Luckesi 2003 artigos e trabalhos de pesquisa

  • Leitura crítica de luckesi

    UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina ETEC - EaD Orientações: 1) Leia a síntese do método Luckesi. 2) Volte a leitura do texto - Pedagogia e Tecnologia. 3) Elabore o relatório de leitura seguindo os métodos do Luckesi. Análise do texto Pedagogia e Tecnologia: A comunicação digital no Processo pedagógico, seguindo os métodos de leitura crítica do Luckesi. 1ª Leitura - Reconhecimento O texto trata das novas formas da educação frente ao uso de Tecnologias de Comunicação Digital (TCD), meio...

    964  Palavras | 4  Páginas

  • A Universidade que não queremos e a Universidade que queremos. p. 39 á 44! (LUCKESI, Cipriano) - RESUMO -

    da Universidade. Demonstrando o querer por uma universidade onde se possa lutar para conquistar espaços de liberdade, enquanto pensem, questionem, e proponham livremente. Fonte bibliográfica: LUCKESI, Cipriano et al. Fazer universidade: uma proposta metodológica. São Paulo: Cortez Editora, 2003, p.39-44. ...

    526  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento Fazer uma Universidade - LUCKESI

    nos mostra o sinal de que algo começa a ser feito, a partir de processos, entre os quais o que está forçando as universidades a saírem do seu marasmo e da subserviência. Referência bibliográfica: LUCKESI, Cipriano et al. Fazer universidade: uma proposta metodológica. São Paulo: Cortez, 2003. Capítulo IV. Produção e transmissão de conhecimento no Brasil. ...

    774  Palavras | 4  Páginas

  • tecnicismo no Brasil

    RESENHA CRÍTICA: Tecnicismo no Brasil REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1996. LUKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 2003. SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. São Paulo: autores associados, 20001. Autor: Carlos Alberto Almeida Prado Credenciais do Autor: Aluno do terceiro semestre do curso de licenciatura em eletromecânica do Instituto Federal da Bahia. Maria...

    1397  Palavras | 6  Páginas

  • Spaece

    município. Visto que se utiliza de cinco cores para identificar o nível alcançado pelos municípios sendo elas: Desejável; Suficiente Intermediário Alfabetização incompleta Não alfabetizado Os autores Edgar Morin, Emilio Roger e Raul Domingo Mota (2003), escrevem o livro “educar na era planetária – o pensamento complexo como método de aprendizagem no erro e na incerteza”. Utilizando as ideias de Edgar Morim, visto que o mesmo relata a crescente crise educacional que estamos vivendo, caracterizando-se...

    3698  Palavras | 15  Páginas

  • PEDAGOGIA TECNICISTA

    decorre do comportamento operante , por meio da utilização de princípios e estratégias próprias da psicologia behaviorista (LUCKESI,2003) Sobre os métodos ,ténicas e estratégias utilizadas no processo de ensino,cabe ressaltar que englobam procedimentos adequados à organização e ao controle das condições ambientais que assegurem transmissão e a recepção de informações. Luckesi ressalta o processo ensino aprendizagem: a) estabelecimento de comportamentos terminais, através de objetivos instrucionais;...

    676  Palavras | 3  Páginas

  • criação e produção

    CADERNO DE METODOLOGIA: DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2ª edição revista Tubarão, 2003 GRUPO DE METODOLOGIA CIENTÍFICA Vilson Leonel (Coordenador) Agostinho Schneiders Aldanei Tavares Alexandre de Medeiros Motta Elias Kuhnen Arent Émerson Lui 16247 Palavras65 Páginas O Conhecimento Cortez Editora São Paulo 1995 CAPÍTULO I O conhecimento: significado, processo e apropriação No cotidiano, o conhecimento parece ser alguma coisa tão corriqueira que nós não nos...

    1233  Palavras | 5  Páginas

  • Projeto: Avaliação nas series iniciais

    pois muitas avaliações, infelizmente, são apontadoras dos erros do aluno e não da valorização dos acertos. Para Luckesi, Na avaliação inclusiva, democrática e amorosa não há exclusão, mas sim diagnóstico e construção. Não há submissão, mas sim liberdade. Não há medo, mas sim espontaneidade e busca. Não há chegada definitiva, mas sim travessia permanente em busca do melhor. Sempre! (LUCKESI, 1997.) Portanto, diante da complexidade do tema, esse projeto objetiva a descrição dos vários tipos de...

    1419  Palavras | 6  Páginas

  • Avaliação escolar nas séries iniciais do ensino fundamental

    satisfatórias para se avançar no processo de aprendizagem, pois a esta tem como função compreender o estágio em que se encontra o aluno, e com isso trabalhar para o desenvolvimento do educando, no que se refere à aquisição de conhecimento necessário. (LUCKESI. 1994). De acordo com o explicitado, obtém-se a seguinte problemática: O que se deve fazer para que a avaliação educacional esteja mais presente, bem planejada e direcionada ao cotidiano do aluno? Ao avaliar o aluno, o professor deve utilizar diversas...

    4871  Palavras | 20  Páginas

  • resenha critica

    Lemos Mendes Curso: Engenharia Civil Data: 26/09/2013 Disciplina: ­Métodos e Técnicas de Pesquisa RESENHA CRÍTICA LUCKESI-CIPRIANO, Carlos Et al. Fazer universidade: uma proposta metodológica. 10. ed. São Paulo: Cortez,1998. Cripriano Carlos Luckesi nascido na cidade de Charqueada do Estado De São Paulo é licenciado em Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Católica do Salvador, Bahia (1970) , Bacharel em teologia...

    1306  Palavras | 6  Páginas

  • A Viabilidade dos Instrumentos de Avaliação

    tratados dados de pesquisa qualitativa e quantitativa realizada junto a educadores e educandos de escolas públicas do Distrito Federal. O referencial teórico deste baseou-se em autores como Jussara Hoffmann, Cipriano Carlos Luckesi (2011), Maria Teresa Estebam (2003), Charles Hadji (2001), José Eustáquio Romão (1999) dentre outros que muito contribuíram para se chegar aos objetivos. CAPÍTULO I CONCEITO, HISTÓRIA E LEGISLAÇÃO ACERCA DA AVALIAÇÃO. O presente capítulo trata do histórico...

    16348  Palavras | 66  Páginas

  • A avaliação mediando a aprendizagem

    a presente pesquisa, buscamos em de Luckesi (1999) seu conceito que afirma O termo avaliar tem sua origem no latim provindo da composição “a-valeré”, que quer dizer “dar valor a...”. Porém o conceito de “avaliação” é formulado a partir das determinações da conduta de “atribuir um valor ou qualidade a alguma coisa, ato ou curso de ação...” que, por si, implica um posicionamento positivo ou negativo em relação ao objeto, ato ou curso de ação avaliado. (LUCKESI, 1999, p.92-93) Neste sentido a avaliação...

    3497  Palavras | 14  Páginas

  • Universidade criação e produção de conhecimento

    sistema educacional, por sua vez, no que se refere a es 5001 Palavras21 Páginas Resenha Crítica Cipriano Luckesi - Universidade criação e produção de conhecimento RESENHA CRÍTICA Marcela Tavares Albarelli Design- Bacharelado 27/09/2013 Metodologia Científica LUCKESI, Cipriano et al. Fazer universidade: uma proposta metodológica. 10. ed. São Paulo: Cortez, 1998. 1. REFERÊNCIA BIBLIOGRAFICA LUCKESI,... 2162 Palavras9 Páginas Universidade criação e produçao de conhecimento RESENHA Universidade – criação...

    872  Palavras | 4  Páginas

  • A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM COMO PROCESSO CONSTRUTIVO DO ALUNO AUTOR

    no qual o aluno está inserido. Em outros casos avalia-se por avaliar, não retomando o processo de onde houve a provável falha. Talvez seja esse o grande problema, falta de sistematização e intencionalidade na avaliação, afinal por que avaliamos? LUCKESI (2011, pag. 149-150) esclarece que ao assumirmos tais pressupostos compreendemos que a avaliação é o processo de investigar a qualidade do que se propõe, ou seja, conhecer o que funcionou e o que não funcionou, diante dessa perspectiva realiza-se...

    1193  Palavras | 5  Páginas

  • O papel da didática na formação do educador

    nesse contexto. O papel da Didática na Formação do Educador. O autor Cipriano Luckesi retrata a importância da didática para que o educador tenha uma boa formação. Embora Luckesi não seja um experiente desta aréa, este reconhece a relevância da diciplina na vida do docente e que através desta disciplina ele possa desenvolver em sala de aulas habilidades necessárias no desenvolvimento de um bom ensino. Para Luckesi o educador precisa estar envolvido em suas práticas pedagógicas e ser capaz de...

    3962  Palavras | 16  Páginas

  • Artigo Prof Fernando Campos Aluno Marcos Heleno

    hoje, baseada em provas exames, surgiu no século XVI na educação jesuítica. Segundo Luckesi (2003): A tradição dos exames escolares, que concebemos hoje, em nossas escolas, foi sistematizada nos séculos XVI e XVII, com as configurações da atividade pedagógica produzidas pelos padres jesuítas (século XVI) e pelo Bispo John Amós Comênio (fim do século XVI e metade do século XVII) (LUCKESI, 2003, p.16). A avaliação, nesta concepção, tem a função única de examinar, pois...

    2105  Palavras | 9  Páginas

  • Avaliação na pedagogia tradicional

    tradicionalismo, são eles: chamada oral, prova escrita, exercício de fixação, arguições etc. Chueiri cita Luckesi para nos alertar sobre a diferença entre exame e avaliação. [...] a sala de aula é o lugar onde, em termos de avaliação, deveria predominar o diagnóstico como recurso de acompanhamento e reorientação da aprendizagem, em vez de predominarem os exames com recurso classificatórios. (LUCKESI, 2003 apud CHUEIRI, 2008, p. 54) De fato, o que verificamos é o uso da avaliação (exame) como meio de classificação...

    750  Palavras | 3  Páginas

  • Projeto de pesquisa - avaliação

    punição nas mãos desses docentes. “Por conta do contexto vivenciado no cotidiano escolar, muitos professores valem-se da avaliação como uma arma, instrumento de punição, demonstração de poder e autoridade.” (FERREIRA, 2004, p. 52) De acordo dom Luckesi (2000), a avaliação que se pratica na escola é a avaliação da culpa. Aponta, ainda, que as notas são usadas para fundamentar necessidades de classificação de alunos, onde são comparados desempenhos e não objetivos que se deseja atingir. Com essa...

    1913  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha Avaliação da Apredizagem

    LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. Ed. São Paulo: Cortez, 2011.p. 35-74. Cipriano Carlos Luckesi é Doutor em Educação, título obtido pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), 1992; Mestre em Ciências Sociais, grau obtido pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), 1976; Licenciado em Filosofia, pela Universidade Católica de Salvador, BA, (UCSal), 1970; Bacharel em Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo...

    902  Palavras | 4  Páginas

  • Quando já foi absorvido calor suficiente, algumas das moléculas do líquido podem ter energia necessária para começar a subir para a atmosfera.

    Convite à Filosofia. 13ª ed. São Paulo: Ática, 2003. 2) COSTA, Maria Cristina Castilho.. Sociologia : Introdução à Ciência da Sociedade. 3ª ed. Valinhos: Moderna, 2008. 3) SCURO NETO, Pedro. Sociologia ativa e didática : um convite ao estudo da ciência do mundo moderno. 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 2009. Bibliografia Básica Unidade : Faculdade Anhanguera de Piracicaba (FPI) 1) CHAUI, M.. Convite a Filosofia. 13ª ed. São Paulo: Atlas, 2003. 2) SCURO NETO, Pedro. Sociologia ativa e didática...

    4398  Palavras | 18  Páginas

  • REFLEXÕES SOBRE A AVALIAÇÃO EDUCACIONAL- Em Defesa da Avaliação Mediadora

    princípios que devem embasar o Rendimento Escolar), expõe resultados de pesquisas sobre o processo de avaliação educacional planejado e praticado na maior parte das escolas no momento atual, as quais foram realizadas por teóricos da educação (entre eles: Luckesi, Hoffmann, Freire, Hadji, Bordieu & Passeron e Wachowiz & Romanowski) e confirmadas através de observações feitas pela autora desse artigo, ao longo de quase trinta anos como professora no ensino fundamental, com o objetivo de não só, fazer uma análise...

    5701  Palavras | 23  Páginas

  • avaliação da aprendizagem

    educação Luckesi: A avaliação atravessa o ato de planejar e de executar, por isso, contribui em todo o percurso da ação planificada. A avaliação se faz presente não só na identificação da perspectiva político social, como também na seleção de meios alternativos e na execução do projeto, tendo em vista a sua construção. (...) a avaliação é uma ferramenta da qual o ser humano não se livra. Ela faz parte de seu modo de agir e, por isso é necessário que seja usada da melhor forma possível. (LUCKESI, 2002...

    1974  Palavras | 8  Páginas

  • Ciencias Da Educa O 2 Final

    Moura Graciele Diniz Letícia Oliveira Renato Ismael Robert Wender Paulo “Enquanto o planejamento é o ato pelo qual decidimos o que construir, a avaliação é o ato crítico que nos subsidia na verificação de como estamos construindo o nosso projeto” Luckesi Educação e sociedade: redenção, reprodução e transformação • Não há pedagogia que pressupostos filosóficos. • esteja isenta de Que sentido pode ser dado à educação, como um todo, dentro da sociedade? marginalidade escolar = compreender a relação...

    1140  Palavras | 5  Páginas

  • Avaliação da aprendizagem: Concepções e práticas na EEF Coronel Francisco Nunes Cavalcante

    avaliação da aprendizagem. Para melhor aprofundar nossas reflexões foram escolhidos alguns autores que serão essenciais para fundamentar as nossas discussões. Assim nosso trabalho será fundamentado nas concepções de avaliação de Luckesi, Jussara Hoffmann e Vasconcelos . Luckesi (2011, p.53) define avaliação como: O ato de avaliar implica coleta, análise e síntese dos dados que configuram o objeto da avaliação, acrescido de uma atribuição de valor ou qualidade, que se processa a partir da comparação...

    2043  Palavras | 9  Páginas

  • Um olhar sobre a teleologia educacional

    a educação como instrumento de transformação social. Dessa forma, concordamos com LUCKESI( 1990, p.33) quando afirma que, "a reflexão filosófica sobre a educação é que da o tom a pedagogia, garantindo-lhe a compreensão dos valores que, hoje, direcionam a prática educacional e dos valores que deverão orientá-la para o futuro". Sabemos que só podemos agir a partir de um esclarecimento da realidade. Como diz LUCKESI (1990, p.22), Filosofia é um corpo de conhecimento, constituído a partir de um esforço...

    1180  Palavras | 5  Páginas

  • E O SEU NOME É JONAS

    esclarecermos que a avaliação não é e não pode perdurar sendo a tirania da capacidade educativa, que ameaça a subjugar a todos. Segundo Jorba e Sanmartí (2003, p. 24) “avaliar é [...] a prática pedagógica que menos motiva os professores e mais os aborrece. Ao mesmo tempo, para os alunos, a avaliação é a atividade mais temida e menos gratificante”. Luckesi (2000, p. 08), afirma que, “o ato de avaliar não é um ato impositivo, mas sim um ato dialógico, amoroso e construtivo”.A avaliação não pode ser instrumento...

    2670  Palavras | 11  Páginas

  • Avaliação do processo ensino aprendizagem: limites e possibilidades

    conhecimento, por atuarem escolas de ensino fundamental com contextos socioculturais diferentes, na rede municipal de Criciúma. Realizou-se a fundamentação teórica com base em autores, como: Esteban (2002), Hoffmann (2006), Libâneo (2006), Luckesi (2009), Oliveira (2003), Rego (2008), Silva (2006), Vasconcellos (2002), Villas Boas (2004) e outros. 2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: PERSPECTIVA TEÓRICA A educação escolar brasileira teve seu desenvolvimento marcado, num primeiro momento...

    9440  Palavras | 38  Páginas

  • PEDAGOGIAS EMPIRISTAS ABORDAGEM TRADICIONAL

    como representativa do empirismo. Saviani (2008) a classificou entre as pedagogias ingênuas, ou seja, aquelas que acreditavam que a educação poderia proporcionar iguais oportunidades para todos. Luckesi (1994) a classificou como de tendência liberal por ter uma perspectiva que chamou de redentora. Luckesi cita como pedagogias liberais: a tradicional, a renovada progressista, a renovada não-diretiva e a tecnicista. A pedagogia liberal, segundo o autor, sustenta a ideia de que a escola tem por função...

    1401  Palavras | 6  Páginas

  • Avaliação da aprendizagem e a diversidade de saberes da EJA

    como o aluno se coloca diante da realidade ao construir suas verdades. Ela distingue o diálogo entre professor e aluno como indicador de aprendizagem, necessário à reformulação de alternativas de solução para que a construção do saber aconteça. Luckesi (2011) Considera o ato de planejar extremamente ligado ao processo de ensino e aprendizagem, para o autor é preciso quebrar o paradigma de que o planejamento é um ato simplesmente técnico e passar a se questionar sobre o tipo de cidadão que queremos...

    2185  Palavras | 9  Páginas

  • AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL NUMA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA

    Falar a respeito da avaliação em classes de Educação Infantil nos leva primeiramente a refletir sobre a prática avaliativa e suas reais abrangências, para tanto foi pesquisado as ideias de autores como: Fonseca (1998), Hoffmann (1993), Kramer (2003), Luckesi (2005), Oliveira (2002), entre outros. Dessa forma, o presente trabalho consiste em uma breve introdução do surgimento da Educação Infantil no Brasil, a questão do binômio estruturante do cuidar e educar no âmbito escolar e a avaliação buscando...

    3789  Palavras | 16  Páginas

  • Concepções de avaliação em cada tendência pedagógica

    tarefa destinada aos alunos exige participação individual de cada um deles. “O professor transmite o conteúdo na forma de verdade a ser absorvida: em consequência a disciplina imposta é o meio mais eficaz para assegurar a atenção e o silêncio.” (LUCKESI, 1992, p. 57) A ênfase para o ensino-aprendizagem neste método, é dada aos conteúdos e informações que tem de ser adquiridos e os modelos imitados, desta forma propiciará a formação de sujeitos prontos e acabados. Com a avaliação, que é realizada...

    2262  Palavras | 10  Páginas

  • Avaliação no plano de aula

    trabalho pedagógico desde seu planejamento até a sua execução, coletando dados para melhor compreensão da relação entre o planejamento, o ensino e a aprendizagem e poder orientar a intervenção didática para que seja qualitativa e contextualizada.” (Silva, 2003) A avaliação sob o ponto de vista relatado assim, traz a necessidade que a avaliação seja contínua e proponha uma diversidade de instrumentos avaliativos, para que assim se possa ter o maior número e variedade de informações sobre a prática educativa...

    1091  Palavras | 5  Páginas

  • Avaliação da aprendizagem e a diversidade de saberes da EJA

    como o aluno se coloca diante da realidade ao construir suas verdades. Ela distingue o diálogo entre professor e aluno como indicador de aprendizagem, necessário à reformulação de alternativas de solução para que a construção do saber aconteça. Luckesi (2011) Considera o ato de planejar extremamente ligado ao processo de ensino e aprendizagem, para o autor é preciso quebrar o paradigma de que o planejamento é um ato simplesmente técnico e passar a se questionar sobre o tipo de cidadão que queremos...

    2185  Palavras | 9  Páginas

  • Panorama evolutivo das tendências pedagógicas

    serem propostas mudanças a fim de transformar fazeres e saberes, problematizando-os, inserindo-os no cotidiano e na própria expressão do educador. Seguindo esse raciocínio, partirmos dos pressupostos teóricos discutidos por Libâneo (1994), Saviani (2003), Vygotsky (1991), e outros autores citados ao longo desse artigo, que a influência das diferentes tendências pedagógicas refletem no ecletismo do ensino atual. Essas 6 por sua vez estão classificadas em dois grupos: “liberais” e “progressistas”...

    3793  Palavras | 16  Páginas

  • avaliação

    ALGUNS CONCEITOS SOBRE AVALIAÇÃO Dentro da literatura encontra-se diversos autores que abordam o tema sobre avaliação, e que servirá como passo inicial para a realização deste estudo. Luckesi (1994, p.172) enfatiza que: A avaliação torna-se um instrumento fundamental na medida em que ela seja exercida segundo o seu significado constitutivo. É o julgamento de valor sobre manifestações relevantes da realidade para uma tomada de decisões. Para o autor, para avaliar, é necessário que se faça...

    809  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia e Educação

    sustentando uma ação no modo de agir. A filosofia não é de modo algum uma simples abstração independente da vida. Ela é, ao contrario, a própria manifestação da vida humana e a sua mais alta expressão. Traduz o sentir, o pensar e o agir do homem. (LUCKESI, 1995, p23). Assim, podemos dizer que a filosofia idealiza a vida humana em todos os seus processos e em todos os seus momentos. No entanto, a filosofia oferece um direcionamento e compreensão da existência humana, um rumo a seguir e até mesmo guiar...

    930  Palavras | 4  Páginas

  • A Importância da Avaliação Mediadora nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental: Desafios a Vencer

    metodologicamente, na pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa alçada nos critérios descritivo, explicativo e exploratório, utilizando fontes escritas em língua vernácula, fundamentada na teoria de alguns autores como HOFFMANN (2003 e 2004), MENDEZ (2002), LUCKESI (2000). Os resultados apontam a importância de uma avaliação mediadora que contribuem com ênfase para uma ação participativa. Assim, é através das ações propostas por estes profissionais que se enfatiza a importância das articulações...

    15866  Palavras | 64  Páginas

  • Avaliaçao escolar

    marginalização, onde a avaliação era feita através de julgamentos que delimitavam a permanecia do aluno na escola. Para Luckesi (1998, p.171): As finalidades e função das provas e exames são compatíveis com a sociedade burguesa e exatamente por essa herança cultural que hoje torna-se difícil realizar a avaliação na integridade de seu conceito, no exercício de atividades educacionais (LUCKESI, 1998, p.171) Mas a avaliação do ensino e aprendizagem deve ser considerada como um processo contínuo e sistêmico...

    4355  Palavras | 18  Páginas

  • A importância do planejmento

    a realidade educacional vivenciada. O planejamento escolar procura compreender o homem em sua realidade pessoal e em seu contexto sócio-histórico, político e cultural. Nesse sentido é importante percebemos que, de acordo com Menegolla e Sant`Anna (2003), é importante a existência de um planejamento que dimensione o processo educativo e reconstrutivo do homem, o qual deve visar o planejamento da ação educativa do homem. Palavras-chave: Planejamento, Educação Infantil, avaliação,Processo...

    3185  Palavras | 13  Páginas

  • AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS DO PROEJA

    LITERATURA Nesta parte do trabalho apresentam-se os subsídios teóricos que fundamentam a pesquisa e que foram os seguintes: avaliação, critérios de avaliação, tipos de avaliação, concepções de avaliação e PROEJA. 2.1 AVALIAÇÃO Ramos (2003, p.18), explica que “avaliação é julgar ou fazer a apreciação de alguém ou de alguma coisa tendo como base uma escala de valores [ou] interpretar dados quantitativos e qualitativos para um parecer ou julgamento de valor, tendo por base padrões ou critérios”...

    5321  Palavras | 22  Páginas

  • Trabalho CIPRIANO LUCKESI

    CIPRIANO LUCKESI :OS DESAFIOS DA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM Claudionora¹ Eliaquim videira1 Mayra marry¹ Rildo nascimento2 Tarciane melo¹ Thanagra borges ¹ Resumo Este documento tem como objetivo destacar em algumas precauções em relação à avaliação da aprendizagem. Para trabalhar em avaliação, é preciso cautela com o estado emocional do avaliador, a média de funcionamento no contexto das relações interpessoais e dos seus recursos metodológicos; de acordo com a referência Carlos Cipriano Luckesi palavras...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • monografia

    nem se dará num vazio conceitual, mas sim dimensionada por um modelo teórico de mundo e de educação, traduzido em prática pedagógica. (LUCKESI, 1995, p. 28). Reconhecer as diferentes trajetórias de vida dos educandos implica flexibilizar os objetivos, os conteúdos, as formas de ensinar e avaliar, ou seja, contextualizar e recriar o currículo. Segundo Luckesi (1995), a avaliação tem sua origem na escola moderna com a prática de provas e exames que se sistematizou a partir do século XVI e XVII...

    10797  Palavras | 44  Páginas

  • O papel da didatica na formação do educador

    papel da Didática na formação do Educador. Segundo Luckesi educador é aquele profissional, que procura criar condições de condutas desejáveis e diz mais, que a formação do mesmo se constitui em bases filosóficas, cientificas técnicas e afetivas para cada tipo de ação que ele vai produzir, mas que este tem que ter a consciência que ele nunca estará suficientemente preparado, pois deve a cada dia meditar sobre a sua prática pedagógica. Luckesi traz um grande questionamento afirmando que todos somos...

    5975  Palavras | 24  Páginas

  • TEMA INTERVENCAO PEDAGOGICA Novo

    interagindo no processo educativo. Refletir sobre o planejamento e sua importância devem ser um trabalho incessante dos professores, para que se possa criar a busca constante da qualidade do ensino . Fundamentação Teórica: Segundo Menegolla e Sant’ Anna (2003) dizem que: “Pensar o dia a dia é planejar a nossa ação para atingir os nossos desejos”, dessa forma podemos tornar nosso trabalho mais satisfatório, planejando a partir das necessidades e urgências que se nota na realidade, prevendo uma ação que se...

    740  Palavras | 3  Páginas

  • Juscicleia

    | | ARANHA, Mª Lúcia e MARTINS, Mª Helena. Filosofando. São Paulo: Moderna, 2003. CHAUI, Marilena...

    599  Palavras | 3  Páginas

  • A filosofia da educação como base de questionamento

    proposição organizada e coerente de agir [...] A filosofia não de modo algum uma simples abstração independente da vida. Ela é, ao contrário, a própria manifestação da vida humana e a sua mais alta expressão. Traduz o sentir, o pensar e o agir do homem. (Luckesi, 1995, p.23). Evidente que o/a homem/mulher, não se alimenta de filosofia, mas sem dúvida nenhuma, vive com a ajuda da filosofia. Neste sentido prossegue o autor em referência, 3 O que importa ter claro, por ora, é o fato de que a filosofia nos...

    2471  Palavras | 10  Páginas

  • Educação e sociedade

    educação dentro de seus condicionantes e agir estrategicamente para a sua transformação. Propõe desvendar e utilizar-se das próprias contradições da sociedade, para trabalhar realisticamente (criticamente) pela sua transformação. Bibliografia: LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação, São Paulo: Cortez, 1993 – Coleção magistério 2º grau Série Formação do Professor. p. 37-51. TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR 1. PEDAGOGIA LIBERAL 1.1. Tendência liberal...

    524  Palavras | 3  Páginas

  • Plano de aula pra quê?

    Recurso Didático: O material escolhido para o desenvolvimento do trabalho em sala de aula. Este deverá ser aquele que desperte interesse nas crianças, mas que,  principalmente,  esteja realizando o objetivo do plano. Avaliação: De acordo com Luckesi (1992), “enquanto o planejamento é o ato pelo qual decidimos o que construir, a avaliação é o ato crítico que nos subsidia na verificação de como estamos construindo o nosso projeto”.             O professor deve fazer uma auto-análise da aula, para...

    660  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho de avaliação eaprendizagem

    transformadora. São Paulo: Libertad, 2003. * Hoffman, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção - da pré-escola à universidade, Porto Alegre, Educação e Realidade, 1993. * Hoffman, Jussara. Pontos e Contrapontos. Do pensar ao agir em avalição. São Paulo, Editora Mediação, 1998. * Cipriano Carlos Luckesi, Avaliação da aprendizagem escolar, Cortez Editora, São Paulo, 2005, 17ª edição, 180 páginas. * Cipriano Carlos Luckesi, Avaliação da aprendizagem na escola:...

    1746  Palavras | 7  Páginas

  • dissertação

    arraigada ao ser humano em suas relações com o outro e com o meio. Desde os seus primórdios, a avaliação apresenta-se agregada a processos de escolha. Segundo Esteban (2003, p. 29), a avaliação sempre consistiu numa atividade de controle com o objetivo de incluir e excluir sujeitos. Os estudiosos Sobrinho (2002, p. 18-19) e Esteban (2003, p. 30) destacam momentos em registros da história antiga nos quais a avaliação mostrou um papel importante na organização da sociedade. A burocracia chinesa utilizava-se...

    46072  Palavras | 185  Páginas

  • AVALIAÇÃO NO CONTEXTO ESCOLAR

    Examinar para Avaliar Numa perspectiva diacrônica, podemos remontar às práticas de avaliação sob a forma de exames e provas, usadas em colégios católicos da Ordem Jesuítica e em escolas protestantes, a partir do século XVI. Conforme Luckesi (2003): A tradição dos exames escolares, que conhecemos hoje, em nossas escolas, foi sistematizada nos séculos XVI e XVII, com as configurações da atividade pedagógica produzidas pelos padres jesuítas (séc. XVI) e pelo Bispo John Amós Comênio...

    4701  Palavras | 19  Páginas

  • Resenha do artigo. O educador: Quem é ele? de Cipriano Luckesi

    ARTIGO: O Educador: Quem é ele? Cacoal 2014 O educador: quem é ele? Resenhado por: Lucas da Costa Silva LUCKESI, Cipriano Carlos. O educador: quem é ele. Disponível em:< http://www.luckesi.com.br/artigos_abc_educatio.htm >. Acesso em: 19 Nov. 2014. Cipriano Carlos Luckesi é Licenciado em filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Católica do Salvador, Bahia, Bacharel em Teologia pela Faculdade...

    680  Palavras | 3  Páginas

  • Pesquisa bases educacionais

    situada. Entretanto, compreende-se que a educação está aberta a questionamentos. Por isso, acredita-se que a Filosofia é uma das muitas alternativas para se tentar pensar a educação como instrumento de transformação social Dessa forma, concorda-se com LUCKESI (1990, p.33) quando afirma que, "a reflexão filosófica sobre a educação é que dá o tom a pedagogia, garantindo-lhe a compreensão dos valores que, hoje, direcionam a prática educacional e dos valores que deverão orientá-la para o futuro". Então, se...

    1773  Palavras | 8  Páginas

  • A Avaliação como processo de construção do conhecimento

    docentes com relação à avaliação, refletir sobre o real significado da avaliação e assim avaliar de forma contínua para que não ocorra o fracasso escolar. Para elaboração do trabalho pesquisou-se vários referenciais teóricos tais como, Perrenoud (1999), Luckesi (2002) e outros que defendem e tem uma visão mais significativa sobre o que é avaliação. Os diversos conceitos a respeito de avaliação educacional, suas diferentes concepções e conseqüentemente as reflexões necessárias para enriquecer o processo...

    3897  Palavras | 16  Páginas

  • Prática pedagógica na educação infantil

    acompanhamento na organização do trabalho pedagógico. Grosso modo, analisando a realidade educacional, constatamos que, apesar de estudos (HOFFMANN, 2010; LUCKESI, 1997; PERRENOUD, 1999) terem apontado para a necessidade da ressignificação das tradicionais práticas avaliativas, estas ainda realçam as práticas de mensuração baseadas na pedagogia do exame (LUCKESI, 1997) visto que o cenário educacional ainda desenvolve ações de examinar em detrimento de avaliar. As reflexões ora empreendidas pontuam a necessidade...

    3745  Palavras | 15  Páginas

  • Avaliação no Ensino Superior

    sucesso. Assim sendo cabe ao docente a tomada de inúmeras decisões no que dizem dos objetivos, conteúdos e procedimentos, porém a decisão de como e o que avaliar é tarefa que exige altíssimo desenvolvimento de conhecimentos e habilidades. No entanto, Luckesi já afirma que é necessário saber a diferença entre examinar e avaliar, pois examinar é classificatória e seletiva, opera com desempenho final, importa somente a resposta os exames são pontuais, são cortantes, pois só valem naquele exato momento, não...

    12010  Palavras | 49  Páginas

  • A importância de trabalhar com projetos e seus benefícios para com os envolvidos.

    diagnóstica, ou seja, deveria ser um instrumento dialético do avanço, um instrumento de identificação de novos rumos. “Enfim, terá de ser o instrumento do reconhecimento dos caminhos percorridos e da identificação dos caminhos a serem perseguidos” (LUCKESI, 1995, p.43). Assim sendo é fundamental que a questão a ser pesquisada parta da curiosidade, das dúvidas, das indagações do aluno, ou dos alunos, e não imposta pelo professor. Isto porque a motivação deve andar umbilicalmente ligada a realidade...

    1693  Palavras | 7  Páginas

  • Avaliativas de projeto multidicisplinarii

    | |Leia as questões abaixo e responda individualmente. | |Para finalizar, salve o arquivo em formato Word 97-2003 (.doc), contendo: | |Seu nome e seu RA | |Nome do tutor...

    2997  Palavras | 12  Páginas

  • filosofia da educação

    organizada e coerente de agir [...] A filosofia não de modo algum uma simples abstração independente da vida. Ela é, ao contrário, a própria manifestação da vida humana e a sua mais alta expressão. Traduz o sentir, o pensar e o agir do homem. (Luckesi, 1995, p.23) 7 2. FILOSOFIA E EDUCAÇÃO A filosofia analítica da educação, seguindo a caracterização apresentada nos parágrafos anteriores, não discorre sobre o fenômeno da educação, como tal, mas sim sobre o que tem sido dito acerca desse...

    7569  Palavras | 31  Páginas

  • Etica, economia e educação

    capazes de realizar os interesses da economia, formando para Meneses (1997) um “casamento perfeito”. Além disso, as formações iniciais ou continuadas (principalmente em EAD dos professores) estão sendo penalizadas pelo economicismo.Segundo Barreto (2003, p.25): O foco não poderia ser mais específico e a perspectiva mais instrumental: a EAD subsume as TIC e ela mesma é reduzida de modalidade a “instrumento” para uma “finalidade” (formar professores a distância, com “certificação ou diploma”). Em...

    1439  Palavras | 6  Páginas

tracking img