• Fontes do direito
    DO VALE DO ITAJAÍ – UNIVALI Centro de ciências jurídicas e sociais – CCJS Curso de direito Período: 1º Turno: Matutino Disciplina: Introdução ao Direito ATIVIDADE CURRICULAR SOBRE FONTES DO DIREITO. 1: O que se entende por relação jurídica e quais são os seus elementos? R: Relação...
    2770 Palavras 12 Páginas
  • eurocentrismo
    Introdução ao Direito 1-PROPEDÊUTICA JURÍDICA: 1.1-propedêutica-é a introdução de uma ciência, ou seja, é o conjunto de estudos que antecedem, como um estágio preparatório, os cursos superiores. Origem grega (“pro” = preliminar; e “paideutikê” = arte de instruir). 1.1.1-propedêutica jurídica-é...
    26155 Palavras 105 Páginas
  • Estudante de direito
    Judas Tadeu Introdução ao Direito – Prof. Adriano Ferreira Conceitos segundum Antonio Bento Betili Valor No conceito de Betioli, a cerca do conceito de valor, nos leva a pensar no subjetivismo e objetivismo axiológico. A palavra axiológico que veem de axiologia nos leva ao estudo ou a teoria...
    310 Palavras 2 Páginas
  • Sanção juridica
    norma, como o fim especifico de garantir seu cumprimento obrigatório” Conforme Maria Helena Diniz em seu dicionário jurídico na teoria geral do direito, sanção é “medida legal que pode vir a ser imposta, pelo Poder competente, por que foi lesado pela violação da norma jurídica a fim de fazer cumpri...
    1296 Palavras 6 Páginas
  • Equidade_direito e justiça
    EQUIDADE: DIREITO E JUSTIÇA Carmo Vieira 1. O que é a equidade: É um elemento de integração das lacunas do sistema legal e/ou de adaptação da norma ao caso concreto. A equidade pode ser o direito ou justiça, mas sempre relacionados ao caso concreto. Definição: podemos dizer que a equidade, é um...
    989 Palavras 4 Páginas
  • Fichamento especies de casamento valido
    FACULDADE INTEGRADA DO CEARÁ – FIC DIREITO PROCESSUAL CIVIL 01 PROFESSOR AGAPITO MACHADO JÚNIOR (GRADE 2008.1) AULA 02 CONCEITOS BÁSICOS. 1.0. DA CONVIVÊNCIA SOCIAL E OS CONFLITOS. 1.1. O Homem – é um ser insaciável e político. 1.2. Posturas diante do impasse da vida coletiva: Cooperação...
    1503 Palavras 7 Páginas
  • HCosifh
    de Moraes E assim vive o mundo. CARACTERISTICAS. CEAP – CURSO DE DIREITO. Disciplina: Introdução ao Direito. Professor: Milton ... COERCIBILIDADE – O Direito é a ordenação coercível da conduta humana (Antonio Bento Betioli). *ordenação ... [PDF] reflexões sobre a eficácia da lei ao longo...
    656 Palavras 3 Páginas
  • etico
    ÉTICO: O DIREITO COMO REALIDADE CULTURA ÉTICA BETIOLI, Antônio Bento. Introdução ao Direito: lições de propedêutica jurídica tridimensional. 10. Edição. São Paulo: Saraiva 2008 O Autor é Mestre em filosofia do direito e teoria geral do direto da USP. Ex- professor titular de introdução ao direito das...
    349 Palavras 2 Páginas
  • Súmula vinculante
    atividade jurisdicional sob seu aspecto functional, de ação. Com ela, os juízes e tribunais promovem a realização prática do direito objetivo/positivo. É nesse momento que o direito entra em nossa vida, mais especificamente quando vem solucionar questões judiciais. O juiz, ao traduzir a letra da lei no...
    977 Palavras 4 Páginas
  • bxfvbx
    Referências: BETIOLI, Antonio Bento. Introdução ao Direito. 11ª edição. São Paulo: Saraiva, 2011. (Lição XXX-XXXII) DIMOULIS, Dimitri. Manual de Introdução ao Direito. 2a. edição. São Paulo: RT, 2007. (lição 8 ) FERRAZ JÚNIOR, Tércio Sampaio. Introdução ao Estudo do Direito – Técnica, Decisão...
    464 Palavras 2 Páginas
  • Jusnaturalismo
    jusnaturalista prevê um direito natural do homem, em que o ordenamento jurídico se baseia, surgindo na Grécia Antiga, passando pelo período medieval, e modificando-se em alguns quesitos conforme o tempo. Para os Gregos um direito vindo da Natureza, já para os medievos um direito resultado da ordem divina...
    2921 Palavras 12 Páginas
  • hhbkb
    Referências: BETIOLI, Antonio Bento. Introdução ao Direito. 11ª edição. São Paulo: Saraiva, 2011. (Lição XXX-XXXII) DIMOULIS, Dimitri. Manual de Introdução ao Direito. 2a. edição. São Paulo: RT, 2007. (lição 8 ) FERRAZ JÚNIOR, Tércio Sampaio. Introdução ao Estudo do Direito – Técnica, Decisão...
    464 Palavras 2 Páginas
  • O PRINCÍPIO DA IGUALDADE E A POLÍTICA DE COTAS NA UNIVERSIDADE
    Igualdade e a Política de Cotas Projeto de Pesquisa apresentado na disciplina de Metodologia da Pesquisa em Ciências Sociais do Curso de Direito do Instituto Luterano de Ensino Superior de Porto Velho – ILES/ULBRA, para a obtenção da aprovação no semestre. Sob a orientação da Profª. Ms. Ana...
    2250 Palavras 9 Páginas
  • O CONTROLE SOCIAL
    Turma 17 – Código do Alumno: 666804 Usuário: Ferrari.zoppei.murgia.666804@umsa.edu.ar HISTÓRIA DO DIREITO E O CONTROLE SOCIAL Buenos Aires 2013 1 HISTÓRIA DO DIREITO A história do direito confunde-se com a própria história da humanidade, visto que não é possível um existir, sem o outro...
    8441 Palavras 34 Páginas
  • Lacunas
    LACUNA INTRODUÇÃO Entende-se como lacuna uma falha na lei, seu tema no Direito é controvertido então abordaremos o tema focando conceitos, explicando porque alguns doutrinadores admitem e outros negam sua existência, e daremos alguns exemplos. Utilizamos neste trabalho obras e artigos de autores...
    934 Palavras 4 Páginas
  • Sociedade, Direito e controle social
    Sociedade, Direito e controle social. Wanessa Mota Freitas Fortes Publicado em 12/2011. Elaborado em 10/2010. O direito não tem existência por si só. Ele existe no meio social e em função da sociedade, não sendo seu único instrumento de organização e harmonia, mas, merece lugar de destaque, pois...
    2883 Palavras 12 Páginas
  • Introducao ao estudo do Direito
     FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE PERNAMBUCO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO DIREITO CURSO: DIREITO – 1 ANO NOITE PROFESSOR: DJALMA NOGUEIRA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 1. SIGNIFICAÇÕES DO DIREITO A palavra “direito” vem do latim directum, que corresponde à ideia de regra, direção...
    1948 Palavras 8 Páginas
  • Karine nine
    coação e sanção não se confundem. Coação é uma reserva de força a serviço do Direito, enquanto a sanção é considerada, geralmente, medida punitiva para a hipótese de violação de normas. Segundo a teoria da coercibilidade o direito é “a ordenação coercível da conduta humana”, não coativa, ou coercitiva...
    1068 Palavras 5 Páginas
  • Hermeneutica Jurícica
    INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Professora Adriane Haas Acadêmico: Gabriel Ricoldi HERMENÊUTICA E INTERPRETAÇÃO DO DIREITO NOTAS INTRODUTÓRIAS E DEFINIÇÕES Considerações iniciais: - Hermenêutica e interpretação do Direito são conceitos relacionados, porém não idênticos. - A palavra hermenêutica...
    1394 Palavras 6 Páginas
  • Direito
    FACULDADE GAMA FILHO Escola de Ciências Jurídicas Disciplina: Introdução ao Estudo do Direito I Prof. Nelson Joaquim Ref. Resumo da aula DIVISÃO DO DIREITO POSITIVO 1. Conceito - Direito positivo é aquele criado ou instituído pelo Estado ou pela sociedade...
    1288 Palavras 6 Páginas