John Dewey artigos e trabalhos de pesquisa

  • John dewey

    IESA – INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA FMF – FACULDADE MARTHA FALCÃO COORDENAÇÃO DE PEDAGOGIA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO JOHN DEWEY ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA Manaus 2011 ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO JOHN DAWEY Trabalho apresentado ao IESA – Instituto de Ensino Superior da Amazônia – FMF – Faculdade Martha Falcão, como requisito parcial para a obtenção de nota na Disciplina Sociologia da Educação, realizado sob a orientação do Prof.ª Maria do Carmo...

    2726  Palavras | 11  Páginas

  • John Dewey

    MODALIDADE NORMAL INTEGRADO JOHN DEWEY 2014 EMILLYN GONÇALVES DOS SANTOS Nº 03 Trabalho apresentado na Disciplina de Fundamentos Históricos e Políticos Da Educação Infantil, para obtenção de notas parciais do 1º Trimestre/2014.Professora Eli Terezinha Rodrigues dos Santos. 2014 INTRODUÇÃO Este trabalho procura traçar uma trajetória histórica da influência de John Dewey (1859-1952), na educação brasileira. É possível...

    5798  Palavras | 24  Páginas

  • John dewey

    no grau em que agirmos sabendo o que pretendemos obter." John Dewey (1859 - 1952) Curso: Educação Básica – 1º ano Disciplina: Ética, História, e Filosofia da Educação Docente: Dr. Victor Costa Discente: Eugénia Paula Novais Pereira nº 25142 Janeiro 2010 Introdução O presente trabalho insere-se no âmbito da disciplina Ética, História e Filosofia da Educação, e tem como tema principal “John Dewey”. John Dewey, um dos mais notáveis filósofos americanos da educação, deixou...

    2852  Palavras | 12  Páginas

  • John dewey

    Educação _______________________________________________________________________________________________ A CONTRIBUIÇÃO DE JOHN DEWEY PARA A EDUCAÇÃO Eliana Alves Pereira1 Jackeline Ribeiro Martins 2 Vilmar dos Santos Alves 3 Evaldo Inácio Delgado4 CEULJI/ULBRA CEULJI/ULBRA CEULJI/ULBRA CEULJI/ULBRA Resumo Considerado o maior teórico norte-americano do século XX, John Dewey faleceu em 1952 aos noventa e dois anos, deixando imensas contribuições educacionais distribuídas em diversas publicações...

    3497  Palavras | 14  Páginas

  • john dewey

    INFANTIL: JOHN DEWEY UNAÍ-MG ASPECTOS BIOPSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOHN DEWEY Março 2014 INTRODUÇÃO Neste contaremos a grande história de um dos maiores filósofos existentes. Suas realizações, seus idéais, suas descobertas e o longo caminho que teve mantendo suas idéias sobre educação e em que ele acreditava. Nos aprofundamos em sua história para delatar sua vida neste trabalho. John Dewey foi um filósofo...

    1826  Palavras | 8  Páginas

  • John dewey

    John Dewey INTRODUÇÃO Veremos a seguir a história de um grande filósofo do século XVIII chamado John Dewey, o qual questionava os métodos de ensino tradicionais de sua época. Dewey passando por várias décadas e lugares vivenciados podendo presenciar vários acontecimentos históricos, desde guerras até a crise econômica e entre outros. Pela sua vivencia pode observar cada acontecimento, aos quais levavam Dewey a buscar novos métodos e conceitos para a justificação dos seus questionamentos...

    1313  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha - John Dewey

    Da obra de Clarence Morris, Os Grandes Filósofos do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 2002. Esta resenha crítica limita-se ao Capítulo 20 da referida obra, cujo título é JOHN DEWEY, pp. 503-520. John Dewey nasceu em 1859 na cidade Burlington, tinha três irmãos, seu pai era comerciante e até a sua geração os Dewey não tiveram nenhuma formação acadêmica. Graduou-se pela Universidade do Vermont e exerceu as funções de professor durante três invernos, tempo em que desenvolveu um profundo interesse...

    2999  Palavras | 12  Páginas

  • a teria educacional de john dewey

    A TEORIA EDUCACIONAL DE JOHN DEWEY E O MOVIMENTO ESCOLANOVISTA NO BRASIL RESUMO: O presente artigo faz um breve paralelo sobre a teoria educacional do filósofo norte americano John Dewey. Mostrando o contexto em que o autor produziu, desenvolveu e influenciou com suas ideias o cenário educacional brasileiro. Tendo como objetivo ampliar nossos conhecimentos sobre este teórico que tanto contribuiu para a melhoria da educação em nosso país. O estudo estrutura-se em três partes: no primeiro...

    4355  Palavras | 18  Páginas

  • John Dewey

    John Dewey (1859 – 1952) John Dewey foi um dos filósofos norte-americano mais importantes do século XX, ele defendia a unidade entre a teoria e a prática, seu pensamento baseava-se na convicção moral de que democracia é liberdade. O compromisso de Dewey com a democracia e com a integração entre a teoria e a prática foi evidente em sua carreira de reformador da educação. A escola é um dos mais importantes lugares para que uma filosofia se concretize como “realidade viva”. Os esforços de Dewey...

    665  Palavras | 3  Páginas

  • JOHN DEWEY

    John Dewey John Dewey nasceu em 1859 em Burlington, uma pequena cidade agrícola do estado norte-americano de Vermont. Na escola, teve uma educação desinteressante e desestimulante, o que foi compensado pela formação que recebeu em casa. Ainda criança, via sua mãe confiar aos filhos pequenas tarefas para despertar o senso de responsabilidade. Foi professor secundário por três anos antes de cursar a Universidade Johns Hopkins, em Baltimore. Estudou artes e filosofia e tornou-se professor da Universidade...

    1220  Palavras | 5  Páginas

  • Aula10 John Dewey 2015

    John Dewey Prof. Rodolfo Figueira rodolfo.slp@aedu.com John Dewey – 1859-1952 “Só a inteligência dá ao homem o poder de alterar sua existência”. 2 Biografia John Dewey nasceu em 1859 em Burlington, no estado norteamericano de Vermont. Graduou-se pela Universidade do Vermont em 1879 e exerceu as funções de professor do secundário durante dois anos, tempo em que desenvolveu um profundo interesse por Filosofia. Em Setembro de 1882 deixou o ensino e retornou à universidade para estudar Filosofia...

    566  Palavras | 3  Páginas

  • Biografia de john dewey

    Biografia de JOHN DEWEY ( 1859-1952 ) I John Dewey nasceu em Burlington, Vermont a 20 de Outubro de 1859 e faleceu a 01 de Junho de 1952 em Nova York. Ambos os pais de John Dewey provinham de famílias de agricultores, mas o seu pai adquiriu uma mercearia que perdeu durante a Guerra Civil Americana. Após, desmobilizado, o pai de Dewey adquiriu uma tabacaria.  John Dewey viveu em Burlington até 1875,com exceção de um curto período de tempo, entre 1864 e 1867, em que...

    674  Palavras | 3  Páginas

  • John Dewey-Nova EScola

    IDEALISMO JOHN DEWEY O PENSADOR QUE LEVOU A PRATICA PARA A ESCOLA O filósofo norte-americano defendia a democracia e a liberdade de pensamento como instrumentos para a maturação emocional e intelectual das crianças BETTMANN/CORBIS Quantas vezes você já ouviu falar na necessidade de valorizar a capacidade de pensar dos alunos? De prepará-los para questionar a realidade? De unir teoria e prática? De proble-ma-ti-zar? Se você se preocupa com essas questões, já esbarrou, mesmo...

    1498  Palavras | 6  Páginas

  • John Dewey

     John Dewey *John Dewey nasceu em 1859 em Burlington. *Foi um filósofo e pedagogo norte-americano *Teve uma educação desinteressante e desestimulante. *Graduou-se pela Universidade de Vermont *Foi professor secundário por três anos * Estudou Artes e Filosofia *Foi professor de Filosofia na Universidade de Michigan *Escreveu sobre Filosofia e Educação e em Chicago liderou o departamento de Pedagogia. *A época que marcou o trabalho de Dewey foi no final do séc XIX a meados do...

    789  Palavras | 4  Páginas

  • BIOGRAFIA DE JOHN DEWEY

    BIOGRAFIA DE JOHN DEWEY Dados pessoais: John Dewey, filósofo e pedagogo norte-americano, nasceu em 1859 nos Estados Unidos na cidade de Burlington, uma pequena cidade agrícola no estado de Vermont em 20 de Outubro de 1859 e faleceu aos 93 anos no dia 01 de Junho de 1952 em Nova York. Seus pais vinham de famílias de agricultores, mas o seu pai adquiriu uma mercearia que perdeu durante a Guerra Civil Americana. Após a perda seu pai de adquiriu uma tabacaria. John Dewey viveu em Burlington até 1875...

    804  Palavras | 4  Páginas

  • JOHN DEWEY

    John Dewey e Carl Rogers BARRA DA ESTIVA – BAHIA JULHO - 2010 PADMA - Consultoria, Pós-graduação e Projetos Educacionais John Dewey e Carl Rogers Trabalho desenvolvido por , solicitado pela professora Monteiro para atender à avaliação II referente à disciplina Psicologia da Aprendizagem do curso de pedagogia. BARRA DA ESTIVA – BAHIA JULHO - 2010 SUMÁRIO JOHN DEWEY...

    1896  Palavras | 8  Páginas

  • John Dewey

    John Dewey nasceu em 1859 em Burlington, no estado norte-americano de Vermont, na escola, teve uma educação desinteressante e desestimulante, o que foi compensado pela formação que recebeu em casa. Ainda criança, via sua mãe confiar aos filhos pequenas tarefas para despertar o senso de responsabilidade. Graduou-se pela Universidade do Vermont em 1879 e exerceu as funções de professor do secundário durante dois anos, tempo em que desenvolveu um profundo interesse por Filosofia. Em Setembro de 1882...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • pesquisa sobre John Dewey

    John Dewey (1859 – 1952) "A meta da vida não é a perfeição, mas o eterno processo de aperfeiçoamento, amadurecimento, refinamento"  Contexto histórico 1859 - Nasce em Burlington, Vermont, nos Estados Unidos da América em 21 de outubro. Seus pais são Archibald Sprague Dewey e Lucina Artemesia Rich Dewey. 1863 - A família se muda para a cidade de Cumberland, retornando, em 1867, para Burlington. 1875 - Ingressa na Universidade de Vermont, com 16 anos. Dá ênfase aos estudos de política e filosofia...

    3286  Palavras | 14  Páginas

  • Biografia de john dewey

    Agosto de 2010 ÍNDICE Introdução ----------------------------------------------------------------------- 04 Biografia John Dewey --------------------------------------------------------- 05 Outros Dados ---------------------------------------------------------------- 05,06 Filosofia da Educação --------------------------------------------------------- 06 Pragmatismo em Dewey ------------------------------------------------------ 07 Conclusão -----------------------------------------------------------------------...

    1349  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo John Dewey

    1 CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA DE JOHN DEWEY PARA A EDUCAÇÃO: A DEMOCRACIA COMO CREDO PEDAGÓGICO Carina Tonieto - UPF Altair Alberto Fávero - UPF Resumo : O presente texto tem como um de seus objetivos partilhar com a comunidade educativa os estudos realizados no grupo de pesquisa “pragmatismo e educação”, o qual tem por objetivo investigar as contribuições do pragmatismo para o campo educacional, assim com buscar referenciais que auxiliem na discussão e na proposição de novos modos de pensar e agir...

    6060  Palavras | 25  Páginas

  • A contribuição de john dewey à educação

    Introdução Esta pesquisa surge fundamentalmente com o objectivo de analisar o pensamento de John Dewey, no que concerne ao seu legado pedagógico, de fundamentar o que Dewey entendeu por Educação Democrática e também avaliar aInfluência da teoria de John Dewey na actual educação Moçambicana. Com a finalidade de atingir estes objectivos, procuramos fazer uma análise àcontribuição de John Dewey à educação. Dewey foi o continuador do Pragmatismo filosófico, doutrina que preconiza que todo o aprendizado...

    3725  Palavras | 15  Páginas

  • As contribuições de Anísio Teixeira e John Dewey para a Educação

    As contribuições de Anísio Teixeira e John Dewey para a educação Considerado com um grande filosofo do século XX , o educador norte americano deixa como legado imensas contribuições para a Educação. A ideia central do pensamento de Dewey está centrada no desenvolvimento da capacidade de raciocínio e espirito crítico do aluno. Foi através d Escola Nova que John contrapôs o sistema tradicional de ensino. Passando então a focar no sujeito e na construção do conhecimento através da prática e da...

    748  Palavras | 3  Páginas

  • John Dewey

    A Contribuição de John Dewey à Educação Para se poder compreender a concepção da Educação em Dewey, deve-se partir da ideia de que a Educação é um fenómeno criado pela e para a sociedade. Dewey, sendo um educador, o seu pensamento teve muita influência na “Escola Nova”. Para Dewey, a Educação e, em especial, a escola possui uma função de coordenar a vida mental de cada indivíduo nas diversas influências dentro do meio social onde o indivíduo vive. Por isso, em Dewey, a Educação ainda que seja...

    1655  Palavras | 7  Páginas

  • John Dewey

    JUAN CABALLERA – PARAGUAI 2014 SANDRA MARCIA MALAQUIAS FILÓSOFOS DA EDUCAÇÃO: JOHN DEWEY Trabalho apresentado no curso de mestrado em educação à Universidade de Gran Assunção. PEDRO JUAN CABALLERA – PARAGUAI 2014 “A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é preparação para a vida: é a própria vida” (John Dewey). INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo, mostrar a partir do termo filosofia...

    6831  Palavras | 28  Páginas

  • John dewey

    UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL JONH DEWEY CONTEXTO HISTÓRICO PRINCIPAIS OBRAS PENSAMENTO PEDAGÓGICO CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA SÃO PAULO 2012 UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL ANA MARIA GECIANI SAMMARCO RGM 1254618 FABIANE GASPARINO BARROS DO NASCIMENTO RGM 1214861 SÔNIA HELENA DE ALMEIDA BARROS RGM 1212834 CURSO DE PEDAGOGIA 1º A ORIENTADORA: Prof.ª ROSEMARY APARECIDA SANTIAGO TRABALHO APRESENTADO NA...

    5777  Palavras | 24  Páginas

  • contribui es de John Dewey em Mocambique

    em Moçambique A Contribuição de John Dewey para a Educação: Uma Reflexão sob Ponto de Vista da Educação em Moçambique Jochua Abraao Baloi 25/04/2012Ensino, Filosofia Contemporânea, Trabalhos Acadêmicos Ensaios e Artigos   Tema: A Contribuição de John Dewey para a Educação: Uma Reflexão sob Ponto de Vista da Educação em Moçambique   Resumo John Dewey (1859-1952), considerado o maior pedagogo norte-americano do século XX, faleceu aos noventa e dois anos, deixando um legado imenso de contribuições...

    5039  Palavras | 21  Páginas

  • John Dewey

    John Dewey (1859-1952) é considerado o educador estadunidense mais reconhecido e admirado do século XX. O Filosofo foi um dos criadores da escola filosófica do Pragmatismo e é considerado o pioneiro na psicologia funcional. Dewey foi o principal representante do movimento da educação progressiva norte-americana durante a primeira metade do século XX. O Pragmatismo foi uma corrente filosófica que nasceu no século XX, nos Estados Unidos. Na verdade, esse movimento filosófico pode ser considerado...

    703  Palavras | 3  Páginas

  • A Pedagogia de Dewey

     UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI JOHN DEWEY: PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO RAFAEL FERNANDO DA SILVA SANTOS BIANCA FARABOLINI ERIKA MUNIZ LARISSA LOPES SÃO PAULO 2013 UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI JOHN DEWEY: PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO RAFAEL FERNANDO DA SILVA SANTOS ...

    3781  Palavras | 16  Páginas

  • John Dewey

    realizada no âmbito do estudo das idéias Pedagógicas no Brasil analisando-se a difusão de pensamento de John Dewey, em especial de sua concepção de infância e educação. Este projeto, então, por meio da leitura dos livros publicados na coleção Atualidade Pedagógicas, da Companhia Editora Nacional, no período de 1932 a 1964, analisa a divulgação no Brasil das obras e idéias educacionais de Dewey, procurando historicizar criticamente a difusão dessas idéias no contexto da difusão do movimento escolanovista...

    5800  Palavras | 24  Páginas

  • John Dewey

    John Dewey Quantas vezes você já ouviu falar da necessidade de valorizar a capacidade de pensar dos alunos? De prepará-los para questionar a realidade? De unir teoria e prática? De problematizar? Se você se preocupa com essas questões, já esbarrou, mesmo sem saber, em algumas das concepções de John Dewey, filósofo norte-americano que influenciou educadores de várias partes do mundo. Dewey faz parte da corrente filosófica que ficou conhecida como pragmatismo, embora ele preferisse...

    701  Palavras | 3  Páginas

  • Concepção de aluno e concepção de escola segundo John Dewey

    JOHN DEWEY CONCEPÇÃO DE ESCOLA: John Dewey defendia que a escola tinha a missão de preparar para a vida. E nessa concepção a criança teria que ser capaz de projetar, procurar meios de realização para seus próprios empreendimentos e de realizá-los, verificando pela sua própria experiência. “ Este, ao colocar em prática suas experiências, introduziu o compromisso livre e a democracia, em que, propôs que a criança ao vir para a escola, vêm para resolver os problemas presentes e não pensar em uma escola...

    862  Palavras | 4  Páginas

  • John dewey.

    teoria e a prática?Se você se preocupa com essas questões, já esbarrou, mesmo sem saber em algumas das concepções de John Dewey. O objetivo desse trabalho é enfatizar esses conceitos sobre Educação, e para isso foi realizada uma pesquisa bibliográfica de textos e livros do próprio autor e como fontes sencundárias outros textos de autores que analisaram a obra de Dewey. John Dewey nasceu em 1859 nos Estados Unidos. Na escola teve uma educação desinteressante e desestimulante. Iniciou sua vida profissional...

    2742  Palavras | 11  Páginas

  • Dewey

    1. Dados biográficos: contexto de vida e de obra. • Trajetória de vida e formação • Conjuntura histórica que marcou vida e obra A família Dewey chega aos Estados Unidos em 1630, proveniente da Inglaterra e professando a fé congregacionalista. John Dewey nasceu em Burlington, a principal cidade do estado americano de Vermont, a 20 de Outubro de 1859. Filho de um proprietário de um armazém teve sua infância marcada por uma escolarização desestimulante. Grande parte de sua educação foi percebida...

    2912  Palavras | 12  Páginas

  • UM ESTUDO DA PEDAGOGIA DO SERIADO CHAVES E SUA CORRELAÇÃO COM A DIDÁTICA DE JOHN DEWEY

    COM A DIDÁTICA DE JOHN DEWEY Correlacionar a didática de JohnDewey com a pedagogia utilizada pelo professor Girafales no seriado Chaves. Trabalho de conclusão da Disciplina de Filosofia da Educação Contemporânea. Trabalho para ser entregue no dia 12 de julho de 2013 (sexta-feira). 2º. Período. Rio de Janeiro, julho de 2013. Introdução O objetivo deste trabalho é estabelecer uma relação entre algumas propostas pedagógicasdo seriado Chaves e a didática de John Dewey, destacando alguns...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • O conhecimento e a experiência educativa segundo John Dewey

    Silvia Cristina Reis Lima Psicologia do Desenvolvimento da Aprendizagem: O conhecimento e a experiência educativa segundo John Dewey Recife, 2007 Sílvia Cristina Reis Lima O Conhecimento e a experiência educativa segundo John Dewey Artigo apresentado a professora Fátima Casanova da disciplina de Psicologia do Desenvolvimento da Aprendizagem do curso de Gestão...

    3143  Palavras | 13  Páginas

  • A LÓGICA EXPERIMENTAL DE JOHN DEWEY

    A LÓGICA EXPERIMENTAL DE JOHN DEWEY John Dewey é considerado um dos maiores jusfilósofos norte-americano do século XX e é reconhecido como um dos fundadores da escola filosófica de Pragmatismo – embora ele preferisse o nome de instrumentalismo. Em sua obra Democracy and Education, concebia o conhecimento e seu desenvolvimento como um processo social integrando os conceitos de sociedade e indivíduo, ampliando assim a filosofia democrática contidas em Rousseau e Platão. Para ele, o indivíduo somente...

    596  Palavras | 3  Páginas

  • Dewey e a Escola Progressista

      Dewey e a Escola Progressista Para Dewey, o conhecimento é uma atividade dirigida que não tem um fim em si mesma, mas está voltada para a experiência. As ideias são hipóteses de ação e são verdadeiras quando funcionam como orientadoras dessa ação. A educação tem como finalidade propiciar à criança condições para que resolva por si própria os seus problemas, e não as tradicionais ideias de formar a criança de acordo com modelos prévios ou mesmo orientá-la para um porvir. Tendo o conceito de experiência...

    550  Palavras | 3  Páginas

  • John dewey

    JOHN DEWEY RESUMO Este trabalho objetivou um estudo detalhado sobre John Dewey, o qual serve como referência para muitos teóricos e professores da atualidade. Defende que ao experimentar o aluno envolve-se em uma educação diferenciada do que julgamos ser a educação nos moldes tradicionais e, ao mesmo tempo vivencia o proceso educativo de forma participativa. Palavras-chave: Filósofo; Educação; Experiência; Democracia. 1 INTRODUÇÃO Filósofo norte-americano defendia a democracia...

    5996  Palavras | 24  Páginas

  • John dewey

    John dewey Nasceu em burlington, em 1859 no estado de vermont. Graduou-se em 1879 em Vermont, onde foi professor secundário por 2 anos. No brasil inspirou o movimento da escola nova, liderado por Anisio Teixeira, ao colocar a atividade pratica e a democracia como importantes ingredientes da educação. Inspirou as teorias mais modernas da didática, como o construtivismo e tb as bases teóricas dos pcn. Contribuição para a administração Contribuiu para a teoria das relações humanas, q veio pela...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • A escola de dewey

    A ESCOLA DE DEWEY Dewey, com o apoio de Harper, conseguiu em janeiro de 1896 abrir uma escola experimental na Universidade de Chicago. Nessa escola seriam posto em prática todas as ideias que Dewey tinha em relação à educação. Ele partia do pressuposto de que o corpo e a mente deveriam trabalhar juntos, ou seja, a prática e a teoria deveriam funcionar na hora em que o aluno estivesse realizando algum projeto escolar. Essa união de mente e corpo seria constituinte de uma formação social e científica...

    1264  Palavras | 6  Páginas

  • Teorias de dewey

    Dewey Biografia John Dewey nasceu em 1859 nos Estados Unidos na cidade de Burlington no estado de Vermont. A maior contribuição para sua educação veio de casa, onde sua mãe confiava tarefas aos filhos para despertar o senso de responsabilidade. Esse fato compensou sua educação na escola que foi marcada pelo desinteresse e desestimulo. Em 1897 se graduou pela Universidade de Vermont, onde foi professor secundário por dois anos. Nesse período desenvolveu um grande interesse pela filosofia. A partir...

    1129  Palavras | 5  Páginas

  • Experiência e educação john dewey

    John Dewey. Experiência e educação. Petrópolis: RJ: Vozes, 2010. Apesar de todo momento estabelecer um duelo entre a Educação tradicional e a educação progressiva, ao final de seu texto John Dewey (2010) afirma não ter como objetivo diferenciar estas duas, mas sim, através de uma análise do sistema educacional definir o que é o melhor para a educação. Até porque estas duas não são de tudo opostas, afinal seria incoerente dizer que os alunos não podem ter experiências na educação tradicional....

    1505  Palavras | 7  Páginas

  • John Dewey - Experiência e Educação - Resumo

     John Dewey “Experiência e Educação” Resumo Elaborado por: Carlos Fernando M. Costa Experiência e Educação Em “Experiência e Educação”, John Dewey faz uma divisão da temática em oito capítulos. Decidi fazer uma reflexão capítulo a capítulo dado que o livro abrange várias ideias que se interligam. CAPÍTULO I – Educação tradicional versus educação “nova” ou “progressiva” No capítulo I – Educação tradicional versus educação “nova” ou “progressiva”...

    1926  Palavras | 8  Páginas

  • Sociologia John Dewey Karl Mannheim

    JOHN DEWEY / KARL MANNHEIM PEDAGOGIA Prof. Drº CARLOS ALBERTO DE CARVALHO 1 JOHN DEWEY (1859-1952) • Filósofo, psicólogo e pedagogo liberal norte-americano exerceu grande influência sobre toda a pedagogia contemporânea. • Foi defensor da Escola Ativa (que propunha a aprendizagem através da atividade pessoal do aluno). • Seus conceitos de filosofia da educação foram primordiais para a construção de conceitos para o desenvolvimento da Escola Nova. • Criticou à obediência e submissão do ensino cultivas...

    530  Palavras | 3  Páginas

  • Educação e democracia um ensaio sobre o conceito de experiência em john dew ey

    EDUCAÇÃO E DEMOCRACIA UM ENSAIO SOBRE O CONCEITO DE EXPERIÊNCIA EM JOHN DEW EY Julia Pinheiro Andrade* RESUMO O presente artigo procura discutir o conceito de experiência na obra de John Dewey, um dos pensadores da educação mais influentes ao longo do século XX. Como queremos demonstrar, a força e a fragilidade do pensamento deweyano estará em enunciar a possibilidade de formação de uma cultura democrática, isto é, de formação de modos de pensar, de agir e de sentir, em uma palavra...

    8909  Palavras | 36  Páginas

  • A HERANÇA DO PENSAMENTO DE DEWEY NO DEBATE EDUCAC IONAL NO BRASIL DOS ANOS DE 1990

    Revista HISTEDBR On-line Artigo A HERANÇA DO PENSAMENTO DE DEWEY NO DEBATE EDUCACIONAL NO BRASIL DOS ANOS DE 1990 Liliam Faria Porto Borges* UNIOESTE – Cascavel – PR liliamfaria@bol.com.br RESUMO: Este artigo pretende apontar três aspectos da política educacional recente e propor uma análise que os aproxima. Trata-se do movimento dos educadores de esquerda, do conjunto de reformas empreendidas pelo governo Fernando Henrique Cardoso entre 1995 e 2002, e das conferências internacionais...

    6320  Palavras | 26  Páginas

  • Fichamento capítulo i – as três revoluções modernas da teoria educacional: herbart, dewey e freire

    Disciplina: Filosofia da Educação Fichamento texto: Filosofia da Educação Paulo Ghiraldelli Jr. Capítulo I – As três revoluções modernas da teoria educacional: Herbart, Dewey e Freire Em que medida as três teorias educacionais contribuíram e contribui para as reflexões dos educadores e educadoras? Quais são as diferenças e semelhanças nos pensamento dos três? Estas e outras questões foram debatidas neste texto...

    777  Palavras | 4  Páginas

  • John dewey

    atividade mental individualizada. A psicologia apontada por John Dewey é, fundamentalmente, uma psicologia social, significando uma investigação sobre o homem como ser coletivo. Ao discorrer sobre a constituição da natureza humana, o filósofo se volta para o desenvolvimento mental, para o cruzamento desses elementos com o ambiente cultural, pois segundo Dewey a natureza humana existe e opera em um ambiente. Para a formação moral, Dewey atribui importância à educação e ao conteúdo que a escola desenvolve...

    2834  Palavras | 12  Páginas

  • John dewey

    John Dewey Biografia Graduou-se pela Universidade do Vermont em 1879 e exerceu as funções de professor do secundário durante dois anos, tempo em que desenvolveu um profundo interesse por Filosofia. Em Setembro de 1882 deixou o ensino e retornou à universidade para estudar Filosofia, na Universidade Johns Hopkins, onde obteve o doutoramento. Dewey exerceu a função de professor de Filosofia na Universidade de Michigan, onde ensinou a partir de Setembro de 1884. Três anos mais tarde (1887), publicava...

    1860  Palavras | 8  Páginas

  • Escola Nova Jhon Dewey E Maria Montessori

    Índice I. Parte 1 1. Introdução 1 1.1. Objectivos 1 II. Parte 2 1. Desenvolvimento 2 2. Escola nova (Jhon dewey e Maria Montessori) 2 2.1. John Dewey 2 2.2. Maria montessori 3 2.2.1. Princípios da Escola Nova 3 2.2.2. As 28 características para conhecer uma Escola Nova 4 III. Parte 8 1. Conclusão 8 2. Bibliografia 9 I. Parte 1. Introdução As primeiras décadas do século XX trazem uma reflexão profunda sobre o novo sentido da escola, os conteúdos do ensino, o novo papel dos professores e as metodologias...

    2371  Palavras | 10  Páginas

  • Grandes pensadores- Dewey e Rousseau

     John Dewey Dewey acreditava em uma educação na qual teria que ser dado importância ao crescimento físico, emocional e intelectual das crianças, sendo estimuladas a experimentar e pensar por si mesmas. Ele foi um dos primeiros a acreditar na capacidade de pensar dos alunos. Ele acreditava que as hipótese teóricas só teriam sentido se fossem aplicadas no dia a dia; que os alunos tinham que aprender a viver, vivendo. O aprendizado se dava se fosse compartilhando experiências, realizando discussões...

    623  Palavras | 3  Páginas

  • Park e o avanço em Dewey

    Park e o avanço prático em dewey Rio de Janeiro Abril/2014 Robert Ezra Park, trabalhou como jornalista em várias Robert Ezra Park trabalhou como jornalista em várias cidades, mas  formou-se em psicologia e filosofia pela universidade de Harvard, onde posteriormente também chegou a lecionar. Anteriormente estudou com George Simmell na Alemanha e com outros grandes nomes da sociologia, em maioria da sociologia pragmatista...

    2248  Palavras | 9  Páginas

  • john b watson

    JOHN BROADUS WATSON Biografia: John B. Watson nasceu em 9 de janeiro de 1878 em um sítio próximo a Greenville, na Carolina do sul, onde frequentou os primeiros anos de estudo em uma escola que possuía apenas uma sala. Sua mãe era extremamente religiosa, ao contrário do pai. O velho John Broadus Watson bebia muito, era violento e mantinha muitas relações extraconjugais. Ele raramente conseguia manter um emprego fixo, por isso a família vivia a beira da pobreza, subsistindo...

    1800  Palavras | 8  Páginas

  • Fichamento dewey - a arte como experiência

    Ter uma experiência (pp. 109 – 141). Terceiro capítulo DEWEY, John. Arte como experiência. Trad. Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010. EXPERIÊNCIA INCIPIENTE EXP. SINGULAR INESTÉTICA EXP. PRÁTICA EXP. DE PENSAMENTO O QUE É TER UMA EXPERIÊNCIA * ocorre continuamente, porque a interação do ser vivo com as condições ambientais está envolvida no...

    2284  Palavras | 10  Páginas

  • fiolosofia John Dewey

     Resumo dos capítulos 8 ao 17 do livro: Democracia e Educação do autor John Dewey, tradução de Godofredo Rangel e Anísio Teixeira. No capitulo 8, é abordado o tema objetivos da educação. Nesse contexto o objetivo é tido como uma projeção do que se pretende com o meio para atingir um fim, assim sendo o objetivo antecipa a realização das atividades, os seus resultados. Fixamos um objetivo porque temos necessidades, porque não sei algo, mas vou procurar saber, sendo assim é para algo a ser conquistado...

    2350  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo - Arte Como Experiência, John DEWEY

    criar sua própria experiência ao ver uma obra, semelhante à do artista; se não recriar, não é percebido como arte. Os que não o fazem "apreciarão" a obra a partir de conhecimentos anteriores e das normas convencionais de apreciação de arte. DEWEY, John. Arte Como Experiência. São Paulo, Martins Fontes, 2010. ...

    996  Palavras | 4  Páginas

  • Biografia John B Watson

    INTRODUÇÃO Nesta pesquisa discorremos brevemente sobre a vida e obra de John Broadus Watson (1878-1958). Watson queria construir uma psicologia sem alma ou mente, que fosse livre de conceitos mentalistas e ou de métodos subjetivos, métodos estes que ainda causam certa “discussão sem fim” entre psicanalistas e adeptos do behaviorismo. De garçom em uma república, tratador de ratos e zelador encarregado de tirar o pó da escrivaninha de um dos seus mestres, Watson foi o primeiro na história da...

    3075  Palavras | 13  Páginas

  • . As ideias da filosofia pragmática de John Dewey e da Psicologia Dinâmica de Kurt Lewin;

    (ou Escola das Relações Humanas) A teoria das Relações Humanas tem suas origens nos seguintes fatos: 1. A necessidade de humanizar e democratizar a Administração; 2. O desenvolvimento das ciências humanas; 3. As ideias da filosofia pragmática de John Dewey e da Psicologia Dinâmica de Kurt Lewin; 4. As conclusões da Experiência de Hawthorne. B) Teoria de Relações Humanas e Comportamentais 1. Teoria das Relações Humanas (ou Escola das Relações Humanas) EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE ? Foi a experiência...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Apresenta o de sociologia

    Thaisy Lanny de Albuquerque Equipe: Adailson Ribeiro da Silva Pablo Bernardo Mouzinho Maria Waniele Araújo da Silva JOHN DEWEY Bibliografia  Nasceu em 20 de outubro de 1859 em Burlington, no estado de Vermont – EUA;  Em 1879 se graduou pela Universidade de Vermont, onde foi professor secundário por dois ano na Pennsylvania;  Retornou aos estudos ingressando na Universidade John Hopkins entre 1882 e 1884, obtendo o título de Doutor em Filosofia;  Foi professor do departamento de Filosofia...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • Arte educação

    SHEYLA MILHOMENS MARINHO JOHN DEWEY: VIDA, OBRA E SEUS DIVERSOS PENSAMENTOS EDUCACIONAIS Artigo Científico apresentado para avaliação do rendimento escolar nas Unidades Curriculares de Filosofia da educação do Curso Superior de Licenciatura em Artes Cênicas do 3º período, IFTO – Gurupi. Orientação: Professor Mestre Claudemir Figueiredo Pessoa Onasayô. Gurupi, Tocantins Fevereiro de 2012 JOHN DEWEY: VIDA, OBRA E SEUS DIVERSOS PENSAMENTOS...

    2442  Palavras | 10  Páginas

tracking img