Histórias De Quem Gosta De Ensinar Rubem Alves artigos e trabalhos de pesquisa

  • Conveersas com quem gosta de ensinar de rubens alves

    ñ foi feito por mim e sim por Rubens Alves  Nasci em Boa Esperança, a mesma da “Serra da BoaEsperança”, do Lamartine Babo. Em 1933. A falência de meu pai me levou para o Rio, cidade cuja solidão eu freqüentei, o que me fezreligioso e amante da música. Quis ser médico, pianista e teólogo –admiração por Albert Schweitzer. Passei por um seminárioprotestante, fui pastor no interior de Minas, lá em Lavras. Fizmestrado em Nova Iorque (62-63) e a volta ao Brasil, em 64, mesegredou que seria melhor...

    23608  Palavras | 95  Páginas

  • RUBEM ALVES

    Rubem Alves Rubem Alves (1933-2014) foi teólogo, pedagogo, poeta e filósofo brasileiro. É autor de diversos livros, sobre diversos assuntos, entre eles, filosofia, teologia, psicologia e histórias infantis O instituto Rubem Alves O Instituto Rubem Alves é uma associação aberta, sem fins econômicos e de interesse publico, fundada pelo escritor e educador Rubem Azevedo Alves e sua família. A sua missão é ser um marco na educação, através do desenvolvimento de programas inovadores e alternativos...

    3628  Palavras | 15  Páginas

  • Conversa pra quem gosta ensinar

    RUBEM ALVES CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ENSINAR Cortez Editora Editora Autores Associados 1980 ______________________________________________ Rubem Alves – Conversas com quem gosta de Ensinar 2 Ponha de novo o livro na prateleira se você está em busca de um discurso sério, científico. Aí dentro você só encontrará conversas com pessoas que gostam de ensinar. Pra conversar é necessário gostar. Caso contrário, a coisa viraria um monólogo: uma fala sem resposta. Pelos...

    25588  Palavras | 103  Páginas

  • Conversas com quem gosta de ensinar

    Autor: Rubem Alves Profissão ou vocação ? Educador, professor, autor de inúmeros livros, assim é Rubem Alves, considerado um dos melhores escritores voltado para a área da educação. Em Conversas com quem gosta de ensinar o autor aborda temas do cotidiano na vida de um profissional de educação como a questão da qualidade da educação, a formação de bons educadores, como saber diferenciar um professor de um educador. Tudo em um panorama muito bem elaborado trazendo uma leveza...

    743  Palavras | 3  Páginas

  • Rubens alves conversas com quem gosta de ensinar

    com quem gosta de Ensinar Neste livro Conversas com Gosta de Ensinar, Rubem Alves nos desafia a refletir sobre temas importantes. Assim noprimeiro capítulo Rubens Alves nos mostraque podemos confundir professores e educadores, pois dá tudo no mesmo, porém como analogia entre jequitibá e o eucalipto, ele vemmostraas diferenças, porque cada árvore tem seu habitat, cada uma das duas tem cidadania num mundo específico. Visto que os educadores são como velhas árvores possuem uma história ser contada...

    584  Palavras | 3  Páginas

  • Conversas com quem gosta de ensinar

    Rubem Alves é educador, escritor, psicanalista e professor. É na verdade um dos educadores mais famosos e requisitados atualmente no Brasil. É autor de mais de sessenta livros, entre os quais se encontra uma prolífica literatura infantil e vários livros voltados para a área da educação. Em sua obra, Conversas com quem gosta de ensinar, ao abordar temas sérios e importantes como a formação do educador, a diferença entre o professor e o educador, o processo educacional, a qualidade total na educação...

    604  Palavras | 3  Páginas

  • RUBEM ALVES

     RUBEM ALVES SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO............................................................................................ 4 2. BIOGRAFIA................................................................................................ 6 2.1. CRÔNICAS..................................................................................... 6 2.2. FILOSOFIA DA CIÊNCIA E DA EDUCAÇÃO........................... 6 2.3. FILOSOFIA DA RELIGIÃO............................................

    4022  Palavras | 17  Páginas

  • Dimensão Estética da Educação de Rubem Alves

    DIMENSÃO ESTÉTICA DA EDUCAÇÃO: RUBEM ALVES Ana Angélica Reis Pantoja ¹ Angelina Paes Pinto ¹ Bruna Beatriz de Oliveira Cruz ¹ Priscila Pereira Frazão 1 RESUMO: O presente artigo evidencia os resultados encontrados através de pesquisas bibliográficas com as obras: Conversas com quem gosta de ensinar (1980) e Estórias de quem gosta de ensinar (1984), do renomado autor Rubem Alves, nas quais foram explicitadas algumas características da educação brasileira e ideias do autor para o melhoramento...

    3878  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha do livro Conversas com quem gosta de ensinar

    Pimentel ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO IV Professora: Luciana Bandeira Feitosa ALVES, Rubem. Conversas com quem Gosta de Ensinar. Guarulhos: Cortez, 1980. (Coleção polemicas do nosso tempo) Resenhado por Ijaelson Clidório Pimentel, estudante do curso de Licenciatura Plena em Filosofia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras (FAFIC). O livro Conversando com quem gosta de ensinar apresenta a relação que pode acontecer entre a profissão e o ser professor, pois são duas...

    641  Palavras | 3  Páginas

  • O MESTRE RUBEM ALVES

    ENSINO E PESQUISA LTDA. FACULDADES INTEGRADAS ASMEC CURSO DE LETRAS O MESTRE RUBEM ALVES Lourdes Silvânia da Silva Oliveira – RG N° 7152254 – SSP/MG ORIENTADORA Maria Ernestina dos Santos Brandão.Ms OURO FINO (MG) DEZEMBRO/ 2009 UNISEPE - UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, Oliveira – RG N° 7152254 – SSP/MG ...

    17347  Palavras | 70  Páginas

  • Rubens Alves

    Biografia: Nascimento: 15 de setembro de 1933, Boa Esperança, Minas Gerais Falecimento: 19 de julho de 2014, Campinas, São Paulo. Rubem Alves nasceu em Boa Esperança, sul de Minas Gerais, naquele tempo, chamada de Dores da Boa Esperança. A cidade é conhecida pela serra imortalizada por Lamartine Babo e Francisco Alves na música "Serra da Boa Esperança". A família mudou-se para o Rio de Janeiro, em 1945, onde, apesar de matriculado em bom colégio, sofria com a chacota de...

    5768  Palavras | 24  Páginas

  • Resenha do livro de rubem alves

    Resenha do livro “Estórias de quem gosta de ensinar” de Rubem Alves. Rubem Alves nasceu em Boa Esperança no ano de 1933 e foi criado dentro da tradição calvinista. Seu percurso profissional e intelectual iniciou-se num seminário protestante, com o estudo de teologia. Seguiu-se o mestrado em Teologia em Nova Iorque e o doutorado em Filosofia em Princeton. Também é psicanalista pela Associação Brasileira de Psicanálise mas seu prazer e realização é sobretudo sua atividade como escritor...

    1277  Palavras | 6  Páginas

  • Análise do livro - “A ESCOLA COM QUE SEMPRE SONHEI SEM IMAGINAR QUE PUDESSE EXISTIR” – RUBENS ALVES

    CAMPUS PARAÍSO - DIURNO MYRIAN APARECIDA BOSCO MASSAROLLO RA: T204HA-1 ANÁLISE DO LIVRO “A ESCOLA COM QUE SEMPRE SONHEI SEM IMAGINAR QUE PUDESSE EXISTIR” – RUBENS ALVES São Paulo - 2013/2 UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA ANÁLISE DO LIVRO “A ESCOLA COM QUE SEMPRE SONHEI SEM IMAGINAR QUE PUDESSE EXISTIR” – RUBENS ALVES Trabalho apresentado à Disciplina de PDTA – Psicologia do Desenvolvimento de Teorias de Aprendizagem do Curso de Graduação em Psicologia da UNIP – Universidade ...

    4224  Palavras | 17  Páginas

  • RESENHA LIVRO RUBEM ALVES

    FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS DE ALEGRE CURSO DE HISTÓRIA CURRÍCULO E CONHECIMENTO ESCOLAR WAGNER DA SILVA BARBOSA RESENHA DO LIVRO “ESTÓRIAS DE QUEM GOSTA DE ENSINAR”, DE RUBEM ALVES ALEGRE 2015 Rubem Alves apresenta nesse livro uma série de contos, os quais contêm em si nuances que provocam reflexões sobre o processo de aprendizagem, sobre as estruturas educacionais, sobre os ambientes...

    909  Palavras | 4  Páginas

  • CONVERSA COM QUEM GOSTA DE ENSINAR

    ALVES, Rubem, 1933 - Conversas com quem gosta de ensinar: (+qualidade total na educação) /Rubem Alves. – Campinas, SP: Papirus 2000. RESUMO: Rubem Azevedo Alves foi um psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro, é autor de livros religiosos, educacionais, existenciais e infantis. O livro de Rubens Alves, destaca o Ensino Médio no Brasil, voltado para lado das profissões pedagógicas. E também de maneiras para aprendizagem no processo educacional. 1º CAPITULO: “Mas não resisto à tentação...

    2353  Palavras | 10  Páginas

  • A alegria de ensinar

    RUBEM ALVES A ALEGRIA DE ENSINAR ARS POETICA EDITORA LTDA 1994 _______________________________ Rubem Alves – A Alegria de Ensinar 2 Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais... Rubem Alves _______________________________ Rubem Alves – A Alegria de Ensinar 3 Índice Ensinar a alegria ...........................

    14619  Palavras | 59  Páginas

  • Resumo livro conversas com quem gosta de ensinar de Rubem Alves

    INTRODUÇÃO Este trabalho é um resumo sobre o livro “Conversas com quem gosta de ensinar”, de autoria de Rubem Alves. Apresentam dados sobre o autor e sobre a obra estudada. Traz informações de como é a visão do autor sobre educadores, a importância da linguagem utilizada pelos professores e como a política influencia na educação e na ciência educacional. “Conversas com quem gosta de ensinarRubem Alves 1º CAPITULO – sobre jequitibás e eucaliptos – amar (resumido por...

    3519  Palavras | 15  Páginas

  • Rubem alves

    DESEJO DE ENSINAR E A ARTE DE APRENDER Rubem Alves AUTOR Rubem Alves ILUSTRAÇÃO Leandro Bucatte COORDENAÇÃO EDITORIAL Maria Fernanda Moscheta Sílnia N. M. Prado REVISÃO DE TEXTO Patrícia Zahorcsak DIAGRAMAÇÃO / PROJETO GRÁFICO Linea Creativa COLABORAÇÃO Maria Eugênia da Costa Sosa 2 REALIZAÇÃO Editora Fundação EDUCAR DPaschoal www.educardpaschoal.org.br F: (19) 3728-8129 Ficha catalográfica elaborada pela Faculdade de Biblioteconomia PUC - Campinas 790.1 A482e Alves, Rubem ...

    10143  Palavras | 41  Páginas

  • Livro Conversas Com Quem Gosta De Ensinar

    QUEM GOSTA DE ENSINAR. ALVES. Rubem. Conversas com quem gosta de ensinar. Campinas SP. Papirus, 2000. O livro intitulado “Conversas para quem gosta de ensinar” do autor Rubem Alves contextualiza de forma obvia e clara a profissão professor, destacando assuntos relevantes e discussões relacionados a crise do sistema educacional e da própria identidade do que é ser professor. O autor destaca as transformações ocorridas na vida do professor ao longo da sua carreira como educador. Alves traz...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • Rubem Alves

    o profissional deseja lhe transmitir. A educação em saúde abrange diversos campos, que vão desde a informação até a prática, e envolvem não somente o profissional de saúde, mas também toda a sociedade. Nessa concepção, o método educacional de Rubem Alves se encaixa, pois o seu discurso constitui-se de uma tentativa de reorganização da forma de pensar e aponta para um discurso de liberal, onde a educação é uma ferramenta de transformação da sociedade. Na área da saúde, os profissionais devem ser...

    1235  Palavras | 5  Páginas

  • Conversas com quem gostade ensinar- paulo freire

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CAMPOS BELOS DEPARTAMENTO DE PEDAGOGIA CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ENSINAR CAMPOS BELOS 2012 ENSINAR Resenha apresentada à professora Maria De Lourdes, como requisito para a disciplina: Prática Pedagógica. Acadêmica: Carmem Da Silva Gonçalves. Universidade Estadual De Goiás Departamento de Pedagogia- 2º Período. CAMPOS...

    952  Palavras | 4  Páginas

  • o desejo de ensinar e arte de aprender, Rubem Alves

    desconhecido. No texto, o desejo de ensinar e arte de aprender, Rubem Alves fala que “Pensamos para decifrar o enigma da visão”, porém para Rubem Alves essa curiosidade está mais presente no mundo das crianças que ainda não foram “deformadas”. Ele fala que a escola deforma, pois obrigam a seguir um determinado programa e isso faz com que perca o fascínio, ensinam o que não querem aprender. As crianças querem aprender além do que está determinado pela escola, Alves descreve vários exemplos de perguntas...

    839  Palavras | 4  Páginas

  • Boniteza de um sonho ensinar-e-aprender com sentido

    GADOTTI Ensinar-e-aprender com sentido BONITEZA DE UM SONHO São Paulo Editora Cortez 2002 2 SUMÁRIO 1 – Por que ser professor? ............................................................. 3 2 – Crise de identidade, crise de sentido ....................................... 10 3 – Formação continuada do professor ..........................................17 4 – Ser professor na sociedade aprendente .................................. 22 5 – Aprender com emoção, ensinar com alegria...

    14785  Palavras | 60  Páginas

  • “Resenha do livro conversa com quem gosta de ensinar”

    “Resenha do livro Conversa com quem gosta de ensinar”   Com reflexões sobre professor, educador e educação, o livro desenvolve um diálogo, sobre o que poderia ser considerado importante para compor um bom programa de formação de professores. Quando solicitado para fazer esse programa de formação, o autor fez uma diferenciação importante sobre ser educador e professor. Ele apresenta o professor como um funcionário de uma empresa apenas e que atende diretamente aos interesses do...

    786  Palavras | 4  Páginas

  • O desejo de ensinar e a arte de aprender

    ALVES, Rubem. O desejo de ensinar e a arte de aprender. Campinas. Editora Fundação Educar DPaschoal. 2004 A primeira parte do livro é composta por seis crônicas sobre educação. O autor relata na crônica inicial, que a curiosidade é a coceira que dá no cérebro, Afirma, que todos os homens, enquanto crianças têm, por natureza, desejo de conhecer. Para as crianças o mundo é um vasto parque de diversões. As coisas são fascinantes, cada coisa é um convite. Em uma outra crônica, o autor expõe seu...

    1362  Palavras | 6  Páginas

  • Escola da ponte - rubem alves

    momento em que estão necessitando aprender. Eles pesquisam, e os professores apenas os orientam, sem que haja necessidade de pressioná-los (como acontece no Brasil). Isso nada mais é do que o construtivismo em prática, um sonho de qualquer educador que gosta do que faz. “... As crianças que sabem ensinam as crianças que não sabem. Isso não é exceção. É rotina do dia a dia. A aprendizagem e o ensino são um empreendimento comunitário, uma expressão de solidariedade. Mais que aprender saberes, as crianças...

    2387  Palavras | 10  Páginas

  • rubens alves

    ALVES, Rubem. "Sobre jequitibás e eucaliptos". IN: Conversas com quem gosta de ensinar. Campinas, SP: Papirus, 2000, pp.13-27. Rubem Alves, professor da Unicamp e psicanalista, escritor de crônicas e artigos, sendo autor de diversos livros. Fez doutorado em Princeton, Estados Unidos. Convidado a falar sobre a "formação do educador", o autor, faz uma excursão por diversas profissões, mas que agora estão extintas ou em extinção, onde cita os tropeiros, os caixeiros, os boticários, etc... Mas, que...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • CAPITULO 1 E 2 DE FILOSOFIA DA CIENCIA – INTRODUÇÃO AO JOGO E SUAS REGRAS (RUBEM ALVES)

    FICHAMENTO Texto estudado: CAPITULO 1 E 2 DE FILOSOFIA DA CIENCIA – INTRODUÇÃO AO JOGO E SUAS REGRAS (RUBEM ALVES) 1 Biografia. Rubem Alves (Boa Esperança, 15 de setembro de 1933) um psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro, autor de livros e artigos abordando temas religiosos, educacionais e existenciais, além de uma série de livros infantis. Bacharel em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul, em Campinas, Mestre em Teologia e Doutor em Filosofia (PhD) pelo Seminário...

    1117  Palavras | 5  Páginas

  • Rubem alves

    Rubem Alves "Enquanto a sociedade feliz não chega, que haja pelo menos  fragmentos de futuro em que a alegria é servida como  sacramento, para que as crianças aprendam que o  mundo pode ser diferente. Que a escola,  ela mesma, seja um fragmento do  futuro..." [pic] Rubem Alves nasceu no dia 15 de setembro de 1933, em Boa Esperança, sul de Minas Gerais, naquele tempo chamada de Dores da Boa Esperança. A cidade é conhecida pela serra imortalizada por Lamartine Babo e Francisco Alves na...

    1620  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha do Livro " A alegria de ensinar".

    Livro: “A ALEGRIA DE ENSINARRUBEM ALVES “O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositada no ventre vazio. E a semente do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em amor: interpretes de sonhos.” (ALVES, 2006 pág.93) A função...

    861  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho sobre o livro Pinoquio as Avessas de Rubens Alves

    UNIVERSIDADE PAULISTA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ARMANDO MARCOS RIBEIRO FLÁVIA REGINA DUARTE MANOEL ALVES SILVIA HONOFRE REFLEXÃO SOBRE O LIVRO “PINÓQUIO AS AVESSAS” SEGUNDO AS ABORDAGENS: TRADICIONAL, COMPORTAMENTAL E HUMANISTA. LIMEIRA 2013 ARMANDO MARCOS RIBEIRO FLÁVIA REGINA DUARTE MANOEL ALVES SILVIA HONOFRE REFLEXÃO SOBRE O LIVRO “PINÓQUIO AS AVESSAS” SEGUNDO AS ABORDAGENS: TRADICIONAL, COMPORTAMENTAL E HUMANISTA. ...

    5326  Palavras | 22  Páginas

  • rubem alves educacao dos sentidos

    a amar, a sonhar, a fazer nossos próprios caminhos, a descobrir novas formas de ver, de ouvir, de sentir, de perceber, a ousar pensar diferente ... a sermos cada vez mais nós mesmos, aceitando o desafio do novo? RUBE ALVES Educação dos sentidos Essa é a filosofia de Rubem Alves, escritor poeta que, recorrendo a imagens surpreendentes e significativas, nos presenteia com este inspirado livro Educação dos sentidos e mais ... Lendo-o, vamos poder mergulhar não só nas reflexões em tomo dos sentidos;...

    7882  Palavras | 32  Páginas

  • PROJETO INTEGRADOR PARTE 2 RUBEM ALVES

    FACULDADES OPET CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA PROJETO INTEGRADOR 2ª PARTE – A ALEGRIA DE ENSINARRUBEM ALVES CURITIBA 2014 CRISTIANA CONCEIÇÃO SEVERINO DOS SANTOS DANIELA CRISTINA DANIEL ZACARIAS LAILA DALAQUA EADI STRINGARI MOSEANE RIBEIRO DA SILVA MORAES RISONARA SILVA E SOUZA RITA DE CÁSSIA MOREIRA ANDRADE PROJETO INTEGRADOR – A ALEGRIA DE ENSINARRUBEM ALVES Projeto Integrador do 2º semestre apresentado como requisito Parcial do Curso de Licenciatura em Pedagogia...

    4050  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha rubem alves

    As Provocações de Rubem Alves Provocações é um programa da TV Cultura, que vai ao ar as terças-feiras às 23 horas e é reprisado nas madrugadas de quarta para quinta-feira à 1h30min. Apresenta entrevistas realmente instigantes e provocativas, dá ênfase plena ao entrevistado, com intervenções de Antônio Abujamra. O programa, que estreou em 6 de agosto de 2000, tem duração média de 25 minutos. Antônio Abujamra nasceu em Ourinhos, 15 de setembro de 1932. Formou-se em Filosofia e Jornalismo pela...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • historia do sudo e mudos

    FACULDADE SUMARÉ A HISTÓRIA DO SURDO NO BRASIL E O USO DE LIBRAS SÃO PAULO 2012 FACULDADE SUMARÉ PEDAGOGIA A HISTÓRIA DO SURDO NO BRASIL E O USO DE LIBRAS Pesquisa apresentada para a disciplina do curso de Graduação de Pedagogia da Faculdade Sumaré. Orientador: Prof. Dr. Saulo César Paulino e Silva São Paulo 2012 DEDICATÓRIA Dedicamos esse trabalho às nossas famílias e amigos pelo apoio, incentivo, paciência e motivação para a elaboração...

    2878  Palavras | 12  Páginas

  • rubem...

    RESUMO DO LIVRO: CIENCA E SAPIENCIA DE RUBEM ALVES Rubem Alves em seu livro a ciência e a Sapiência nos começa apresentando seu amor pela educação, de uma forma maravilhosa.É importante ressaltar que ele cita que com o tempo as coisas que acontecem serve de experiência para nós. Ele fala também que para ele existem dois tipos de ideias, que são as científicas e as sobre filosofia, mas para o autor a ciência é universal e cita obras de outros artistas que ele se inspira para fazer as suas...

    1961  Palavras | 8  Páginas

  • resenha crítica do livro Pinóquio as avessas de Rubem Alves

    Desenvolveu-se um trabalho de leitura e comparação do livro ALVES, Rubem. Pinóquio às avessas: uma estória sobre crianças e escolas para pais e professores. Campinas, SP: Verus Editora, 2005, com as abordagens de ensino: Tradicional. Comportamental e Humanista segundo o que foi visto em sala de aula e no livro “Ensino: A Abordagens do Processo” de Maria da Graça Nicoletti Mizukami, São Paulo, EPU, 1986. No livro, Rubem Alves conta a historia de Felipe uma criança curiosa e apaixonada por pássaros,...

    3697  Palavras | 15  Páginas

  • . O desejo de ensinar e a arte de aprend

    ALVES, Rubem. O Desejo de Ensinar e a Arte de Aprender. Fundação Educar Dpaschoal, Ed. Modelo LTDA. 2º Ed. Campinas, 2005. Débora Mendes dos Santos Oliveira. O livro do autor Rubem Alves, cujo o título é O Desejo de Ensinar e a Arte de Aprender, enfatiza com uma frase muito interessante onde ele fala que “Curiosidade é uma coceira nas idéias”, essa afirmativa é muito valida porque quando conseguimos despertar a curiosidade em uma criança sobre um determinado assunto desperta na mesma o...

    848  Palavras | 4  Páginas

  • A alegria de ensinar

    Um Corpo com Asas É nas palavras que moram as coisas que não existe,os sonhos,os pensamentos que nos fazem voar. Rubens Alves contou a história do largato que virou borboleta e que criou asas para voar,é como crianças que nascem,crescem e tem um sonho,um objetivo na vida.De conhecer outras pessoas,lugares,enfim o mundo.Ele cita também o poder da palavra que nos leva a conhecer coisas que parece difícil de ser alcançada. Tudo o que é pesado flutua no ar A vida é para ser brincada.Tudo o mais que...

    699  Palavras | 3  Páginas

  • A alegria de ensinar

    Resenha - A Alegria de Ensinar ALVES, Rubem. A alegria de ensinar. ARS Poética Editora LTDA. 1994. A Alegria de ensinar é um livro essencial que todo docente deveria carregar consigo. Rubem Alves expôs todos seus sentimentos como um desabafo, de forma poética, social e pessoal. Em momento algum ele expõe o professor como o personagem da história, pelo contrario, volta e meia o coloca como o antagonista, pois o livro trata de cotidianos ensinados nas escolas. Cotidiano esse que viabiliza um...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • PRE PROJETO CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

    Presente projeto tem como missão a apresentação da Literatura Infantil e a difusão da contação de histórias junto aos alunos da Educação Infantil da Escola Cleonice, como forma de incentivo à leitura. Neste projeto será exposto aos alunos a importância da leitura, por meio da contação de histórias, despertando a imaginação, e o estimulo pela leitura. Será trabalhado com as variadas formas de se contar uma história: com fantoches, caracterização de personagens, uso de objetos sonoros e concretos, não apenas...

    790  Palavras | 4  Páginas

  • Tabalho Do Curso Normal IEPCC Resenha A Alegria De Ensinar

    É um livro onde o escritor Rubem Alves fala sobre vários aspectos do conhecimento de e formas de ensino para alunos. Rubem Alves nasceu em 1933. Ex-pastor presbiteriano, formado em Teologia e Psicanálise e possui doutorado em Princeton, Estados Unidos. Professor na Unicamp, escreve para o Correio Popular, para a Folha de São Paulo e já publicou vários. CAPÍTULO 1 – ENSINAR A ALEGRIA Neste capítulo vemos sua análise sobre o prazer de ensinar, utilizando uma metáfora do “corpo...

    1746  Palavras | 7  Páginas

  • conversas com quem gosta de ensinar Rubem Alves.docx

    Gravatá,21 de Junho de 2013 Saudações,Jaqueline Como está a família?Estou lhe escrevendo para falar do livro conversas com quem gosta de ensinar de Rubem Alves,pois é muito interessante. Segundo ele, grande parte das pessoas que entram no campo das ciências sociais pensou, em algum momento de sua vida, em seguir uma vocação religiosa. Acontece que a ética religiosa cristã clássica sempre foi muito clara ao indicar que a moralidade de uma ação...

    1183  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo Cap 4 Ruben alves - O retorno e terno

    A Alegria No texto, A alegria, Rubem Alves tenta nos mostrar que a verdadeira felicidade está bem diante de nossos olhos, mas, talvez, por sermos jovens acabamos sempre pensando que a verdadeira realização dessa alegria acontece depois de um longo período que devemos passar. Depois de estudar ou trabalhar bastante, depois de casar, separar, ou até mesmo depois que já estamos aposentados. Para tentar convencer-nos do contrário, o autor faz uso de citações sobre algo que Ronald Barthes disse em seu...

    1933  Palavras | 8  Páginas

  • Paulo freire, dermeval saviani e rubem alves

    (conhece-la) para em seguida poder reescrever essa realidade (transformadora)’’, dizia Freire. A alfabetização e para o educador um modo de os desfavorecidos romperem o que chamou de ‘’cultura do silêncio e transformar a realidade’’ como sujeita da própria história Uma das ideias de Paulo Freire e de que tudo está em permanente transformação e interação. Esse ponto de vista implica a concepção do ser humano com ‘’histórico e inacabável’’ e consequentemente sempre pronto a aprender. Em sua teoria o educador...

    1254  Palavras | 6  Páginas

  • a alegria de ensinar

    INTRODUÇÃO Trata-se de um livro onde o Rubem Alves discute vários aspectos do conhecimento e formas de transferência deste conhecimento para alunos e através de gerações. Rubem Alves é nascido em Boa Esperança, MG, em 1933. Ex-pastor presbiteriano, Rubem formou-se em Teologia e Psicanálise e possui doutorado em Princeton, Estados Unidos. Professor na Unicamp, escreve para o Correio Popular, para a Folha de São Paulo e já publicou vários livros, resultado da boa parte do tempo que dedica a escrever...

    2269  Palavras | 10  Páginas

  • Rubem Alves A Alegria De Ensinar

     JOSVY ELLON LIMA DA SILVA ROBINSON GOMES DE ALMEIDA A ALEGRIA DE ENSINARRUBEM ALVES João Pessoa/PB 2014 1. INTRODUÇÃO Rubem Alves (1933-2014) foi um psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro, é autor de livros religiosos, educacionais, existenciais e infantis. É considerado um dos maiores pedagogos brasileiros de todos os tempos, um dos fundadores da Teologia da Libertação e intelectual polivalente nos debates sociais no Brasil. Entre 1953 e 1957 cursou Teologia...

    4437  Palavras | 18  Páginas

  • A alegria de ensinar

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO CIÊNCIAS BIOLOGICAS MARCOS SOARES DOS SANTOS TRABALHO DE PORTFÓLIO Arapiraca 2014 MARCOS SOARES DOS SANTOS PRODUÇÃO TEXTUAL “A ALEGRIA DE ENSINAR” – RUBENS ALVES Trabalho apresentado ao Curso Ciencias Biologicas da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Organização do Trabalho Pedagógico; Psicologia da Educação e da Aprendizagem; Filosofia da Educação e Pensamento Pedagógico. Prof. Rosely Montagnini; Carlos Eduardo...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • A ALEGRIA DE ENSINAR

    A ALEGRIA DE ENSINARRUBEM ALVES INTRODUÇÃO Trata-se de um livro onde o Rubem Alves discute vários aspectos do conhecimento e formas de transferência deste conhecimento para alunos e através de gerações. Rubem Alves é nascido em Boa Esperança, MG, em 1933. Ex-pastor presbiteriano, Rubem formou-se em Teologia e Psicanálise e possui doutorado em Princeton, Estados Unidos. Professor na Unicamp, escreve para o Correio Popular, para a Folha de São Paulo e já publicou vários livros, resultado da boa...

    1730  Palavras | 7  Páginas

  • A alegria de ensinar

    ESCOLA ESTADUAL PADRE MENEZES “A alegria de ensinarRubem Alves Aspectos Bio Psicológicos da Educação Infantil Professora Mestre: Dileine Rodrigues Egídio Curso Normal Turma A LAGOA SANTA – MG 2011 SUMÁRIO 01 - Introdução........................................................................................................................................04 02 – Ensinar a alegria...................................................................................................

    4068  Palavras | 17  Páginas

  • ENTRE A CIÊNCIA E SAPIÊNCIA - Rubem Alves

    O que faz um povo são os pensamentos daqueles que o compõem. As escolas se dedicam a ensinar os saberes científicos, visto que sua ideologia científica lhes proíbe lidar com os sonhos, coisa romântica! É assustadora a incapacidade das escolas de criar sonhos! Enquanto isso os meios de comunicação, principalmente a televisão, que conhecem melhor os meandros dos sonhos dos seres humanos, vão seduzindo as pessoas com seus projetos pequenos, freqüentemente grotescos. É assustadora a capacidade dos meios...

    3087  Palavras | 13  Páginas

  • Síntese Cap 1 Entre a ciência e a sapiência: o dilema da educação - rubem Alves

    tem valor material, tem o valor sentimental. E ainda, que o bem maior são as suas ideias, e quem as poderia herdar. Rubem Alves ao final do capítulo, fala sobre sonhos. Que os sonhos é que nos distingue dos animas e de fato, ele tem razão. Podemos mudar muitas coisas quando colocamos em prática nossos sonhos. Cartas aos que mandam na Educação – Caro Sr. Roberto Marinho I Rubem Alves escreveu essa carta ao Sr. Roberto Marinho, pelo poder que ele tem no país, de educar ou de fazer com que as pessoas...

    1848  Palavras | 8  Páginas

  • A alegria de ensinar

    Relatório sobre o livro “A alegria de ensinar” Autor: Ruben Alves Editora: ARS Poética Editora Ltda Resumo: O livro Alegria de Ensinar possui vários capítulos com textos que mostram o ponto de vista do autor Ruben Alves sobre a aprendizagem. O autor começa o livro dizendo que acredita no avesso das coisas e que anda na direção oposta porque enquanto muitos falam que ser professor é um sofrimento ele compara a alegria de ser professor com a alegria de uma mãe ao dar á luz a um filho. Em...

    1107  Palavras | 5  Páginas

  • a alegria de ensinar

    ALEGRIA DE ENSINAR Fichamento apresentado no curso de Ciências Biológicas da Faculdade AGES como um dos pré-requisitos para a obtenção da nota parcial da disciplina Sociologia no 2° período, sob orientação da Profª Isabel Rocha. . Paripiranga Setembro de 2014 Referência Bibliográfica ALVES, RUBEM. A alegria de ensinar. 3. Ed. São Paulo: Ars poética, 1994. Credenciais do Autor Rubem Alves nasceu em Boa Esperança, MG, em 1933. Ex- pastor presbiteriano, Rubem formou-se...

    1565  Palavras | 7  Páginas

  • A alegria de ensinar

    SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 3 2 DESENVOLVIMENTO 4 3 - CONCLUSÃO 8 REFERÊNCIAS 9 1 INTRODUÇÃO O livro utilizado para produção textual: “A Alegria de Ensinar” de Rubens Alves, é um livro de fácil leitura e muito fácil de compreender, pois nos coloca lado a lado com fatos do cotidiano de um adulto, tentando se imaginar ainda criança, para voltar atrás e tomar diferentes decisões acerca do passado para com a experiência...

    1914  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo da obra “o desejo de ensinar e a arte de aprender”

    RESUMO O autor através da obra “O desejo de ensinar e a arte de aprender”, mostrar como passar os conteúdos de formas mais simples e clara para as crianças, mostrando através de crônicas e mencionando como seria a Escola dos nossos sonhos Curiosidade é uma coceira que dá nas idéias. Dinéia: uma menina de 7 anos, inteligente e curiosa, a qual não precisei fazer uso de nenhum artifício de “motivação” para que ela estivesse motivado. O que motivava era o fascínio daquilo que eu estava fazendo...

    1852  Palavras | 8  Páginas

  • Reflexão escrita sobre o livro de Rubem Alves, A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir, articulando com as abordagens pedagógicas

    Introdução Este trabalho tem como referência o livro de Rubem Alves, A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir, que retrata o ponto de vista de Rubem Alves e de outros autores sobre a Escola da Ponte. Em que relatam a escola com que sempre sonharam, onde os alunos constroem o seu próprio conhecimento através de pesquisas e interação com o grupo, para aprimoramento e percepção de outros pontos de vista, a educação é muito mais ampla do que o ambiente escolar, em que há uma...

    1703  Palavras | 7  Páginas

  • TCC RUBENS VERSAO FINAL 2011 REVISADO OK P ENVIO

    BÁSICA A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM¹ Rubens José de Borba ARAGUAÍNA - TO DEZEMBRO – 2011 1 - Relatório analítico apresentado ao Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Coordenação Pedagógica, como exigência parcial para obtenção do título de Especialista em Coordenação Pedagógica, sob a orientação da professora Maria Alves Ferreira de Freitas. 3 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS Rubens José de Borba1 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM...

    5036  Palavras | 21  Páginas

  • Resumo do capítulo sobre jequitibás e eucaliptos(conversas com quem gosta de ensinar)

    Resumo por Cíntia Santos e Mariana Gonçalves. ALVES, Rubens. ”Sobre Jequitibás e Eucaliptos”. In: ”Conversas com quem gosta de ensinar”. 14 ed. São Paulo: Papirus, 2014. Ao investigar o passado do meu avô, meu pai descobriu que sua profissão era de tropeiro. Tropeiro? Isso mesmo. Que aconteceu aos tropeiros? Meu pai se consolou dizendo que, naquele tempo, tropeiro era dono de empresa de transportes. O fato, entretanto, é que o tropeiro desapareceu ou se meteu para além da correria do mundo...

    1812  Palavras | 8  Páginas

  • A formação da identidade do professor

    Resenha: Conversas com quem gosta de ensinar ALVES. Rubem. Conversas com quem gosta de ensinar. Campinas SP. Papirus, 2000. Rubem Alves, nasceu no dia 15 de setembro de 1933, em Boa Esperança, sul de Minas Gerais. Bacharel (Seminário Presbiteriano de Campinas/SP - 1957) e mestre em Teologia (Union Theological Seminary/NY - 1964), doutor em Filosofia (Princeton Theological Seminary/EUA - 1964), psicanalista, membro da Academia Campinense de Letras, professor-emérito da Unicamp e cidadão-honorário...

    1088  Palavras | 5  Páginas

tracking img