• 3514894
    MAFFEI CULTURA E DEMOCRACIA CULTURA DO POVO E AUTORITARISMO DAS ELITES RESENHA CRÍTICA ORLEANS, 25 DE JUNHO ANO 2014 IDENTIFICAÇÃO DA OBRA MARILENA CHAUÍ, Cultura e Democracia, o discurso competente e outras falas. APRESENTAÇÃO DA OBRA Neste trabalho será apresentado o capítulo Cultura do Povo...
    1498 Palavras 6 Páginas
  • Chaui
    CHAUÍ, Marilena. “Cultura do Povo e Autoritarismo das Elites”, in: Cultura e Democracia: o discurso competente e outras falas, São Paulo, Moderna, 1981[1]. Cultura das elites e cultura do povo. Sentido da conjunção e: 1) Primeiro percurso interpretativo: “a cultura do povo é ou não é uma recusa...
    2281 Palavras 10 Páginas
  • Fichamento-Brasil mito fundador, sociedade autoritária
    Professora Franciele Santana. . Paripiranga Fevereiro de 2013 CHAUÍ,Marilena Brasil, Mito Fundador, Sociedade Autoritária. 1ª Ed. São Paulo: Abramo, 2000. RESUMO: Marilena de Souza Chaui (Pindorama, 4 de setembro de 1941) é professora de filosofia, historiadora de filosofia...
    1251 Palavras 6 Páginas
  • Democracia
    C CAMPUS: LIBERDADE São Paulo 2012 Se o Brasil fosse um país democrático não seríamos um país com tantas desigualdades. Marilena Chauí  De acordo com Marilena Chaui, a democracia no Brasil ainda precisa ser inventada. ۩. A democracia como ideologia   No centro do discurso político capitalista...
    6535 Palavras 27 Páginas
  • Brasil: mito fundador e sociedade autoritária”, de marilena chauí
    autoritária”, de Marilena Chauí, livro escrito por ocasião do Brasil 500, trata de trazer à tona, desvendar, desconstruir e esclarecer o “mito Brasil”, presente no nosso imaginário não por mero acaso. Será verdade que o Brasil é um país “abençoado por Deus e bonito por natureza”, com um povo pacífico, ordeiro...
    1096 Palavras 5 Páginas
  • uma ma democracia é sempre preferível a uma boa ditadura
    suposta democracia q na verdade é uma ditadura. Até hoje o mundo nunca teve uma democracia autêntica, pois se o povo governasse, o povo JAMAIS apoiaria as inúmeros privilégios e vantagens da elite. A democracia ideal seria tão como o comunismo, ou seja, por enquanto ainda não ocorreu. Partindo do principio...
    423 Palavras 2 Páginas
  • Identidade cultural
    Bem Brasil (Premeditando o Breque) http://www.youtube.com/watch?v=Dkw7Z-VxYog Em, Brasil – Mito fundador e sociedade autoritária, Marilena Chauí examina o ‘mito fundador’ do Brasil, uma reprodução simbólico-ideológica que faz com que parte dos brasileiros tenha um sentimento de pertencimento...
    4748 Palavras 19 Páginas
  • questão democratica
    revolução operária. Propõe o reerguimento da Alemanha através do fortalecimento do Estado, do nacionalismo geopolítico (a nação é o “espaço vital ” do povo, que deve conquistar e manter territórios necessários ao seu desenvolvimento econômico) e da aliança com os setores conservadores do capital industrial...
    8825 Palavras 36 Páginas
  • Mito das três raças
    no qual as três raças (o branco português, o negro africano e o índio brasileiro) teriam se miscigenado de tal maneira que o povo brasileiro, a nação brasileira, a cultura e o estado brasileiro, seriam reflexo dessa miscigenação. Segundo esse mito, a sociedade brasileira seria mestiça e homogênea...
    1813 Palavras 8 Páginas
  • conciliacao/negociacao
    CONCEITOS Cultura – um conjunto de manifestações artísticas, sociais, linguísticas, comportamentais de um povo, como: musica, teatro, língua falada e escrita, hábitos alimentares, danças, etc.... um elemento social, impossível de se desenvolver sozinho (individual). RACISMO E ETNOCENTRISMO - CULTURA Racismo...
    1609 Palavras 7 Páginas
  • apostila de atualidades
    APOSTILA DE ATUALIDADES Professor Diogenes Antônio Moreira Júnior UNIDADE III: CULTURA BRASILEIRA- PLURALIDADE, IDENTIDADE E MANIFESTAÇÕES 1- Introdução “cinco grupos etnográficos, ligados pela comunidade ativa da língua e passiva da religião, moldados pelas condições ambientes de cinco regiões...
    8927 Palavras 36 Páginas
  • Unidade 1 - Política
    melhores varia conforme o tipo de aristocracia: os mais ricos, os mais fortes, os de linhagem nobre ou, até, os da elite do saber; Na democracia, o poder legítimo nasce da vontade do povo. 4) A institucionalização do poder Com o fortalecimento das monarquias nacionais, o Estado passou a deter a posse...
    1625 Palavras 7 Páginas
  • Antropologia
    ANTROPOLOGIA E MUSEOLOGIA CULTURA POPULAR (C. SOCIAIS) Prof. Luiz Cavalcanti Lacerda           RESUMO GERAL DO LIVRO: ARANTES, Antonio Augusto. O que é Cultura Popular. São Paulo: Brasiliense, 1985.     A obra “O que é cultura popular?” de Antonio...
    2830 Palavras 12 Páginas
  • Chaui, marilena
    Chaui, Marilena. Cultura e democracia . En: Crítica y emancipación : Revista latinoamericana de Ciencias Sociales. Año 1, no. 1 (jun. 2008- ). Buenos Aires : CLACSO, 2008- . -- ISSN 1999-8104. Disponible en: http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/secret/CyE/cye3S2a.pdf Red de Bibliotecas...
    9811 Palavras 40 Páginas
  • A MÍDIA E O ESTADO COMO REPRODUTORES DA IDEOLOGIA BURGUESA
    como esses elementos criam uma “verdade” desligada da realidade social. A metodologia baseia-se na pesquisa teórico-bibliográfica fundamentada em Marilena Chauí (1980), em Obras de Marx e Engels e Bernardo Kucinski e Venício A. de Lima (2009). Também desenvolveremos analises críticas sobre propagandas...
    3663 Palavras 15 Páginas
  • poder e midia
    influência ou influenciada pela classe dominante e detentora dos meios de comunicação mais influentes e conseqüentemente alienadores. A professora Marilena Chauí define ideologia como “conjunto lógico, sistemático e coerente de representações (idéias e valores) e de normas ou regras (de...
    6896 Palavras 28 Páginas
  • Eleições presidenciais
    Cultura política e política cultural MARILENA CHAUÍ NTRE 1989 E 1992, na cidade de São Paulo, o Partido dos Trabalhadores (PT) esteve no governo municipal que, pela primeira vez nos cinco séculos da história do país e da cidade, viu no poder um partido de esquerda de origem fortemente popular...
    5016 Palavras 21 Páginas
  • Era vargas
    alvo da Ação Integralista foi à família, pois a entendiam como a grande condutora da moral e dos bons costumes que resgatariam a verdadeira raiz do povo brasileiro. Primeiramente é condição sine qua non informar que não é proposta deste trabalho acadêmico, defender e nem sustentar a idéia de que regimes...
    9281 Palavras 38 Páginas
  • A questão democrática
    democratizou. Afinal, a Cultura deixou de ser direito universal para se tornar privilégio de poucos. O que seria teoricamente ampliado a todos pela massificação cultural, na prática, funciona de uma maneira mais perversa: * Por separar os bens culturais pelo valor de mercado, uma elite cultural consome...
    3393 Palavras 14 Páginas
  • O Positivismo de Auguste Comte em “A Festa” de Ivan Ângelo
    política e um novo modo de pensar: o moderno autoritarismo”. A partir desta abordagem será analisado o trecho intitulado “B) de um delegado de polícia social”, do livro “A Festa”, e as falas de seu narrador, o delegado Humberto Levita. Marilena Chaui resume a interpretação de Bruni a respeito de...
    1852 Palavras 8 Páginas