Instituições Escolares No Brasil Colonial E Imperial artigos e trabalhos de pesquisa

  • Instituições Escolares no Brasil Colonial e Imperial

    Resumo: Instituições Escolares no Brasil Colonial e Imperial O objetivo desta foi analisar as principais orientações político-pedagógicas ocorrido entre 1549 e 1996 nas reformas educacionais brasileiras que contribuíram para a organização e manutenção da estrutura escolar. Instituições Escolares no Brasil Colonial e Imperial Em estudo às relações de ensino e instituições escolares, bem como outras formas de transmissão de conhecimento anteriores ao descobrimento do Brasil, é possível...

    1393  Palavras | 6  Páginas

  • INSTITUIÇÕES ESCOLARES NO BRASIL COLONIAL E IMPERIAL

    INTRODUÇÃO A história das Instituições Escolares é uma pequenina parte da História. Nesta pesquisa apresentamo-las através do conhecimento como processo de transformação da sociedade no período em que a Instituição Escolar foi criada. Muito embora o estudo tenha objetivo definido, que é a Instituição Escolar, não o estamos isolando, daí estudálo no processo de transformação da sociedade e não o fato isoladamente, que não é suscetível de um tratamento científico. Toda sociedade tem sua dinamicidade...

    5556  Palavras | 23  Páginas

  • Brasil de Colónia a império

    Brasil: de Colônia a Império Maria Lúcia A. Aranha Período Joanino (1808 – 1821) Desde a expulsão dos jesuítas em 1759 até a transferência da corte portuguesa para o Brasil, a educação da colônia passou por um período de desagregação e decadência. Em 1808, devido à invasão francesa e aos desentendimentos com Napoleão Bonaparte, D.João VI se muda para o Brasil com toda a Corte. Essa mudança representou para a Colônia grandes avanços na cultura e na educação. Para atender à elite que chegara junto...

    1249  Palavras | 5  Páginas

  • a sociedade brasileira no periodo imperial

    A sociedade brasileira no período imperial e a educação A proclamação da independência , formalizou a emancipação no plano político, e como não poderia deixar de ser, após ela colocou-se a questão da construção de um Sistema Nacional de Instrução Publica, pois, o país havia chegado à emancipação política destituído de qualquer forma organizada de educação escolar. Saía do período colonial com algumas poucas aulas Regias , insuficientes e sem currículo regular, e com algumas escolas de nível superior...

    1788  Palavras | 8  Páginas

  • Brasil colonia e ensino superior

    BRASIL COLÔNIA E ENSINO SUPERIOR Silva Bezerra A. Souza Oliveira N. E. Silva Souza J. Saraiva Azevedo M. C. R. Sena Carvalho S. Resumo: Este trabalho tem como objetivo trazer uma retrospectiva do ensino superior do Brasil no período colonial, dando ênfase a sua relação com desenvolvimento sócio- histórico brasileiro, em que, a história foi marcada pelo elitismo e pela exclusão. O ensino superior no Brasil colonial foi tardio e só veio ter...

    3926  Palavras | 16  Páginas

  • Linha do tempo das instituições escolares no Brasil:

    Linha do tempo das instituiões escolares no Brasil: 1549- chegada dos Jesuitas ao Brasil, criaram na então colônia portuguesa, a “primeira escola brasileira”(MATTOS, 1558, p.37) Primeiro periódo:( 1549-1759) dominado pelos colégios jesuítas. Segundo periódo: (1759-1827) representado pelas “aulas régias” instituidas pela reforma pombalina como uma primeira tentativa de instaurar uma escola pública estatal inspirada nas ideias iluministas segundo a estratégias de depotismo esclarecido. Terceiro...

    1229  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha do texto breve reflexão histórica do ensino de língua portuguesa no brasil de autoria de mary luce silva e do texto o ensino da leitura e da escrita numa perspectiva transdisciplinar

    intitulados de Breve reflexão Histórica do ensino de Língua Portuguesa no Brasil (texto 1), de autoria de Mary Luce Silva e O ensino da leitura e da escrita numa perspectiva transdisciplinar (texto 2), de autoria de Luiz Percival Leme Britto. O texto 1 tem como objetivo central apresentar e analisar uma breve trajetória do ensino da língua portuguesa no país, bem como refletir acerca das praticas pedagógicas aplicadas nas instituições. Já o texto 2 tem como finalidade apresentar e discutir o ensino...

    1267  Palavras | 6  Páginas

  • O processo constitutivo da organização escolar

    DIRETORIA ACADÊMICA CURSO DE PEDAGOGIA - EAD PRODUÇÃO DE APRENDIZAGEM UTA – ORGANIZAÇÃO ESCOLAR Porto Velho – RO Dezembro/2008 FACULDADE INTERNACIONAL...

    3178  Palavras | 13  Páginas

  • Trabalho de historia da educação no brasil

    ANHANGUERA EDUCACIONAL MÉMORIA DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL CONTEMPORÂNEO São José dos Campos/SP 2012 ANHANGUERA EDUCACIONAL INSTITUIÇÕES ESCOLARES NO BRASIL COLONIAL, IMPERIAL E REPÚBLICANO Professora EAD: Ma. Mariciane Mores Nunes HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA Somos Feitos de Tempo Todos nós somos seres históricos, a maioria de nossas ações e pensamentos muda com o passar do tempo, conforme enfrentamos os problemas tanto da pessoal como da experiência coletiva...

    4313  Palavras | 18  Páginas

  • História da educação no brasil

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL Relações entre a formação do sujeito e as influências da educação Luisa Carla Masera da Silva Professora Gladys Soraia Silva Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Pedagogia (PED 470) – História da Educação 25/11/11 RESUMO Neste trabalho buscamos identificar as etapas históricas do desenvolvimento da educação no país, as principais transformações nelas ocorridas e correlacionar a influência dos meios político e social...

    5931  Palavras | 24  Páginas

  • Educação no brasil império

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL A Educação no Brasil Império Isabel Cristina da Silva Profª Alelis Izabel de Oliveira Gomes Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Pedagogia (Turma 0543) 01/08/2012 RESUMO A História da Educação traz em seu bojo as particularidades da educação do Brasil desde que o nosso país ainda era colônia de Portugal, onde era realizada pelos padres jesuítas, até os nossos dias atuais, envolvendo as reformas, políticas públicas e as legislações vigentes...

    4075  Palavras | 17  Páginas

  • Brasil Colonial ou Imperial

    BRASIL COLONIAL O período da permanência dos jesuítas no Brasil, que vai de 1549 a 1749, foi o de implementação dos estudos e a fundação dos primeiros colégios. A primeira escola oficial no país foi fundada em 1550, o Colégio dos Meninos de Jesus, deveria acompanhar os modelos educacionais de Lisboa. Os documentos dão conta de que sete meninos órfãos foram trazidos pela missão, para estudar nessa primeira instituição educacional. No ano de 1554, junto com o Padre Manoel da Nóbrega, ele ajudou...

    3999  Palavras | 16  Páginas

  • As origens da Educacao no Brasil Marcos Oliveira 1

    As Origens da Educação no Brasil Da hegemonia católica às primeiras tentativas de organização do ensino Marcos Marques de Oliveira “No Brasil imperial, como na Turquia de Ataturk, a educação era a marca distintiva da elite política. Havia um verdadeiro abismo entre essa elite e o grosso da população em termos educacionais”. (José Murilo de Carvalho) Introdução A sociedade capitalista é resultante de três revoluções: a Revolução Industrial, ocorrida, em meados do século XVIII, na Inglaterra; a...

    5769  Palavras | 24  Páginas

  • Gestão escolar

    ELISANDRA NATALINA PRESTES SOCHER RU: 273994 ALUNA: FRANCIELE CHAGAS DOS SANTOS NUNES RU: 648783 ESTÁGIO GESTÃO ESCOLAR CURITIBA 2012 FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA ALUNA: ANGELA DINIZ ALUNA: DANIELA CRISTIANE ALUNA: ELISANDRA NATALINA ALUNA: FRANCIELE C ESTÁGIO GESTÃO ESCOLAR Relatório de Estágio Gestão Escolar Apresentado à UTA – Organização Escolar, no curso de Pedagogia a Distância da Faculdade Internacional De Curitiba. Tutor Local: Fátima...

    7000  Palavras | 28  Páginas

  • Historia da educação no Brasil

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL A evolução da educação, do ensino, da instrução e das práticas pedagógicas no Brasil inicia-se em meados do século XVI no período colonial, quando começam as primeiras relações entre Estado e Educação. Porém desde a descoberta , quando os portugueses chegam à Costa da Bahia e descobrem que os pequenos indiozinhos, principalmente entre os tupis-guaranis, já eram instruídos por adultos-pais, tios e avós, percebemos que o começo de tudo já surgia por ali. Muitas mudanças...

    4741  Palavras | 19  Páginas

  • Memória da educação escolar no brasil contemporâneo

    Universidade Anhanguera – Uniderp Centro de Educação a Distância PEDAGOGIA 3º PERÍODO MEMÓRIA DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL CONTEMPORÂNEO – ESCOLA ADVENTISTA DE BELO HORIZONTE Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão da disciplina “História da Educação e da Pedagogia” do Curso de Pedagogia da Universidade Anhanguera – Uniderp, sob orientação do professor tutor a distância Tatiane Heiffgi Borges Bispo. Graziela Teodoro Alves Novaes / 2336447471 ...

    2636  Palavras | 11  Páginas

  • A HISTÓRIA DA FUNDAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO E A CULTURA ORGANIZACIONAL DA UNIDADE ESCOLAR FLORISA SILVA EM TERESINA-PI, NOS ANOS DE 1989 A 2013.

    CARVALHO FERRO A HISTÓRIA DA FUNDAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO E A CULTURA ORGANIZACIONAL DA UNIDADE ESCOLAR FLORISA SILVA EM TERESINA-PI, NOS ANOS DE 1989 A 2013. TERESINA/PIAUÍ ABRIL/2013 EDITH DE MENDONÇA CARVALHO FERRO A HISTÓRIA DA FUNDAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO E A CULTURA ORGANIZACIONAL DA UNIDADE ESCOLAR FLORISA SILVA EM TERESINA-PI, NOS ANOS DE 1989 A 2013. . Projeto de pesquisa à coordenação do PARFOR...

    11588  Palavras | 47  Páginas

  • O ENSINO NO PERÍODO IMPERIAL: DO COLÉGIO DE PEDRO II AO ENSINO NA PROVÍNCIA DO AMAZONAS

    VERBUM – Cadernos de Pós-Graduação, n. 1, p. 33-47, 2012 - Kelly Aparecida Mendes/Nadia Cristina Varjão/Wenderson Pinto Farias O ENSINO NO PERÍODO IMPERIAL: DO COLÉGIO DE PEDRO II AO ENSINO NA PROVÍNCIA DO AMAZONAS Kelly Aparecida Mendes Mestranda do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa/PUC-SP Nadia Cristina Varjão Mestranda do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa/PUC-SP Wenderson Pinto Farias Mestrando do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa/PUC-SP ...

    6171  Palavras | 25  Páginas

  • Memória da educação escolar no brasil contemporâneo

    UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA Memória da educação escolar no Brasil contemporâneo. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. Moacyr Benedicto de Souza São José dos Campos Nome: Eveline Monteiro RA: 4300066003 Nome: Fabiana Gonçalves Pereira RA: 4300065995 Nome: Fabíola Cardoso Vieira de Souza RA: 3830718478 Nome: Jacqueline Saraiva dos...

    2524  Palavras | 11  Páginas

  • Compreender o império: uso de gramsci no Brasil no século XIX

    Compreender o Império: Usos de Gramsci no Brasil no século XIX Luiz Fernando Saraiva* Théo Lobarinhas Piñeiro** Apesar das inúmeras qualificações que são dadas ao pensador italiano Antônio Gramsci, podemos dizer que Gramsci foi, antes de tudo, um dos maiores renovadores do pensamento marxista no século XX, influenciando várias vertentes. Talvez o alcance de suas idéias somente tenha sido menor do que os textos de Lênin e a atuação política e ideológica de Stálin junto a URSS e ao „bloco‟...

    8395  Palavras | 34  Páginas

  • Informações das mais sgnificativas escolas fundadas no brasil colonial, imperial e republicano

    A educação escolar no Brasil no período colonial brasileiro, que durou de 1500 a 1822, passou por três fases: a de predomínio dos jesuítas, as das reformas pombalinas e a fase da reforma feita por D. João VI quando trouxe a corte para o Brasil, entre 1808 e 1822. Na primeira fase, quem se destaca é o padre Manoel da Nóbrega, que inicia a instrução e a catequese dos indígenas. Nóbrega e os jesuítas desenvolveram as escolas de ordenação, e como subproduto delas, levaram instrução aos filhos dos colonos...

    951  Palavras | 4  Páginas

  • A Educação da Mulher no Período Imperial

    MULHER NO PERÍODO IMPERIAL: A DICOTOMIA DOS PERÍODOS RESUMO: Esta pesquisa apresenta como tema central a educação no Brasil no Período Imperial vivida pela princesa Isabel e a educação feminina na atualidade. PALAVRAS-CHAVE: Educação do Império; Educação Feminina Atual; Inclusão ABSTRACT: This search presents the education´s central theme in Brazil in the Imperial Period lived by the Princess Isabel and women education today. KEYWORDS: Education in the Imperial Period; Women Education;...

    4403  Palavras | 18  Páginas

  • HISTORIA DO BRASIL COLONIA

    HISTORIA DO BRASIL HISTORIA: A História do Brasil tem como marco divisório principal a chegada dos portugueses em território americano com Pedro Álvares Cabral, em 1500. A partir desse fato histórico, teve início a formação do país, marcado na maior parte do tempo pela conquista dos territórios dos indígenas e pela escravidão de milhões de africanos. Período colonial, período imperial e período republicano compreenderam as demais divisões desse histórico processo formativo. Porém, há ainda um...

    1774  Palavras | 8  Páginas

  • Inspeçao escolar

    INSPEÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL SIGNIFICADO DE INSPEÇÃO ESCOLAR Inspeção Escolar é o serviço de orientação, controle e avaliação que articula órgãos de administração superior do Sistema Municipal de Ensino com as redes pública e particular, visando prestar assistência técnica aos estabelecimentos de ensino e zelar pelo fiel cumprimento da legislação e normas vigentes, verificando o cumprimento das normas referentes, ao ensino e oferecendo assessoramento ao pessoal envolvido nas...

    3507  Palavras | 15  Páginas

  • Surgimento do Curso de Direito no Brasil

    FACULDADE GUARAPUAVA DIREITO EZEQUIEL VERARDO SURGIMENTO DO CURSO DE DIREITO NO BRASIL e ENADE GUARAPUAVA – PR 30/11/2013 FACULDADE GUARAPUAVA DIREITO EZEQUIEL VERARDO SURGIMENTO DO CURSO DE DIREITO NO BRASIL e ENADE Trabalho apresentado a disciplina de História do Direito, para obtenção de nota parcial referente ao segundo bimestre no curso de Direito da Faculdade...

    2344  Palavras | 10  Páginas

  • gestao escolar

    GESTÃO ESCOLAR Estruturação pedagógica Josimar Aparecido de Amorim Prof. Ana Paula Salsa Bernado Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Licenciatura em Ciências Biológicas (MAD 0186) – História da educação e Estrutura e funcionamento do ensino. 07/12/2013 RESUMO Com a chegada da companhia de Jesus iniciava a primeira forma de ensino no Brasil colônia pendurando até a expulsão dos Jesuítas pelo Marques de Pombal. A educação renascia com a vinda da família real na...

    2834  Palavras | 12  Páginas

  • Historia da eja no brasil

    HISTÓRICO DA EJA NO BRASIL A educação começa a ter início no Brasil, desde o período colonial em 1549, onde se pode ver que a antiga Grécia começa a ser o berço da pedagogia, pois a palavra "paidagogos" significa aquele que guia a criança, no caso, o escravo que vem acompanhar a criança à escola. Com o tempo, a direção começa a crescer para indicar toda a teoria da educação. De maneira geral, a educação grega está persistentemente centrada na disposição total do corpo e do espírito. Como se observa...

    1292  Palavras | 6  Páginas

  • A historia da educação no brasil

    Introdução O presente trabalho relata a História da Educação no Brasil, analise das diversas fases e períodos da educação brasileira. Dando importância “A origem da educação escolar no Brasil - a ação dos jesuítas como parte do movimento da contrarreforma católica”. Neste contexto, a presente analise torna possível refletir como uma tarefa de indiscutível relevância, numa perspectiva de analise dos sistemas educativos enquanto processo de implementação de ideias, de atitudes e, sobretudo, de...

    6558  Palavras | 27  Páginas

  • Os povos indígenas e a educação escolar

    Educação Indígena OS POVOS INDÍGENAS E A EDUCAÇÃO ESCOLAR: A escola entrou na comunidade indígena como um corpo estranho, que ninguém conhecia. Quem a estava colocando sabia o que queria, mas os índios não sabiam, hoje os índios ainda não sabem para que serve a escola. E esse é o problema. A escola entra na comunidade e se apossa dela, tornando-se dona da comunidade, e não a comunidade dona da escola. A escola para índios no Brasil começa a se estruturar a partir de 1549, quando chega...

    5940  Palavras | 24  Páginas

  • Rela o Trabalho e Educa o no Brasil s culo XIX

    Universidade Federal Fluminense – FEUFF Relação Trabalho Educação Brasil século XIX Educação Profissional Niterói 2007 Universidade Federal Fluminense – FEUFF Componentes: Adriana Timbó Carla D`Ávila Julia Magacho Liziene Dias de Assis Mariana Fernandes Vanessa Soares Gonçalves Professor: Francisco José da Silveira Lobo Neto História da Educação – 2º Período – Pedagogia Niterói 2007 Sumário Introdução ...........................

    14966  Palavras | 60  Páginas

  • historia da historia do brasil

    Mestrando pela Universidade Federal de Mato Grosso HISTÓRIA DA HISTÓRIA NO BRASIL A autora, nesta obra, levanta questões importantes aos profissionais da educação, em particular aos historiadores, ao trabalhar temas referentes às práticas de ensino na contemporaneidade. Seu livro, sexto volume da coleç ão “História & Reflexões”, caracteriza-se por sua atualidade ao discorrer a tr ajetória do ensino de História no Brasil até o final do século XX. A síntese pontual, envolv endo problemas com...

    1824  Palavras | 8  Páginas

  • A Hist Ria Da Educa O No Brasil Tem Sido Uma Hist Ria De Perdas

    A história da educação no Brasil tem sido uma história de perdas, de exclusão e de manutenção dos privilégios de minorias. A herança que crianças e os jovens, hoje a maioria da população, recebem dessa história caracteriza-se pela carência, pelo descrédito e ausência de perspectiva, pela perplexidade. (...) a crise da educação atinge níveis intoleráveis. A política de desobrigação do Estado com a educação pública, gratuita e de qualidade cada vez mais vem excluindo crianças, jovens e adultos da...

    2765  Palavras | 12  Páginas

  • brasil colonia

    A educçao escolar no brasil no período colonial brasileiro, que durou de 1500 a 1822, passou por três fases: a de predomínio dos jesuitas, as das reformas pombalínas e a fase da reforma feita por D.Jão VI quando trouxe a corte para o brasil, entre 1808 e 1822. Na primeira fase, que quem se destaca é o padre Manoel da Nóbrega, que inicia a instrução e a catequese dos indígenas.Nóbrega e os jesuitas desnvolveram as escolas de ordenação, e como subproduto delas, levaram instrução aos filhos dos colonos...

    864  Palavras | 4  Páginas

  • Retratos da história da Enfermagem no Brasil

    Sistema de Ensino Nightingaleano e a Enfermagem no Brasil Prof. Me. Andressa Garcia Nicole Primeiras Escolas de Enfermagem 1859: Escola de Enfermagem no Hospital Saint Thomas – Londres/Inglaterra. Características:  Disciplina rigorosa, tipo militar;  Exigência de qualidade morais das candidatas Duração de um ano;  Aulas diárias ministradas por médicos; Sistema de internato, com remuneração. Primeiras Escolas de Enfermagem Transformação da Enfermagem: Empírica  Científica ...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • História da Educação dos surdos no Brasil

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO DE SURDOS NO BRASIL A história da educação dos surdos teve seu início marcado por duas vertentes: a médica e a religiosa. Com relação à medicina, a surdez caracterizava‐se como uma deficiência relacionada a uma anomalia orgânica, despertando atenção e interesse de alguns médicos nesta área do conhecimento. Quanto à religião, atitudes caritativas e de auxílio ao próximo faziam parte dos preceitos religiosos, o que fica evidente quando padres, abades ou ordens inteiras...

    4160  Palavras | 17  Páginas

  • Organização escolar

    FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA-FACINTER DIONE BEATRIS SALVIANO O PROCESSO CONSTITUTIVO DA ORGANIZAÇAO ESCOLAR NO BRASIL SANTA ROSA 2008 DIONE BEATRIS SALVIANO O PROCESSO CONSTITUTIVO DA ORGANIZAÇAO ESCOLAR NO BRASIL Produção de Aprendizagem apresentada à UTA Organização Escolar, no curso de Pedagogia à Distância da Faculdade Internacional de Curitiba. Tutora Local: Isabel Cristina Bringo Lüdtke Centro Associado:...

    4264  Palavras | 18  Páginas

  • IMIGRAÇÃO ALEMÃ, LUTERANISMO E A CRIAÇÃO DE ESCOLAS NO SUL DO BRASIL

    IMIGRAÇÃO ALEMÃ, LUTERANISMO E A CRIAÇÃO DE ESCOLAS NO SUL DO BRASIL A história da chegada do Protestantismo Luterano ao Brasil está estreitamente relacionada à imigração alemã que ocorreu com mais intensidade durante os séculos XIX e XX. Uma política de atração de imigrantes alemães foi criada no Império, sob os governos de Dom Pedro I e de Dom Pedro II. Essa ação foi incentivada por motivos de ordem econômica uma vez que havia a pretensão de substituir a mão de obra escrava que até...

    6363  Palavras | 26  Páginas

  • ensino secundário no brasil império

    SECUNDÁRIO NO IMPÉRIO BRASILEIRO: CONSIDERAÇÕES SOBRE A FUNÇÃO SOCIAL E O CURRÍCULO DO COLÉGIO D. PEDRO II1 Solange Aparecida Zotti2 UnC/UNICAMP RESUMO: O presente estudo tem como objeto de pesquisa o Colégio D. Pedro II, principal instituição escolar de ensino secundário no Império brasileiro. O mesmo foi a primeira instituição a usar legalmente o termo “secundário”. Em 2 de dezembro de 1837 o Seminário de São Joaquim é convertido em Colégio de instrução secundária. O Colégio marca o início ...

    9533  Palavras | 39  Páginas

  • Gestão escolar

    deverá atender, como também pode ser imposição de um pequeno grupo que exerce o poder sobre a grande maioria coletiva. O estudo focaliza o papel do pedagogo na organização do trabalho escolar, tendo como objetivo a sistematização do trabalho pedagógico, situando a função específica deste profissional no contexto escolar. Partindo da problemática levantada, que aponta para a descaracterização do papel do pedagogo no interior da escola, o trabalho encaminhou-se com base no materialismo histórico,dando...

    8673  Palavras | 35  Páginas

  • A Colonialidade Do Saber No Ensino Da Hist Ria Uma Perspectiva P S Colonial E Intercultural H Lia Santos

    A Colonialidade do Saber no Ensino da História: uma perspectiva pós-colonial e intercultural Hélia Santos 2005 O Cabo dos Trabalhos: Revista Electrónica dos Programas de Mestrado e Doutoramento do CES/ FEUC/ FLUC, Nº 1, 2006. http://cabodostrabalhos.ces.uc.pt/n1/ensaios.php A Colonialidade do Saber no Ensino da História 1. Introdução Enquanto projecto de sociedade, a Educação apresenta, geralmente, um cunho nacional com base na história, cultura, mitos, tradições nacionais e locais. O cunho...

    14433  Palavras | 58  Páginas

  • O ensino religioso na educação do brasil: da colonização aos dias atuais

    O Ensino Religioso na educação do Brasil: da colonização aos dias atuais Silmara Rodrigues Rocha (*) Resumo Este trabalho faz uma abordagem sobre o contexto histórico da educação religiosa no Brasil, desde o período colonial, com a chegada dos portugueses, até os dias atuais, onde existem grandes questionamentos sobre o estudo do ensino religioso nas escolas brasileiras, principalmente, nas escolas públicas. Com este estudo, será possível observar como o assunto é tratado na Lei 9394/96 – Lei...

    7537  Palavras | 31  Páginas

  • Psicologia no Brasil

    44 44 A Psicologia no Brasil: Um Ensaio Sobre suas Contradições Psychology in Brazil: An Essay on its Contradictions La Psicología En El Brasil: Un Ensayo Sobre Sus Contradicciones Mitsuko Aparecida Makino Antunes Artigo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2012, 32 (num. esp.), 44-65 PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2012, 32 (num. esp.), 44-65 45 Mitsuko Aparecida Makino Antunes Resumo: Este artigo tem a finalidade...

    12767  Palavras | 52  Páginas

  • Historia da Educa o no Brasil no S c XIX OK

    EDUCAÇÃO DO BRASIL NO SÉCULO XIX DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PROF: JULIO CESAR TURMA: A11 ALUNAS: ANDRÉIA TATIANE FALKOSKI - nº: 03 VERA REGINA MARCOLIN - nº: 34 NOVO HAMBURGO, 01 DE JULHO DE 2013.INTRODUÇÃO O presente trabalho fala sobre a História da Educação no Brasil no século XIX.Dividiu-se em períodos e suas respectivas datas onde se destacam também os principais personagens que tiveram participação fundamental na construção da história da educação no Brasil. A educação passou...

    5671  Palavras | 23  Páginas

  • Inicio do ensino superior no brasil

    O ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Fagner Pierre Lopes Prof. Michelle Pelozato Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em História (BID 0180) – Prática do Módulo I 25/11/11 RESUMO O trabalho mostra uma retrospectiva do ensino superior no Brasil. Através de pesquisa bibliográfica objetivou-se ressaltar que a história da educação superior no Brasil, não pode ser analisada sem considerar sua relação com o desenvolvimento sócio-histórico brasileiro e que...

    1768  Palavras | 8  Páginas

  • HIST RIA DO BRASIL

    GERAIS: HISTÓRIA DO BRASIL História do Brasil : A sociedade colonial: economia, cultura, trabalho escravo, os bandeirantes e os jesuítas. A independência e o nascimento do Estado Brasileiro. A organização do Estado Monárquico. A vida intelectual, política e artística do século XIX. A organização política e econômica do Estado Republicano. A Primeira Guerra Mundial e seus efeitos no Brasil. A Revolução de 1930. O Período Vargas. A Segunda Guerra Mundial e seus efeitos no Brasil. Os governos democráticos...

    10271  Palavras | 42  Páginas

  • História pública para negros: período imperial

    Cynthia Greive Veiga Escola pública para os negros e os pobres no Brasil: uma invenção imperial* Cynthia Greive Veiga Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Educação Na memória da escola brasileira, a escola pública, pelo menos nos primeiros 60 anos do século XX, era tida em alta conta pela sociedade. Em geral, os grupos escolares, os ginásios, cursos de científico e Escola Normal públicos eram estabelecimentos de ensino considerados de excelência, cujas vagas eram disputadas...

    11249  Palavras | 45  Páginas

  • Os tempos e espaços escolares

    Os tempos e os espaços escolares no processo de institucionalização da escola primária no Brasil Os tempos e os espaços escolares no processo de institucionalização da escola primária no Brasil Luciano Mendes de Faria Filho Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais Diana Gonçalves Vidal Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo “Minha escola primária... Escola antiga de antiga mestra. Repartida em dois períodos para a mesma meninada, das 8 às 11, da 1 às 4. Nem...

    10536  Palavras | 43  Páginas

  • A educação indígena no brasil: breve histórico

    A EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA NO BRASIL: BREVE HISTÓRICO Maria Lúcia Lima de Morais RESUMO Este Artigo tem como objetivo fazer um breve histórico acerca da educação escolar indígena no Brasil, abrangendo todos os períodos históricos para enfatizar o descaso educacional com o qual os índios foram tratados, buscando ainda destacar as leis, as organizações e as conquistas que ocorreram ao longo desse tempo. A metodologia esteve voltada para a pesquisa bibliográfica, fundamentada por diversos teóricos...

    5056  Palavras | 21  Páginas

  • Gestão escolar

    INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL NAÇÃO SANTA Gestão escolar I Rio de Janeiro – 2012 Graduação em Pedagogia Cristiane de Souza Sancho Euzebio Gestão Escolar I Rio de Janeiro - 2012 O conceito de administração escolar e seus paradigmas e a teoria administrativa da educação no Brasil Esta análise procura demonstrar que a administração escolar ou da educação tem seus fundamentos gerais na Teoria Geral da Administração. Historicamente, a teoria...

    15279  Palavras | 62  Páginas

  • Exercicios de Historia do Brasil

    das aulas de ‘Exercícios de História’ na turma Vetor 2, 2005: Primeira parte: Enfoque sobre História do Brasil Aula no 0 – 19/03 – Apresentação da turma e do professor e debate sobre educação 26/03 – Paixão de Cristo Aula no 1 – 09/04 – Aula abordando ‘Crise do feudalismo e formação dos estados nacionais europeus’, ‘Monarquia portuguesa e expansão portuguesa’, ‘Pacto colonial’ e ‘Brasil holandês’ 23/04 – São Judas Tadeu ? Aula no 2 – 30/04 – Aula abordando ‘Renascimento, absolutismo e mercantilismo’...

    27079  Palavras | 109  Páginas

  • A história da educação no brasil

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: UMA ABORDAGEM GERAL DE SUA EVOLLUÇÃO. RESUMO: A História da Educação Brasileira é fácil de ser compreendida, pois, a mesma desenvolveu com rupturas marcantes, evoluindo juntamente com a História do Brasil. Ela teve início com a chegada dos portugueses e por isto é baseada é uma educação padronizada nos moldes europeus e priorizava a educação para a religião. O presente trabalho aborda de uma forma geral e sintetizada a história da educação brasileira desde...

    2959  Palavras | 12  Páginas

  • Construindo uma nação no Brasil do século XIX: Visões novas e antigas sobre classe, cultura e estado.

    Diálogos, DHI/UEM, v. 5, n. 1. p. 11-47, 2001 CONSTRUINDO UMA NAÇÃO NO BRASIL DO SÉCULO XIX: VISÕES NOVAS E ANTIGAS SOBRE CLASSE, CULTURA E ESTADO* Richard Graham Resumo. Neste ensaio, o autor contribui significativamente para com o estudo da formação do Estado e da construção das nações no Brasil e na América Espanhola, durante e depois do período de emancipação política no século XIX. Baseado num amplo conhecimento da literatura sobre os temas que desenvolve e pela notável familiaridade...

    18033  Palavras | 73  Páginas

  • Resenha do livro território e historia no brasil

    INTRODUÇÃO Desde a independência, as elites brasileiras conceberam o Brasil como um espaço, e não como uma sociedade. E mais, como um espaço a ser conquistado, num movimento expansivo no qual as populações foram pensadas como mero instrumento desse processo de ocupação. O acerto de contas com o passado e a busca de novos paradigmas metodológicos norteou o projeto teórico dos geógrafos progressistas no período. Um profundo e explícito debate ideológico rapidamente se constituiu no seio da geografia...

    8541  Palavras | 35  Páginas

  • Instituições, retoricas e o bacharelismo no brasil

    jurídico do ocidente permaneceu restrito ao Direito nacional e, quando muito, estendeu seu interesse particularmente ao Direito do continente europeu. Os fatos se repetem na história. Da mesma forma como ocorrera em Roma e Portugal, o Brasil passa a organizar-se, enquanto colônia, social, política e economicamente através de uma elite, representada pelos grandes proprietários rurais e mão-de-obra na sua maioria escrava (índios, mestiços e negros). Consolidando-se o poder sem identidade...

    4223  Palavras | 17  Páginas

  • História da Educação no Brasil

    Educação no Brasil Colônia A história da Educação brasileira, ou pelo menos, da Educação Brasileira pós-descobrimento, começa com a chegada dos primeiros jesuítas, em 1549, sob o comando do Padre Manoel de Nóbrega. Estes religiosos da Companhia de Jesus chegam ao Brasil com o objetivo de converter os índios ao cristianismo. São peças fundamentais no processo de aculturação imposto por Portugal na colonização do Brasil. E, no ensejo de propagar a fé católica, de quebra, ensinam aos nativos saberes...

    10820  Palavras | 44  Páginas

  • COMO O PROFESSOR TEM ABORDADO: A TEMÁTICA REGIONAL NO BRASIL COLONIAL NO NONO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL RODOLPHO VALLE

    COMO O PROFESSOR TEM ABORDADO: A TEMÁTICA REGIONAL NO BRASIL COLONIAL NO NONO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL RODOLPHO VALLE Minéia Solange Pereira Sousa Prof. Júlio Cezar Queiroz de Sousa Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em História (HID 0167) – Prática Real 15/06/2013 RESUMO Este presente paper vem disserta Como o professor tem abordado a temática regional no Brasil colonial no nono ano do ensino fundamental na Escola Rodolpho Valle...

    5063  Palavras | 21  Páginas

  • A história da educação no brasil

    A história da educação no Brasil Introdução Esta dissertação tem como objetivo descrever e comentar os aspectos históricos e filosóficos da educação no Brasil desde o período colonial até a primeira República. Demonstraremos a educação jesuítica que monopolizou a educação na colônia, a reforma pombalina, as reformas educacionais de Dom João VI em solo brasileiro, bem como as reformas na educação durante o primeiro e o segundo Império. Por fim, veremos o que foi feito em prol da educação na Primeira...

    1296  Palavras | 6  Páginas

  • Brasil e a Educação no Império

    Quando se fala em Império, fala-se do tempo em que o Brasil não é mais colônia de Portugal e que corresponde a primeira fase da história do Brasil independente com governo próprio. Durante esta trajetória de independência o Brasil implanta a monarquia ao invés da república, que é defendida pelos iluministas e implantada em outras colônias. Enquanto na Europa acontecia o processo de laicização (a desvinculação da igreja) é de se destacar a proliferação de tempos liberais, desvinculados ao movimento...

    1798  Palavras | 8  Páginas

  • PRECONCEITO E DISCRIMINAÇAÕ NO AMBIENTE ESCOLAR

    PRECONCEITO E DISCRIMINAÇAÕ NO AMBIENTE ESCOLAR A ESCOLA COMO AMBIENTE DE PROMOÇÃO DE DIVERSIDADE E DE RESPEITO ÁS DIFERENÇAS Introdução A Escola é o tempo e o espaço da socialização, da aprendizagem da convivência. Considerando que nela se encontram diversas etnias reunidas, ela é o lugar da aprendizagem do espírito democrático e republicano. Contudo, as nossas crianças, adolescentes e jovens trazem do berço familiar e cultural um profundo preconceito, em diferentes âmbitos da vida: preconceito...

    4679  Palavras | 19  Páginas

  • Brasil colonia

    sobre a Educação Brasileira do período Colonial a Primeira Republica. Vamos procurar analisar os seus fundamentos históricos e filosóficos contribuindo assim para o entendimento da história da Educação do nosso Pais, permitindo com isso que entendamos parte da conjuntura atual, uma vez que somos frutos de uma determinada construção histórica de exploração e desigualdade que infelizmente ainda não conseguimos romper.   Educação Brasileira no Período Colonial   Segundo Volpini para que possamos...

    2220  Palavras | 9  Páginas

tracking img