Leia Capitulo 5 O Homem Cordial Do Livro Raizes Do Brasil artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha do livro raízes do brasil

    RESENHA DO LIVRO RAÍZES DO BRASIL (CAPÍTULOS 5 E 6) DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA Centro Universitário Toledo Araçatuba 2013 Sérgio Buarque de Holanda nasceu em 1902 em São Paulo. Era filho de migrante pernambucano, funcionário público do Estado de São Paulo na área da saúde, professor de botânica na Escola de Farmácia e Odontologia, e trabalhou também no serviço sanitário do Estado. S. B. de Holanda teve uma formação escolar formal e regular sofrendo autoritarismo paterno e levou uma vida urbana...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • O Homem Cordial

    O HOMEM CORDIAL Balneário Camboriú Setembro de 2013. Sociesc / FLC O HOMEM CORDIAL Jessica Dorigon Mayron Reinert Metayer Aretha Joseph Scheila Adams Willian Maciel Trabalho apresentado a Professora Edicleia da disciplina Ciência Sociais e Politicas da turma do primeiro período noturno do curso de administração. Balneário Camboriú Setembro de 2013. INTRODUÇÃO Trabalho realizado em grupo referente ao capítulo 5 “O Homem Cordial”, do...

    674  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento raizes do brasil - cap. 4 e 5

    Raízes do Brasil: Capítulo 4 - Semeador e o Ladrilhador Capítulo 5 - O Homem Cordial HOLANDA, Sérgio Buarque de: Raízes do Brasil Primeira publicação feita em: 1936 Editora: Cia das Letras, 220 páginas. Dividido em 7 capítulos: 1- Fronteiras da Europa 2- Trabalho e Aventura 3- Herança Cultural 4- O Semeador e O Ladrilhador 5- O Homem Cordial 6- Novos Tempos 7- Nossa Revolução Raízes do Brasil - Sérgio vai encontrar no passado colonial, uma herança para o...

    2367  Palavras | 10  Páginas

  • Raízes do brasil

    1 A QUESTÃO DA DEMOCRACIA EM RAÍZES DO BRASIL DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA Rodrigo Ruiz SANCHES* RESUMO: Com este artigo pretendemos analisar como o conceito de democracia aparece em Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda. O objetivo de Raízes do Brasil é buscar em nosso passado os motivos do entrave democrático brasileiro. Além de ser seu livro de estréia, ele é um ensaio, portanto, uma forma de análise mais solta e mais sintética. A preocupação com a questão democrática aparece neste...

    9331  Palavras | 38  Páginas

  • Raízes do Brasil

    INTRODUÇÃO Nesta obra, considerada fundamental para entendermos o Brasil que vivemos, Sérgio Buarque de Holanda mostra como o processo de colonização pelos portugueses influenciou o comportamento do povo brasileiro. Dificuldades de separar o público do privado, o pequeno apreço pelo trabalho, e ainda o chamado “homem cordial”. Todos temas tratados pelo autor, buscando assim dar mais clareza à nossa identidade. CAPÍTULO 1 – FRONTEIRAS DA EUROPA Aqui o autor mostra que os países ibéricos...

    903  Palavras | 4  Páginas

  • Raízes do brasil

    Raízes do Brasil” Sergio Buarque de Holanda ● Nasceu em São Paulo, em 11 de julho de 1902. Em São Paulo terminou o ginásio, mas começou sua vida universitária no Rio de Janeiro, onde cursou a Faculdade de Direito a partir de 1921. ● Jornalismo e crítica literária, exercida em jornais e revistas, foram sua atividades principais até 1930. ● Participou do movimento modernista em 1922. Foi um dos fundadores, em 1924, da revista Estética, editada no Rio de Janeiro. ● Em 1929, viaja para a Europa...

    6271  Palavras | 26  Páginas

  • Resenha sobre o livro raízes do brasil de sérgio buarque de holanda)

    DISCIPLINA: HISTORIOGRAFIA BRASILEIRA PROF.: RENAN SILVA ALUNO: HERBSTEN SOUSA SILVA (ROZAMATO) RESENHA O livro Raízes do Brasil (Companhia das Letras. Sérgio Buarque de Holanda) traz como tema, em seu capítulo 5, “o homem cordial”, instigante, breve e curioso, pois conscientiza os brasileiros sobre muitos comportamentos existentes ainda hoje em nossa sociedade. O capítulo é dividido em seis subtemas, formando uma sequência de informação para que o entendiment o do tema central seja fundamentado...

    1044  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha critica de raízes do brasil

    RESENHA DO LIVRO RAÍZES DO BRASIL DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA IGUATU - ABRIL/2012 DE HOLANDA, Sérgio Buarque, Raízes do Brasil. Coleção Intérprete do Brasil, Nova Cultural São Paulo – SP, 2001. A obra Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda, foi publicada em 1936. O livro não muito extenso tem uma linguagem simples e objetiva e encontra-se dividido em sete capítulos, assim intitulados: Capítulo I Fronteiras da Europa; Capítulo II Trabalho & Aventura; Capítulo III Herança...

    2827  Palavras | 12  Páginas

  • Interpretação do brasil

    Correia, Danilo Miranda, João Hirs, Rafaela Reis SIGNIFICADO DE RAÍZES DO BRASIL – Resumo esquemático O livro Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda, escrito em 1936 traz um conceito histórico do que é o Brasil. O título já propõe que se trata de uma análise de suas bases e da influência que o colonizador trouxe e, de certa forma, fixou aos costumes e características da sociedade brasileira. O livro é dividido em 7 capítulos, que vai desde as características dos países da Península Ibérica...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha crítica do livro raízes do brasil

    Raízes do Brasil foi publicado em 1936 sob a autoria de Sérgio Buarque de Holanda. O livro é curto, discreto, claro e objetivo divide-se em sete capítulos que, juntos, teorizam sobre nossa formação histórica e social, porém nesse trabalho irei falar apenas dos capítulos 1, 2 e 5 conforme pedido pelo professor. No primeiro capítulo da obra, Sérgio Buarque mostrou que os países Ibéricos eram os que faziam fronteiras entre a Europa e o mundo através do mar. Ficavam um pouco à margem do resto da Europa...

    1099  Palavras | 5  Páginas

  • LIVRO RAÍZES DO BRASIL

    Luiz Homero Groff RAÍZES DO BRASIL DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA COMO PÓLO DE RELAÇÕES DE INTERTEXTUALIDADE Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Letras – Mestrado, Área de Concentração em Leitura e Cognição, Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Letras. Orientador: Prof. Dr. Jorge Alberto Molina Santa Cruz do Sul, novembro de 2007 2 BANCA EXAMINADORA Prof. Dr. Jorge Alberto Molina (UNISC)(Orientador) ...

    32352  Palavras | 130  Páginas

  • Resumo raízes do brasi

    l UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL FACULDADE DE DIREITO TADASHI GABRIEL NISHIHIRA KATSUREN RESUMO DO LIVRORAÍZES DO BRASIL” CAMPO GRANDE 2011 TADASHI GABRIEL NISHIHIRA KATSUREN RESUMO DO LIVRORAÍZES DO BRASIL” Trabalho apresentado ao Professor Marcio Canedo das disciplinas de Ciência Política e Teoria Geral do Estado da turma do 1º Semestre, turno noturno...

    3611  Palavras | 15  Páginas

  • raizes do brasil

    Um clássico por amadurecimento: RAÍZES DO BRASIL* Luiz Feldman Em texto publicado em julho de 1950 no Diá­rio Carioca, o então diretor do Museu Paulista e presidente da seção estadual da Associação Brasileira de Escritores, Sergio Buarque de Holanda, registrava o declínio do método interpretativo no estudo da História. A entronização do “fato puro” e a renúncia à imaginação poderiam representar, alertava, um retrocesso. Na verdade, além do empenho na coleta dos dados, era preciso que o historiador...

    15659  Palavras | 63  Páginas

  • O homem Cordial

    O homem Cordial A hipótese do “homem cordial”, se não for a principal, certamente é uma das principais hipóteses do trabalho de Sérgio Buarque de Holanda em seu livroRaízes do Brasil”. Holanda mostra como a família patriarcal no Brasil contribuiu para a formação do “homem cordial”, aquele individuo que não consegue separar o público do privado, que não consegue entender que a vida no Estado burocrático deve ser impessoal e não pessoal. Na verdade, Holanda afirma que o “homem cordial” é a contribuição...

    12173  Palavras | 49  Páginas

  • Sergio Buarque de Hollanda - Raízes do brasil

    Análise de Raízes do Brasil Uma visão sobre a obra de Sérgio Buarque de Holanda Ana Luiza Ferreira, Carolina Reis, Fernanda Mendes, Gisele Nishiyama, Paula Chaves e Samira Calais Estudantes de Graduação de Comunicação Social DAH - Universidade Federal de Viçosa. Resumo: Este trabalho foi elaborado como conclusão do curso “Formação Histórica do Brasil” sob a orientação de Ana Maria Dietrich. O presente artigo tem por objetivo fazer algumas considerações a respeito da vida, da obra e do...

    4564  Palavras | 19  Páginas

  • Fichamento sobre o livro raízes do brasil de sérgio buarque de holanda

    Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda, publicado em 1936, é uma interpretação original da decomposição da sociedade tradicional brasileira e da emergência de novas estruturas políticas e econômicas. Uma visão inovadora que introduziu os conceitos de patrimonialismo e burocracia, explicando os novos tempos. Na obra, Sérgio Buarque buscou na história colonial as origens dos problemas nacionais. ele descreveu o brasileiro como um “homem cordial”, isto é, que age pelo coração e pelo sentimento...

    1214  Palavras | 5  Páginas

  • resenha raizes do brasil

    RAÍZES DO BRASIL CAP. 1 – FRONTEIRAS DA EUROPA Neste capítulo, o autor afirma que o fato dominante e rico em consequências, como: a tibieza do espírito de organização, da solidariedade, do privilégios da vida social no Brasil está nas origens da sociedade brasileira. Assinala que o produto do trabalho ou da preguiça do povo brasileiro participa de um sistema de evolução próprio de outro clima e de outra paisagem, tornado-os desterrados da sua terra. Propõe averiguar a dimensão da representação...

    3483  Palavras | 14  Páginas

  • Raízes das instituições jurídicas do brasil: algumas contribuições de sérgio buarque de holanda.

    RAÍZES DAS INSTITUIÇÕES JURÍDICAS DO BRASIL: ALGUMAS CONTRIBUIÇÕES DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA. Samuel Martins Santos Mestrando em Teoria e Filosofia do Direito Bolsista CAPES. e-mail: smsantos_77@hotmail.com RESUMO: O objetivo do texto é uma aproximação da obra ‘Raízes do Brasil’, de Sérgio Buarque de Holanda, como fonte de estudo da História das instituições jurídicas. Com destaque para elementos formadores da cultura brasileira e citações sobre as instituições legais, práticas dos agentes...

    4931  Palavras | 20  Páginas

  • raízes do Brasil

    . FICHAMENTO SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA -Tipo de base: livro -Autor: Sérgio Buarque de Holanda -Título: Raízes do Brasil -Assuntos: -O Semeador e o Ladrilhador. Cap.4 ; -O Homem Cordial. Cap.5. Págs 61 a 112 -Palavras chaves: construção das cidades; colônia portuguesa; colônia espanhola, família, Estado. -Local, editora, data e edição: Rio de Janeiro: J.Olympio, 1978. 1ª ed. Resumo do texto (cap.4): No texto o autor aborda a colonização portuguesa sempre comparando-a com...

    2107  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo do capítulo 5 (o homem cordial) do livro Raízes do Brasil

    Resumo do Capítulo 5Homem Cordial – do livroRaízes do Brasil” Sérgio Buarque de Holanda Evelyn de Morais Lasak1 O Estado, para Sérgio Buarque de Holanda, não se configura como uma continuidade do círculo familiar. Há uma relação conflituosa entre Estado e família. Como exemplo, ele utiliza o mito de Antígona e Creonte para demonstrar a oposição existente nessa relação. De forma resumida, esse mito conta a história de Antígona, uma irmã leal que desejava sepultar seu irmão, Polinices, que...

    784  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha -O homem cordial - Sérgio Buarque de Holanda - Raízes do Brasil

    Buarque de. “O homem cordial”, p.142-151. In.____ Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, [1936], 1995. Sérgio Buarque de Holanda (1902-1982) foi um dos mais importantes historiadores brasileiros. Foi também crítico literário, jornalista e um dos fundadores do partido dos trabalhadores (PT). Formou-se em Ciências Jurídicas e sociais pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil (atual UFRJ) em 1925. De suas principais obras podemos destacar “Raízes do Brasil”, que é considerado...

    519  Palavras | 3  Páginas

  • ANÁLISE DO LIVRO

    ANÁLISE DO LIVRO: RAÍZES DO BRASIL HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26ªed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. 220p.. Raízes do Brasil, cuja 1ª edição é datada de 1936, teve em 1947consideraveis modificações, onde o autor não hesitou em “precisar ou ampliar sua substância”. Entre estes ajustes, destaca-se a denominação dos capítulos “herança rural” e “O semeador e o Ladrilhador”, que anteriormente se intitulava “O passado agrário”. Outras alterações também foram feitas na edição...

    622  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha: holanda, sérgio buarque de. raízes do brasil. são paulo: companhia das letras, 2010. 220p.

    aprendera latim e alemão, e também onde viria a conhecer o professor de História, Afonso de Taunay, que mais tarde seria o responsável pela publicação de seu primeiro artigo no Jornal Correio Paulistano, de onde recorto o seguinte fragmento: "O Brasil há de ter uma literatura nacional, há de atingir, mais cedo ou mais tarde a originalidade literária, a inspiração em assuntos nacionais, o respeito das nossas tradições e a submissão às vozes profundas da raça acelerarão esse resultado final(...)é...

    4109  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha do livro: raízes do brasil

    Holanda, Sergio Buarque de. Raízes do Brasil. Compainha das Letras, 2009, São Paulo: “O Significado de Raízes do Brasil” (Antonio Candido), “O Ladrilhador e o Semeador”, “O Homem Cordial”, “Raízes do Brasil e depois” (Everaldo Cabral de Mello). Raízes do Brasil, de Sergio Buarque de Holanda é um livro que ainda hoje é considerada como uma obra de fundamental importância e de grande significado para todo o processo de estudo histórico-cultural do Brasil, o qual influi e muito as ciências sociais...

    1590  Palavras | 7  Páginas

  • Raizes do brasil

    Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda Universidade: Unicamp Instituto de Filosofia e Ciências Humanas Disciplina: Antropologia no Brasil Ano: 1o semestre 2006 Professor: Luiz Henrique Passador Resenha do livro: Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda O momento era pós Revolução de 30, de descrença no liberalismo tradicional, quando os ideais integralistas e socialistas estavam fortemente presentes, e em conseqüente constante divergência. Levado por tais tensões contemporâneas...

    1454  Palavras | 6  Páginas

  • O Jeitinho do homem cordial

    O jeitinho do homem cordial Publicado em 1936, Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda, tornou-se obra-chave de interpretação do país por identificar um informalidade descompromissada com a ética, incompatível com a vivência democrática Oscar Pilagallo Poucos conceitos se prestam a tamanha confusão quanto o de “homem cordial”, central no livro Raízes do Brasil, do historiador Sérgio Buarque de Holanda (1902-1982). Logo após a publicação da obra em 1936, o escritor Cassiano Ricardo implicou...

    885  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo Ra Zes Do Brasil

    Resumo: HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Cia da Letras, 2013. Páginas: 93 a 188 (Capítulo 4, 5, 6 e 7). RAÍZES DO BRASIL CAPÍTULO 4: O SEMEADOR E O LADRILHADOR A fundação de cidades como instrumento de dominação O autor compara a fundação de cidades nos processos de colonização Espanhóis e Portugueses na América. “Em nosso próprio continente a colonização espanhola caracterizou-se largamente pelo que faltou à portuguesa: uma aplicação insistente em assegurar o predomínio...

    3219  Palavras | 13  Páginas

  • Raízes do Brasil- Capitulo 2(Trabalho e Aventura)

    Curso de comunicação social, jornalismo em multimeios- 1°período Marcas e marcos histórico A partir da leitura feita, é importante ressaltar que o livro Raízes do Brasil, estabelece uma metáfora; essa que remete ao início de toda a história da construção do Brasil, ou seja, desvendar e analisar as ‘raízes’ que foram fincadas -plantadas- por nossos colonizadores. E realmente essa obra nos descreve a compreensão da formação da nossa sociedade contemporânea, passando pelo contexto colonial, abolição...

    1025  Palavras | 5  Páginas

  • Raízes do Brasil - Sérgio Buarque de Holanda

    Formação Política e Econômica do Brasil CURSO: Relações Internacionais – 1º ano (Noturno) RESUMO CRÍTICO: Raízes do Brasil Raízes do Brasil é um livro publicado por Sérgio Buarque de Holanda em meados dos anos 1930 que trás essencialmente a busca por uma identidade nacional. Foi inovador em seu contexto e trazendo um objetivo político, sociológico e psicológico, ele mergulha no passado tentando assim, ver nosso futuro. Sérgio Buarque procura a essência do homem brasileiro, e constrói um panorama...

    519  Palavras | 3  Páginas

  • Raizes do brasil

    Resenha do livroRaízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda Publicado em fevereiro 17, 2010 por vinciussantosdemedeiros Trabalho apresentado à professora Ana Maria Mauad (UFF), no curso de Teoria, métodos e historiografia (TMH), em 2009. HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Companhia das Letras, 2008, São Paulo, 220 páginas. Raízes do Brasil – Metáforas, conceitos e tipos ideais que enriqueceram nossa historiografia por Vinícius S. Medeiros Publicado em 1936, tendo sido reeditado...

    2667  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha do livro raizes do brasil

    Raízes do Brasil – Sergio Buarque de Holanda Resenha Fernanda Rodrigues 2011 O conteúdo programático do livro é estruturado em sete capítulos, o primeiro, intitulado Fronteiras da Europa, descreve a influência da cultura portuguesa sobre a brasileira. Faz uma análise psicológica do português, tentando explicar sua incapacidade indelével para estabelecer uma organização...

    992  Palavras | 4  Páginas

  • Raizes do Brasil - Uma Resenha

    Leo Del Nery Livro Raízes do Brasil – Uma Resenha Por Leo Del Nery O livroRaízes do Brasil” publicado em 1936, reeditado e revisado posteriormente, de autoria de Sérgio Buarque de Holanda, um dos mais importantes historiadores brasileiros, e pai do Chico Buarque. Há uma gama de predicados e referencias citações sobre o autor, mas vamos nos ater à obra em questão. O livro permanece ate hoje junto com “Casa Grande e Senzala – Gilberto Freire” e “Formação do Brasil Contemporâneo – Caio...

    976  Palavras | 4  Páginas

  • o homem cordial

    me ajudou muito, o livro raizes do brasil e uma leitura muito dificil. Sergio Buarque de Holanda apresenta a mediação de classes sob uma outra óptica, embora as raízes de ambos, Sergio e Gilberto, estejam apontando para elementos que encobrem as desigualdades sociais por uma espécie de fetiche. A óptica do autor de Raízes do Brasil é á do "homem cordial", aquele cuja característica é o horror às distâncias, que tem suas raízes na esfera do íntimo, do familiar e do privado, cujas origens, por sua...

    782  Palavras | 4  Páginas

  • O homem cordial - Resenha

    Resenha: HOLANDA, Sérgio Buarque de. O homem cordial. In: Raízes do Brasil: 26 ed. São Paulo: companhia das letras, 1995. O "homem cordial", capítulo V do livro Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda, escrito em 1936, aborda características da essência do povo brasileiro e busca estudar o perfil de uma identidade nacional na época colonial para identificar as origens dos problemas nacionais. Para Sérgio Buarque, o "homem Cordial" apresenta uma oposição entre o círculo familiar e o Estado...

    705  Palavras | 3  Páginas

  • homem cordial

    conceito do “homem cordial” e do “favor”. Vestígios do que somos hoje são encontrados em um passado comum a todos nós. A essência do povo brasileiro está nos resquícios do processo de formação da sua história, onde a mistura do caráter de cada povo -tido caráter como o aspecto da personalidade responsável pela forma habitual e constante de agir peculiar de cada indivíduo- resultou na formação de homens com aspectos nos vícios de uma sociedade antiga e patriarcal. No capítulo sobre “homem cordial” no livro...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • Raízes do Brasil

    Disciplina: Estado Constitucional e Democracia Professor: Dr. Marcos Augusto Maliska Mestrando: André Kompatscher HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Companhia das Letras, 2008, São Paulo, 93 - 193 páginas. Publicado em 1936, tendo sido reeditado e revisado em 1947 e 1955, Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda, permanece ainda hoje como livro de fundamental importância para a historiografia e as ciências sociais brasileiras. Trata-se de uma obra que visa à compreensão da formação...

    5038  Palavras | 21  Páginas

  • Resenha raizes do brasil

    Raízes do Brasil é um livro do historiador brasileiro Sérgio Buarque de Holanda. Publicada em 1936, Raízes do Brasil aborda aspectos centrais da história da cultura brasileira. O texto consiste de uma macro-interpretação do processo de formação da sociedade brasileira. Destaca, sobretudo, a importância do legado cultural da colonização portuguesa do Brasil, e a dinâmica dos arranjos e adaptações que marcaram as transferências culturais de Portugal para a sua colônia americana. Através de Raízes...

    4842  Palavras | 20  Páginas

  • história da cultura do brasil

    Resumo do livro raízes do Brasil, de Sergio Buarque de Holanda O livro raízes do Brasil trata do processo de transição do modo rural para o modo urbano nas primeiras décadas do século XX na sociedade brasileira. Sergio Buarque de Holanda destrincha a formação histórico-social do Brasil até chegar às verdadeiras raízes. Para o autor, Portugal e Espanha seriam países diferentes do resto da Europa, com uma cultura miscigenada com vários povos, ele caracteriza esses países como “fronteiras...

    792  Palavras | 4  Páginas

  • Raízes do brasil

    Raízes do Brasil – Sérgio Buarque de Holanda O objetivo deste trabalho é informar ao leitor aspectos da cultura brasileira desde o período colonial até o século XX na interpretação de Sérgio Buarque de Holanda. Sumário 1. Introdução 2. Raízes do Brasil * Capítulo 1 - Fronteiras da Europa * Capítulo 2 - Trabalho e Aventura * Capítulo 3 - Herança Cultural * Capítulo 4 - Semeador e o Ladrilhador * Capítulo 5 - O Homem Cordial * Capítulo 6 - Novos Tempos ...

    1469  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha crítica raís do brasil

    Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda é um livro que traz uma teoria sobre a formação histórica e social do Brasil. Em um de seus capítulos - Herança rural - o autor enfoca a estrutura rural da sociedade colonial. A fazenda, vinculada a uma idéia de nobreza, ainda predominando sobre a cidade.Enfoca ainda o declínio da mesma a partir do ano de 1850 em função do fim do tráfico escravo, que era sua base de sustentação. Sérgio Buarque nos Mostra a visão de um mundo tradicional que entra...

    582  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo raízes do brasil

    RAÍZES DO BRASIL INTRODUÇÃO O livroRaízes do Brasil” foi lançado em 1936 por Sérgio Buarque de Holanda. Forneceu maneiras de entendimento político daquela época buscando novas soluções, seja no integralismo, seja no socialismo e no comunismo. O autor analisa nosso destino histórico de acordo com nossas raízes, fazendo alusão à metáfora do título do livro. Sérgio destaca o modo de ser, a estrutura social e política para compreender o Brasil e os brasileiros. ...

    2232  Palavras | 9  Páginas

  • Raizes do Brasil

    H I ST ÓRI CA Feeds: Posts Comentários P a ra C o mp a rt ilh a r His t ó ria ! Posts Tagged ‘Raízes do Brasil resumo’ ESTATÍSTICAS DO SITE Raízes do Brasil 116,715 hits Posted in Historiografia do Brasil, tagged Fronteiras da Europa, Herança Rural, Nossa Revolução, Novos Tempos, O Homem C ordial, O Semeador e o Ladrilhador, Raízes do Brasil, Raízes do Brasil resumo, Sérgio Buarque de Holanda, Trabalho & Aventura on 23 de maio de 2011 | Leave a C omment » POSTS RECENTES ...

    11266  Palavras | 46  Páginas

  • Resumo da apresentação do livro RAÍZES BRASILEIRAS de Sergio Buarque de Holanda

    Marina Martins Moretti – Outubro de 2013 Disciplina: Cultura Brasileira FICHAMENTO DA APRESENTAÇÃO DO LIVRORAÍZES DO BRASIL” DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA “Raízes do Brasil” de Sergio Buarque está entre os grandes livros que ensinaram o brasileiro a refletir e se interessar pelo seu país, com uma abordagem diferente sobre o passado, as mudanças sociais e a compreensão da política do país. Traziam a denúncia do preconceito de raça, a valorização do elemento de cor, a crítica dos fundamentos...

    592  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do Raízes do Brasil

    Sergio Buarque. Raízes do Brasil. Companhia das letras, 38ºedição. Sérgio Buarque de Holanda é um dos maiores, críticos, historiadores e sociólogo do Brasil, nascido em São Paulo em 11 de julho, Professor da Universidade de São Paulo, Holanda foi o grande responsável pela criação do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB). Intelectual engajado e destemido. Em 1980 tornou-se um dos membros fundadores do Partido dos Trabalhadores e faleceu em 24 de abril de 1982 Raízes do Brasil, um dos seus principais...

    739  Palavras | 3  Páginas

  • Raízes do brasil – capítulo 5 – o homem cordial

    CURSO DE DIREITO NOME(S) DO(S) ALUNO(S) TÍTULO: Raízes do BrasilCapítulo 5 – O homem cordial LONDRINA 2012 1. Levando em consideração o primeiro parágrafo do texto (p.141), quais comparações podem ser feitas entre a relação ideal indivíduo/Estado pensada pelo autor e aquela que há, hoje, no Brasil? Segundo o autor a relação ideal indivíduo / estado está no fato de que o simples indivíduo faz se cidadão, contribuinte, eleitor, elegível, recrutável e responsável...

    751  Palavras | 4  Páginas

  • Análise do livro: raízes do brasil – sérgio buarque de olanda

    Raízes do Brasil, obra símbolo de uma época, foi publicada em 1936 sob a autoria de Sérgio Buarque de Holanda, quando ainda não era o “pai do Chico”. O livro, curto, claro, discreto e objetivo, divide-se em sete capítulos que, juntos, teorizam sobre nossa formação histórica e social. O capítulo 1 caracteriza a Península Ibérica assinalando que o seu desenvolvimento, por se dar em um território fronteiriço, não ocorreu da mesma forma que em outros países europeus. Esse fato deu à região uma série...

    846  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha do livro Raízes do Brasil

    Simara Sampaio ***RAÍZES DO BRASIL*** Sérgio Buarque de Holanda Resenha apresentada ao curso de licenciatura em história da Universidade Federal da Bahia – UFBA como atividade da disciplina: Introdução ao Trabalho Acadêmico, do semestre 2013.1. Orientadora: Professora: Lígia Bellini (UFBA) Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: HOLANDA, Sérgio Buarque de. 1902-1982. Raízes do Brasil / Sérgio Buarque de Holanda. 26ª...

    2226  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo Cap.1 Raízes do Brasil (HOLANDA, 2011)

    Raízes do Brasil Holanda (2011, p.9-40) O SIGNIFICADO DE “RAÍZES DO BRASIL” “A certa altura da vida, vai ficando possível dar balanço no passado sem cair em auto complacência, pois o nosso testemunho se torna registro da experiência de muitos, de todos que, pertencendo ao que se domina uma geração, julgam-se a princípio diferentes uns dos outros e vão, aos poucos, ficando tão iguais, que acabam desaparecendo como indivíduos para se dissolverem nas características gerais da sua época. [.....

    2318  Palavras | 10  Páginas

  • Raizes Do Brasil Sergio Buarque De Hollanda

    Resumo do livroRaízes do Brasil  Autor: Sérgio Buarque de Holanda  Em  1936,  depois  de  uma  estadia  na  Alemanha,  Sérgio  Buarque  de  Holanda  publica  o  livro:  “Raízes  do  Brasil”,  um  livro  que  tem  uma  perspectiva  sociológica  e  psicológica  com  um  objetivo  ​ político​ ,  onde  o  autor  tenta,  através  de  nosso passado, ver o nosso futuro. É um  livro  inovador  no  que  diz  respeito  à  busca  da  identidade  nacional.  Num  momento onde a psicologia vinha se desenvolvendo muito e a ...

    2208  Palavras | 9  Páginas

  • Raízes do brasil de sérgio buarque de holanda – resenha crítica

    Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda – Resenha crítica Ao fazer uma análise de “nossas raízes”, Holanda identifica a importância que a colonização portuguesa teve para a formação de nossa cultura. É lógico que tais influências não foram as únicas, cabendo ao índio e ao negro papel importantíssimo. A formação de nosso povo foi uma mistura dessas três raças. Só que os portugueses tinham características próprias, que foram responsáveis pela formação cultural e, principalmente...

    8956  Palavras | 36  Páginas

  • Raizes do Brasil

     RAÍZES DO BRASIL: UM PAÍS DIVERSIFICADO Resenha do livro de HOLANDA, Sergio Buarque. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 26 Ed, 1995, 226p. Elicácia Maria Pereira1 O livro Raízes do Brasil do autor Sergio Buarque de Holanda² traz um refinamento literário, com olhar a respeito da formação do brasileiro nos aspectos sociológicos, econômicos, políticos, históricos e antropológicos. Será abordado cada capitulo elucidando todos esses aspectos de forma ampla. No primeiro capítulo...

    2096  Palavras | 9  Páginas

  • Raízes do brasil

    Resenha Ricardo França[1] Referência HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2008. Sérgio Buarque de Holanda, nascido em São Paulo em 11 de julho de 1902, foi um dos explicadores do Brasil, isto é, alguém que, por meio de uma respeitável obra, procurou tornar o país mais inteligível aos próprios brasileiros. Seu interesse oscilou entre a literatura e a história, sempre abordadas pelo viés da sociologia, especialmente a da escola alemã...

    1604  Palavras | 7  Páginas

  • Antropologia Raizes do Brasil

    1 REFERÊNCIAS HOLANDA, Sérgio Buarque de. O homem cordial. In: Raízes do Brasil: 26 ed. São Paulo: companhia das letras, 1936. ROSCHEL, Renato. Sérgio Buarque de Holanda. Disponível em: http://almanaque.folha.uol.com.br/sergiobuarque.htm. Acesso em: 02 de novembro de 2014. 2 DADOS BIOGRÁFICOS Brasileiro, paulistano, jornalista, sociólogo e historiador, Sergio Buarque de Holanda ficou reconhecido nacionalmente e internacionalmente como um dos maiores intelectuais do século XX e um dos maiores...

    1744  Palavras | 7  Páginas

  • O Brasileiro Cordial

    O brasileiro cordial 1. Com base no Capítulo 1 do livro da disciplina, leia o fragmento do texto O brasileiro cordial e assinale a alternativa correta. (A) Conforme Sérgio Buarque de Hollanda, o brasileiro não possui inclinação para o assassinato, sendo um sujeito cortês e pacífico e sem paixão violenta. x (B) Conforme Ribeiro Couto, verdadeiro autor da frase, “o brasileiro é um povo cordial”, somos pessoas movidas exclusivamente pela paixão. 3. Com base no Capítulo 2 do material da disciplina...

    564  Palavras | 3  Páginas

  • Corrupção no Brasil

    “Corrupção no Brasil tem origem no período colonial”, diz historiadora. Mariana Della Barba Da BBC Brasil em São Paulo. Atualizado em 4 de novembro, 2012. O motorista que oferece uma cerveja para o guarda não multá-lo. O fiscal que cobra uma "ajuda" do comerciante. O ministro que compra apoio político. A corrupção está enraizada em vários setores da sociedade brasileira. E nada disso é recente, segunda a historiadora Denise Moura, que diz que a prática chegou junto com as caravelas portuguesas...

    987  Palavras | 4  Páginas

  • A superação das raízes ibéricas

    Historiografia Brasileira Professor: Adilson Semestre: 2012.2 Turno: Noite Aluna: Carla Juliana Cavalcante Farias RESUMO: ANOS 1930: SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA (A SUPERAÇÃO DAS RAÌZES IBÈRICAS) Campina Grande- PB Novembro-2012 Anos 1930: Sérgio Buarque de Holanda (A superação das raízes ibéricas) Sérgio Buarque de Holanda nasceu em 1902, em São Paulo, e faleceu em 1982. Era filho de um migrante pernambucano com formação na área de saúde. Seu pai era funcionário do estado...

    1533  Palavras | 7  Páginas

  • Questionário Raízes do Brasil

    Raízes do Brasil (Sérgio Buarque de Holanda) 1) Quem foi Sergio Buarque de Holanda ? Sérgio Buarque de Holanda, foi um grande jornalista, sociólogo e historiador brasileiro, nascido em São Paulo, um dos maiores intelectuais do século XX, que tentou interpretar o Brasil, sua estrutura social e política, a partir das raízes históricas nacionais. 2) Qual o significado do título Raízes do Brasil? É buscar em nosso passado os motivos do entrave democrático brasileiro. É buscar no passado...

    783  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha crítica da obra raízes do brasil

    HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia Das Letras, 1995. 195 p. Sérgio Buarque de Holanda nasceu em São Paulo em 1902 e faleceu em 1952. Lecionou em várias instituições de ensino superior e é o autor de vários livros. Entre suas obras mais importantes estão Cobra de vidro (1944), Caminhos e fronteiras (1956), mas principalmente Raízes do Brasil (1936). A obra, composta de 188 páginas, é dividida em sete capítulos. É um livro curto, discreto, de poucas citações...

    676  Palavras | 3  Páginas

  • O cap tulo V do livro Ra zes do Brasi1

    O capítulo V do livro Raízes do Brasil (Companhia das Letras. Sérgio Buarque de Holanda) é dividido em seis subtemas, formando uma sequência de informação para que o entendimento do tema central seja fundamentado dentro da própria história, são eles:Antígona e Creonte – Pedagogia moderna e as virtudes antifamiliares – Patrimonialismo – O “homem cordial” – Aversão aos ritualismos: como se manifesta ela na vida social, na linguagem, nos negócios –e A religião e a exaltação dos valores cordiais. Dentro...

    595  Palavras | 3  Páginas

  • Raizes do Brasil

    interpretar o Brasil, sua estrutura social e política, a partir das raízes históricas nacionais. Foi um erudito brigado com valores tradicionais. Para ele, o historiador nada podia aprender com o passado, nem devia esperar dele soluções para problemas do presente. Deveria empenhar-se em desvendar no passado forças de transformação que pudessem indicar os caminhos para libertar-se dele. Juntamente com Gilberto Freyre e Caio Prado Júnior, Sérgio Buarque de Holanda, foi um dos “explicadores do Brasil”, alguém...

    2302  Palavras | 10  Páginas

tracking img