Identifique As Características Comuns À Reflexão Dos Filósofos Pré Socráticos artigos e trabalhos de pesquisa

  • Pré socrático e platão

    1. Contextualizemos esta primeira questão na tradição pré-socrática. Escreve M. Gleiser: É claro que a questão de maior importância para os filósofos da metade do s.v a.c. era o problema de mutação (dança do universo, p 60). Como foi tratado este problema nas escolas iônicas e eleáticas? Qual foi a proposta "conciliadora" formulada pelo atomismo? Os iônicos acreditavam que graças ao “Devir” tudo está em mudança contínua, sem perder sua forma. O devir é a passagem contínua de um estado ao seu contrário...

    2012  Palavras | 9  Páginas

  • Senso comum x senso crítico, pensamento mítico x pensamento filosófico-científico, pré-socráticos e heráclito e éfeso.

    O Senso comum e o Senso Crítico Num discurso corrente, a filosofia é designada como concepção da realidade ao nosso redor. Porém, é equivocado dizer que filosofia é apenas “olhar” a realidade. A filosofia possui um senso crítico e não um senso comum. O senso comum é acrítico. Ao exercer o senso comum, a consciência do homem cotidiano se contenta em tomar como realidade o que é aparente. Ou seja, a sua consciência acha que o mundo é exatamente o que percebemos através dos sentidos. Esse...

    2055  Palavras | 9  Páginas

  • Principais Filósofos pré-socráticos

    Por que muitos filósofos foram chamados de pré-socráticos? E qual a sua característica? Os primeiros filósofos gregos, os Pré-Socráticos viveram entre os séculos VII a.C. e VI a.C. Eles recebem essa denominação por terem vivido antes de Sócrates, que desloca o foco da reflexão filosófica da natureza para o homem e o mundo das ideias. A característica comum aos Pré-Socráticos é a preocupação com o mundo natural (physis, em grego). Ao tentar explicar a natureza das coisas reduzindo sua multiplicidade...

    1579  Palavras | 7  Páginas

  • Atividades avaliativa filosofia importância e características da filosofia

    | |A Cultura é tudo que o homem pode produzir, diversificação acompanha a variedade de cada região, depende das características e | |diversificação. Há diferenças entre as classes sociais, de estilos de vida, lazer. A cultura vem de geração para geração, como costumes | |crenças religiões e valores éticos que refletem na formas de sentir, pensar e...

    1485  Palavras | 6  Páginas

  • pre socraticos

    1 PRÉ-SOCRÁTICOS: JUSTIÇA E COSMOLOGIA 1.1 Pensaram os pré-socráticos sobre a justiça? Origem da Filosofia: o espanto (thaumatzen) Filosofia (philosophía): princípio de todos os conhecimentos Foi a partir da Filosofia que todos os conhecimentos (biologia, matemática, astronomia etc.) tornaram-se autônomos ao longo da história da Filosofia. Pré-socráticos: - período rico da Filosofia grega - dedicaram-se a conhecer as causas de todas as coisas (pánta) - os estudiosos destacam-se sempre...

    1819  Palavras | 8  Páginas

  • Filósofos pré-socráticos

    Heráclito de Éfeso Pré-SocráticosFilósofo pré-socrático” é uma denominação basicamente cronológica e se refere aos primeiros filósofos, que viveram antes de Sócrates (470-399 a.C), chegando alguns dos últimos pré-socráticos a seres seus contemporâneos. O modo de ler, interpretar e discutir a filosofia pré-socrática envolve uma certa dificuldade para nós. Pois a filosofia era vista em sua essência como uma discussão, um debate, e não como um texto escrito. E a dificuldade de ler e interpretar...

    1847  Palavras | 8  Páginas

  • Filósofos pré-socráticos

    Colégio Santa Dorotéia Filósofos Pré-Socráticos Manaus 2013 Rennan Torres Valer Filósofos Pré-Socráticos Trabalho desenvolvido para a disciplina de Filosofia como parte da avaliação do trimeste em questão. Professor: Luiz Roberto Mota Manaus 2013 Introdução Para entender-se a filósofia como a conhecemos e seu significado mais simplista, devemos olhar atentamente para a época de seu surgimento e seu porquê...

    2539  Palavras | 11  Páginas

  • historia da pensamento filosofo

    gunta 1 Historia do pensamento filosofo questionário I 0,5 em 0,5 pontos Os fatores que possibilitaram o surgimento da Filosofia na Grécia Antiga são: Resposta Selecionada: d. As viagens marítimas, a escrita, a moeda e a política. Respostas: a. A organização em bandos e o surgimento do navio a vapor. b. O surgimento da imprensa e a invenção do transporte urbano. c. A fabricação de vinho e de azeite em escala industrial. d. As viagens...

    1552  Palavras | 7  Páginas

  • os filosofos pre socraticos

    Os filósofos pré-socráticos A denominação "filósofos pré-socráticos" é basicamente cronológica e designa os primeiros filósofos, mencionados no capítulo anterior, que viveram antes de Sócrates (470-399 a.C.), chegando alguns dos últimos a serem seus contemporâneos.1 Sócrates é tomado como um marco não só devido à sua influência e importância, mas também por introduzir uma nova problemática na discussão filosófica, as questões ético-políticas, ou seja, a problemática humana e social que praticamente ...

    4297  Palavras | 18  Páginas

  • escolas filosóficas do período pré socrático

    EDUARDA SAGGIN ESCOLAS DO PERÍODO PRÉ-SOCRÁTICO E PÓS-SOCRÁTICO Ibirubá 2014 INTRODUÇÃO O objetivo desse trabalho é apresentar um entendimento das correntes de pensamento das escolas filosóficas do período pré-socrático e pós-socrático. EPICURISMO Epicurismo é o sistema filosófico ensinado por Epicuro de Samos, filósofo ateniense do século IV a.C., e seguido depois por outros filósofos, chamados epicuristas.  Epicuro propunha...

    4201  Palavras | 17  Páginas

  • Os pré-socráticos

    ghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnm Sobre o período Pré-Socrático e o surgimento da Filosofia – Uma breve apresentação. | APRESENTAÇÃO O presente trabalho tem como objetivo a apresentação de uma visão geral da era pré-Socrática, de forma resumida, e de como tudo se iniciou na História da Filosofia. Para o iniciante no estudo de Filosofia, a compreensão daquele período inicial, de...

    7595  Palavras | 31  Páginas

  • Filosofia pre-socratica

    Índice • Introdução • Filosofia pré-socratica • Os Sofistas • Sócrates • Platão • Aristoteles • Conclusão INTRODUÇÃO Irei redigir neste trabalho a Filosofia pré-socratica,os sofistas e três grandes filósofos como Sócrates, Platão e Aristóteles. FILOSOFIA PRÉ-SOCRATICA Pré-socráticos são os filósofos anteriores a Sócrates que viveram na Grécia por volta do século VI a.C., considerados os criadores da filosofia ocidental. Essa fase, que corresponde...

    6823  Palavras | 28  Páginas

  • filosofos

    atribuído ao filósofo Pitágoras, então somente mais tarde adquire um sentido pejorativo para Platão como, charlatão, enganador, ou seja, um sentido de manipulador com palavras de um saber universal. Os sofistas eram estrangeiros que formaram a maior parte dos políticos de Atenas, que através de oratórias e retóricas, difundiam suas ideias, ensinando nomeadamente a arte da retórica preparando-os para assumirem cargos nas Pólis (cidades). Na Grécia antiga, o período pré-socrático foi dominado, em...

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • fhichamentos de EPICURO, TIMEU DE PLATÃO ,FISICADE ARISTÓTELES E OS PRE SOCRÁTICOS

    OS PRÉ-SOCRÁTICOS Os pré-socráticos são aqueles filósofos que antecederam o grande Sócrates um dos maiores nomes da filosofia que nasceu em uma cidade da Grécia chamada de Mileto cidade na qual abrigou os três primeiros filósofos da história são eles :Tales (Que ficou conhecido com o teorema de Tales), Anaximandro e Anaxímenes. Tinham como objetivo construir uma cosmologia que explicasse o racional e as características do universo para substituir a...

    5896  Palavras | 24  Páginas

  • Filosofos

     I. APRENDENDO FILOSOFIA Provavelmente muitos de vocês nunca estudaram filosofia ou leram o livro de algum filósofo. Desse modo, ao ficarem sabendo que estudariam filosofia no ensino médio devem ter se perguntado: O que é filosofia? O que nós vamos estudar em filosofia? Alguns podem estar curiosos e outros preocupados. Antes de respondermos essas perguntas é importante fazermos algumas uma observações: para estudar filosofia é preciso uma dedicação a leitura, pois na nossa disciplina nosso...

    9241  Palavras | 37  Páginas

  • qqqqqqqq

    primeiros filósofos centram sua atenção na natureza e elaboram concepções de cosmologia procurando o princípio constitutivo do Universo. As respostas são várias: para Tales é a água; Anaxímenes, o ar; Demócrito, o átomo; Empédocles, os quatro elementos; terra, ar, água e fogo; Pitágoras, o número. Sociologia que se distingue das atuais democracias? Resposta: Não eram escolhidos representantes, mas cada cidadão participava das decisões de interesse comum. 4ª) Identifique as características comuns à reflexão...

    689  Palavras | 3  Páginas

  • Transição do mito para a reflexão filosófica

    1.1Transição do mito para a reflexão filosófica Desde sempre e naturalmente o ser humano preocupou em conhecer a razão das coisas. As perguntas «absurdas», porem profundas, que as crianças colocam aos adultos, como: Porque é que o céu é azul? Porque é que o chefe é que manda? De onde vêm os bebés? , Entre muitas mais, são prova desta realidade. Nos primórdios, os homens ficam satisfeitos com as explicações dadas através da utilização de mitos que explicavam os «mistérios» da natureza. Os mitos...

    1932  Palavras | 8  Páginas

  • Filosofo socrátes

    VIDA DE SÓCRATES 8 3. DO JULGAMENTO À MORTE 9 3.1. O JULGAMENTO 9 3.2. A CONDENAÇÃO 10 3.3. A MORTE 12 4. COMPREENDER SÓCRATES 12 4.1. Métodos Socráticos 12 4.2. Características do Método Socrático 13 4.3. Compreender Sócrates 13 4.4. Idéias de Sócrates 14 4.5. O conhecimento 15 4.6. Virtude 15 4.7. Política 17 4.8. Paradoxo Socrático 18 5. CONCLUSÃO 22 6. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 23 1. INTRODUÇÃO A FILOSOFIA Etimologia do termo “filosofia”. O termo...

    5941  Palavras | 24  Páginas

  • OS PRE SOCRATICOS E OS FILOSOFOS CLASSICOS

    OLIVEIRA TURMA: M3MR02 VANDERSON HENRIQUE TURMA: M3MR02 OS PRÉ-SOCRATICOS E OS FILOSOFOS CLÁSSICOS E SUAS IDEIAS ALTAMIRA-PA 2015 DUCILLA ALMEIDA DO NASCIMENTO GEOVANE PATRICK TURMA: M3MR02 JANLEXSANDRO SOUSA TURMA: M3MR02 MATEUS OLIVEIRA TURMA: M3MR02 VANDERSON HENRIQUE TURMA: M3MR02 OS PRÉ-SOCRÁTICOS E OS FILÓSOFOS CLÁSSICOS E SUAS IDEIAS Relatório de filosofia sobre os pré-socráticos e os filósofos clássicos e suas ideias em filosofia – a ser apresentado na escola...

    1830  Palavras | 8  Páginas

  • ESCOLAS PRÉ SOCRATICAS

     FILOSÓFOS PRÉ SOCRATICOS ANA CLARA PAES FERNANDO MARCELO MELLO PRISCILA MENDES PRISCILA SANTOS RENATO DA CRUZ DAMASCENO RIO DE JANEIRO ABRIL – 2014 ANA CLARA PAES FERNANDO MARCELO MELLO PRISCILA MENDES PRISCILA SANTOS RENATO DA CRUZ DAMASCENO FILOSÓFOS PRÉ SOCRATICOS Trabalho apresentado a Professora Bianca do Carmo da Costa Siebra da disciplina Filosofia da turma RJMIS01AMC1, turno Manhã do curso de Administração...

    9703  Palavras | 39  Páginas

  • Resposta Livro

    Resposta: Não eram escolhidosrepresentantes, mas cada cidadão participava das decisões de interesse comum. 4º Identifique as características comuns à reflexão dos filósofos pré-socráticos. Resposta: Os primeiros filósofosocupavam-se com questões cosmológicas, iniciando a separação entre a filosofia e o pensamento mítico. 5º “Em todas as literaturas, a prosa é posterior ao verso, como a reflexão o é à imaginação. Aliteratura grega não faz exceção à regra, antes a acentua, pois o desnível cronológico...

    2416  Palavras | 10  Páginas

  • Os Pré-Socráticos

    Neste trabalho abordaremos sobre os pré-socráticos que a filosofia antiga distingue-nos (séculos VI a.C. ao inicio IV a.C). São pré-socráticos pelos temas que abordam e não porque todos seus membros teriam nascido e vivido antes de Sócrates. Falaremos sobre as quatro grandes tendências (escolas) que foi fundada pelos pré-socráticos onde o conteúdo da escola era seus pensamentos e conclusões sobre a existência da natureza e destacaremos seus principais filósofos da Grécia antiga. ...

    1392  Palavras | 6  Páginas

  • introdução a companhia dos filósofos.

    EUNÁPOLIS – BA 2013 DROIT, Roger-Pol. A companhia dos filósofos. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2002. (Mesmo que o céu não exista). Cap. I Introdução a companhia dos filósofos. “Os filósofos são experimentadores de existência” (p.13) “São antes de mais nada, “pessoas”. Por isso é possível viver em companhia deles” (p.13) “A proximidade dos filósofos é muito mais humana. Mesmo quando eles desaparecem há milênios, séculos ou décadas, deixaram...

    2178  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofos

    mudanças ocorridas no pensamento humano e suas principais causas que levaram à origem da filosofia, com os pensadores, como Sócrates, Platão e Aristóteles.   DESENVOLVIMENTO PLATÃO [pic] Platão, autor de vasta obra filosófica, filósofo clássico, nasceu em Atenas, filho de pais aristocráticos e abastados, com temperamento artístico e dialético, preocupou-se com o conhecimento das verdades que determinam a realidade. Exerceu grande influência no desenvolvimento da filosofia. Interessou-se...

    2033  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofia - importância e características da filosofia

    tem vários significados, porem nada é mais que a busca pelo conhecimento, citando a importância da filosofia para decifrar a sociedade. E como a Filosofia pode ajudar o profissional na sua pratica cotidiana A Importância e Características da Filosofia, a presença direta da filosofia no Serviço Social. Mostrando que A Filosofia desperta o questionamento que está presente em diversa área profissional principalmente no serviço, atuando na busca de fundamentos que dêem...

    2655  Palavras | 11  Páginas

  • Sociologia

    uma democracia direta? Sob esse aspecto, em que se distingue das atuais democracias? Resposta: Não eram escolhidos representantes, mas cada cidadão participava das decisões de interesse comum. 4ª) Identifique as características comuns à reflexão dos filósofos pré-socráticos. Resposta : Os primeiros filósofos ocupavam-se com questões cosmológicas, iniciando a separação entre a filosofia e o pensamento mítico. 6ª) Na Grécia Antiga, o surgimento da escrita propiciou o nascimento da filosofia. E...

    1362  Palavras | 6  Páginas

  • As contribuições dos pré socráticos para a formação do conhecimento humano

    As Contribuições dos Pré-Socráticos para a Formação do conhecimento humano Trabalho da disciplina de Filosofia Filosofia na formação do conhecimento humano. Segundo Brandão (1986) a realização da prática educativa, acontece desde os primórdios dos seres humanos quando os ensinamentos para a própria sobrevivência, as tradições e os costumes ocorriam de modo informal e nada sistematizado. Esses conhecimentos eram passados por clãs familiares por meio da observação e da realização...

    1297  Palavras | 6  Páginas

  • filósofos pré-socráticos

    Filósofos pré-socráticos é o nome pelo qual são conhecidos aqueles filósofos da Grécia Antiga que, como sugere o nome, antecederam a Sócrates. Essa divisão propriamente, se dá mais devido ao objeto de sua filosofia, em relação à novidade introduzida por Platão, do que à cronologia - visto que, temporalmente, alguns dos ditos pré-socráticos são contemporâneos a Sócrates, ou mesmo posteriores a ele (como no caso de alguns sofistas). Primeiramente, os pré-socráticos, também chamados naturalistas ou...

    2204  Palavras | 9  Páginas

  • Filosofo Anaximandro

    Filosofo Anaximandro Anaximandro foi um geógrafo, matemático, astrônomo, político e filósofo pré-Socrático; discípulo de Tales, seguiu a escola jônica1 . Os relatos doxográficos nos dão conta de que escreveu um livro intitulado "Sobre a Natureza"; contudo, essa obra se perdeu. Atribui-se a Anaximandro a confecção de um mapa do mundo habitado, a introdução na Grécia do uso do Gnômon (relógio solar) e a medição das distâncias entre as estrelas e o cálculo de sua magnitude (é o iniciador da astronomia...

    5529  Palavras | 23  Páginas

  • pre socraticos até marx

     Estudo dirigido Filosofia e Ética 1-Os pré-socráticos são os primeiros na história da filosofia a buscar uma concepção diferente do mito como explicação absoluta da existência, considerando que tal sentido torna-se insatisfatório. Temos então, o rompimento com o pensamento mítico dando início ao pensamento naturalista (physis), que visa a explicação da natureza por ela mesma (causalidade). O pensamento passa a buscar a racionalidade abandonando implicações cosmogônicas...

    1314  Palavras | 6  Páginas

  • Os pré-socráticos

    Oliveira 05/04/2011 FILOSOFIA – GRÉCIA ANTIGA – OS PENSADORES PERÍODO DOS PRÉ-SOCRÁTICOS 1º TALES DE MILETO 2º ANAXIMANDRO DE MILETO Ar Água 3º ANAXÍMENES DE MILETO Apeíron Grécia Antiga Os treis primeiros Filósofos precursores (séc. VII-V A.C.) Os filósofos pré-socráticos são aqueles que antecedem Sócrates. A filosofia originou-se na cidade de Mileto na Grécia que abrigou os três primeiros filósofos da história que são: Tales, Anaximandro e Anaxímenes. Seus objetivos eram de...

    2813  Palavras | 12  Páginas

  • os primeiro filosofos

    Pré-socráticos: Origens da filosofia e os primeiros filósofos gregosCOMENTE Antonio Carlos Olivieri, Da Página 3 Pedagogia & Comunicação 28/08/200608h26 Comunicar erroImprimir No livro "Paixão pelo Saber - Uma breve História da Filosofia, os filósofos norte-americanos Robert C. Solomon e Kathleen M. Higgins, ambos professores de filosofia na Universidade do Texas, apresentam de modo bastante sintético alguns pontos básicos sobre as origens da filosofia. Vale a pena conhecer o que os dois escreveram: ...

    1707  Palavras | 7  Páginas

  • caracteristicas gerais do periodo pré-socrático e o pensamento de parmênides periodo

    Período Pré-Socrático O período Pré-Socrático inicia-se por volta do século VI a.C. quando aparecem os primeiros filósofos nas colônias gregas da Jônia e na Magna Grécia. Podemos dividi-los em várias escolas: Escola Jônica: fazem parte os seguintes filósofos: Tales, Anaxímenes, Heráclito e Empédocles; Escola Itálica: Pitágoras; Escola Eleática: Xenófones, Parmênides e Zenão; Escola Atomista: Gencipo e Demócrito. Esse período tem como característica principal o uso da razão...

    605  Palavras | 3  Páginas

  • Filósofos pré-socráticos

    Período pré-socrático (séc. VII-V a.C.) 3 Tales de Mileto – (+ ou- 640-548 a. C) - 3 Anaximandro – (+ ou – 610-547 a. C) 4 Anaxímenes – (+ ou – 588-524 a. C) 4 Heráclito – (+ ou – 540-470 a. C) 4 Pitágoras – (século VI a.C.) 5 Demócrito (+ ou - 460-370 a. C) 6 Zenão, de Eléia (século V a. C)- 6 Conclusão 8 Bibliografia 9 Introdução O objetivo desse trabalho é apresentar um breve estudo sobre o período pré-socrático. Os filósofos pré-socráticos são os filósofos que surgiram...

    2648  Palavras | 11  Páginas

  • metodo socratico

    O método socrático Antes de Sócrates, os pré-socráticos interessavam-se predominantemente pelo exterior: cosmos, physis. Sócrates, de forma diferente dos Sofistas, inverte esta tendência apropriando- se da máxima do oráculo de Delfos: "Conhece-te a ti mesmo". O homem deve procurar em si o universal e não o particular, escutar a voz da razão que muitas vezes o egoísmo e as paixões abafam. Conhece-te a ti mesmo, conhece aquilo que em ti é fonte de conhecimento verdadeiro: a Razão. A viragem antropológica...

    2198  Palavras | 9  Páginas

  • Pré-socráticos

    O QUE PERGUNTAVAM OS PRÉ-SOCRATICOS? Os primeiros filósofos tentaram entender o mundo com o uso da razão, sem recorrer à religião, à revelação, à autoridade ou à tradição.Além disso era os próprios professores que ensinavam seus discípulos a usar a razão a pensar por si próprio, para que os mesmos tomassem coragem para discutir, argumentar,debater e propor novas idéias. A denominação pré-socráticos,é porque antecederam Sócrates, o primeiro filosofo cujo método de pensar era sistemático. Os...

    523  Palavras | 3  Páginas

  • OS NATURALISTAS PRÉ-SOCRÁTICOS

    OS NATURALISTAS PRÉ-SOCRÁTICOS "As coisas visiveis são uma claridade sobre o invisivel. " Democrito e Anaxagoras OS "NATURALISTAS" OU FILÓSOFOS DA "PHYSIS" O RESULTADO DAS invasões dóricas, a partir do século XII a.C, é a ruína dos reinos micênicos, com sua estrutura de base agrária, patriarcal e gentílica. Fugindo aos invasores e tentando salvaguardar suas tradições, muitos aqueus são forçados a emigrar para as ilhas e as costas da Ásia Menor. Aí os jônios fundarão cidades, como Mileto...

    10609  Palavras | 43  Páginas

  • Período Pré Socráticos

    dos filósofos pré-socráticos, que a princípio foram nomeados desta maneira por que surgiram antes de Sócrates, porém, isto não é totalmente verídico. Na verdade, os pré-socráticos foram assim batizados mais por sua forma de pensar do que pelo período histórico em que viveram. Embora sejam verdade que a grande maioria dos filósofos pré-socráticos viveu antes de Sócrates, alguns deles foram contemporâneos a ele e alguns vieram após sua morte. A diferença entre os pré-socráticos e os filósofos que viriam...

    3260  Palavras | 14  Páginas

  • Pré socráticos

    OS PRÉ-SOCRÁTICOS A característica fundamental do pensamento grego está na solução dualista do problema metafísico, isto é, na solução entre a realidade empírica e o Absoluto que a explique, entre o Mundo e Deus. Consequência desse dualismo é o irracionalismo, em que fatalmente finaliza a serena concepção grega do mundo e da vida. Entre as raças gregas, a filosofia é devida, sobretudo aos jônios, sendo jônios também os atenienses. No século VII a.C. o comércio se intensificava na Grécia, gerando...

    797  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia- Senso comum

    pela disciplina de Filosofia, cujo assuntos são: 1.Saber Mítico; 2.Senso comum; 3.Saber Filosófico ;4.Relação mito e Filosofia. Itabuna-BA 2015 SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO...........................................................03 1.1 Saber Mítico 1.2Senso Comum 1.3 Saber Filosófico 1.4 Relação entre Mito e Filosofia 2. DESENVOLVIMENTO...............................................04 2.1 Saber Mítico 2.2Senso Comum 2.3 Saber Filosófico 2.4 Relação entre Mito e Filosofia 3.CONCLUSÃO..........

    979  Palavras | 4  Páginas

  • Identifique as grandes características de cada período histórico da Filosofia

    Avaliativa 01-Identifique as grandes características de cada período histórico da Filosofia, tendo por base a ideia de que os antigos são fisiocêntricos, os medievais são teocêntricos e os modernos são antropocêntricos. Resposta: Filosofia Grega ou Antiga No período pré-socrático conhecido também como cosmológico, é identificado por ser o primeiro passo da evolução da Filosofia grega. Esse período se preocupou não só com a origem, mas como o destino do universo e da natureza. Os filósofos desse período...

    664  Palavras | 3  Páginas

  • período Pré-Socráticos

    Período pré-socrático (séc. VII-V a.C.) A Filosofia como a conheceu hoje, ou seja, como uma ciência que estuda as inquietações humanas e visa explicá-las de maneira racional, surgiu na Grécia antiga, no século VI a.C, época em que basicamente tudo era explicado e tinha suas origens na mitologia. Essa explanação “divino-mitológica” para a realidade se chamou, então, cosmogonia. Porém, os pensadores inquietos da época quiseram responder e explicar fenômenos e perguntas como essas de maneira...

    2391  Palavras | 10  Páginas

  • pre socraticos

    Pré-socráticos Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Filósofos pré-socráticos é o nome pelo qual são conhecidos aqueles filósofos da Grécia Antiga que, como sugere o nome, antecederam a Sócrates. Essa divisão propriamente, se dá mais devido ao objeto de sua filosofia, em relação à novidade introduzida por Platão, do que à cronologia - visto que, temporalmente, alguns dos ditos pré-socráticos são contemporâneos a Sócrates, ou mesmo posteriores a ele (como no caso de alguns sofistas). Primeiramente...

    3518  Palavras | 15  Páginas

  • Qual a contribuição de Sócrates para a reflexão filosófica moral

    Qual a contribuição de Sócrates para a reflexão filosófica moral? A introspecção é o característico da filosofia de Sócrates. E exprime-se no famoso lema conhece-te a ti mesmo, isto é, torna-te consciente de tua ignorância, como sendo o ápice da sabedoria, que é o desejo da ciência mediante a virtude. E alcançava em Sócrates intensidade e profundidade tais, que se concretizava, se personificava na voz interior divina do gênio ou demônio influenciando e persuadindo o individual em suas reflexões...

    873  Palavras | 4  Páginas

  • aps unip 1 semestre engenharia fisco matematico filosofo

    1.1.4 Método socrático 1.1.5 Ideias Filosóficas 1.1.6 Dialogo socrático 1.1.7 Gnosiologia 1.1.8 A moral 1.1.9 Escolas Socráticas Menores 1.2 Físico 1.2.1 Galileu Galilei 1.2.2 Ideias e Leis 1.3 Matemático 1.3.2 A escola Pitágoras 1.3.3 O pentagrama era símbolo da escola Pitagorica 1.3.4 Ideias e Leis 1.3.4.1 Números Figurados 1.3.4.2 Números Perfeitos 1.3.4.3 Em formulas 2.0 Analise da Função: Pitágoras 3.0 Impactos produzidos 3.1 Filosofo Sócrates 3.2...

    11401  Palavras | 46  Páginas

  • Período Pré Socrático

    Filósofos pré-socráticos é o nome pelo qual são conhecidos aqueles filósofos da Grécia Antiga que, como sugere o nome, antecederam a Sócrates. Essa divisão propriamente, se dá mais devido ao objeto de sua filosofia, em relação à novidade introduzida por Platão, do que à cronologia - visto que, temporalmente, alguns dos ditos pré-socráticos são contemporâneos a Sócrates, ou mesmo posteriores a ele (como no caso de alguns sofistas). Primeiramente, os pré-socráticos, também chamados naturalistas ou...

    4011  Palavras | 17  Páginas

  • Período Pré-Socrático

     Na história do pensamento ocidental, a filosofia nasce na Grécia entre os séculos VII e VI a.C., entre a passagem do mito para a razão (logos). Os primeiros filósofos gregos compartilharam de crenças míticas, enquanto desenvolviam o conhecimento racional. A filosofia grega possui um carácter racional e sistemático de explicar o universo. Período em que a filosofia se expandiu para Roma MITOLOGIA GREGA Os gregos cultuavam uma série de deuses (Zeus, Hera, Ares...

    2043  Palavras | 9  Páginas

  • Os pré socratico

    FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS  Os pré-socráticos são filósofos que viveram na Grécia Antiga e nas suas colônias. Assim são chamados, pois são os que vieram antes de Sócrates, considerado um divisor de águas na filosofia. Muito pouco de suas obras está disponível, restando apenas fragmentos. O primeiro filósofo em que temos uma obra sistemática e com livros completos é Platão, depois Aristóteles. São chamados de filósofos da natureza, pois investigaram questões pertinentes a esta, como de que é feito...

    3459  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofos pre socraticos

    ................................................... Pré-Socraticos Doxografias, a obra de Diels-Kranz e os fragmentos Escola Jônica Tales de Mileto Anaximandro de Mileto Anaxímenes de Mileto (588-524 A.C.) ''Ar'' Parmênides de Eléia Heráclito de Éfeso Demócrito e a Teoria Atômica Escolas Italianas Pítagoras de Samos Escola Eleática 1- Introdução Filósofos pré-socráticos é o nome pelo qual são conhecidos aqueles filosofos da Sócrates. Essa divisão propriamente, se dá mais devido...

    3520  Palavras | 15  Páginas

  • Filosofo, Matemático e Fisico

    Sócrates 1. Biografia Sócrates, filósofo grego (Alópece, Grécia, c. 470 a.C. - Atenas, Grécia, 399 a.C.). Sua vida digna e sua morte corajosa, assim como seus ensinamentos, fizeram dele uma das personalidades mais admiradas da história. Sócrates vinha de família humilde era filho de Sophroniscus - motivo pelo qual ele era chamado em sua juventude de Sokrates ios Sōfronískos (Sócrates, o filho de Sophroniscus) um escultor, especialista em entalhar colunas nos templos, e Phaenarete, uma parteira...

    9976  Palavras | 40  Páginas

  • Os pre socraticos

    I – PERÍODOS DA FILOSOFIA GREGA Na Filosofia Grega existem quatro grandes períodos, que são eles: 1. O Período pré-socrático ou cosmológico tem seu período compreendido entre o final do século VII ao final do século V a.C., que é a época em que a Filosofia se ocupa fundamentalmente com a origem do mundo e as causas das transformações da natureza. 2. O Período Socrático ou antropológico tem seu período compreendido do final do século V e todo o século IV a.C., período em que a Filosofia...

    1986  Palavras | 8  Páginas

  • Pre-Socratico

    A filosofia pré-socrática se desenrolou num espaço de quase dois séculos. Mais precisamente, os primeiros filósofos escreveram e ensinaram entre os anos 585 a.e.c. - data do eclipse, previsto por Tales,- e 410 a.e.c. quando Sócrates já atuava, orientando o interesse para a filosofia moral. Desde então muito se altera na situação do pensamento grego, o qual passou a se centralizar, pelo menos um século, em Atenas. Foram os primeiros filósofos do mundo ocidental que se tem notícia, são chamados...

    3774  Palavras | 16  Páginas

  • Os pré-socráticos

    SUMÁRIO Introdução ....................................................................................................................... História da Filosofia e dos filósofos pré-socráticos ...................................................... 3 3 Escolas .............................................................................................................................. 5  Escola Jônica ................................................................................................

    4628  Palavras | 19  Páginas

  • CONCEITUANDO FILOSOFIA E ENUMERANDO SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS.

    CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NILSON SERGIO LIMA conceituando FILOSOFIA E enumerando SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arari-MA 2012 NILSON SERGIO LIMA conceituando FILOSOFIA E enumerando SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Trabalho apresentado ao Curso de Bacharel em Administração Pública da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA, para obtenção de nota na primeira atividade da disciplina...

    3078  Palavras | 13  Páginas

  • FICHAMENTO DE PRE SOCRATICOS

    OS PRÉ-SOCRÁTICOS Os pré-socráticos são aqueles filósofos que antecederam o grande Sócrates um dos maiores nomes da filosofia que nasceu em uma cidade da Grécia chamada de Mileto cidade na qual abrigou os três primeiros filósofos da história são eles :Tales (Que ficou conhecido com o teorema de Tales), Anaximandro e Anaxímenes. Tinham como objetivo construir uma cosmologia que explicasse o racional e as características do universo para substituir a...

    1998  Palavras | 8  Páginas

  • FISICO, FILOSOFO E MATEMATICO

    Sócrates 1. Biografia Sócrates, filósofo grego (Alópece, Grécia, c. 470 a.C. - Atenas, Grécia, 399 a.C.). Sua vida digna e sua morte corajosa, assim como seus ensinamentos, fizeram dele uma das personalidades mais admiradas da história. Sócrates vinha de família humilde era filho de Sophroniscus - motivo pelo qual ele era chamado em sua juventude de Sokrates ios Sōfronískos (Sócrates, o filho de Sophroniscus) um escultor, especialista em entalhar colunas nos templos, e Phaenarete, uma parteira...

    9301  Palavras | 38  Páginas

  • pré socáticos

    Filósofos Pré-Socráticos João Pessoa 2012 Período Pré-Socrático Os filósofos Pré-Socráticos foram os primeiros filósofos gregos, que viveram antes de Sócrates. A característica comum aos pré-socráticos é a preocupação com o mundo natural, e a linguagem falada era mais valorizada do que a linguagem escrita, por isso, as obras não sobreviveram ao longo do tempo. Encontramos duas principais fontes para o conhecimento dos pensamentos desses...

    873  Palavras | 4  Páginas

  • Pré socraticos - Professora Regina Sena

    Os Pré-Socráticos (ou "Os filósofos da natureza") Quando aparecem, na Grécia antiga, por volta do século VI a.C., os primeiros filósofos de que se tem notícia, preponderava o mito como forma de conhecimento. Tudo era explicado a partir da ação de forças extraordinárias e sobre-humanas. A vontade de um deus, por ação ou omissão, era concebida como CAUSA dos acontecimentos do mundo natural. Apesar de os relatos míticos constituírem uma COSMOGONIA, ou seja, uma explicação sobre...

    1229  Palavras | 5  Páginas

  • FILOSOFIA PRÉ-SOCRÁTICOS

    filosófico-científico. Este pensamento nasce basicamente de uma insatisfação com o tipo e explicação da realidade que encontramos nos mitos. A tentativa dos primeiros filósofos será buscar uma explicação do mundo natural (a physis, daí o nosso termo “física”) baseada essencialmente em causas naturais, por isso eles são filósofos naturalistas. A chave da explicação do mundo estaria então, pare esses pensadores, no próprio mundo, e não fora dele, em alguma realidade misteriosa e inacessível. O mundo...

    1222  Palavras | 5  Páginas

  • Mito e Filosofia

    Trabalho de Filosofia: Pagina 24: 1 - Gramsci afirma que "não se pode pensar em nenhum homem que não seja também filósofo". Então, o que cada um de nós tem em comum com o filósofo? E em que dele nos distinguimos? Converse com seus colegas para identificar quais tem sido suas principais "questões filosóficas". R: Essa resposta é pessoal, formule a sua própria. 2 - Explique o que Edmund Husserl quis dizer com a ambiguidade segundo a qual ele "sabe" e, ao mesmo tempo, "não sabe" o que...

    1451  Palavras | 6  Páginas

tracking img