Metodos De Estudo Da Historia Do Direito artigos e trabalhos de pesquisa

  • Historia do direito

    CURSO DE DIREITO RESUMO: DIREITO E HISTORIOGRAFIA Boa Vista - RR INTRODUÇÃO O autor do livro Historia do Direito, em seu segundo capitulo, discorre sobre o tema, por muitas vezes defendendo que o discurso histórico sobre o direito determina-se comumente e função do próprio direito. O mesmo busca uma analise sobre a introdução das teorias da historia. O estudo da história do direito traduz-se em uma forma de reafirmar o discurso...

    1463  Palavras | 6  Páginas

  • Conceituação e objeto da história do direito

    Conceituação e objeto da história do direito    Na história da humanidade, cada pequeno avanço na capacidade de organização foi vital.          A importância do estudo da história    A função da história do direito é apresentar o rol de fatos que contribuíram para a construção do atual estágio do direito e, por consequência, da sociedade. Essa realidade fica clara na opinião de Ulpiano ao apregoar que “ubihomo ibi societas; ubi societas, ibi jus”. Para Álvaro Ribeiro, “A história, porém, não é só...

    4195  Palavras | 17  Páginas

  • direito

     HISTÓRIA DO DIREITO  É a parte da História que tem por objeto o direito considerado como fato histórico.  É,  assim,  uma  história  particular,  e  não  geral,  por  ser  o  direito  um  dos  componentes da  Cultura.  Como  históriaparticular,  a  do  direito  só  pode  ser  traçada  com  o  conhecimento  da História da Cultura, em que o direito estiver inserido, bem como da História da  nação  a qual ele pertencer por não ser fenômeno histórico­social autônomo, mas um dos  elementos do fenômeno sócio­cultural global...

    1790  Palavras | 8  Páginas

  • Psicologia do Direito

    Historia da Psicologia e sua importância para o Direito A Psicologia surgiu como ciência. A história da psicologia enquanto ciência inicia-se em 1879 quando Wilhelm Wundt funda o primeiro grande laboratório de pesquisa em psicologia. Antes de Wundt a psicologia era tida, simplesmente, como um ramo da filosofia. Sua importância para o Direito: A psicologia exerce grande influência e importância no que diz respeito ao assessoramento legislativo, contribuindo na elaboração de leis mais adequadas...

    4063  Palavras | 17  Páginas

  • Fichamento: a história do direito no brasil - wolkemer

    Instituto Superior do Litoral do Paraná Fichamento: A História do Direito no Brasil Antônio Carlos Wolkmer Paranaguá / Paraná 2012 Introdução Antônio Carlos Wolkmer inicia sua obra, salientando a importância de se repensar o estudo da História do Direito, marcado pelo formalismo, previsibilidade, continuidade, constituindo-se por interesses de uma elite dominante (característica derivada principalmente...

    1573  Palavras | 7  Páginas

  • APS Introdu O Ao Estudo Do Direito

    Introdução ao Estudo do Direito Teófilo Otoni – MG 2015 Bárbara Figueredo Froeedr Introdução ao Estudo do Direito Trabalho apresentado a Rede de Ensino Doctum como requisito parcial para a conclusão da disciplina  de Introdução ao Estudo do Direito, tendo como orientador a Professor Manuel. Teofilo Otoni – MG 2015 Introdução ao Estudo do Direito 1- Pode dizer que o direito é um conjunto de conhecimentos, metodicamente coordenados, resultantes do estudo ordenado...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • Introdução ao estudo do direito - paulo dourado gusmão.

    de estudo que seja imutável. 1-Ciência do direito: estudo metódico das normas jurídicas com o objetivo de descobrir o significado objetivo das mesmas e de construir o sistema jurídico, bem como de estabelecer as suas raízes sociais e históricas¹. O objeto, são as normas jurídicas, que se encontram na realidade histórico- social, ou na realidade cultural, que se encontram as obras de arte, literárias, cientificas, etc. É a ciência que trata de realidades. Não se conclua usar ela so os métodos das...

    7100  Palavras | 29  Páginas

  • Historia do direito

    ERIKA CAMARGO VEGNERS Advogada, mestranda em Direito Penal no Núcleo de Direitos Fundamentais e da Cidadania do Curso de Pós-Graduação da Universidade Metodista de Piracicaba/SP (UNIMEP), sob orientação da Profa. Dra. Ana Lucia Sabadell. Bolsista CAPES. (e-mail: erikavegners@ig.com.br). Em "Panorama Histórico da Cultura Jurídica Européia", António Manuel Hespanha, tendo como público alvo os iniciantes no estudo do direito, aborda a formação do direito e dos diversos fatores que estiveram envolvidos...

    1560  Palavras | 7  Páginas

  • Introducao ao Direito

    INTRODUÇÃO DO DIREITO SÃO PAULO 2014 CIÊNCIA DO DIREITO – TÉCNICA JURÍDICA – PRESUNÇÕES E FICÇÕES – MÉTODOS – SISTEMA JURÍDICO – FILOSOFIA DO DIREITO 1. CIÊNCIA DO DIREITO De modo muito geral, pode-se assim definir a ciência do direito: conhecimentos, metodicamente coordenados, resultantes do estudo ordenado das normas jurídicas com o propósito de apreender o significado objetivo das mesmas e de construir o sistema jurídico, bem como descobrir as suas raízes...

    8857  Palavras | 36  Páginas

  • Estudo do direito

    Historia e Introdução ao Estudo do Direito I CIÊNCIA DO DIREITO – TÉCNICA JURÍDICA – PRESUNÇÕES E FICÇÕES – MÉTODOS – SISTEMA JURÍDICO -- FILOSOFIA DO DIREITO 1. CIÊNCIA DO DIREITO De modo muito geral, pode-se assim definir a ciência do direito: conhecimentos, metodicamente coordenados, resultantes do estudo ordenado das normas jurídicas com o propósito de aprender o significado objetivo das mesmas e de construir o sistema jurídico, bem como de descobrir as suas raízes sociais e históricas...

    1154  Palavras | 5  Páginas

  • Direito

    A Escola dos Glosadores (o início da ciência do Direito) E-mail Guilherme Camargo Massaú - Mestre em Ciências Jurídico-Filosóficas pela Universidade de Coimbra; Especialista em Ciência Penal pela PUCRS e Bacharel em Direito. E-mail: uassam@bol.com.br Este artigo foi originalmente publicado com o título “A Fé e o Direito: a Escola dos Glosadores (o início da ciência do Direito)”, na Razão e Fé: Revista Inter e Transdisciplinar de Teologia, Filosofia e Bioética. v. 8, n. 2 – Julho – Dezembro/2006...

    8457  Palavras | 34  Páginas

  • história do direito

    Sobre a História do Direito: Do Século XIX ao Século XX (pp. 367-390) LOPES, José Reinaldo Lima – O Direito na História: Lições Introdutórias – 2ª edição, Revisão técnica e índices onomástico e remissivo, Antônio Aparecido Palma Filho e Georghio Alessandro Tomelin – São Paulo, Editora Max Limonad, 2002. O texto em questão é uma tentativa de remontar e traçar uma cronologia a respeito da evolução da cultura jurídica brasileira. Começa-se falando das alterações trazidas e instituídas pela instauração...

    2113  Palavras | 9  Páginas

  • RESENHA ELABORADA DO LIVRO: ENSINO DE HISTÓRIA FUNDAMENTOS E MÉTODOS

    RESENHA ELABORADA DO LIVRO: ENSINO DE HISTÓRIA FUNDAMENTOS E MÉTODOS1 AUTORA: CIRCE MARIA FERNANDES BITTENCOURT. ASSUNTO ENSINO DE HISTÓRIA, DOCENCIA EM FORMAÇÃO ENSINO MEDIO TEXTO: CONTEÚDOS E METODOS DE ENSINO DE HISTÓRIA: BREVE ABORDAGEM HISTÓRICA. EDITORA CORTEZ. ANO DE PUBLICAÇÃO 2012. 4º EDIÇÃO. Sebastião...

    4014  Palavras | 17  Páginas

  • história da sociologia do direito

    da Sociologia do Direito em uma abordagem mais temática no livro de Nelson Saldanha, do Direito como sendo histórico-doutrinário, suas profundidades, seus caracteres como ciência e sua intervenção na sociologia. Entretanto, iremos analisar a importância da Sociologia como estudo da sociedade, apresentar como as ciências humanas nasceram e se desenvolveram, ao longo dos séculos XIX e XX, revendo o pensamento de Emile Durkheim, Max Weber e Karl Marx e suas relações com o Direito. Introduzindo o leitor...

    2072  Palavras | 9  Páginas

  • fUNDAMENTO HISTORICO DO DIREITO

    Conceituação e objeto da história do direito Na história da humanidade, cada pequeno avanço na capacidade de organização foi vital. A importância do estudo da história A função da história do direito é apresentar o rol de fatos que contribuíram para a construção do atual estágio do direito e, por consequência, da sociedade. Essa realidade fica clara na opinião de Ulpiano ao apregoar que “ubi homo ibi societas; ubi societas, ibi jus”. Para Álvaro Ribeiro, “A história, porém, não é só feita...

    4193  Palavras | 17  Páginas

  • Direito e cinências afins

    e c Direito e Ciências Afins Nome – Lucas de Sousa Varela Turma – CC016 Prof. – Jorge Filho - INTRODUÇÃO Direito é um curso pertencente das áreas humanas que se faz para exercer a Advocacia, e Ciências afins são todas as outras Ciências da área das Humanas que pertencem ao mesmo ramo do Direito, exatamente por serem Humanas. Ciências Humanas. Disciplina que estuda comportamento individual ou coletivo do homem do passado e do presente. - Antropologia É o...

    1963  Palavras | 8  Páginas

  • História do Direito , uma introdução a disciplina.

    O texto “História do Direito – Uma introdução à disciplina” De Jurandir Antônio Sá Barreto Junior, traz questões de iniciação do estudo da matéria, como o conceito, a história da disciplina, seus objetivos e sua importância. O principal desígnio da disciplina é averiguar a manifestação do fenômeno jurídico e a sua evolução, diluído na cultura de um determinado período da história. Qualquer ente existente só adquire significado se estiver sendo interpretado juntamente com o...

    584  Palavras | 3  Páginas

  • direito

    O Direito enquanto Ciência Marilena Chaui assinala que Ciência significa Conhecimento sistematizado, e advertida e intencionalmente elaborado, não se distinguindo senão por essa sistematização em nível elevado e elaboração intencional do Conhecimento comum ou vulgar, aquele de que todo ser humano é titular, por mais rudimentar que seja seu nível de cultura. O Conhecimento é essencialmente de uma só natureza, e por mais elementar e grosseiro que seja, tem fundamentalmente o mesmo caráter...

    1574  Palavras | 7  Páginas

  • Direitos Humanos

    PROJETO DE MONOGRAFIA DIREITOS HUMANOS E TORTURA NO BRASIL CURSO DE DIREITO – UNIEVANGÉLICA 2010 ALCILENE COSTA BRITO PROJETO DE MONOGRAFIA DIREITOS HUMANOS E TORTURA NO BRASIL Pré - Projeto de Monografia apresentado ao Professor Ms. Edson Brito como requisito para obtenção de nota na disciplina de Metodologia. CURSO DE DIREITO – UNIEVANGÉLICA 2010 FOLHA DE APROVAÇÃO Título: Direitos Humanos e Tortura no Brasil Acadêmica:...

    1608  Palavras | 7  Páginas

  • historia do direito

    UNISEPE/Curso de Direito História do Direito / Prof. Nilton Nicola MACIEL, José Fábio Rodriques/ AGUIAR, Renan. História do Direito. São Paulo: Saraiva, 2011 Caps 1 e 2 1- Os estudos dogmáticos do direito partem de uma “verdade” inquestionável e preestabelecida, preocupando-se especialmente com ações que busquem a solução de controvérsias jurídicas. Centrada no fim a ser atingido ---o fim do conflito jurídico--- a dogmática jurídica opera a partir da redução da complexidade do fenômeno social...

    685  Palavras | 3  Páginas

  • INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

    HISTÓRIA E INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA DO DIREITO: Conhecimento, metodicamente coordenados, resultantes do estudo ordenado das normas jurídicas com o propósito de apreender o significado das mesmas e de construir o sistema jurídico, bem como descobrir as suas raízes sociais e históricas. Direito pode ser considerado como norma jurídica, ciência do direito e direito subjetivo, diverge de outras ciências, na medida que depende de interpretação e não verificação. MÉTODOS DE...

    1304  Palavras | 6  Páginas

  • Historia do direito

    ESCOLAS RANKEANNA, ANNALES E A NOVA HISTÓRIA INTRODUÇÃO Por muitos e muitos séculos, o que hoje denominamos de história foi vivido à sombra de outras disciplinas, como a teologia a filosofia, pois seu caráter continuou se aumentando entre a sagrada hagiografia e as apologias da história passada e as crônicas, narrativas, cancioneiro, biografias, fantasia e a literatura, tudo isso é estudado como história. No período do renascimento no século XIV-XVI a Europa viveu um momento de renovação...

    2229  Palavras | 9  Páginas

  • metodos juridicos

     1. Métodos jurídicos Os métodos jurídicos ou métodos da ciência jurídica têm como importante problema a metodologia jurídica porque segundo Kant, o método depende o objeto do conhecimento, ou melhor, do conhecimento resulta o método. O método mais usado é o da dedução que por sua vez o jurista deve partir do geral para o particular, das normas gerais para os casos. O silogismo é a forma típica do raciocínio jurídico e esse método dedutivo foi usado e abusado da jurisprudência conceitual a qual...

    1758  Palavras | 8  Páginas

  • Direito Romano Arcaico e as Leis das Doze Tábuas

    FACULDADE DE DIREITO ANÁLISE METODOLÓGICA SOBRE DIREITO ROMANO Trabalho apresentado à disciplina de Direito Romano, sob orientação do professor Walter. Da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná. CURITIBA 2014 Este trabalho possui o intuito de identificar a abordagem do método historiográfico do autor José Cretella Jr. utilizado em seu livro Curso de Direito Romano – direito romano e direito civil brasileiro...

    1878  Palavras | 8  Páginas

  • Direito Romano

     Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Faculdade Mineira de Direito DIREITO ROMANO A História e a origem do Direito Romano Belo Horizonte 2013 A História e a origem do Direito Romano O Direito, ainda que a vôo de pássaro e numa noção sintética. Para isso nos valeremos da definição de Plácido e Silva. A expressão é derivada do latim directum, do verbo dirigere (dirigir...

    3275  Palavras | 14  Páginas

  • Resumo introdução ao estudo do direito

    Resumo do Caderno: O Direito abrange um conjunto de disciplinas: - Direito Público: São as relações que se referem ao Estado, com predomínio do interesse coletivo (relações públicas). Isto é, Relação de Subordinação. - Direito Privado: São as relações particulares e privadas. São as que não interessam de maneira direta ao Estado. Sendo as ligações com seus semelhantes. Relação de Coordenação. Finalidade da Disciplina: Estudar a terminologia jurídica. Proporcionar conhecimento da linguagem...

    696  Palavras | 3  Páginas

  • O que e historia

    O QUE É HISTÓRIA? História (do grego antigo ἱστορία, transl.: historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo da investigação") é a ciência que estuda o Homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado. A palavra história tem sua origem nas investigações de Heródoto, cujo termo em grego antigo é Ἱστορίαι (Historíai). Todavia, será Tucídides o primeiro a aplicar métodos críticos, como o cruzamento de dados e fontes diferentes. O...

    4835  Palavras | 20  Páginas

  • História do Direito

    INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Guia de estudo PRESUNÇÃO – considera como verdadeiro o que é provável Sociologia jurídica – ramo da sociologia dedicado ao estudo do direito ou seja quando o direito e visto como um fato social.. Silogismo – conexão de ideias -raciocínio - de três proposições que se conectam de tal modo que a partir das duas primeiras chamadas premissas é possível deduzir uma conclusão. É composto de 3 proposições: Premissa maior – (predicado da conclusão) causar dano – gera...

    1407  Palavras | 6  Páginas

  • Aula 01 Psicologia aplicada ao direito

    PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO CCJ0106 – PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO Aula 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO ULA 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PROF. DRA. STELLA ARANHA ULA 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO O que é Psicologia? Um breve percurso Histórico - Definição de Psicologia...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • Aula 01 Psicologia aplicada ao direito

    PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO CCJ0106 – PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO Aula 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO AULA 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PROF. DRA. STELLA ARANHA AULA 01: BREVE HISTÓRIA DO ENCONTRO ENTRE A PSICOLOGIA E O DIREITO PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO O que é Psicologia? Um breve percurso Histórico - Definição de Psicologia...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • Difusionismo Direito e Antropologia

    importância dos constantes empréstimos culturais na história da humanidade”. Para os adeptos dessa corrente de pensamento, as semelhanças e diferenças culturais resultam mais da presença ou ausência dos processos de difusão do que das invenções isoladas de diferentes culturas. Tentaram explicar as similitudes e diferenças entre as culturas particulares, enfatizando o fenômeno da difusão e dos contatos entre os povos. Procuraram dar aos métodos da Antropologia Cultural mais rigor científico, desenvolvendo...

    2929  Palavras | 12  Páginas

  • historia do direito

    HISTÓRIA D O DIREITO, CIÊNCIA E DISCIPLINA Luiz Carlos de Azevedo Professor Associado do Departamento de Direito Processual da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo Resumo: O autor busca, e m sua obra, demonstrar a importância do estudo da História do Direito para a compreensão dos institutos jurídicos atuais, procurando no passado (associado aos momentos político-histórico e cultural) respostas para as mudanças...

    7659  Palavras | 31  Páginas

  • Direito

    “À HISTÓRIA DO DIREITO” PROF. HÉLCIO MACIEL FRANÇA MADEIRA 1. Introdução. 2. Para um conceito de História do Direito. 3. Finalidades da História do Direito. 4. Bibliografia 1. INTRODUÇÃO Faltam historiadores do Direito no Brasil. Seja da História Geral do Direito, seja da História do Direito Brasileiro. Escasseia a bibliografia nacional, já limitada pelo autodidatismo de seus clássicos autores (1), pela ausência de uma tradição escolar entre mestres e discípulos e pela casualidade de...

    2253  Palavras | 10  Páginas

  • A História da Hermeneutica Juridica

    Hermenêutica Jurídica - História 1. A HERMENÊUTICA NA ROMA ANTIGA Os jurisconsultos romanos, seguindo as ideias dos pensadores gregos, evoluíram o conceito de hermenêutica para a ‘interpretatio’ (interpretação), através do trabalho dos ‘juris prudentes’, transformando-a pela aplicação em verdadeira criação do Direito. A ‘interpretatio’ adentra o real e seu significado axiológico no momento da aplicação, pois se trata não apenas de entender um texto teórico, mas prático, isto é, a lei;...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • PLANO DE ENSINO INTRODU O AO ESTUDO DO DIREITO

    16/03/2015 Disciplina:  Portal do Aluno INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO ­ CCJ0003 Turma:  INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO (CCJ0003/1755871) 3003 Você está aqui: Disciplinas » Disciplinas do Curso » Plano de Ensino Detalhes do Curso Plano de Ensino Conheça todos os tópicos e temas abordados nesta disciplina. Clique sobre o nome do tópico (em azul) para abrir o conteúdo correspondente.   imprimir  Título INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO (19/01/2015)  Código da disciplina SIA CCJ0003  Número de semanas de aula...

    1773  Palavras | 8  Páginas

  • METODOS

     2 MÉTODO GRAMATICAL OU LITERAL O Método Gramatical aparece após o Código Civil Francês. Causando frustração ao seu mentor Napoleão Bonaparte. É um método mais cauteloso. Sua aplicação acentuou o culto ao código civil. O Método dizia que a imperfeição não estava no texto legal, mas no interprete. A ideia principal, é que as palavras da lei tem sentido unívoco que o interprete deve descobrir e sistematizar. Na sua versão mais simples e primitiva, seria...

    2490  Palavras | 10  Páginas

  • Estudo Dirigido

    Estudo Dirigido – O direito na história – José Reynaldo de Lima Lopes Estudo dirigido CAPÍTULO 7 – As ideias jurídicas do século XVI ao século XVIII: o direito natural moderno e o iluminismo 1) O que nos trechos reproduzidos a p. 158-159 denota características relevantes do jusracionalismo ou direito natural moderno? Podemos perceber uma característica do jusracionalismo, o contratualismo na seguinte frase: Entre as coisas inerentes ao homem está o desejo de sociabilidade, ou seja, de...

    9753  Palavras | 40  Páginas

  • historia do direito

    Resumo História do Direito Dentro do estudo da "Larga duração", Fernand Braudel (1902-1985) faz uma análise oportuna dos conceitos de , e , como instrumentos necessários para o historiador a fim de aproximar-se ao estudo do passado das civilizações. Todo trabalho histórico descommpõe o tempo passado e escorre entre suas realidades cronológicas segundo preferências e exclusões mais ou menos conscientes. A história tradicional, atenta ao tempo breve, nos é habitual seu relato precipitado, dramático...

    6612  Palavras | 27  Páginas

  • Resumo Curso De Direito Romano

    RESUMO - CURSO DE DIREITO ROMANO 1. RECEPÇÃO DO DIREITO ROMANO NA IDADE MÉDIA No curso do século V, as invasões bárbaras desmembraram o Império do Ocidente, no entanto, isso não significou o total esquecimento dos ensinamentos e das instituições romanas pelas civilizações que o sucederam. Durante a Idade Média, houve um verdadeiro processo de recepção do direito romano, devido, principalmente, à grande influência exercida pela Escola de Bolonha, remodelada por Irnério, no fim do século XI ou começos...

    1826  Palavras | 8  Páginas

  • Direito

     INTRODUCÃO AO DIREITO 1. CONCEITO - Disciplina que tem por objeto dar uma noção panorâmica e sintética das diversas disciplinas jurídicas e uma noção elementar dos principais conceitos jurídicos por elas estudados (Abelardo Torré). - Disciplina que, com propósitos eminentemente didáticos, estuda as noções gerais do direito, oferece um panorama de seus diversos ramos, e recorda as diferentes soluções que se tem dado a seus problemas fundamentais (Carlos Mouchet). ...

    1941  Palavras | 8  Páginas

  • Ao Estudamos A Hist Ria Do Direito Devemos Ter Uma Vis O 1

    Ao estudamos a história do direito devemos ter uma visão:  Devemos ter uma visão crítica sobre todos os fatos (causas e consequências ) que culminaram no evento. O método histórico pode ser adotado como plano de redação de trabalhos científicos. Segundo tal plano, devemos definir um marco:  O marco temporal é condição para a o plano de redação de trabalhos científicos pelo método histórico A expressão de Ulpiano “ubi homo ibi societas” significa:   Onde está o homem há sociedade. A inclusão de conteúdos...

    728  Palavras | 3  Páginas

  • Sociologia do direito

    FIPAR – 1º SEMESTRE DE DIREITO SOCIOLOGIA JURÍDICA I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1 – Sociologia: conceito, objeto, objetivo e métodos. 2 – A sociologia pura, prática e aplicada. 3 – Sociologia e política. 4 – O processo de formação da sociologia jurídica e seus fundadores: DURKHEIM, FAUCONNET, DAVY, MAUSS, DUGUIT. 5 – A sociedade, o problema da ontologia sociológica, sociedade individuo e cultura: o direito, as sociedades humanas e subumanas. 6 – As normas sociais como fenômenos exclusivos...

    1443  Palavras | 6  Páginas

  • o estado de direito

     INTRODUCÃO AO DIREITO 1. CONCEITO - “Disciplina que tem por objeto dar uma noção panorâmica e sintética das diversas disciplinas jurídicas e uma noção elementar dos principais conceitos jurídicos por elas estudados” (Abelardo Torré). - “Disciplina que, com propósitos eminentemente didáticos, estuda as noções gerais do direito, oferece um panorama de seus diversos ramos, e recorda as diferentes soluções que se tem dado a seus problemas fundamentais” (Carlos Mouchet)...

    1939  Palavras | 8  Páginas

  • História do direito penal, doutrinas e escolas penais

    História do Direito Penal Introdução Para se entender bem o direito, é necessário o entendimento da sua história. A história do direito penal é caracterizada por fases, mesmo que não se possa datar especificamente essas fazes e tendo uma influindo sobre as outras, pode-se fazer um breve histórico sobre as mesmas.As épocas das etapas da evolução da justiça punitiva podem ser resumidas em três. 1) Primeira época, tida como Vingança divina:Muito influenciados pela religião, entre os povos antigos...

    3698  Palavras | 15  Páginas

  • O Direito e outras ciências

    RELAÇÕES DA CIÊNCIA JURÍDICA COM OUTRAS CIÊNCIAS O DIREITO E AS CIÊNCIAS SOCIAIS. — Os Séculos XIX e XX modificaram profundamente a noção de homem culto e de fonte do saber. Assim, até bem pouco tempo, bastava ao jurista, para ter cultura geral compatível com o seu papel social, ser iniciado em Filosofia e História. Hoje, a Filosofia, que já perdeu muito de sua supremacia, é somente uma das fontes do saber utilizadas pelo jurista para compreender, adequadamente, a situação em que vive. Desta...

    2870  Palavras | 12  Páginas

  • Direito Romano no Final da Idade Média

    DIREITO ROMANO NO FINAL DA IDADE MÉDIA BRASÍLIA 2014 SUMÁRIO Introdução ….......................................................................................................3 1. Direito na História........................................................................................ ..4 2. Renascimento do Direito Romano ...............................................................8 3. Retomada pelos estudos romanísticos direito do ocidente europeu...

    2915  Palavras | 12  Páginas

  • Historia da pedagogia

    A História da Educação Introdução Este trabalho tem por objetivo uma pesquisa sobre a História da Educação no Brasil, compondo de fatos marcantes em sua trajetória. E percepções em relação à História da Educação desde o principio, seus avanços, sua trajetória, algumas pessoas importante que fazem parte desta conquistas. Contudo dando ênfase, as lutas enfrentadas ao logo do caminho, para que hoje todos tenham direito a educação com um pouco de dignidade. A História...

    2199  Palavras | 9  Páginas

  • INTRODUÇAO AO ESTUDO DO DIREITO

    AO ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO - CCJ0003 Título INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 1 Tema Apresentação da disciplina Introdução ao Estudo do Direito. Objetivos O aluno deverá ser capaz de: Compreender o Plano de Ensino da Disciplina e sua importância para os objetivos do curso; o campo da ciência do direito e de suas diversas ramificações e sua relação com as ciências afins; as diversas concepções do Direito; a distinção...

    4250  Palavras | 17  Páginas

  • Fichamento Crítico - Noção Elementar de Direito

    Trabalho de Introdução ao Estudo do Direito Capítulo I Noção Elementar de Direito Como se fala em direito sem admitirmos, como pressuposto de nosso diálogo, estudar um assunto sem ter dele uma noção preliminar, podemos dizer que aos olhos comuns o Direito é Lei e ordem, um conjunto de regras obrigatórias que garante a convivência social graças ao estabelecimento de limites à ação de cada um de seus membros. Direção, ligação e obrigatoriedade de um comportamento, considerado lícito, a...

    2035  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo de fundamentos históricos do direito

    (conceito da história do direito) 1°) Com base no conteúdo apresentado na aula, assinale a alternativa incorreta sobre a importância do estudo da historia. _Uma história material, Uma das mentalidades e uma espécie de arqueologia do cotidiano esquecido geram novos objetivos de investigação. _A pré-compreensão da palavra ¨História¨ deve ultrapassar significados não científicos como narração, discurso, fábula vinculados á estória buscando mas sim buscar uma indagação do passado. _A história porém...

    3161  Palavras | 13  Páginas

  • Direito publico e direito privado

    INTRODUÇÃO O Direito, para melhor ser estudado e compreendido foi dividido em Direito Público e Direito Privado. O Direito Público referia-se as relações políticas e interesses do Estado. O privado regulava relações de interesses particulares. Dentre esses dois ramos está o Direito Misto, constituído por normas de ambos Direitos. O estudo do Direito exige o entendimento de vários temas, dentre eles: Ciência do Direito, Teoria do Direito, Sociologia Jurídica, Psicologia Criminal, Psicologia Jurídica...

    1217  Palavras | 5  Páginas

  • Introdução Estudo Direito

    Autor à 3a Edição XVII Nota do Autor à 2a Edição XIX Nota do Autor à la Edição XXI Primeira Parte O ESTUDO DO DIREITO Capítulo I - SISTEMA DE IDÉIAS GERAIS DO DIREITO 1. A Necessidade de um Sistema de Idéias Gerais do Direito 2. A Introdução ao Estudo do Direito 3. Outros Sistemas de Idéias Gerais do Direito 4. A Introdução ao Estudo do Direito e os Currículos dos Cursos Jurídicos no Brasil Capítulo II - AS DISCIPLINAS JURÍDICAS 5. Considerações Prévias ...

    7221  Palavras | 29  Páginas

  • Direito

    Psicologia Aplicada ao Direito PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO Título Psicologia Aplicada ao Direito Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 1 Tema Introdução ao Estudo da Psicologia Objetivos Ao final do primeiro encontro, o aluno deverá ser capaz de: • Entender o plano de ensino da disciplina e seu mapa conceitual, que serão apresentados no início da aula; • Compreender a importância do estudo da Psicologia para os futuros profissionais do Direito; • Identificar as...

    1508  Palavras | 7  Páginas

  • A Historia Pensada

    A HISTÓRIA PENSADA Estevão de Rezende Martins O autor começa com a introdução intitulada “O Renascimento da História como ciência”, em 1962 o filosofo francês, Francois Châtelet, definiu a Grecia como o berço do pensamento histórico ocidental, se utilizou de um termo chamado HISTORIENSE, para designar “o sentindo do pensamento histórico” termo usado para qualquer pensamento racional que lide com a ação humana no tempo. (p. 8) A partir do século XVIII a História passou por uma espécie de repaginação...

    5659  Palavras | 23  Páginas

  • estudo dirigido: O DIREITO NA HISTÓRIA - José Reinaldo de Lima Lopes

    Estudo dirigido CAPÍTULO 1 – Sobre a história do direito: seus métodos e tarefas 1) Leia cada um dos textos trazidos como epígrafe do capítulo: o que de cada um deles se extrai sobre a história do direito e as fontes históricas? 2) Segundo o autor, qual é o sentido do estudo da história do direito? 3) De modo muda o enfoque com a chamada Nova História? 4) Que suspeitas ele diz que devem ser levantadas quando se busca uma história total? Por que? 5) Além dos exemplos citados por ele das possibilidades...

    2339  Palavras | 10  Páginas

  • Introdução ao estudo de Direito

    INTRODUÇÃO DO DIREITO E NOÇÃO ELEMENTAR DO DIREITO O que é Direito? Qual a sua importância para a sociedade? O Direito é justo, está de acordo com a lei. Direito é o conjunto de normas jurídicas em vigor em um país. Direito = Uma ordem da conduta humana, É um conjunto de normas e regras que possui o tipo de unidade que se entende como sistema. Ordem Conjunto de normas e regras possuindo o tipo de unidade que se entende como sistema. 2- Os diversos sentidos da palavra Direito. a) – Direito como sinônimo...

    5259  Palavras | 22  Páginas

  • Historia do direito

    peregrinos de modo geral também eram julgados, e os membros professores de universidades mantidos pela igreja também eram julgados.) e em razão das mateiras ( em matéria civil tudo que dissesse respeito a casamento, filiação e herança (direito familiar de modo absoluto) e o direito contratual de modo relativo, se o contrato fosse firmado sobre juramento seria levado ao tribunal, se não fosse não precisa, se a igreja ganhasse uma herança também iria). Crime era pecado, por que viola a lei de Deus,...

    1932  Palavras | 8  Páginas

  • TCC DIREITO E LITERATURA

    ESCOLA DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA ELANA GOMES SANTOS MOREIRA Direito e Literatura A importância da Literatura no Direito BELO HORIZONTE 2º semestre/2013 ELANA GOMES SANTOS MOREIRA Direito e Literatura A importância da Literatura no Direito Projeto de trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso de Direito da Escola de Direito do Centro Universitário Newton Paiva. Orientador: Professor...

    1994  Palavras | 8  Páginas

  • O que é o direito

    O que é o Direito? A Definição Romana de Direito: Dis (muito) Rectum (reto, certo, justo), muito reto, justo. Dar a cada um, o que é seu (Máximas dos Jurisconsultos: Celso e Ulpiano). O Direito é uma emanação da cultura. O direito possui nexos com os contextos históricos distintos, com tipos de poder e configuração social singulares, institutos de sociedades exóticas como a Romana foram reincorporados pela reinvenção das tradições jurídicas ocidentais no curso da Idade Média. ...

    2003  Palavras | 9  Páginas

  • UNIDADE I- Introdução ao Estudo do Direito no universo da Ciência Jurídica

    Introdução ao Estudo do Direito no universo da Ciência Jurídica 1. Introdução ao estudo do direito 2. O Direito como ciência 3. Conceito de Direito 4. Conceito de justiça 5. Conceito de lei 1. Introdução ao estudo do direito Segundo Nader (2012, p.1-4), a disciplina IED constitui um estudo introdutório de natureza epistemológica (episteme, significa ciência e logia, significa estudo) que expressa...

    1638  Palavras | 7  Páginas

tracking img