Introdução E Conclusão Sobre Diaspora Africana E Aboliçao Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • Relatorio

    Introdução Este curso não se explora a “verdadeira história” do continente, mas os itinerários intelectuais ideológicos e historiográficos que há cinquenta anos estão inovando o modo de fazer e pensar a história africana. Analisando a constituição dessa nova visão que implicou na critica das produções...

      1361 Palavras | 6 Páginas  

  • Panafricana

     INTRODUÇÃO Depois da segunda guerra mundial a África debatia-se com questões de toda índole, com destaque para as de aspecto político, consubstanciadas na luta pela independência contra o domínio colonial. Essas lutas visavam criar estratégias para o desenvolvimento do continente numa altura em...

      10915 Palavras | 44 Páginas  

  • Relações étnicos raciais no brasil

    EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL CURSO DE DIREITO RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL Hipótese, problemática e conclusão O sucesso das políticas públicas do Estado brasileiro, institucionais e pedagógicas, visando reparações, reconhecimento e valorização da identidade...

      5808 Palavras | 24 Páginas  

  • Cultura Afro

    639/2003, que dispõe sobre o ensino de História da África e da Cultura Afro-brasileira. Partindo de uma bibliografia ampla e atual, somada a uma visão global sobre as várias nuances que envolvem as questões: etnia, igualdade, cultura e democracia; serão abordadas as origens africanas da cultura brasileira...

      1785 Palavras | 8 Páginas  

  • Consciencia

    INTRODUÇÃO Estudar e entender o Continente Africano é de grande importância para compreendermos a enorme diversidade cultural do nosso país. Por cultura entende-se muitas coisas. Cultura é o resultado de uma história particular e que inclui por sua vez as relações com as...

      1399 Palavras | 6 Páginas  

  • ministério da educação

    UF: DF ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana RELATORES: Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva (Relatora), Carlos Roberto Jamil Cury, Francisca Novantino, Marília Ancona-Lopez PROCESSO N.º: 23001...

      10935 Palavras | 44 Páginas  

  • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana

    para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana Brasília | DF | Outubro | 2004 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana 1 2 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação...

      13540 Palavras | 55 Páginas  

  • Trabalho

    DF ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana CONSELHEIROS: Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva (Relatora), Carlos Roberto Jamil Cury, Francisca Novantino Pinto de Ângelo e Marília Ancona-Lopez ...

      11111 Palavras | 45 Páginas  

  • parecer

    DF ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana CONSELHEIROS: Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva (Relatora), Carlos Roberto Jamil Cury, Francisca Novantino Pinto de Ângelo e Marília Ancona-Lopez ...

      9827 Palavras | 40 Páginas  

  • Etnias afro- brasileiras

    AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA O Conselho Nacional de Educação, pela Resolução CP/CNE nº 1, de 17 de junho de 2004 (DOU nº 118, 22/6/2004, Seção 1, p. 11), instituiu diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, a serem...

      10646 Palavras | 43 Páginas  

  • REINO DE LUNDA

    Introdução No início da era colonial (1884) o coração da terra Lunda foi dividido entre a Angola portuguesa, o Estado Livre do Congo do rei Leopoldo II da Bélgica e o noroeste da britânica Rodésia, que viriam a tornar-se em Angola, República Democrática do Congo e Zâmbia, respectivamente. São essencialmente...

      2546 Palavras | 11 Páginas  

  • Revista Akoni

    Araújo, Rua da Misericórdia, 288 – Centro Fone: (098) 3222-8398 Consultorias Técnicas: • Ilma Fátima de Jesus Orientações, palestras, assessorias sobre a implementação da Lei 10.639/03. Fone: (098) 3244-5271 • E-mail: ifa.bemi@gmail.com Secretária Executiva: Maria José Pereira Silva Projeto EKO...

      21485 Palavras | 86 Páginas  

  • a construção da identidade negra fernandes florestan

     SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO..................................................................................... 1 1.1. PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA.....1 1.2. ASPECTOS HISTÒRICOS.........................................

      6823 Palavras | 28 Páginas  

  • Consciencia

    (USP) e professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Autor de Uma história não contada. Negro, racismo e branqueamento em São Paulo no pós-abolição. São Paulo: Ed. Senac, 2004. Possui bacharelado e licenciatura (1997), mestrado (2001) e doutorado (2005) em História pela Universidade de São Paulo...

      605 Palavras | 3 Páginas  

  • Inclusão social - relações sociais

    Ulisses F. III. Brasil. Secretaria de Educação Básica. CDU 37.014.53 Inclusão Social Módulo 4 Relações étnico-raciais e de gênero Sumário Introdução ............................................................................................................... 05 Gênero e inclusão escolar ......

      12933 Palavras | 52 Páginas  

  • moçambique

    República de Moçambique 1 INTRODUÇÃO Moçambique, oficialmente República de Moçambique, é um país localizado no sudeste da África, banhado pelo Oceano Índico a leste e que faz fronteira com a Tanzânia ao norte; Malawi e Zâmbia a noroeste; Zimbabwe a oeste e Suazilândia e África do Sula...

      3093 Palavras | 13 Páginas  

  • Trabalho de arte

    para o debate em torno das perspectivas atlânticas que buscam delimitar fronteiras e perceber continuidades entre práticas culturais na África e na diáspora, sobretudo, no que diz respeito ao Brasil e aquele Continente. Para tanto, partimos da discussão acerca de possíveis interfaces entre rituais religiosos...

      8161 Palavras | 33 Páginas  

  • normas abnt

    A OBRIGATORIEDADE DO ENSINO SOBRE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA NOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO, OFICIAIS E PARTICULARES (LEI FEDERAL 10.639, DE 09/01/2003) Fortaleza – Ceará 2007 Fortaleza - Ceará 2007 Copyright - © 2007 by INESP Coordenação Editorial:...

      13942 Palavras | 56 Páginas  

  • Afrobrasileiros - A cultura dos afrodescendentes

    Cavalero Monteiro do curso Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade da Amazônia. BELÉM 2013 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO.....................................................................................................04 2- Grupos étnicos trazidos ao brasil.......

      10699 Palavras | 43 Páginas  

  • Cultura afro-brasileira(música/teatro)

    Introdução: Importância da Data A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais...

      2731 Palavras | 11 Páginas  

tracking img