Método Francês De Ginástica artigos e trabalhos de pesquisa

  • Método Frances de Ginastica

    Francesa A Ginástica na França baseou-se nas idéias dos alemães Jahn e Guts Muths e, apresentava além do caráter moral e patriótico, uma preocupação com o desenvolvimento social. Objetivava formar o homem “completo e universal”, sem desvincular-se do utilitarismo, tão abordado pela ginástica científica, buscando o desenvolvimento da força física, da destreza, agilidade e resistência (SOARES, 2004). Para Ramos (1982), esse movimento teve como principais representantes o Método Francês desenvolvido...

    964  Palavras | 4  Páginas

  • metodo frances de ginastica

    Francesa     A Ginástica na França baseou-se nas idéias dos alemães Jahn e Guts Muths e, apresentava além do caráter moral e patriótico, uma preocupação com o desenvolvimento social. Objetivava formar o homem “completo e universal”, sem desvincular-se do utilitarismo, tão abordado pela ginástica científica, buscando o desenvolvimento da força física, da destreza, agilidade e resistência (SOARES, 2004).     Para Ramos (1982), esse movimento teve como principais representantes o Método Francês desenvolvido...

    1207  Palavras | 5  Páginas

  • Método francês de ginástica

    Método  Francês teve  origem na Escola Joinville-le-Pont (1852) com a colaboração de Napoléon Laisné , discípulo de Amorós. Em 1927 foi publicado o Regulamento Geral de Educação Física com a  participação de vários outros colaboradores. Esse regulamento foi introduzido no Brasil e difundido por muitos anos, de maneira sistemática. Na França, a manifestação das práticas gímnicas corporais apresentou várias interfaces, “perpassando pela técnica e utilidade dos exercícios, objetivando o treino de...

    732  Palavras | 3  Páginas

  • Método ginástico francês

    trabalho nos mostra um pouco de como era utilizado o Método Ginástico Francês nas décadas de 50,60 e 70. Onde a educação física foi influenciada pela área médica, pelos militares ou acompanhou mudanças no próprio pensamento pedagógico. E logo após, por volta dos anos 70 podemos ver como foram utilizados novo métodos como o Método de Amoros y Ondeano e Georges Demeny. Origem do Método Ginástico Francês O fundador do método ginástico francês foi Francisco Amoros Y Ondeano, que buscava a educação...

    2336  Palavras | 10  Páginas

  • Métodos Sistematizados de Ginastica

    UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA FUNDAMENTOS HISTORICOS E FILOSOFICOS DA ED.FISICA O RENASCIMENTO E OS TEMPOS CONTEMPORÂNEOS: OS PRIMEIROS METODOS DE GINÁSTICA SISTEMATIZADOS JOÃO PESSOA 2014 TRABALHO APRESENTADO PARA ...

    2756  Palavras | 12  Páginas

  • Metodos de ginastica

    Estudo do sistema de ginástica sueca O idealizador do sistema sueco de ginástica foi per henrik ling,nascido a 15 de novembro de 1776 na cidade lyunga,em 1780,portanto ,com 4 anos de idade ,ling perde o pai e em 1780 ,aos treze ,a mãe . Características do antigo sistema sueco * Ling considerou a ginástica divida em quatro partes, de acordo com os diferentes fins visados: * Ginástica pedagógica * Ginástica militar * Ginástica medicina e ortopedia * Ginástica estética * Dos...

    1597  Palavras | 7  Páginas

  • Ginastica Fran

    Ginástica Francesa - Histórico I     Ao longo de todo o século XIX, na Europa, a ginástica científica afirma-se como parte significativa dos novos códigos de civilidade. Onde se exibe um corpo ereto, rígido, simétrico. Cujo enfoque é destinado aos exercícios físicos para moldar e adestrar o corpo, para se assegurar a ordem coletiva, dita pela sociedade burguesa     Nesse período, surge à ginástica francesa, com o Coronel espanhol Francisco Amoros, que dizia a formação da criança não era apenas...

    2470  Palavras | 10  Páginas

  • Ginástica geral no brasil

    Ginástica Geral no Brasil Durante pesquisa, o que observou-se é que a ginástica passou por um processo amplo de mutação. Foram os estudiosos gregos que deram origem ao termo:GINÁSTICA(que em Grego é GYMNUS) cujo significado é NU. Os gregos sistematizaram as primeiras atividades físicas. Há indícios de que os primeiros sistematizadores de atividades físicas e das ginásticas surgiram á partir do séc. XVIII sendo assim implementado os métodos Alemão, Suéco, Francês,e Inglês por toda a Europa e...

    2343  Palavras | 10  Páginas

  • a origem dos métodos da educação física

    Origem dos métodos Alemão: Na Alemanha a ginástica se desenvolve para suprir as necessidades como: Regenerar a raça, promover a saúde, formar indivíduos aptos a servir a pátria e a indústria e desenvolver a moral dos cidadãos, com ênfase na da defesa da pátria, pois, no inicio do século XIX, seu território não era unificado Devemos compreender que a ginástica não é aplicada igualmente a todos, existia um tipo de ginástica para os dominantes e outra para os dominados. Enquanto que para os...

    2097  Palavras | 9  Páginas

  • MÉTODO GINÁSTICO FRANCÊS

    Método Ginástico Francês Na França do século XIX, surgiram vários métodos e teorias na Educação Física, e todos reconheciam a necessidade de não somente cultivar o corpo para a saúde, mas também desenvolver qualidades com o objetivo de ajudar o indivíduo a enfrentar as dificuldades do dia-a-dia, contribuindo, também, para a formação de indivíduos preparados para o combate, com espírito patriótico, capazes de lutar nas guerras e na conquista de novos territórios. Um dos principais precursores...

    1207  Palavras | 5  Páginas

  • ginastica OK

     Introdução A história da ginástica se da desde os tempos antigos,pois poucos séculos antes de cristo,no Egito se existia o costume de praticar acrobacias com os movimentos os quais se pareciam com a ginástica. Porém o que há de mais seguro sobre a história desta modalidade é que sua origem remete a Grécia antiga,as atividades físicas estavam sempre presentes já que mantinham o corpo em forma. A ginástica foi usada como uma forma de treinamento militar para que os soldados obtivessem aperfeiçoamento...

    879  Palavras | 4  Páginas

  • Metodos Ginásticos

    ligado a ginástica, neste trabalho iremos relatar como surge a ginástica e os seus principais métodos implantados através dela. Podemos citar por exemplo o método sueco que visava a saúde, o método alemão mais voltado para a força física e questões militaristas, o método natural de Hebert onde era mais voltado a execução de exercícios através de objetivos compostos pela própria natureza e por último o método francês que tinha mais ênfase na força. Dentre todos estes aspectos nasce a ginastica e seus...

    682  Palavras | 3  Páginas

  • Ginastica francesa

    A Escola Francesa O Sistema Frances de atividade física originou-se no final do Renascimento, durante o Século XVIII, na Europa. Tinha como pressuposto que o lado físico contribuía diretamente para a construção do homem ideal para a sociedade pois, através da “gymnastica” 1 (movimentos coordenados, ritmados e coreografados do corpo), seria possível a formação ética (disciplina), social (resistência as adversidades das guerras) e higiênicas (aumento da força e saúde corporal), conforme apontava...

    1062  Palavras | 5  Páginas

  • Ginastica

    Método Sueco Idealizada por Pehr Henrick Ling (1776–1839), a ginástica sueca surgiu com a finalidade de destruir os vícios da sociedade, principalpente o alcoolismo. Em 1813 Ling fundou o Real Instituto de ginástica de Estocolmo, onde aplicou suas teorias. Deveria gerar indivíduos fortes que pudessem ser úteis à pátria, como soldados ou trabalhadores civis. Ling acreditava que seu método assegurava a saúde, por ser essencialmente respiratório, e a beleza, por seus efeitos corretivos e ortopédicos...

    826  Palavras | 4  Páginas

  • TRABALHO DE GINASTICA FRANCESA

    SUMÁRIO INTRODUÇÃO GINÁSTICA FRANCESA MÉTODO FRANCÊS DE GINÁSTICA CARACTERÍSTICAS DA GINÁSTICA FRANCESA PRINCIPAIS PENSADORES INFLUÊNCIA NA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA INTRODUÇÃO O objetivo deste trabalho é falar sobre a Ginástica Francesa. Nele apresentaremos a Ginástica Francesa criada pelo espanhol D. Francisco Amoros (1770-1848), naturalizado francês. Serão analisados seus objetivos na sociedade francesa, daquela época, através das suas divisões e métodos de treinamento. Também analisaremos...

    2003  Palavras | 9  Páginas

  • Ginástica Francesa.

    Trabalho de História - Ginástica Francesa Sumário: Introdução História da Ginástica Francesa Objetivos da Ginástica Francesa Divisões da A Ginástica Francesa no Brasil A Ginástica Francesa nas Escolas Considerações Finais Referências Bibliográficas Introdução Neste trabalho, apresentaremos a Ginástica Francesa, através da sua história com influências dos alemães Jahn e Guts Muths e criada pelo espanhol, naturalizado francês D. Francisco Amoros (1770-1848)...

    1176  Palavras | 5  Páginas

  • Apresenta O Ginastica Alem

    Fundamentos da ginastica geral Ginástica Alemã Professor: NELSON H. CARNEIRO Alunos: LUCAS R. OLIVEIRA RENAN B. PINHEIRO LOPES RENAN H. SUIAMA RENATO O. ANTUNES INTRODUÇ ÃO • A partir do ano de 1800 na Europa surge em diferentes regiões os exercícios físicos. Essas “formas” receberão o nome de “métodos ginásticos” e correspondem aos quatro países que deram origem às primeiras sistematizações sobre a ginástica nas sociedades burguesas: Alemanha, Suécia , França e a Inglaterra. A ESCOLA ALEMÃ...

    520  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho De Ginastica Pronto

     Disciplina: Ginástica, atividades rítmicas e expressivas. Tarefa: atividade do ciclo 1 Nome: Letícia Granemann de Souza RA: 1116761 Turma: DGEF1301 Parecer do Tutor: DESENVOLVIMENTO A ginástica é uma modalidade competitiva e não competitiva que envolve força, flexibilidade e coordenação motora, praticada a muitos anos sobrevive até os dias de hoje, já na antiguidade servia para aperfeiçoar o corpo, e até como uma forma de culto ao mesmo teve altos e baixos, era um esporte para poucos...

    550  Palavras | 3  Páginas

  • Síntese: as escolas de ginástica: saúde, disciplina e civismo.

    Síntese: As Escolas de Ginástica: Saúde, Disciplina e Civismo. Em 1800 na Europa surge os métodos ginásticos (ou escolas) em quatro países, na Alemanha, Suécia, França e Inglaterra sistematizando a ginástica nas sociedades burguesas. Essas sistematizações eram levadas a outros países fora do continente Europeu, cada sistema com sua particularidade do país de origem, porém com finalidades parecidas com intuito de regenerar a raça promovendo a saúde, vontade, coragem, força e moral...

    682  Palavras | 3  Páginas

  • métodos ginasticos

     Método Francês: MÉTODO DE AMORÓS O Método de Amorós, idealizado por Francisco Amorós e Ordeano, foi o ponto de partida da sistematização da educação física na França, objetivava fazer homens completos, não somente fortes e endurecidos, mas, sobretudo, corajosos e audazes, possuindo justo sentimento do bem, do dever e do devotamento. Buscando pelo desenvolvimento das qualidades físicas, o aumento da energia e a exaltação dos sentimentos elevados. Para a verificação dos resultados do trabalho...

    1140  Palavras | 5  Páginas

  • influência de métodos na ed. física

    O Sistema Frances de atividade física originou-se no final do Renascimento, durante o Século XVIII, na Europa. Tinha como pressuposto que o lado físico contribuía diretamente para a construção do homem ideal para a sociedade pois, através da “gymnastica” (movimentos coordenados, ritmados e coreografados do corpo), seria possível a formação ética (disciplina), social (resistência as adversidades das guerras) e higiênicas (aumento da força e saúde corporal). A ginástica apareceu, então...

    1578  Palavras | 7  Páginas

  • Ginástica

    História da Ginástica INTRODUÇÃO Os movimentos precursores e o treinamento tem seus alicerces fundamentados na cultura grega. Na Grécia o corpo de treinadores cumpunha-se do pedotribo (condutor de exercícios e jogos), do xistarca (treinador de corridas) e do agonistarca (preparador de lutas), que trabalhavam intensamente nos estádios (pistas de 211 metros), nos hipódromos (pistas de 770 metros) e nos gymnasium (edifícios cobertos utilizados nos dias de chuva para treinamento específico)...

    1457  Palavras | 6  Páginas

  • História da ginástica e suas manifestações

    História da ginástica e suas manifestações Profa. Dra. Luciana Hagström hagstrom@unb.br Porque estudar a história da ginástica?  É necessário entendermos como se deu o processo de construção da ginástica para compreendermos melhor a ginástica hoje, seus sentidos e significados atuais.  É necessário entender como se deu o processo de construção desta atividade corporal. Evolução da ginástica  Com o passar do tempo as práticas se diversificaram, seguindo as mudanças históricas, sociais e...

    1986  Palavras | 8  Páginas

  • Métodos Ginásticos

    Física - ESEF Síntese sobre Métodos Ginásticos 1º Periodo – Licenciatura Recife, 2014 Introdução A ginástica existe desde pré-história, apesar da inexistência do termo ''ginástica'' ela era praticada inconscientemente pelos homens da caverna em suas lutas pela sobrevivência, com a evolução do homem o conceito de ginástica foi mudando, assim como seus fundamentos e suas lógicas. No fim do século XVIII o conceito de ginástica se dividiu em dois: expressão corporal...

    1321  Palavras | 6  Páginas

  • Atividade1 TRABALHO DE GINASTICA 1

    Curso: Educação física Bacharelado GINÁSTICAS, ATIVIDADES RÍTMICAS E EXPRESSIVAS 3ª semana Trabalho apresentado  ao    Centro Universitário Claretiano para a disciplina Ginástica Geral como requisito parcial para obtenção de avaliação, ministrado pela professora Maria Cecília. BELO HORIZONTE-MG 2015 Os Métodos Ginásticos que foram surgindo nos tempos modernos e contemporâneos. A Ginástica sempre foi proposta como prática corporal nos mais diferentes...

    776  Palavras | 4  Páginas

  • Métodos de ginasticas

    Métodos de Ginásticas Dinamarquesa Sueca Francesa Alemã Calistenia A introdução do Movimento Ginástico Europeu nas escolas permitiu que os alunos ficassem mais fortes e disciplinados O Movimento Ginástico Europeu ocorreu no século XIX, e abrangeu estilos de trabalho com ginástica na escola, propostos pela Suécia, Inglaterra, França, Dinamarca, Áustria e Alemanha. O contexto de nascimento desse movimento é o mais interessante, pois, uma vez o conhecendo, entende-se como se deu a emergência...

    958  Palavras | 4  Páginas

  • Ginástica

    Física, estudiosos concluíram, entre outros, que a ginástica pertence a cultura corporal, princípio filosófico definido para a escolha dos conteúdos. A fim de subsidiar os professores da rede de ensino municipal, a SEMED, junto com uma equipe de professores, se embuiam na elaboração de cadernos pedagógicos, dos conteúdos estabelecidos na proposta Pedagógica do Município de Aracaju. O caderno que ora apresentamos, delimita o conteúdo GINÁSTICA, de forma a facilitar sua aplicação nas aulas de Educação...

    2453  Palavras | 10  Páginas

  • Métodos Ginásticos

     MÉTODOS EUROPEUS DE GINÁSTICA CAMPO GRANDE/MS 16 DESETEMBRO 2013 Juliano Souza Benitez 01530003628 Daniel Silva de Moraes 01530003637 MÉTODOS EUROPEUS DE GINÁSTICA SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO pg.04 2- HISTÓTICO pg.05 3- CRIADORES pg.09 4-CARACTERISTICAS pg.11 ...

    3011  Palavras | 13  Páginas

  • ginastica geral

    aulas de ginástica geral em espaços como hospitais, condomínios, clubes, academias, parques? Como isso se daria? O que deveria ser ensinado? A ginastica geral pode ser encontrada em contextos variados, devido a suas diferentes áreas de atuação, sua implantação será diferenciada dependendo do campo que irá atuar. Devido a esta grande abrangência, as aulas de ginásticas podem ser implantadasem diferentes espaços como nos hospitais voltado para o uso da medicina, utilizando as ginásticas terapêuticas...

    712  Palavras | 3  Páginas

  • Escola Alemã de Ginástica

    em diferentes regiões, formas distintas de encarar os exercícios físicos, essas formas são chamadas de métodos ginásticos (ou escolas) e corresponde a 4 países que deram origem às primeiras sistematizações sobre a ginástica nas sociedades burguesas: a Alemanha, a Suécia, a França e a Inglaterra (que teve caráter muito particular, desenvolvendo de modo mais acentuado o esporte). A ginástica desempenhou importantes funções na sociedade industrial, apresentando como capaz de corrigir vícios posturais...

    507  Palavras | 3  Páginas

  • Ginástica Dinamarquesa

    Ana Carolina Winck Maria Ramos Mariana Groth GINÁSTICA ESCOLA DINAMARQUESA SÃO LEOPOLDO 2014 INTRODUÇÃO As ginásticas e suas extensas contextualizações históricas fizeram parte da fundamentação da área hoje conhecida como Educação Física. Esse trabalho apresenta sobre a escola de ginástica Dinamarquesa e pretende primar pelo conhecimento histórico desta ginástica e sua importância aos dias atuais. Além disso, na apresentação...

    790  Palavras | 4  Páginas

  • A Escola Alemã de Ginástica

    educadores que tiveram influência no método alemão, como Guths Muths considerado o “pai da ginástica”, Jahn criador da ginástica patriota e Spiens por sua defesa da introdução da ginástica na escola. Para estes idealizadores da ginástica alemã o “espírito nacionalista”, e o “corpo saudável" que buscavam, poderia ser desenvolvido pela ginástica, através das ciências que predominavam naquela época: biologia, fisiologia e anatomia. Se baseando nas leis da fisiologia, a ginástica para Guths Muths teria que ser...

    567  Palavras | 3  Páginas

  • Resposta Da Atividade De Ginastica Eduardo

    Andreao de Souza – RA 1182442 Educação Física Bacharelado Ginastica de Academia, Laboral e Ergonomia Tutor a Distancia Prof. Raquel Daffre de Arroxellas Centro Universitário Claretiano Vitória 2015 Atividade de Ginástica de Academia, Laboral e Ergonomia 1) Como se deu o processo de evolução da ginástica como metodologia de treinamento? Qual foi a primeira modalidade de ginástica nas academias na década de 1980? A ginastica já vem sendo utilizada pelo homem para sua sobrevivência, principalmente...

    662  Palavras | 3  Páginas

  • as escolas de ginásticas europeias

    AS ESCOLAS DE GINÁSTICA EUROPÉIAS ESCOLA ALEMÃ A ginástica alemã surgiu da necessidade do pais realizar a sua unidade territorial e para unificar o território e para isso era preciso criar um forte espírito nacionalista, através de homens e mulheres fortes, saudáveis e isso passou a ser praticada pela ginástica alemã que era edificada a partir de bases cientificas relacionadas com a biologia, fisiologia e a anatomia. A primeira escola começou em 1760 e teve como precursor e criador do...

    516  Palavras | 3  Páginas

  • Ginasticas

    Método dinamarquês Este método teve como idealizador Niels Bukh, que classificou seus exercícios em: a) geradores de força para o aumento da potência muscular. Eram executados sobre aparelhos, com pesos, com resistências e oposições; b) geradores de flexibilidade para melhorar as condições funcionais, dando mais mobilidade, mais estabilidade, e mais vitalidade aos componentes anatômicos das articulações; c) geradores de destreza, afim de melhorar a velocidade, habilidade e coragem. A Dinamarca...

    840  Palavras | 4  Páginas

  • Ginástica de Academia

    Física Ginástica de Academia Aluno: Paulo Henrique G. Lima Nº 34 Série 2º 2 Ginástica de Academia A ginástica localizada é dita uma das formas mais tradicionais e populares de prática do exercício físico, dentre as demais modalidades não esportivas e consiste em exercícios priorizando séries para cada segmento muscular ou pelos segmentos articulares. Com duração de aproximados sessenta minutos, as práticas da ginástica localizada levam...

    1923  Palavras | 8  Páginas

  • escola francesa de ginastica

    Nacional Desenvolvimentismo marcou a sedimentação e a utilização do aparato legislativo como medidas de fomento de políticas públicas nas áreas de lazer e de esporte competitivos no Brasil. Período caracterizado pela existência de múltiplas escolas de ginástica. A escola francesa, primeira doutrina à chegar ao Brasil, esboçava o início de um enfraquecimento, em virtude dos rigorosos exercícios calistênicos e da falta de elementos culturais e políticos que caracterizam aquela época, como a competição e a...

    1355  Palavras | 6  Páginas

  • ginastica alema

    Ginástica Alemã A ginástica moderna surgiu no século XVIII com Johann Cristoph Guts Muths (1759-1839) o mesmo lecionava na Escola de Ginástica Alemã, Muts desenvolveu um método, considerado sistemático da educação física. Ele dividiu seus exercícios em alguns fundamentos, como o de força: corridas, saltos, lutas. Agilidade: lançamentos, escaladas, natação, equilíbrio. E não deixando de lado, os aspectos culturais, que ele considerava harmônico, que eram, a dança, ginástica, e marcha. Seu objetivo...

    687  Palavras | 3  Páginas

  • Ginastica no brasl

    A Ginástica Olímpica no Brasil  iniciou-se com a colonização alemã no Rio Grande do Sul, no ano de 1824. Para eles, a ginástica era uma forma de lazer. Nas festas populares, ela fazia parte do programa, provocando grande interesse e concorrência entre os colonos. Duas fontes contribuíram para a implantação da ginástica alemã no Brasil, fato ocorrido na primeira metade do século XIX. De um lado, as numerosas famílias alemãs que se instalaram no sul do país, formando núcleos que conservaram os hábitos...

    1078  Palavras | 5  Páginas

  • Ginástica alemã

    Origem e criação da Ginástica Alemã Tendo início em 1760, a ginástica alemã possui características próprias e seu fundador foi Basedow que foi influenciado pelas ideias educacionais de Rousseau, que tinha como princípio a saúde e a educação física. Vendo a necessidade ele criou uma escola, onde passou a prática deste método. Nela começou um programa de Educação Física, que tinha como esportes: a corrida, saltos, arremessos e lutas semelhantes às praticadas na Antiga Grécia. Entre outros educadores...

    953  Palavras | 4  Páginas

  • Ginástica

    Ginásticaginástica é um conceito que engloba modalidades competitivas e não competitivas e envolve a prática de uma série de movimentos exigentes de força, flexibilidade e coordenação motora para fins únicos de aperfeiçoamento físico e mental. Desenvolveu-se, efetivamente, a partir dos exercícios físicos realizados pelos soldados da Grécia Antiga, incluindo habilidades para montar e desmontar um cavalo e habilidades semelhantes a executadas em um circo, como fazem os chamados acrobatas. Naquela...

    2110  Palavras | 9  Páginas

  • Ginastica artistica

    A GINÁSTICA ARTÍSTICA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR Celso Ferreira Junior Licenciado em Educação Física/ISECENSA/RJ celsinhojunio@hotmail.com João Paulo Pimentel Alvarenga Mestre em Comunicação/UFRJ/RJ joaoppalvarenga@bol.com.br Maria Auxiliadora Siqueira Viana Mestre em Educação Física, Saúde e Qualidade de Vida/UNIG/RJ doragin@terra.com.br Nilo Terra Arêas Neto Mestre em Ciencia da Motricidade Humana/UCB/RJ terra.nilo@gmail.com RESUMO O presente estudo objetivou discutir...

    5419  Palavras | 22  Páginas

  • Método ginástico francês

    1.3 Método Ginástico Francês Na França, a manifestação das práticas gímnicas corporais apresentou várias interfaces, “perpassando pela técnica e utilidade dos exercícios, objetivando o treino de soldados e de civis e, também, pela disposição e interesse em compreender a exercitação corporal sob rigorosa investigação científica” (PEREIRA, 2006, p. 52). Nesse sentido, a Ginástica francesa integrava a ideia de uma educação voltada para o desenvolvimento social, sendo perspectivada...

    1881  Palavras | 8  Páginas

  • A Ginástica Francesa

    A Ginástica Francesa A ginástica na França no final do século XIX era dividida em dois grupos. De um lado estava a ginástica circense, onde o principal objetivo era de entreter as pessoas. Do outro lado havia ginástica militar. Mas um chefe de uma estação de fisiologia chamado George Demeny queria implantar algo diferente, que era uma ginástica com base na ciência e na fisiologia. Essa ginástica consistia em utilizar o uso adequado das forças do...

    562  Palavras | 3  Páginas

  • Método desportivo generalizado

    Introdução A partir do século XIX, a ginástica se fez presente nos currículos educacionais brasileiros como um dos principais conteúdos da educação física. Esse método foi influenciado pelos métodos ginásticos europeus que foram implantados no Brasil, e buscava afirmar que a ginástica era um instrumento educacional capaz de promover a saúde e a retidão corporal dos alunos. Listello contribuiu significamente para que a Educação Física brasileira se tornasse mais prazerosa...

    2034  Palavras | 9  Páginas

  • metodos ginasticos e sua definições

    iniciava. Para sintetizarmos as principais características dos métodos ginásticos europeus que fomentaram a Educação Física brasileira desde o século XIX até a metade do século XX, segue o quadro explicitando como ocorreu o percurso histórico da Ginástica no Brasil: Método Ginástico Chegada Desaparecimento Características Objetivos ALEMÃO 1860 1920 -Militarista -Autoritarismo -Eugenizar -Higienizar -Disciplinar SUECO O método sueco não chegou a ser oficialmente implantado nos currículos...

    2582  Palavras | 11  Páginas

  • INTRODUÇÃO METODO ALEMÃO

    Física Alemã, com características próprias, começou em 1760, com Basedow e filantropismo por ele criado. Entre outros educadores tiveram grande influência: Guthsmuths como o Pai da ginástica, Jahn por sua ação de fundador e fomentador da ginástica patriótica e Spiens por sua luta tenaz em defesa da introdução da ginástica na escola e o seu respectivo aparelhamento. Também contribuíram muito Salzmam, Nachtegal, Eisclen e Friesen. Durante o período nazista, dentro dos conceitos de Jahn, surgiu na Alemanha...

    631  Palavras | 3  Páginas

  • AS ESCOLAS DE GINASTICA: SAÚDE, DISCIPLINA E CIVISMO. fixamento

     AS ESCOLAS DE GINASTICA: SAÚDE, DISCIPLINA E CIVISMO. “A partir do ano de 1800 vão surgindo na Europa, em diferentes regiões, formas distintas de encarar os exercícios físicos. Essas "formas" receberão o nome de "métodos ginásticos" (ou escolas) e correspondem aos quatro países que deram origem as primeiras sistematizações sobre a ginastica nas sociedades burguesas: a Alemanha, a Suécia, a França e a Inglaterra (que teve um caráter muito particular, desenvolvendo de modo mais acentuado o...

    1724  Palavras | 7  Páginas

  • Ed fisica - ginastica

    História: surgimento e evolução Na Grécia Antiga, a ginástica era praticada nas chamadas palestras e nos ginásios, junto a filósofos e artistas, que esculpiam com perfeição o corpo harmônico dos atletas. Na imagem, cópia romana em mármore do original Apoxyomenos, em bronze, de Lisipo. O nome significa "aquele que esfrega", e ilustra o preparo para a atividade física esfregando óleo sobre o corpo nu Milenar, a ginástica fez parte da vida do homem pré-histórico enquanto atividade física, pois detinha...

    1791  Palavras | 8  Páginas

  • Histórico ginastica e plano de aula

    HISTÓRICO DA GINÁSTICA: A história da Ginástica confunde-se com a história do homem. No homem pré-histórico a atividade física tinha papel relevante para sua sobrevivência, expressa principalmente na necessidade vital de atacar e defender-se. O exercício físico de caráter utilitário e sistematizado de forma rudimentar era transmitido através das gerações e fazia parte dos jogos, rituais e festividades. Na Antigüidade clássica ocidental (Grécia e Roma), principalmente no Oriente, os exercícios físicos...

    6170  Palavras | 25  Páginas

  • ginastica francesa

    todos do grupo pra ter certeza que todos estão por dentro do assunto e que todos se sairão bem no Seminário de Ginástica do Prof. JP. O Resumo destas páginas ficou assim: B) ESTUDO DO MOVIMENTO HUMANO E ANIMAL, CRIANDO E MELHORANDO APARATOS E TÉCNICAS Demeny se dedicou inteiramente ao estudo do movimento humano e animal, pois era admirador do autor de "A máquina animal" e do "Método gráfico" e tinha com ele uma comunhão de tendências. Nos estudos dele sobre a locomoção humana, as relações entre...

    958  Palavras | 4  Páginas

  • ginástica sueca

    Ginastica Sueca. GAINASTICA SUECA UNINOVE PROFESSORA: EDUCAÇÃO FISICA. 1ºSEMESTRE QUELE BARBOSA LIMA DA SILVA. Sumário A escola Sueca de ginastica......................................................1,2 4partes da ginastica Sueca......................................................2,3,4 Contribuições da ginastica Sueca.......

    1665  Palavras | 7  Páginas

  • INPLANTAO DA GINASTICA GERAL NAS ESCOLA

    PORTFÓLIO DE GINÁSTICA GERAL Trabalho apresentado ao Centro Universitário Claretiano para a disciplina Ginástica Geral como requisito parcial para obtenção de avaliação, ministrado pela Profª Dra. Maria Cecília L.B. Soares.. SÃO PAULO 2015 Questões: Quais as possibilidades reais de implantação de aulas de ginástica geral em escolas e em outros locais, como clubes e academias? Como isso se daria? O que deveria ser ensinado? As possibilidades reais de implantação de aulas de ginástica geral no âmbito...

    833  Palavras | 4  Páginas

  • Escola Francesa e Ginástica Geral - Saltos/Saltitos e Transposição de Obstáculos

    Saltos e Saltitos/Transposição de obstáculos/Escola Francesa: Ginástica Geral Introdução Nesse trabalho o tema abordado é: Saltos e Saltitos, Transposição de obstáculos e Escola francesa. A Escola Francesa de Ginástica é caracterizada pelos ideais clássicos de educação liberal, que concebe a ginástica como instrumento de formação de homens completos e universais. A Transposição de obstáculos nada mais é de que ultrapassar ou superar uma determinada obstrução proposta pelas regras ou participantes...

    1040  Palavras | 5  Páginas

  • Ginastica

    ELIANA DE TOLEDO PROPOSTA DE CONTEÚDOS PARA A GINÁSTICA ESCOLAR: UM PARARELO COM A TEORIA DE COLL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA CAMPINAS 1999 ii iii Este exemplar corresponde a avaliação final da Dissertação de Mestrado em Educação Fisica (Area Educação Motora) defendida por Eliana de Toledo e aprovada pela Comissão Julgadora em 09 de dezembro de 1999. Presidente e Orientadora ___________________________________________ Profa. Dra. Vilma Leni...

    45886  Palavras | 184  Páginas

  • Ginástica Localizada

    Conceitos de Ginástica Localizada A ginástica localizada pode ser definida como: método de condicionamento físico, que visa desenvolver a resistência muscular localizada de um músculo ou de um grupamento muscular, tornando-o mais tonificado deixado o corpo mais firme (hipertonia) e resistente à fadiga. Origem- Rio de Janeiro (1930)- precursora Grette Hilefeld. Influência – diferentes métodos- francês, sueco, calistênico, dinamarquês, aeróbica de alto e baixo impacto, step traning e body pump...

    4785  Palavras | 20  Páginas

  • Metodo alemão

    Teoria e Prática da Ginástica Artística Goiânia, março / 2012. Método Alemão 1. Introdução A partir do ano de 1800 vão surgindo na Europa, em diferentes regiões, formas distintas de encarar os exercícios físicos. Essas formas receberão o nome de “métodos ginásticos” (ou escolas) e correspondem aos quatro países que deram origem às primeiras sistematizações sobre a ginástica nas sociedades burguesas: a Alemanha, Suécia, França e Inglaterra. Essas escolas, de um modo geral, possuem...

    5717  Palavras | 23  Páginas

  • Educação Física - Ginastica Escolar

    EDUCAÇÃO A PRÁTICA DAS GINÁSTICAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR Alessa Oliveira1 Thais Mortola2 Billy Graeff3 RESUMO: O presente artigo surgiu a partir do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, quando, em determinado momento, foi demandada a construção de um artigo, no qual, resolvemos destacar a inserção da prática da Ginástica nas aulas de Educação Física Escolar. Também relataremos experiências e aprendizados obtidos na disciplina de Ginásticas do curso de Educação...

    6936  Palavras | 28  Páginas

  • ginastica

    Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Departamento de Educação Física MÉTODO DESPORTIVO GENERALIZADO RECIFE, 2014 DAYJANINE MARIA FELIPE MENEZES LUCAS PORTO MARIA EDUARDA NAYARA PIMENTEL MÉTODO DESPORTIVO GENERALIZADO RECIFE, 2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 04 2. JUSTIFICATIVA 05 3. OBJETIVO 06 3.1 OBJETIVO GERAL 06 3.2 OBJETIVO...

    1454  Palavras | 6  Páginas

  • Ginastica Geral

    HISTÓRIA E GÊNESE DA GINÁSTICA 5 SEÇÃO 1: Conceitos 6 SEÇÃO 2: Conhecendo a História da Ginástica 7 Ginástica na Pré-História 7 A Ginástica na Antiguidade 8 A Ginástica no Oriente Próximo 10 A Ginástica na Grécia 12 A Ginástica em Roma 16 A Ginástica na Idade Média (395-1453) 18 A Ginástica no Renascimento 20 A Ginástica na Idade Contemporânea 21 SEÇÃO 3: A Inclusão das Ginásticas na Escola e nas Escolas Brasileiras 38 A Formação para o Trabalho com as Ginásticas No Brasil 41 Considerações...

    31658  Palavras | 127  Páginas

tracking img