto de Mattos Berlinck, José Guilherme e Luciana. Realizou seu curso primário no Grupo Escolar de Pindorama,e e sua formação secundária no Colégio Nossa Senhora do Calvário, em Catanduva. Entrou na Universidade de São Paulo, em 1960, no curso de Filosofia, onde também fez a pós-graduação e o...

    1988  Palavras | 8  Páginas

  • A FILOSOFIA BRASILEIRA DO NOSSO TEMPO

    www.derphilosopher.supralus.com derPhilosopher A FILOSOFIA BRASILEIRA DO NOSSO TEMPO Antonio Sidekum Índice 1. INTRODUÇÃO: O PROBLEMA DA HISTORIZAÇÃO E PERIODIZAÇÃO DA FILOSOFIA NO BRASIL ................................................................................................................ 3 2. CARACTERIZAÇÃO DO INÍCIO DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX................ 5 3. FILOSOFIA E EXPRESSÃO CULTURAL BRASILEIRA ..................................................... 7 4. A...

    7015  Palavras | 29  Páginas

  • O Mito da Democracia Racial no Brasil

    O MITO DA DEMOCRACIA RACIAL NO BRASIL A “democracia Racial” é facilmente percebida como mito, ao depararmos com os altos índices que apontam as desigualdades raciais existentes no Brasil. Os dados apresentados por instituições de pesquisa respeitadíssimas, como o IBGE e o IPEA, não deixam dúvidas sobre a gravidade da situação vivenciada pela população negra no Brasil.      Em pleno século XXI os dados resultantes de várias pesquisas desenvolvidas comprovam que os negros encontram-se em desvantagem...

    5078  Palavras | 21  Páginas

  • Racismo a brasileira

    FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZÔNIA CURSO DE DIREITO ISRAEL BRITO JOSILENE SIQUEIRA CONCEIÇÃO MARCOS ZEQUIAS AMARO DE SOUSA MENDES REFLEXÕES SOBRE O RACISMO NO BRASIL A LUZ DA OBRA “ RACISMO ‘À BRASILEIRA’” DE LILIA MORITZ ] BELÉM 2013 ISRAEL BRITO JOSILENE SIQUEIRA CONCEIÇÃO MARCOS ZEQUIAS AMARO DE SOUSA MENDES REFLEXÕES SOBRE O RACISMO NO BRASIL A LUZ DA OBRA “ RACISMO ‘À BRASILEIRA’” DE LILIA MORITZ Trabalho apresentado às disciplinas Metodologia Científica e Antropologia...

    2507  Palavras | 11  Páginas

  • "O mito da Democracia Racial: O negro no rol das desigualdades sociais"

     O MITO DA DEMOCRACIA RACIAL: O NEGRO NO ROL DAS DESIGUALDADES SOCIAIS 1Catiane Silva Santos/UESB 2Enni Carla da Silva/UESB RESUMO Este artigo propõe uma discussão acerca do Mito da Democracia Racial no Brasil, ideologia construída desde o processo abolicionista. Essa ideologia ainda encontra-se difundida no pensamento de muitos brasileiros que acreditam na imagem hedionda de vivermos num país conhecido externamente por ser a maior democracia racial do mundo. Embora o mito já tenha...

    3724  Palavras | 15  Páginas

  • HISTÓRIA E CULTURA AFROBRASILEIRA

    HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA: O que diz a Lei nº 10.639/03, o que (não) faz a escola. Ezilda Inês Alves de Oliveira Prof. Andrea Ribeiro Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Pedagogia (PED 0765)- Prática do módulo I 11/06/2013 RESUMO Apesar de toda a evolução da sociedade brasileira em sua organização constitucional nas leis criadas para proteger e garantir direitos iguais aos negros e afro-brasileiros, no cotidiano pode-se observar diversos casos e situações...

    3815  Palavras | 16  Páginas

  • O MITO NA FORMAÇÃO DA IDENTIDADE

    O MITO NA FORMAÇÃO DA IDENTIDADE Sebastião Monteiro Oliveira1 Antonia Silva de Lima2 RESUMO Os mitos e lendas fazem parte da cultura do homem amazônico, interferindo na formação de sua identidade, são apresentados como uma tentativa de explicar a realidade, como resposta e explicação da origem do mundo, o que é reproduzido através de cerimônias religiosas, que por sua vez, mantêm vivo o mito, dentro de uma visão antropológica. Esse mito é apresentado como explicação do inexplicável, dizer...

    6398  Palavras | 26  Páginas

  • ATPS Estrutura e Organização da Educação Brasileira

    DisciplinaEstrutura e Organização da Educação Brasileirado Curso de Pedagogia 1º Semestre. Professor: Djalma Silveira São Sebastião, DF, 2013. ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Ao ler o Plano de Ensino da disciplina Estrutura e Organização da Educação Brasileira, elaborado pelo Prof. Djalma Silveira da Silva, nos deparamos com o seguinte objetivo: “Reconhecer e analisar criticamente a estrutura, organização e funcionamento da educação básica brasileira.”. Este objetivo trouxe certa inquietação ao...

    2920  Palavras | 12  Páginas

  • Tendencias do pensamento brasileiro

    IANNI, Octavio. Tendências do pensamento brasileiro. Tempo Social; Rev.novembro de Paulo, 12(2): 55-74,R T I de O A novembro G Tempo Social; Rev. Sociol. USP, S. Paulo, 12(2): 55-74, Sociol. USP, S. 2000. 2000. Tendências do pensamento brasileiro OCTAVIO IANNI RESUMO: Ao longo da história do Brasil, intérpretes brasileiros e estrangeiros interrogam continuamente a sociedade nacional, construindo e reconstruindo problemas históricos e teóricos. Apesar da diversidade das análises, é possível...

    10063  Palavras | 41  Páginas

  • A influencia da literatura infantil afro brasileira

    Gilmara Santos Mariosa (UERJ) Maria da Glória dos Reis (CES-JF) A INFLUÊNCIA DA LITERATURA INFANTIL AFRO-BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES DAS CRIANÇAS A INFLUÊNCIA DA LITERATURA INFANTIL AFRO-BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES DAS CRIANÇAS THE INFLUENCE OF CHILDREN’S AFRO-BRAZILIAN LITERATURE IN CONSTRUCTION OF THE CHILDREN’S IDENTITY Gilmara Santos Mariosa UERJ1 Maria da Glória dos Reis – CES JF2 RESUMO: Este texto tem como propósito abordar o tema da construção de identidade da...

    5669  Palavras | 23  Páginas

  • Cultura organizacional da escola

    [pic] Faculdades Integradas Maria Thereza (FAMATh) Curso: Pedagogia Período: 1º Turno: Noite Disciplina: Antropologia Prof.º: Gelson Pereira Dalvi Aluno(a): Ingred G. das Neves Gonçalves Turma: 162 Marcele Bezerra dos Santos Núbia Santos Cardoso Tábiner Moreira Castro CULTURA ORGANIZACIONAL DA ESCOLA: UMA PERSPECTIVA DE ANÁLISE E CONHECIMENTO DA UNIDADE ESCOLAR - UM CONCEITO ANTROPOLÓGICO APLICADO...

    1141  Palavras | 5  Páginas

  • ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA

    a natureza da cultura II. É o estudo que congrega natureza e cultura III. É o estudo que separa os valores sócio-histórico-culturais do estudo da biologia e da natureza Assinale a alternativa correta Resposta Selecionada: b.  II Resposta Correta: b.  II Feedback da resposta: O objetivo da antropologia não é dividir o homem em natureza e cultura, mas apreendê-lo como “homem total”, tal como sugeriu o antropólogo francês Marcel Mauss. Nessa perspectiva, o ser humano é, ao mesmo...

    10045  Palavras | 41  Páginas

  • A INFLUÊNCIA AFRICANA NA FORMAÇÃO RELIGIOSA BRASILEIRA - A CONTRUBUIÇÃO DA FTU - FACULDADE DE TEOLOGIA UMBANDISTA

    FERNANDES WANESSA FISCHER A INFLUÊNCIA AFRICANA NA FORMAÇÃO RELIGIOSA BRASILEIRA: A CONTRUBUIÇÃO DA FTU (FACULDADE DE TEOLOGIA UMBANDISTA) Trabalho de conclusão de curso apresentado como exigência parcial, para obtenção de comunicação social com habilitação em jornalismo da Universidade Nove de Julho Orientador: Professor José Farias THAIS UMBANDISTA) Uninove ...

    1165  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho de Cultura Brasileira

    Trabalho de Cultura - vale pontuação extra ou substituição de nota para VA Aluna: Aghata dos Anjos Del Boca Matrícula: 20134013 Tarefa: Procure um tema (ou se preferir mais de um), sobre o qual você não falou bem em uma das questões da VA, faça uma pesquisa e disserte sobre o tema escolhido. Questão abordada: Questão nº 2. (seguindo sugestão do professor Sady Bianchin) Tema escolhido: A formação do povo brasileiro. No Brasil, podemos dizer que a formação do povo brasileiro assim como...

    2529  Palavras | 11  Páginas

  • Ad antropologia cultura

    Avaliação a Distância Disciplina: Antropologia Cultural Curso: Direito Professor: Jaci Rocha Gonçalves Orientações:  Procure o professor sempre que tiver dúvidas.  Entregue a atividade no prazo estipulado.  Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.  Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA). Questão 1: A partir da observação e análise da charge “O olhar antropológico” de autoria do profº Augusto Tavares, (Disponível em: ....

    713  Palavras | 3  Páginas

  • CULTURA ALIMENTAR COMPLETO

     ESCOLA DE NUTRIÇÃO E GASTRONOMIA DA UFBA NUTA 27 – CULTURA ALIMENTAR BRASILEIRA DOCENTE – VILSON CAETANO FOLCLORE NA ALIMENTAÇÃO SALVADOR 2015 Jéssica Mara Santos Azevedo Jéssica Teixeira Maria Rita Garrido Tosta Thiago Caldas Vinícius Gomes Vivian Santos Oliveira FOLCLORE NA ALIMENTAÇÃO Trabalho apresentado ao professor Vilson Caetano como pré-requisito de nota da disciplina Cultura Alimentar Brasileira do curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal da...

    3508  Palavras | 15  Páginas

  • Pensamento Comunicacional Brasileiro

     PENSAMENTO COMUNICACIONAL BRASILEIRO FIAM FAAM São Paulo 2015 Sumário Introdução 3 1 – Pensamento Comunicacional Brasileiro 3 1.1 – Folkcomunicação 3 1.1 – Audiêncial Folk 4 1.2.1 - Os grupos rurais marginalizados 4 1.2.2 - Os grupos urbanos marginalizados 4 1.2.3 - Os grupos culturalmente marginalizados 5 1.3 - A continuidade da Obra de Luís Beltrão 5 1.2 – ICINFORM 6 2 – Principais Autores 7 2.1 – Luís Beltrão 7 2.2 – José Marques de Melo 8 2.3 – Roberto Benjamin 9 Conclusão...

    2818  Palavras | 12  Páginas

  • RESENHA LENDA E MITOS DA AMAZONIA

    Fichamento LENDA E MITOS DA AMAZONIA “A mais extraordinária peculiaridade da natureza é sua capacidade de manter-se em um estado de permanente equilíbrio, essencial para a sua própria perenização.” (p. 30) “A natureza amazônica constitui provavelmente a única estrutura complexa capaz de manter-se viva, ativa e rica em presença das condições ambientais ali reinantes, representadas por um solo pobre, altas temperaturas, chuvas constantes e elevadíssimo grau de umidade relativa!” (p.30) “Qualquer ...

    7436  Palavras | 30  Páginas

  • Etnias afro- brasileiras

    DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA O Conselho Nacional de Educação, pela Resolução CP/CNE nº 1, de 17 de junho de 2004 (DOU nº 118, 22/6/2004, Seção 1, p. 11), instituiu diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, a serem observadas pelas instituições, em todos os níveis e ensino, em especial, por instituições...

    10646  Palavras | 43  Páginas

  • Resumo: diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana

    EVANILDA NERI VANCLEBER BATISTA DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA ALAGOINHAS 2013 BELMAR JÚNIOR ...

    2963  Palavras | 12  Páginas

  • Sociologia e cultura

    1. O conceito sociológico de cultura «O conceito de cultura, tal como o de sociedade, é uma das noções mais amplamente usadas em Sociologia. A cultura consiste nos valores de um dado grupo de pessoas, nas normas que seguem e nos bens materiais que criam. Os valores são ideias abstractas, enquanto as normas são princípios definidos ou regras que se espera que o povo cumpra. As normas representam o «permitido» e o «interdito» da vida social. Assim, a monogamia – ser fiel a um único parceiro matrimonial...

    3031  Palavras | 13  Páginas

  • Educação brasileira no periodo pombalino

    1738, quando foi nomeado para desempenhar as funções de delegado de negócios em Londres. Segundo Avellar (1983), sua permanência em Londres criou-lhe uma aversão pelos ingleses e “[...] seus métodos de dominação econômica” (p. 9). Tal antipatia pôde ser notada em suas medidas antibritânicas que visavam obstinadamente libertar o comércio português da subordinação ao poderio inglês. O enviado inglês, em Lisboa, chegou a ponto de realizar o seguinte comentário: “esse homem tem-nos feito muitomal” (p....

    5867  Palavras | 24  Páginas

  • MITOS E CRENÇAS NA PRÁTICA DO ALEITAMENTO MATERNO

    MITOS E CRENÇAS NA PRÁTICA DO ALEITAMENTO MATERNO: ARTIGO DE REVISÃO. THOMAZ, Tamires Vieira1; MULLER, Karla de Toledo Candido2. 1. Acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade Católica Dom Bosco 2. Prof.ª Mestre do Curso de Fisioterapia da Universidade Católica Dom Bosco RESUMO Este presente estudo utiliza a revisão de literatura, com finalidade de realizar uma busca nas principais crenças e mitos relacionados à amamentação. Por meio da análise bibliográfica foram identificados oito...

    6245  Palavras | 25  Páginas

  • O mito de procusto

    INTRODUÇÃO O segundo ano do curso Fundamentos da Psicanálise e sua Prática Clínica teve como eixo principal a reflexão a respeito da escuta psicanalítica e seu desenvolvimento, desde os primórdios do trabalho de Freud até os dias atuais. A partir do que foi estudado, o objetivo deste trabalho é relacionar o Mito de Procusto com a escuta psicanalítica. Para tanto, inicialmente será feita uma breve exposição a respeito do Mito em geral, sua função e algumas teorias psicológicas...

    4409  Palavras | 18  Páginas

  • Cultura organizacional nas organizações públicas

    Veridiana Klug CULTURA ORGANIZACIONAL NAS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS As empresas, na busca de um novo perfil de adaptação frente ao mercado, e, principalmente, os gestores dessas instituições, precisam se readequar e se reconstruir para reverter às insatisfações de seus funcionários. Uma forma para tentar alcançar este objetivo é trazer a inovação para os setores públicos e privados a fim de que possam se reinventar na maneira de trabalhar. De acordo com o livro “Cultura organizacional:...

    1255  Palavras | 6  Páginas

  • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana

    Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana Brasília | DF | Outubro | 2004 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana 1 2 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana SUMÁRIO Apresentação do MEC ...........................

    13540  Palavras | 55  Páginas

  • Cultura popular

    DO TRABALHO CULTURA POPULAR AUTOR: RICARDO MORENO DE MELO NOME DOS ALUNOS VALDIRENE CINTRA DAMON PEIXOTO DE ALENCAR AMYUDE MARIANO R. DA SILVA RECIFE 03/2011 NOME DOS ALUNOS VALDIRENE CINTRA TÍTULO DO TRABALHO CULTURA POPULAR Professora Luíza Pontaual da disciplina Antropologia Jurídica da turma 2º Período , turno noturno do curso de Direito FASNE...

    14126  Palavras | 57  Páginas

  • Enigmas da cultura

    Antropologia deixou-se contaminar pela excessiva fragmentação temática, produto do paradigma cartesiano que comanda o conhecimento contemporâneo. Esse modo de encarar o mundo incumbiu-se de separar a natureza da cultura, o real do imaginário, o sujeito do objeto, a cultura científica da cultura das humanidades. Os antropólogos terão de reconhecer que a ciência do século XXI terá que religar saberes dispersos e caminhar para um tipo transversal e polifônico de cognição, consumado pela implosão da disciplinaridade...

    26753  Palavras | 108  Páginas

  • “Deixai vir a mim os pequeninos...” um estudo sobre a realidade da criança brasileira frente à violência intrafamiliar refletida à luz do pensamento de rené girard

    UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO – UMESP FACULDADE DE TEOLOGIA “DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS...” UM ESTUDO SOBRE A REALIDADE DA CRIANÇA BRASILEIRA FRENTE À VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR REFLETIDA À LUZ DO PENSAMENTO DE RENÉ GIRARD Bolsista: Vânia Daibert Orientador: Cláudio de Oliveira Ribeiro Período relatado: Julho/2008 a Agosto/2009 ...

    34122  Palavras | 137  Páginas

  • Estrutura e Organização da Educação Brasileira e diversidade

    Documento: Principais aspectos abordados nos documentos relacionados ao respeito ás diversidades e ao multiculturalismo. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN9, 394/96) Liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; Consideração com a diversidade étnico-racial. Atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, transversal a todos...

    1250  Palavras | 5  Páginas

  • 2 Ra Zes Da Sociedade Brasileira

    Raízes da Sociedade Brasileira Lílian Sales RAÍZES DA SOCIEDADE BRASILEIRA 1ª Edição 3ª Reimpressão Taubaté Universidade de Taubaté 2011 Copyright© 2010. Universidade de Taubaté. Todos os direitos desta edição reservados à Universidade de Taubaté. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio, sem a prévia autorização desta Universidade. Administração Superior Reitor Vice-reitor Pró-reitor de Administração Pró-reitor de Economia e Finanças Pró-reitora Estudantil Pró-reitor...

    16404  Palavras | 66  Páginas

  • Historiografia Brasileira

    Valéria Maria Santana Oliveira Historiografia Brasileira Jouberto Uchôa de Mendonça Reitor Amélia Maria Cerqueira Uchôa Vice-Reitora Jouberto Uchôa de Mendonça Júnior Superintendente Geral Ihanmarck Damasceno dos Santos Superintendente Acadêmico Eduardo Peixoto Rocha Diretor de Graduação Jane Luci Ornelas Freire Gerente de Educação a Distância Ana Maria Plech de Brito Coordenadora Pedagógica de Projetos Unit EAD Lucas Cerqueira do Vale Coordenador de Tecnologias Educacionais ...

    35796  Palavras | 144  Páginas

  • Uma breve análise do conto ‘a terceira margem do rio’ enquanto saida pela resignificação: uma construção da identidade brasileira através da literatura

    CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE BRASILEIRA ATRAVÉS DA LITERATURA * Mayara Feitosa Nogueira** Resumo: Este artigo apresenta um paralelo entre a Literatura e a formação da identidade brasileira e a contribuição de João Guimarães Rosa para esta, no tocante ao sentido de alteridade e Desterritorialização. Palavras-chave: Identidade nacional; Literatura; J. Guimarães Rosa; Desterritorialização. A literatura brasileira diante do panorama político...

    1850  Palavras | 8  Páginas

  • Estrutura e organização da Educação Brasileira Política Escolar

     FAC 2 PEDAGOGIA Estrutura da Organização da Educação Brasileira Atividades Práticas Supervisionadas - Relatório Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão da disciplina “Estrutura e Organização da educação Brasileira”. Campinas - SP 2013 Resumo Abordaremos neste trabalho a estrutura de ensino no Brasil, nos âmbitos federal, estadual e municipal, bem como as incumbências de cada Sistema de Ensino. Lei de Diretrizes e Bases da Educação...

    3676  Palavras | 15  Páginas

  • Mitos e lendas

    discussão dos conceitos, sugerimos fazer uma pesquisa sobre mitos, a fim de recolher elementos para melhor exemplificação do capítulo: 1. Mito da criação do mundo segundo Hesíodo 2. Urano, Cronos e Zeus 3. Deméter e Perséfone 4. Prometeu e Pandora 5. Dionísio e Apolo 6. Narciso 7. Ritos de iniciação de povos primitivos 8. Lendas de índios brasileiros 1. Introdução Entre os inúmeros relatos de índios habitantes das terras brasileiras, encontramos o da origem do dia e da noite: ao transportarem...

    13824  Palavras | 56  Páginas

  • Homem cultura e sociedade

    conceito de homem.     A disciplina Homem, Cultura e Sociedade tem como objetivo refletir e debater questões relacionadas a nossa humanidade, reconhecendo que uma área distinta de conhecimento não tem condições de explicar as diferentes facetas próprias do humano.Dessa forma, para evitar um olhar unilateral, a disciplina propõe trazer aspectos de diferentes campos de conhecimento para minimizar a fragmentação, buscando refletir sobre a trilogia: homem, cultura e sociedade.                Que é o...

    24541  Palavras | 99  Páginas

  • Cultura organizacional

    SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 3 2 DESENVOLVIMENTO 4 2.1. Cultura Organizacional..........................................................................................4 2.2. Artefatos................................................................................................................4 2.3. Valores desposadosl.............................................................................................5 2.4. Pressuposições básicos...................................................

    1213  Palavras | 5  Páginas

  • ANTROPOLOGIA PARA QUE NÃO VAI SER ANTOPOLOGO

    SOUZA DANTAS MOREIRA FICHAMENTO: Antropologia para quem não vai ser antropólogo Fichamento apresentado no curso de Direito da Faculdade AGES como um dos pré-requisitos para a obtenção da nota parcial da disciplina Licenciatura em Letras no 4º período, sob a orientação da professora Silvia Michele Lopes Macêdo de Sá. Paripiranga Abril de 2014 SANTOS, Rafael José dos. Antropólogia para quem não vai ser antropólogo. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2005. RESUMO: Rafael...

    1766  Palavras | 8  Páginas

  • Educação, cultura e sociedade

    EDUCACÃO, CULTURA E SOCIEDADE Este é um pequeno resumo do livro Educacão, cultura e sociedade da turma de Letras – Português/Inglês, Etapa I, onde no capítulo 1 vimos o professor na transição de paradigmas educacionais, a educação sob a ótica tradicional e a progressista, concepções de educação, pedagogia liberal e pedagogia progressista, interações professor-aluno-conhecimento e a repercussão na construção do saber nos ambientes de aprendizagem. Capítulo 2, visão de mundo, paradigmas...

    4365  Palavras | 18  Páginas

tracking img