• A formação da identidade do professor
    Resenha: Conversas com quem gosta de ensinar ALVES. Rubem. Conversas com quem gosta de ensinar. Campinas SP. Papirus, 2000. Rubem Alves, nasceu no dia 15 de setembro de 1933, em Boa Esperança, sul de Minas Gerais. Bacharel (Seminário Presbiteriano de Campinas/SP - 1957) e mestre em Teologia...
    1088 Palavras 5 Páginas
  • CONVERSANDO
    R UBEM A LVES C ONV ER SA S CO M QUEM GO STA DE E NSIN AR Cort ez Edi to ra Ed it ora Au to res As so ciad os ______________________________________________ Rubem Alves – Conversas com quem gosta de Ensinar 2 1980 ______________________________________________ Rubem...
    28147 Palavras 113 Páginas
  • Resumo de texto - O prazer da Leitura - Rubem Alves
     Resumo do texto: O prazer da leitura – Rubem Alves Alfabetizar, processo de ensinamento da leitura, nas escolas se dá de uma forma simples e robótica, diferente da forma de se ensinar música. O processo de aprendizado musical é mais poético e emocional. O prazer da leitura, segundo Rubem...
    342 Palavras 2 Páginas
  • Conversa pra quem gosta ensinar
    RUBEM ALVES CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ENSINAR Cortez Editora Editora Autores Associados 1980 ______________________________________________ Rubem Alves – Conversas com quem gosta de Ensinar 2 Ponha de novo o livro na prateleira se você está em busca de um discurso sério...
    25588 Palavras 103 Páginas
  • Conveersas com quem gosta de ensinar de rubens alves
    viver. Encontroprazer especial em coisas muito simples, como soltar papagaio earmar quebra-cabeças. Tenho medo de morrer. Rubem Alves, 1981 ______________________________________________ 6 Rubem Alves – Conversas com quem gosta de Ensinar  6. Prefácio não vou escrever. Conversas não devem...
    23608 Palavras 95 Páginas
  • Biografia
    ; Histórias de quem gosta de ensinar ; A alegria de ensinar; Por uma educação romântica; Entre a ciência e a sapiência; Filosofia da Ciência; Conversas sobre Educação. Meditações/crônicas: Tempus Fugit; O Retorno e Terno; O Quarto do Mistério; Sobre o tempo e a eterna idade; As contas de vidro e o fio de...
    720 Palavras 3 Páginas
  • Resumo do livro conversa com quem gosta de conversar
    Resumo: Conversas com quem gosta de Ensinar Neste livro Conversas com Gosta de Ensinar, Rubem Alves nos desafia a refletir sobre temas importantes. Assim no primeiro capítulo Rubens Alves nos mostra que podemos confundir professores e educadores, pois dá tudo no mesmo, porém como analogia...
    354 Palavras 2 Páginas
  • RUBEM ALVES
    poder ser ensinado, só encorajado. 8. FRASES DE RUBEM ALVES 9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVES, Rubem. Conversas com que gosta de ensinar. São Paulo: Cortez Editora - Editora Autores Associados, 1980. ALVES, Rubem. Sete vezes Rubem. São Paulo: Literatura Brasileira – Editora...
    4022 Palavras 17 Páginas
  • Rubem alves
    Guerreiro e o Profeta Biografia • Gandhi: A magia dos gestos poéticos Filosofia da ciência e da educação • Conversas com quem gosta de ensinarHistórias de quem gosta de ensinar • A alegria de ensinar • Por uma educação romântica...
    1342 Palavras 6 Páginas
  • Conversas com quem gosta de ensinar
    Autor: Rubem Alves Profissão ou vocação ? Educador, professor, autor de inúmeros livros, assim é Rubem Alves, considerado um dos melhores escritores voltado para a área da educação. Em Conversas com quem gosta de ensinar o autor aborda temas do cotidiano na vida de um...
    743 Palavras 3 Páginas
  • Conversas com quem gosta de ensinar
    histórias e até mesmo de fábulas para um melhor entendimento do conteúdo. Segundo o autor ensinar é mobilizar o desejo de aprender. Mais importante do que saber é nunca perder a capacidade de aprender. "Saber é saborear", diz Rubem Alves. O novo profissional da educação deve romper o divórcio entre a vida...
    604 Palavras 3 Páginas
  • Dimensão Estética da Educação de Rubem Alves
    ensinar (1980) e Estórias de quem gosta de ensinar (1984), do renomado autor Rubem Alves, nas quais foram explicitadas algumas características da educação brasileira e ideias do autor para o melhoramento do sistema educacional, visando despertar a curiosidade do estudante e o levando ao...
    3878 Palavras 16 Páginas
  • tudo
    , música de banda, saltos de trapezistas e peixes mortos servidos na boca, que há uma inteligência que é boa para circo. O problema é que ela não serve para viver. ALVES, Rubem. Estórias de quem gosta de ensinar. São Paulo: Cortez, 1987. p12-3. RECORDANDO: O gênero textual tradicionalmente conhecido...
    766 Palavras 4 Páginas
  • O MESTRE RUBEM ALVES
    diferenciada. Deixa-se conhecer por meio de sua literatura em geral. De acordo com o seu livro Conversa com quem gosta de ensinar, Rubem Alves se revela com consciência do que esta fazendo. Prefácio não vou escrever. Conversas não devem ser prefaciadas. A gente simplesmente começa e a coisa vai. Que...
    17347 Palavras 70 Páginas
  • Resenha do livro de rubem alves
    Resenha do livro “Estórias de quem gosta de ensinar” de Rubem Alves. Rubem Alves nasceu em Boa Esperança no ano de 1933 e foi criado dentro da tradição calvinista. Seu percurso profissional e intelectual iniciou-se num seminário protestante, com o estudo de teologia. Seguiu-se o...
    1277 Palavras 6 Páginas
  • Rubens alves conversas com quem gosta de ensinar
    Resumo: Conversas com quem gosta de Ensinar Neste livro Conversas com Gosta de Ensinar, Rubem Alves nos desafia a refletir sobre temas importantes. Assim noprimeiro capítulo Rubens Alves nos mostraque podemos confundir professores e educadores, pois dá tudo no mesmo, porém como analogia entre...
    584 Palavras 3 Páginas
  • CATÁLOGO BIOGRÁFICO
    UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UnB CATÁLOGO BIOGRÁFICO NEURIVAN GONÇALVES NETTO JUNIOR SILMARA CARINA DORNELAS MUNHOZ PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO Brasília 2014 Catálogo Biográfico Rubem Alves Rubem Azevedo Alves (Boa Esperança MG 1933). Contista, cronista...
    1609 Palavras 7 Páginas
  • Análise do livro - “A ESCOLA COM QUE SEMPRE SONHEI SEM IMAGINAR QUE PUDESSE EXISTIR” – RUBENS ALVES
    matemática, de história, de geografia, é um professor de espantos (ALVES, 2011). Fiel a esta concepção de um professor que não ensina o autor escreve o texto Koan, onde mais do que não ensinar os mestres Zen tinham a pretensão de desensinar. Ao se desaprender, ou seja, ao se livrar dos ranços do...
    4224 Palavras 17 Páginas
  • Educação dos sentidos e muito mais
    TEXTO: “A arte de ver”, da obra “Educação dos sentidos e muito mais”, de Rubem Alves. Ao ler o titulo do texto “A arte de ver” eu não me interessei muito em ler. A primeira impressão foi de que narrava a historia de alguém ou algum personagem devido ao começo que fala de loucura e da vontade...
    866 Palavras 4 Páginas
  • Pinóquio as Avessas
    quem fez a capa e o projeto gráfico. O autor é Rubem Alves, que é poeta, pedagogo e cronista. Ele já publicou várias obras sobre educação, é membro da Academia Campinense de Letras e recebeu a Medalha Carlos Gomes de contribuição á cultura da Unicamp. É um dos mais famosos e respeitados intelectuais...
    697 Palavras 3 Páginas