Historia Da Educação Mario Manacorda artigos e trabalhos de pesquisa

  • A relação entre Manacorda e Aranha

    A RELAÇÃO ENTRE MANACORDA E ARANHA É certo que muito já se escreveu sobre historia da educação. Pretendo acrescentar alguns elementos nessa discussão, tentando mostrar que a pratica educacional é constante e que a educação escolar nasce não como valor social, mas como mecanismo de luta de classes ou, se quisermos outra categoria, ela se manifesta como mecanismo de manutenção das estruturas sociais. Sendo assim, a classe dominante se utiliza não só da educação informal, mas da instituição escolar...

    852  Palavras | 4  Páginas

  • Educação na alta idade media

    1 A EDUCAÇÃO NA ALTA IDADE MÉDIA – MARIO ALIGHIERO MANACORDA, 1999 Luiz Antonio de Oliveira O poder na Alta Idade Média se estabeleceu concentrou nos reinos bárbaros romanos, na Igreja e no Império Romano do Oriente. 1 DECADÊNCIA DA CULTURA CLÁSSICA O que marcou da decadência da cultura clássica? A fragmentação do poder romano e o contato com as culturas bárbaras. Neste contexto a escola cristã substituiu a escola clássica grego-romana (alfabetização, leitura e leitura dos clássicos gregos...

    3819  Palavras | 16  Páginas

  • MANACORDA,Mario Alighiero. Historia da Educação. Da antiguidade aos nossos dias. 13 ed. São Paulo. Cortez. 2010. Cap.II p.58-95.

    MANACORDA,Mario Alighiero. Historia da Educação. Da antiguidade aos nossos dias. 13 ed. São Paulo. Cortez. 2010. Cap.II p.58-95. Paulo Reginaldo Araujo Esse II capitulo do livro Manacorda fala dos Deuses filosofo, a desenvolvimento da educação na Grécia, e seus muitos. Na educação Grega que aparece...

    514  Palavras | 3  Páginas

  • educação nos 800 de manacorda

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO I Prof.ª SANDRA LIMA Bárbara Machado Denise Motta A EDUCAÇÃO NOS OITOCENTOS UBERLÂNDIA 2015 A educação nos Oitocentos. 1. INTRODUÇÃO Este trabalho apresenta um breve relato sobre a Educação no século XIX. Algumas ideias e práticas desenvolvidas na época. A Educação é um tema considerado essencial, se quisermos...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • A educação nos quinhentos, seisescentos e setecentos

    A EDUCAÇÃO NOS QUINHENTOS, NOS SEISCENTOS E NOS SETECENTOS Mário Alighiero Manacorda RESUMO Este artigo tem por objetivo, informar sobre as propostas de reformulação na Educação no Período de Quinhentos, Seiscentos e Setecentos, contribuindo assim para o esclarecimento de livros, textos e outros artigos formulados. A educação nos Quinhentos e Seiscentos abrange a escola no contexto da reforma protestante, no momento da contra reforma, abarcando também a educação através da sátira, da utopia...

    2277  Palavras | 10  Páginas

  • O PAPEL DA EDUCAÇÃO NA EMANCIPAÇÃO HUMANA: LIMITES E POSSIBILIDADES SOB O OLHAR DO MATERIALISMO HISTORICO DIALÉTICO

     O PAPEL DA EDUCAÇÃO NA EMANCIPAÇÃO HUMANA: LIMITES E POSSIBILIDADES SOB O OLHAR DO MATERIALISMO HISTORICO DIALÉTICO Tamara Martins de Barros1 Resumo: O presente trabalho tem o objetivo de discutir, através da revisão bibliográfica dos autores, Sério Lessa, Mario Alighiero Manacorda e Karl Marx, os limites e possibilidades do processo de emancipação humana em nossa sociedade atual, bem como discutir os processos...

    2859  Palavras | 12  Páginas

  • A educação na alta idade média mana

    Cap. IV - A Educação na Alta Idade Média MANACORDA, Mario Alighiero. A Educação na Alta Idade Média, capítulo IV. In: MANACORDA,Mario Alighiero. História da Educação II Ed. São Paulo, Cortez 2004 pág 111-137. No início do séc. VI verificam-se fenômenos políticos marcantes. De um lado, alguns reinos romano-bárbaros se implantavam em territórios do Império do Ocidente. A única autoridade política romana é a Igreja, especialmente o papado. Do outro lado o Império do Oriente conserva a sua unidade...

    701  Palavras | 3  Páginas

  • A educação na Grecia Antiga

    CAPITULO II A educação na Grécia Esse capitulo II, do livro Manacorda, fala dos Deuses filosofo, e sobre o desenvolvimento da educação na Grécia e seus mitos. As primeiras teorias da educação surgem na Grécia Antiga, e começa a ter importante participação tanto na vida e no crescimento da sociedade. A educação Grega tem como objetivo desenvolver cidadão fiel ao estado e formar homem com domínio de si, e prepara-lo para a cidadania e os deveres cívicos. Na fase arcaica terá a formação...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • história da esducacão da antiguidade ao nossos dias

    RESENHA CRÍTICA AUTOR Mario Alighiero Manacorda TÍTULO História da Educação: da antiguidade aos nossos dias. Capítulos 4 e 5. EDIÇÃO 10ª edição CIDADE São Paulo EDITORA Cortez ANO 2002 O autor da obra, o professor Mario Alighiero Manacorda, falecido em 2013, foi um importante pensador marxista do século XX, principalmente na área educacional, mais especificamente nos estudos de história e filosofia da educação. Graduado em Letras e Pedagogia, pela Universidade...

    814  Palavras | 4  Páginas

  • A educação na Grecia

    CAPITULO II A educação na Grécia Esse capitulo II, do livro Manacorda, fala dos Deuses filosofo, e sobre o desenvolvimento da educação na Grécia e seus mitos. As primeiras teorias da educação surgem na Grécia Antiga, e começa a ter importante participação tanto na vida e no crescimento da sociedade. A educação Grega tem como objetivo desenvolver cidadão fiel ao estado e formar homem com domínio de si, e prepara-lo para a cidadania e os deveres cívicos. Na fase arcaica tera a formação...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • A educação na Grecia

    CAPITULO II A educação na Grécia Esse capitulo II, do livro Manacorda, fala dos Deuses filosofo, e sobre o desenvolvimento da educação na Grécia e seus mitos. As primeiras teorias da educação surgem na Grécia Antiga, e começa a ter importante participação tanto na vida e no crescimento da sociedade. A educação Grega tem como objetivo desenvolver cidadão fiel ao estado e formar homem com domínio de si, e prepara-lo para a cidadania e os deveres cívicos. Na fase arcaica tera a formação...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • Educação básica: entre as contradições da pedagogia capitalista e a busca por uma formação para o desenvolvimento humano

    1 EDUCAÇÃO BÁSICA: ENTRE AS CONTRADIÇÕES DA PEDAGOGIA CAPITALISTA E A BUSCA POR UMA FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO. Eliete Ramos de Souza1 Aluna do Curso de Especialização em Ensino de Sociologia - UEL E-mail: eliete-ramos@hotmail.com Resumo Neste texto procuramos discutir o papel da educação escolar em nossa sociedade. Julgamos esta análise necessária, porquanto entendemos que a Educação Básica, da forma que se encontra organizada, não é suficiente para garantir a formação do...

    7157  Palavras | 29  Páginas

  • Educação no brasil

    ESTUDOS E PESQUISAS “HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL” Universidade Federal da Paraíba – João Pessoa – 31/07 a 03/08/2012 – Anais Eletrônicos – ISBN 978-85-7745-551-5 LUZURIAGA, LARROYO, MANACORDA E CAMBI: ANÁLISE DE MANUAIS DE HISTÓRIA  DA EDUCAÇÃO EM CIRCULAÇÃO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO BRASIL (1955‐ 2008)*      Décio Gatti Júnior   (UFU)**  degatti@ufu.br      Resumo    Este  trabalho  insere‐se  no  âmbito  da  história  disciplinar  da  História  da  Educação.  Partiu‐se  da ...

    13148  Palavras | 53  Páginas

  • Historia e educação.

    |Plano de Ensino | |Disciplina: História da Educação | |Módulo: | | |Carga Horária: ...

    612  Palavras | 3  Páginas

  • Educação em Roma

     Educação em Roma: Educação moral e cívica1 Hiago Andrade da Rocha2 Resumo O objetivo desde trabalho é apresentar o sistema da educação romana,que tinha um grande teor moral e cívico,e como ele foi se constituindo ao longo do tempo,passando por varias etapas desde ao métodos utilizados a segmentação da idade do jovem para aprender os valores romanos.Tendo como métodos uma educação prática, a imitação como método e o exemplo a ser seguido pelas narrativas da literatura que exaltava os heróis...

    2790  Palavras | 12  Páginas

  • educação grega

    Universidade Federal de São Carlos – Pedagogia G7 História da Educação I – 1º Semestre – AI-1 Professora: Marisa Bittar – Tutora Virtual: Livia Carolina Vieira Aluna: Simone Revolti Mota – RA 57941 – Polo de Apoio: Itapevi A Educação na antiguidade e o surgimento da escola de Estado Homero, poeta grego da Antiguidade, foi considerado por Platão “o verdadeiro pai da educação grega”. Foi Homero quem formulou a concepção do homem omnilateral ou o homem completo. Para se entender essa concepção...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Educação Romana

    A EDUCAÇÃO ROMANA Autores Maiara Barbosa Pereira Prof. Orientador Silvana Scarpatto Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Licenciatura Letras (LED0180) – Prática Módulo I. 16/06/2013 RESUMO Roma foi o berço da língua Latina, e seus derivados (italiano, francês, português, espanhol, etc.), sendo assim ainda temos muitas heranças vindas de Roma. A educação em Roma era baseada na família, no sexo (masculino e feminino) e no estilo de vida de cada família. ...

    1002  Palavras | 5  Páginas

  • Comparação Ponce e Manacorda

    de analisar os diversos modelos educacionais adotados pelas diferentes sociedades nos diferentes séculos, desde o homem antigo até o modelo de educação do homem na América já desenvolvida. A análise desenvolvida foi embasada nos livros “Educação e luta de classes” de Aníbal Ponce, “História da Educação: Da antiguidade aos nossos dias” de Mario A. Manacorda, outros textos referentes ao assunto e alguns registros cinematográficos como o vídeo sobre “Troia”, “Ulisses” e “300”, além do filme “O Nome...

    20322  Palavras | 82  Páginas

  • A educação infantil na idade média

    preso a terra num trabalho servil humilhante [2] . Quem ainda acredita piamente nesse amontoado de tolices ficará agradavelmente surpreso, espero, com o tema desse trabalho, que não poderia ser mais propício. Minhas perguntas básicas serão: existiu educação na Idade Média? E ciência? E as crianças? É incrível, mas há quase quarenta anos atrás o próprio Jacques Le Goff perguntou: “teria havido crianças no Ocidente Medieval?” [3] Seguindo a trilha deixada por Philippe Ariès [4] , ele buscou a criança...

    4754  Palavras | 20  Páginas

  • historia da educação

    A Educação a Distância é uma metodologia desafiadora e necessita de muito empenho e organização por parte dos alunos, tutores e demais envolvidos neste processo. Discorra em uma lauda, quais as suas expectativas frente a este desafio, bem como, você se organizou para trabalhar esta metodologia. E como essa modalidade pode auxiliá-lo em sua carreira futura. Procurei EAD para obter uma facilidade no meu estudo e aprendizagem. Tenho uma expectativa muito grande em relação ao curso e o processo...

    22266  Palavras | 90  Páginas

  • Relação Existente Entre A Educação Espartana, O Ideal Homérico E A Defesa Do Estado

    ATIVIDADE DO 2º CICLO DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA: Relação Existente Entre A Educação Espartana, O Ideal Homérico E A Defesa Do Estado ALUNO: WENCESLAU ALLE DE SOUZA RA: 1114332 TURMA: DGEF1301CGR1L DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO TUTOR A DISTÂNCIA: LUIZ ANTONIO SABEH [CEUCLAR] [2013] Esparta e sua cultura foram destruídas pelos bárbaros germânicos Visigodos em 396 D.C, Esparta foi uma das mais conhecidas cidades-estado da Grécia Antiga, Fundação de Esparta pelo povo dório...

    1458  Palavras | 6  Páginas

  • educação humanista

    2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CAMPUS DE NAVIRAÍ FERNANDA CELESTINO MENEGUELLO JOSIANE CAROLINE S. S. CORRÊA KEILA CRISTINA MEDEIROS PALÁCIOS POLYANA DA SILVA PEREIRA HUMANISMO Trabalho apresentado à disciplina de História da Pedagogia, orientada pela professora Me. Renice Ribeiro Lopes do curso de Pedagogia. NAVIRAÍ/MS 2013 INTRODUÇÃO O humanismo foi um movimento filosófico que surgiu por volta dos séculos XIV á XVI, onde houve grandes transformações culturais...

    1719  Palavras | 7  Páginas

  • Trabalho e educação

    Dermeval Saviani Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos* Dermeval Saviani Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação A primeira observação que me ocorre a propósito do próprio enunciado do tema é que, na verdade, da perspectiva em que me coloco para analisar o problema, os termos “ontológico” e “histórico” não seriam ligados por uma conjunção coordenativa aditiva como está posto no enunciado do título. Não se trataria de examinar os fundamentos ontológicos...

    9150  Palavras | 37  Páginas

  • ATPS Da Historia Da Educacao E Pedagogia

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA Atividade Prática Supervisionada apresentada à Profª. na disciplina da historia da educação e pedagogia referente a etapa 1, . São Paulo-Brasil 2015 SUMÁRIO 1. A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E PEDAGOGIA----------------------------------------------3 1.2 Educação primitiva--------------------------------------------------------------------------------3 1.3 Educação orien...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • A educação na filosofia de Sócrates

    Este relato breve sobre Sócrates (469-39 a.C.) e sua influência na educação, pedagogia e filosofias atuais, inicia-se com suas famosas palavras: “sei que nada sei”. A sabedoria de Sócrates estava no fato de reconhecer-se como não detentor de todo o saber e, assim, entender o fato de o “conhecimento” ser um processo, uma busca constante e não apenas um estado. Filho de um escultor e uma parteira, teve alguns ofícios antes de entender seu verdadeiro propósito no momento em que vivia: ser professor...

    686  Palavras | 3  Páginas

  • O SABER E FAZER PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA CULTURA ESCOLAR: O QUE É UM COMPONENTE CURRICULAR?

    EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: POLÍTICAS INVESTIGAÇÃO E INTERVENÇÃO O SABER E FAZER PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA CULTURA ESCOLAR: O QUE É UM COMPONENTE CURRICULAR? Introdução A intenção deste texto é refletir, junto com o leitor, sobre os desafios presentes na prática pedagógica da Educação Física escolar. Essa reflexão foi delimitada a partir de três questões: 1) O que é um componente curricular?; 2) A Educação Física é um componente curricular? De que tipo?; e 3) Como são tratados...

    3378  Palavras | 14  Páginas

  • educação na perspectiva marxista

    artigos A educação na perspectiva marxista: uma abordagem baseada em Marx e Gramsci Amarilio Ferreira Jr.1 Marisa Bittar2 FERREIRA JR., A.; BITTAR, M. Education in a marxist perspective: an approach based on Marx and Gramsci. Interface - Comunic., Saúde, Educ., v.12, n.26, p.635-46, jul./set. 2008. The objective of this article is to discuss the humanistic principles of education inherent to Marx’s and Gramsci’s writing. According to both authors, the real conditions of existence...

    8456  Palavras | 34  Páginas

  • Sociedade e educação no antigo egito

    Sociedade e Educação no Antigo Egito Autoras: *Aline Hauptmann Rodrigues *Mayara Kelli da Silva *Thayná Teles Palavras-Chave: Egito; Educação; Formação; Sociedade * Trabalho da Disciplina de História da Educação – Prof. Fabiana Barros *Alunas do 1 ano de Pedagogia da FAFIMAN no ano de 2012 Introdução A sociedade egípcia é considerada uma das mais ricas em termos de concepções educacionais. Os próprios gregos – educadores dos romanos – reconhecem o “pioneirismo” desta civilização...

    6669  Palavras | 27  Páginas

  • Educação na Idade Contemporanea

    UNIVERSIDADE DE MATO GROSSO DO SUL UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CAMPO GRANDE/MS CURSO LETRAS/PORTUGUÊS/INGLÊS – 2014 DISCIPLINA HISTÓRIA E FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO – 1° ANO GRUPO V – EDUCAÇÃO NA IDADE CONTEMPORÂNEA Educação na Idade Contemporânea – 1789 - 2014 Educação na Idade Contemporânea – 1789 - 1800 Revoluções na América e na França A Revolução Industrial provocou mudanças não somente no modo de produção, mas também nos modos de vida, idéias e moral. Jefferson, Franklin e...

    2035  Palavras | 9  Páginas

  • Educação escolar

    PRÉ-PROJETO DE PESQUISA EDUCAÇÃO ESCOLAR IRANDUBA-AM 2013 Francisco Pimentel Pereira – 0921131163 Gleicilene Rodrigues Braga – 021131160 Hérica Santana de Oliveira – 0921131165 Juliana de Melo dos Santos – 0921131170 Laodicéa Pereira Carbajal – 0921132615 PRÉ-PROJETO EDUCAÇÃO ESCOLAR Avaliação Parcial Final...

    2067  Palavras | 9  Páginas

  • Sociologia da Educação

     AS INTERFACES ENTRE TRABALHO – EDUCAÇÃO E AS POSSIBILIDADES DE UMA VERDADEIRA EMANCIPAÇÃO HUMANA: UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO “PARA ALÉM DO CAPITAL”. Autora: Luciene Maria de Souza - Doutoranda em Educação (UFU) Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Lucena (UFU) O debate sobre as relações entre trabalho e educação é complexo e não deve ser desconsiderado. Compreender os reflexos das crises estruturais do capital no campo do trabalho e da educação é problematizar um debate que se faz presente...

    7530  Palavras | 31  Páginas

  • História da Educação

    História da Educação Elaborado por: Prof. Ms. Pedro de Abreu PENSAMENTO PEDAGÓGICO GREGO Competições; Virtudes Guerreiras; Davam valor a arte, literatura, ciências e filosofia. Formação do corpo – ginástica. Mente – Filosofia e Ciências. Moral – Música e Artes Divisão: Espartanos: Valor ginástica e educação moral Voltada aos interesses do Estado Atenienses: Interesse pela retórica para o exercício da política. PENSAMENTO PEDAGÓGICO GREGO Os gregos eram educados através...

    1056  Palavras | 5  Páginas

  • Educação no egito

    O Egito: cultura e educação do povo antigo Sérgio Begnini1 RESUMO Não se pode afirmar com toda certeza, contudo, ao que parece, o país do oriente que deu maior importância à educação, foi o Egito. O lugar onde as crianças tinham a base educacional era em casa com a família. Era função das mães proporcionar os brinquedos aos filhos, para sua recreação, contar-lhes histórias, instruí-los na religião e em elementos dos costumes morais. Havia, para instrução do ensino elementar, as chamadas casas...

    4575  Palavras | 19  Páginas

  • A RELAÇÃO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PEDAGOGIA

    Revista HISTEDBR On-line Artigo A RELAÇÃO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA Glademir Alves Trindade glademir.trindade@gmail.com Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFP Célia Regina Vendramini celiavendram@gmail.com Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC RESUMO No projeto educativo em curso na Pedagogia da Alternância, a relação entre trabalho e educação aparece como alternativa para os jovens do campo. Enquanto projeto educativo, consideramos tal articulação...

    8605  Palavras | 35  Páginas

  • a historia da educação

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E SEUS REFLEXOS NO ENSINO INFANTIL Resumo O presente trabalho discute as mudanças que têm ocorrido ao longo do tempo no âmbito da educação, como se deu a trajetória sócio-histórica, desta forma, buscando contribuir para uma reflexão que a ponte para a importância da interface do universo infantil. Inicialmente, delimita configurações sobre os primeiros passos da educação e como esta evoluiu ao longo do tempo, o que proporcionou aos indivíduos características que se refletiram...

    3561  Palavras | 15  Páginas

  • Historia da educação

    MANACORDA, Mario A. A educação na alta idade média. In:______. História da Educação. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1989. P. 111-139. O texto fala sobre a educação na Alta Idade Média, que abrange os anos 476 e 1000 e os séculos VI, VII e VIII. Ela é marcada pelas invasões bárbaras no Império Romano e a consolidação do sistema econômico feudal. Os bárbaros eram pros romanos o povo que tinha uma cultura diferente da Greco-romana. Eram formados pelos nobres que detinham grandes posses territoriais...

    1250  Palavras | 5  Páginas

  • A Nova Educação Burguesa

    A NOVA EDUCAÇÃO BURGUESA Tatiane de Fátima Campos Claudete Oliveira de Souza Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Pedagogia (0803) – Prática do Módulo I 12/06/2013 RESUMO Este trabalho procura apresentar as transformações ocorridas na educação com o advento das revoluções burguesas a partir do século XVIII. Para se ter uma idéia, a educação passou a ser bem mais acessível e deu início ao processo de democratização do ensino. Porém, estas revoluções, principalmente...

    1682  Palavras | 7  Páginas

  • Educação no antigo Egito

     FICHAMENTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: MANACORDA, Mário Alighiero. Sociedade e educação no antigo Egito. In;______________. História da educação. 12 ed. São Paulo: Cortez, 2006. P. 96 a 109. NOTAS: MARCA CITAÇÃO: “” (aspas) MARCA RESUMO: * (asterisco) MARCA COMENTÁRIO: / / (barras) SEGMENTO (CAPÍTULO OU SUBTÍTULO) INTERVALO DE PÁGINAS CONTEÚDO 96-97 *A educação em Roma tem uma forte influencia grega, especialmente nas letras. “Como diz Cícero: As virtudes têm sua origem...

    1427  Palavras | 6  Páginas

  • historia da educação

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PEDAGOGIA, Licenciatura Modalidade a Distância Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro - FACIC FACIC Mantenedora ASSOCIACAO EDUCACIONAL E CULTURAL NOSSA SENHORA APARECIDA Mantida Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro - FACIC Patrícia Baptistella Diretor Geral Luciene Capucho Rodrigues Coordenadora do Curso de Pedagogia, Licenciatura História da educação/ Cruzeiro/SP, 2013. Impresso por computador (Fotocópia) 1. História. 2. Educação. I Título ...

    2362  Palavras | 10  Páginas

  • História da educação

    Introdução A história da educação é parte da história da cultura, que por sua vez faz parte da história geral. Em cada tempo/espaço histórico, a educação atendeu a determinados objetivos, que correspondiam a visões de homem e de mundo. Para compreender a história da educação, é essencial situá-la na história geral. Desenvolvimento Para entender a História da Educação faz-se necessário abordar as várias correntes que permearam a História. A concepção positivista baseia-se...

    1805  Palavras | 8  Páginas

  • educacao infantil

    A EDUCAÇÃO INFANTILNA HISTÓRIA A HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL* Profª. Ordália Alves de Almeida1 Embora reconheçamos o valor das teorias e investigações sobre a educação da criança pequena, no processo de construção dessas propostas educativas, nossa experiência na equipe de coordenação da pré-escola, da rede educacional do Estado de Mato Grosso do Sul e como professora do curso de Pedagogia, levou-nos a constatar que a maioria dos professores tiveram acesso a algumas teorias sobre a educação...

    5277  Palavras | 22  Páginas

  • As concepções pedagógicas na historia da educação

    História das ideias pedagógicas Material produzido a partir de fragmentos de vários textos e diferentes referências O Pensamento Pedagógico na Antiguidade As grandes civilizações tinham modelos de educação parecidos, os ensinamentos eram passados de pai para filho e mostra que os nobres tinham acesso a educação de qualidade porque podiam arcar com os gatos de uma educação prolongada. Enquanto à classe média baixa tinha que seguir os ensinamentos dos pais. Entrando na civilização...

    2020  Palavras | 9  Páginas

  • Fichamento dos capítulos 5 e 6 do livro marx e pedagogia moderna – mario alighieri manacorda

    JESSICA MARTINS DE OLIVEIRA FICHAMENTO DOS CAPÍTULOS 5 E 6 DO LIVRO MARX E PEDAGOGIA MODERNA – MARIO ALIGHIERI MANACORDA Trabalho apresentado à disciplina de Filosofia II do Curso de Graduação em Pedagogia da Universidade do Oeste do Paraná. Foz do Iguaçu – PR Outubro, 2011 Capítulo 5- Tentativa de Contextualização Histórica Em uma tentativa de contextualização histórica,podemos observar os resultados de uma pesquisa marxiana,inserindo-a num contexto pedagógico, que seria...

    1310  Palavras | 6  Páginas

  • Paper- educação dos povos primitivos

    A EDUCAÇÃO DOS POVOS PRIMITIVOS Sandra Silva Gonçalves Profª.Rita de Cássia Almeida de Souza Centro Universitário Leonardo Da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em Pedagogia (PED 9901) – Metodologia do Trabalho Acadêmico História da Educação 12/06/2010 RESUMO O presente estudo tem como temática História da Educação da Humanidade. Tem como objetivo compreender a Educação dos Povos Primitivos. Tem como finalidade o aprofundamento da disciplina História da Educação no curso de Pedagogia...

    2116  Palavras | 9  Páginas

  • DIÁLOGOS SOBRE FORMAÇÃO HUMANA E EDUCAÇÃO SOCIALISTA: MAKARENKO E PISTRAK

    DIÁLOGOS SOBRE FORMAÇÃO HUMANA E EDUCAÇÃO SOCIALISTA: MAKARENKO E PISTRAK Lucíola Andrade Maia1 Resumo Este texto discute a educação socialista abordando especialmente a formação humana sob o signo do socialismo, tomando como exemplo a experiência soviética do início do século XX. Apoiada, maiormente em Makarenko e Pistrak, a discussão apresenta o par dialético indivíduo-coletividade como uma expressão das possibilidades humanas de superar as contradições inerentes à alienação da sociedade...

    5238  Palavras | 21  Páginas

  • travestis in visiveis na educação

    GRANDE DO NORTE FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL FRANCISCO KELES DE MORAIS LIMA TRAVESTIS: sujeitos in (visíveis) na educação? MOSSORÓ-RN 2014 FRANCISCO KELES DE MORAIS LIMA TRAVESTIS: sujeitos in (visíveis) na educação? Monografia apresentada à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte como um dos pré-requisitos para obtenção do grau de bacharel no curso de Serviço Social ...

    16791  Palavras | 68  Páginas

  • A REVOLUCAO FRANCESA E AS REPERCUSSOES NA EDUCACAO DE SURDOS

    A REVOLUÇÃO FRANCESA E AS REPERCUSSÕES NA EDUCAÇÃO DE SURDOS Niédja Maria Ferreira de Lima UFCG/UAEd niédjafl@yahoo.com.br Revolução Francesa- surdez-educação de surdos 1. INTRODUÇÃO No presente texto, nos propomos a refletir sobre um dos grandes acontecimentos da história da humanidade que ocorreu no século XVIII: a Revolução Francesa e as repercussões do debate pedagógico que ocorreu durante essa Revolução, seus avanços e consequências, para a educação dos sujeitos Surdos. Sob o comando da burguesia...

    5767  Palavras | 24  Páginas

  • A educação na antiguidade

    Disserte sobre as influencias dos períodos na Educação Brasileira, apontando os aspectos positivos e negativos expondo as reflexões sobre a temática. Nos períodos entre 300 e 400 surge uma nova classe, a dos artesãos e comerciantes, a educação neste período teve grandes modificações, os clérigos passam de homens da igreja e tornam-se intelectuais. Porém com toda mudança, o ensino da arte cavaleiresca ainda continua, o papel do clérigo ainda é o de amar as Sagradas Escrituras e o do leigo amar os...

    1826  Palavras | 8  Páginas

  • Historia da educação

    [pic] Universidade Anhanguera Uniderp Fac. II – Campinas –SP – Pedagogia História da Educação e da Pedagogia Nome: Shirlei Aparecida Rodrigues de Souza – RA 5774149454 Nome: Marli Moreira Ruza – RA 5568147300 Nome: Aline Aparecida de Brito Oliveira – RA 5566143572 Nome: Elisangela Aparecida B. Gonçalves – RA 5566106375 Nome: Heloise Vieira de Melo – RA 5562989363 Tutor á distância:Marinês Soratto. ...

    2388  Palavras | 10  Páginas

  • Globalização na educação

    GLOBALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO: elementos para repensar a atuação do professor face as mudanças tecnológicas no atual contexto O estudo em referência tem como objetivo principal desencadear uma discussão das questões históricas da globalização e da educação, bem como uma reflexão sobre a imperiosa e premente mudança na atuação e qualificação do professor frente as novas bases tecnológicas no mundo globalizado. Uma breve retrospectiva histórica torna-se importante para demonstrar, entre outras, a interligação...

    4787  Palavras | 20  Páginas

  • educação fisica

    MAS, AFINAL, O QUE É EDUCAÇÃO FÍSICA? REAFIRMANDO O MARXISMO CONTRA O SIMPLISMO INTELECTUAL Celi Zulke Taffarel[1] Micheli Ortega Escobar[2]   Passaram-se quatorze anos do inédito debate “Mas, afinal, o que é Educação Física?”, promovido pela Revista Movimento (Ano I, Nº 1, Setembro 1994)[3], pioneira na utilização desse importante recurso no âmbito nacional, por demais necessário para o enriquecimento da crítica, que incitou a explicitação e a revisão das posições teóricas de alguns intelectuais...

    8202  Palavras | 33  Páginas

  • Educação na Antiguidade Oriental

    A EDUCAÇÃO NA ANTIGUIDADE ORIENTAL Adriana Godoy Cristiam Severo Luiza Oliveira Barbosa Nathalia Pereira Moraes Samantha Sehnem Costa Zulmira Gamarra Professor Nathalie Schneider -Tutor Externo Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em Pedagogia (PED 1171) – Prática do Módulo I 27/11/14 RESUMO Este trabalho tem por objetivo refletir sobre a história da educação na Antiguidade Oriental. Serão estudados os povos da Mesopotâmia, Egito, Índia, China e Hebreus. A...

    2613  Palavras | 11  Páginas

  • Manacorda

    EDUCAÇÃO NA GRÉCIA ANTIGA Mário Alighiero Manacorda Na Grécia encontramos aspectos da educação do antigo Egito. O processo educativo segundo as classes sociais são: para as classes governantes uma das escolas visando preparar as tarefas do poder; para os produtores governados nenhuma escola inicialmente, mas só um treinamento no trabalho. Para as classes excluídas e oprimidas, sem arte, nenhuma escola e nenhum treinamento. 1- Duas educações arcaicas “Educação homérica: Homero, “o educador...

    5686  Palavras | 23  Páginas

  • História da educação dos jesuítas

    A Educação na Colônia e os Jesuítas: discutindo alguns mitos * Luiz Carlos Villalta * * A história da educação na América Portuguesa, segundo o consenso dos historiadores, pode ser dividida em duas fases: antes e depois da expulsão dos jesuítas em 1759. Tal expulsão é um episódio das Reformas Ilustradas, promovidas pela Coroa portuguesa a partir de 1750, e constitui o marco inicial das reformas educacionais patrocinadas pelo Marquês de Pombal e continuadas após sua queda. A partir desta...

    5838  Palavras | 24  Páginas

  • Educação grega e romana

    Diferenças e Semelhanças Educação Grega e Educação Romana Trabalho realizado pra mostrar as diferenças e semelhanças nas diversas áreas da Educação Romana e Educação Grega, na sociedade clássica. Universidade Federal de Goiás Goiânia - 2013 “De fato, melhor do que a força, quer dos homens quer dos cavalos, é a nossa bravura. É errado dar valor a tudo isso, porque não é justo antepor a força à ciência tão útil” – Xenófanes de Cólofon “as aprendiam desde crianças como um...

    2500  Palavras | 10  Páginas

  • A educação infantil na visão socialista de karl marx

    Monografia: A Educação Infantil na Visão Socialista de Karl Marx * * *   1. INTRODUÇÃO Uma das mais estranhas ironias da História é não haver limites para os erros de interpretação e as deturpações das teorias, mesmo numa época de acesso irrestrito às fontes. Não há exemplo mais drástico desse fenômeno do que o acontecido com a teoria de Karl Marx nos últimos decênios. São constantes as referências a Marx e ao marxismo na imprensa, nos discursos de políticos, em livros e artigos...

    7291  Palavras | 30  Páginas

  • A Educação

    DISCIPLINA: Políticas Educacionais A educação escolar pública e democrática no Contexto atual: um desafio fundamental 2. Objetivos para uma educação Pública de qualidade diante dos desafios da sociedade contemporânea Em todas as reformas educativas, a partir da década de 80, a questão da qualidade aparece como tema central. Na realidade, a educação busca um novo paradigma, que estabelece o problema da qualidade, uma pedagogia da qualidade. Mas esta não pode ser tratada nos parâ­metros...

    3421  Palavras | 14  Páginas

  • Educação Profissional

    entre a estrutura econômica (o tempo longo do capitalismo), as diversas conjunturas econômicas e políticas (o tempo médio dos governantes e da sociedade em cada momento histórico) e os discursos e ações que concretizam a direção do movimento da história que se expressa no tempo breve dos acontecimentos (Braudel, op. cit.). O autor denomina de tempos múltiplos o fato de que vários tempos históricos se condensam ou se superpõem em cada acontecimento. Também a memória existe com a marca de múltiplas...

    8277  Palavras | 34  Páginas

  • Educação ambiental

    (Re)Pensando a Educação Ambiental Marília Freitas de Campos Tozoni-Reis* Introdução o iniciarmos nossos estudos sobre as Metodologias Aplicadas à Educação Ambiental, é importante refletirmos sobre seus fundamentos teóricos, isto é, empreendermos uma reflexão conceitual acerca da Educação Ambiental. Iniciemos com a indagação sobre a (im)possibilidade de educar fora do ambiente, fora de um determinado espaço biofísico, social e histórico. Por consideramos impossível realizar qualquer proposta...

    4314  Palavras | 18  Páginas

  • EDUCAÇÃO E FILOSOFIA: PILARES PARA O CONHECIMENTO

     SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA denise cristina alves marques EDUCAÇÃO E FILOSOFIA: PILARES PARA O CONHECIMENTO Uberlândia 2010 denise cristina alves marques EDUCAÇÃO E FILOSOFIA: PILARES PARA O CONHECIMENTO Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, como requisito parcial para a obtenção do título de licenciado em Pedagogia Orientador: Vilze Vidotti Tutor...

    13777  Palavras | 56  Páginas

tracking img