Frase Criança Comportamento Adulto artigos e trabalhos de pesquisa

  • Trabalho relacionado com o processo de aquisição de linguagem por parte das crianças

    38 Prova de Definição Verbal 39 Prova de Compreensão de Estruturas Complexas 41 Prova de Reconstrução Fonémica – Bloco B 45 Prova de Segmentação Fonémica – Bloco D 45 Relatório Síntese do Desenvolvimento Linguístico da Criança Avaliada 49 Referências Bibliográficas 52 Introdução A comunicação é uma eminente da condição humana, sem ela seria impossível estabelecer-mos qualquer tipo de relação com o outro, expressar-mos as nossas necessidades ou desejos. Embora...

    15349  Palavras | 62  Páginas

  • Estudo de Caso: comunicação na criança no pré-escolar

    Índice Pág. 1. Introdução 2 2. Apresentação da criança 2 3. Teorias da aquisição da linguagem 3 3.1. Perspectiva inatista 3 3.2. Perspectiva sócio-construtivista 6 4. Desenvolvimento da linguagem 10 4.1. Desenvolvimento sintáctico e morfo-sintáctico 10 Prova de compreensão de estruturas complexas 15 Apresentação e cotação da prova 15 Interpretação dos resultados 19 ...

    10478  Palavras | 42  Páginas

  • A criança e o seu desenvolvimento

    A Criança e o seu desenvolvimento desde o nascimento até aos 3 anosPsicologia Ecológica do Desenvolvimento Humano O desenvolvimento humano é um processo de crescimento e mudança a nível físico, do comportamento, cognitivo e emocional ao longo da vida. Em cada fase surgem características específicas, que são linhas orientadoras de desenvolvimento das crianças. No entanto, cada criança é um indivíduo e pode atingir estas fases de desenvolvimento mais cedo ou mais tarde que outras crianças...

    2652  Palavras | 11  Páginas

  • As fases da criança durante seu crescimento

    AS FASES DE DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NO ÂMBITO DA PSICOLOGIA RESUMO O presente estudo trata das fases de desenvolvimento da criança no âmbito da psicologia, e tem por finalidade identificar e compreender a importância que cada fase tem no decorrer do desenvolvimento infantil, dentro das teorias de Piaget, Vigotsky e Wallon. Portanto, é bom destacar o quanto os estudos colaboram para que venhamos perceber com clareza as diversas fases de desenvolvimento infantil. A pesquisa foi...

    1675  Palavras | 7  Páginas

  • ASPECTOS DE DESENVOLVIMENTO DA AUDIÇÃO OBSERVADOS EM CRIANÇAS DE 18 A 24 MESES DE IDADE

    DE MINAS GERAIS FACULDADE DE MEDICINA CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ASPECTOS DE DESENVOLVIMENTO DA AUDIÇÃO OBSERVADOS EM CRIANÇAS DE 18 A 22 MESES DE IDADE Bianca Cristina dos Santos Belo Horizonte 2014 Bianca Cristina dos Santos ASPECTOS DE DESENVOLVIMENTO DA AUDIÇÃO OBSERVADOS EM CRIANÇAS DE 18 A 22 MESES DE IDADE Trabalho de pesquisa apresentado à Universidade Federal de Minas Gerais. Disciplina: Introdução...

    2329  Palavras | 10  Páginas

  • ERROS QUE OS PAIS COMETEM QUANDO FALAM COM AS CRIANÇAS

    sabedoria popular e alguns equívocos sobre como criar responsavelmente as crianças pode conduzir a comunicação ineficaz e consequentemente a comportamentos desajustados e impróprios. Alguns pais e educadores usam estratégias parentais autoritárias que não permitem que a criança desenvolva independência intelectual ou senso de eficácia e autonomia. Outros pais ou educadores, são excessivamente permissivos não ensinando as crianças sobre os seus limites e autocontrole. Os estudos mais recentes mostram...

    568  Palavras | 3  Páginas

  • Aspectos evolutivos e estruturais do comportamento humano na infância - estágio

    DE PSICOLOGIA OSVALDO CABIANCHI GARCIA QUÉRCIA LOURENÇO DA SILVA ASPECTOS EVOLUTIVOS E ESTRUTURAIS DO COMPORTAMENTO HUMANO NA INFÂNCIA – ESTÁGIO CURITIBA 2012 OSVALDO CABIANCHI GARCIA QUÉRCIA LOURENÇO DA SILVA ASPECTOS EVOLUTIVOS E ESTRUTURAIS DO COMPORTAMENTO HUMANO NA INFÂNCIA – ESTÁGIO Trabalho apresentado ao Curso de Psicologia da Escola...

    12918  Palavras | 52  Páginas

  • Conto e reconto de histórias infantis no desenvolvimento da criança

    Desenvolvimento Ângela Pacelli Artur Ian F. Iturra Caio César Lopes Coelho Fernando Pereira Ribeiro Conto e reconto de histórias infantis no desenvolvimento da criança Brasília, 2013 Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Conto e reconto de histórias infantis no desenvolvimento da criança Trabalho requisito disciplina apresentado para como avaliação Psicologia da final préda Infância, oferecida por Instituto de Psicologia...

    4546  Palavras | 19  Páginas

  • Frases que ajudam na avaliação (artes, música, movimento, comportamento)

    Frases que ajudam na avaliação (artes, música, movimento, comportamento) ARTES VISUAIS • Aprecia manipular materiais como lápis e pincéis de diferentes espessuras e de meios como água e terra. • Tem prazer em explorar suportes gráficos como jornal, papel, chão, caixas, sucatas, etc. • Explora e reconhece diferentes movimentos gestuais, visando produzir marcas gráficas. • Tem cuidado com o próprio corpo e dos colegas no contato com suportes e materiais de artes. • Demonstra ter cuidado...

    961  Palavras | 4  Páginas

  • A criança de 3 anos

    CRIANÇAS DE 3 À 4 ANOS Desenvolvimento Físico • Grande atividade motora: corre, salta, começa a trepar escadas, pode começar a andar de triciclo; grande desejo de experimentar tudo; • Embora ainda não seja capaz de abotoar, veste-se sozinha razoavelmente bem; • É capaz de comer sozinha com uma colher ou um garfo; • Copia figuras geométricas simples; • É cada vez mais independente ao nível da sua higiene; Desenvolvimento Intelectual • Compreende a maior parte do que ouve e o seu discurso...

    7152  Palavras | 29  Páginas

  • o desenvolvimento da criança

    DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA Alguns teóricos defendem a idéia de que existe um “período crítico” para a aquisição da linguagem, determinado litogicamente. Para Henneberg, citado por Scarp (2003, p. 220, 221) entre dois e três anos de idade, a linguagem emerge através da interação entre maturação e aprendizado pré programação. Entre os três anos de idade e a adolescência, a possibilidade de aquisição primária continua a ser boa. Depois da puberidade, a capacidade do comportamento verbal declinam rapidamente...

    550  Palavras | 3  Páginas

  • O Desenvolvimento Da Escrita Na Criança

    O Desenvolvimento Da Escrita Na Criança Ao lado de colaboradores como Luria e Leontiev, entre outros, Vygotsky apresentam-nos conceitos sobre o desenvolvimento do pensamento e da linguagem. Relata o desenvolvimento da linguagem escrita fazendo importantes críticas ao aprendizado da escrita apenas como habilidade motora. Para Lúria, Vygotsky coloca como centro de sua teoria a linguagem, considerando-a constituidora da consciência humana. Vygotsky afirma que o processo de aprendizagem deve...

    1340  Palavras | 6  Páginas

  • A aquisição morfossintática em crianças de 2 a 3 anos de idade matriculadas na creche catulinho situada na cidade de são luís - ma

    FACULDADE SANTA TEREZINHA – CEST COORDENAÇÃO DE FONOAUDIOLOGIA MARIA REJANE CARVALHO PAULA BATISTA RAMADA A AQUISIÇÃO MORFOSSINTÁTICA EM CRIANÇAS DE 2 A 3 ANOS DE IDADE MATRICULADAS NA CRECHE CATULINHO SITUADA NA CIDADE DE SÃO LUÍS - MA São Luís 2004 MARIA REJANE CARVALHO PAULA BATISTA RAMADA A AQUISIÇÃO MORFOSSINTÁTICA EM CRIANÇAS DE 2 A 3 ANOS DE IDADE MATRICULADAS NA CRECHE CATULINHO SITUADA NA CIDADE DE SÃO LUÍS - MA Monografia apresentada...

    10983  Palavras | 44  Páginas

  • Desenvolvimento da linguagem na criança

    EXTENSÃO COORDENADORIA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA ALCINÉLIA KÁTIA DE MELO CARVALHO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM NA CRIANÇA JOÃO PESSOA 2009 ALCINÉLIA KÁTIA DE MELO CARVALHO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM NA CRIANÇA Monografia apresentada no curso de Especialização em Psicopedagogia, promovido pelo Centro Universitário de João Pessoa – UNIPÊ, como exigência final para a conclusão...

    11760  Palavras | 48  Páginas

  • A criança interpretada - Para entender a sindrome de Asperger

    01/05/12 A Criança Interpretada: Para compreender a Sindrome de Asperger Denunciar abuso Próximo blog» Criar um blog Login A Criança Interpretada Olhares da ciência psicológica sobre o desenvolvimento, os comportamentos e as necessidades próprias da infância. A criança interpretada à luz da Psicologia. DO MINGO , FEV ER EIR O 11 Para compreender a Sindrome de Asperger "Às vezes o meu mundo é bizarro. Quero conversar, mas não consigo encaixar-me nas conversas. Sei tanta coisa...

    2411  Palavras | 10  Páginas

  • Aula 2 Comportamentos Alimentares

    Universidade Paulista (UNIP) – Campus Araçatuba Curso: Nutrição Período: 1 semestre Disciplina: Antropologia da Alimentação Comportamentos alimentares nos ciclos da vida Profª Luciana Nunes Mosca Fiorelli Especialista em Nutrição Clínica – Universidade Gama Filho - UGF Mestre e Doutoranda pelo Programa de Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia – Faculdade de Medicina de Botucatu/UNESP Os principais problemas envolvendo a nutrição e a alimentação decorrem do excesso ou da carência de determinados...

    1462  Palavras | 6  Páginas

  • A Criança De Dois Aos Seis Anos De Vida

    Introdução Neste trabalho nós abordamos os aspectos chaves do desenvolvimento da criança durante os dois aos seis anos de idade, com base as investigações feitas no manual de apoio dado pela professora da disciplina de psicologia do desenvolvimento, onde abordamos o seu desenvolvimento cognitivo, emocional e a sua aquisição da linguagem. Sendo no mesmo trabalho abordado o desenvolvimento da criança dos sete aos doze anos de idade, como o seu desenvolvimento emocional, cognitivo e social dentre...

    2370  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo livro "como as crianças pensam e aprendem"

    “Entender o sentido” - ‘’Como as crianças pensam e aprendem’’ de David Wood A análise apresentada a seguir é decorrente da leitura do capítulo 5 “Entender o sentido” do livro ‘’Como as crianças pensam e aprendem’’ de David Wood. A partir do capítulo analisado tivemos que fazer um estudo de acordo com nossas interpretações do mesmo. Nosso principal objetivo é obter uma maior compreensão sobre as várias concepções do desenvolvimento da linguagem e da comunicação da criança durante os anos de escola. Nele...

    3575  Palavras | 15  Páginas

  • A Entrevista Clínica, os Problemas de Comportamento, Psicose Infantil e Psicose de Segunda Infância

    A Entrevista Clínica, os Distúrbios do Comportamento e as Psicoses Infantis Entrevista Clínica 1 - Relações pais-filho-clínico 2 – Os modos de comunicação entre o clínico e a criança Relações pais-filho-clínico A primeira entrevista é rica em informações • • • • Quem contactou a Instituição A forma de contacto A motivação Quem vem à consulta • A criança com a mãe – situação banal • A criança com os pais – pode ser uma manifestação de pais atentos e motivados ou pais em discórdia ...

    2424  Palavras | 10  Páginas

  • Observação de criança através de Papalia

    que observemos o comportamento de uma criança de 0-3 anos. Até três anos, o cérebro de uma criança está totalmente formado. Portanto, são diversas as capacidades de que a criança tem para usar suas habilidades. Sua capacidade mental e motora está se desenvolvimento rapidamente, o que permite a criança a, por exemplo, chutar uma bola sem perder o equilíbrio; correr, mas sem conseguir parar de repente; andar de costas; etc. Sua linguagem já está mais elaborada, portanto a criança consegue construir...

    2470  Palavras | 10  Páginas

  • Frases de Donald Winnicott

    Frases de Donald Winnicott:  "O precursor do espelho é o rosto da mãe."  "O buscar só pode vir a partir do funcionamento amorfo e desconexo, ou talvez do brincar rudimentar, como se em uma zona neutra. É apenas aqui, nesse estado não integrado da personalidade, que o criativo, tal como o descrevemos, pode emergir." O psicanalista Donald Winnicott trabalhava com crianças separadas de suas famílias em consequência da Segunda Guerra Mundial quando encontrou um interessante campo de estudo que lhe...

    1070  Palavras | 5  Páginas

  • Criança saudável é criança gordinha?

    Criança saudável é criança gordinha? Betto Alves O dia a dia de pais e filhos é feito de muitos desafios. Dar uma boa educação, manter a disciplina, ser atencioso. Muitos são os pré-requisitos de bons pais. Porém, há alguns equívocos no exercício de tentar ser um Super Pai ou uma Super Mãe. PETIT fala agora de um problema cada vez mais freqüente entre nossos pequeninos. A obesidade, um fantasma que atormenta mais de 38 milhões de brasileiros adultos, agora desponta como um vilão entre...

    1044  Palavras | 5  Páginas

  • A criança de 2 anos

    A criança de dois anos A partir dos dois anos, tem início uma grande transformação no comportamento da criança. É uma fase cujo pico ocorre entre 3 e 4 anos, declinando gradualmente. Em primeiro lugar, os pais devem saber que seu "bebê" deixou de sê-lo e se tornou uma criança. Não se trata apenas de nova nomenclatura. Há de se mudar o jeito de tratar o filho, pois ele já está pronto para algumas novidades na relação familiar. Nessa idade, a criança começa a distinguir o "certo" do "errado", não...

    665  Palavras | 3  Páginas

  • Psicologia do Desenvolvimento Humano - Observação de Crianças 0 a 12 anos

    TRABALHO DE OBSERVAÇÃO DE CRIANÇAS DA FAIXA ETÁRIA DE 0 A 12 ANOS. TRABALHO DE OBSERVAÇÃO DE CRIANÇAS DA FAIXA ETÁRIA DE 0 A 12 ANOS. Trabalho referente à matéria Psicologia do Desenvolvimento Humano: Ciclo vital, do curso de psicologia ministrada no primeiro semestre de 2011. RESUMO A elaboração deste trabalho buscou o reconhecimento e compreensão dos fenômenos e processos psicológicos do desenvolvimento humano durante as três infâncias conhecidas pelas teorias da psicologia. Para...

    12036  Palavras | 49  Páginas

  • Como a relação entre pais e filhos influencia a criança na escola

    COMO A RELAÇÃO ENTRE PAIS E FILHOS INFLUENCIA A CRIANÇA NA ESCOLA Antonio Adalberto de Lima Silva RESUMO Há muito tempo já se possui a concepção de que o acompanhamento, por parte dos pais, da vida escolar dos filhos é de extrema importância, tanto a ausência quanto o excesso de zelo, podem influenciar de modo contundente em seu desenvolvimento social e escolar da criança. Este processo pode ser agravado quando submetemos as crianças às profecias auto-realizadoras. Muitas vezes, pais e professores...

    1465  Palavras | 6  Páginas

  • Observação de crianças de 3 a 6 anos

    BIMESTRE Trabalho de Observação de crianças de 0 a 12 anos apresentado a Universidade Paulista como requisito para aprovação no item de Atividades extracurriculares denominado APS: Atividades Práticas Supervisionadas, sob orientação da Profa. Maria Cecília Galelo Nascimento RESUMO Este trabalho de observação apresentará uma descrição impessoal do comportamento de 3 crianças com idades de 0 a 12 anos que serão observadas em situações...

    3287  Palavras | 14  Páginas

  • O professor e a criança autista

    JOÃO CARLOS RODRIGUES DE MENDONÇA Trabalho de conclusão da Pós-Graduação em Psicopedagogia. O PROFESSOR E A CRIANÇA AUTISTA JUNDIAÍ-SP 2013 JOÃO CARLOS RODRIGUES DE MENDONÇA O PROFESSOR E A CRIANÇA AUTISTA Monografia apresentada ao Centro Universitário Padre Anchieta, como exigência parcial para obtenção do título de especialista em...

    13707  Palavras | 55  Páginas

  • HISTÓRIA SOCIAL DA CRIANÇA E DA FAMÍLIA

    HISTÓRIA SOCIAL DA CRIANÇA E DA FAMÍLIA INTRODUÇÃO A primeira refere-se inicialmente à nossa velha sociedade tradicional Afirmei que essa sociedade via mal a criança, e pior ainda o adolescente. A duração da infância era reduzida a seu período mais frágil, enquanto o filhote do homem ainda não conseguia bastar-se; a criança então, mal adquiria algum desembaraço fisico, era logo misturada aos adultos, e partilhava de seus trabalhos e jogos. De criancinha pequena, ela se transformava imediatamente...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • Comportamento do consumidor

    O CONSUMIDOR NA INFÂNCIA As possibilidades de consumo da criança variam de acordo com suas diferentes fases de idade, conforme descrito por Le Bigot (1980) à medida que vão crescendo suas aptidões cognitivas e seus recursos financeiros irão se desenvolvendo, conduzindo a um efeito de sinergia e logo a uma ampliação da sua esfera de consumo, como se pode verificar: a) de 0 a 6 anos: produtos individuais que lhe dizem respeito diretamente (2 a 4 anos primeiras solicitações em relação a roupas...

    2210  Palavras | 9  Páginas

  • Como ensinar as crianças identificar sentimentos por identificação

     Como ensinar as crianças a identificar e Sentimentos Por identificação Sentimentos é uma habilidade importante de desenvolvimento. As crianças devem saber que podem falar sobre seus sentimentos e como descrever seus sentimentos quando algo está errado (referência 1) . As crianças pequenas não têm as habilidades linguísticas necessárias para descrever seus sentimentos, levando a agir para fora comportamentos como bater, gritar e chorar (referência2). As crianças podem começar a aprender desde...

    565  Palavras | 3  Páginas

  • Direito à Liberdade da Criança e do Adolecente

     Salvador 2014 INTRODUÇÃO Atualmente ser criança e adolescente está relacionado à idade, mas nem sempre foi assim e é o que demonstra a história. A criança desde os tempos mais remotos, que se tem registro histórico não recebiam tratamentos especiais: [...] entre quase todos os povos antigos, tanto do ocidente como do oriente, os filhos durante a menoridade, não eram considerados sujeitos de direito, porém servos da autoridade paterna (Roberti, 2012, apud Tavares p.5). No Brasil...

    3546  Palavras | 15  Páginas

  • O que é criança? reinaldo luiz damazio

    FALCÃO RESUMO DO LIVRO: O QUE É CRIANÇA? Reinaldo Luiz Damazio Aluna do 3º sem de PED032 Aline Silva Sobreira Viana Fortaleza ------------------------------------------------- Fevereiro de 2012. INTRODUÇÃO: O ESPANTO Se você perguntasse a um mestre zen o que é criança, ele provavelmente responderia com um profundo e tranqüilo silencio. Isso porque uma resposta única e definitiva não existe, poderíamos brincar de dialética e dizer o que não é criança: por exemplo, um ser inferior ou...

    2531  Palavras | 11  Páginas

  • "Crianças em situação de risco e vulnerabilidade"

    Unisal Relatório de Estágio Básico Supervisionado I “Crianças em situação de risco e vulnerabilidade” Americana 2012 Unisal Relatório de Estágio Básico Supervisionado I “Crianças em situação de risco e vulnerabilidade” Projeto apresentado como parte das exigências para aprovação no Estágio Básico 1 do 5º semestre do curso de Psicologia do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Unidade de Americana, Campus Maria Auxiliadora...

    3517  Palavras | 15  Páginas

  • Resenha do desenvolvimento da criança 4 anos

    Motoras As crianças em idade pré-escolar fazem grandes progressos em relação às habilidades motoras grossas como correr e pular, que envolvem os grandes músculos. Uma vez que seus ossos e músculos estão mais fortes e sua capacidade pulmonar é maior, ela é capaz de correr, pular, escalar mais longe e mais rápido. As crianças variam quanto à aptidão, dependendo de seus dotes genéticos e de suas oportunidades para aprender e praticar habilidades motoras. Somente 20% das crianças com quatro anos...

    2456  Palavras | 10  Páginas

  • Métodos Ultilizados por especialistas com crianças autistas.

    Métodos utilizados para o tratamento de Autistas PECS- Sistema de comunicação por figuras As crianças autistas apresentam frequentemente consideráveis dificuldades no uso da linguagem expressiva, pelo que será beneficio o recurso a intervenções intensas e altamente estruturadas. Outra das suas principais dificuldades reporta-se ao relacionamento interpessoal, dimensão esta também fortemente marcada pela linguagem. Neste sentido, alguns autores têm defendido sistemas de comunicação alternativos...

    3129  Palavras | 13  Páginas

  • Desenvolvimento Cognitivo da Criança

    INTRODUÇÃO Este presente trabalho irá tratar das habilidades cognitivas dos bebês e das crianças até três anos, partindo de três perspectivas clássicas: behaviorista, psicométrica e piagetiana, e depois de três perspectivas mais recentes: processamento de informações, neurociência cognitiva e sociocontextual. Abordagem behaviorista– estuda os mecanismos básicos da aprendizagem. Ela quer saber como o comportamento muda em resposta à experiência. Abordagem psicométrica - procura medir diferenças quantitativas...

    7527  Palavras | 31  Páginas

  • Resumo do primeiro capitulo do livro historia social da criança e da familia

    sexta-feira, 30 de abril de 2010 Resenhas do livro " História Social da criança e da Família" A turma A de História da Educação: Europa e Américas fez neste mês de abril um estudo sobre o livro "História Social da Criança e da Família", do estudo resultaram apresentações em aula sobre os capítulos trabalhados e resenhas dos mesmos. Foram problematizados conceitos e naturalizações que fazemos de instituições tais como: infância, família, escola, e o papel das mesmas em outros contextos. As resenhas...

    1276  Palavras | 6  Páginas

  • Psicologia N2 Crianca 0a3anos

    Fisiológica, ministrada pela Professora Raquel Aires, no Curso de Medicina, da Faculdade Presidente Antônio Carlos. FINALIDADE: Estudos de casos de hemogramas. Porto Nacional 2015 INTRODUÇÃO Sabe-se que o desenvolvimento cerebral e o comportamento da criança desde a mais tenra idade são influenciados por sua herança genética associada às influências ambientais. A gravidez em geral impõe uma simbiose entre a mãe e o bebê. As relações orgânicas entre o feto e a mãe são extremamente íntimas: o feto...

    2956  Palavras | 12  Páginas

  • Desenvolvimento da criança

    DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA Trabalho realizado por: Catarina Sofia Ribeiro Almeida Índice Introdução 3 Biografia de Jean Piaget 4 Teorias de Jean Piaget 6 Estágios de desenvolvimento 7 Conclusão 9 Bibliografia 10 Introdução Desenvolvimento humano é um processo de crescimento e mudança a nível físico, do comportamento, cognitivo e emocional ao longo da vida. Em cada fase surgem características específicas. As linhas orientadoras de...

    1900  Palavras | 8  Páginas

  • Aquisição da Linguagem Oral das Crianças

    Aquisição da Linguagem Oral das Crianças Quando começamos a estudar as questões relativas à aprendizagem da linguagem oral e escrita sempre surge diversas duvidas ou questionamentos relativos a origem da linguagem. “Como a linguagem oral interfere na aprendizagem da linguagem escrita?”, “O que vem antes, a leitura ou a escrita?”, “Que aspectos envolvem esse processo de desenvolvimento da linguagem oral?”. A linguagem Verbal (escrita ou oral) e a Não Verbal (desenhos, pinturas,artes) são capacidades...

    1451  Palavras | 6  Páginas

  • DISTÚRBIO DE CONDUTA, DE COMPORTAMENTO: TDAH/ TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/ HIPERATIVIDADE

     CLAUDIA DA SILVA CARDOSO DISTÚRBIO DE CONDUTA, DE COMPORTAMENTO: TDAH/ TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/ HIPERATIVIDADE 2012 CLAUDIA DA SILVA CARDOSO DISTÚRBIO DE CONDUTA, DE COMPORTAMENTO: TDAH/ TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/ HIPERATIVIDADE Monografia apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Especialista em Educação Especial à Comissão Julgadora . 2012 ...

    11273  Palavras | 46  Páginas

  • An lise Experimental do Comportamento em Psicologia Intera es que promovem o bem estar GABRIEL RECHE ARANTES

    Experimental do Comportamento em Psicologia: Interações que promovem o bem-estar Gabriel Reche Arantes Resumo A Análise Experimental do Comportamento é uma ferramenta teórica utilizada pelos analistas do comportamento, principalmente psicólogos, usufruindo de conceitos específicos com o intuito de prever certos acontecimentos e ajusta-los aos padrões de bem-estar do sujeito. Introdução O Behaviorismo Radical é uma vertente da psicologia que antecede a abordagem: Análise Experimental do Comportamento. “Segundo...

    2477  Palavras | 10  Páginas

  • A importância das crianças na tomada de decisão

    Trabalho de Comportamento do Consumidor Atualmente as crianças são consideradas sujeitos de muita importância na tomada de decisão de compra no ambiente familiar. Suas opiniões muitas das vezes são consideradas de grande valia para os pais na hora de adquirir um bem. As crianças de hoje não são mais vistas como sujeitos passivos e sim como sujeitos ativos e curiosos, sempre atentos às novidades. Algumas delas, com domínio da tecnologia moderna (a internet) e com acesso as diversas informações...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • O Desenvolvimento da Escrita na Criança

    Escrita na Criança A. R. Luria 1 A história da escrita na criança começa muito antes da primeira vez em que o professor coloca um lápis em sua mão e lhe mostra como formar letras. O momento em que uma criança começa a escrever seus primeiros exercícios escolares em seu caderno de anotações não é, na realidade, o primeiro estágio do desenvolvimento da escrita. As origens deste processo remontam a muito antes, ainda na pré-história do desenvolvimento das formas superiores do comportamento infantil-...

    15190  Palavras | 61  Páginas

  • O poder da música sobre o comportamento humano

    Podemos identificar o que a música nos provoca. Contudo, podemos mensurar a intensidade do que sentimos diante da música? Objetivos O objetivo da nossa pesquisa de campo é identificar os estímulos promovidos pela música, bem como alterações do comportamento diante da mesma. Identificar as sensações, sentimentos e reações que as pessoas sentem ao ouvir as músicas de sua preferência. Queremos também, ainda que de forma superficial, mensurar esses estímulos e graus de envolvimento que os entrevistados...

    4464  Palavras | 18  Páginas

  • COMO A BRINCADEIRA PODE ESTIMULAR O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM E SOCIOAFETIVO DA CRIANÇA

    ANHANGUERA DE JUNDIAÍ ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA COMO A BRINCADEIRA PODE ESTIMULAR O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM E SOCIOAFETIVO DA CRIANÇA. Glaucia Rente de Morais Santos R.A: 0603974 JUNDIAÍ 2014 Glaucia Rente de Morais Santos R.A: 0603974 COMO A BRINCADEIRA PODE ESTIMULAR O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM E SOCIOAFETIVO DA CRIANÇA. Relatório de Estágio apresentado ao curso Psicologia da Faculdade Anhanguera de Jundiaí, como parte dos requisitos necessários para aprovação...

    10203  Palavras | 41  Páginas

  • A criança e o numero

    Constance. A criança e o número. Campinas: Papirus, 1990. Apêndice: A autonomia como finalidade da educação: implicações da teoria de Piaget Manuela Pires Weissböck Prof. Inês Regina Metodologia do Ensino da Matemática 1. “[...] importância da moralidade da autonomia. Autonomia significa ser governado por si próprio. É o contrário de heteronomia, que significa ser governado por outrem” (p. 103). Comentário: Questionei meus “alunos-professores” sobre a realidade desta frase em sua prática...

    3026  Palavras | 13  Páginas

  • A relação da criança e a mídia

    A relação entre a criança e a mídia Introdução Este artigo busca explicitar o papel importantíssimo da mídia na disseminação do novo "ser criança" e como essa percepção é criada e reafirmada através dela. Para isso, serão relatados programas infantis e sua abordagem perante a infância pós-moderna. A infância é uma construção social. Essa é a teoria que diversos autores, como Moscovici, defendem. E, certamente, têm razão. Basta darmos uma olhada na história para constatar a veracidade dessa afirmação...

    5021  Palavras | 21  Páginas

  • inclusão de crianças com autismo na educaçao infantil

    INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM AUTISMO NA EDUCAÇÃO INFANTil RESUMO: O presente artigo tem como objetivo de estudo a importância da inclusão de crianças com o aspecto autista na educação infantil. Através de estudos bibliográficos o objetivo é refletir e compreender a mediação pedagógica como processo de significação da criança com autismo, contribuindo com reflexões sobre o processo de inclusão e escolarização, na busca de compreender como ocorre o desenvolvimento dessa criança no espaço escolar...

    2245  Palavras | 9  Páginas

  • Educação de jovens e adultos

    Melo _____________________________________________________ Membro: PROCESSO DE LEITURA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Luan Ferreira de Mesquita Resumo: Este artigo consiste em um breve estudo sobre como se fundamenta o processo de leitura na educação de jovens e adultos, com o objetivo de refletir sobre a necessidade de incentivar a prática literária na formação desses educandos, identificando as dificuldades no que se refere ao ensino...

    5878  Palavras | 24  Páginas

  • comportamento de crianças de 3 a 6 anos

    UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP Instituto de Ciências Humanas COMPORTAMENTO DE CRIANÇAS DE 3 A 6 ANOS IDADE Trabalho apresentado à disciplina de Práticas Sociais e Subjetividade do Curso de Psicologia da Universidade Paulista- UNIP. Campus Chácara Santo Antonio São Paulo 2013 SUMÁRIO 1.0 INTRODUÇÃO.............................................................................................4 2.0 PROCEDIMENTOS..................................................

    14264  Palavras | 58  Páginas

  • A CRIANÇA E SUA PERSONALIDADE: REFLEXÕES A PARTIR DO BRINCAR

    A CRIANÇA E SUA PERSONALIDADE: REFLEXÕES A PARTIR DO BRINCAR Gisele dos Santos Silva1 giseles304@gmail.com Maria Elicelma da Silva Costa elicelma-maria@hotmail.com Tamires de Sousa Monteiro tamiresmonteiro91@hotmail.com RESUMO O presente artigo tem como proposta discutir a contribuição do brincar na formação da personalidade da criança, uma vez que está é uma atividade que faz parte da formação histórica e social do individuo. As discussões se darão em torno das teorias de Piaget e Vygotsky onde...

    3559  Palavras | 15  Páginas

  • Crianças e suas fases

    maior que alguns outros pais a criança sempre tem um maior cuidado, pois a mãe ou o pai pode bancar uma creche melhor com cuidados maiores. Nas pesquisas feitas por Belsey (2001), a criança com menos de um ano que é colocada na creche sofre sérios problemas como: maior agressão, não conformidade e problemas comportamentais no período da pré-escola e também nos primeiros anos de vida escolares; Para ele a amamentação também não era uma parte muito importante para a criança, pois com os recursos que temos...

    2941  Palavras | 12  Páginas

  • A memoria da criança se amplia na fase escolar

    A brincadeira é muito importante para o desenvolvimento das crianças. Porque é importante brincar com outras crianças? Porque ela aprende a conviver e respeitar as outras crianças, a seguir regras, compartilhar brinquedos, expressar sentimentos e desenvolver sua linguagem oral. Com a brincadeira a criança aprende a conviver em sociedade, aprende regras e valores para sua vida. A criança se descontrai, não fica sozinha, passa a se comunicar mais, aprimora seu conhecimento, uma ensina a outra. ...

    8566  Palavras | 35  Páginas

  • Jogos, brinquedos e brincadeiras no desenvolvimento da criança disléxica

    RESUMO Este trabalho apresenta os jogos, brinquedos e brincadeiras como essência para o desenvolvimento cognitivo, social e afetivo da criança. Brincar provoca o funcionamento do pensamento e alcança níveis de desempenho que só as ações por motivação intrínseca conseguem ao estimular o aspecto cognitivo e motor da criança. A criança que brinca desenvolve a sociabilidade, faz amigos e aprende a conviver, respeitando o direito dos outros e as normas estabelecidas pelo grupo. Brincando prepara-se...

    7397  Palavras | 30  Páginas

  • Desenvolvimento etário de crianças de 0 a 5 anos

    DESENVOLVIMENTO ETARIO DA CRIANÇA DE INFANTIL 1 A criança nesta idade PODE: * Reconhecer seus pertences; * Reconhecer seus familiares; * Reconhecer os profissionais da Unidade; * Reconhecer o ambiente escolar; * Auxiliar no momento de guardar os brinquedos; * Iniciar o processo de se alimentar sozinha; * Se relacionar com o colega que esta chorando, alcançando a chupeta, o chá, o mama ou brinquedo; * Disputar brinquedos; * Imitar gestos do dia a dia (Ex: bater palmas, dar tchau...

    2286  Palavras | 10  Páginas

  • PRINCÍPIOS DE EDUCAÇÃO SOCIAL PARA A CRIANÇA SURDA 1 * Lev Semionovitch Vigotski

    PRINCÍPIOS DE EDUCAÇÃO SOCIAL PARA A CRIANÇA SURDA 1 * Lev Semionovitch Vigotski 1 O sistema de educação social para crianças surdas, que descreverei abaixo, não existe somente como uma construção teórica mas tem sido, de fato, colocado dentro de uma prática pedológica antes de nossa visão na URSS, particularmente na República Federal Socialista Soviética Russa (RFSSR). É verdade que ambas elaborações, a teórica e a prática, deste sistema pedológico estão longe da perfeição. Por enquanto...

    8644  Palavras | 35  Páginas

  • "CRIANÇAS" DO SÉCULO XXI: AS INFLUÊNCIAS E REFERÊNCIAS NOSTÁLGICAS DOS KIDULTS.

    "CRIANÇAS" DO SÉCULO XXI: AS INFLUÊNCIAS E REFERÊNCIAS NOSTÁLGICAS DOS KIDULTS.1 Victor GYURKOVITZ RESUMO Na década de 80, eles viveram suas infâncias. Mas hoje, na segunda década do século XXI, continuam em busca da segurança, do conforto e de todas as diversões dos tempos de ingenuidade. Mais do que um coletivo, agora os Kidults se tornaram um estilo de vida calcado no consumo de bens característicos da infância. Chaveiros do Mickey, camisetas do Capitão América, bolsas estampadas com...

    4005  Palavras | 17  Páginas

  • Comportamento disruptivo

    volta e, por isso, o meu comportamento pode ser entendido pelos outros como egocêntrico ou estranho. (…) Tudo isto pode ser verdade, especialmente quando me sinto insegura e não sei o que esperar.” Tradução livre Lawson, W. “Life Behind Glass” Comportamento Funcionamento cognitivo 6 Em casa? Na rua? Fica de castigo? Dão-lhe o brinquedo? Com os pais? Quer um brinquedo? Vão embora? 7 Normal? Disruptivo? Quando é que um dado comportamento é considerado um problema...

    2391  Palavras | 10  Páginas

  • Análise do filme como estrelas no céu toda criança é especial

    Introdução: Ao assistir o filme “COMO ESTELAS NO CÉU TODA CRIANÇA É ESPECIAL”, no dia 07 de Outubro de 2010, me emocionei muito e pude observar que muitos outros alunos da sala também se emocionaram. Assim que me retirei da sala de aula comecei a fazer uma reflexão sobre o papel do educador, dos pais e de todos os profissionais que trabalham na área educacional. Na relação professor aluno e aluno e aluno e nos constrangimentos que muitos alunos desde muito pequeninos passam. Qual é a importância...

    3787  Palavras | 16  Páginas

tracking img