Feyerabend artigos e trabalhos de pesquisa

  • EVOLUÇÃO DA CIÊNCIA SEGUNDO FEYERABEND

    Soares Nathália Grazziotin Roan Roberto Brolese Samanta Cristiane Sander EVOLUÇÃO DA CIÊNCIA SEGUNDO FEYERABEND...

    2805 Palavras | 12 Páginas

  • PAUL FEYERABEND

    PAUL FEYERABEND - CONTRA O MÉTODO INTRODUÇÃO Para Paul Feyerabend, a ciência não é uma atividade racional. Menos ainda...

    1027 Palavras | 5 Páginas

  • A teoria anarquista de Feyerabend

    A teoria anarquista de FEYERABEND: -Vale-tudo Defende a ideia de que nenhuma das metodologias da ciência apresentadas até agora foram bem...

    1331 Palavras | 6 Páginas

  • Paul Feyerabend

    Centro Estadual de Educação Profissional CEEP 3NAM2 – Eletrônica Filosofia - Clovis Paul Feyerabend Contra o método...

    758 Palavras | 4 Páginas

  • Paul karl feyerabend

    Paul Karl Feyerabend nasceu em 1924, em uma família de classe média de origem Alemã na cidade de Viena Áustria. Quando criança,...

    913 Palavras | 4 Páginas

  • Feyerabend

    científica nunca se prova. Diferentemente de todos os teóricos já citado o alemão Paul Feyerabend surge em nossa discussão não como um...

    1292 Palavras | 6 Páginas

  • Metodologia da economia: popper, kuhn, lakatos e feyerabend

    de cientificidade e na escolha entre teorias é característica do instrumentalismo metodológico sustentado por Milton Friedman, que resgata idéias...

    7289 Palavras | 30 Páginas

  • Feyerabend

    Afirmação: Para Feyerabend, o problema da demarcação entre ciência e não-ciência/pseudo ciência tem como solução um critério lógico. É falsa...

    5183 Palavras | 21 Páginas

  • Lakatos

    e parcimoniosa dos dados, do observado e a previsão de novas observações.Qualquer tentativa de ultrapassar o observado é destituída de sentido....

    1469 Palavras | 6 Páginas

  • feyrabend

     Seminário Feyerabend 1) Contexto histórico durante a publicação do livro O seu livro “Contra o Método”, em inglês “Against Method” foi...

    915 Palavras | 4 Páginas

  • Contra o Método

    ARTIGO SOBRE A OBRA “CONTRA O MÉTODO” DE PAUL FEYERABEND PALMAS, NOVEMBRO DE 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DO...

    1055 Palavras | 5 Páginas

  • Epistemologia e ciência

    significado e condições empíricas de verdade, excluiu a filosofia do domínio do conhecimento do real. Mas os grandes críticos da ciência contemporânea são...

    6026 Palavras | 25 Páginas

  • A FILOSOFIA DA CIÊNCIA DE KARL POPPER: O RACIONALISMO CRÍTICO

    programa por outro. Implicações da epistemologia de Lakatos e Popper - ambos racionalistas críticos - para o ensino de ciências são discutidas. ->Texto 4...

    771 Palavras | 4 Páginas

  • A crise da ciência moderna

    passou a ser usado para designar o estudo do conhecimento científico do ponto de vista crítico, isto é, do seu valor. 3.1. Feyerabend:...

    1076 Palavras | 5 Páginas

  • Trilhas interpretativas como recurso pedagógico no ensino de geografia

    infinidades de ciências. As Trilhas Interpretativas são realizadas com princípios metodológicos de estudo do meio e princípios anarquistas ou Anarquismo...

    3618 Palavras | 15 Páginas

  • benefícios e malefícios da ciência

    seus arredores, a ciência procura explicar os conceitos que estão envolvidos com a vida diária.Paul Feyerabend argumentou que nenhuma descrição...

    562 Palavras | 3 Páginas

  • BAC 001 Resenha A crise epistemol gica da ci ncia

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ nome A EPISTEMOLOGIA NO SÉCULO XX: a visão de Popper, Kuhn, Lakatos, Feyerabend e...

    720 Palavras | 3 Páginas

  • A epistemologia pós-popperiana

    ênfase à evolução ou historia da ciência. Cada um interpretava e analisava esta história adotando termos designativos singulares no que se refere aos rumos...

    1860 Palavras | 8 Páginas

  • Psicanálise e ciência

    ciências naturais, é muito limitado à observação direta e à experimentação. Segundo Coelho (2010) a visão de Feyerabend é libertadora daquela...

    949 Palavras | 4 Páginas

  • Os grandes debates da ciência contemporânea

    reformulada). Contrariando tudo, o filosofo austríaco Paul Feyerabend desenvolveu o anarquismo metodológico, pois para...

    591 Palavras | 3 Páginas

  • RESUMO: A HISTÓRIA EPISTEMOLÓGICA - ELEMENTOS DA TEORIA DO CONHECIMENTO

    Jesus de Nazaré Cardoso Brabo, cita as ideias críticas de Paul Feyerabend ao racionalismo epistemológico e a metateoria alternativa de Imre...

    1474 Palavras | 6 Páginas

  • Trabalho O Que Ci Ncia

    Por outro lado, eles também sonham em encontrar a falha que poderia levar a uma nova teoria. Paul Feyerabend (1924 - 1994) Nos anos de...

    1816 Palavras | 8 Páginas

  • Experiencia quimica

    variabilidade da mente humana. Como resultado, o século XX vislumbrou uma grande mudança no método científico e que foi a motivadora de estudos de vários...

    1671 Palavras | 7 Páginas

  • METODOLOGIA DA CIÊNCIA: RESUMO CAP 1 ~ CAP 3

    Auguste Comte – Círculo de Viena (grupo de filósofos e cientistas; doutrina do “empirismo lógico” e do princípio da verificabilidade); real / útil / certo /...

    1463 Palavras | 6 Páginas

  • Galileu - um cientista e várias versões

    Koyré(17). V. O manipulador de idéias Em sua obra mais conhecida, “Contra o método”, o filósofo da ciência Paul Feyerabend defende a...

    5184 Palavras | 21 Páginas

  • O que é ciencia afinal?

    foi apresentado e defendido por Paul Feyerabend: nenhuma avaliação da natureza e do status da ciência estaria completa sem alguma tentativa...

    1645 Palavras | 7 Páginas

  • Filosofia dentro da Ciencia

    um membro do gênero Cygnus, mas de algum outro, ou talvez algum novo. Críticas da ciência Paul Feyerabend argumentou que nenhuma descrição...

    1529 Palavras | 7 Páginas

  • RESENHA DO CAPÍTULO 3 – A META DA CIÊNCIA. DO LIVRO A FABRICAÇÃO DA CIÊNCIA DE ALAN CHALMERS

    ciência, ele continua o exame das posições de autores como Popper, Kuhn, Lakatos e Feyerabend, mas pretende principalmente expor seu próprio...

    1278 Palavras | 6 Páginas

  • pesquisa

    dessas teorias é o “dadaísmo metodológico” de Paul Feyerabend, que nega a existência de método na ciência, o que traz um contra argumento em...

    640 Palavras | 3 Páginas

  • Resumo Profanando a Ciência

    pretende descrever a ordem discursiva vigente que constituiu a Época Clássica, situada aqui, desde Platão até a Idade Média e a Modernidade, com Bacon,...

    13775 Palavras | 56 Páginas

  • Epistemologia Positivista

    subvertido a um papel secundário as áreas que, por diversos motivos, adotam uma abordagem metodológica de fundamento epistemológico relativista. Nas suas...

    6965 Palavras | 28 Páginas

  • conceito da palavra ciencia

    Higgs, uma partícula elementar prevista pelo Modelo Padrão da Física. 1.3 Paul Feyerabend (1924–1994) Agora um leve toque de anarquia. Nos...

    725 Palavras | 3 Páginas

  • Questões básicas sobre os fundamentos filosóficos de pesquisa

    etapas de apreensão desse sentido de maneira que todos os fatores possam ser contemplados. 4) Descreva o 'enfoque crítico' em ciências humanas: O enfoque...

    2044 Palavras | 9 Páginas

  • Resenha

    ....... 165 3. Um relato objetivista das mudanças teóricas na física ........................... 169 4. Alguns comentários de...

    79789 Palavras | 320 Páginas

  • FuckBitchShit

    .......165 3. Um relato objetivista das mudanças teóricas na física ............................169 4. Alguns comentários de advertência...

    79623 Palavras | 319 Páginas

  • Thomas Kuhn e as Ciências Sociais

    — tão clara como comunicar-se completamente passou despercebida de seus críticos. E não apenas de críticos contemporâneos à publicação da ERG. Laudan...

    11551 Palavras | 47 Páginas

  • o que é ciencia afinal

    científicas, a qual o autor cita ter limites e sugere mesmo uma fraqueza nessa teoria. Cap. XII – A teoria anarquista do conhecimento de...

    3853 Palavras | 16 Páginas

  • Resenha - Reinventando as Humanidades

    uma nova história, o passado tem que está sincronizado com o presente para que haja a restauração das humanidades. Segundo Feyerabend: “A...

    1499 Palavras | 6 Páginas

  • Inovação na aprendizagem da língua portuguesa:

    de desenvolver tarefas especiais” (FEYERABEND, 2010, p.130), os Wikis, com as páginas sujeitas à variações, permitem que o aluno produza; é o...

    516 Palavras | 3 Páginas

  • O que é ciencia afinal? Livro COMPLETO

    ....... 165 3. Um relato objetivista das mudanças teóricas na física ........................... 169 4. Alguns comentários de...

    73599 Palavras | 295 Páginas

  • Filosofia da tecnologia

    neoludditas não é de uma eliminação da tecnologia, mas que esta tenha um papel positivo no aspecto do bem-estar humano. 4.2. A Ciência em uma Sociedade...

    9884 Palavras | 40 Páginas

  • O que é ciencia afinal?

    ....... 165 3. Um relato objetivista das mudanças teóricas na física ........................... 169 4. Alguns comentários de...

    79789 Palavras | 320 Páginas

  • Monografia

    começar examinando a seguinte afirmação: A ciência é um empreendimento essencialmente anárquico: o anarquismo teórico é mais humano e suscetível de...

    2610 Palavras | 11 Páginas

  • Conhecimentos científicos e saberes técnicos: a ciência segundo granger

    lógicomatematicamente, que pode exprimir - numa linguagem única - seus conteúdos empíricos, para 3 qualquer área. Para Granger, porém, a unidade da ciência...

    2612 Palavras | 11 Páginas

  • Visões deformadas sobre o Ensino de Ciências e Matemática

    integrem conhecimentos libertando-se do pensamento cientificentrista. (NÓVOA, 1992; SCHÖN, 1983; TARDIF, 2002). “Até as relações humanas são tratadas de...

    2855 Palavras | 12 Páginas

  • Comentário do filme matrix

    devolvida ao homem: ela não é constituída apenas de aspectos lógicos, mas também psicológicos e sociais. Não existe “a ciência” como realidade absoluta e...

    1653 Palavras | 7 Páginas

  • História dos Desbravadores

    R. Nelson, nomeado Secretário Associado MV da Associação Geral. (1960-1966). 1961 — Primeiro Campori de Desbravadores no em Santa Catarina, da Missão...

    13222 Palavras | 53 Páginas

  • Trabaho Epistemologia PDF

    e da biologia clássicas; uma psicologia, além disso, que reflete a preocupação de nossa cultura com a tecnologia manipulava criada para exercer domínio e...

    1663 Palavras | 7 Páginas

  • filosofia

    ceticismo científico e o método científico; Críticas da ciência[editar | editar código-fonte] Paul Feyerabend argumentou que nenhuma...

    4819 Palavras | 20 Páginas

  • Fichamento do Livro O que é ciência afinal?

    fertilidade dos programas de uma forma que não invoca as decisões metodológicas dos cientistas”. (P.172) A teoria anarquista do conhecimento de...

    3264 Palavras | 14 Páginas

  • Indutivismo

    de acordo com algum método ou métodos especiais. Foi uma reação semelhante a essa que levou o filósofo e animador Paul Feyerabend a escrever um...

    5011 Palavras | 21 Páginas

  • Filosofia da Ciência

    educarem as pessoas leigas sobre ceticismo científico e o método científico; Críticas da ciência Paul Feyerabend argumentou que nenhuma...

    2814 Palavras | 12 Páginas

  • Resenha Crítica: ESTUDO DO MEIO: TEORIA E PRÁTICA

    uma maneira de conformidade no âmbito educacional, aparecendo apenas como uma forma de reprodução de conteúdos já trabalhados, fazendo com que não haja o...

    3047 Palavras | 13 Páginas

  • Refletindo sobre a pesquisa e sua importância na formação e na prática do professor do ensino fundamental

    08 75 Miolo_Faced_14.pmd 75 9/3/aaaa, 14:01 Outra face da pesquisa que apontaremos é a pesquisa metodológica. Feyerabend...

    4788 Palavras | 20 Páginas

  • Popper X Kuhn

    (Lakatos, 1999, p.151). Portanto, Kuhn, ao criticar ou defender-se do que diz Lakatos, está, de certa maneira, estendendo sua argumentação a Popper. Segundo...

    2394 Palavras | 10 Páginas

  • A pesquisa social

    metodologia de pesquisa é abordado as técnicas e em especial a criatividade e a sensibilidade do pesquisador. A autora de uma maneira simplificada que a...

    530 Palavras | 3 Páginas

  • peter drucker

    progridem através de conjecturas e refutações, sendo que a tentativa de refutação conta com o apoio da lógica dedutiva, que passa a ser um instrumento de...

    2135 Palavras | 9 Páginas

  • Considerações críticas as concepções positivistas

    seus pensamentos e os explicam. No assunto abordado, veremos as críticas decorrentes das discordâncias de alguns pensadores em relação ao positivismo. São...

    1844 Palavras | 8 Páginas

  • Filosofia e Ciência: interação, confronto e diálogo.

    pensadores”. McGinn defini a filosofia moderna como sendo uma “(...) tentativa de resolver problemas que estão fora do alcance da investigação empírica e...

    525 Palavras | 3 Páginas

  • Fichamento "Os dois polos epistemológicos da modernidade".

    como o Palácio da Alvorada que parece flutuar sobre finas colunas, forma esta proporcionada pelo desenvolvimento de novas técnicas como o concreto armado....

    605 Palavras | 3 Páginas

tracking img